Sei sulla pagina 1di 13

Exu / Pombo Gira

mavile mavile...mavile mavambo exu cavera no portão do cemitério é o maior

recompenso e ...ra ra ra recompenso a ele não tem carne, ele é osso só

------------------------------------------------------------------

la na porteira eu deixei meu sentinela (2x) seu tranca rua seu cabrito deu um berro
(2x)
eu deixei seu tranca rua
estorou cerca de arame, arrebentou portão de ferro
tomando conta da cancela
------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------
exu marabô toquinho
tem morador
abre, abre, abre, abre
de certo tem morador
o nosso caminho
na casa que o galo canta
------------------------------------------------------------------
de certo tem morador
o sete, o sete, o sete encruzilhada
na casa que o galo canta
toma conta e presta conta
de certo tem morador
no romper da madrugada ( 2x )
------------------------------------------------------------------
ninguém pode comigo eu posso com tudo
exú é do querer, querer
lá na encruzilhada ele é exu veludo ( 2x )
na hora grande é que eu quero ver
------------------------------------------------------------------
exú é do romper da aurora
o sino da igrejinha
seu tranca tudo é quem manda agora
faz belém blem blam
exú é do querer, querer
deu meia-noite
na hora grande é que eu quero ver
o galo já cantou
exú é do romper da aurora
seu tranca rua
exú caveira é quem manda agora
que é dono da gira
(segue com os nomes dos exús que vão baixando no
terreiro oi corre gira

------------------------------------------------------------------ que ogum mandou

tiriri tiriri tiriri ta no portão ------------------------------------------------------------------

tiriri só manda fogo na hora da precisão seu tranca rua é o homem da quimbanda

------------------------------------------------------------------ lá vem seu traca rua com o seu chapéu de bamba

portão de ferro cadeado de madeira seu tranca rua é o homem da estrada

no portão do cemitério quem mora é exu caveira sem o seu tranca rua não se pode fazer nada

------------------------------------------------------------------ ------------------------------------------------------------------
Pombo gira

e pombo gira vem tomar xôxô (bis) e pombo gira pombo gira, pompo gire

maria padilha vem tomar xôxô... e pombo gira pombo gira, pompo girá

------------------------------------------------------------------ ------------------------------------------------------------------

aê pombogire, aê pombo gira umbanda sua rainha chegou,

aê pombogire pombo gire pombogira umbanda mais uma estrela brilhou.

aê pombogire, aê pombo gira umbanda sua rainha chegou,

aê pombogire, vamos trabalhar umbanda mais uma estrela brilhou.

aê pombogire, aê pombo gira pois salve, salve a pomba gira

leva quizilas desta casa pro lado de lá que veio do lado de lá

------------------------------------------------------------------ pra animar nossa gira

deu meia noite, a lua se escondeu pois salve o porteiro de aço

lá na encruzilhada com a linda gargalhada pombogira salve a sua tesoura


apareceu
que corta todo embaraço.
é laroê é laroê é laroê
------------------------------------------------------------------
é mojibá é mojibá mojubará
rosa vermelha rosa amarela
ela é odara quem tem fé na pombogira
pombo gira faladeira todo mundo gosta dela
é só pedir que ela dá
------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------
melão melão, sábia..
arreda homem, que aí vem mulher
é de laranjeira, sábia
arreda homem, que aí vem mulher
pombo gira é boa,
ela é a pombogira
mas é bandoleira
rainha do candomblé
------------------------------------------------------------------
(.....) vem na frente
ganhei uma barraca velha..
p'ra dizer quem ela é
foi a padilha que me deu,
------------------------------------------------------------------
o que meu é da cigana..
lê lê lê lê oh
o que é dela não é meu
pombo gira da encruza que te chama de lê lê

lê lê lê lê oh
pombogira puerê, puerê puerá (bis)
é o pombo lé lé é o pombo leleoo!
------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------
foi uma rosa que apanhei na encruzilhada...
maviletango jaquatá ilê (bis)
foi uma rosa que eu plantei no meu jardim
------------------------------------------------------------------
maria mulambo, maria mulher...

maria padilha rainha do candomblê


doi doi doi doi doi... uma rosa cor de sangue, cintila em sua mão...

um amor faz sofrer, 2 amor faz chorar um sorriso que nas sombras não diz nem sim, nem
não...
amar a uma seria bem melhor
põe na boca uma cigarrilha, e mais se ascende o olhar...
do que amar a 2 na força do catimbô
que conhece o bem ou o mal de quem quiser amar...
------------------------------------------------------------------
de vermelho e negro, vestida à noite, o mistério traz...
pombo gira é mulher de domingo a segunda (bis)
de colar de ouro, brinco dourado, a promessa faz...
na boca de quem não presta pombo gira é vagabunda
# se é preciso ir, você pode ir, peça o que quiser...

------------------------------------------------------------------ mas cuidado amigo, ela é bonita, ela é mulher ( bis )

homem pequeno na minha cama não deita (bis) e no canto da rua zombando, zombando, zombando
está...
só server pra dar recado e ganhar minha gorjeta
ela é moça bonita girando, girando, girando lá... ( bis )
------------------------------------------------------------------
oi girando laroiê...
sua aliança de ouro, foi seu amor que lhe deu...
oi girando laroiê...
tava cesando a areia, sua aliança perdeu...
oi girando laroiê...
não quer amor de solteiro, porque solteiro ele é..
oi girando lá..
mas quer amor de casado para fazer raiva a mulher
------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------
oh pombo gira eu preciso de você (bis)

vamos jogar o jogo da amarelinha,

se eu perder você me ganha, se eu ganhar você é minha


Boiadeiro

abre a sala de angola e sibuque lêlê ------------------------------------------------------------------


abre a sala de angolâ e sibuque lelecongo samba 1 samba 2 ..
------------------------------------------------------------------ samba familia de nois 2..
abriti, campo formoso, abriti, campo formoso ------------------------------------------------------------------
cheio di paz e alegria (2x) eu tenho meu chapeu de couro
a onde mora seu boiadeiro eu tenho minha guiada
filho da virgem maria eu tenho meu lenço vermelho
------------------------------------------------------------------ para tocar minha vaquejada
de lá vem vindo, de lá vem só... ------------------------------------------------------------------
de lá vem vindo com a força maior.. boiadeioro é meu amigo leal (2x)
------------------------------------------------------------------ boiadeiro deu a volta pra te biriça
agora eu vou abalar minha aldeia.. ------------------------------------------------------------------
agora eu vou abalar meu juremá... Boia, Boiadeiro, Boiadeiro, boia
e lá em roma, tem uma igreja (2x) Seu eu contar a minha vida
dentro dela tem um morador... Boiadeiro chora
quem mora lá é boiadeiro (2x) ------------------------------------------------------------------
filho da virgem maria eh boa noite sinhô e boa noite sinhora
------------------------------------------------------------------ mas eu não sambo direito é por causa da espora
e foi agora que eu cheguei donê ------------------------------------------------------------------
foi a gora que eu cheguei donâ
------------------------------------------------------------------ hoje é trita amanhã é primeiro
ai ai ai, eu chegei agora vou tocar um barraveto pra chamar seu boiadeiro
nesse reinado de ouro arrudiado de jóia hoje é trita amanhã é primeiro
------------------------------------------------------------------ vou celar o meu cavalo pra chamar seu boiadeiro
coqué, coqué de maionga... ------------------------------------------------------------------
maiongolê... abre esse campestre eu quero passar,
------------------------------------------------------------------ quero ver meu gado a onde ele está
oh! oh! oh! oh! oh! ------------------------------------------------------------------
lá vem seu boiadeiro, ele é seu camarada! 3 pedras, 3 pedras aqui nessa aldeida
oh! oh! oh! oh! oh! uma é maior, outra é menor,
chegou seu boiadeiro tocando a sua boiada a mais pequena é que nos arrudeia
------------------------------------------------------------------ ------------------------------------------------------------------
esse lajeiro é muito grande é de pedrinha miuda
eh boiadeiro, eh boiadeiro do terreiro... é de pedrinha miuda é de pedrinha grauda
firma esse ponto que esse ponto é seu.. ------------------------------------------------------------------
mas ele é seu boiadeiro, sete laço no terreiro chetruá, chetrua corda de laçar meu boi
eu vi o sol eu vi a lua clarear hetruá, chetrua o meu boi eu vou laçar
eu vi seu boiadeiro no terreiro a trabalhar ------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------ eh zum zum zum e mauê mauê
e boiadeiro o que é meu?? oh zum zum zum mauê mauâ
é meu irmão sou filho das aguas claras
é meu irmão de coração... sou neto de yemanjá
é meu irmão ------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------ aqui eu amolo a faca aqui mesmo eu tiro o coro
boia meu boi, boia meu boi boiâ mas não é por desaforo, mas não é por desaforo
boia meu boi, boiadeiro.. quando matar seu boi o mocotô é meu
boia meu boi boiâ é pra pagar carreira que seu boi me deu
------------------------------------------------------------------ ------------------------------------------------------------------
eh boiadeiro novo que hora você chegou? foi foi foi, não sei porque foi
eu cheguei de madrugada depois que o galo cantou eu perdi minha precata correndo atrás do boi
------------------------------------------------------------------ simbora pelo caminho
onde tudo era perdido
o que fizeram pra mim?
olha o tanjerinho, o tanjerinho do boiadeiro
A menina do sobrado mandou me chamar pelo seu
------------------------------------------------------------------
criado
Eu mandei dizer à ela, estou vaquejando meu gado
Oi, sou eu, Boiadeiro, que gosto de um samba arrastado
pinga pinga que faz goteira
(bis)
ai zé vaqueiro...
A menina do sobrado não penteia mais cabelo
salve zé vaqueiro na pisada o cacique (2x)
Passeia o dia na janela paquerando Boiadeiro
------------------------------------------------------------------
Oi, sou eu, Boiadeiro, que gosto de um samba arrastado
quem foi que disse que bentiví não tem coroa (2x)
(bis)
mas eu vim sambar na casa de gente boa
------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------
sem beber não, sem beber não dá
cindolele auê cauiza
sem beber não vou no samba, sem beber não vou
cindolêlê é sangue real
sambar
eu sou filho eu sou neto da juremá
------------------------------------------------------------------
cindolele auê cauiza
maior do que a terra é as aguas
eh cauiza eh cauiza
maior do que as aguas é deus
é orixá
acima de deus tem uma coroa
nas horas de deus amém
maior do que deus to pra ver
é orixá
um mundo de deus é grande
------------------------------------------------------------------
que ele sai de uma mão fechada
minha toalha é branca...
um pouco com deus é muito
minha espora é de mafim...
um muito sem deus né nada
nela eu trago uma estrela
deus é meu, deus é de alguém
que ilumina meu caminho
deus é de todo mundo pra quem sabe que ele é bem
vamos simbora menina

Subida de Boiadeiro

adeus rolinha, rolinha fogo apagou


adeus rolinha camarada eu já me vou
------------------------------------------------------------------

eu vou embora que de noite eu tenho medo


minha mãe é mulher velha, fecha a porta e dorme cedo

------------------------------------------------------------------
eu vou embora porque disse que já vou
o meu pai ta me chamando tá tocando o agôgô
Ogum

nesta casa de guerreiro


vim de longe pra rezar ogum, ogum, ogum iara.
rogo a deus pelos doentes ogum, ogum, ogum iara.
na fé de obatalá salve os campos de batalha, salve a sereia do mar.
ogum, ogum iara.
ogum salve a casa santa ogum, ogum iara.
os presentes e os ausentes ----------------------------------
salve nossas esperanças
salve velhos e crianças cavaleiro na porta bateu
eu passei a mão na pemba para ver quem era
nego velho ensinou era são jorge guerreiro minha gente
na cartilha de aruanda cavaleiro da força e da fé
e ogum não esqueceu ----------------------------------
como vencer a demanda
ogum dilê, não me deixa sofre tanto assim meu pai
a tristeza foi embora quando eu morrer vou passar lá na aruanda
na espada de um guerreiro sarava ogum, sarava seu 7 ondas
e a luz do romper da aurora
vai brilhar neste terreiro senhor ogum dilê que bela coroa
---------------------------------- senhor ogum dilê que bela coroa
pelo amor de deus seu ogum
ogum já venceu nao me deixe atoa
já venceu , já venceu
ogum vem de aruanda ----------------------------------
e quem lhe manda é deus Salve Ogum Megê
e ele vem beirando o rio Ogum Rompe Mato
e ele vem beirando o mar Ogum Beira Mar
oh salve santo antônio da calunga Salve Ogum Megê
benedito e beira-mar Ogum Rompe Mato
---------------------------------- Ogum Beira Mar
Ele trabalha na areia
ogum e seu cavalo corre Ele trabalha no mar
e a sua espada reluz Ele trabalha na areia Ogunhê
ogum, ogum mege Salve Ogum beira mar
sua bandeira cobre os filhos de jesus ----------------------------------
---------------------------------- Eu tenho 7 Espadas pra me defender
Eu tenho Ogum em minha companhia
ogum esta na sala ogum eee Ogum é meu Pai
ogum esta na sala ogum eea Ogum é meu Guia
---------------------------------- Ogum vai baixar
Na fé de Deus e da Virgem Maria
E maetá, e maetá ----------------------------------
E maetá, e maetá E quem está de ronda é São Jorge
Aonde foi que ogum guerreou Deixa São Jorge rondar
Foi lá em alto mar E quem está de ronda é São Jorge
A onde yemanjá coroou Deixa São Jorge rondar
---------------------------------- São Jorge é guerreiro
se meu pai é ogum, Que manda na Terra
vencedor de demanda. Que manda no Mar
ele vem de aruanda pra salvar filhos de umbanda. São Jorge é guerreiro
Que manda na Terra Seu cavalo corre
Que manda no Mar Sua espada reluz
Sarava Meu Pai Sua bandeira cobre
Sarava Meu Pai Todos os filhos de Jesus
Girar é bom, girar é bom, girar é bom Seu cavalo corre
É bom girar Sua espada reluz
---------------------------------- Auê, seu Ogum Iara
Por entre matas Aos pés da Santa Cruz
Por entre mares e terra ----------------------------------
Por entre matas Quem Beira Rio, Beira Rio
Por entre mares e terra
Beira Mar
Eu entendi o que meu Pai quis dizer
Que Ogum não devia beber O que se ganha de Ogum
Que Ogum não devia fumar Só Ogum pode tirar
Mais a fumaça representa as nuvens Quem Beira Rio, Beira Rio
E a cerveja as espumas do mar Beira Mar
Que Ogum não devia beber O que se ganha de Ogum
Que Ogum não devia fumar Só Ogum pode tirar
Mais a fumaça representa as nuvens
Seu Ogum de Ronda
E a cerveja as espumas do mar
---------------------------------- É quem vem girar
Oxossi assobiou E vem trazendo folhas
Pra passar no Humaitá Pra descarregar
Oxossi assobiou Seu Ogum de Ronda
Pra passar no Humaitá É quem vem girar
Pra falar com Ogum Megê E vem trazendo folhas
Mensageiro de Oxalá Pra descarregar
Pra falar com Ogum Megê ----------------------------------
Mensageiro de Oxalá Que cavaleiro é aquele
---------------------------------- Que vem caminhando pelo céu azul
Filho de pemba bebe água no rochedo É seu Ogum Matinata
Filho de Ogum corre campo e não tem medo Ele é defensor
Filho de pemba bebe água no rochedo Do Cruzeiro do Sul
Filho de Ogum corre campo e não tem medo É, é, é
Vou pedir ao criador Seu Cangira
Que derrame o seu amor É, é, á
Aos nossos guias Seu Cangira
E ao nosso Babalaô É, é, é
---------------------------------- Seu Cangira
Pisa na Umbanda
----------------------------------
Baianos
bahia, ô áfrica, vem cá vem, nos ajudar!
bahia, ô áfrica, vem cá vem, nos ajudar! a minha sogra tem a cara cabeluda
nesse mundo tem de tudo
força baiana, força africana, e ninguém pode duvidar
força divina vem cá, vem cá! ----------------------------------

força baiana, força africana, subi no coqueiro e deixei o baiano embaixo


força divina vem cá, vem cá! subi no coqueiro e deixei o baiano embaixo
---------------------------------- eu joguei o coco nele
eu chamei força baiana pra saber se era macho
força baiana vem ká ----------------------------------
eu chamei força divina
para vir abençõa baiano é povo bom,
---------------------------------- povo trabalhador,
quando eu cheguei da bahia quem mexe com baiano,
e a estrada eu não vi mexe com nosso senhor
cada encruza que eu passava ----------------------------------
uma vela eu acendi
---------------------------------- quando eu vim lá da bahia
coquim”, “coquim” baiano eu trouxe meu patuá
coquim lá da bahia terreiro que tem mironga
coquim venceu demanda baiano vai mirongar
com a senhora da guia bahia eee
---------------------------------- bahia eea
oi vamos baianada ----------------------------------
pisar no catimbó
amarrar os inimigos baiana da sai rendada
na pontinha do cipó seu tabuleiro tem axé
a baiana ta requebrado
amarrei amarrei amarrei e dei nó como dança no candomblé
amarrei os inimigos na pontinha do cipó oh, bahia
---------------------------------- bahia de nosso senhor do bonfim
baiano bom, baiano bom oh, bahia
baiano bom é o que sabe trabalhar pede a oxalá por mim
----------------------------------
baiano bom é o que sobe no coqueiro
tiro o coco e bebe a agua baiana feitiçeira
e deixa o coco no lugar filha de nagô
---------------------------------- trabalha com pó de pemba
sobe no coqueiro e tira o coco pra ajudar babalaô
sobe no coqueiro e olha lá

Subida

mas o muinho da bahia queimou agora pro seu morro vai subir
queimou mas nao queima mais meu deus ele já vai embora
meu santo antonio conversa de malandro não tem fim
eu cheguei agora boa noite meu senhor
não me deram água boa noite minha senhora
eu já vou embora
==============================================================

# xango #

que eu amei, que eu amei com belas zazi que eu amei (4x)

ô zazi ê

ô zazi a

ô zazi ê

maiangolê maiangolá

zaze kinambô aê aê

kumbela zaze, o zaze ê

em cima daquela pedreira

tem um livro que é de xangô

em cima daquela pedreira

tem um livro que é de xangô

caô, caô, caô cabecine

caô, caô, caô cabecine

=============================================================

# oxum #

oromima, oromimao, oromimao

abadou yeyeo

oromima, oromimao, oromimao

abadou yeyeo

há, há oxum
oxum mileleo

há, há oxum

oxum mileleo.

==============================================================

# yansã #

oh sinha vanju ê,

sinha vanju

oh sinha vanju ê,

aê banborocema,

oh sinha vanju ê

==============================================================

apanha folha por folha, tatamirô

apanha maracanã, tatamirô

eu sou filho das insaiba, tatamirô

oxosse quem me criou tatamirô

saida

lade lajedo é maior

e lemba lemba lemba de lajedo é maior


ofilalâe oh leleoa..o babalâe oh leleoâ

baba o dule

orirala é mamajo oxaguinan

é mamajo oxalufan

olha a muzenza

seu angoro seu angoro

eu vi seu arco lá no céu brilhar

seus filhos pedem a sua benção

e a proteção de sua cobra coral

ainé ainé, angoro sinho que dandalunda sésé

angorosinhor que dandalunda sése

angoro sinhor se benganga ja untale

si bemganga ja untale

que sumbue eh subunangüe, que sumbue eh subunangüe,