Sei sulla pagina 1di 6

4/3/2018 Plantados á maneira de Diana Walstad - LOW-TECH - Aquariofilia.

net

      Já tens conta? Entra!   Regista-te!

Menu Calendário Classi cados Downloads Busca... 


Fotos Loja

Mapa Avaliação de Lojas Medalhas Clubs

Fóruns Classi cação Equipa Membros Online Ver tudo Termos de Utilização
 Início  ÁGUA DOCE  AQUÁRIOS  LOW-TECH  Plantados á maneira de Diana Walstad
Regras Pesquisa
 Ver tudo 

Plantados á maneira de  Entra para seguir isto   Seguidores 1

Diana Walstad
Por gervas, Fevereiro 13, 2010 em LOW-TECH



 gervas Publicado Fevereiro 13, 2010 (editado) 


Membro Entusiasta
Enquanto navegava pela net deparei-me com um interessante artigo
acerca dos não menos interessantes aquários construídos de acordo
com Diana Walstad e o seu livro "Ecology of the Planted Aquarium: A
Practical Manual and Scienti c Treatise for the Home Aquarist", que
para os que desconhecem é uma das biblias dos amantes de plantas
e tanque plantados. Nesse livro ela fala de um método de fertilização
e planeamento de plantados algo diferente do que consideramos
.Membro Ausente habitualmente como válidos ou correctos no mainstream após o
 16 advento do Método de Estimativa de Tom Barr, e dos trabalhos de
1063 posts
Takashi Amano.
Sexo:Masculino
País:Portugal
 
Concelho:non portuguese
Localização:Cartaxo -
A máxima de Walstad não é meramente criar uma paisagem
Santarém - Portugal
 8 Anos, 5 Meses and 27 Dias subaquática vibrante e linda aos olhos do observador, mas também a
criação de um sistema ecológico mais ou menos completo no tanque
de forma a integrar os peixes e plantas num sistema químico e
biológico de forma a que possam viver em conjunto sendo os peixes e
restante fauna a alimentar as plantas, ao invés de ser o aquarió lo o
agente fertilizador e cuidador omnipresente do universo aquático que
é o seu aquário.

 
Important Information
  I a…
Ao usar este fórum está a aceitar os nossos Terms of Use.

http://www.aquariofilia.net/forum/topic/148819-plantados-%C3%A1-maneira-de-diana-walstad/ 1/19
4/3/2018 Plantados á maneira de Diana Walstad - LOW-TECH - Aquariofilia.net

Os tanques construídos de acordo com os seus métodos não utilizam


injecção de dióxido de Carbono, e as fontes de nutrientes e gás das
plantas provêm maioritariamente dos peixes e seus dejectos e
desperdícios ao invés da intervenção externa humana. Visto requerem
tão pouca manutenção, e tão pouca infraestrutura logística, há quem
se re ra a este tipo de plantados como low upkeep e low tech.

O artigo encontra-se em:

http://thegab.org/Plants/setting-up-a-wals...anted-tank.html

E considero uma leitura obrigatória para todos os amantes de plantas


e plantados.

Para os que não dominam a Língua britânica, passo a traduzir o artigo


dentro das fronteiras do meu inglês:

"Montando um Tanque Plantado Natural de acordo com Walstad"

"No seu Livro, "Ecology of the Planted Aquarium: A Practical Manual


and Scienti c Treatise for the Home Aquarist", Diana Walstad diz que
o objectivo é construir um ecosistema onde "plantas e peixes
contrabalancem as necessidades uns dos outros". Neste tipo de
tanques, as plantas são as puri cadoras da água em lugar dos ltros.
Em vez de converter amonia em nitratos, as plantas convertem a
amónia em massa vegetal, e assim não há uma acumulação de
nitratos e desta forma o pH não baixa ao longo do tempo. As plantas
também removem metais pesados da água. Alimentação dos peixes,
lodo, e os micronutrientes do solo alimentam as plantas. Peixes e
microorganismos produzem Dióxido de Carbono para as plantas e as
plantas ajudam a produzir oxigénio para os peixes. Apenas é
necessária uma iluminação moderada juntamente com luz do sol. Um
tanque do tipo Plantado Natural de Walstad é um aquário de baixa
manutenção, apenas necessitando de podas ocasionais, e trocas
parciais de água pouco frequentes."

http://www.aquariofilia.net/forum/topic/148819-plantados-%C3%A1-maneira-de-diana-walstad/ 2/19
4/3/2018 Plantados á maneira de Diana Walstad - LOW-TECH - Aquariofilia.net

"O meu aquario de 110litros (29 gallon) com frente abaolada,


mostrado em cima, foi montado como um tanque plantado em janeiro
de 2005, e isto é como ele está 8 meses mais tarde. O substrato é
composto por cerca de 2.5cm (1inch) de humus de minhoca (terra
vegetal, ou o que queiram chamar-lhe), corrigido com concha
esmagada, e coberto com cerca de outros 2.5cm de areão no. As
plantas incluem, Echinodorus tenelus, Sagitaria subulata, Hygrophila
difformis. Os habitantes incluem Espadas, Endlers, pleco palhaço,
Planorbis corneus e outros caracois aquáticos. A iluminação é luz do
sol de uma janela a sul, e 40 watts de 6500K de luz uorescente
compacta.

Como montar um Plantado do tipo de Walstad:

Substrato:

Dois e meio a 4cm de solo de jardim não esterelizado, solo de vaso,


ou terra vegetal, com 2.5 a 4 cm de areão de 2-4mm por cima. Não
use solos profundos, ou solos barrentos de zonas de água salobra. Se
o solo base tiver características ácidas, usem calcários em pó
misturados com a solo fértil. Se a água da sua área for macia,
adicionem pedaços pequenos de calcário ou conchas moídas para
gradualmente aumentarem o valor da dureza da água ao longo do
tempo. Ela recomenda não adicionar turfa ou fertilizantes orgânicos
como por exemplo esterco. Adicionar uma pequena quantidade de
matéria orgânica bem decomposta é correcto. Para sua segurança
deve querer fazer um teste numa garrafa para avaliar o quanto o solo
turva a água. Adicione uma camada de solo e cubra com uma
http://www.aquariofilia.net/forum/topic/148819-plantados-%C3%A1-maneira-de-diana-walstad/ 3/19
4/3/2018 Plantados á maneira de Diana Walstad - LOW-TECH - Aquariofilia.net

camada de areão e depois encha o tanque lentamente e com cuidado


para não perturbar o solo (e turvar a água). Após isso deixe repousar
durante algumas semanas. Alguns solos lixiviam mais que outros.
Quando se usa solo embalado, será boa ideia espalha-lo numa
camada na e deixa-lo arejar durante a noite (24h) para que a amónia
se liberte para a atmosfera.

Plantas:

Use vários tipos de plantas, algumas das quais irão eventualmente


car emersas. Use também plantas utuantes. Geralmente as plantas
mais baratas são as que são mais fáceis de manter.

Peixes:

Diana refere que podemos povoar moderadamente o tanque de


imediato. (Mantenha um olho na Amónia, porque já tive solos que
ciclaram um tanque de imediato e outros solos que levaram um mês a
car habitáveis) Evite peixes herbívoros, ou peixes que revolvam ou
escavem o fundo.

Iluminação:

Diana prefer uma mistura de luz solar e luz uorescente - 1 a 2W por


cada 3.8litros(1gallon) aprox.(0.25 a 0.5W/litro) se o tanque não
receber luz solar, menos se o tanque receber luz solar directa. Ela
prefere uma combinação de lâmpadas de luz branca ou luz promotora
de crescimento vegetal. A autora recomenda também um fotoperiodo
de 10 a 14 horas diárias.

Filtração:

No seu livro a autora refere que tudo o que necessitamos é de


movimento da água, embora actualmente, Walstad acresça a
recomendação de uma ltragem mecânica. Uma bomba com um pré
ltro serve perfeitamente.

Fertilização:

Alimente a fauna generosamente.

http://www.aquariofilia.net/forum/topic/148819-plantados-%C3%A1-maneira-de-diana-walstad/ 4/19
4/3/2018 Plantados á maneira de Diana Walstad - LOW-TECH - Aquariofilia.net

Trocas Parciais de água:

50% a a cada 6 meses, ou caso os peixes ou plantas evidenciem


sinais de stress. O lodo e dejectos dos peixes alimentam as plantas.

Oxigenação:

Apenas se os peixes evidenciarem sinais de hipóxia durante as


primeiras horas do dia.

Vários:

Caracóis são bons para limpar as folhas das plantas e acelerar o


processo de decomposição (fornecendo nutrientes de CO2 para as
plantas) É recomendável uma dureza total superior a 7º gH.

Construção:

Adicione 2.5cm(1inch) de solo vegetal/solo de jardim/humus de


minhoca, e corrija com conchas esmagadas, misture bem. Adicione
água para humedecer o solo. Adicione então a camada de areão em
volta das margens do tanque. Plante cada planta e adicione areão em
volta dela. Após ter todas as plantas plantadas, encha com areão até
ter uma camada de cerca de 4cm de areão. Coloque um prato ou um
recipiente raso no fundo do aquário e adicione água cuidadosamente.
Se a água car turva após ter introduzido cerca de metade de um
palmo de água, retire a água turva na totalidade, e reinicie o processo
de enchimento. A autora normalmente adiciona peixes de imediato,
mas eu espero e veri co os parametros no dia seguinte para ter a
certeza que o solo não está a lixiviar amónia para a água. Aqui ca
um guia de imagens de como montar um tanque plantado de acordo
com Walstad:Aqui

Diana Walstad é moderadora no The Enatural forum on Aquatic Plant


Central.

Aqui deixo um artigo escrito por Walstad acerca das Plantas enquanto
ltros biológicos, que indica que as plantas têm preferencia por
amónia em relação ao nitrato. e Algumas imagens dos seus tanques.
Artigo Imagens de alguns dos seus tanques "

http://www.aquariofilia.net/forum/topic/148819-plantados-%C3%A1-maneira-de-diana-walstad/ 5/19
4/3/2018 Plantados á maneira de Diana Walstad - LOW-TECH - Aquariofilia.net

Artigo original escrito por Betty do site http://thegab.org/Plants/ a


16/Agosto/2009

Artigo Traduzido por Gervas membro do Forúm


http://www.aquario lia.net a 13/Fevereiro/2009

Peço desculpa se falhei em alguns termos e não me apercebi.

Estes tanques não são exactamente o que lemos habitualmente pela


net, direi que são o contrário do que outros autores professam, mas
aparente a coisa tem resultados. E só ter que fazer TPA's a cada 6
meses.... Isso é que é o sonho de um amante de tanques de baixa
manutenção. Embora eu veja uma enorme desvantagem no facto de
estas águas não serem muito agradaveis a peixes e plantas mais
exigentes nos parametros....

Está aberta a Discussão pessoal. Digam de vossa Justiça

biggrin.png' alt=':biggn:'>

Editado Fevereiro 13, 2010 por gervas

 Hugo R. Silva Publicado: Fevereiro 14, 2010 


Membro Viciado
Olá,

Gervas sim senhor bem aplicado e explicado.

O meu aquário The Small One aplica +/- esse conceito da Diana
Membro Veterano
 224
Walstad, digo +/- pq eu recorro a ltros (não tenho segurança total no
18833 posts papel das plantas que lá tenho).
Sexo:Masculino
País:Portugal  
Concelho:Abrantes
(Santarém) As TPA's são muito esporádicas (já nem me lembro quando z a
Localização:Lisboa | Oeiras | última) e fertilizações tb não há.
Algés
Feedback:  Reputação nos  
negócios
Medalhas
http://www.aquariofilia.net/forum/topic/148819-plantados-%C3%A1-maneira-de-diana-walstad/ 6/19