Sei sulla pagina 1di 147

Estudo do Meio

Conceição Dinis
Luís Ferreira

1 .º
ano
ensino básico

n
Assinala com ✗ se és rapaz ou rapariga.

Faz o teu auto-retrato.


Apresenta-te aos outros companheiros.

Escreve o teu nome (ou pede a alguém que o escreva).

Nome:

E¤s¤tæe¤ß @í@c@o£næe¤ß æe¤x¤p¤l@i@c@a‰m@ §o£ §q@uæe@ §dæe¤vÆe¤ß flf£a¤zæe¤r@ æe‰m@ §c@a@d@a@ æe¤xæe¤r@c@í@c@i@o£:
fazer
descobrir falar construir desenhar colar

observar ouvir modelar escrever recortar

discutir dramatizar ligar assinalar pintar

Nota – Para facilitar a reutilização do presente manual, os exercícios constantes do mesmo poderão ser efectuados em caderno organizado para o efeito.

2 ISBN 972-0-12015-0
INTRODUÇÃO

Aos professores
A escola deve proporcionar aos seus alunos “oportunidades
de se envolverem em aprendizagens significativas, isto é, que
partam do experiencialmente vivido e do conhecimento pes-
soalmente estruturado”(1).
O livro Caminhos – Estudo do Meio – 1.º ano de escolari-
dade pretende contribuir para o desenvolvimento, por parte
das crianças, de uma curiosidade perante o meio, de modo a
poderem conhecê-lo melhor, sustentada numa atitude investi-
gativa, motivando ainda para o trabalho individual e coopera-
tivo.
Este manual poderá ser um auxiliar importante, devendo, no
entanto, ser adaptado criativamente pelos professores aos
seus alunos, aos seus interesses e necessidades, tendo em
conta as competências a adquirir nesta área. A apresentação
proposta dos conteúdos programáticos e a sua organização
mensal são, assim, uma mera sugestão, já que os professores
poderão “alterar a ordem dos conteúdos, associá-los de dife-
rentes formas, variar o seu grau de aprofunda mento ou
(1)
mesmo acrescentar outros” .
Em anexo incluímos material de apoio para observação, des-
taque, recorte e colagem.
Fazem também parte deste manual fichas de avaliação e de
auto-avaliação, permitindo que cada criança possa reflectir o
seu percurso de aprendizag em, aprendend o a aprender
melhor.
No final, incluímos um Certificado de sucesso, que cada
aluno completará como balanço do trabalho realizado, mas
também como motivação para novas aprendizagens!
Bom trabalho!

Os autores
(1)
Departamento da Educação Básica (2001),
Currículo Nacional do Ensino Básico – Competências Essenciais.

3
ÍNDICE

À descoberta de si mesmo 6

Viva a escola! 8
A sua identificação 12
Avaliação 13
Chegou o Outono! 14
Os seus gostos e preferências 14
O seu corpo 23
A saúde do seu corpo 33
Avaliação 42
A segurança do seu corpo 44
O seu passado próximo 49
As suas perspectivas para o futuro próximo 54
Avaliação 56

À descoberta dos outros e das instituições 58

Os membros da sua família 60


Outras pessoas com quem mantém relações próximas 62
A sua escola 64
O Natal 70
Avaliação 72

À descoberta do ambiente natural 74

Chegou o Inverno! 76
Os seres vivos do seu ambiente 78
Os aspectos físicos do meio local 88
As cores, os sons e os cheiros da Natureza 92
Avaliação 96

À descoberta das inter-relações


entre espaços 98

A casa 100
O espaço da sua escola 103
Avaliação 108
Os seus itinerários 110
Localizar espaços em relação a um ponto de referência 116
Chegou a Primavera! 118
Avaliação 120
4
ÍNDICE

À descoberta dos materiais e dos objectos 122

Realizar experiências com alguns materiais e objectos de uso corrente 124


Avaliação 130
Comparar alguns materiais segundo propriedades simples 131
Realizar experiências com o som 135
Avaliação 137

Realizar experiências com a água 138


Manusear objectos em situações concretas 141
Avaliação 143

5
À descoberta de si mesmo

À descoberta de si mesmo

6
7
À descoberta de si mesmo

Viva a escola!

Desenha a tua escola.

Descrever a escola.
8 Dizer o que gosta mais de fazer na escola.
➜ Viva a escola!

Somos todos amigos!


Combina, com os teus colegas, as regras para a vossa sala de aula e para a vossa escola.
Desenha-as ou copia-as neste espaço.

Discutir as regras de convivência na sala de aula e na escola. Registá-las num painel. 9


À descoberta de si mesmo

Desenha as meninas da tua sala de aula.

10
➜ Viva a escola!

Desenha os meninos da tua sala de aula.

Fazer um painel com o mês e o dia de aniversário de cada aluno.


Verificar quem faz anos no mesmo mês.
Combinar como se irá celebrar cada aniversário. 11
À descoberta de si mesmo ➜ A sua identificação

Eu sou…

Pede ajuda para completar a tua identificação.

Rapaz cola aqui


a tua
Rapariga fotografia

O meu nome próprio é .


Os meus apelidos são .
Tenho anos.
O meu aniversário é no dia de .

O meu endereço é:
Rua
Localidade
Código postal

E-mail

Fazer um quadro com o nome dos alunos e os respectivos locais de residência.

12 Descobrir quem mora na mesma rua/lugar e/ou localidade.


Avaliação
1 Desenha os teus melhores amigos da escola.

2 Desenha o teu retrato. Assinala correctamente com ✗.

Sou rapaz

Sou rapariga

J á s e i .. .
3 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Dizer o meu nome completo.


Dizer a que sexo pertenço.
Dizer a minha idade.
Indicar a minha morada.
13
À descoberta de si mesmo

Chegou o Outono!

Nas árvores as folhas verdes


passam a amarelas, laranja e
castanhas.
As folhas voam com a força do vento
e aterram no chão.
As crianças apanham-nas e levam-nas
para a escola para fazerem com elas
trabalhos lindos.

Chegou o Outono!

Observar as figuras. Falar sobre o assunto do texto.


Relacionar o texto com as suas experiências.
Fazer um percurso na Natureza: movimentar-se, observar, ouvir, cheirar, recolher materiais (apreciar a textura, a dureza, a
14 rugosidade...) e referir aquilo de que mais gostou e do que não gostou.
➜ Chegou o Outono!

Assinalar com ✗ os animais.


Relacionar o estado do tempo com a estação do ano. Falar da Natureza nesta época do ano: dos trabalhos característicos,
dos frutos, dos costumes...
Recolher folhas de árvores. Observá-las e separá-las. Falar sobre elas.
Fazer trabalhos com as folhas recolhidas. 15
À descoberta de si mesmo

O estado do tempo
Destaca (dos anexos no fim do livro) e cola na tabela o desenho que representa o estado do
tempo em cada dia desta semana.

sol encoberto sol e chuva vento neve


nuvens

Segunda-feira

Terça-feira

Quarta-feira

Quinta-feira

Sexta-feira

Sábado

Domingo

Pinta de o dia da semana de que mais gostaste.


16 Explica porquê.
➜ Chegou o Outono!

As roupas que usamos


Recorta de jornais e revistas roupas que gostarias de usar no Outono e cola-as neste espaço. Se
quiseres, podes desenhá-las. Quais são as tuas cores de roupa preferidas nesta estação do ano?

Falar das roupas que usamos nesta época do ano. 17


CCA1-EM-02
À descoberta de si mesmo

Gostos e preferências

Pinta os frutos de que mais gostas.

Assinala com ✗ os frutos de que não gostas.

Modelar em barro os frutos de Outono.

18 Observar os frutos que o aluno modelou e dizer qual considera mais bonito.
➜ Os seus gostos e preferências

Desenha o teu animal preferido.

Falar dos animais que os alunos conhecem ou que têm.


Contar uma história passada com algum desses animais. 19
À descoberta de si mesmo

Liga cada menino àquilo que achas que ele gosta de fazer.

Pinta de o que gostarias de fazer e de o que não gostarias de fazer.

20
➜ Os seus gostos e preferências

Desenha outras actividades que gostas ou que gostarias de fazer. Explica porquê.

Traz para a aula uma música de que gostes, para que todos os colegas a possam ouvir.
21
À descoberta de si mesmo

Assinala com ✗ onde e com quem te sentes bem. Explica porquê.

C@o£m@ §a@ flf£a‰m@í¤l@i@a@. C@o£m@ §o£ß §a‰m@i@g@o£ß.

N@a@ æe¤s@c@o£l@a@. N@a@ flr@u@a@.

E‰m@ §c@a¤s@a@, ¤s@o£z@i‰n¤h@o£(§a@). N@a@ N@a¤t@u¤ræe¤z@a@.


Dialogar com os alunos, valorizando as experiências positivas diárias.
Reflectir com as crianças sobre os gostos e as opiniões, procurando as razões das suas preferências.

Os gostos também se discutem.


22
➜ O seu corpo

Características familiares

Observa e identifica características familiares.

A família da Catarina

A minh
a
família
!

23
À descoberta de si mesmo

A Catarina parece-se com a mãe e com o pai.

Observa esta família. Assinala com ✗ com quem te pareces.

Pai Mãe

Observar fotografias da sua família e da família dos seus colegas.


Falar sobre elas. Descobrir características familiares.

24 Comparar-se com os seus colegas, com os seus pais e irmãos.


➜ O seu corpo

Observa as figuras.

Assinala com ✗ a família que se parece mais com a tua.

O Pæe@d¤r@o£ v£i¤vÆe@ §c@o£m@ §o£ A Hæe¤læe‰n@a@ v£i¤vÆe@


¤p@a@i@, §a@ m@ãæe@ æe@ §o£ß @i¤r‰m@ã@o£ß. §c@o£m@ §o£ ¤p@a@i@.

A I‰næê¤ß v£i¤vÆe@ §c@o£m@ §o£ß A A‰n@a@ v£i¤vÆe@


§a¤v£ó£ß æe@ §c@o£m@ §a@ m@ãæe@. §c@o£m@ §o£ß §a¤v£ó£ß.
Desenha a tua família.

25
À descoberta de si mesmo

O nosso corpo
Como crescemos com a idade!

Completa a ficha com a ajuda da tua família.

pesava:
Ao nascer
media:

peso:
Agora
meço:

Comecei a andar

Comecei a falar

A primeira palavra que disse foi

Compara os teus dados com os dos teus colegas.

Com a colaboração da família e amigos, faz com os colegas um livro de recordações


dos alunos da turma.

Falar sobre as modificações do seu corpo (peso, altura, formas).

26 Recolher dados junto da sua família e fazer uma tabela com esses dados (exemplo: peso ao nascer, peso actual...).
➜ O seu corpo

Assinala com ✗ a criança mais parecida contigo.

Eu sou rapaz. Eu sou rapariga.

Dialogar com os alunos, de modo a que reconheçam que os meninos e as meninas são diferentes.
Falar sobre as diferenças entre meninos e meninas. 27
À descoberta de si mesmo

O nosso corpo é constituído pela cabeça, pelo tronco e pelos membros


(superiores – os braços, e inferiores – as pernas).

Cabeça

Tronco
Membros
superiores
Membros
inferiores

Como és tu?
Desenha-te a ti próprio.
Podes completar a tua imagem
Eu
colando lãs, tecido, papel...

Recortar dos anexos o corpo humano e montá-lo.

28 Identificar as partes do corpo.


➜ O seu corpo

Completa a figura, desenhando as partes do corpo que faltam.

29
À descoberta de si mesmo

O corpo
Os olhos são para ver.

As mãos para agarrar.

A cabeça é para pensar,

e o corpo para estimar.

Os dedos são para tocar,

e os pés para caminhar.

O nariz para cheirar,

ea boca para falar.

A língua para provar;

os dentes para mastigar.

Ouvidos para ouvir...


Não torno a repetir!
Joana Amades

Liga correctamente.

olhos
língua
cabeça
mãos
nariz
ouvidos
Observar as figuras. Falar sobre elas. Ouvir ler e dramatizar a poesia. Realizar jogos, explorando os diferentes sentidos
30 (ex.: a cabra-cega; jogo de identificação de sabores; jogo de identificação de cheiros...).
➜ O seu corpo

Comparar-se com os outros

Observa. Discute com os colegas o que vês nas imagens.

Todos diferentes, todos iguais

Assinala com ✗, na ilustração, a criança mais parecida contigo.

Dialogar com os alunos, sensibilizando-os para o respeito pelas diferenças individuais e de grupo.
31
À descoberta de si mesmo

Observa os alunos da tua sala de aula.

Completa o quadro, escrevendo ou desenhando.

Meninos / Meninas Nomes

… que usam óculos.

… que usam cadeira de rodas.

… que têm olhos pretos.

… que têm olhos azuis.

… que têm olhos castanhos.

… que são altos(as).

… que são baixos(as).

… que têm cabelo escuro.

… que têm cabelo claro.

Responde.

Quantas crianças usam óculos?

Há mais crianças com cabelo escuro ou com cabelo claro?


32
➜ A saúde do seu corpo

Higiene do corpo

Pinta de – Acho bem e de – Acho mal.

M@a‰n¤tæe¤r@ §o£ §c@o£r¤p@o£ fll@i‰m¤p@o£. U¤s@a¤r@ flr@o£u¤p@a@ fll@a¤v£a@d@a@.

U¤s@a¤r@ flr@o£u¤p@a@ §c@o£n¤f£o£r¤t@á¤vÆe¤l@. Pæe‰n¤tæe@a¤r@-¤sæe@.

L@a¤v£a¤r@ §o£ß §dæe‰n¤tæe¤ß. N@ã@o£ fll@a¤v£a¤r@ §a¤ß m@ã@o£ß §a‰n¤tæe¤ß


§d@a¤ß flræe¤fÆe@i@ç@õÆe¤ß.
Discutir com as crianças as normas da higiene do corpo.
Fazer um cartaz alusivo às normas de higiene. 33
CCA1-EM-03
À descoberta de si mesmo

Aprende a poesia. Canta-a com a música do tema “O balão do João”.

Os meus dentes
Os meus dentes pequeninos
lavadinhos vão ficar.
Ao almoço e à noite
muito bem os vou escovar.
A espuma branca na boca
sorrindo se alegra já.
E a escova vai cantando
riqui-riqui-riqui-ra.

Pede à tua família para teres uma escova de dentes só tua.


Os teus dentes ficarão limpos e saudáveis.

Desenha o que fazes desde que te levantas até vires para a escola.

Fazer dramatizações sobre a higiene do corpo; adivinhar gestos.


Fazer uma tabela com o nome dos alunos, os dias da semana e a lavagem dos dentes, para registar:

34
“Quem não se esquece de lavar os dentes?”
➜ A saúde do seu corpo

Pinta de – Acho bem e de – Acho mal.

Sæe‰n¤t@a¤r@-¤sæe@ §c@o£r¤ræe@c¤t@a‰mæe‰n¤tæe@. B£r@i‰n@c@a¤r@ §a@o£ §a¤r@ fll@i¤v£ræe@.

Dæe@i¤t@a¤r@-‰sæe@ flt@a¤r@dæe@. P£r@a¤t@i@c@a¤r@ æe¤xæe¤r@c@í@c@i@o£ flf£í¤s@i@c@o£.

Ræe¤p@o£u¤s@a¤r@ ¤p@a¤r@a@ flræe@c@u¤pæe¤r@a¤r@ VÆe¤r@ fltæe¤læe¤v£i¤s@ã@o£ §a@ @u‰m@a@


flf£o£r@ç@a¤ß. §d@i¤s¤t§â‰n@c@i@a@ §c@o£n¤vÆe‰n@iæe‰n¤tæe@.
Observar as figuras. Justificar por que acha bem ou acha mal as situações anteriores.
Consolidar hábitos de vida saudável na escola. 35
À descoberta de si mesmo

A alimentação
DEVEMOS COMER, EM CADA DIA…

e ite
L

ALIMENTOS DE TODOS OS SECTORES DA RODA.

s
a s q ue deve dos
te e squeç imentos. To e Quando tiveres
Não o
l
s os a r saudável sede, bebe águ
to d a. De
de esce s
comer judam a cr que precisa vez em quando
podes
a e .
eles te a energia d ar, andar.. beber sumos d
e
dão-te tu d
b rin car, es frutos frescos.
para

36
➜ A saúde do seu corpo

Observa a RODA DOS ALIMENTOS.

Escolhe uma refeição saudável que gostarias de fazer. Desenha-a. Compara-a com a dos teus
colegas.

Assinala com ✗ os alimentos que habitualmente se comem crus.

37
À descoberta de si mesmo

Devemos fazer
várias refeições
por dia.

Assinala com ✗, no quadro, as refeições que costumas fazer.

Pequeno-almoço

Merenda da manhã

Almoço

Merenda da tarde

Jantar

Ceia (se te deitares tarde)

Para brincar e estudar


Nós gastamos energia,
Estas refeições não podem faltar
P’ra ficares bem todo o dia.
Manuela Leitão, Viagem ao Mundo da Alimentação,
Campo das Letras, 1997

38 Dialogar com os alunos sobre as vantagens de se fazerem várias refeições ao longo do dia.
➜ A saúde do seu corpo

A água é muito importante na nossa alimentação!

Observa a figura.

Devemos evitar
Bebo água
os refrigerantes.
quando
Têm demasiado
tenho sede.
açúcar.

Assinala com ✗ o que devemos beber.

Água

Sumos de frutos frescos

Refrigerantes

Leite

Iogurte líquido

Observar as figuras e justificar as escolhas feitas. 39


À descoberta de si mesmo

Cuidar da saúde

Pinta de – Acho bem e de – Acho mal.

L@a¤v£a¤r@ flbÆe‰m@ §o£ß §a¤l@i‰mæe‰n¤t@o£ß C@o£mæe¤r@ §dæe‰m@a¤s@i@a@d@o£.


§q@uæe@ ¤sæe@ §c@o£mæe‰m@ §c¤r@u¤ß.

Væe¤r@i¤f£i@c@a¤r@ §o£ß ¤p¤r@a¤z@o£ß §dæe@ C@o£mæe¤r@ §g@u¤l@o£sæe@i‰m@a¤ß.


v£a¤l@i@d@a@dæe@ §d@o£ß §a¤l@i‰mæe‰n¤t@o£ß.

C@o£mæe¤r@ §a¤l@i‰mæe‰n¤t@o£ß §c@o£m@ A¤b£u¤s@a¤r@ §d@o£ß §a¤l@i‰mæe‰n¤t@o£ß flf£r@i¤t@o£ß.


40
m@u@i¤t@o£ ¤s@a¤l@.
➜ A saúde do seu corpo

E tu,
cuidas da
tua saúde?
Como?

Pede a alguém que escreva a tua resposta.

41
Avaliação
1 Numera os desenhos de 1 a 3, de acordo com a sua ordem no tempo.

2 Pinta de acordo com as indicações.

A camisola da rapariga.

A camisola do rapaz.

Os sapatos da criança
que usa óculos.

As calças da criança
mais alta.

3 Pinta as situações correctas.

T@o£m@a¤r@ flb£a‰n¤h@o£. U¤s@a¤r@ flr@o£u¤p@a@ N@ã@o£ fll@a¤v£a¤r@


42 fll@a¤v£a@d@a@. §o£ß §dæe‰n¤tæe¤ß.
Avaliação
4 Assinala com ✗ a refeição saudável.

5 Assinala com ✗ o que devemos beber para ter saúde.

Água Sumos de Refrigerantes Leite


frutos frescos

J á s e i .. .
6 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Observar a Natureza.
Falar do estado do tempo.
Dizer quais são as minhas preferências.
Dizer por que não gosto de algumas coisas.
Comparar-me com a minha família.
Comparar-me com os meus colegas.
Identificar as partes do corpo humano.
Praticar regras de higiene do corpo.
Praticar regras de higiene alimentar.
43
À descoberta de si mesmo

A segurança do nosso corpo


Andar na rua

A¤t¤r@a¤vÆe¤s¤s@a@ ¤s@ó£ O@l¤h@a@ ¤p@a¤r@a@ §a@ æe¤s@q@uæe¤r@d@a@ A¤t¤r@a¤vÆe¤s¤s@a@ n@a¤ß


c@o£m@ §o£ ¤s@i‰n@a¤l@ æe@ §dæe¤p@o£i¤ß ¤p@a¤r@a@ §a@ §d@i¤ræe@i¤t@a@. ¤p@a¤s¤s@a@dæe@i¤r@a¤ß.
vÆe¤r@dæe@.

C@i¤r@c@u¤l@a@ ¤pæe¤l@o£ß C@i¤r@c@u¤l@a@ ¤pæe¤l@a@ flbÆe¤r‰m@a@ N@ã@o£ flb£r@i‰n@q@uæe¤ß


¤p@a¤s¤sæe@i@o£ß. æe¤s@q@uæe¤r@d@a@ §d@a@ n@a@ flr@u@a@.
æe¤s¤t¤r@a@d@a@, ¤sæe@ n@ã@o£
flh@o£u¤vÆe¤r@ ¤p@a¤s¤sæe@i@o£ß.
Ordena as imagens de 1 a 3. Conta a história.

Discutir com os alunos episódios da vida quotidiana relativos à circulação rodoviária.

44 Reflectir sobre as normas de segurança a seguir.


➜ A segurança do seu corpo

Em casa
Pinta de – Acho bem e de – Acho mal.

N@ã@o£ mæe¤xæe¤r@ æe‰m@ B£r@i‰n@c@a¤r@ §c@o£m@ §o£ flf£o£g@o£.


¤p¤r@o£d@u¤t@o£ß flt@ó£x@i@c@o£ß.

B£r@i‰n@c@a¤r@ §c@o£m@ U¤s@a¤r@ §o£b£jæe@c¤t@o£ß §c@o£r¤t@a‰n¤tæe¤ß §c@o£m@


mæe@d@i@c@a‰mæe‰n¤t@o£ß. §c@u@i@d@a@d@o£, n@a@ ¤p¤ræe¤sæe‰n@ç@a@ §dæe@ §a@d@u¤l¤t@o£ß.

N@ã@o£ ¤sæe@ §dæe¤b£r@u@ç@a¤r@ æe‰m@ S@u¤b£i¤r@ ¤p@a¤r@a@ fll@o£c@a@i¤ß


¤j@a‰næe¤l@a¤ß §o£u@ v£a¤r@a‰n@d@a¤ß. ¤pæe¤r@i@g@o£s@o£ß.
Dialogar sobre as situações ilustradas.
Fazer um painel com algumas das normas de prevenção de acidentes domésticos. 45
À descoberta de si mesmo

Cuidados com a electricidade

Assinala com ✗ o que está correcto.

N@ã@o£ mæe¤xæe¤r@ æe‰m@ flt@o£m@a@d@a¤ß Pæe@g@a¤r@ n@a¤ß flf£i@c¤h@a¤ß


§dæe@ §c@o£r¤ræe‰n¤tæe@. æe¤læé@c¤t¤r@i@c@a¤ß §c@o£r¤ræe@c¤t@a‰mæe‰n¤tæe@.

N@ã@o£ @u¤s@a¤r@ §a¤p@a¤ræe¤l¤h@o£ß L@a¤v£a¤r@ §a¤p@a¤ræe¤l¤h@o£ß


æe¤læé@c¤t¤r@i@c@o£ß §c@o£m@ §o£ §c@o£r¤p@o£ æe¤læé@c¤t¤r@i@c@o£ß §a@i‰n@d@a@ fll@i@g@a@d@o£ß
m@o£l¤h@a@d@o£. §à@ §c@o£r¤ræe‰n¤tæe@.

Sæe@ §c¤hæe@i¤r@a¤r@ §a@ §g@á¤ß, n@ã@o£ T@o£c@a¤r@ æe‰m@ fll@â‰m¤p@a@d@a¤ß


fll@i@g@a¤r@ §o£ @i‰n¤tæe¤r¤r@u¤p¤t@o£r@ §c@o£m@ §a@ §c@o£r¤ræe‰n¤tæe@ fll@i@g@a@d@a@.
æe¤læé@c¤t¤r@i@c@o£ næe‰m@ flf£a¤zæe¤r@ §c¤h@a‰m@a@.
46 Discutir as situações de perigo.
➜ A segurança do seu corpo

Desenha uma situação de perigo que tenhas vivido.


Explica aos colegas o que aconteceu.

Dialogar sobre as situações de perigo vividas pelos alunos.


Reflectir sobre os cuidados a ter, caso a caso, para as evitar. 47
À descoberta de si mesmo

Respeita os sinais de perigo!

Liga correctamente.

Perigo!
Electricidade

Perigo
de incêndio

Perigo!
Veneno

Em caso de acidente ligar 112


Desenhar e pintar sinais de perigo.

48 Dialogar com os alunos a propósito do uso/abuso do número 112.


➜ O seu passado próximo

Um dia...
Dia
24 horas
Desenha o que fazes durante um dia da semana.

49
CCA1-EM-04
À descoberta de si mesmo

Assinala com ✗ o que costumas fazer num dia de aulas.


Sim Não

Levanto-me.

Lavo-me.

Tomo o pequeno-almoço.

de carro.

Vou para a escola a pé.

de transporte público.

Almoço na escola.

em casa.

Faço os trabalhos de casa.

Brinco.

Vejo televisão antes de jantar.

Janto.

Deito-me cedo.

50 Dialogar sobre o que se faz ao longo do dia.


➜ O seu passado próximo

A semana
A semana tem 7 dias

Assinala de o dia que é hoje, de o dia que foi ontem e de o dia que será amanhã.

Domingo

Sábado Segunda-feira

Sexta-feira Terça-feira

Quinta-feira Quarta-feira

Desenha.

O que fiz ontem. O que faço hoje. O que penso fazer amanhã.

51
À descoberta de si mesmo

Completa com o numeral correspondente.

o£ o£
2.
1. 3 o£
. 4. 5. 6. 7. o£ o£ o£ o£
Segunda-feira é o dia da semana
Terça- feira é o dia da semana
Quarta-feira é o dia da semana
Quinta-feira é o dia da semana
Sexta-feira é o dia da semana
Sábado é o dia da semana
Domingo é o dia da semana

Liga como no exemplo.

Se hoje é... Ontem foi...


Domingo • • Segunda-feira
Terça-feira • • Quarta-feira
Quinta-feira • • Domingo
Segunda-feira • • Sábado
Quarta-feira • • Terça-feira
Sábado • • Sexta-feira
Sexta-feira • • Quinta-feira

Pinta, na tira, o espaço correspondente ao dia da semana que é hoje.

Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo

52
➜ O seu passado próximo

Cola as etiquetas com o nome dos dias da semana que encontras nos anexos, no fim do livro.
Desenha o que costumas fazer ao longo da semana.

Comparar o que os alunos fazem ao longo da semana: as semelhanças e as diferenças. 53


À descoberta de si mesmo

Desenha o que gostarias de fazer amanhã, depois das aulas.


Compara as tuas intenções com as dos teus colegas.

A Joana e o irmão, Pedro, vão fazer bolinhos no próximo fim-de-semana.


Queres a receita deles?
Diverte-te a cozinhar!

Beijinhos de chocolate

Ingredientes
250 gramas de coco
250 gramas de açúcar
250 gramas de chocolate
em pó
4 ovos
Misturar os ingredientes todos.
Formar bolinhas com a mão
e polvilhar, em seguida, com
açúcar.

54
➜ As suas perspectivas para o futuro próximo

Desenha como tencionas passar as férias de Natal.

Conversar sobre o que se vai fazer depois das aulas, amanhã, nas férias...
Falar dos projectos para o futuro. 55
Avaliação
1 Pinta de – Acho bem e de – Acho mal.

Ræe¤s¤pæe@i¤t@a¤r@ §o£ß C@i¤r@c@u¤l@a¤r@ ¤pæe¤l@a@ flbÆe¤r‰m@a@ B¤r@i‰n@c@a¤r@ n@o£ mæe@i@o£


¤s@i‰n@a@i¤ß fll@u‰m@i‰n@o£s@o£ß. æe¤s@q@uæe¤r@d@a@ §d@a@ æe¤s¤t¤r@a@d@a@. §d@a@ flr@u@a@.
2 Assinala com ✗ o que achas bem.

B¤r@i‰n@c@a¤r@ §c@o£m@ N@ã@o£ ¤sæe@ §dæe¤b£r@u@ç@a¤r@ æe‰m@ N@ã@o£ mæe¤xæe¤r@ æe‰m@


§o£b£jæe@c¤t@o£ß §c@o£r¤t@a‰n¤tæe¤ß. ¤j@a‰næe¤l@a¤ß §o£u@ v£a¤r@a‰n@d@a¤ß. ¤p¤r@o£d@u¤t@o£ß flt@ó£x@i@c@o£ß.
3 Liga correctamente.

Perigo! Perigo!
Perigo de incêndio Veneno Electricidade
56
Avaliação
4 Pinta de o dia da semana que é hoje.
Pinta de o dia da semana que foi ontem.
Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo

5 Desenha.
O que vou fazer Prendas que gostaria
no próximo domingo. de receber no Natal.

J á s e i .. .
6 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Praticar regras de segurança rodoviária.


Evitar acidentes domésticos.
Praticar normas de segurança com a electricidade.
Identificar sinais de perigo.
Dizer o que fiz ontem, o que faço hoje e o que farei amanhã.
Contar coisas que fiz no passado.
Projectar o que vou fazer no futuro.
57
À descoberta dos outros e das instituições

À descoberta dos outros e das instituições

Sæe¤r¤v£i@ç@o£ß:
– B£i¤b£l@i@o£tæe@c@a@ – E¤s@c@o£l@a@
– H@o£s¤p@i¤t@a¤l@ – I‰n¤f£a‰n¤t@á¤r@i@o£
– Tæe@a¤t¤r@o£ – C@â‰m@a¤r@a@ M@u‰n@i@c@i¤p@a¤l@
– C@i‰næe‰m@a@ – B@o£m¤bÆe@i¤r@o£ß
– C@o£r¤ræe@i@o£ß
– F@i‰n@a‰n@ç@a¤ß
– Ræe@g@i¤s¤t@o£ C@i¤v£i¤l@
– P@o£l@í@c@i@a@ §dæe@ Sæe@g@u¤r@a‰n@ç@a@

@o£n @á¤r@i@o£ß
F@u‰n@c@ i
P

A@c¤t@o£ræe¤ß P¤ræe¤s@i@dæe‰n¤tæe@
@@o£l í c i@a¤
ß

Mæé
@d@i c@o P¤r@o£fÆe¤s¤s@o£ræe
£ß ¤ß
58
J@u@í¤zæe¤ß A@d¤v£o£g@a@d@o£ß
P@a@d¤ræe@ 59
À descoberta dos outros e das instituições

A família

Observa a família do Tiago.

Tiago Irmã Prima

Mãe Pai Tia Tio

Avó Avô Avó Avô

60 Observar as figuras. Falar das relações de parentesco.


➜ Os membros da sua família

Desenha a tua família e escreve os seus nomes.

Eu Irmãos

Pais
Avós maternos Pai Avós paternos

Avô Mãe Avô

Avó Avó

Tios Primos

Trazer para a escola fotografias da família.


Falar da sua família: nomes, apelidos, sexo, idade e outras características.
Fazer um painel com as famílias dos alunos da turma.
Descobrir relações de parentesco. 61
À descoberta dos outros e das instituições

Os amigos
Observa os amigos do Tiago.

O Tiago tem muitos amigos. Alguns moram junto dele. São vizinhos.
Também conhece outras pessoas. Eis algumas delas:

O ¤sæe‰n¤h@o£r@ J@ú¤l@i@o£ æé@ O ¤sæe‰n¤h@o£r@ M@a‰n@uæe¤l@ æé@


¤s@a¤p@a¤tæe@i¤r@o£. t@a¤l¤h@a‰n¤tæe@.

A §d@o£u¤t@o£r@a@ Tæe¤ræe¤s@a@ A §d@o£n@a@ P@a¤l‰m@i¤r@a@ æé@


æé@ ¤pæe@d@i@a¤t¤r@a@. æe‰m¤p¤ræe@g@a@d@a@ §d@o£mæé¤s¤t@i@c@a@.
62 Conhecer o nome, a idade e o sexo de pessoas com quem os alunos se relacionam.
➜ Outras pessoas com quem mantém relações próximas

Desenha pessoas que conheces ou de quem és amigo.


Diz os seus nomes, idade e sexo e outras características que aches importante mencionar.

Fazer painel com pessoas amigas e conhecidas das crianças.


Saber se existem conhecidos comuns. 63
À descoberta dos outros e das instituições

Na escola
Observa as pessoas da escola do Tiago.

Desenha pessoas que conheces na tua escola.


Fala delas.

64 Conversar sobre a escola e a vida escolar.


➜ A sua escola

Completa com a ajuda do teu professor ou da tua família.

Na minha escola há:


rapazes raparigas
alunos:
homens mulheres
professores:
homens mulheres
auxiliares de acção educativa:
outros:

-se:
O(A) meu(minha) professor(a) chama

O meu horário é:
de manhã e de tarde
de manhã
de tarde
Do que gosto menos na escola.
Do que gosto mais na escola.

Conversar sobre as funções dos membros da comunidade escolar.


65
CCA1-EM-05
À descoberta dos outros e das instituições

Discute, com os teus colegas, os direitos e os deveres de cada um (alunos, professores, pais,
funcionários...). No fim, faz um painel com textos e desenhos sobre este tema.

Liga correctamente.

A¤j@u@d@a@ §o£ß §a¤l@u‰n@o£ß


æe@ §c@u@i@d@a@ §d@a@ æe¤s@c@o£l@a@.

E‰n¤s@i‰n@a@ æe@ §a¤j@u@d@a@


§a@ §a¤p¤ræe‰n@dæe¤r@.

E¤s¤t@u@d@a‰m@ æe@ §a¤p¤ræe‰n@dæe‰m@.

A@c@o£m¤p@a‰n¤h@a‰m@
§o£ß flf£i¤l¤h@o£ß æe@ §c@o£l@a¤b£o£r@a‰m@
§c@o£m@ §a@ æe¤s@c@o£l@a@.

66 Discutir os direitos e os deveres de alunos, professores, não-docentes e pais.


➜ A sua escola

Combina com os teus colegas as tarefas a realizar na escola e os seus responsáveis.

Cartaz de tarefas
Tarefas Responsáveis
Cuidar das plantas

O cantinho dos livros

Arrumação dos materiais

Distribuir tarefas para a organização e manutenção da sala de aula e da escola.


Fazer um cartaz.
67
À descoberta dos outros e das instituições

O que vou fazer hoje

Planifica as actividades.

Planificação
Área Actividades

Língua Portuguesa

Estudo do Meio

Matemática

Outras áreas

O que consegui fazer:

O que fica para fazer depois:

Como trabalhei hoje:

Apoiar os alunos na planificação e organização do trabalho, na sala de aula.


68
➜ A sua escola

Observa as gravuras.

Pinta de – Acho bem e de – Acho mal.

Eu
penso…

D@a¤r@ §a@ §o£p@i‰n@i@ã@o£. F@a¤l¤t@a¤r@ §à@ æe¤s@c@o£l@a@. E¤s¤t@a¤r@ §a¤tæe‰n¤t@o£.

π¤l@a‰n@i¤f£i@c@a¤r@ P@a¤r¤t@i@c@i¤p@a¤r@ n@o£ß C¤hæe@g@a¤r@ flt@a¤r@dæe@


§o£ flt¤r@a¤b£a¤l¤h@o£. flt¤r@a¤b£a¤l¤h@o£ß. §à@ æe¤s@c@o£l@a@.

O£r@g@a‰n@i¤z@a¤r@ §o£ß F@a¤l@a¤r@ n@a@ Dæe@i¤x@a¤r@ §o£ß


m@a¤tæe¤r@i@a@i¤ß. ¤s@u@a@ vÆe¤z@. ¤s@a‰n@i¤t@á¤r@i@o£ß fll@i‰m¤p@o£ß.

F@a¤zæe¤r@ flb£a¤r@u¤l¤h@o£. S@u¤j@a¤r@ §a@ ¤s@a¤l@a@. E¤s¤t@u@d@a¤r@ §a¤ß fll@i@ç@õÆe¤ß. 69


À descoberta dos outros e das instituições

Vem aí o Natal!

Enfeita a árvore de Natal com desenhos ou recortes.

Completa com a ajuda de um amigo.

Neste Natal o que mais desejo é

70
➜ O Natal

Canção de Natal
Entrai, pastores, entrai
Por este portal sagrado
Vinde adorar o Menino
Numas palhinhas deitado.
Pastorinhos do deserto
Todos correm para o ver.
Trazem mil e um presentes
Para o Menino comer.
Alegrem-se o céu e a terra
Cantemos com alegria.
Que nasceu o Deus Menino
Filho da Virgem Maria.

Observar a figura. Conversar sobre ela. Ouvir ler a poesia. Aprender a canção. Modelar as figuras do presépio. 71
Avaliação
1 Desenha a tua família.

2 Desenha os teus amigos da escola.

3 Pinta as situações que achas correctas.

4 Assinala com ✗ o que achas bem.

72
Avaliação
5 Desenha o presépio que gostarias de preparar.

J á s e i .. .
6 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Distinguir as pessoas da minha família.


Identificar os graus de parentesco.
Representar a minha família.
Falar dos amigos de fora da escola.
Falar dos amigos da escola.
Dizer o nome do(a) meu(minha) professor(a).
Nomear outras pessoas da escola.
Participar na organização da sala de aula.
Trabalhar em grupo.
Cantar uma canção de Natal, em grupo.
73
À descoberta do ambiente natural

À descoberta do ambiente natural

74
75
À descoberta do ambiente natural

Chegou o Inverno!

Observa as figuras e fala sobre a Natureza nesta época do ano.

E¤s¤t@á@ m@u@i¤t@o£ flf£r@i@o£. A¤ß §á¤r¤v£o£ræe¤ß flf£i@c@a‰m@ flt¤r@i¤s¤tæe¤ß,


¤sæe‰m@ flf£o£l¤h@a¤ß...

A §c¤h@u¤v£a@ §c@a@i@, P@o£r@ vÆe¤zæe¤ß §c@a@i@ næe¤vÆe@. O£ß


flf£o£r¤tæe‰mæe‰n¤tæe@. flf£l@o£c@o£ß §d@a‰n@ç@a‰m@ §a@o£ vÆe‰n¤t@o£...

Observar o meio. Ouvir os seus sons. Reproduzi-los.


Fazer gravações dos sons ouvidos/produzidos.

76 Procurar saber quais os trabalhos agrícolas nesta época do ano.


➜ Chegou o Inverno!

O£ß §a‰n@i‰m@a@i¤ß flræe@c@o£l¤hæe‰m@-¤sæe@… E¤s¤t@á-¤sæe@ flbÆe‰m@ §a@o£ ¤pæé@ §d@o£ fll@u‰mæe@...

E¤s¤t@a‰m@o£ß n@o£ I‰n¤vÆe¤r‰n@o£!


Fazer um painel de Inverno com pintura, recorte e colagem.
Desenhar um dia de Inverno. 77
À descoberta do ambiente natural

Os seres vivos
Observa a figura.

Os animais e as plantas são seres vivos: nascem, alimentam-se,


78 crescem, reproduzem-se e morrem.
➜ Os seres vivos do seu ambiente

Responde.

Quantos animais há no lago?


Quantos cogumelos vês na imagem?
Quantos coelhos encontras?
E quantas pessoas estão lá?
Vês algum ser que não é vivo? Escreve o seu nome.
79
À descoberta do ambiente natural

Faz um percurso na Natureza. O que observaste?

Completa o quadro desenhando ou escrevendo os nomes dos seres que encontraste.

Seres vivos
Seres não vivos
Animais Plantas

Observar o meio ambiente.


Recolher plantas ou parte de plantas.
Recolher pequenos animais: formigas, escaravelhos, bichos-de-conta...

80 Fazer um cartaz com animais do seu meio ambiente.


➜ Os seres vivos do seu ambiente

Desenha um ser vivo que viva contigo.

Observa o ser vivo que vive contigo e assinala com ✗ o que está correcto.

Sim Não
É um animal.
É uma planta.
Move-se.
Alimenta-se.
81
CCA1-EM-06
À descoberta do ambiente natural

Assinala com ✗ o que achas bem.

82 Discutir os cuidados a ter com os animais e com as plantas.


➜ Os seres vivos do seu ambiente

Fases da vida animal

Observa as imagens. Ordena-as de 1 a 6.

A ¤p@a¤t@i‰n¤h@a@ n@a¤s@cæe@ A ¤p@a¤t@a@ m@o£r¤ræe@. A¤l@i‰mæe‰n¤t@a-¤sæe@, §c¤ræe¤s@cæe@,


§d@o£ §o£v£o£. m@o£v£i‰mæe‰n¤t@a-¤sæe@.

P@õÆe@ §o£v£o£ß. C¤h@o£c@a@ §o£ß §o£v£o£ß F@i@c@a@ §a@d@u¤l¤t@a@.


¤p@a¤r@a@ n@a¤s@cæe¤ræe‰m@
n@o£v£o£ß ¤p@a¤t@i‰n¤h@o£ß.
Falar sobre as diferentes fases da vida dos animais. 83
À descoberta do ambiente natural

Observa as figuras.

Liga correctamente.

84
➜ Os seres vivos do seu ambiente

Cultivar plantas na escola

Experiência 1
lhado, junto de uma janela.
Coloca alguns feijões em algodão mo
Vai regando o algodão.
s fases.
Regista o que vais vendo nas diferente

o 5.o dia
1. dia

15.o dia
8.o dia

Ordena de 1 a 4 as fases do desenvolvimento do feijão.

85
À descoberta do ambiente natural

Experiência 2
abacaxi.
Tira as folhas de um ananás ou de um
Planta-as na terra. Rega-as bem.
Que acontece?

Experiência 3
água, de modo que
Põe uma batata-doce num frasco com
uma parte fique fora de água.
Espera uns dias.
Que acontece?

.
Desenha como ficou a tua batata-doce

86
➜ Os seres vivos do seu ambiente

Descobre quantos pássaros há na figura.

Há pássaros.

Animais na escola
Assinala com ✗ os animais que existem na tua escola.

Se na tua escola existem animais, explica como ajudas a tratar deles.


87
À descoberta do ambiente natural

Como está agora o tempo?

Assinala com ✗ o estado do tempo em cada dia da semana.

sol encoberto sol e nuvens chuva vento neve

Segunda-feira

Terça-feira

Quarta-feira

Quinta-feira

Sexta-feira

Sábado

Domingo

Observa o quadro e compara-o com o quadro do tempo na página 16 deste manual.


Diz quais são as semelhanças e as diferenças do estado do tempo nas duas semanas.

88
➜ Os aspectos físicos do meio local

Os dias e as noites

Observa como os dias e as noites variam ao longo do ano.

Inverno Primavera

No Inverno, os dias são pequenos e as No princípio da Primavera, os dias são


noites grandes. iguais às noites. Depois vão crescendo
até à chegada do Verão.

Verão Outono

No Verão, os dias são grandes No princípio do Outono, os dias são


e as noites curtas. iguais às noites. Depois, as noites vão
crescendo até à chegada do Inverno.

Assinala com ✗ como são agora os dias e as noites.


89
À descoberta do ambiente natural

A água na Natureza

Dialogar com as crianças sobre a água na Natureza.

90 Fazer um cartaz alusivo ao tema.


➜ Os aspectos físicos do meio local

Assinala com ✗ os locais onde se encontra água na Natureza, na tua região.

Falar sobre os locais onde existe água na Natureza, na sua localidade.


91
À descoberta do ambiente natural

A Natureza
Faz um passeio pelo campo: observa as cores, ouve os sons, sente os cheiros da Natureza...

Desenhar um passeio pelo campo.

92 Ouvir os sons da Natureza. Reproduzi-los (vento, água, animais...).


➜ As cores, os sons e os cheiros da Natureza

Sons da Natureza

Dramatiza: faz de conta que és uma rãzinha.

As rãzinhas
Todas as rãzinhas
gostam de nadar,
gostam de saltar.
Na água estão contentes,
Sempre a coaxar!
Cruá... cruá... cruá...

Liga correctamente.

cri... cri...

zum... zum ...

á...
cruá... cru

ão... ão
...

piu... piu...
93
À descoberta do ambiente natural

Cheiros da Natureza
Observa a figura.

A B C D E

Assinala com ✗ a flor que a menina está a cheirar.

A B C D E

Jogo:
Pelo cheiro é...
Tapar os olhos e distinguir, pelo cheiro, vários produtos:

• terra

• frutos

• flores
É salsa!
• legumes

• ervas de cheiro
94
➜ As cores, os sons e os cheiros da Natureza

Cores da Natureza

Recorta de revistas frutos amarelos e cola-os neste espaço.

Pinta a paisagem com as cores da Natureza.

95
Avaliação
1 Assinala com ✗ os seres vivos.

2 Ordena de 1 a 3 as fases da vida deste animal.

3 Ordena de 1 a 3 as fases da vida desta planta.

4 Assinala com ✗ o estado do tempo, hoje.

96
Avaliação
5 Completa com as palavras do quadro. Primavera Outono
Verão Inverno
No os dias são longos e as noites curtas.
Na e no os dias são iguais às noites.
No os dias são curtos e as noites longas.

6 Desenha uma paisagem onde se veja água na Natureza.

J á s e i .. .
7 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Dizer como é o tempo no Inverno.


Reconhecer um ser vivo.
Identificar as fases da vida de um animal e de uma planta.
Tratar bem os animais.
Cuidar das plantas.
Identificar a água na Natureza (nas diversas formas).
Identificar sons da Natureza.
Identificar cheiros da Natureza.
Identificar cores da Natureza.
97
CCA1-EM-07
À descoberta das inter-relações entre espaços

À descoberta das inter-relações entre espaços

98
99
À descoberta das inter-relações entre espaços

A casa
A casa da Elsa

Assinala com ✗ a resposta correcta e completa.

A casa da Elsa é:
uma moradia um andar
Tem divisões.

Descrever a casa da Elsa.

100 Falar dos diferentes espaços e suas funções.


➜ A casa

Observa a casa da Elsa.

Descobre onde está escondida a menina.


Segue as pistas.

Não está no lugar onde se faz compota de pêssego.

Uma aranha que está no lugar onde se guardam os livros


não a viu.

Não está no lugar onde se tem belos sonhos.

Uma mosca que está em cima da televisão também não a viu.

A Elsa está .

Para que serve cada divisão da casa?


Liga correctamente.

Para dormir, descansar,


estudar e brincar.

Para preparar as refeições.

Para cuidar da higiene do corpo.

Para conviver, descansar


ou tomar as refeições.
101
À descoberta das inter-relações entre espaços

Desenha a tua casa por dentro…

... e por fora.

Assinala com ✗ a resposta correcta.

Eu moro

102 numa moradia num andar noutro local


➜ O espaço da sua escola

A escola
A escola da Elsa vista por fora

Escreve as palavras no lugar correcto.

escola átrio parque infantil

portão jardim horta

Observar a figura.
Comparar esta escola com a sua (tamanho, estado de conservação, espaços...). 103
À descoberta das inter-relações entre espaços

Desenha a tua escola por fora.

104
➜ O espaço da sua escola

A escola da Elsa por dentro

Coloca os números no local correcto.


1 – sala de aula 6 – gabinete da direcção
2 – refeitório polivalente 7 – biblioteca
3 – cozinha 8 – gabinete médico
4 – sala de professores 9 – arrecadação
5 – sanitários 10 – sala de informática
Observar a figura.
Falar dos espaços da escola.
Comparar com a sua escola. 105
À descoberta das inter-relações entre espaços

Liga correctamente.

Estudo e aprendo.

Alimento-me.

Leio e investigo.

Cuido da higiene pessoal.

Divirto-me ou descanso.

106 Falar dos diferentes espaços da escola e das respectivas funções.


➜ O espaço da sua escola

Onde devem estar os objectos?

Liga correctamente como no exemplo.

Conversar sobre a escola e os seus equipamentos e sobre o modo de os utilizar sem os estragar. 107
Avaliação
1 Desenha a tua casa e completa.

A minha casa tem divisões.

Durmo só. Durmo acompanhado.

2 Liga os objectos à divisão a que pertencem.

108
Avaliação
3 Desenha a tua escola. Completa.

A minha escola tem

sala(s) de aula.

4 Assinala com ✗ outros espaços que existem na tua escola.

J á s e i .. .
5 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Desenhar a minha casa.


Dizer para que servem os espaços da casa.
Desenhar a minha escola.
Reconhecer os espaços da minha escola.
Identificar as funções dos espaços da escola.
Identificar objectos característicos dos diferentes espaços da escola.
109
À descoberta das inter-relações entre espaços

Os itinerários

Com o dedo, e depois com o lápis, segue as linhas que te mostram o caminho para as casas do
110 Hélder, do esquilo, do pássaro e da aranha.
➜ Os seus itinerários

Observar a figura. Falar dela.


Inventar outros itinerários. 111
À descoberta das inter-relações entre espaços

Observa os itinerários da Elsa e do Tiago para chegarem à escola.

Assinala a o caminho que a Elsa percorre para ir para a escola e a o do Tiago.

Dialogar com os alunos a propósito dos seus itinerários de casa para a escola. Compará-los: quem vem de mais longe,
112 quem vive mais perto, quem é vizinho de quem...
➜ Os seus itinerários

Responde.
Que itinerário poderia seguir a Elsa para ir ao supermercado?

Se o Tiago quiser comprar um gelado no café, por onde pode ir?

Marca a o caminho do Tiago até ao jardim, passando primeiro pela casa da Elsa.
Inventa outros itinerários.

113
CCA1-EM-08
À descoberta das inter-relações entre espaços

Desenha o itinerário que segues para ires de tua casa até à escola.

Risca o que não está correcto.

Eu moro perto longe da escola.

Completa com o nome de um amigo e assinala com ✗ a resposta correcta.

mora mais perto da escola do que eu.


O meu amigo
114
mora mais longe da escola do que eu.
➜ Os seus itinerários

Itinerários nos tempos livres

Desenha os itinerários que costumas percorrer nos tempos livres.

Assinala com ✗ os locais onde costumas ir nos tempos livres.

Ao mercado. A casa dos amigos.


Ao parque/jardim. Ao cinema.
Ao centro comercial. À praia.
Ao rio. Ao campo.
Ao jardim zoológico. A casa de familiares.
A outros locais. Quais?
115
À descoberta das inter-relações entre espaços

Posições no espaço

Observa as figuras.

DENTRO FORA

EM CIMA EM BAIXO

PERTO LONGE
116
➜ Localizar espaços em relação a um ponto de referência

À FRENTE ATRÁS

AO LADO ENTRE

À DIREITA À ESQUERDA

Desenha uma bola nas posições indicadas.

Em cima Ao lado À frente Na mão Na mão


da cabeça dos pés da menina direita esquerda
da menina da menina 117
À descoberta das inter-relações entre espaços

Chegou a Primavera!

As crianças andam felizes. Os dias já são

maiores, as árvores cobrem-se de folhinhas, as

flores nascem por todo o lado, o verde invade os

campos. Os animais saem dos seus abrigos. Os

passarinhos fazem o ninho com todo o cuidado.

O ar fica cheio dos chilreios dos passarinhos novos.

As andorinhas regressam aos beirais das casas.

Observar as figuras. Ouvir e ler o texto.


118 Observar a Natureza. Caracterizar esta estação do ano.
➜ Chegou a Primavera!

Pinta de acordo com as indicações.

7 3

4
3
1
4
2

3 1 3 4

4 4
5
4 5 7
7 5
7 4
5 5 5 7 5
4 5
4 4 4 4

1 – 2 – 3 – 4 – 5 – 6 – 7 –

Desenha um dia de Primavera.

119
Avaliação
1 Ajuda o cãozinho a descobrir o caminho até à sua casota.

2 Desenha as nas posições indicadas.

T¤ræê¤ß m@a@ç@ã¤ß D@u@a¤ß m@a@ç@ã¤ß


120 §dæe‰n¤t¤r@o£ §d@a@ §cæe¤s¤t@a@. flf£o£r@a@ §d@a@ §cæe¤s¤t@a@.
Avaliação
3 Desenha um nas posições indicadas.

E‰m@ §c@i‰m@a@ Dæe¤b£a@i¤x@o£ A@o£ fll@a@d@o£ A¤t¤r@á¤ß §d@a@


§d@a@ §c@a@dæe@i¤r@a@. §d@a@ §c@a@dæe@i¤r@a@. §d@a@ §c@a@dæe@i¤r@a@. §c@a@dæe@i¤r@a@.
4 Observa a gravura. Completa.

atrás lado

esquerda direita

à frente
O Pedro foi à festa da vila. Na mão tem um balão.
Na mão tem um gelado.
O carrinho dos gelados está dele. O cão, Pantufa,
está dele. Ao do Pantufa está a
Patusca. Eles olham gulosos para o gelado...

J á s e i .. .
5 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Descrever o itinerário de casa até à escola.


Descrever outros itinerários que realizo.
Distinguir a minha direita e a minha esquerda.
Localizar espaços em relação a um ponto de referência.
Falar da Primavera.
121
À descoberta dos materiais e dos objectos

À descoberta dos materiais e dos objectos

122
123
À descoberta dos materiais e dos objectos

Fazer experiências
Pequenos cientistas
O Tiago e a Elsa gostam de fazer experiências. Mas são muito
cuidadosos, para evitar os acidentes!

Tal como eles, cumpre algumas regras de segurança.


– Protege as roupas com uma bata.
– Trabalha sobre uma mesa limpa.
– Prepara todos os materiais que vão ser usados.
– Não proves qualquer produto a não ser na pre-
sença de um adulto.
– Cumpre as orientações dadas pelo(a) professor(a)
ou outro responsável.
– E... muita atenção ao que fazes!
124
➜ Realizar experiências com alguns materiais e objectos de uso corrente

O sal branco
granulado
salgado
Vais precisar de: sal; água; 1 copo

Junta sal à água. Mexe a mistura e prova. Que acontece?


O ¤s@a¤l@
§dæe¤s@a¤p@a¤ræe@cæe@u@!
A §á@g@u@a@ æe¤s¤t@á@
¤s@a¤l@g@a@d@a@!

O açúcar branco
granulado
doce
Vais precisar de: açúcar; água; 1 copo

Junta açúcar à água. Mexe a mistura. Que acontece?

Desenha a tua experiência e regista a tua conclusão.

A água do mar contém sal dissolvido. Podes vê-lo na pele, quando o teu corpo
seca, depois do banho!

Completa de acordo com as tuas conclusões.

O eo dissolveram-se na água.

Explorar as experiências. Evidenciar as propriedades dos materiais. 125


À descoberta dos materiais e dos objectos

O leite
Experiência 1
Cheira o leite, prova-o e
despeja-o para um prato.
Que observas?

Assinala com ✗ a resposta correcta.


Sim
O leite tem sempre a mesma forma?
Não

Experiência 2
de um prato. Deixa-o ao
Despeja um pouco de leite no fundo
ar alguns dias. Que acontece?

Completa o quadro e responde.

Tem cor Tem cheiro Tem sabor Tem forma própria


Sim Não Sim Não Sim Não Sim Não
Leite

Que descobriste acerca do leite?

126 Explorar as experiências. Evidenciar as propriedades do leite.


➜ Realizar experiências com alguns materiais e objectos de uso corrente

A areia
Vais precisar de: areia; água; formas de praia; tabuleiro largo

Põe areia num Junta-lhe água. Enche os moldes.


tabuleiro largo. Volta-os.

Faz construções engraçadas!

Responde.
Que aconteceu à água?

Que aconteceu à areia?

Com areia molhada podes moldar quase todas as formas que quiseres.

Assinala com ✗ a resposta correcta.

Sim
A areia tem sempre a mesma forma?
Não

Explorar as experiências. Evidenciar as propriedades dos materiais. 127


À descoberta dos materiais e dos objectos

A cera
Experiência 1 (fazer só com a ajuda de um adulto) Vais precisar de: 1 vela; fósforos

Observa as figuras e responde.

O que observei?
O que pode ter acontecido?

Completa.
Com o calor, a cera

O papel e a madeira Vais precisar de: papel branco; 1 lápis; 1 tábua

Experiência 1
Que aconteceu?

Experiência 2 Vais precisar de: prato; pedacinhos de papel; pedacinhos de palitos

Prato com pedacinhos de papel Prato com pedacinhos de palitos

Chega um fósforo a arder ao papel. Que acontece?


Chega um fósforo a arder aos palitos. Que acontece?

Completa de acordo com as tuas conclusões.

O papel . A madeira .
128
➜ Realizar experiências com alguns materiais e objectos de uso corrente

O barro
Experimenta trabalhar o barro.
Amassa o barro. Estende-o e bate-o. Fura-o e risca-o.

Molda objectos.

A cortiça
Faz brinquedos com a cortiça.

Compara as propriedades dos materiais e completa o quadro.


Cheiro Tem forma própria
Cor
Sim Não Sim Não
Barro
Cortiça
129
CCA1-EM-09
Avaliação
1 Completa as frases com as palavras do quadro. granulado
O açúcar é , e . doce
salgado
O sal é , e .
branco

2 Completa o quadro.

Cheiro Tem forma própria


Cor
Sim Não Sim Não
Areia
Leite
Cortiça

3 Responde.

Que acontece à cera quando é aquecida?

J á s e i .. .
4 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Cumprir as regras de segurança ao fazer experiências.


Fazer experiências com diferentes materiais.
Distinguir propriedades de alguns materiais.
Assinalar num quadro propriedades de alguns materiais.
130
➜ Comparar alguns materiais segundo propriedades simples

Os corpos têm propriedades!


A forma

A Natureza cria formas.

Os objectos que as pessoas criam também têm formas.

Procura modelar em barro ou pasta de farinha as seguintes formas:

cubo cone cilindro esfera

Recorta de revistas e cola numa folha figuras geométricas semelhantes às seguintes:

triângulo círculo rectângulo quadrado

Conversar com os alunos sobre as formas na Natureza e nos objectos.


Fazer cartazes com estas formas. 131
À descoberta dos materiais e dos objectos

A cor
Completa os quadros como no exemplo.

Vermelho Amarelo Verde Azul Branco Preto Castanho

Cor Forma

§c@u¤b£o£

132
➜ Comparar alguns materiais segundo propriedades simples

A textura

rugoso liso macio áspero

Cola os materiais adequados.

rugoso macio

liso áspero

Fazer um cartaz com texturas (materiais macios, rugosos, lisos, ásperos).


Desenhar e pintar sobre materiais com diferentes texturas.
Recuperar materiais com várias texturas, construindo novos objectos 133
À descoberta dos materiais e dos objectos

O sabor

Experimenta vários sabores e aprende a distingui-los.

salgado doce azedo amargo

Escreve o nome de coisas doces.

O cheiro

Aprende a distinguir diferentes odores.


Cheira
a café!

Completa com o nome de substâncias que reconheces pelo cheiro.

Com cheiro agradável


Com cheiro desagradável

134 Fazer jogos de identificação de sabores e de cheiros, de olhos vendados.


➜ Realizar experiências com o som

Experiências com sons

Observa a figura.

Assinala com ✗ o que produz sons e imita-os.

Ouve os sons do meio em que vives. Identifica-os e desenha a fonte que os produz.

135
À descoberta dos materiais e dos objectos

Produz sons.

Com o corpo:

através das mãos através da voz através de outras


partes do corpo
Com instrumentos musicais…

... de percussão
... de sopro ... de corda
(batendo)

Usando outros materiais...

Experiência
Vais precisar de: vários copos de vidro iguais; água; 1 colher

tidades de água.
Enche os copos com diferentes quan
Que observas?
Bate em cada copo com uma colher.
Jogo:

Identificação de sons
• Adivinhar como são as vozes de
animais, sons da Natureza...
• De olhos vendados, identificar sons
produzidos (chaves, plásticos ou papel
a amarrotar, assobios...).

136
Avaliação
1 Completa o quadro como no exemplo. Forma Cor

Bola æe¤s¤fÆe¤r@a@ §c@a¤s¤t@a‰n¤h@a@


Lata de refrigerante
Cubo de gelo

2 Completa com as palavras do quadro.

Macio
Rugoso
Áspero
Liso

3 Completa o quadro.
Sabor Cheiro
Doce Azedo Salgado Amargo Agradável Desagradável
Compota
Presunto
Limão

J á s e i .. .
4 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Distinguir a forma de alguns objectos.


Identificar a textura de alguns materiais.
Identificar os sabores de alguns materiais.
Identificar alguns materiais pelo cheiro.
Identificar sons da Natureza.
Identificar outros sons.
Produzir sons.
137
À descoberta dos materiais e dos objectos

A água Que forma


Deita a mesma água em recipientes diferentes. tem a água?
Que acontece à água?

Completa de acordo com a tua conclusão.

A água forma própria. Toma a forma do recipiente.

O cheiro e o sabor da água


– Cheira os dois copos.
– Prova a água e o sumo.
– A água é diferente do sumo. Porquê?

Completa de acordo com a tua conclusão.

O sumo de laranja tem cheiro e tem sabor.


A água não tem nem tem .

A cor da água

Observa as figuras e completa de acordo com a tua conclusão.

A água cor.

Completa o quadro de acordo com o exemplo.


Forma própria Sabor Cheiro Cor
Tem Não tem Tem Não tem Tem Não tem Tem Não tem
Sumo ✗
Leite
Água
138
➜ Realizar experiências com a água

Efeitos da água

A água molha.

Experiência 1
Deita a água na farinha. Mistura. Que acontece?

A água e a farinha misturam-se numa massa moldável.


Com a massa de farinha podes moldar objectos.

Experiência 2 Vais precisar de: 3 copos com água; 1 colher de sal; 1 colher de açúcar;
1 colher de café solúvel

Que aconteceu?

Completa de acordo com a tua conclusão.

A água algumas substâncias.


139
À descoberta dos materiais e dos objectos

Experiência 3
Coloca os seguintes objectos dentro de um recipiente com água.

Completa o quadro de acordo com as tuas conclusões.

Flutua Não flutua


Rolha
Prego
Pedra
Madeira

Experiência 4 Vais precisas de: água numa tina; 1 ovo fresco; sal

Põe o ovo na tina com água. Deita o sal na água e mexe.


Observa o que acontece. Que acontece ao ovo?

Completa de acordo com as tuas conclusões.

O ovo na água simples.


Mas se a água estiver salgada.
Nós melhor no mar do que no rio.
140
➜ Manusear objectos em situações concretas

Usa os objectos com cuidado!

Discute com os teus colegas as regras para a utilização de alguns objectos, de modo a garantir a
sua conservação e a nossa segurança.

141
À descoberta dos materiais e dos objectos

Chegou o Verão!

Verão
É uma rosa amarela.
Uma rosa de Verão.
Sempre uma rosa em botão
estava posta à janela.
Quem mora naquela casa
certamente que sabia
quanto essa rosa em botão,
seja branca ou amarela,
perfuma todo o Verão.
Eugénio de Andrade, Aquela nuvem e outras,
Campo das Letras Editores

Lê a poesia.
Inventa uma história de Verão: Quem morará naquela casa? Por que razão põe sempre uma rosa
amarela à janela?

Desenha como pensas passar as férias de Verão.

Falar do Verão. Caracterizar esta estação do ano.


Falar do estado do tempo, das roupas que usamos, dos trabalhos nos campos, das férias...
142 Fazer um painel de Verão.
Avaliação
1 Completa com as palavras do quadro. moldável
molha
dissolve
A água o nosso corpo e outros objectos.
A água o açúcar, o sal e outras substâncias.
A farinha, misturada com água, forma uma pasta .

2 Completa o quadro com ✗.

Forma própria Sabor Cheiro Cor


Não Não Não Não
Tem Tem Tem Tem
tem tem tem tem
Água

3 Completa o quadro com ✗.

Flutua na água Não flutua na água

Prego
Pedra
Cortiça

J á s e i .. .
4 Assinalo com ✗ a figura que está de acordo com o que sei.

Mostrar que a água toma a forma do recipiente que a contém.


Reconhecer as propriedades físicas da água.
Verificar os efeitos da água.
Indicar materiais que flutuam e não flutuam.
Indicar materiais que flutuam e não flutuam.
143
MATERIAIS DIDÁCTICOS AUXILIARES

Estes materiais auxiliares foram seleccionados pelos autores e consultores


pedagógicos da Porto Editora, tendo em vista facilitar a aprendizagem,
desenvolver e consolidar novos conhecimentos no 1.º ano.

Novo Sabe Tudo • 1.º ano


1.º, 2.º e 3.º Trimestres
Uma edição em três volumes, com
novas propostas de abordagem e de
auto-aprendizagem, para ajudar e
estimular a progressão dos alunos
nas áreas fundamentais do currí-
culo.

Oficina dos Artistas


Educação Artística / Expressão Plástica • 1.º ano
Um novo manual, repleto de sugestões de articulação com as outras
áreas do currículo, onde, a partir da Educação Artística / Expressão
Plástica, se trabalham as outras áreas curriculares, nomeadamente o
Estudo do Meio.

Foi também seleccionado este produto multimédia, que proporciona


o contacto com as tecnologias da informação e da comunicação (TIC).

Planeta das Surpresas


Estudo do Meio
Uma aplicação multimédia que apresenta e desenvolve cinco temas básicos:
• As Estações do Ano
• Os Animais
• A Higiene
• O Corpo Humano
• As Profissões
Destaca os autocolantes e cola-os nas páginas respectivas.

Página 16

Página 53

flsæe@g@u‰n@d@a@-flfÆe@i¤r@a@ fltæe¤r@ç@a@-flfÆe@i¤r@a@ §q@u@a¤r¤t@a@-flfÆe@i¤r@a@

§q@u@i‰n¤t@a@-flfÆe@i¤r@a@ flsæe¤x¤t@a@-flfÆe@i¤r@a@ fls@á¤b£a@d@o£

n – Caminhos – 1. o
ano – Estudo do Meio
§d@o£m@i‰n@g@o£
Destaca as partes do corpo humano e monta-o, usando ataches . Coloca um fio
e pendura-o.
n – Caminhos – 1.
o
ano – Estudo do Meio
Certificado
Serve este para certificar que
nascido(a) a de de ,
na freguesia de , concelho de , distrito d ,
filho(a) de
e de ,
residente em ,
frequentando a escola
em , completou com sucesso o estudo e a resolução
das actividades contidas no livro Caminhos – Estudo do Meio – 1. o
ano.
Data:
Assinatura:
Professor / Pai / Mãe / Encarregado de Educação / Monitor / Outros
(Riscar o que não interessa)
Destaca e emoldura este certificado como prova do sucesso da tua aprendizagem. n – Caminhos – 1. o
ano – Estudo do Meio