Sei sulla pagina 1di 1

Adoração e louvor

A bênção do culto
David Karnopp “O Senhor te abençoe nal de concordância, de aprovação. Quando
e te guarde. O Senhor faça os filhos pedem alguma coisa para os pais,
nem sempre os pais precisam responder

E
m cada final de culto, você vê o pas-
resplandecer o seu rosto com palavras. Às vezes, por um simples
tor levantar as mãos e pronunciar a sobre ti e tenha misericórdia sorriso, os filhos já sabem que a resposta é
bênção: “O Senhor te abençoe e te de ti. O Senhor sobre ti levante afirmativa. E o sorriso de Deus para o seu
guarde. O Senhor faça resplandecer o seu o seu rosto e te dê a paz.” povo é a certeza da sua misericórdia.
rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. O Vale lembrar que ele não quer ser
Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê imaginado como um juiz severo, mas, sim,
a paz”. Desde a infância conhecemos esta tenha misericórdia; o Senhor levante o rosto como um Deus gracioso. E a misericórdia
bênção. Apesar disso, e muitas vezes pela e dê a paz. A primeira parte de cada frase de Deus tem a dimensão da obra de Cristo
pressa do culto terminar logo, a grandeza invoca o nome de Deus, e a segunda a sua em favor de nós. Ele veio ao mundo, se co-
e profundidade dela nos passam desperce- ação sobre o seu povo e em favor dele. Ve- locou em nosso lugar, deu a vida por nós,
bidas. Qual é a importância desta bênção jam que elas não são palavras quaisquer. para que nós, pela fé nele, pudéssemos
para a vida da Igreja? Além disso, a palavra bênção tem o receber, de graça, a salvação.
Primeiro, não são palavras humanas; sentido de dar algo bom, de dar o melhor, Levantar o rosto tem o sentido de estar
tampouco são palavras para simplesmente de fazer feliz, de suprir nossas necessida- atento. Aquele que está cabisbaixo, geral-
sinalizar que o culto está terminando. São des, tanto materiais quanto espirituais. E mente, está desatento ao que se passa ao
palavras que Deus mandou o sacerdote só Deus pode nos dar o melhor e nos fazer seu redor. Porém, Deus está atento a tudo
Araão dizer ao povo de Israel, quando este feliz, pois os que estão sob a bênção de Deus o que acontece com seu povo, e o seu olhar
peregrinava pelo deserto (Nm 6.22-27). Por estão bem guardados e protegidos, inclu- é olhar da paz. Esta paz de Deus é tudo o
isso, é chamada de bênção araônica. Para sive do poder do diabo. Deus não somente que Deus tem de bom para os seus filhos,
o povo de Israel, esta bênção era a certeza nos dá coisas boas, mas afasta de nós tudo principalmente o perdão obtido por Cristo
da companhia de Deus na dura caminhada o que causa mal, tanto para o corpo como na cruz. Aliás, é só através de Cristo que
pelo deserto. E na nossa dura caminhada para a alma. Lembrando que a bênção de podemos ver o rosto gracioso de Deus.
de hoje, as palavras desta bênção, são de Deus não pode ser retirada ou modificada Ouvir a bênção ao final de cada culto
grande valor. Além dela, outras formas de por ninguém, mas, infelizmente, nós (por é maravilhoso, pois ela é a certeza de que
bênçãos também são usadas no culto. descrença) podemos nos desviar dela. Deus está conosco. Assim, fortalecidos pela
Segundo, estas palavras são uma prova A expressão resplandecer o rosto traz a Palavra e pelos Sacramentos, podemos
da bondade e misericórdia de Deus. Esta ideia de rosto sorridente, e o sorriso é um si- voltar aos nossos lares e trabalhos com
bênção é formada por a certeza de que não
três frases, e, em cada estamos sós. Em tudo,
uma delas, o nome do a bênção de Deus nos
Senhor é repetido três acompanha. Além de
vezes. Isso lembra que que sob a bênção de
as bênçãos vêm do Deus podemos repar-
Pai, do Filho e do Espí- tir a paz com o nosso
rito Santo. A repetição próximo, dando alegre
também é uma ênfase testemunho da miseri-
de que o Senhor é córdia divina.
a fonte de todas as Que Deus, em bon-
bênçãos. Cada uma dade, nos mantenha
das três frases tem o debaixo dela! m

Senhor como sujeito e


é sempre seguido por
dois verbos: O Senhor
David Karnopp, pastor em
abençoe e guarde; o Vacaria, RS. Membro da
Senhor resplandeça e Comissão de Culto da IELB

8 Mensageiro Luterano | Setembro 2010 | Nº 9 | Ano 93


Foto: Rodrigo Abreu/ Arquivo

ML Set 2010.indd 8 16/8/2010 18:19:00