Sei sulla pagina 1di 19

EDUARDO PAES

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

CLAUDIA COSTIN
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

REGINA HELENA DINIZ BOMENY


SUBSECRETARIA DE ENSINO

MARIA DE NAZARETH MACHADO DE BARROS VASCONCELLOS


COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO

ELISABETE GOMES BARBOSA ALVES


MARIA DE FÁTIMA CUNHA
COORDENADORIA TÉCNICA

ILMAR ROHLOFF DE MATTOS


CONSULTORIA

ANDRÉIA PRESTES MASSENA


ERNESTO DE MATOS FILHO
FERNANDA PEREIRA DE MOURA
JOSÉ DA SILVA SILVEIRA
LUCIO CARVALHO IGNÁCIO
PAULO ROBERTO MOSCIARO
TERESA CRISTINA SILVA
EQUIPE HISTÓRIA E/SUBE/CED

RIO DE JANEIRO. Secretaria Municipal de Educação.


Orientações Curriculares: Áreas Específicas.

Rio de Janeiro, 2013.


HISTÓRIA – 6º ano – 1º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Compreender as experiências vividas por O que vamos aprender? • Operar com noções temporais e espaciais.
homens e mulheres em diferentes momentos
(tempo) e lugares (espaço) da Terra. • Aprender História: as experiências vividas por • Relacionar unidade biológica e diversidade
homens e mulheres em diferentes momentos cultural da espécie humana.
• Identificar as diferentes dimensões de uma (tempo) e lugares (espaço) da Terra.
experiência histórica: noções temporais e • Identificar semelhanças e diferenças entre
espaciais; relações e classificações sociais, • A vida em sociedade: as relações sociais, diversas experiências históricas.
regras, normas e valores. regras e valores; a vida cotidiana,
• Identificar permanências e mudanças em uma
• Identificar uma narrativa histórica. • Contar uma história: a narrativa histórica. experiência histórica.

• Identificar formas de transmissão cultural em


uma experiência histórica.

• Relacionar narrativa histórica e tempo


histórico, localizando em uma linha de tempo,
acontecimentos ordinários e extraordinários.

• Identificar o continente africano como local de As primeiras comunidades humanas e o • Apresentar argumentos que valorizem
origem da espécie humana. processo de humanização. positivamente a diversidade cultural da
espécie humana, criticando estereótipos e/ou
• Compreender as diferentes explicações sobre • Da África para outros continentes. preconceitos.
a origem da espécie humana.
• Como as diferentes culturas explicam a • Compreender os processos adaptativos dos
• Identificar as principais características dos origem da vida humana. seres humanos ao meio ambiente.
povos coletores e caçadores.
• Povos coletores e caçadores. • Identificar hipóteses explicativas sobre a
• Identificar as principais características dos chegada dos seres humanos à América.
povos agricultores e pastores. • Povos agricultores e pastores.

• Localizar os primeiros grupos humanos na • A chegada dos primeiros grupos humanos à


América. América.
HISTÓRIA – 6º ano – 2º bimestre
OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES
• Identificar diferentes experiências históricas do Os povos do Antigo Oriente. • Localizar em um mapa as principais
Antigo Oriente. sociedades do Antigo Oriente.
• Distribuição espacial e temporal dos principais
• Caracterizar as organizações políticas, sociais povos do Antigo Oriente. • Localizar em uma linha de tempo a
e econômicas das sociedades do Antigo simultaneidade das experiências históricas do
Oriente. • Os grupos humanos e as relações com a Antigo Oriente.
natureza.
• Identificar a importância das práticas culturais • Relacionar a invenção da escrita e a
e religiosas nas sociedades do Antigo Oriente. • Organização política, social e econômica. organização das sociedades do Antigo
Oriente.
• Religiosidade e cultura.
• Relacionar calendários, organização do tempo
• Experiências históricas: e poder nas sociedades do Antigo Oriente.
 mesopotâmicos;
 egípcios; • Distinguir povos nômades e povos
 hebreus. sedentários; monoteísmo e politeísmo; tempo
cíclico e tempo linear.

HISTÓRIA – 6º ano – 3º bimestre


OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES
• Identificar os principais momentos na narrativa A Grécia Antiga. • Localizar em uma linha de tempo os principais
de experiência histórica das cidades gregas na momentos na narrativa de experiências
Antiguidade. • Do genos à Pólis. históricas das cidades gregas na Antiguidade.

• Identificar as principais diferenças entre os • Regimes e sistemas políticos: monarquia, • Classificar as formas de governo na
regimes e sistemas políticos das cidades tirania, oligarquia, democracia e aristocracia. experiência das cidades gregas, tendo como
gregas. critérios formas positivas e negativas.
• A experiência democrática: cidadania e
• Caracterizar a experiência democrática da participação política; os excluídos. • Operar com a noção inclusão/exclusão na
época clássica. caracterização da democracia grega e na
• A vida cotidiana em Atenas: a escravidão definição de cidadão.
• Conhecer a vida cotidiana em Atenas, na antiga.
época clássica. • Comparar a vida cotidiana em Atenas e
• Mito e religião. Esparta, a partir de critérios previamente
• Identificar as principais características da escolhidos.
escravidão na experiência histórica das • Arte e cultura.
cidades gregas.
HISTÓRIA – 6º ano – 4º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Identificar os principais momentos na narrativa Roma Antiga. • Localizar em uma linha de tempo os principais
de experiência histórica da Roma Antiga. momentos na narrativa de experiências
• A fundação de Roma. históricas da Roma Antiga.
• Conhecer a lenda de fundação de Roma.
• Regimes e sistemas políticos: realeza, • Argumentar a respeito das experiências dos
• Identificar as principais características e república e império. regimes políticos da Roma Antiga,
instituições dos regimes políticos romanos. apresentando elementos positivos e negativos.
• Cidadania e participação política: da república
• Identificar as razões do expansionismo ao império. • Produzir um pequeno texto sobre a lenda da
romano. fundação de Roma, ressaltando o seu
• A vida cotidiana na Roma imperial: a significado.
• Conhecer a vida cotidiana na Roma imperial e escravidão antiga.
a presença da escravidão. • Representar em um mapa o Império Romano,
• Arte, cultura e religião. pintando com cores diferentes as partes do
• Compreender os fatores da crise do Império Ocidente e do Oriente após a sua divisão.
Romano. • A crise do Império Romano: o cristianismo
como religião oficial. • Formular hipóteses que permitam
• Relacionar a crise do Império Romano com o compreender a rápida expansão do
cristianismo como religião oficial. cristianismo.
HISTÓRIA – 7º ano – 1º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Caracterizar as novas relações decorrentes A Europa Medieval. • Relacionar invasões germânicas e crise do
da ruralização na Europa Ocidental. Império romano do Ocidente.
• As invasões germânicas e a formação do
• Caracterizar as três ordens sociais na Europa feudalismo. • Relacionar surgimento do feudalismo e
medieval. processo de ruralização.
• A sociedade de três ordens e a vida
• Identificar as principais características da cotidiana no feudo. • Relacionar cristianismo e identidade na
produção cultural na Europa medieval. Europa medieval (cristãos, pagãos e infiéis).
• Transformações a partir do século XI: a
cidade medieval. • Operar com o conceito de intolerância para a
compreensão dos movimentos das Cruzadas.
• O poder da Igreja: as Cruzadas.

• A cultura na Europa medieval arte e


literatura .

• Analisar as relações de poder no mundo O Mundo Muçulmano. • Localizar em um mapa os povos árabes e
árabe-muçulmano. muçulmanos no mundo contemporâneo.
• Maomé e a unificação política e religiosa.
• Identificar as motivações do processo • Reconhecer a diversidade das experiências
expansionista muçulmano. • A expansão muçulmana. históricas, apresentando argumentos contra
estereótipos e discriminações.
• Destacar a importância cultural e científica • Ciência e cultura no mundo muçulmano.
das civilizações árabes e muçulmanas para a
sociedade contemporânea.
HISTÓRIA – 7º ano – 2º bimestre
OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Identificar semelhanças e diferenças entre Povos Africanos. • Reconhecer a diversidade das experiências
povos africanos, americanos e europeus em históricas, argumentando contra estereótipos e
período anterior à expansão marítima • Pequenas comunidades e grandes impérios. hierarquizações.
europeia.
• O trabalho escravo. • Descrever experiências históricas ligadas aos
• Identificar os principais reinos africanos, povos africanos a partir da leitura de imagens
pondo em destaque a diversidade cultural • Duas experiências históricas: O Império do e fontes históricas.
entre os mesmos. Mali e o Reino do Congo.
• Operar com o conceito de escravidão,
• Comparar diferentes formas de trabalho distinguindo seus diferentes tipos.
escravo, identificando as especificidades da
experiência africana anterior à expansão
europeia.

• Identificar a diversidade étnico-cultural entre Povos Nativos da América. • Compreender as especificidades dos povos
os povos nativos da América. indígenas.
• O Império Asteca.
• Reconhecer diferenças e semelhanças entre • Localizar em um mapa os diferentes povos
experiências históricas de astecas, incas e • O Império Inca. indígenas americanos.
povos nativos do Brasil.
• Povos indígenas do Brasil. • Argumentar em defesa dos interesses dos
povos indígenas, propondo soluções e
destacando o valor da cidadania.

• Relacionar transformações sociais, A centralização política e a formação dos • Reconhecer a importância dos novos grupos
econômicas e políticas ocorridas na Europa e Estados Modernos. sociais na transformação da sociedade
formação dos primeiros Estados modernos. europeia.
• A formação dos Estados Modernos: o caso de
• Identificar particularidades na formação dos Portugal e Espanha. • Relacionar o surgimento dos Estados
Estados português e espanhol. modernos europeus e as Grandes
• O mercantilismo: a inserção do mundo Navegações.
• Identificar as principais características das colonial na política econômica.
relações entre europeus e nativos da América. • Ler documentos de época e imagens
iconográficas sobre o encontro de culturas.
HISTÓRIA – 7º ano – 3º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Identificar as principais características da A expansão marítima ibérica. • Ler documentos de época e imagens sobre o
relação entre europeus e nativos da América. encontro de culturas.
• O duplo sentido da expansão marítima
• Relacionar o processo de centralização ibérica. • Relacionar surgimento dos Estados
política e a expansão marítima. modernos europeus e as grandes
• Novas tecnologias, novos saberes. navegações.
• Identificar formas de resistência das
populações nativas americanas à dominação • Os impérios ibéricos: tratados e • Operar com o conceito de cidadania e
europeia. colonizações. tolerância na prática de uma atitude de
respeito às diferenças culturais.

• Operar conceitos como tolerância e Novos olhares europeus sobre o mundo. • Perceber como as reformas religiosas
discriminação, percebendo o sentido político auxiliaram no processo de unificação política,
dessa questão religiosa. • A revelação de uma outra humanidade: o transformando a cena europeia.
Novo Mundo.
• Identificar as transformações decorrentes
desse movimento e suas implicações no novo • As reformas religiosas. • Perceber como essas transformações
panorama mundial. ajudaram no surgimento dos chamados
• Renascimento cultural e científico. Tempos Modernos.
• Destacar a importância cultural e científica
das civilizações árabes e muçulmanas para a
sociedade contemporânea.
HISTÓRIA – 7º ano – 4º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Identificar as particularidades da colonização Colonizações das Américas. • Relacionar a ação da Igreja Católica e as
espanhola. formas de dominação nas colônias
• A América espanhola: a conquista e as espanholas da América.
• Conceituar as formas de trabalho e experiências colonizadoras; o trabalho
dominação empregadas nas áreas coloniais compulsório: servidão e escravidão; • Operar com os conceitos de trabalho (mita e
espanholas. sociedade e poder: o papel da Igreja encomienda) e exploração adotados na
Católica. América espanhola.
• Destacar a atuação da Igreja Católica.
• A América portuguesa – encontros: • Compreender acontecimentos históricos
• Identificar as principais práticas portugueses e povos indígenas – do relacionados à colonização portuguesa no
administrativas da Coroa na América escambo à escravidão; do litoral ao “sertão”: Brasil, a partir da leitura de textos de época,
portuguesa. a ocupação do território. A escravidão imagens e mapas.
africana: uma experiência histórica: a vida
• Identificar semelhanças e diferenças entre as cotidiana nos engenhos coloniais. • Classificar as formas de trabalho no engenho,
regiões coloniais da América portuguesa. na pecuária e na mineração.
• A América inglesa: os “pais fundadores” e as
• Identificar as principais características das diferentes formas de colonização; sociedade • Perceber as diferenças entre as colônias do
colônias do sul e do norte da América inglesa. e poder: homens livres, servidores sul e do norte na América inglesa.
temporários e escravos.
• Relacionar colonização da América inglesa e • Conceituar “liberdade religiosa” e “autonomia
questões políticas e religiosas na Inglaterra. relativa”, como fatores de atração dos
colonos para a América inglesa.
• Comparar o modelo adotado na colonização
da América inglesa com o modelo adotado na • Identificar semelhanças e diferenças entre as
América ibérica. colonizações de povoamento e de
exploração.
• Diferenciar colonização de povoamento e
colonização de exploração.
HISTÓRIA – 8º ano – 1º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Identificar as mudanças políticas e sociais no Novas perspectivas ideológicas. • Identificar semelhanças e diferenças entre
mundo ocidental no século XVIII. liberalismo e iluminismo.
• O pensamento iluminista e o liberalismo.
• Relacionar ideias iluministas e mudanças • Identificar o sentido de liberdade para os
políticas e sociais no mundo ocidental no • A independência das Treze Colônias colonos da América inglesa.
século XVIII. inglesas e a formação dos EUA.
• Produzir uma legenda identificando as Treze
• Identificar os principais pensadores Colônias inglesas, em um mapa no caderno
iluministas e suas obras. de História.

• Identificar os principais motivos da


independência política das Treze Colônias
inglesas.

• Identificar as principais características da A América portuguesa no século XVIII. • Relacionar vida urbana e diferenciação social.
região das minas.
• Apresentar argumentos que justifiquem a
• Identificar o papel da cidade do Rio de • “Vila Rica, vila pobre”: a atividade expressão “Vila Rica, vila pobre”.
Janeiro em relação à região das minas e ao mineradora, a vida urbana e a diferenciação
Império português na 2ª metade do século social. • Operar com o conceito de “crise”,
XVIII. associando-o às aspirações de liberdade e
• O Rio de Janeiro, “cabeça” da América igualdade, nas conjurações mineira e baiana.
• Relacionar crescimento de vida urbana e portuguesa.
manifestações culturais na região das minas.

• Relacionar ideias iluministas, crise do sistema • “Viver em colônias”: a crise do sistema


colonial e conjurações na América colonial e as conjurações.
portuguesa.
• A América portuguesa e o Império Português
no final do século XVIII.
HISTÓRIA – 8º ano – 2º bimestre
OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Identificar fatores que explicam a primazia A revolução industrial inglesa. • Comparar artesanato, manufatura e sistema
inglesa na revolução industrial. fabril (fábrica).
• A burguesia como protagonista: política e
• Relacionar revolução industrial inglesa e ideologias. • Produzir pequenos textos a partir de imagens
formação de novos agentes sociais. da revolução industrial inglesa.
• Do artesanato ao sistema fabril: novas
• Relacionar descobertas e inovações técnico- relações de produção. • Apresentar argumentos que justifiquem a
científicas e surgimento do sistema fabril. expressão “Inglaterra: armazém e oficina do
• Inglaterra: armazém e oficina do mundo. mundo”.
• Relacionar revolução industrial e
desenvolvimento do capitalismo na Inglaterra. • Relacionar os processos de formação da
burguesia industrial e do operariado ao
surgimento do sistema fabril, destacando
pontos de semelhança e diferença.

• Relacionar crise do Antigo Regime e Novas perspectivas políticas. • Operar com o conceito de revolução,
Revolução Francesa. comparando os sentidos diversos em
• A Revolução francesa e a Era Napoleônica. Revolução Industrial e Revolução Francesa.
• Relacionar Revolução Francesa e os ideais
de liberdade, igualdade e fraternidade. • A independência das colônias espanholas. • Operar com o conceito de liberdade,
comparando as experiências históricas dos
• Identificar os principais momentos da • A era das abolições: a revolução do Haiti. revolucionários franceses com os colonos da
Revolução Francesa e da Era Napoleônica. América inglesa.

• Ler imagens da Revolução Francesa, • Operar com os conceitos de República e


identificando protagonistas e seus ideais. Império, comparando os momentos iniciais
da Revolução Francesa e a Era Napoleônica.
• Relacionar crise do sistema colonial, ideias
iluministas e independência das colônias • Operar com o conceito de liberdade na
espanholas. experiência histórica dos “criollos” nas lutas
pela independência da América hispânica.
• Identificar os principais movimentos
abolicionistas nas Américas, desde o fim do • Operar com o conceito de liberdade na
séc. XVIII até meados do séc. XIX, dando revolução do Haiti, particularmente.
ênfase à revolução do Haiti.
HISTÓRIA – 8º ano – 3º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Relacionar Europa napoleônica e vinda da Da América portuguesa ao Império do Brasil. • Comparar monopólio comercial (política
família real portuguesa para a América. mercantilista) e livre-cambismo (liberalismo
• A Corte portuguesa no Brasil. econômico).
• Identificar as principais transformações
promovidas pela Corte no Brasil, em especial • A Revolução do Porto e a emancipação de • Produzir texto sobre o papel predominante
no Rio de Janeiro. 1822. dos interesses ingleses na América
portuguesa desde os Tratados de 1810.
• Relacionar Revolução do Porto e formação • A coroação de D. Pedro I e as províncias: a
de forças políticas no processo de guerra de independência. • Relacionar elevação do Brasil a Reino Unido
emancipação política. a Portugal e Algarves à política europeia
desde a queda de Napoleão Bonaparte.
• Relacionar a opção pela forma monárquica
de governo à “guerra de independência”. • Relacionar Revolução Pernambucana de
1817 a ideais republicanos e resistência à
política de D. João VI.

• Interpretar representações/imagens sobre a


coroação de D. Pedro I e a “guerra de
independência”.

• Ler imagens sobre o Rio de Janeiro durante a


presença da Corte, produzindo um texto
intitulado “O Rio de Janeiro no tempo do rei”.
HISTÓRIA – 8º ano – 3º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Identificar as principais características da O Primeiro Reinado (1822-1831). • Localizar em uma linha de tempo (com
Constituição de 1824 e do código criminal de respectivas durações): Corte portuguesa no
1830. • A organização do Império do Brasil: a Rio de Janeiro; Primeiro Reinado; Período
Constituição de 1824 e o Código Criminal de Regencial.
• Identificar os principais acontecimentos do 1830.
governo de Pedro I.
• O Rio de Janeiro no tempo de D. Pedro I: • Localizar, em um mapa do Brasil, os
• Identificar os interesses e as principais poder e sociedade. A política inglesa e o principais movimentos políticos e sociais do
medidas da política inglesa contra o tráfico tráfico negreiro. período regencial, a partir de uma legenda.
negreiro intercontinental.
• A abdicação. As regências como um • Produzir um quadro comparativo dos
• Identificar as razões da impopularidade de laboratório político: liberdades e hierarquias. principais movimentos políticos e sociais do
D. Pedro I e da abdicação em 1831. período regencial, com as seguintes
entradas: local, duração e segmentos sociais
participantes.
• Identificar os principais projetos dos grupos
políticos durante o período regencial. • Operar com o conceito de liberdade de modo
a estabelecer diferenças e semelhanças
entre os principais projetos dos grupos
• Identificar os principais movimentos políticos políticos durante o período regencial.
e sociais do período regencial, relacionando-
os aos diferentes segmentos sociais.

• Identificar os principais segmentos sociais do


Império do Brasil: a “boa sociedade”, a
“plebe” e os escravos,
HISTÓRIA – 8º ano – 4º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Relacionar escravidão tardia e expansão da O Império de D. Pedro II. • Localizar em um mapa da América as
economia mundial desde os anos 20 do principais áreas de “escravidão tardia”.
século XIX. • A escravidão tardia: as experiências
históricas do Brasil, de Cuba e do sul dos • Argumentar a respeito da denominação
• Identificar as principais áreas de “escravidão EUA. “escravidão tardia”, considerando as ideias
tardia” na América do século XIX. liberais predominantes.
• O Império do Brasil: a consolidação político-
• Relacionar “escravidão tardia” e expansão institucional; a expansão cafeeira e a “Era • Comparar as experiências parlamentaristas
cafeeira no Império do Brasil. Mauá”. no Império do Brasil e no Império britânico.

• Identificar as principais características de • O Rio de Janeiro imperial: a “boa • Relacionar “Era Mauá” e extinção do tráfico
organização política no período de sociedade”, a “plebe” e os escravos. negreiro intercontinental.
consolidação da ordem imperial,
relacionando ordem imperial e romantismo. • A crise da escravidão: as formas de • Produzir pequenos textos caracterizando os
resistência dos escravos e as leis principais segmentos da sociedade imperial.
• Identificar os principais segmentos da emancipacionistas. Imigração europeia e a
sociedade imperial. Abolição.

• Identificar as principais atividades • A crise do Império e os projetos de


econômicas da “Era Mauá”. República. O “15 de Novembro”.

• Relacionar final do tráfico negreiro


intercontinental, lei de terras e “experiência
de parceria”.

• Identificar as principais formas de resistência


escrava.

• Relacionar imigração europeia e


abolicionismo.

• Relacionar crise da monarquia e projeto de


república.
HISTÓRIA – 9º ano – 1º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Descrever as mudanças ocorridas na A Primeira República no Brasil. • Estabelecer relações de continuidade e


sociedade brasileira na passagem do século permanência, ruptura e transformação;
XIX para o século XX, assim como as • Poder e política: cidadania e exclusão. semelhanças e diferenças no processo
transformações ocorridas nas primeiras histórico.
décadas do século XX. • O Rio de Janeiro na “Belle Epoque”.
• Compreender os diversos movimentos
• Compreender a estrutura de funcionamento • Movimentos sociais nas primeiras décadas sociais em todos os seus aspectos, como
do governo no início do período republicano. da República: movimentos urbanos e rurais. produto da ação humana numa sociedade
em permanente construção e transformação.

• Compreender os processos de formação das A Era das Nações e dos Impérios. • Compreender o nacionalismo como fator
nações e entender o nacionalismo como agregador/desagregador entre os povos e
fator de acirramento de disputas e perceber suas nuances.
rivalidades entre as nações europeias. • Nação e nacionalismo.

• Compreender os fatores responsáveis pela • Imperialismo: opressão e resistência na • Saber identificar marcas de intolerância e do
expansão europeia na Ásia e na África no Ásia e África. não reconhecimento das diversidades
século XIX. étnicas no processo de ocupação da Ásia e
• A Primeira Guerra Mundial. da África.
• Entender os fatores que levaram à eclosão
da 1ª Guerra Mundial, percebendo-os em • Perceber a nova relação de forças que se
sua totalidade. estabelece na Europa do começo do século
XX e sua implicação futura.
HISTÓRIA – 9º ano – 2º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Identificar o processo que levou ao A Revolução Russa • Analisar e interpretar diferentes fontes
estabelecimento do socialismo na Rússia documentais, reconhecendo os
e suas características. • Significado histórico: uma alternativa ao diferentes contextos envolvidos em sua
czarismo e ao capitalismo produção.

• Reconhecer as principais razões da crise Período Entre Guerras • Analisar as consequências da 1.ª Guerra
de 29. Mundial, que levaram ao acirramento
• A crise econômica de 1929 das tensões econômicas, ideológicas,
• IVb) Identificar os efeitos da crise nos sociais e políticas.
EUA e no mundo. • Ascensão nazi-fascista
• Perceber como a construção do
• IVc) Relacionar a ascensão nazi-fascista • A modernidade arianismo e do antissemitismo, se
às condições sociais, políticas e tornaram ideias extremas do nazismo.
econômicas de então.

• Identificar as principais características das A República Brasileira em crise • Compreender os movimentos de


ideologias operárias e do movimento insatisfação da classe média urbana e
tenentista, percebendo seus • Ideologias operárias: anarquismo e comunismo dos militares contra o regime da
desdobramentos. República Oligárquica.
• O movimento tenentista
• Compreender o impacto das novas
• Modernismo no Brasil ideias no aspecto cultural, rompendo
com antigos paradigmas.
HISTÓRIA – 9º ano – 3º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

• Entender as implicações do conjunto de A Era Vargas • Identificar as condições que levaram Vargas
transformações iniciadas com a chamada ao poder e que atingiram seu ápice com a
“Era Vargas”. • Governo provisório e constitucional Revolução de 30.

• Identificar o Estado Novo como um • Estado Novo • Operar conceitos como democracia,
regime autoritário, identificando suas autoritarismo, totalitarismo, regime
bases de apoio e instrumentos de controle constitucional, promulgado, outorgado e
social. A Segunda Guerra Mundial legitimidade.

• Identificar os fatores que levaram à • Antecedentes • Perceber o populismo como sendo de “via
2.ª Guerra Mundial e as posições dupla” entre o Estado e a classe
tomadas pelos países envolvidos no • As fases da guerra e seu desfecho: a trabalhadora.
conflito. hegemonia dos EUA
• Reconhecer nos regimes totalitários uma
• Distinguir as fases da guerra, assim como política de controle social, marcada pela
os dois blocos rivais: Eixo e Aliados. intolerância e pelo desrespeito às diferenças.

• Ler mapas históricos e imagens da época.

• Argumentar criticamente em relação à


política de Estado, na qual, grupos
promovem a discriminação racial, étnica,
social e/ou religiosa.

• Compreender a conjuntura mundial do A Guerra Fria • Analisar a construção do mundo bipartido:


pós-2.ª guerra. capitalismo X comunismo.
• A bipolarização entre EUA e URSS
• Identificar conflitos ocorridos no contexto da
• Ideologia e cultura no contexto da guerra fria Guerra Fria.

• O colapso da alternativa soviética • Relacionar o fim do mundo socialista com o


surgimento das políticas neoliberais.
HISTÓRIA – 9º ano – 4º bimestre

OBJETIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES


• Identificar o processo de descolonização A Descolonização da África e da Ásia • Operar conceitos como igualdade racial,
com a construção de novos Estados. “apartheid” e segregação, no mundo pós-
1945.
• Entender os governos Dutra, Vargas (1951- A Política Brasileira no Pós-2ª Guerra
54), Juscelino, Jânio e Jango, percebendo • Operar conceitos como populismo,
possíveis semelhanças e diferenças. • Governos Dutra e Vargas nacionalismo, desenvolvimentismo,
parlamentarismo e presidencialismo.
• Identificar os principais partidos políticos da • O desenvolvimentismo de JK
época, percebendo suas posturas na crise • Analisar as razões do suicídio de Vargas.
que levaria ao golpe. • Jânio, Jango e a crise pré-64
• Analisar as razões da renúncia de Jânio.
• Compreender o contexto histórico que
levaria o Brasil à uma ditadura militar. Brasil: da ditadura militar à construção da • Conhecer as reformas de base
democracia pretendidas por João Goulart.
• Entender a importância da cultura no
contexto de defesa da democracia e na luta • O contexto do golpe e sua consolidação. • Operar conceitos como ditadura, estado
contra o autoritarismo. de sítio e segurança nacional.
• Cone Sul: outros golpes contra a democracia
• Compreender o contexto do surgimento de • Perceber os interesses dos EUA na
vários golpes de Estado na América do Sul e • O estabelecimento da democracia no Brasil implantação de ditaduras de direita no
a ligação entre eles. continente americano e como o governo
norte-americano apoiou esses governos
• Caracterizar o processo de retomada da ditatoriais.
democracia no Brasil.
“E quem garante que a História
É carroça abandonada
Numa beira de estrada
Ou numa estação inglória
A História é um carro alegre
Cheio de um povo contente
Que atropela indiferente
Todo aquele que a negue

É um trem riscando trilhos


Abrindo novos espaços
Acenando muitos braços
Balançando nossos filhos
Já foi lançada uma estrela
Pra quem souber enxergar
Pra quem quiser alcançar
E andar abraçado nela”

Chico Buarque de Hollanda