Sei sulla pagina 1di 10
SIMULADO 02 Duração: 3h30min LINGUAGENS Texto II:   QUESTÃO 1 Autopsicografia O poeta é um

SIMULADO

02

Duração: 3h30min

LINGUAGENS

Texto II:

 

QUESTÃO 1

Autopsicografia

O poeta é um fingidor.

O

poeta é um fingidor.

Finge tão completamente Que chega a fingir que é dor

A

dor que deveras sente.

E

os que lêem o que escreve,

Na dor lida sentem bem, Não as duas que ele teve, Mas só a que eles não têm.

E

assim nas calhas de roda

Gira, a entreter a razão,

Esse comboio de corda Que se chama coração.

 

Fernando Pessoa

Muitas são as associações possíveis entre o texto de Ivete Walty e o poema de Fernando Pessoa. Assinale a opção que apresenta uma relação coerente entre os dois textos:

Os quadrinhos acima promovem uma reflexão crítica sobre a importância do conhecimento e do raciocínio para o desenvolvimento humano. Com base na análise dos quadrinhos, é possível afirmar que:

 

a)

O poeta, para Fernando Pessoa, é um fingidor, que usa

falsidades para criar a poesia. Já Ivete Walty diz que o poeta é um criador, que escreve poesias por meio da expressão artística. Assim, os textos I e II não possuem pontos de relação.

a) Os elementos da linguagem verbal são essenciais para a compreensão da mensagem global dos quadrinhos, sendo os responsáveis por determinar o rumo da reflexão que promovem.

b) Os elementos da linguagem não-verbal são imprescindíveis para o pleno entendimento dos quadrinhos e é exclusivamente por eles que o sentido crítico dos quadrinhos de constrói.

c) Os elementos da linguagem verbal e não-verbal, ligados, determinam o entendimento da crítica apresentada nos quadrinhos, relacionando-se de maneira progressiva, em que os elementos não-verbais dos três últimos quadrinhos complementam e reforçam as ideias apresentadas nas falas dos quadrinhos inicias.

b)

A

terceira acepção de ficção apresentada por Ivete Walty é

c)

encontrada por todo o poema, uma vez que o eu-lírico fala do fingimento do poeta, que é o representante da literatura como arte. Logo, todo poema é ficção porque é expressão artística.

O poema de Fernando Pessoa é uma representação da primeira acepção de ficção apresentada por Ivete Walty, uma vez que apresenta o poeta como um fingidor, sendo a poesia um fingimento que engana o leitor, em um entendimento negativo da poesia.

d)

O poema Autopsicografia tem como tema o fazer poético, sendo, evidentemente, um poema metalingüístico, pois tem

 

como única preocupação explicar como se deve fazer poesia,

d) Os elementos da linguagem verbal funcionam apenas como a apresentação do conteúdo a ser trabalhado, não tendo valor crítico para as reflexões posteriores, que se baseiam nos elementos não-verbais dos três últimos quadrinhos.

confirma a terceira acepção de ficção apresentada por Ivete Walty.

e

 

e)

O

poema Autopsicografia tem como tema a criação. Como dito

 

por Ivete Walty, a etimologia da palavra ficção a liga com o ato

e) Os elementos verbais e não-verbais, em conjunto, promovem o pleno entendimento da crítica dos quadrinhos, porém, tal entendimento é comprometido caso o leitor não tenha conhecimento prévio da frase de René Descartes.

de criar. Se criar é dar vida, fingir, o poeta é um fingidor porque

um criador, unindo a primeira e a terceira acepções de ficção apresentadas no texto I.

é

QUESTÃO 3

QUESTÃO 2

QUESTÃO 2

Texto I:

Examinando um dicionário qualquer, você poderá encontrar as três principais acepções da palavra ficção: uma, mais geral, ligada à fantasia, à simulação, a fingimento; outra, a mais conhecida, diz respeito à

chamada ficção científica e, por fim, aquela que se refere à arte, ou, mais

especificamente, à literatura. (

)

O que você talvez não saiba é que

essa palavra tão complexa veio do latim fictionem. Sua raiz era o verbo fingo/fingere fingir e este verbo, inicialmente, tinha o significado de tocar com a mão, modelar na argila. Além disso, o verbo, possivelmente, se ligue ao verbo fazer que, por sua vez, liga-se à palavra poeta, já que,

em grego, poiesis significa fazer. O poeta é, pois, aquele que cria. Tais reflexões evidenciam a relação da palavra ficção com o ato de criar ( Criar, dar vida, fingir.

Ivete Lara Camargos Walty. O que é ficção?

 
Analisando a música de Chico Buarque podemos perceber: a) Há o predomínio da função emotiva
Analisando a música de Chico Buarque podemos perceber: a) Há o predomínio da função emotiva

Analisando a música de Chico Buarque podemos perceber:

a) Há o predomínio da função emotiva da linguagem, pois a música expressa os sentimentos e as sensações do autor.

b) Há o predomínio da função apelativa da linguagem, pois a todo momento o autor faz apelos para sua interlocutora.

c) Há o predomínio da função poética da linguagem, pois há preocupação com a elaboração artística do texto, como, por exemplo, o uso da linguagem é figurada.

d) Há o predomínio da função referencial da linguagem, pois o objetivo da música é informar a todos sobre a relação do autor com sua interlocutora.

e) Há o predomínio da função fática da linguagem, pois o canal de comunicação entre autor e interlocutora se mantém aberto pela conversa que ele estabelece com ela ao longo da música.

QUESTÃO 4

O artigo de opinião é um tipo de texto argumentativo em que o autor

expõe seu ponto de vista sobre um determinado assunto, auxiliando a reflexão do leitor. Conta com um apelo emotivo e, muitas vezes, recorre

a ironias e ao humor para a construção de seu sentido, sendo,

geralmente, escrito na primeira pessoa do singular. Sendo assim, sobre as estratégias argumentativas utilizadas por Lya Luft, é correto afirmar:

a)

As perguntas feitas pela autora no segundo parágrafo do texto têm a intenção de promover a reflexão do leitor, encaminhando

pensamento para que se acompanhe a linha de raciocínio escolhida por Lya Luft.

o

b)

A

autora usa experiências pessoais, de sua realidade

cotidiana, para provar a ideia de que o ser humano tem um lado sórdido que nem todos conseguem domesticar.

c)

O

apelo mais emocional, com o uso dos exemplos do segundo

parágrafo, dá ao texto um caráter muito pessoal, permitindo ao leitor a não-identificação com o que é dito, evidenciando uma falha argumentativa.

d)

Ao longo do texto, são utilizadas estratégias de intimidação do leitor, induzindo-o a concordar com a autora, comovendo-o pelo uso de exemplos observados por todos no dia-a-dia, não permitindo discordância do ponto de vista apresentado.

e)

A

autora parte de opiniões radicais que, ao longo do texto,

relativiza, o que tira de seu texto qualquer validade

argumentativa, pois a defesa de um ponto de vista

bem-feita não deve abrir espaço para uma opinião oposta.

QUESTÃO 5 Embora a linguagem de Lya Luft seja predominantemente formal, é possível identificar traços de outra variante lingüística em função do uso social de seu texto. Sobre a afirmativa:

a)

É

incorreta. O tom do texto é apenas formal, principalmente

em função de seu uso, que é a veiculação em uma revista de

público alvo classes média/alta, e de seu formato, o artigo de opinião.

b)

É

incorreta. A autora pretende promover um distanciamento de

seu leitor, a fim de garantir a credibilidade de seu tom argumentativo. Nesse sentido, somente a linguagem formal é aceitável.

c)

É

correta. Há no texto traços coloquiais, como no primeiro

período, em que autora utiliza a expressão oral “ando

refletindo”, e no penúltimo parágrafo, com a interjeição “ah”.

d)

É

incorreta. O texto é predominantemente coloquial, marcados

por expressões da oralidade, interjeições e interlocuções.

e)

É

correta. O texto é formal, mas apenas em função do veículo

em que aparece. A intenção da autora era produzir um texto mais informal, o que justifica os traços coloquiais.

QUESTÃO 6 As novas tecnologias influenciaram de tal forma a produção artística, que já é possível pensar em novos gêneros totalmente dependentes dessas mídias: são ciberpinturas, tecnomúsicas, wikipoesias. Nesses movimentos, a mídia acaba se tornando uma forma de linguagem, o que amplia ou ao menos modifica sua função social. Assinale, dentre as citações abaixo, aquela que melhor se relaciona a esse comentário:

a)

“Uma vivência não é nada se ela não puder ser transformada

em alguma narrativa transmissível ao grupo ao qual eu pertenço. É a transmissão, é o compartilhar, que transforma a vivência em experiência”. (Walter Benjamin).

b)

“O humano estabelece-se na imitação: um homem torna-se um homem apenas imitando outros homens”. (Theodore Adorno).

c)

"A

nova interdependência eletrônica recria o mundo, e dá a ele

uma imagem de aldeia global. Nós moldamos as nossas

ferramentas e, posteriormente, modelamo-nos a elas.

A

mensagem é o meio. O meio é a mensagem". (Marshall

McLuhan).

d)

“Enfim, o fundo do poço da vergonha foi atingido quando a informática, o marketing, o design, a publicidade, todas as disciplinas da comunicação apoderaram-se da própria palavra

conceito e disseram: é nosso negócio, somos nós os criativos, nós somos os 'conceituadores'!”. (Félix Guattari e Gilles Deleuze).

e)

"A

força da metáfora mais poderosa que já existiu até aqui não

passa de miséria e bagatela ao lado deste retorno da língua à

natureza da expressão figurada". (Friedrich Nieztsche).

INGLÊS

QUESTÃO 7

figurada". (Friedrich Nieztsche). INGLÊS QUESTÃO 7 When you're this good at pushing the buttons, it's

When you're this good at pushing the buttons, it's hard to keep your fingers off them. The mother's last thoughts indicate that she is making use of:

a) implied criticism

b) malicious accusation

c) intentional provocation

d) contradictory information

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 3 QUESTÕES:

THE "IN" GROUP

My eighth grade consisted of 28 students most of whom knew each other from the age of five or six. The class was close-knit and we knew each other so well that most of us could distinguish each other's

handwriting at a glance. 2 Although we grew up together, we still had class outcasts. From second grade on, a small elite group spent a large portion

of their time harassing two or three of the others. I was one of those two

or three, though I don't know why. In most cases when children get picked on, they aren't good at sports or they read too much or they wear the wrong clothes or they are of a different race. But in my class, we all read too much and didn't know how to play sports. We had also been brought up to carefully respect each other's races. This is what was so strange about my situation. Usually, people are made outcasts because they are in some way different from the larger group. But in my class, large differences did not exist. It was as if the outcasts were invented by the group out of a need for them. Differences between us did not cause hatred; hatred caused differences between us. The harassment was subtle. It came in the form of muffled giggles when I talked, and rolled eyes when I turned around. If I was out in the playground and approached a group of people, they often fell silent. Sometimes someone would not see me coming and I would catch the tail end of a joke at my expense. I also have a memory of a different kind. There was a girl in our class who was perhaps even more rejected than I. She also tried harder than I did for acceptance, 3 providing the group with ample material for jokes. One day during lunch I was sitting outside watching a basketball game. One of the popular girls in the class came up to me to show me something she said I wouldn't want to miss. We walked to a corner of the playground where a group of three or four sat. One of them read aloud from a small book, which I was told was the girl's diary. I sat down and, 1 laughing till my sides hurt, heard my voice finally blend with the others. Looking back, I wonder how I could have participated in mocking this girl

when 4 I knew perfectly well what it felt like to be mocked myself. I would like to say that if I were in that situation today I would react differently, but

I can't honestly be sure. 5 Often being accepted by others is more

satisfying than being accepted by oneself, even though the satisfaction

does not last. 6 Too often our actions are determined by the moment. http://media.elmhurst.edu

QUESTÃO 8 The text is a personal account of perceived differences within a group of schoolmates. The author's opinion with respect to students' behavior in his school days is:

a) tolerance is the remedy for discord.

b) anger is the reason for discrimination.

c) harassment is the trigger for group conflict.

d) indifference is the result of peer disagreement.

QUESTÃO 9 "Too often our actions are determined by the moment." (ref. 6) The concluding sentence describes a pattern of behavior characterized by lack of:

a) civility

b) flexibility

c) variability

d) predictability

QUESTÃO 10

laughing "

till my sides hurt, heard my voice finally blend with the

others". (ref. 1) The attitude of the author as a child is justified by the following fragment:

a) "Although we grew up together, we still had class outcasts." (ref. 2)

b) "providing the group with ample material for jokes." (ref. 3)

c) "I knew perfectly well what it felt like to be mocked myself." (ref. 4)

d) "Often being accepted by others

is

more satisfying than being

accepted by oneself," (ref. 5)

ESPANHOL

QUESTÃO 7

being accepted by oneself," (ref. 5) ESPANHOL QUESTÃO 7 La historieta evidencia uno de los varios

La

historieta evidencia uno de los varios tipos de problemas existentes

en

la relación entre padres e hijos.

En

esta tira el autor da énfasis al problema relacionado mayoritariamente

con:

a) la pérdida de poder

b) la diferencia de gustos

c) el conflicto de generaciones

d) la ausencia de cordialidad

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 3 QUESTÕES:

LOS PADRES SOMOS DE MARTE, Y LOS HIJOS DE JÚPITER Entre padres e hijos: la comunicación.

Dices "papá", y él riéndose y meneando los brazos, te dice que "ajó". Años después le dices "ordena tu cuarto", y al rato te lo encuentras mirando la tele con la habitación hecha una cuadra. Dices "a las nueve

en casa", y un enano de trece años te responde que eres un "tirano" que

"coarta" su libertad. 1 ¿Es el castellano igual para padres e hijos? Mientras la Real Academia no saque dos diccionarios habrá que pensar que sí. Padres e hijos tenemos muy distintas experiencias, lo que hace que ante una misma situación nuestras cabezas nos lleven a pensar cosas contrapuestas. Por ejemplo: tu pequeño ve un perro enorme y sin bozal que se le acerca corriendo. Lo único en lo que va a pensar es en abrazarlo y jugar, mientras tú no haces otra cosa que agarrarle en seguida y llevártelo lejos de ahí.

Si la vida es distinta "según el color del cristal con que se mire", no hace falta recordar que nuestro cristal es bastante diferente al de un peque que no ha salido de la guardería. 2 Y el caso es que ahora precisamente la persona que más nos importa crece con la cabeza en ese mundo de dibujos animados, juegos

y risas mientras que nosotros pensamos en responsabilidades,

obligaciones, facturas, problemas

Eso hace que entender lo que le

pasa o lo que intenta decirnos sea a veces como intentar entender el chino. Y sin embargo

mayoría de los

problemas psicológicos.(

3 Fíjate en la manera que tienes de escuchar a tu hijo. A veces viene

a decirnos algo absurdo para nosotros pero importantísimo para él.

Puede que incluso nos pille en ese momento ocupados haciendo otra cosa. Sin embargo merece la pena evitar que tenga la impresión de que sus cosas "super importantes" no te interesan. 4 Si puedes, para un momento con lo que estabas haciendo y espera a que él termine de hablar, y si estás muy ocupada hazle saber que tiene que esperar, pero díselo con cariño. Cuéntale que te gustará mucho escuchar eso más tarde, pero que te tiene que ayudar esperándose un poco. 5 En cualquier caso no te quedes en la superficie de las palabras, pues más allá de su significado, detrás siempre hay un sentimiento y un estado de ánimo que también tienes que intentar percibir.

(http://www.somospadres.com) QUESTÃO 8 "¿Es el castellano igual para padres e hijos?" (ref. 1)

Tras leer el texto, se puede deducir que la finalidad del autor al formular

la pregunta es:

a) alegar que la razón del conflicto proviene de lenguajes distintos.

b) enseñar que el ruido en la comunicación puede ser la causa del conflicto.

La soledad y la incomprensión es

)

la

raíz de

la

c) indicar que entre padres e hijos existen diferencias en el uso del léxico.

d) mostrar que la diferencia de edad es un impedimiento intransponible.

QUESTÃO 9

Un autor puede intentar convencer al lector de lo correcto de sus ideas haciendo uso de diferentes recursos. En este texto, se hace uso del siguiente recurso para sustentar la argumentación:

a) discurso relatado

b) relato de experiencias

c) contraargumentación

d) ejemplos genéricos

QUESTÃO 10

Para intentar solventar el problema presentado respecto a la relación

entre

comportamiento indicado en:

a) tratar a los hijos como si adultos fueran.

b) "mirar el cristal" como lo miran los hijos.

c) poner límites a los hijos con un tono de severidad.

d) interactuar con los hijos de modo respetuoso.

e hijos, el enunciador propone a los padres el

padres

MATEMÁTICA

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:

Arquimedes,candidato a um dos cursos da Faculdade de Engenharia, visitou a PUCRS para colher informações. Uma das constatações que fez foi a de que existe grande proximidade entre Engenharia e Matemática.

QUESTÃO 11 Os fenômenos gerados por movimentos oscilatórios são estudados nos cursos da Faculdade de Engenharia. Sob certas condições, a função y 10 cos(4t) descreve o movimento de uma mola, onde y (medido

em cm) representa o deslocamento da massa a partir da posição de equilíbrio no instante t (em segundos). Assim, o período e a amplitude desse movimento valem, respectivamente,

a)

π

2

s

b) 2π s

π

c)

d)

e)

4

π

4

π

2

s

s

s

10 cm

20 cm

10 cm

20 cm

20 cm

QUESTÃO 12 Chama-se de refração da luz o fenômeno em que a luz é transmitida de um meio de incidência para outro meio, dito meio de refração. Nesta mudança de meios a frequência da onda luminosa não é alterada, embora sua velocidade e o seu comprimento de onda sejam. Com a alteração da velocidade de propagação ocorre um desvio da direção original.

A figura a seguir representa exatamente o fenômeno da Refração da Luz

que é modelada pela 2ª lei da Refração:

sen sen

θ

1

v v

1

2

θ

2

.

pela 2ª lei da Refração: sen sen θ 1  v v 1 2 θ 2
pela 2ª lei da Refração: sen sen θ 1  v v 1 2 θ 2
pela 2ª lei da Refração: sen sen θ 1  v v 1 2 θ 2
pela 2ª lei da Refração: sen sen θ 1  v v 1 2 θ 2
pela 2ª lei da Refração: sen sen θ 1  v v 1 2 θ 2
pela 2ª lei da Refração: sen sen θ 1  v v 1 2 θ 2
pela 2ª lei da Refração: sen sen θ 1  v v 1 2 θ 2

Tem-se, na figura, que:

- Raio 1 é o raio incidente, com velocidade e comprimento de onda característico;

- Raio 2 é o raio refratado, com velocidade e comprimento de onda característico;

- a reta tracejada é a linha normal à superfície;

de

- o

ângulo

formado entre o raio 1

e

a

reta

normal

é

o

ângulo

incidência;

- o ângulo formado entre o raio 2 e a reta normal é o ângulo de refração;

- a fronteira entre os dois meios é um dioptro plano.

Numa

encontrados:

dada

experiência

realizada,

os

plano. Numa encontrados: dada experiência realizada, os θ 2  30  , v 1 
plano. Numa encontrados: dada experiência realizada, os θ 2  30  , v 1 

θ2 30, v1 10 m s, v2 15 m s.

seguintes

dados

foram

A partir dos dados apresentados, o valor da medida de sen (θ 1 + θ 2 ) é

a) 3

b)

2

1

2

c) √3+2√2

6

d) 0

QUESTÃO 13 Em uma escola com 512 alunos, um aluno apareceu com o vírus do sarampo. Se esse aluno permanecesse na escola, o vírus se propagaria da seguinte forma: no primeiro dia, um aluno estaria contaminado; no segundo, dois estariam contaminados; no terceiro, quatro, e assim sucessivamente. A diretora dispensou o aluno contaminado imediatamente, pois concluiu que todos os 512 alunos teriam sarampo

no:

a) 9º dia.

b) 10º dia.

c) 8º dia.

d) 5º dia.

e) 6º dia.

QUESTÃO 14

A

sequência (2, x, y, 8) representa uma progressão geométrica.

O

produto xy vale:

a)

8

b) 10

c) 12

d) 14

e) 16

QUESTÃO 15 A sequência representada, na figura abaixo, é formada por infinitos

triângulos equiláteros. O lado do primeiro triângulo mede 1, e a medida

 

2

do lado de cada um dos outros triângulos é

3

da medida do lado do

triângulo imediatamente anterior.

3 da medida do lado do triângulo imediatamente anterior. A soma dos perímetros dos triângulos dessa
3 da medida do lado do triângulo imediatamente anterior. A soma dos perímetros dos triângulos dessa

A soma dos perímetros dos triângulos dessa sequência infinita é

c) b) a) d) 15. 18. 9.

12.

e) 21.

QUESTÃO 16 Numa partitura musical, figuras rítmicas são símbolos utilizados para representar a duração de cada nota ou acorde.

A tabela mostra o nome da figura rítmica, seu símbolo e o tempo de

duração relativo.

Nome

da

Figura

Símbolo

Tempo

de

duração

Rítmica

relativo

Semibreve

 
Semibreve   1

1

 
  1

1

Mínima

2

 
  1

1

Semínima

 

4

Colcheia

8Colcheia 1

1

Semicolcheia

 

16Semicolcheia   1

1

Fusa

32Fusa 1

1

Semifusa

 

64Semifusa   1

1

De acordo com a tabela, é correto afirmar que

a) o tempo de duração da fusa é o dobro do tempo de duração da semicolcheia.

b) o tempo de duração da mínima é metade do tempo de duração da semínima.

c) a soma da duração de duas semínimas é igual ao tempo de duração de uma colcheia.

d) com exceção da semibreve, cada figura rítmica apresenta metade do tempo de duração da figura dada na linha anterior.

e) com exceção da semibreve, cada figura rítmica apresenta o dobro do tempo de duração da figura dada na linha anterior.

QUÍMICA

QUESTÃO 17 Abaixo são apresentadas as configurações eletrônicas de quatro átomos:

Y X 1s 1s 2s 2s Z W 1s 1s 2s 2s

2

2

2

2p 2p

2 2 2

2p 2p

2

2

5

6 6 6

3s

2

2 2

3s 3s 3p 3p

5 3

Sobre os átomos apresentados, assinale o que for incorreto.

O elemento Y

a) pode adquirir configuração de gás nobre se perder

dois elétrons.

b) Não existe diferença de energia entre os subníveis

3s

e

3p

no

átomo W, pois a diferença entre esses subníveis é de 1 elétron.

c) O raio atômico do elemento W é maior do que o raio atômico do elemento Z.

d) A energia de ionização do elemento ionização do elemento Y.

e) O elemento

é maior que a energia de

X

Z

tem a maior afinidade eletrônica entre os átomos

apresentados.

QUESTÃO 18 A seguir, tem-se os símbolos que representam alguns átomos neutros e

íons: Si, P, S, Ar, Ca, Ca 2+ , Zn

2+

e Br - .

A partir dos símbolos representados, analise as alternativas e assinale a

incorreta:

a) Ao comparar o raio atômico dos átomos de Si, P e S, nota-se que o átomo de Si é o que possuirá maior valor de raio.

b) Ao comparar o raio atômico do átomo neutro de cálcio (Ca) com o raio

iônico do cátion (Ca 2+ ), percebe-se que o raio do íon (Ca 2+ ) é menor

do que o raio do átomo neutro.

c) As configurações eletrônicas dos íons Zn 2+ e Br - são respectivamente

e [Ar] 4s 2 3d 10 4p 6 , sendo que a primeira energia de

[Ar] 4s 2 3d 8

ionização do átomo de Zn é maior do que a do átomo de Br.

d) Ao comparar os átomos Si, Ar, S e Ca, percebe-se que o átomo de Ca, que representa o elemento químico cálcio, apresenta o menor valor de energia de ionização.

e) Átomos de cálcio e bromo poderão realizar ligação química, formando

o composto iônico brometo de cálcio (CaBr 2 ); já o átomo de argônio, em função de sua estabilidade, é encontrado normalmente isolado, não se unindo a outros átomos.

QUESTÃO 19

A tabela periódica dos elementos é uma base de dados que possibilita

prever o comportamento, propriedades e características dos elementos

químicos.

Com as informações que podem ser obtidas da tabela periódica, relacione os elementos apresentados na coluna da esquerda com a informação da coluna à direita que indica a respectiva distribuição dos elétrons nos subníveis do último nível de energia ocupado no estado

fundamental.

Elemento químico

Configuração no último nível

I. Bromo

X.

s

2

II. Estanho

2

2 4

III. Polônio

Y.

s p

IV. Rádio

Z.

2

s p

Estão corretas as associações:

a) I X, II Y e III Z

b) I X, II Z e III Y

c) I Z, II X e IV Y

d) II Z, III Y e IV X

e) II Y, III Z e IV X

QUESTÃO 20 Observe a posição do elemento químico ródio (Rh) na tabela periódica.

do elemento químico ródio (Rh) na tabela periódica. Assinale a alternativa correta a respeito do ródio.
do elemento químico ródio (Rh) na tabela periódica. Assinale a alternativa correta a respeito do ródio.
Assinale a alternativa correta a respeito do ródio. a) Possui massa atômica menor que a
Assinale a alternativa correta a respeito do ródio.
a)
Possui massa atômica menor que a do cobalto (Co).
b)
Apresenta reatividade semelhante à do estrôncio (Sr), característica
do 5º período.
c)
É
um elemento não metálico.
d)
É uma substância gasosa à temperatura ambiente.
e)
É uma substância boa condutora de eletricidade.

QUESTÃO 21

A série americana intitulada Breaking Bad vem sendo apresentada no

Brasil e relata a história de um professor de Química. Na abertura da série, dois símbolos químicos são destacados em relação às duas primeiras letras de cada palavra do título da série. Considerando a regra do octeto, a substância química formada pela ligação entre os dois elementos é a:

a)

b)

Ba2Br2 Ba2Br3

e) c) d) Ba2Br BaBr2 BaBr3

QUESTÃO 22 Na tabela a seguir, estão representadas as energias de ionização de dois elementos X e Y pertencentes ao segundo período do quadro periódico.

Elementos

Energias de ionização (eV)

 

X 5,4

 

75,6

122,4

 

Y 13,6

 

35,2

54,9

77,4

Elementos

Energias de ionização (eV)

 

X

       

Y

113,9

138,1

739,1

871,1

A ligação entre X e Y forma uma substância e

de fórmula

Os termos que completam, corretamente, as lacunas são

a) iônica, X 2 Y e elevada temperatura de fusão.

b) simples, X 2 Y e insolúvel em solventes orgânicos.

c) metálica, XY 2 e alta capacidade de conduzir calor.

d) molecular, XY 2 e capaz de realizar ligações de hidrogênio.

e) composta, X 2 Y 2 e condutora de eletricidade em solução aquosa.

BIOLOGIA

QUESTÃO 23 No citoplasma de uma célula, um fagossomo contendo uma bactéria se funde a um lisossomo contendo enzimas, que digerem tal bactéria. Sobre o assunto, e outros correlatos, assinale o que for correto. 01) O produto da digestão da membrana plasmática da bactéria formará substâncias moleculares. 02) A porção de substância iônica formada no processo da digestão bacteriana atravessará a membrana do lisossomo por difusão simples, a favor do gradiente de concentração e sem gasto de energia. 04) Na digestão das macromoléculas componentes da célula procariótica haverá quebra das ligações covalentes entre as subunidades (aminoácidos, ácidos graxos, monossacarídeos e nucleotídeos). 08) A formação do fagossomo, um processo de endocitose, envolve alteração no citoesqueleto do eucarioto. 16) As enzimas dos lisossomos são sintetizadas no citosol e incorporadas ao lisossomo por transporte através de membrana.

a) S = 13.

b) S = 03.

c) S = 12.

d) S = 5.

e) S = 9.

QUESTÃO 24 No citoplasma celular, são encontradas as organelas, imprescindíveis ao funcionamento do organismo. Desse modo, correlacione as colunas, associando as organelas com suas respectivas funções.

Coluna 1

1. Complexo de Golgi.

2. Lisossomo.

3. Peroxissomo.

4. Ribossomo.

5. Centríolo.

Coluna 2

( ) Oxida álcool e decompõe peróxido de hidrogênio.

(

) Síntese de proteínas.

(

) Empacota e direciona compostos sintetizados no RER.

(

) Vesícula com enzimas formadas pelo Complexo de Golgi.

(

) Forma os fusos durante as divisões celulares.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

a) 2 3 1 5 4

2 1 3 4 5 3 4 1 2 5 1 3 2 4 5

b)

c)

d)

e) 3 4 2 5 1

QUESTÃO 25

O núcleo celular contém todas as informações sobre a função e a

estrutura da célula. Analise as afirmativas a seguir sobre a estrutura do

núcleo celular eucariótico.

I. O material genético do núcleo localiza-se em estruturas chamadas cromossomos.

II. Os nucléolos são orgânulos delimitados por uma membrana e constituídos de DNA.

III. A carioteca ou membrana nuclear é dupla e porosa.

IV. O nucleoplasma ou suco nuclear é formado por água, ribossomos e material genético.

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) I e III.

e) II e IV.

QUESTÃO 26 Para estudar as principais características das células, o professor de Ciências solicitou que os alunos examinassem e citassem as principais estruturas de quatro tipos de células diferentes observadas em desenhos esquemáticos: uma bactéria, um fungo, uma célula de um pedaço de folha retirado de uma roseira e uma célula de um pedaço de músculo retirado de um mamífero. Entre as estruturas citadas pelos alunos destacaram-se: mitocôndrias, cloroplastos, parede celular e membrana nuclear.

Considerando os quatro tipos de células observadas é correto afirmar que

a) a célula vegetal possui apenas a membrana nuclear e os cloroplastos das estruturas citadas.

b) a célula animal possui apenas os cloroplastos e as mitocôndrias das estruturas citadas.

c) a bactéria e a célula vegetal possuem todas as estruturas citadas.

d) o fungo e a célula animal não possuem as estruturas citadas.

e) a célula vegetal possui todas as estruturas citadas.

QUESTÃO 27

Em diversos países, o consumo dos pés de galinha é quase zero, mas

na China esse produto é bastante valorizado. Só o Brasil, nos últimos

anos, exportou para esse país cerca de 200 mil toneladas por ano e o grande consumo dessa iguaria deve-se ao benefício que proporciona ao organismo por ser fonte de colágeno, uma proteína que proporciona flexibilidade, resistência e elasticidade aos tecidos conjuntivos.

É CORRETO

“colagenose” acarreta

a) inflamação nas juntas e má formação óssea.

de

dizer

que

a

deficiência

colágeno,

denominada

b) regeneração e cicatrização dos tecidos.

c) combate à flacidez cutânea e muscular.

d) fortalecimento das unhas e crescimento capilar.

e) prevenção ao aparecimento da osteoporose.

QUESTÃO 28 Sterna paradisaea, também conhecida como andorinha do ártico, é uma

a cada

ano. A maior parte da energia requerida para uma ave realizar uma rota migratória de longa distância é armazenada sob a forma de:

a) Glicogênio

b) Gordura

c) Proteína

d) Carboidratos

e) ATP

ave migratória que percorre aproximadamente

40.000 km

FÍSICA

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:

Considere o módulo da aceleração da gravidade como

e

Considere o módulo da aceleração da gravidade como e g  10,0 m s como 2

g 10,0 m s

como

2

a

6,7

constante

10

11

m

3

kg

1

da

s

2

gravitação

e utilize π3.

universal

G

QUESTÃO 29 Em um treino de corrida, a velocidade de um atleta foi registrada em função do tempo, conforme ilustra a figura a seguir.

em função do tempo, conforme ilustra a figura a seguir. A distância total percorrida pelo corredor,

A distância total percorrida pelo corredor, em metros, durante o período

de tempo em que ele possuía aceleração diferente de zero, é

b) a) 7 4

c) 8

d) 14

e) 22

QUESTÃO 30 Um corpo foi lançado verticalmente para cima com uma velocidade inicial

V0

e

após

certo

tempo

ele

alcança

a

altura

máxima

HMAX.

2 , podemos

afirmar que quando a sua velocidade foi reduzida de um quinto (1/ 5) o

corpo

de

a)

b)

c)

d)

e)

Desprezando o atrito do ar, e considerando

g 10m / s

alcança uma altura, calculada em percentagem da altura HMAX,

15. 50. 36. 25. 46.

QUESTÃO 31

O gato consegue sair ileso de muitas quedas. Suponha que a maior

velocidade com a qual ele possa atingir o solo, sem se machucar, seja

de 8 m/s. Então, desprezando a resistência do ar, a altura máxima de

queda, aproximadamente, em metros, para que o gato nada sofra, será:

a) 3,0

b) 4,0

c) 6,0

d) 8,0

e) 10,0

QUESTÃO 32

Um móvel parte do repouso e, após 8 segundos de movimento, está

parte do repouso e, após 8 segundos de movimento, está com velocidade de 32 m s.

com velocidade de 32 m s. Pode-se afirmar que a aceleração do

móvel e o espaço percorrido por ele são, respectivamente,

a) 4,0 m s 2 b) c) 4,0 2,0 4,0 m m m s s
a) 4,0 m
s
2
b) c) 4,0 2,0 4,0 m m m s s s
d)
2
2
e) 2,0 m
s
2

QUESTÃO 33

,128 , 32 m. m.

2 ,128 , 32 ,128 m. m. m.

Ao preparar um corredor para uma prova rápida, o treinador observa que

o desempenho dele pode ser descrito, de forma aproximada, pelo seguinte gráfico:

ser descrito, de forma aproximada, pelo seguinte gráfico: A velocidade média desse corredor, em m/s, é

A velocidade média desse corredor, em m/s, é de

a) 8,5

b) 10,0

c) 12,5

d) 15,0

e) 17,5

QUESTÃO 34 Uma partícula foi lançada verticalmente para cima com velocidade inicial igual a 15 m s. O comportamento da altura dessa partícula, em função

s. O comportamento da altura dessa partícula, em função do tempo, foi expresso no gráfico abaixo.

do tempo, foi expresso no gráfico abaixo.

em função do tempo, foi expresso no gráfico abaixo. Considerando que no local do movimento a

Considerando que no local do movimento a aceleração da gravidade é

igual a

atingida, em relação ao ponto de lançamento, foi igual a

a) d) c) b) 12,50 10,00 15,00 11,25 m. m. m. m.

2 e desprezando a resistência do ar, a altura máxima

m. 2 e desprezando a resistência do ar, a altura máxima 10 m s HISTÓRIA QUESTÃ

10 m s

HISTÓRIA

QUESTÃO 35

(Upe-ssa 1) Obser ve a i mag em a seguir:

A migração de Maomé e seus seguidores, em 622, de Meca para Medina

permitiu a consolidação da religião muçulmana que incluía, entre outros

princípios,

a) a recomendação de que os muçulmanos não escravizassem ou

atacassem outros muçulmanos, pois eles pertencem à mesma irmandade de fé.

b)

a proibição de que os muçulmanos exercessem atividades comerciais, pois o manejo cotidiano de riquezas era considerado impuro.

c)

a proibição de que os muçulmanos visitassem Meca, pois o solo puro

e sagrado dessa cidade deveria permanecer intocado.

d)

e)

a recomendação de que os muçulmanos não limitassem seu culto a

um só Deus, pois o criador multiplica-se em diversas formas e faces.

a proibição de que os muçulmanos saíssem da Península Arábica, pois eles sofriam perseguições em outros territórios.

QUESTÃO 36 Para muitos pesquisadores, é correto assinalar que durante a Idade Média foram os árabes, não os cristãos, os herdeiros e sucessores da ciência helênica, uma herança que fez com que toda a extensão dos seus domínios, da Espanha ao Afeganistão, o mundo muçulmano, fosse cenário de uma atividade intelectual intensa, não só em filosofia, mas também em matemática, astronomia e medicina. Nem sempre conhecida ou traduzida no Ocidente, essa produção está preservada em uma grande quantidade de manuscritos.

(BISSIO, Beatriz. O mundo falava árabe. A civilização árabe-islâmica clássica através da obra de Ibn Khaldun e Ibn Battuta. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012, p. 36.)

Com base no texto acima e nos conhecimentos sobre o mundo muçulmano na Idade Média, assinale a alternativa correta.

a) Foi justamente em função do seu caráter religioso fragmentado que o mundo muçulmano e a sua civilização distinguiram-se mais vigorosamente do Ocidente cristão, fortemente homogêneo. A existência, no seio do Império Muçulmano, de numerosas tendências religiosas teve consequências consideráveis na produção de manuscritos.

b) Apesar da sua hegemonia nas ciências durante o período medieval, a civilização muçulmana era, afinal, um simples conjunto díspar de empréstimos culturais, o qual não conseguia refletir o novo universalismo e a nova ordem social que se instaurou com o surgimento do Islã.

c) Durante esse período, cidades como Córdoba, Bagdá e Alexandria, entre outras, se tornaram centros de intercâmbio de conhecimentos. Tratava-se de um circuito cosmopolita do qual a Europa, periférica e tragada por diversas crises religiosas, não participou.

d) A Idade Média foi um período caraterizado pelo domínio efetivo, militar e político, dos países muçulmanos sobre os países cristãos. Um domínio caracterizado, entre outras coisas, pela presença hegemônica da língua árabe nos espaços comerciais, políticos e acadêmicos da Europa.

e) Existe consenso entre a maioria dos historiadores que estudam o período de que a emergência do horizonte renascentista deve muito ao trabalho dos sábios e acadêmicos muçulmanos, conhecidos pelo mundo cristão, sobretudo, através da Península Ibérica.

QUESTÃO 37 Na formação das monarquias confessionais da Época Moderna houve reforço das identidades territoriais, em função de critérios de caráter religioso ou confessional. Simultaneamente, houve uma progressiva incorporação da Igreja ao corpo do Estado, através de medidas de caráter patrimonial e jurisdicional que procuravam uma maior sujeição das estruturas e agentes eclesiásticos ao poder do príncipe. Na busca pela homogeneização da fé dentro de um território político, a Igreja cumpria também papel fundamental na formação do Estado moderno por meio de seus mecanismos de disciplinamento social dos comportamentos.

(Adaptado de Frederico Palomo, A Contra-Reforma em Portugal, 1540-1700. Lisboa: Livros Horizonte, 2006, p.52.)

Considerando o texto acima e seus conhecimentos sobre a Europa Moderna, assinale a alternativa correta.

a) Cada monarquia confessional adotou uma identidade religiosa e medidas repressivas em relação às dissidências religiosas que poderiam ameaçar tal unidade.

b) Monarquias confessionais são aquelas unidades políticas nas quais havia a convivência pacífica de duas ou mais confissões religiosas, num mesmo território.

c) São consideradas monarquias confessionais os territórios protestantes que se mostravam mais propícios ao desenvolvimento do capitalismo comercial, tornando-se, assim, nações enriquecidas.

d) As monarquias confessionais contavam com a instituição do Tribunal do Santo Ofício da Inquisição em seu território, uma forma de controle cultural sobre religiões politeístas.

QUESTÃO 38 Leia o texto a seguir:

Por ter tido educação protestante, nunca achei que 31 de outubro é o dia das bruxas. Sempre foi o dia em que Lutero, em 1517, começou uma revolução.

LEITÃO, Míriam. Disponível em: <blogs.oglobo.com/miriam-leitao/post/os-500- anos-da-reforma-protestante-que-abalou-o-mundo.html>. Acesso em: 18 ago.

2017.

No ano de 2017, completam-se 500 anos da eclosão da Reforma Protestante. Do ponto de vista histórico, a Reforma pode ser considerada uma revolução

a) estética, pois foi a matriz ideológica da concepção barroca de mundo que se manifestou nos países ibéricos.

b) política, pois permitiu a centralização monárquica absolutista, ao legitimar a tese do direito divino dos reis europeus.

c) econômica, pois, com os puritanos, difundiu-se uma nova mentalidade econômica que gerou o capitalismo.

d) social, pois legitimou as aspirações revolucionárias dos camponeses europeus na luta contra a aristocracia.

e) intelectual, pois foi difusora do pensamento científico iluminista por meio de intelectuais protestantes, como é o caso de Voltaire.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:

Leia o texto para responder à(s) questão(ões) a seguir.

Em 1500, fazia oito anos que havia presença europeia no Caribe: uma primeira tentativa de colonização que ninguém na época podia imaginar que seria o prelúdio da conquista e da ocidentalização de todo um continente e até, na realidade, uma das primeiras etapas da globalização.

A aventura das ilhas foi exemplar para toda a América, espanhola,

inglesa ou portuguesa, pois ali se desenvolveu um roteiro que se reproduziu em várias outras regiões do continente americano: caos e

esbanjamento, incompetência e desperdício, indiferença, massacres e epidemias. A experiência serviu pelo menos de lição à coroa espanhola, que tentou praticar no resto de suas possessões americanas uma política mais racional de dominação e de exploração dos vencidos: a instalação de uma Igreja poderosa, dominadora e próxima dos autóctones, assim como a instalação de uma rede administrativa densa e

o envio de funcionários zelosos, que evitaram a repetição da catástrofe antilhana.

(Serge Gruzinski. A passagem do século: 1480-1520: as origens da globalização, 1999. Adaptado.)

QUESTÃO 39

A afirmação de que os primeiros traços da presença europeia na

América foram “o prelúdio da ocidentalização” e “uma das primeiras etapas da globalização” é correta porque a conquista do continente americano representou

a) a definição da superioridade militar e religiosa do Ocidente cristão e o início da perseguição sistemática a judeus e muçulmanos.

b) a demonstração da teoria de Cristóvão Colombo sobre a esfericidade da Terra e o fracasso dos novos instrumentos de navegação.

c) o encerramento das relações comerciais da Europa com o Oriente e o imediato declínio da venda das especiarias produzidas na Índia.

d) o encontro e o choque entre culturas e o gradual deslocamento do eixo do comércio mundial para o Oceano Atlântico.

e) o avanço da monetarização da economia e o lançamento de projetos de regulação e controle centralizado do comércio internacional.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:

Leia o texto, analise a figura a seguir e responda à(s) questão(ões).

A Peste Negra, ou Morte Negra, era assim chamada porque no seu

desenvolvimento provocava hemorragias subcutâneas, que assumiam

uma coloração escura no momento terminal da doença. A morte dava-se entre três e sete dias, depois de contraída a patologia, e levava de 75%

a 100% dos acometidos. O agente causador da peste era transmitido

pelo rato, por meio das pulgas e sua penetração na pele humana causava uma adenite aguda, que recebia o nome de “bubão”, principal

sintoma da doença. Daí também o nome de peste bubônica.

(SIMONI, K. De peste e literatura: imagens do Decameron de Giovanni Boccaccio. Anuário de Literatura Umbral. Disponível em:

<https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/viewFile/5447/4882>. Acesso em: 27 jun. 2017.)

Acesso em: 27 jun. 2017.) QUESTÃ O 40 A Peste Negra, que atingiu a Europa no
Acesso em: 27 jun. 2017.) QUESTÃ O 40 A Peste Negra, que atingiu a Europa no

QUESTÃO 40

A Peste Negra, que atingiu a Europa no séc. XIV, espalhou o pânico e

transformou a maneira como se concebia a morte. A Dança Macabra, expressão artística surgida nesse período, representava temas fúnebres

e sombrios, como a decrepitude dos corpos já em forma cadavérica ou

esquelética. Ao chamar a atenção para a fragilidade e a finitude da vida, sugeria que todos, independentemente de sua posição social, haviam de

compartilhar o mesmo destino.

Com base na figura, nos textos e nos conhecimentos sobre a Baixa Idade Média, assinale a alternativa correta.

a) Em uma sociedade dividida em ordens, a Dança Macabra foi

interpretada como uma crítica social que nivelava os estamentos em face do fenômeno da morte.

b) Na gravura, dois personagens são conduzidos por figuras macabras, revelando que, devido às péssimas condições de vida, os camponeses eram os que mais temiam a morte.

c) Na maioria dos países, a epidemia de Peste Negra assolou burgos e castelos, mas preservou os camponeses do contágio, por estarem eles isolados no campo.

d) Por viverem nos mosteiros, os membros da Igreja foram poupados da Peste Negra, reforçando a imagem do clero como estamento de origem divina.

e) Devido ao grande número de vítimas da Peste Negra, a sociedade na Baixa Idade Média se tornou indiferente à morte, entendendo-a apenas como uma passagem à vida eterna.

GEOGRAFIA

QUESTÃO 41

A desmaterialização da fábrica, com menos pessoas e mais programas

de computador e máquinas automatizadas, a personalização dos produtos de luxo, o distanciamento entre vendedor e comprador e a

rapidez na entrega são os eixos da nova “revolução” até 2025.

(“Mercado da moda se articula e traça metas para nova revolução industrial”. Folha de S. Paulo, 07/05/2017. Disponível em: <http://

www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2017/05/1881838-vigiar-e-consumir.shtml>.

Acesso em 25 julho 2017.)

Sobre o futuro da indústria de confecção, afirma-se nesse texto que estaria em curso um novo modelo produtivo, baseado nas novas tecnologias de informação e comunicação.

A respeito do assunto, considere as seguintes afirmativas:

1. A terciarização é uma das principais características dessa nova revolução industrial.

2. “Menos pessoas e mais programas de computador e máquinas

automatizadas” são características da terceira revolução industrial, cuja emergência se deu no final do século XX. 3. Entre os principais elementos responsáveis pelas intensas transformações desse novo modelo produtivo, estão os adventos do petróleo, da energia elétrica, do alumínio e do telefone.

4. Flexibilização, toyotismo, pós-fordismo, robótica e cibernética são alguns dos principais conceitos associados a esse momento histórico da nova revolução industrial.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente a afirmativa 2 é verdadeira.

b) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.

c) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.

e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.

QUESTÃO 42 Após a 2ª Guerra mundial, a organização política dos países da Europa ocidental veio sofrendo importantes mudanças estruturais, que podem ser identificadas, nos dias atuais, pela formação da

a)

internacionalização, a partir do desmonte das sociedades científicas

b)

nacionalização,

a

partir

da

falência

das

sociedades

internacionalizadas

c)

regionalização, a partir da complexificação das sociedades nacionais

d)

supranacionalização, a partir da eliminação das sociedades liberais

e)

tecnificação, a partir da transformação das sociedades planificadas

QUESTÃO 43

A Austrália, assim como outros 53 países, faz parte do Commonwealth of

Nations, uma comunidade de nações que têm em comum uma série de ações e objetivos defendidos pelos desígnios do Reino Unido.

Dos objetivos dessa comunidade, aquele que NÃO deve ser valorizado pelos seus países-membros é a(o)

a) bilateralismo

b) comércio livre

c) democracia

d) paz global

e) sociedade igualitária

QUESTÃO 44 Neoliberalismo é um termo usado para definir uma corrente da economia. O uso dessa corrente vem desde meados da década de 1980.

Sobre o neoliberalismo é correto afirmar, exceto:

a) Os países que seguissem a proposta do Consenso de Washington deveriam promover uma reforma fiscal como também implementar mudanças na previdência social, nas leis trabalhistas e no sistema de aposentadorias, entre outros ajustes.

b) Os economistas da Escola de Chicago recomendaram que o capital privado passasse a investir em setores controlados pelo Estado.

c) Os conceitos neoliberais preconizados pelo Consenso de Washington passaram a ser instrumentos para a expansão do capitalismo.

d) O neoliberalismo apregoa o protecionismo comercial, o aumento de leis e normas para entrada e saída de capitais, além do fortalecimento de empresas estatais.

QUESTÃO 45 A mundialização introduz o aumento da produtividade do trabalho sem acumulação de capital, justamente pelo caráter divisível da forma técnica molecular-digital do que resulta a permanência da má distribuição da renda: exemplificando mais uma vez, os vendedores de refrigerantes às portas dos estádios viram sua produtividade aumentada graças ao just in time dos fabricantes e distribuidores de bebidas, mas para realizar o valor de tais mercadorias, a forma do trabalho dos vendedores é a mais primitiva. Combinam-se, pois, acumulação molecular-digital com o puro uso da força de trabalho.

OLIVEIRA, F. Crítica à razão dualista e o ornitorrinco. Campinas: Boitempo, 2003.

Os aspectos destacados no texto afetam diretamente questões como emprego e renda, sendo possível explicar essas transformações pelo(a)

a) crise bancária e o fortalecimento do capital industrial.

b) inovação toyotista e a regularização do trabalho formal.

c) impacto da tecnologia e as modificações na estrutura produtiva.

d) emergência da globalização e a expansão do setor secundário.

e) diminuição do tempo de trabalho e a necessidade de diploma superior.

QUESTÃO 46

trabalho e a necessidade de diploma superior. QUESTÃ O 46 Apple Inc. é uma empresa multinacional
trabalho e a necessidade de diploma superior. QUESTÃ O 46 Apple Inc. é uma empresa multinacional
trabalho e a necessidade de diploma superior. QUESTÃ O 46 Apple Inc. é uma empresa multinacional

Apple Inc. é uma empresa multinacional norte-americana que tem o objetivo de projetar e comercializar produtos eletrônicos de consumo, software de computador e computadores pessoais. Os produtos de hardware mais conhecidos da empresa incluem a linha de computadores Macintosh, o iPod, o iPhone, o iPad, a Apple TV e o Apple Watch.

Os componentes do preço de venda do Iphone representam

a) a centralização das unidades produtivas no país sede da Apple.

b) a introdução de métodos fordistas na fabricação do smartphone.

c) a desproporcional diferença entre a demanda e a oferta do produto.

d) o domínio do modelo clássico da divisão internacional do trabalho.

e) o padrão atual da distribuição territorial das atividades econômicas.

QUESTÃO 47 Analise o modelo de rede geográfica:

Considerando- se hipoteticamente o Brasil como uma “ilha de relativa prosperidade e oportunidade econômica”, e

Considerando-se hipoteticamente o Brasil como uma “ilha de relativa prosperidade e oportunidade econômica”, e com o potencial de atrair investimentos estrangeiros diretos, afirma-se que:

I. As indústrias filiais instaladas controlam e coordenam as redes de produção global.

II. As empresas instaladas retornam parte significativa dos lucros para os pontos de mecanismos regionais.

III. As corporações transnacionais regulamentam o desenvolvimento da ciência e tecnologia local. IV. As fábricas estrangeiras são atraídas pelos incentivos fiscais oferecidos para alocar capital produtivo.

Estão corretas apenas as afirmativas

a) I e III.

b) I e IV.

c) II e III.

d) II e IV.

QUESTÃO 48

I e III. b) I e IV. c) II e III. d) II e IV. QUESTÃ

O bar e bicicletaria Las Magrelas e a loja de doces Brownie Shop são dois exemplos paulistas dos 120 estabelecimentos comerciais que aceitam bitcoin no Brasil, segundo levantamento de julho de 2015. Bitcoin é uma rede de pagamentos e um novo tipo de moeda, eletrônica, que usa a tecnologia ponto a ponto para operar sem a intermediação de uma autoridade central. As transações com bitcoin são gerenciadas coletivamente pelos usuários da rede.

As opções a seguir apresentam novidades trazidas pela rede bitcoin em relação ao sistema de pagamento em papel-moeda, à exceção de uma.

Assinale-a.

a) Realiza transações financeiras diretamente entre duas pessoas, sem a mediação de bancos ou de sistemas de pagamento on-line, como o PayPal.

b) Elimina os riscos de falsificação e os custos relativos à impressão, transporte e distribuição do dinheiro físico.

c) Transfere valores entre pessoas de qualquer país sem os custos de taxas de câmbio e de impostos do Estado.

d) Visualiza on-line o lastro em ouro que sustenta a cotação dos bitcoin e os converte em papel-moeda segundo a conveniência do usuário.

e) Adere a um tipo de moeda transferível instantânea e independentemente da supervisão e do monopólio de instituições financeiras estatais.

QUESTÃO 49 Identifique as características comuns aos processos de industrialização do México, do Brasil e da Argentina.

I. Associação do capital estatal com o de multinacionais. II. Modelo de industrialização por substituição de importações. III. Estabelecimento de zonas econômicas especiais, nas áreas centrais dos países. IV. Estruturação de plataformas de exportação com restrição do consumo interno.

Estão corretas apenas as características apresentadas em

a) I e II.

b) II e III.

c) III e IV.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

QUESTÃO 50

c) III e IV. d) I, II e III. e) II, III e IV. QUESTÃ O
c) III e IV. d) I, II e III. e) II, III e IV. QUESTÃ O
c) III e IV. d) I, II e III. e) II, III e IV. QUESTÃ O
c) III e IV. d) I, II e III. e) II, III e IV. QUESTÃ O
c) III e IV. d) I, II e III. e) II, III e IV. QUESTÃ O

Levando-se em conta que, em 2006, em todo continente americano (norte, centro e sul) somente 8,0 milhões de hectares eram utilizados para os cultivos orgânicos, conclui-se que a:

a) preferência pelo cultivo orgânico e de subsistência no continente está associado à cadeia do complexo agroindustrial no mundo.

b) produção de transgênicos é muito mais barata do que a de orgânicos, devido aos produtos massificados, mas a produtividade dos orgânicos é maior.

c) necessidade de alta produtividade dos setores agroindustriais impõe ao mercado um modelo de produção agrícola baseado na rápida reprodução das plantas.

d) redução do consumo de fertilizantes e adubos no continente

americano na última década impede que os orgânicos sejam mais cultivados pelo agricultor americano.

e) população mundial está acostumada a comer produtos de origem transgênica, o que reduz a possibilidade de os orgânicos ganharem mercado, principalmente no Brasil.