Sei sulla pagina 1di 7

Enunciado de Prova Escrita de Avaliação Sumativa

Ano Lectivo: 2008/2009 Disciplina: Biologia

Ano: 12º Turma: CT Curso: C.H. - C.T.

Duração: 90 min. Data: 2 / 12 /2008 Docente: Catarina Reis

NOTA: Todas as Respostas são obrigatoriamente dadas na (s) folha (s) de respostas do Colégio da Lapa. A Prova termina com a palavra ‘FIM’

ATENÇÃO
 Todas as respostas deverão ser perfeitamente legíveis e estar correctamente identificadas.
Quando se verificar um engano, este deve ser riscado e corrigido à frente.

 Os termos científicos que contenham erros ortográficos deverão ser penalizados com 1 (um)
ponto, não devendo o mesmo erro ser penalizado mais do que uma vez ao longo do teste.

 O critério especifico definido para cada um destes itens.

 Se o examinando responder ao mesmo item mais do que uma vez, deve eliminar, clara e
inequivocamente, a (s) resposta (s) que considerar incorrecta (s). No caso de tal não acontecer, é
cotada a resposta que surge em primeiro lugar.

 Nos itens de resposta aberta, os critérios de classificação estão organizados por níveis de
desempenho.

 O enquadramento das respostas num determinado nível de desempenho contempla aspectos


relativos aos conteúdos, à organização lógico-temática e à utilização de terminologia científica.

 Nos itens de resposta aberta com cotação igual ou superior a 15 pontos, para além das
competências específicas, são avaliadas competências de comunicação escrita em língua
portuguesa.

 Nos itens de escolha múltipla, é atribuída a cotação total à resposta correcta, sendo as respostas
incorrectas cotadas com zero pontos.

 Nos itens de verdadeiro/falso, de associação e de correspondência, a classificação a atribuir


tem em conta o nível de desempenho revelado na resposta.

 Nos itens de ordenamento, só é atribuída cotação se a sequência estiver integralmente correcta.

 Nos itens fechados de resposta curta, caso a resposta contenha elementos que excedam o
solicitado, só são considerados para efeito da classificação os elementos que satisfaçam o que é
pedido, segundo a ordem pela qual são apresentados na resposta. Porém, se os elementos
referidos revelarem uma contradição entre si, a cotação a atribuir é zero pontos.

Página 1 de 7
Folha de Continuação do Teste de Avaliação Sumativa de Biologia (12º ano)

GRUPO I
Manipulação da Fertilidade: Métodos Contraceptivos

Os métodos contraceptivos previnem a gravidez, actuando em diferentes fases do processo reprodutivo.


1. Faça corresponder um dos métodos contraceptivos da coluna I a cada uma das afirmações da coluna II.

Coluna I Coluna II
A – Laqueação das Trompas de Falópio 1 – Dificulta a progressão dos espermatozóides e impede a nidação.
B – Preservativo masculino 2 – Impede o trajecto do oócito ao longo das vias genitais.
C – Diafragma 3 – Retém os espermatozóides, que não chegam a contactar com a
vagina.
D – Método da temperatura
4 – Altera as condições hormonais do organismo e inibe a ovulação.
E – Pílula 5 – Baseia-se nas alterações do corpo da mulher durante o ciclo
F – Vasectomia sexual
G – Espermicidas 6 – Impede a passagem dos espermatozóides pelo colo do útero
7 – Mata os espermatozóides no corpo da mulher
H – Dispositivo Intra-Uterino
8 – Impede que os espermatozóides se juntem ao ejaculado.

2. A Esquema 1 representa a sequência de acontecimentos que torna possível a reprodução humana. As


letras A a F representam diferentes métodos contraceptivos que interferem com essa sequência de
acontecimentos.

Esquema 1

2.1. Refira um método contraceptivo que possa estar representado por cada uma das letras de A a F

Página 2 de 7
Folha de Continuação do Teste de Avaliação Sumativa de Biologia (12º ano)

GRUPO II
Manipulação da Fertilidade: (In) fertilidade e RMA

1. O gráfico 1 apresenta a variação das taxas de sucesso de um método de reprodução medicamente


assistida (FIV).

1.1. Indique como variou a taxa de sucesso com a


idade da mulher.

1.2. Refira a que se devem as taxas de sucesso nulas


para idades superiores a 50 anos.

1.3. Além da idade, indique dois factores que


possam levar à infertilidade feminina.
Gráfico 1.

2. Um casal dirigiu-se a uma consulta médica com o objectivo de resolver o seu problema de
infertilidade. Foram feitos vários exames aos membros do casal, sendo o resultado de um desses
exames o expresso no quadro seguinte.

Miriam Stoppard, Concepção, Gravidez e Parto, 2004 (adaptado)

2.1. Transcreva a letra correspondente à alternativa que completa correctamente a frase.


De acordo com o documento 1, o número de espermatozóides com flagelo no volume total de esperma
analisado é aproximadamente de...
A – 11 milhões.
B – 99 milhões.
C – 2,2 milhões.
D – 19,8 milhões.

2.2. Explique a provável causa de infertilidade do casal, relacionando-a com dois dados do espermograma.

2.3. Das técnicas de PMA seguintes, indique a que oferece maior probabilidade de sucesso para a resolução
do problema deste casal
A – IICE (microinjecção).
B – GIFT.
C – IA.
D – ZIFT. (Transcreva a letra correspondente à alternativa correcta.)

Página 3 de 7
Folha de Continuação do Teste de Avaliação Sumativa de Biologia (12º ano)

3. A fig. 1 representa uma das variadas técnicas de


reprodução medicamente assistida disponíveis
actualmente.

3.1. Identifique-a.
A. Esperma num meio estéril
B. Esperma injectado no útero Fig. 1

GRUPO III
Património genético: Transmissão Hereditária - Monohibridismo

1. A árvore genealógica seguinte representa a ocorrência de uma anomalia numa família (Fig. 2).

Homem normal mulher normal

Homem com a mulher com a


anomalia anomalia
Fig. 2

1.1. Identifique o alelo recessivo. Justifique.

1.2. A probabilidade de nascer uma menina com a anomalia do cruzamento do indivíduo 3 com uma
mulher com o mesmo genótipo da jovem 11 é:
a) 0,0 c) 0,50 e) 1,00
b) 0,25 d) 0,75 (transcreva a letra que corresponde à opção correcta)

2. Considere o seguinte caso fictício:

2.1. Classifique o tipo de hereditariedade verificada na transmissão da cor do pêlo destes cavalos.
Justifique.

Página 4 de 7
Folha de Continuação do Teste de Avaliação Sumativa de Biologia (12º ano)

3. Dada a época natalícia que se aproxima, consideremos o seguinte caso fictício, em que a figura 3
representa o resultado do cruzamento de renas do Pai Natal.

Fig. 3

3.1. Classifique o tipo de hereditariedade verificada na transmissão da cor do pêlo destas renas.

3.2. Indique o genótipo de cada indivíduo (renas azuis, verdes e vermelhas).

4. Considere a característica do albinismo, em que um casal de indivíduos A e B, ambos normais, mas


em que a mulher A tem um pai albino e o homem B tem um irmão e a mãe albinos.
4.1. Faça o diagrama da árvore genealógica desta família.

4.2. Calcule a probabilidade teórica do casal (A e B) poder vir a ter uma filha albina, apresentando todo o
seu raciocínio.

5. Em galinhas, NN é letal (morte no desenvolvimento embrionário), Nn é aleijado e nn é normal. Um


grupo de aves aleijadas acasalam entre si, originando uma primeira geração de filhos.
Indique as proporções fenotípicas e genotípicas dos indivíduos que resultam deste cruzamento.

6. Complete a seguinte afirmação: “A capacidade de sentir o gosto de uma substância amarga chamada
feniltiocarbamida (PTC) deve-se a um gene dominante. A probabilidade de um casal (sensível a essa
substância e heterozigótico) ter um filho do sexo feminino e sensível ao PTC é de ________”

Página 5 de 7
Folha de Continuação do Teste de Avaliação Sumativa de Biologia (12º ano)

GRUPO IV
Património genético: Transmissão Hereditária - Dihibridismo

1. Há um tipo de surdo-mudo que pode ser resultado da presença de um ou de dois genes recessivos em
homozigose, a e b. O tipo normal resulta quando os dominantes A e B estão presentes
simultaneamente. Recorrendo à técnica do xadrez mendeliano, calcule, numa família com uma criança,
qual é a probabilidade de esta ser rapariga surda-muda se um dos progenitores for AaBb e o outro
aaBB?

2. Na espécie humana um gene dominante é responsável pela capacidade


de enrolar longitudinalmente a língua. Noutro cromossoma, um outro
par de alelos condiciona a adesão mais ou menos profunda do lobo da
orelha ao rosto. Os indivíduos com o lobo da orelha aderente ao rosto
são sempre homozigóticos.
2.1. Suponha que uma mulher que enrola a língua e que tem o lobo da
orelha livre casa com um homem que não enrola a língua e que tem o
lobo da orelha preso ao rosto. O primeiro filho deste casal tem o lobo
da orelha preso e não consegue enrolar a língua.
2.1.1. Recorrendo à simbologia adequada, refira o genótipo de cada um dos
progenitores e o genótipo da criança.

3. Considere o seguinte esquema que representa três gerações de cobaias. Cruzaram-se duas linhas puras
de cobaias (geração P): uma linha de pêlos pretos e lisos e outra linha de pêlos brancos e hirsutos. Este
casal originou híbridos representados pelo animal da geração F1. As proporções dos descendentes
representados na geração F2 são de 9 indivíduos A, 3 indivíduos B, 3 indivíduos C e 1 indivíduo D.

3.1. Indique os genótipos dos progenitores e dos


híbridos da F1.

3.2. Considerando que nasceram 400 cobaias na


F2, calcule quantas serão de pelos brancos e
hirsutos.

3.3. Considerando que se cruzaram os indivíduos


D com os híbridos da F1, indique as
proporções genotípicas e fenotípicas
esperadas.

FIM

Página 6 de 7
Folha de Continuação do Teste de Avaliação Sumativa de Biologia (12º ano)

COTAÇÃO

GRUPO I
1.1 8
2.1 6
0

GRUPO II

1.1 5
1.2 5
1.3 8
2.1 8
2.2 10
2.3 8
3.1 8

GRUPO III
1.1 12
1.2 8
2.1 10
3.1 6
3.2 10
4.1 10
4.2 10
5. 10
6 8
0

GRUPO IV
1. 10
2.1.1 9
3.1 9
3.2 10
3.3 12
TOTAL 200
Pontos

Página 7 de 7