Sei sulla pagina 1di 84

ANO XXXII – ed. 288 – Abril 2018 – R$ 7,50 WWW.OMECA NICO.COM.

BR

ARREFECIMENTO

TROCA DA VÁLVULA
TERMOSTÁTICA DO
FIESTA ROCAM 2009
TRANSMISSÃO RAIO X ARTIGO
CHEVROLET TRACKER
PREMIER TURBO:
FÁCIL DE REPARAR

REMANUFATURA DO O MOTOR DIESEL


CÂMBIO EATON ECOBOX DISPAROU! E AGORA?
EDITORIAL

“E NO BALANÇO DAS HORAS


TUDO PODE MUDAR”
uem sintonizou rádio FM no Aproveite as oportunidades, conver-

Q ano de 1.985, ouviu repeti-


das vezes a cantora francesa
Virginie Boutaud do grupo
se com seu cliente, instrua, de dicas sobre
manutenção preventiva. Independente-
mente do poder público, vamos fazer a
Metrô, entoar o refrão: “E no balanço das nossa parte para ter um trânsito melhor,
horas tudo pode mudar!” mais seguro e menos poluente.
O mesmo ocorre atualmente com a E nós aqui da Revista O Mecânico
resolução que regulamenta a inspeção procuramos ajudar o leitor a ter as in-
técnica veicular no Brasil. Depois de formações necessárias que auxiliarão no
regulamentar que ela teria que ocorrer seu dia a dia de trabalho, inclusive para
até 31 de dezembro de 2019, o Denatran esclarecer o cliente das necessidades das
(Departamento Nacional de Trânsito) manutenções preventivas.
voltou atrás e suspendeu por tempo in- Nesta edição destacamos o passo a
determinado a medida. passo da substituição da válvula termos-
Isso ocorreu a pedido dos Detrans tática e carcaça eletrônica dos motores
(Departamento Estadual de Trânsito) Ford Zetec RoCam, o qual constatamos
de todo o País. Eles alegam que precisam que gera muitas dúvidas para o mecâni-
entender e discutir melhor o processo de co. Esta válvula, além de ser um impor-
inspeção obrigatória. tante componente do sistema de arrefe-
Esta inspeção obrigatória é uma rei- cimento, auxilia a diminuir a emissão de
vindicação que circula há anos pelos cor- poluentes. Temos o câmbio remanufatu-
redores de Brasília sem obter sucesso, rado Ecobox, as duas matérias estão dis-
porque a casta política entende que é uma poníveis em vídeo, no canal youtube.com/
medida impopular e a consequência direta omecaniconline. Por falar no Canal, esta-
será de perder votos na próxima eleição. mos próximos de completar 100.000 ins-
Mas eles deixam de lado os inúme- critos, isso graças a você que nos presti-
ros acidentes que ocorrem no trânsito gia em todas as plataformas que atuamos.
por causa da falta da manutenção pre- O Artigo deste mês explica sobre
ventiva e corretiva e não querem nem o motor diesel disparado. Fizemos um
saber em pelo menos implantar uma Raio X do Chevrolet Tracker com motor
política de educação, pois a maioria dos turbo e estivemos nos lançamentos do
proprietários de veículos não conhece novo Honda CR-V, Caoa Chery Tiggo 2
esta necessidade. e Toyota Etios 2019.
Cabe ao mecânico profissional pro- O Mecânico, uma Revista completa e
curar ‘educar’ o cliente da importância variada feita para o mecânico moderno.
de realizar a manutenção preventiva, que Até o próximo mês.
no final é mais barata que a corretiva e Edison Ragassi
muito mais segura. editor

3
SUMÁRIO
EDIÇÃO 288 - ABRIL 2018
facebook/omecanico – youtube/omecaniconline

24
Confira os procedimentos de teste e o
passo a passo da substituição da válvula
termostática e de seu respectivo alojamento
em um Ford Fiesta 2009 com motor 1.6
Zetec Rocam, alvo de polêmica entre
mecânicos e fabricantes de autopeças
6 OMECANICO.COM.BR ABRIL
www. omec an i c o. c om . b r
Diretores
Fabio Antunes de Figueiredo
Alyne Figueiredo
Corpo editorial
Editor: Edison Ragassi (Mtb. 38.204)
Repórteres: Fernando Lalli (Mtb. 66.430)
Gustavo de Sá (Mtb. 77.198)
Estagiária: Raíssa Jorgenfelth
redacao@omecanico.com.br
Colaboradores

40
Fernando Landulfo
Remanufatura do Fernando Naccari

câmbio Eaton Ecobox Ilustração (Abílio)


Michelle Iacocca
Diretor Comercial
Fabio Antunes de Figueiredo
Representantes:
AGM Representações
Agnaldo Antonio
Rosa Souza
VR Representações
Vanessa Ramires
Alexandre Peloggia
comercial@omecanico.com.br
Diretora Administrativa
Alyne Figueiredo

53
financeiro@omecanico.com.br
Esquema de circuito de corrente Arte
do airbag do motorista no Gol G5 Demetrios Cardozo – arte@omecanico.com.br
Rafael Guimarães

Gestão editorial

Av. dos Autonomistas 4.900 – PR 306


Bairro KM 18 / Osasco - SP
Cep 06194-060
Tels: (11) 2039-5807

Assinatura

64
Tel: (11) 2039-5807
Chevrolet Tracker Premier assinatura@omecanico.com.br
Turbo: fácil de reparar Distribuição
Tel: (11) 2039-5807
distribuicao@omecanico.com.br
SEÇÕES Impressão: Bandeirantes

Edição nº 288 - Circulação: Abril / 2018

10 ENTREVISTA O Mecânico é uma publicação técnica mensal, formativa e informativa,


sobre reparação de veículos leves e pesados. Circula nacionalmente
em oficinas mecânicas, de funilaria/pintura e eletricidade, centros
automotivos, postos de serviços, retíficas, frotistas, concessionárias,
16 ACONTECE distribuidores, fabricantes de autopeças e montadoras. Também é
distribuída em cooperação com lojas de autopeças “ROD” (Rede Oficial
de Distribuidores da Revista O Mecânico).
46 ARTIGO
É proibida a reprodução total ou parcial de matérias sem prévia
autorização. Matérias, artigos assinados e anúncios publicitários
78 ABÍLIO RESPONDE são de responsabilidade dos autores e não representam
necessariamente a opinião da Revista O Mecânico.
Tiragem da edição 288 verificada por PwC
80 ABÍLIO Apoio:

82 HUMOR
7
E N T R E V I S TA

EXPECTATIVAS
AMPLIADAS
por Fernando Lalli

onhecida pela linha de


C filtros automotivos, a Wega
Motors também oferece para o
mercado de reposição velas de
ignição e velas aquecedoras diesel
para as linhas leve, pesada, moto
e agrícola, com aplicação em
veículos nacionais e importados.
Há 16 anos no Brasil, a marca
argentina tem fábrica em Santa
Catarina em uma área de 38 mil
m² na cidade de Itajaí e escritório
comercial em São Paulo/SP.
Supervisora de Marketing da
Wega, Thuanney Castro fala
sobre a preocupação da marca em
entregar produtos e informação
de qualidade ao mecânico
independente
10 OMECANICO.COM.BR ABRIL
REVISTA O MECÂNICO:
A Wega Motors possui sua
matriz na Argentina. Quando
começou a operação no
Brasil e qual a estrutura Hoje o mecânico
da empresa atualmente
por aqui? tem mais
THUANNEY CASTRO: Em liberdade de
1969, Rafael Neto fundou expressar sua
o Grupo Argentino R.
Neto S.A, localizado em opinião sobre
Buenos Aires. Atualmente um serviço ou
a organização possui produto (...).
três polos industriais
em solo argentino, sede Esse aumento é
própria em Itajaí/SC e reflexo do avanço,
Centro Comercial em São do alcance e da
Paulo/SP. Sua moderna
instalação produz uma instantaneidade
ampla gama de produtos das redes sociais
para o mercado de
reposição automotiva.
No Brasil, a Wega tem
em Itajaí as equipes de
logística, qualidade,
importação, compras e
fiscal. Já em São Paulo, no território Nacional meio ambiente e saúde
ficam as áreas Comercial, saem do centro de do seu público final, o
Marketing e Técnica. distribuição em Itajaí. dono do carro. Como
exemplo, podemos citar
O MECÂNICO: Quais O MECÂNICO: Filtros o investimento em uma
são as linhas de produtos automotivos estão linha de filtros ecológicos
que a Wega trabalha na intimamente ligados com a e também o filtro de
reposição?. eficiência do sistema onde cabine que utiliza como
THUANNEY: Hoje, a Wega estão aplicados. Qual o elemento filtrante
trabalha com as linhas caminho para desenvolver o carvão ativado,
Leve e Pesada, atendendo filtros que ao mesmo tempo proporcionando maior
a reposição com mais de cumpram sua função e desempenho na retenção
3.000 itens nas categorias sejam ecologicamente de fuligem, pólen, ácaros,
de filtros de óleo, ar, corretos? gases e odores. Outro
combustível, cabine, THUANNEY: A Wega produto que demonstra
velas aquecedoras (diesel) sempre está ligada no nossa tecnologia aplicada
e ignição. Também avanço da tecnologia do ao cuidado com o meio
temos peças que atendem mercado automotivo, ambiente é a linha
as linhas moto, utilitários visando sempre o de filtros diesel para
e máquinas agrícolas. produto mais adequado veículos dotados com o
Todos os itens vendidos para preservação do sistema Arla 32. Nesse
E N T R E V I S TA

modelo, os elementos
filtrantes possuem
tecnologia atuando
como agente redutor
na emissão de gases Mantemos uma
poluentes expelidos pelo parceria com
escapamento.
a Abrafiltros,
O MECÂNICO: A no programa
questão do descarte é Descarte
importantíssima para o
mecânico. A Wega orienta
Consciente, que
o público final sobre como recolhe e recicla
descartar corretamente o os filtros do óleo
filtro? Como?
THUANNEY: Sim, nos
lubrificante
preocupamos com o automotivo
descarte porque sentimos usados em
responsabilidade sobre os
produtos que fornecemos pontos de coleta
para o mercado. Então, específicos
entendemos o nosso
compromisso com o
meio ambiente, buscando
desenvolver sempre
produtos eficientes que
auxiliem na economia para coprocessamento THUANNEY: A Wega
de combustível e em cimenteiras, para conta com uma equipe
consequente redução geração energética. qualificada em pesquisa
de emissões de Participamos também e desenvolvimento
poluentes. Além disso, das ações do órgão na de novos produtos e
também mantemos preocupação com as melhoria contínua.
uma parceria com a decisões que afetam Assim, são realizados
Associação Brasileira o meio ambiente. testes, pesquisas
de Filtros (Abrafiltros), Acreditamos que assim por frota circulante,
no programa Descarte estamos fazendo nossa novos veículos, novas
Consciente, que recolhe parte e contribuindo tecnologias automotivas
e recicla os filtros do óleo para que deixemos um entre outros estudos para
lubrificante automotivo mundo melhor e mais identificar e atender de
usados em pontos limpo para nossos netos. forma rápida e eficaz as
de coleta específicos, demandas do mercado de
onde sabemos que o O MECÂNICO: Como reposição.
metal é encaminhado a Wega trabalha para
para siderúrgicas, o identificar e atender as O MECÂNICO: Qual é a
óleo contaminado demandas por novos importância do mecânico
para rerrefino e os produtos dentro do independente para a Wega
demais componentes mercado de reposição? no Brasil?
12 OMECANICO.COM.BR ABRIL
E N T R E V I S TA

THUANNEY: O mecânico
independente é o nosso O mecânico
porta-voz e termômetro
de mercado, pois é ele independente é o
que aplica o produto, nosso porta-voz
quem efetivamente e termômetro de
constata a qualidade
de nossos produtos e mercado, pois é
serviços, disseminando ele que aplica o
a informação para o produto, quem
mercado, seja pelo
antigo “boca a boca”, seja efetivamente
pelas redes sociais, tão constata a
populares e utilizadas qualidade de
por todos os segmentos
e profissionais hoje nossos produtos
em dia. Então estamos e serviços,
sempre buscando disseminando a
formas de mostrar
para os aplicadores a informação para
importância dele para o mercado
nossa marca.

O MECÂNICO: Em sua
opinião, o mecânico é um
formador de opinião no
setor? Por quê? veículo, estando com eles e atualizada para realizar
THUANNEY: Sim, sem o poder de recomendar palestras e treinamentos
dúvida, hoje o mecânico ao consumidor final para os profissionais
tem mais liberdade de a aquisição de nosso dos diversos níveis
expressar sua opinião produto. da cadeia de vendas,
sobre um serviço ou bem como também os
produto, da forma que O MECÂNICO: Os mecânicos, multiplicando
melhor lhe convier. profissionais das oficinas e levando informação
Esse aumento é reflexo independentes ainda sobre nossos produtos
do avanço, do alcance sofrem com a falta de e serviços por todo o
e da instantaneidade acesso à informação território nacional. Além
das redes sociais, onde técnica. Quais ações a disso, a Wega possui o
podem expor suas Wega destina para atender site e o catálogo com
sugestões, melhorias e esse público? informações técnicas,
indicações rapidamente, THUANNEY: A Wega redes sociais e aplicativo
disseminando investe em profissionais para os clientes tirarem
informações sobre um qualificados para atender suas dúvidas. A novidade
produto ou marca de ao mercado de reposição. é que em breve a Wega,
forma imediata, muitas Temos à disposição iniciará os cursos online
vezes durante a própria uma equipe técnica para os mecânicos em sua
aplicação do item no rigorosamente treinada plataforma própria.
14 OMECANICO.COM.BR ABRIL
15
ACONTECE

Dana anuncia acordo com GKN

A Dana anunciou acordos definitivos acionistas da Dana serão proprietários de


para a combinação de suas operações aproximadamente 52,75% das ações da
com as da Divisão de Driveline da GKN. empresa e os acionistas da GKN, 47,25%.
O negócio cria a Dana Plc, fornecedora A empresa combinada, Dana Plc. terá sua
de sistemas de transmissão, composto sede fiscal no Reino Unido, com ações
por US$ 1,6 bilhão para a GKN Plc. Os negociadas em Wallstreet como DAN.

MAGNETI
MARELLI LANÇA 55
AMORTECEDORES
A Magneti Marelli lança 55
códigos de amortecedores
dianteiros e traseiros para
automóveis e utilitários das
marcas Agrale, Chery, Che-
vrolet, Fiat, Honda, Hyundai,
Mitsubishi, Peugeot, Renault e
Volkswagen, além de veículos
comerciais da Iveco, Merce-
des-Benz e Scania e até para
a Honda PCX 150. Com as
novidades, a empresa reforça
REDE ANCORA como Bosch, Continental, sua posição neste segmento,
INAUGURA CENTRO Fras-le, Magneti Marelli com a cobertura de quase
DE DISTRIBUIÇÃO entre outros, também 100% da frota circulante.
A Rede Ancora celebrou conheceram o novo Centro
no último dia 23 de de Distribuição de Minas
março os 20 anos da Gerais, com 2.220 m²
marca com festa em Belo de área de operações
Horizonte/MG. No evento, logísticas e 85 lojas de
executivos de fábricas revenda.
16 OMECANICO.COM.BR ABRIL
Fusion Hybrid no
Reparador Motorcraft
O Ford Fusion Hybrid ganhou uma página com informações
técnicas no site Reparador Motorcraft, destinado à consulta
gratuita dos profissionais de reparação automotiva. A
publicação abrange os anos-modelo 2013 e 2014 do sedã
híbrido de luxo, que trouxe uma tecnologia inovadora para
o Brasil com baixíssimo consumo de combustível.

NOVOS CURSOS DA BOSCH


O Centro de Treinamento Automotivo da Bosch (CTA) oferece
novos cursos e treinamentos técnicos para profissionais do
setor automotivo, independente de fazerem parte ou não da
rede de oficinas credenciadas Bosch. O destaque é o curso
de Gestão de Empresas de Serviços Automotivos. Ao final de MWM MOTORES
cada módulo, os alunos participarão de encontros presenciais COMEMORA
e realizarão provas para o desenvolvimento de atividades 65 ANOS
complementares. Para realizar inscrições, acesse o site:
www.boschtreinamentoautomotivo.com.br. A MWM Motores
completa 65 anos de
atuação no Brasil e
como marco de seu
sucesso no Brasil,
celebra a marca de 4.3
milhões de motores
produzidos no país,
suportados por um
time e parceiros de
Fotos: Divulgação

negócios e uma rede de


serviços que hoje conta
com mais 800 pontos
no Brasil e no mundo.
ACONTECE

EMBREAGEM
PARA CAMINHÕES
VOLVO I-SHIFT
Caminhões equipados
com transmissões
automatizadas I-Shift
da Volvo contam
agora com a nova
linha de embreagem
430 mm da Eaton.
Com acionamento
de empurrar e
revestimento Heavy
Duty, o componente
pode ser aplicado tanto
em veículos estradeiros
quanto em vocacionais
com aplicações
específicas.

Valeo compra a Spheros


A desenvolvedora e produtora de sistemas de ar-
condicionado para ônibus, Spheros Climatização do
Brasil S.A., passa a ter a marca Valeo Climatização do
Brasil – Veículos Comerciais S/A. Nesta nova etapa a
empresa combina experiência, tecnologia e reputação
no mercado de climatização para ônibus com a
tecnologia da Valeo no segmento automotivo.

FLANGES PARA
VW POLO E VIRTUS
A Sabó é fornecedora direta de
duas grandes novidades no mundo
automotivo: a Flange Traseira IOSS,
que inclui em seu desenvolvimento
6 novas tecnologias aplicadas, tanto
para o novo Polo como o Virtus
com motor 1.6 MSI. Nas versões
de motorização 1.0, a Sabó não
fornecerá itens de fábrica.

18 OMECANICO.COM.BR ABRIL
A bola vai rolar em Curitiba.
Entre em campo com a seleção do maior fabricante de filtros da América
Latina e fornecedor original das principais montadoras do mercado.

Pela vida. Escolha o trânsito seguro.

06 a 09 de junho – EXPOTRADE – Pinhais/ Curitiba-PR


Quarta a sexta-feira: 14h às 21h Sábado: 9h as 17h
Faça seu cadastro: www.feiraautopar.com.br

19
Hipper Freios patrocina o Criciúma
O Criciúma Esporte Clube, que disputa oficial do Tigre, abaixo do número na
atualmente o campeonato estadual e parte de trás do uniforme. Além disso,
faz parte da série B do Brasileirão, terá terá placas localizadas no estádio e no
patrocínio da Hipper Freios. No acordo, a centro de treinamentos. O contrato tem
empresa fabricante de discos, tambores validade até o dia 31 de dezembro da
e cubos de freio irá aparecer na camisa atual temporada.

RANDON ARARAQUARA VOLKSWAGEN CHEGA A


É INAUGURADA 23 MILHÕES DE VEÍCULOS
PRODUZIDOS
Após a empresa ter inaugurado a filial do
Peru, em Callao, a Randon S.A Implementos A Volkswagen do Brasil completou 65 anos
e Participações inaugura oficialmente as no país no dia 23 de março. Na mesma
instalações da sua unidade em data, a empresa comemorou a marca de
Araraquara/SP. O início das atividades 23 milhões de veículos fabricados em suas
industriais ocorreu dia 8 de janeiro com a unidades instaladas em São Bernardo do
contratação, integração e treinamento dos Campo/SP, Taubaté/SP e São José dos
primeiros 65 funcionários, chegando ao total Pinhais/PR. Do total, mais de 3,7 milhões
de 100 vagas preenchidas entre empregos foram exportados para 147 países. O marco
diretos e indiretos, auxiliados por uma equipe de produção foi representado por uma
da matriz da Randon Implementos. unidade do sedã Volkswagen Virtus.
20 OMECANICO.COM.BR ABRIL
Novo site, catálogo
eletrônico, blog e aplicativo
A Nakata anuncia muitas novidades no universo online para
oferecer informações sobre produtos, aplicações e dicas de
manutenção aos mecânicos, balconistas e consumidores. O
novo portal integra todas as plataformas digitais: site, catálogo
eletrônico, mídias sociais, dicas técnicas, catálogos em pdf para
download e blog. O pacote de soluções em canais digitais da
Nakata contempla também aplicativo para fomentar a geração
de negócios do varejo no ambiente digital. LINHA ZF PARA
EIXO CARRARO
INVESTIMENTO DE R$ 210 MILHÕES DA NGK
A ZF está investindo
A NGK do Brasil anuncia a ampliação e modernização do em uma nova opção
seu complexo fabril localizado em Mogi das Cruzes/SP, fruto para empresas do setor
de um investimento de R$ 210 milhões, previsto para ser de agronegócio com
realizado em três anos. Mais da metade deste montante tratores de potências
deve ser investido ainda em 2018. Todo o aporte será entre 141 cv e 233 cv.
realizado com recursos próprios do grupo NGK. Trata-se da linha de
peças de manutenção
para eixos Carraro,
formado por cinco
grupos de produtos:
garfo curto, garfo longo,
engrenagens de dentes
externos, engrenagens
de dentes internos e
terminal axial. O pacote
também inclui peças
como o terminal axial.

21
ACONTECE

Certificação de AMORTECEDOR
QUICK-STRUT
vidros automotivos DA MONROE
A Monroe lança no
mercado de reposição
novas aplicações do
amortecedor Quick-
Strut, que passa a
atender veículos como
o Honda Civic, Toyota
Corolla, Nissan Sentra,
Ford Fusion e Chevrolet
Captiva. De acordo com
a marca, o amortecedor
O Instituto da Qualidade Automotiva (IQA) alerta tem como diferencial ser
fabricantes e importadores de vidros automotivos para a pré-montado pela fábrica,
publicação da Portaria Inmetro nº 41, que trouxe mudanças agregando praticidade ao
referentes à certificação do produto no Brasil. Uma das dia a dia dos mecânicos.
principais alterações é a obrigatoriedade de marcação do Além do amortecedor, o
selo de identificação de conformidade no produto com o kit é composto por mola,
número de registro de objeto, como já ocorre em outros batente, coifa e coxim
produtos de certificação compulsória. com rolamento, que
chega ao mercado pronto
para ser instalado.

MERCEDES-BENZ CONTRATA
MAIS 330 COLABORADORES
A Mercedes-Benz está contratando mais 330 colaboradores
horistas diretos para suas fábricas de veículos comerciais
no Brasil, sendo 250 para áreas de produção na fábrica de
São Bernardo do Campo/SP, e 80 para a unidade de Juiz de
Fora/MG. O anúncio foi durante a inauguração de sua nova
linha de montagem de caminhões, no ABC paulista, que foi
desenvolvida com base nos pilares da Indústria 4.0.
22 OMECANICO.COM.BR ABRIL
Pedestre, use sua faixa.

O desempenho dos Amortecedores KYB garante que


o conforto dos passageiros do veículo seja mantido
mesmo em pisos com grandes irregularidades.

KYB É PRECISÃO EM AMORTECEDORES

23
ARREFECIMENTO

TROCA DA VÁLVULA
TERMOSTÁTICA E CARCAÇA
DO FORD FIESTA 1.6 ROCAM
Confira os procedimentos de teste e o passo a
passo da substituição da válvula termostática e de
seu respectivo alojamento em um Ford Fiesta 2009
com motor 1.6 Zetec Rocam
por Fernando Lalli fotos Lucas Porto

ostuma-se dizer que o coração o consumo de combustí-

C do arrefecimento é a bomba
d’água, mas a válvula termos-
tática também é imprescindí-
vel e as emissões de gases
poluentes. Essa faixa ide-
al pode variar de modelo
vel para o sistema. Sua principal função é para modelo e de motor
manter o motor dentro da faixa de tempe- para motor – e, em alguns
ratura correta de acordo com seu regime projetos modernos, variam Assista
de funcionamento. Para isso, a válvula até entre cabeçote e bloco ao vídeo
controla de fluxo do líquido no circuito de um mesmo motor, e deste
de arrefecimento entre motor e radiador. assim precisam de válvu- procedimento
Com a temperatura do motor constante- las termostáticas separadas em nosso
canal no
mente entre os valores máximo e mínimo para trabalharem em tem- YouTube
previstos pela fabricante, diminuem-se peraturas diferentes.
24 OMECANICO.COM.BR ABRIL
Consultor técnico da Revista O
Mecânico e professor de engenharia da
FMU, Fernando Landulfo explica que
“a válvula permite ou interrompe de
forma gradativa a comunicação entre o
motor e o radiador através de um meca-
nismo dotado de uma cera expansiva”.
Essa cera pode ser sensível ao calor do
líquido de arrefecimento ou, no caso
das válvulas termostáticas eletrônicas,
aquecida por uma resistência elétrica,
como a do Ford Fiesta 1.6 Zetec Rocam
2009 desta reportagem.
Quando o motor está frio, a válvula
bloqueia o fluxo dentro das galerias de fessor, é ainda mais importante em mo-
arrefecimento do motor para que o líqui- tores alimentados por injeção eletrônica
do absorva o calor gerado pelas câmaras e nos bicombustível (flex) quando ope-
de combustão. Isso ajuda o motor a atin- rando com maiores proporções de etanol,
gir a faixa ideal de trabalho. “Após o lí- que tendem a exigir misturas mais ricas,
quido atingir uma temperatura mínima, para apresentar bom funcionamento,
a válvula termostática se abre gradual- aumentando o consumo e a emissão de
mente e permite a troca de fluidos entre poluentes. “Ou seja, quanto mais rápido
o radiador (mais frio) e o bloco do motor o motor atingir a sua temperatura nor-
(mais quente). O resultado dessa ‘mistu- mal de funcionamento, melhor”, afirma.
ra’ é um líquido a uma temperatura cons- Mas, como toda peça de desgaste, tem
tante e controlada no interior do bloco vida útil e não está imune a problemas.
do motor”, descreve Landulfo. Por isso, estar atento à sua manutenção é
A válvula termostática, explica o pro- decisivo para a saúde do motor.

25
ARREFECIMENTO

JAMAIS DEIXE O MOTOR SEM


VÁLVULA TERMOSTÁTICA
Para evitar problemas não só com a vál- sertos bem caros”, adverte.
vula termostática, mas também com o Dentro do mercado de manutenção
arrefecimento como um todo, a princi- independente, alguns pontos relaciona-
pal medida é manter o sistema abasteci- dos à válvula termostática são bastante
do com a proporção correta do aditivo polêmicos. Um deles é a prática que al-
recomendado pela fabricante e de água guns mecânicos mantém de simplesmen-
desmineralizada. “Aditivos incorretos te remover a peça e deixar o circuito de
podem atacar a válvula termostática, di- arrefecimento permanentemente aberto,
minuindo drasticamente a sua vida útil”, com a desculpa de assim se evitar o supe-
adverte Fernando Landulfo. Se o líqui- raquecimento do motor.
do estiver impregnado de sujeira – mais “Em condições normais de funcio-
comumente, ferrugem –, pode provocar namento, a válvula jamais provocará
travamento do componente. superaquecimento do motor”, relata
“Manter o sistema de arrefecimen- nosso consultor técnico. “Motores cujas
to limpo e corretamente aditivado é válvulas termostáticas são retiradas
crucial para seu funcionamento”, conta operam com muita variação de tempe-
o professor. Para evitar a cavitação do ratura. Isso pode ocasionar problemas
sistema, é também imprescindível man- relativos a dirigibilidade, consumo de
tê-lo devidamente pressurizado. “Isso é combustível e emissão de poluentes,
obtido mantendo-se a estanqueidade do principalmente, nos motores mais mo-
mesmo (sem vazamentos) e com a tam- dernos”, adverte. Por isso, Landulfo
pa do radiador ou do reservatório de ex- aponta que, antes de condenar a válvula,
pansão sempre em boas condições. Uma o mecânico deve examinar outras causas
peça barata, mas que pode provocar con- de superaquecimento:
26 OMECANICO.COM.BR ABRIL
ARREFECIMENTO

a) Se o motor do veículo trabalha sobre- l) Se há falha na ventilação do radiador


carregado ou é conduzido com mar- (eletroventilador não funciona, cor-
chas elevadas em subidas de serras; reia do ventilador quebrada ou frou-
b) Se há falta de líquido de arrefecimen- xa, acoplamento viscoso do ventila-
to por vazamentos; dor defeituoso, ventilador quebrado
c) Se as galerias de arrefecimento do ou inadequado para o motor).
bloco do motor estão entupidas; Evidentemente, o uso de uma válvula
d Se o radiador está entupido externa termostática de especificação incorreta
ou internamente; ou defeituosa causará superaquecimento.
e) Se há falta de pressurização no siste- Porém, caso a válvula não seja a fonte, a
ma de arrefecimento; sua remoção pode esconder um desses
f) Se a correia da bomba d’água está doze problemas e trazer consequências
frouxa ou quebrada; ainda mais graves ao motor.
g) Se há defeito na bomba d’água; Para o Fiesta 1.6 Zetec Rocam, o
h) Se o avanço de ignição está muito componente original é fabricado em Pi-
atrasado; racicaba/SP pela BorgWarner, que ad-
i) Se as válvulas do motor estão ajusta- quiriu a marca Wahler em 2014. Antes
das com folga inferior às recomenda- de comprar a peça, no entanto, o mecâ-
das (presas); nico deve verificar se o veículo a ser re-
j) Se o motor está sendo alimentado parado utiliza válvula convencional ou
com mistura muito pobre; eletrônica. Existem as duas aplicações,
k) Se a junta de cabeçote está queimada; que variam de acordo com o modelo.

Sistema de válvula termostática do motor Zetec Rocam usado pelo Fiesta foi
desenvolvido em conjunto com a Wahler/BorgWarner. A recomendação tanto
da montadora quanto da fabricante de autopeças é usar as peças originais

28 OMECANICO.COM.BR ABRIL
Válvula removida do Fiesta
desta reportagemnão
tinha marca da fabricante
gravada em seu corpo

CARCAÇA DE PLÁSTICO carcaça de alumínio pode mascarar um


OU ALUMÍNIO? problema grave, visto que o metal resiste
Um ponto delicado, no caso dos motores a maiores temperaturas, diferentemente
Zetec Rocam, é o material da carcaça (ou dos demais componentes, que nesse caso
alojamento) da válvula. A peça original já podem estar danificados pelo aqueci-
da Ford é feita em plástico de engenharia, mento excessivo. “Recomendamos sem-
ao passo que há opções na reposição con- pre utilizar a carcaça original da Ford,
feccionadas em alumínio – algumas por que foi projetada especificamente para
marcas de renome no mercado. Mecâni- este sistema”, declarou Heribaldo.
cos e fabricantes garantem que a peça em É importante frisar que, sendo alumí-
alumínio não sofre o ressecamento do nio ou plástico de engenharia, o material
plástico e dissipa melhor o calor elevado da carcaça não quer dizer nada se o com-
sob o qual trabalha um motor flex, o que ponente não for de boa procedência. No
evita seu empenamento. Fiesta do procedimento executado nesta
Mas o consultor técnico de vendas da reportagem, a carcaça removida era de alu-
BorgWarner, Heribaldo Gomes de Sou- mínio (portanto, já havia sido trocada em
sa, relata que justamente essa característi- outra ocasião), mas sequer tinha o logotipo
ca de maior resistência poderia prejudicar da fabricante gravado em seu corpo. “Des-
o diagnóstico de problemas no sistema. confio da qualidade desta peça”, declarou o
De acordo com a BorgWarner, que mecânico Roberto Montibeller, proprie-
ajudou a desenvolver o sistema original, tário da oficina High Tech na Zona Oeste
o material da carcaça plástica responde de São Paulo/SP. Roberto cedeu o espaço
a um superaquecimento proporcional- de sua oficina e executou o procedimento
mente igual aos demais componentes, documentado a seguir, sob a supervisão de
alertando com maior rapidez sobre um Heribaldo, da BorgWarner. O Fiesta esta-
problema no motor. Enquanto que a va com 82 mil km rodados.
29
ARREFECIMENTO

TESTE DE FUNCIONAMENTO DA
VÁLVULA TERMOSTÁTICA

Para comprovar que a válvula termostática


tem funcionamento correto, Heribaldo da Borg
Warner detalha como testar o componente.

1) No caso de uma válvula eletrônica, use


um multímetro para medir a resistên-
cia no conector da válvula termostática
ainda sem submergi-la. Deve estar entre
13,9 e 16,5 Ω. Se o valor estiver fora des-
sa faixa, a peça deve ser condenada.

2) Utilize um recipiente Becker para aque-


cer água desmineralizada até 95°C. Li-
gue o chicote de teste ao conector da
válvula a ser testada e a submerja. O
conector deve ficar fora do contato com
a água. Mantenha a peça submersa por
cinco minutos.

3) Passado esse tempo, conecte o chicote


de teste na bateria do veículo e aguarde
pelo menos mais um minuto.

4) Em um minuto, a válvula deve ter pelo


menos 8 mm de deslocamento em sua
abertura.
30 OMECANICO.COM.BR ABRIL
ARREFECIMENTO

6 REMOÇÃO DA VÁLVULA TERMOSTÁTICA

5) O mecânico Roberto Montibeller reco-


menda que, antes de começar o proce-
dimento, deixe o motor esfriar e abra cui-
dadosamente a tampa do reservatório
do líquido de arrefecimento para retirar
a pressão do circuito. Além disso, antes
de soltar as mangueiras, coloque uma
bandeja embaixo do carro para conter o
líquido de arrefecimento que irá escoar.

7 6) Faça um teste de estanqueidade para


procurar por vazamentos no sistema.
Com um manômetro no lugar da tampa
do reservatório, aplique pressão e aguar-
de. Se o ponteiro do manômetro descer,
significa que há vazamento e que deve ser
identificado antes de qualquer reparo.

Obs: Examine visualmente as condições de todas


as mangueiras do sistema quanto a ressecamen-
tos e rachaduras. Ainda que não haja vazamentos,
substitua todas as peças que apresentarem marcas
8 de desgaste. Assim, você garante o bom serviço.

7) Para ter acesso à válvula termostática,


remova o conjunto do filtro de ar. Solte a
abraçadeira superior da mangueira com
chave de fenda e desconecte o conjunto
de seus encaixes com as mãos.

8) Solte a abraçadeira inferior da manguei-


ra de ar para removê-la e liberar mais
espaço para o procedimento.
32 OMECANICO.COM.BR ABRIL
9 11

10 12

9) Pelo mesmo motivo, retire também a


mangueira de respiro do cabeçote.
13
10) Desligue o conector do sensor de tem-
peratura, que também está localizado
na carcaça da válvula.

11) Solte todas as abraçadeiras das man-


gueiras ligadas às válvulas. Use chave-
-canhão 7 mm, chave-estrela 7 mm ou
chave de fenda, dependendo da posição.

12) Solte os seis parafusos de fixação da


carcaça com chave “L” 8 mm e chave-
-estrela 8 mm.

13) Solte o conector elétrico da válvula termostá-


tica e desloque a carcaça de seu alojamento.
33
ARREFECIMENTO

14

Obs: A carcaça original Ford não vem com o


ANÁLISE DAS PEÇAS REMOVIDAS anel de vedação nem com os parafusos de
fixação com a válvula termostática. Compre
14) A carcaça removida do veículo não era as peças separadamente. Mesmo que apa-
a original. Era de alumínio, enquanto a rentem estar em boas condições, a troca
original é feita de plástico injetado de desses itens é obrigatória.
engenharia. Estruturalmente, Roberto
avaliou que a carcaça aparentava es- INSTALAÇÃO DA VÁLVULA TERMOSTÁTICA
tar íntegra, mas sua vedação estava
no limite, e inevitavelmente apresen- 15) Antes de montar a válvula termostática na
taria vazamento em pouco tempo se carcaça, aplique vaselina em sua vedação.
continuasse sob trabalho. Ainda, os
parafusos de fixação do termostato na 15
carcaça removida do veículo eram to-
talmente diferentes dos originais tanto
na cabeça quanto na rosca, portanto,
nem seu reaproveitamento (o que não
é recomendado) seria possível. Outro
detalhe, como comentamos na abertu-
ra da matéria, é que a peça não tinha a
marca da fabricante gravada em si, ou
seja, sem procedência determinada.
34 OMECANICO.COM.BR ABRIL
ARREFECIMENTO

16 16) Não é recomendado e nem há a neces-


sidade de passar junta líquida na união
entre válvula e carcaça. O encaixe das
peças é o suficiente para vedar a região.

17) Encoste os três parafusos de fixação


da válvula termostática. Por ser uma
vedação radial, não é necessário aplicar
aperto elevado. O torque recomendado
pela Ford é de 10 Nm.

18) O sensor de temperatura também deve


17 ser substituído devido ao desgaste da
vedação da peça, que é presa à carcaça
por um grampo.

19) Prepare o alojamento no cabeçote para


receber a peça nova. O recomendado é
passar uma lixa bem fina. A boa con-
dição dessa região garante a vedação
com a peça e dispensa totalmente o
uso de qualquer junta líquida.

Obs: A montagem no motor segue a ordem


inversa da desmontagem, observando os de-
talhes a seguir.

19

18

36 OMECANICO.COM.BR ABRIL
21

20

20) Em seguida, faça a limpeza no sistema 22


para remover o líquido antigo do sis-
tema. Para tal, pode-se usar o mesmo
manômetro do teste de pressão. Não é
recomendável misturar aditivos de mar-
cas diferentes.

21) Antes de fixar a carcaça ao motor, li-


gue o conector do sensor da válvula
termostática.

22) Na fixação, encoste os parafusos e apli-


que torque de aperto de forma cruzada. 23
Evite apertar os parafusos com torque
excessivo, pois, a carcaça é de plástico
e o bloco é de alumínio.

23) Antes de conectar as mangueiras no-


vamente, lubrifique as mangueiras com
vaselina.

24) Faça a sangria do sistema com a nova


mistura de líquido de arrefecimento
(50% de água desmineralizada, 50%
de aditivo), misturada fora do veículo. 24
Abasteça pelo vaso expansor, (impor-
tante: sempre com o sistema de ar
quente aberto). Deixe a saída da man-
gueira de retorno para o vaso expansor
aberta para observar se o ar sai do sis-
tema. Após remover todo o ar, coloque
de volta a mangueira de retorno do vaso
expansor na válvula.
37
ARREFECIMENTO
25) Ligue o motor para acompanhar a evo- 26) Caso o Fiesta (ou outro veículo com o
lução da temperatura pelo marcador no mesmo motor) ainda apresente problemas
painel e testar a eficiência do arrefeci- de superaquecimento, a BorgWarner reco-
mento. Monitore as conexões durante menda fazer um teste isolando o sistema
o funcionamento para detectar se há de ar quente (lembre-se, os sistemas são
algum vazamento. Mantenha o motor interligados). Com uma mangueira em
ligado (recomenda-se permanecer em “U”, conecte a saída da galeria da válvula
2.500 rpm) até que a ventoinha ligue termostática diretamente com a da galeria
por duas vezes. Ao desligar pela segun- do motor. Se o problema de superaqueci-
da vez, comprova-se que o arrefecimen- mento cessar, o problema pode estar no
to está operando normalmente. trocador de calor do ar quente. Se danifica-
do, pode criar uma bolha de ar no sistema
25 ou obstrução que não deixaria o líquido
circular ou, até mesmo, chegar à válvula
termostática. “Os dutos no radiador do
ar quente são um pouco finos e, se não
houver a manutenção correta, podem ficar
obstruídos devido a partículas do líquido
de arrefecimento”, detalha Heribaldo.

Obs: A BorgWarner recomenda que, após


a instalação da válvula termostática e
sangria do sistema, a unidade de ge-
renciamento eletrônico do motor (ECU)
seja resetada pelo scanner.

Importante: Deixe o ar quente sempre ligado Colaboração técnica –


durante o teste para fazer o líquido circular Oficina High Tech: (11) 3864-0944
por todo o sistema. Mais informações – BorgWarner: (19) 3429-9034

26

38 OMECANICO.COM.BR ABRIL
TRANSMISSÃO

REMANUFATURA DO
CÂMBIO EATON ECOBOX
Veja como é feito o processo de avaliação
quando o câmbio chega à fábrica e todo o
processo de reparos que resultam em uma
caixa com a mesma garantia da nova
por Fernando Lalli fotos Lucas Porto

eparos na transmissão envol- Tendo em vista reduzir tempo de reparo

R vem ao mesmo tempo força,


precisão e muito conhecimento
técnico. No entanto, os proce-
e custo nas oficinas, empresas
de motores, turbos, embrea-
gens, caixas de direção, com-
dimentos costumam ser demorados, prin- pressores, motores de partida
cipalmente quando envolvem a abertura da entre outros, possuem progra-
caixa de câmbio. Para o mecânico de veícu- mas de peças remanufaturadas
los comerciais, o tempo é fator crítico para de fábrica – muitas vezes, à Assista
devolver o veículo às ruas. Um conserto base de troca e com a mesma ao vídeo
neste sistema, seja de caminhão ou ônibus, garantia do produto novo. deste
muitas vezes significa deixar o veículo en- Esses programas de re- procedimento
costado na oficina por bem mais tempo do manufatura se diferenciam em nosso
canal no
que o proprietário, o frotista ou mesmo o dos processos paralelos de YouTube
profissional de manutenção gostaria. recondicionamento de pe-
40 OMECANICO.COM.BR ABRIL
ças porque as fabricantes originais dos AGILIDADE NO REPARO
componentes garantem os mesmos pa- A Eaton, que fabrica peças de transmis-
drões de qualidade que a produção de um são para a linha diesel, tem o programa
produto novo, além de procedência e su- Ecobox para atender à demanda por agi-
porte técnico. Além disso, após avaliação lidade no reparo. A fabricante recebe a
técnica das fabricantes originais, o apro- caixa defeituosa e, após avaliações técni-
veitamento das peças usadas que ainda cas, estipula o valor do desconto para a
estão em plenas condições de uso causa compra do câmbio remanufaturado pela
impacto positivo no meio ambiente pelo própria Eaton, com garantia de um ano.
menor descarte de peças. A caixa que a Eaton recolhe no mer-
cado passa por um processo de reconstru-
ção em uma linha dedicada dentro da pró-
pria fábrica. O conjunto é inteiramente
lavado, desmontado e avaliado. Segundo
a fabricante, as peças novas montadas no
câmbio Ecobox são as mesmas da linha de
montagem das caixas novas. O resultado
é um câmbio com garantia de um ano, a
mesma do produto novo.
Segundo a empresa, a caixa de trans-
missão usada, chamada no processo de
“casco”, tem três níveis de aceitação: A,
B e C – “A” é o nível em que o casco está
em melhor condição e o “C” é o nível que
exige substituição de mais componen-
tes. A primeira avaliação é do mecâni-
co, através de um checklist que ele deve
obter em qualquer distribuidor ou posto
de serviço autorizado Eaton. A empresa
busca o casco no próprio distribuidor e
reavalia a caixa na sua fábrica, seguindo
os mesmos critérios, para confirmar a
condição do conjunto. Quanto menor o
desgaste, maior o desconto na aquisição
da caixa remanufaturada de fábrica.
Além do casco entrar como parte do pa-
gamento da Ecobox, a fabricante elenca ou-
tras vantagens do sistema. “Não é necessário
investir em ferramentas especiais, porque na
verdade você vai substituir uma caixa pela
outra. Isso vai ajudar a liberar o pátio da sua
oficina mais rapidamente”, afirma o especia-
lista de vendas da Eaton para a Região Sudes-
te, Enéias Costa. “A vantagem de não deixar
o veículo parado melhora a produtividade
tanto das oficinas quanto das frotas nos mais
diversos segmentos”, aponta Enéias.
41
TRANSMISSÃO
AVALIAÇÃO DO
MECÂNICO E DA FÁBRICA

1) O mecânico deve seguir a rotina de


testes de acordo com o checklist do
programa. Ele deve preencher o formu-
lário descrevendo a precisão de engate
1 tanto no caminhão quanto na bancada,
a aplicação do caminhão (rodoviário,
misto ou severo), a quilometragem da
caixa, as condições da carcaça (se há
trincas ou danos), a quantidade de li-
malhas ou fragmentos de metal no bu-
jão, entre outros.

2) Após a compra da Ecobox pelo mecâni-


co, a avaliação do casco é repetida pela
Eaton dentro da linha de montagem da
Ecobox na própria fábrica, seguindo os
mesmos critérios.

Obs: Caso haja diferença de avaliação, a Eaton


emite nota fiscal com a diferença de valores.

2 PROCESSO DE REMANUFATURA

3) Confirmado o checklist, o casco começa


na linha de manufatura por uma lavagem
em máquina específica.

4) Depois da lavagem, a caixa é desmonta-


da por inteiro com o ferramental correto
para a função.

42 OMECANICO.COM.BR ABRIL
TRANSMISSÃO

5) Após a desmontagem completa, rolamentos, anéis, parafusos, molas


todas as peças são inspecionadas e esfera. Outras peças que estejam
individualmente e os componentes comprometidas como sincronizado-
de desgaste natural são 100% tro- res, garfos e engrenagens, também
cados, como retentores, vedações, são substituídos.

VELHO NOVO

44 OMECANICO.COM.BR ABRIL
6 7

6) A montagem segue processos realmen- 8


te industriais para cada etapa. Após a
substituição das engrenagens, rolamen-
tos e sincronizadores, os eixos seguem
para prensas específicas.

7) Com suporte específico, eixo principal


e contraeixo são montados juntos na
carcaça. Em seguida, são po-
sicionados manualmente os
demais elementos, tais como
polia da ré, varões e garfos
de engate.

O câmbio 8) Posteriormente à monta-


apresentado gem de todos os perifé-
no pro- ricos, é feita a medição
cedimento é de folga e testes de es-
o FSO-4405 é tanqueidade. Além, claro,
aplicado em dos testes de rotação e
caminhões
engrenamento.
como o
Volkswagen
8-150 e Ford 9) Finalizados os testes, a
Cargo 815. caixa Ecobox é pintada
Mostramos o em verde e ganha placa 9
procedimento de identificação gravada,
completo de número de série especí-
desmontagem fico, modelo e código do
dessa caixa câmbio. Essa identifica-
na edição ção permite a rastreabili-
nº 246 (ou- dade do produto.
tubro/2014)
da Revista O
Mecânico. Mais informações:
Eaton: 0800-170551

45
ARTIGO

Foto: Arquivo
O motor diesel
disparou! E agora?
por Fernando Landulfo

esadelo dos “bombistas” e não é possível desligar o motor, tampou-

P dos mecânicos de veículos e


máquinas pesadas, o disparo
ou “overspeed” de um motor
co, reduzir a sua velocidade. Nessas con-
dições, é comum o lançamento de uma
grande quantidade de fumaça pelo esca-
diesel não é tão raro assim. E esse medo pamento, geralmente branca. Se nada for
é perfeitamente justificado. Quando esse feito, em pouco tempo, a capa de uma ou
fenômeno ocorre, na maioria das vezes, mais bielas costuma soltar, provocando a
as consequências são desastrosas. Mas quebra violenta do bloco e a projeção de
o que é, tecnicamente, o disparo de um partes em várias direções.
motor?
É o seu funcionamento, totalmente MAS O QUE PROVOCA O FENÔMENO
descontrolado, em rotações altíssimas, E COMO AGIR CASO O GUERREIRO
além das máximas de projeto. Mesmo se DAS OFICINAS SE DEPARE COM ELE
cortando a alimentação de combustível PELA PRIMEIRA VEZ?
46 OMECANICO.COM.BR ABRIL
Muitas são as causas do disparo de um
motor diesel. Em primeiro lugar é pre-
ciso lembrar que os motores diesel (ig-
nição por compressão) não possuem
controle da entrada de ar na admissão
(borboleta). Em segundo lugar é preciso
ter em mente que, devido à alta taxa de
compressão e consequentes altas pres-
sões temperaturas no interior da câma-
ra de combustão, no final do tempo da
compressão, qualquer substância que se
inflame a mais de 400°C pode funcionar
como combustível.
Nos motores mais antigos, equipa-
47
ARTIGO

dos com bombas injetoras mecânicas, dem levar um motor moderno a disparar.
um mau funcionamento do regulador Outra situação é a alimentação des-
centrífugo (governador da bomba ou controlada do motor por óleo lubrifi-
do blower nos motores 2 tempos) pode cante, oriundo da ventilação do cárter
gerar o disparo do motor. Nesse ponto ou do turboalimentador. Motores com
é preciso destacar que, nesse tipo de sis- desgaste acentuado nos anéis dos pistões,
tema de alimentação, bicos injetores sem tendem a pressurizar o cárter do lubrifi-
estanqueidade ou ajustes incorretos na cante. Isso faz com que uma certa quan-
dosagem do combustível (muito exces- tidade de lubrificante invada a admissão
sivos), também podem, em casos extre- do motor através da ventilação do cárter.
mos, provocar o disparo. Se essa quantidade for excessiva o motor
Nos modernos sistemas de injeção pode entrar em sobrerrotação.
eletrônica esse tipo de falha é pratica- Se isso ocorrer, inicia-se um ciclo
mente impossível. vicioso: quanto mais a rotação do motor
Mas existem outras razões que po- aumenta, maior é a pressão no interior

48 OMECANICO.COM.BR ABRIL
A Albarus está de volta. Quem conheceu
poderá matar a saudade. Quem não conhece,
prepare-se para uma relação de confiança
que nem o tempo pode apagar. Qualidade que
marcou época e conquistou o coração do Brasil.
Albarus. Qualidade que transmite segurança.

albarus.com.br facebook.com/albarusoficial
youtube.com/albarusoficial sac@albarus.com.br 0800-727-7012
49
ARTIGO

do cárter. Ou seja, mais lubrificante é para. Uma simples plaquinha de ma-


expulso do mesmo e entra na admissão, deira pode resolver o problema. Mas é
alimentando ainda mais o motor. preciso ser rápido. Um motor dispara-
No caso dos turboalimentadores, se do é extremamente imprevisível. Se o
por qualquer razão o eixo do mesmo se acesso à admissão for difícil e o motor
partir, o lubrificante sob pressão, que já estiver disparado há muito tempo...
deveria permanecer nos mancais do Melhor não bancar o herói, se prote-
eixo, adentra a admissão alimentando ger, ter um extintor de incêndio à mão
descontroladamente o motor. E nova- e aguardar o inevitável.
mente tem-se o ciclo vicioso.
Em todas essas situações, de nada
adianta cortar a alimentação de óleo
diesel, pois o motor não está sendo mais
alimentado pelo mesmo. Além disso,
como não há qualquer tipo de contro-
le na quantidade de ar que adentra no
motor e as câmaras de combustão es-
tão quentes o bastante para inflamar o
lubrificante, o mesmo aumentará cada
vez mais a sua rotação. Até quebrar.
A única saída segura para este dile-
ma é bloquear a entrada de ar do mo-
tor. Sem ar, sem combustão. E o motor

Reproduções: YouTube

50 OMECANICO.COM.BR ABRIL
YOUTUBE

O Mecânico Ao Vivo
Fique ligado em nossas redes sociais para não
perder as próximas transmissões do programa
O Mecânico Ao Vivo pelo Facebook
(facebook.com/omecanico) e pelo canal do
YouTube (youtube.com/omecaniconline).
Acompanhe e tire suas dúvidas diretamente com
os especialistas em manutenção automotiva.

MOTOR VOLKSWAGEN PISTÕES


TSI 1.0 3 CILINDROS CICLO DIESEL -
TURBO SEM MAHLE
MISTÉRIOS

VÁLVULA TENDÊNCIAS E
TERMOSTÁTICA NOVOS NEGÓCIOS
ELETRÔNICA NA MECÂNICA DE
LINHA FORD - AUTOMÓVEIS -
MTE-THOMSON TECNOMOTOR
52 OMECANICO.COM.BR ABRIL
ELETRICIDADE

Esquema de circuito
de corrente do airbag
no Gol G5
Confira a representação do circuito elétrico do
sistema de airbag nas unidades do Volkswagen Gol
G5 fabricadas a partir de março de 2008
ançada em junho de 2008, a cv (E/G). Na transmissão, o câmbio era

L quinta geração do Gol na ver-


dade era a terceira plataforma
diferente do modelo – antes,
manual de cinco marchas (o mesmo do
Fox, com relação do diferencial alon-
gada). Em 2009, surgiu o automatizado
os modelos de segunda, terceira e quarta I-Motion. Esta versão foi fabricada até
geração tiveram a mesma base. Esta nova 2012 sem alterações significativas.
plataforma era semelhante a dos Fox e A seguir, confira o esquema do cir-
Polo de então. Os motores eram ambos cuito de corrente do sistema de airbag
flex da gama EA111: VHT 1.0 8V de nas unidades do Volkswagen Gol G5 fa-
76/72 cv (E/G) e VHT 1.6 8V 104/101 bricadas a partir de março de 2008.
53
ELETRICIDADE

ESQUEMA DE CIRCUITO DE CORRENTE

54 OMECANICO.COM.BR ABRIL
BATERIA, MOTOR DE PARTIDA, GERADOR (ALTERNADOR),
REGULADOR DE TENSÃO

A - BATERIA

B - MOTOR DE PARTIDA

C - GERADOR (ALTERNADOR)

C1 - REGULADOR DE TENSÃO

J623 - UNIDADE DE CONTROLE DO MOTOR

S162 - FUSÍVEL 1 (30) DO PORTA-FUSÍVEIS NA BATERIA

S163 - FUSÍVEL 2 (30) DO PORTA-FUSÍVEIS NA BATERIA

T1B - CONECTOR DE ENCAIXE, SIMPLES, NO MOTOR DE PARTIDA

T2N - CONECTOR DE ENCAIXE, DUPLO, NO COMPARTIMENTO DO MOTOR

T2U - CONECTOR DE ENCAIXE, DUPLO, NO GERADOR (ALTERNADOR)


1 CABO-MASSA, BATERIA-CARROCERIA
29 CONEXÃO À MASSA, PRÓX. À BATERIA

507 LIGAÇÃO APARAFUSADA (30) NA PORTA-FUSÍVEIS DA BATERIA

WS = BRANCO
SW = PRETO
RO = VERMELHO
BR = MARROM
GN = VERDE
BL = AZUL
GR = CINZA
LI = LILÁS
GE = AMARELO
OR = LARANJA
55
ELETRICIDADE

ESQUEMA DE CIRCUITO DE CORRENTE

56 OMECANICO.COM.BR ABRIL
COMUTADOR DE IGNIÇÃO, LIGAÇÃO DE CABOS P/ TERMINAL 30

D - COMUTADOR DE IGNIÇÃO

E1 - INTERRUPTOR DAS LUZES

J393 - UNIDADE DE CONTROLE CENTRAL P/ SISTEMA DE CONFORTO

R - RADIO

SA2 - FUSÍVEL 2 DO PORTA-FUSÍVEIS A

T8B - CONECTOR DE ENCAIXE, ÓCTUPLO, NO RÁDIO

T8C - CONECTOR DE ENCAIXE, ÓCTUPLO, NO COMUTADOR DE IGNIÇÃO

T12C - CONECTOR DE ENCAIXE, 12 PÓLOS, NO INTERRUPTOR DAS LUZES

T23A - CONECTOR DE ENCAIXE, 23 PÓLOS, NA UNIDADE DE CONTROLE


CENTRAL P/ SISTEMA DE CONFORTO

TV2 - LIGAÇÃO DE CABOS P/ TERMINAL 30


B299 LIGAÇÃO AO POSITIVO 3 (30) NO CHICOTE PRINCIPAL

B466 LIGAÇÃO 2 NO CHICOTE PRINCIPAL


B518 LIGAÇÃO (86S) NO CHICOTE PRINCIPAL
* - PARA VEÍCULOS COM TRAVAMENTO ELÉTRICO

WS = BRANCO
SW = PRETO
RO = VERMELHO
BR = MARROM
GN = VERDE
BL = AZUL
GR = CINZA
LI = LILÁS
GE = AMARELO
OR = LARANJA
57
ELETRICIDADE

ESQUEMA DE CIRCUITO DE CORRENTE

58 OMECANICO.COM.BR ABRIL
CONECTOR DA BOBINA DO AIRBAG E MOLA DE RETORNO
COM ANEL DESLIZANTE, UNIDADE DE CONTROLE P/ O
AIRBAG, DISPOSITIVO DE IGNIÇÃO P/ AIRBAG DO CONDUTOR,
DISPOSITIVO DE IGNIÇÃO 1 P/ AIRBAG DIANT. DO PASSAGEIRO
F138 - CONECTOR DA BOBINA DO AIRBAG E MOLA DE RETORNO COM ANEL
DESLIZANTE

J234 - UNIDADE DE CONTROLE P/ O AIRBAG

J879 - UNIDADE DE CONTROLE PARA SISTEMA INTERATIVO

N95 - DISPOSITIVO DE IGNIÇÃO P/ AIRBAG DO CONDUTOR

N131 - DISPOSITIVO DE IGNIÇÃO 1 P/ AIRBAG DIANT. DO PASSAGEIRO

T2W - CONECTOR DE ENCAIXE, DUPLO, NO DISPOSITIVO DE IGNIÇÃO P/ AIR-


BAG DO CONDUTOR

T2X - CONECTOR DE ENCAIXE, DUPLO, NO DISPOSITIVO DE IGNIÇÃO 1 P/


AIRBAG DIANT. DO PASSAGEIRO

T5A - CONECTOR DE ENCAIXE, QUÍNTUPLO, NO CONECTOR DA BOBINA DO


AIRBAG E MOLA DE RETORNO COM ANEL DESLIZANTE

T5D - CONECTOR DE ENCAIXE, QUÍNTUPLO, NO CONECTOR DA BOBINA DO


AIRBAG E MOLA DE RETORNO COM ANEL DESLIZANTE

T16A - CONECTOR DE ENCAIXE, 16 PÓLOS, NA UNIDADE DE CONTROLE PARA


SISTEMA INTERATIVO

T75A - CONECTOR DE ENCAIXE, 75 PÓLOS, NA UNIDADE DE CONTROLE P/ O


AIRBAG

B273 LIGAÇÃO AO POSITIVO (15) NO CHICOTE PRINCIPAL

B383 LIGAÇÃO 1 (CAN-BUS / COMANDO ” HIGH”) NO CHICOTE PRINCIPAL


B390 LIGAÇÃO 1 (CAN-BUS / COMANDO ”LOW”) NO CHICOTE PRINCIPAL
* - PARA VEÍCULOS COM SISTEMA INTERATIVO

WS = BRANCO BL = AZUL
SW = PRETO GR = CINZA
RO = VERMELHO LI = LILÁS
BR = MARROM GE = AMARELO
GN = VERDE OR = LARANJA
59
ELETRICIDADE

ESQUEMA DE CIRCUITO DE CORRENTE

60 OMECANICO.COM.BR ABRIL
UNIDADE DE CONTROLE P/ O AIRBAG, RELÉ
PRINCIPAL P/ ACIONAMENTO ELÉTRICO

J234 - UNIDADE DE CONTROLE P/ O AIRBAG

J437 - RELÉ PRINCIPAL P/ ACIONAMENTO ELÉTRICO

J623 - UNIDADE DE CONTROLE DO MOTOR

J879 - UNIDADE DE CONTROLE PARA SISTEMA INTERATIVO

SA44 - FUSÍVEL 44 DO PORTA-FUSÍVEIS A

T2R - CONECTOR DE ENCAIXE, DUPLO, NO RELÉ PRINCIPAL P/ ACIONAMENTO


ELÉTRICO

T3D - CONECTOR DE ENCAIXE, TRIPLO, NA TOMADA 12 VOLTS

T16A - CONECTOR DE ENCAIXE, 16 PÓLOS, NA UNIDADE DE CONTROLE PARA


SISTEMA INTERATIVO

T16B - CONECTOR DE ENCAIXE, 16 PÓLOS, NO DIAGNÓSTICO

T30A - CONECTOR DE ENCAIXE, 30 PÓLOS, NO RELÉ PRINCIPAL P/ ACIONAMENTO


ELÉTRICO

T75A - CONECTOR DE ENCAIXE, 75 PÓLOS, NA UNIDADE DE CONTROLE P/ O AIRBAG

U5 - TOMADA 12 VOLTS

367 - LIGAÇÃO À MASSA 2 NO CHICOTE PRINCIPAL

606 - PONTO DE MASSA SOB O CONSOLE CENTRAL PRÓX. À ALAVANCA SELETORA


B300 LIGAÇÃO AO POSITIVO 4 (30) NO CHICOTE PRINCIPAL

B467 LIGAÇÃO 3 NO CHICOTE PRINCIPAL


B625 LIGAÇÃO (CABO DE DIAGNÓSTICO K) NO CHICOTE PRINCIPAL

* - PARA VEÍCULOS COM SISTEMA INTERATIVO

WS = BRANCO BL = AZUL
SW = PRETO GR = CINZA
RO = VERMELHO LI = LILÁS
BR = MARROM GE = AMARELO
GN = VERDE OR = LARANJA
61
ELETRICIDADE

ESQUEMA DE CIRCUITO DE CORRENTE

62 OMECANICO.COM.BR ABRIL
UNIDADE DE CONTROLE COM INDICADOR NO INSTRUMENTO
COMBINADO, INSTRUMENTO COMBINADO, LÂMPADA DE CONTROLE
DO ALTERNADOR, LÂMPADA DE CONTROLE DO AIRBAG

J285 - UNIDADE DE CONTROLE COM INDICADOR NO INSTRUMENTO COMBINADO

K - INSTRUMENTO COMBINADO

K2 - LÂMPADA DE CONTROLE DO ALTERNADOR

K75 - LÂMPADA DE CONTROLE DO AIRBAG

SA34 - FUSÍVEL 34 DO PORTA-FUSÍVEIS A

T32A - CONECTOR DE ENCAIXE, 32 PÓLOS, NO INSTRUMENTO COMBINADO


B277 LIGAÇÃO AO POSITIVO 1 (15A) NO CHICOTE PRINCIPAL

WS = BRANCO
SW = PRETO
RO = VERMELHO
BR = MARROM
GN = VERDE
BL = AZUL
GR = CINZA
LI = LILÁS
GE = AMARELO
OR = LARANJA
63
RAIO X

Chevrolet Tracker
Premier Turbo:
fácil de reparar
Conforme a tradição da marca, Chevrolet Tracker
1.4 Turbo tem manutenção fácil e barata
texto Leonardo Barboza fotos Rafael Guimarães

64 OMECANICO.COM.BR ABRIL
ara entrar na disputa de

P SUVs de entrada, no final


de 2013 a Chevrolet trouxe
para o Brasil a segunda ge-
ração do Tracker, importado do México
inicialmente na versão LTZ e depois a
LT com motorização 1.8 16V Ecotec de
144 cv (E) derivada do Chevrolet Cruze.
Com o passar dos anos e a reestilização
do Cruze, o Tracker também ganhou
facelift, nova motorização 1.4 Turbo de
153 cv (E) equipado com injeção direta e
oferecido na versão LT e Premier.
Mesmo com todo seu potencial em
relação aos SUVs concorrentes o Che-
vrolet Tracker não engatou entre os
três primeiros colocados no ranking de
vendas.
Sabendo que o motivo das baixas
vendas é o número limitado de veícu-
los importado do México, resolvemos
nos aprofundar em relação a sua ma-
nutenção, características do veículo e

65
RAIO X

suas condições de reparo na oficina, MOTOR


verificando se o modelo faz jus a fama Equipado com o motor 1.4 Turbo o,
da marca com manutenção simples e mesmo do Chevrolet Cruze, segundo
barata. Gerson é muito simples de realizar a ma-
A versão avaliada do Tracker foi a nutenção preventiva devido a boa locali-
Premier de R$ 103.490 equipada com zação e facilidade de acesso e remoções
os opcionais airbag laterais e de corti- dos componentes em caso de manuten-
na, alerta de colisão frontal e alerta de ção mais corriqueiras, como troca de fil-
mudança de faixa. Levamos o modelo tros e de velas.
até Gerson de Oliveira Santos, mecâ- Gerson também ressaltou sobre o
nico e proprietário da oficina Gigios preço das peças de reposição. “Por se
Bosch Service, no bairro do Ipiranga, tratar de um motor turboalimentado e
São Paulo/SP. uma grande quantidade de componentes
66 OMECANICO.COM.BR ABRIL
importados, é necessário seguir caute-
losamente a manutenção indicada pelo
fabricante, como o uso de óleo 0W20 e
filtros com especificações corretas a fim
de não danificar as peças do motor de-
vido a uma falta de lubrificação correta.
Caso haja um descuido e seja necessário a
substituição de peças internas do motor
ou a própria turbina, o preço da manu-
tenção pode sair muito caro”.
SUSPENSÃO / UNDERCAR
INJEÇÃO ELETRÔNICA A suspensão do Chevrolet Tracker é do
O módulo de injeção, bateria e caixa de tipo McPherson na dianteira e eixo de
fusíveis estão bem localizados um do lado torção na traseira, possuem reparação
do outro no cofre do motor. O corpo de simples e rápida. “A bandeja da suspen-
borboletas tem fácil localização para manu- são dianteira é fixada apenas por dois pa-
tenção e limpeza. Já sobre os bicos injetores rafusos. Caso haja a necessidade de fazer
diretos, Gerson comenta que é necessário a troca dos pivôs sem a bandeja, é preci-
muita atenção. “Devido a altíssima pressão so retirar o conjunto e remover os três
de trabalho, exige uma manutenção mais rebites que fixam o pivô na bandeja. As
especializada e equipamentos corretos”. buchas da barra estabilizadora e bieleta
67
RAIO X

CHEVROLET TRACKER
PREMIER 1.4 TURBO

MOTOR
Posição: Dianteiro, transversal, turbo
Número de cilindros: 4 em linha
de alumínio tem fixações de fácil acesso”, Número de válvulas: 16V
explica Gerson. Taxa de compressão: 10,0:1
Em relação à suspensão traseira, a Injeção de combustível: Injeção direta
construção é muito simples e sem se- Potência: 153 cv (E) / 150 (G) a 5 200 rpm
gredos na hora de preparar. No teste de Torque: 24,5 Kgfm (E) / 24,0 Kgfm (G) a 2 000 rpm
rodagem o sistema de suspensão absor-
ve muito bem os impactos nas imperfei- CAMBIO
ções da pavimentação, segundo o mecâ- Automático, 6 marchas
nico. “É possível escutar a compressão
dos amortecedores a gás trabalhando FREIOS
nos buracos”. Dianteiros: Disco ventilado
Na parte do undercar, é possível ob- Traseiros: Tambor
servar as proteções reforçadas no motor
e transmissão e uma proteção tubular no DIREÇÃO
tanque e linha de combustível. “Por se Assistência Elétrica
tratar de um veículo SUV e que poderá
encarar terrenos fora de estrada é essen- SUSPENSÕES
cial a proteção nas partes vitais do veícu- Dianteira: Independente, McPherson
lo”, afirmou o mecânico. Traseira: Eixo de Torção

FREIOS RODAS E PNEU


O SUV da marca vem equipado com Rodas: Liga leve, 18 polegadas
freios a disco ventilado na dianteira e Pneus: 215/55 R18
tambor na traseira, sistema bem sim-
ples, mas eficiente. A unidade do ABS DIMENSÕES
tem fácil acesso no cofre do motor. Comprimento (mm): 4.258
Além do controle do ABS a unidade Largura (mm): 1.776
também é responsável pelos sistemas de Altura (mm): 1.678
distribuição de frenagem, assistente de Distância entre eixos (mm): 2.555
partida em aclive, controle de tração e
estabilidade. Gerson pediu atenção para CAPACIDADES
a recomendação na tampa do reserva- Porta-malas: 306 litros
tório do fluido de freio. “É preciso to- Tanque de combustível: 53 litros
mar muito cuidado na hora de comprar
o fluido de freios. Pela performance do
veículo e o seu peso, o ideal é seguir o
DOT 3 recomendado pelo manual do
proprietário. Somente utilizando o re-
comendável pela montadora é possível
garantir 100% de sua eficiência”.
68 OMECANICO.COM.BR ABRIL
LANÇAMENTOS por Fernando Lalli e Gustavo de Sá

Força e conforto
Quinta geração do Honda CR-V
agora vem dos Estados Unidos em
versão topo de linha com motor
de 190 cv
Fabricado sobre a plataforma dos novos
Accord e Civic, o Honda CR-V de quinta
geração chega ao Brasil em versão única
topo de linha, Touring, importada dos
Estados Unidos por R$ 179.900. Entre
as novidades, está a adoção do motor
1.5 turbo quatro-cilindros, o mesmo do
sedã Civic Touring, mas recalibrado para
atingir potência de 190 cv a 5.600 rpm
e torque constante de 24,5 kgfm entre
2.000 e 5.000 rpm. Com o novo motor, Pacote de segurança
a relação peso/potência passou dos 10,18
kg/cv da geração anterior para 8,45 kg/ Toyota Etios recebe novas
cv. O câmbio CVT foi atualizado para nomenclaturas, ganha controles
oferecer aceleração mais suave em arran- de estabilidade e tração de série,
cadas e a tração integral agora envia até além de versão para venda direta
40% mais torque às rodas traseiras. Além
do acabamento diferenciado e do amplo Juntamente com retoques estéticos, o
pacote de equipamentos desta versão, Toyota Etios 2019 teve a linha refor-
a suspensão McPherson na dianteira e mulada. Os motores seguem os mes-
Foto: Divulgação

multilink na traseira, aliada aos pneus mos 1.3 e 1.5, ambos flex com 16 vál-
235/60 R18, proporcionam rodagem vulas e duplo comando variável Dual
muito confortável ao SUV. VVT-i. Agora, a versão mais básica se
chama X-STD (R$ 47.270 hatch/R$
52.110 sedã) com câmbio manual, vol-
tada a vendas diretas. Das versões X (R$
48.400 1.3 hatch/R$ 53.240 1.5 sedã)
em diante, nas duas versões de carro-
ceria, o Etios ganhou controle de esta-
bilidade (VSC), assistente de arranque
em subida (HAC) e controle de tração
(TRC) e ainda traz airbag frontal duplo
e freios ABS com distribuição eletrônica
de frenagem (EBD). As opções de trans-
missão são manual de seis velocidades
e automática de quatro velocidades nas
versões X e X-Plus (hatch e sedã). Para
as XLS e Platinum, apenas automática
de quatro velocidades (hatch e sedã). A
versão Cross deixa de existir.
70 OMECANICO.COM.BR ABRIL
Tiggo 2 é primeiro
modelo da Caoa Chery
Produzido em Jacareí/SP, SUV
estreia por R$ 59.990 iniciais
A Chery uniu-se à Caoa para formar
uma joint venture e escrever uma nova
história no Brasil. O primeiro modelo
dessa nova fase é o Tiggo 2, produzido
em Jacareí/SP na plataforma atualizada
do hatch Celer. Há novos componentes vegetal. O Tiggo 2 chega às conces-
e ajustes na suspensão, direção e arqui- sionárias em duas versões, com preços
tetura eletrônica, além de mudanças es- entre R$ 59.990 (Look) e R$ 66.490
truturais. O motor 1.5 flex do Celer foi (ACT), sempre com câmbio manual.
atualizado e ganhou comando de válvu- Desde a mais simples, a lista de equipa-
las variável. Com isso, a potência saltou mentos é recheada: retrovisores elétri-
de 113 cv para 115 cv a 6.000 rpm, com cos, ajuste de altura do facho dos faróis,
etanol. O torque, entretanto, diminuiu banco traseiro bipartido, engates Isofix,
– passou de 15,5 kgfm para 14,9 kgfm, luzes diurnas em LED, rodas de 16 pole-
também com o combustível de origem gadas e sensores de estacionamento.

Proteção para
todos os veículos.

:
otors
al M
s G ener
odelo ite.
os m sso s
ro s para -)! e em no minho!
lt 12 n a
os fi 2.8 16V ( logo onli alquer c
lança zer catá a qu
F ILTERS Trail Bla acesse o ados par
W IX 13 -) e õ es epar
A
.8 16V
(
aplic
aç s pr
amo
S10 2 ber mais ículo, est
ra s a o v e
Pa for
qual
Seja

0800 722 7876 | wixfilters.com.br


PA I N E L D E N E G Ó C I O S

PAINEL DE
NEGÓCIOS
As melhores marcas, produtos e oportunidades. Confira!

73 HENGST 76 HIPPER FREIOS


74 RANALLE 77 ISAPA
75 WEGA

72 OMECANICO.COM.BR ABRIL
73
PA I N E L D E N E G Ó C I O S

74 OMECANICO.COM.BR ABRIL
Anúncio revista - O Mecânico dez2017.pdf 1 30/11/2017 11:03:07

75
PA I N E L D E N E G Ó C I O S

76 OMECANICO.COM.BR ABRIL
77
ABÍLIO RESPONDE

Olá, amigo Mecânico!


Esse é o nosso canal para tirar
dúvidas, enviar sugestões e críticas.
Envie sua mensagem para:
faleconosco@omecanico.com.br

DÚVIDA NA BANGUELA combustível e suscetível ao


Gostaria que vocês me tirassem uma superaquecimento do sistema
dúvida. Porque tem mecânico que diz que de freio. Além de manter o
não tem problema e outros dois que tem carro seguro em uma descida,
problema. Então, na realidade, estou na o sistema de injeção entra
mesma. Eu gostaria de saber se deixar o em uma estratégia chamada
carro circular em ponto morto por muito “cut-off”, que corta 100% o
tempo, como em descida ou mesmo envio do combustível para o
em lugares retos ou em estradas, se é motor. Assim, para entender
prejudicial para o câmbio. E se economiza de uma forma didática, a
combustível ou não se eu estivesse com inércia do carro mantém as
o veículo descendo a descida engatado. rodas girando, elas acabam
Porque eu viajo muito e tem lugares em “girando” o câmbio e este,
rodovia de mais de 2 km de descida, e eu engatado, “gira” o motor.
acelero e depois deixo o carro no ponto O envio novamente de
morto, e só engato quando percebo embalo. combustível para a queima só
Meu carro é um Palio 2014. ocorrerá quando você voltar a
pisar no acelerador.
Claudio Cazu
via Facebook BOM DE COPO
Meu Fiat Uno 94/95 com
Prejudicial ao câmbio ou ao motor do veículo carburador faz 6 km/litro. Já
não será, mas há outros problemas inerentes arrumei todo o carburador
a esta atitude. Ao retirar o pé do acelerador, e troquei bomba de
com o veículo em ponto-morto, a injeção combustível, velas e cabos e
eletrônica enviará somente o combustível bobina, todas as mangueiras
necessário para manter o motor ligado e de ar e tudo mais. O que
em marcha-lenta. Isso, na teoria, propicia pode estar fazendo ele ter
um consumo mínimo de combustível (em esse consumo exagerado?
linha reta), mas deixará o veículo ‘solto’ e
mais vulnerável em caso de uma freada de Lino Helo Meiri
emergência, por exemplo. O câmbio engatado via Facebook
ajudará a reduzir esta distância de frenagem.
No entanto, quando isso acontece em uma O que sobrou foi a
descida, deixar o carro desengatado e em compressão do motor e
marcha-lenta o fará consumir ainda mais as vedações da câmara
78 OMECANICO.COM.BR ABRIL
de combustão. Qual a OTIMIZANDO O CONSUMO
quilometragem do veículo? Tenho um Toyota Corolla XEi 2.0 ano
A compressão foi medida? 2010, e ele está consumindo muito.
As válvulas estão reguladas? Mandei limpar os bicos e troquei as
Esse motor regula válvulas, velas colocando velas de iridium e
sim. O comando de válvulas mudou pouca coisa, está fazendo 7,0
não está “comido”? A válvula km/l na cidade. É possível melhorar? O
termostática está no lugar? O que devo fazer?
combustível é bom? Ah... Se for
álcool, gasta bem! Mas cuidado Carlos Roberto
com modo de dirigir, pressão via Facebook
dos pneus, carregamento do
veículo e trajeto. Consumo é muito relativo. Depende
de: modo de dirigir, pressão dos pneus,
SANGUE DA MERIVA qualidade do combustível, carregamento
Tenho uma Chevrolet Meriva do veículo e trajeto. Não apenas da
Maxx 1.8 2008 que está com manutenção. Mas a compressão do
106 mil km. Gostaria de saber motor está OK?
qual óleo utilizar para essa
quilometragem, sei que seria TUDO EM FAMÍLIA
o semissintético, mas qual? Pode colocar o escapamento
intermediário do Prisma 05/06 no Celta
Odinei Mostachio 05/06? Se não puder, e eu fizer, quais os
via Facebook problemas que isso pode gerar?

Independentemente da Ariston Neto


quilometragem do veículo, via Facebook
devemos usar o óleo
especificado no manual do Se os motores forem de mesma litragem,
proprietário. No caso do a princípio, não haveria problema.
Meriva 2008, deve-se usar o Escapes de motores pequenos instalados
10w40 semi-sintético. em motores grandes podem provocar
restrições na descarga: queda de
TROCA DE VELOCIDADES rendimento e queima de válvulas de
Tenho um Chevrolet Astra escapamento.
automático e gostaria de
saber se posso colocar uma VELOCÍMETRO INTERMITENTE
embreagem manual sem Tenho um Peugeot 206 09/10 e quando
enjambre. estou andando o velocímetro de repente
cai sozinho, e depois de alguns minutos
Thiago Gomes Goulart volta sozinho. O que deve ser?
via Facebook
Thiago Oliveira
Nós não recomendamos via Facebook
adaptações. Procure sempre
manter o veículo com as Sensor de velocidade do veículo
características originais. ou painel.
79
ABÍLIO

80 OMECANICO.COM.BR ABRIL
81
HUMOR

DETALHISTA RESPEITE OS MAIS VELHOS!


O marido estava desesperado na Um dia, uma menina estava sentada
delegacia: observando sua mãe lavar os pratos na
– Minha mulher desapareceu há 24 cozinha. De repente, percebeu que sua
horas! Ela saiu para ir às compras e não mãe tinha vários cabelos brancos que
voltou... sobressaíam entre a sua cabeleira escura.
Assim, o policial deu início às questões Olhou para sua mãe e lhe perguntou:
de praxe: – Porque você tem tantos cabelos
– Qual a altura e o peso dela? brancos, mamãe?
– Não faço ideia. A mãe respondeu:
– Ela é magra, gorda, atlética? – Bom, cada vez que você faz algo de
– Ela não é magra, mas também não sei ruim e me faz chorar ou me faz triste,
se é atlética. um de meus cabelos fica branco.
– Qual a cor dos olhos? A menina digeriu esta revelação por
– Nunca reparei. alguns instantes e logo disse:
– Qual a cor dos cabelos? – Mãe, porque TODOS os cabelos de
– Muda no mínimo quatro vezes no ano, minha avó estão brancos?
atualmente... Não sei!
– Ela estava dirigindo? FESTA DE ARROMBA
– Sim! Um vizinho do condomínio pergunta
– Qual a cor do carro? para o outro:
– Um Civic 2016 sedã, quatro portas, – Que festa foi aquela que teve aqui
motor 2.0 16 válvulas DOHC I-VTEC, ontem?
vermelho rally, bancos em suede – Foi um casamento.
costura vermelha, câmbio manual 6 – Que bom! E os noivos, estão bem?
marchas com controle de tração e – O noivo está no cemitério, e a noiva
estabilidade (VSA e EBD) diferencial no hospital.
deslizante (LSD), multimídia Pioneer, – Que horror! O que houve? Muita
com câmera de ré, subwoofer JBL, bebida?
módulo Taramps, Hondata, SRI K&N, – Não. O noivo é coveiro e a noiva
TBI Spacer OBX, escape Invidia q300, enfermeira.
coletor Skunk2 Alpha, faróis principais
e auxiliares de xenon, ar condicionado É RAPIDINHO
digital com filtros anti-ácaro, 4 airbags, Um eletricista português vai até a UTI de
pneus Michelin Pilot Sport 4 215. um hospital, olha para os pacientes ligados
– Fica calmo, nós vamos localizar a diversos tipos de aparelhos e lhes diz:
seu carro... – Respirem fundo. Vou trocar o fusível.

AÇÃO IMEDIATA MINHA MÃE MANDOU


Muito nervoso, o cliente grita: A professora pergunta para os alunos:
– Garçom, essa sopa está com gosto – Quem é que quer ir par ao céu?
de inseticida! Todos levantam a mão, menos o
O garçom responde, inconformado: Joãozinho.
– Cliente nunca fica satisfeito! Quando – E você Joãozinho? Não quer ir para o céu?
tem mosca, reclama. Quando a gente – Querer eu quero, mas a minha mãe
toma uma providência, reclama falou que depois da aula era para eu ir
também! direto para casa!
82 OMECANICO.COM.BR ABRIL