Sei sulla pagina 1di 12

GRUPO DIREITA LIBERAL – REGIMENTO GERAL

CAPÍTULO I – DAS NORMAS GERAIS


Art. 1º - O grupo Direita Liberal, vinculado ao site O Congressista, constitui grupo
abertamente liberal-conservador, voltado ao estudo e ao debate de temas políticos,
jurídicos, filosóficos, históricos e socioeconômicos.

§ 1º - São predominantes na doutrina estatutária deste Grupo as teorias e correntes


políticas relacionadas ao liberalismo clássico, minarquismo e ao conservadorismo
burkeano, bem como as tradicionais escolas de pensamento econômico e filosófico da
Inglaterra, da Áustria, da Alemanha e dos Estados Unidos.

§ 2º - O minimalismo estatal, com foco em funções de justiça e segurança exercidas pelo


Poder Público, bem como a democracia, o federalismo, o livre mercado, a abertura
comercial, a redução de gastos governamentais, as privatizações, a diminuição de tributos,
a desburocratização, a menor regulamentação da economia, o empreendedorismo, o
enxugamento da máquina pública, a descentralização do poder, a separação de Poderes e a
supremacia constitucional.

§ 3º - A defesa da vida, da liberdade, da propriedade e da igualdade perante a lei constitui


objetivo e diretriz norteadora deste Grupo, assim como a vanguarda da indissociabilidade
das liberdades econômicas, civis, políticas e sociais; sem prejuízo da aberta defesa dos
direitos naturais do ser humano.

§ 4º - O indivíduo é a única minoria absoluta, não havendo advocacia de privilégios de


grupos ditos minoritários.

§ 5º - Inadmissível é a comparação do ideário regente do Grupo com o “neoliberalismo”,


reacionarismo, militarismo ou anarcocapitalismo.

Art. 2º - São objetivos do grupo Direita Liberal:


I – promover assuntos e debates relativos à Ciência política, economia, direito, história,
filosofia;

II – informar sobre assuntos da atualidade, com uma visão crítica dos acontecimentos
políticos e econômicos do Brasil e do mundo;

III – compartilhar conhecimento sobre o liberalismo e o conservadorismo;

IV – propor soluções reais para os problemas políticos e econômicos do Brasil;

V – fortalecer a interação harmônica entre os membros, tendo em vista a formação de


amizades.

Art. 3º - São ícones históricos de admiração intelectual para as diretrizes do grupo Direita
Liberal:
I – teóricos do liberalismo clássico:

a) John Locke;

b) Adam Smith;

c) Alexander Hamilton;

d) Thomas Hobbes.

II – teóricos de notável contribuição para as ciências econômicas:

a) John Stuart Mill;

b) Ludwig von Mises;

c) Milton Friedman;

d) Friedrich von Hayek;

e) Thomas Sowell;
f) Carl Menger;

g) Roberto Campos.

III – importantes escritores liberais modernos:

a) Ayn Rand;

b) Karl Popper.

IV – personalidades políticas históricas, nacionais e estrangeiros:

a) Ronald Reagan;

b) Margaret Thatcher;

c) Winston Churchill;

d) Abraham Lincoln;

e) Joaquim Nabuco;

f) Barão de Mauá.

V – autores expoentes do conservadorismo:

a) Russell Kirk;

b) Roger Scruton;

c) Edmund Burke.

Parágrafo único – A lista supracitada não possui taxatividade, podendo os membros do


grupo Direita Liberal anexarem escritos, citações célebres e incentivarem o estudo de
obras de cunho científico ou filosófico de quaisquer outros autores de relevo intelectual,
não necessariamente acadêmico, com vistas ao debate das teses por eles defendidas.
Art. 4º - Aos membros, são oferecidas as seguintes orientações, cuja finalidade é o
estímulo ao debate saudável e ousado:

I – não se preocupar com rótulos; há preferência pela defesa de convicções próprias que
da mera reprodução de chavões ideológicos;

II – ler bastante antes de debater assuntos mais profundos; visa o refinamento das
discussões de qualquer espécie admitida neste Regimento;
III – não se apegar a pessoas ou ícones específicos como centros de direcionamento do
pensar; requer-se, para a autêntica discussão aberta e eficaz, a liberdade plena do
raciocínio crítico;

IV – comentar acerca de assuntos políticos com dada frequência; contribuindo, assim, para
a manutenção do fluxo de debates intensos e calorosos no grupo;

V – participar de palestras, simpósios, debates, reuniões, jantares, manifestações e outros


eventos de cunho político. Participar, também, das eleições para CA e DCE da
universidade. Se possível, candidatar-se a cargos eletivos, mesmo em esferas pequenas da
sociedade; tem em vista esta orientação o fomento à ocupação de espaços, indo além do
âmbito virtual.

Parágrafo único – São desaconselhados debates de cunho eminentemente pessoal, seja de


ordem religiosa ou qualquer outra, pois, entende-se que isto compete à livre decisão do
indivíduo.

CAPÍTULO II – DAS NORMAS DE CONDUTA E DA ORGANIZAÇÃO DO


GRUPO
Seção I – Das Medidas Punitivas

Art. 5º - Para garantir o ambiente adequado para o amplo debate, a discussão de ideias e
valores e o mútuo respeito entre os membros, a Moderação do grupo Direita Liberal
disporá das seguintes medidas punitivas:

I – advertência disciplinar;
II – remoção provisória;
III – banimento.

§ 1º - Não haverá a aplicação de qualquer medida punitiva sem a prévia comunicação ao


Grupo de Moderação, que deverá deliberar, por maioria, sobre a aplicação das sanções
cabíveis.

§ 2º - Cada medida punitiva será aplicada individualmente, sendo expressamente vedado à


Moderação aplicar punição múltipla.
§ 3º - A advertência disciplinar é medida menos severa, com intuito didático e repreensivo,
visando a alertar o membro para que não reincida em sua conduta; preferível em todas as
situações na qual é cabível.

§ 4º - A remoção provisória, efetuada pelo Moderador que denunciar a conduta ao Grupo


de Moderação, consistirá em retirar o membro do grupo Direita Liberal. O membro
removido ou qualquer dos Moderadores poderá, neste caso, solicitar ao Administrador o
retorno ao grupo.

§ 5º - O banimento, de caráter mais grave, consiste na remoção seguida de bloqueio


definitivo do membro infrator.
§ 6º - Cabendo advertência disciplinar, o Moderador deverá explicar ao Grupo da
Moderação a razão de optar por outra medida mais grave, comprovando, com print ou
outro meio idôneo, a reincidência do membro infrator.

§ 7º - Não se aplicará a medida de banimento sem o aval expresso do Administrador.

Art. 6º - Os membros infratores deverão ser ouvidos pela Moderação antes de ser-lhe
aplicada qualquer punição.

§ 1º - Após o contato de qualquer dos Moderadores, o membro infrator terá 24 horas para
explicar a razão de sua conduta, demonstrar arrependimento ou prestar sua defesa.

§ 2º - O membro infrator terá direito a solicitar que outro integrante do grupo seja ouvido
pela Moderação a respeito da conduta denunciada como testemunha.

§ 3º - Passado o prazo do § 1º sem qualquer manifestação do membro acusado, a


Moderação deliberará sobre a punição, decaindo o benefício do § 2º.

Art. 7º - As votações da Moderação sobre a aplicação de medidas punitivas são reservadas


aos Moderadores, constituindo falta grave do Moderador comentar ou divulgar o conteúdo
dessas deliberações com outras pessoas antes de terminado o procedimento.

Seção II – Das Condutas Puníveis

Art. 8º - Desqualificar ou ofender o liberalismo ou o conservadorismo, assim como


seguidores dessas linhas políticas.
Pena mínima – advertência disciplinar;

Pena máxima – remoção provisória.

Art. 9º - Xingar ou ofender outro integrante do grupo, não importando o motivo.

Pena mínima – advertência disciplinar;

Pena máxima – remoção provisória.

Art. 10 – Postar spam, nudez, flood, bait, fake news, pornografia, imagem com violência
explícita e apologia à violência.

Pena mínima – remoção provisória;

Pena máxima – banimento.

§ 1º - Serão enquadrados como spam: repetição de imagens, de palavras, de hashtag e dos


mesmos comentários. Se esse tipo de comportamento for adotado por perfis diferentes, a
moderação irá analisar o caso, podendo, também, aplicar os mesmos tipos de punição.

§ 2º - Responderá, juntamente com o membro que postar qualquer desses conteúdos, o


Moderador que autorizar as postagens.

Art. 11 – Bloquear moderador.

Pena – banimento.
Art. 12 - Defender ideologias anti-liberdade: socialismo (comunismo, petismo, pcdobismo,
psolismo, trotskismo, leninismo, marxismo...), integralismo, intervencionismo,
absolutismo, nacionalismo, fascismo, nazismo ou neonazismo, extremismo, ditaduras.

Pena mínima – remoção provisória;

Pena máxima – banimento.


Art. 13 - Fazer comentários em que todas as letras estejam em caixa alta. Também se
preza pelo bom convívio virtual entre os membros e, por isso, busca-se evitar
comportamentos considerados desrespeitosos (comentários totalmente em caixa alta são
considerados gritos na internet).

Pena mínima – advertência disciplinar;

Pena para reincidência – remoção provisória.

Parágrafo único – No caso de reincidência, caberá ao Moderador que por ela optar
comprovar que ocorreu advertência anterior.

Art. 14 – São inadmissíveis as postagens do seguinte teor:

I – Promoção de político: criar post cujo objetivo único seja promover, divulgar ou
demonstrar algum político em si acima de qualquer proposta de debate (é permitido
compartilhar conteúdo de algum político desde que o ponto central seja a proposta de
algum debate);

II - Repetição de tema ou de personalidade: criar post sobre um tema ou sobre uma


personalidade com a mesma abordagem que já está sendo tratado em outro tópico criado
no mesmo dia. Aconselha-se verificar a timeline do grupo para garantir se o tema, imagem,
vídeo ou link com a mesma abordagem ainda não foi compartilhado naquele mesmo dia;

III - Post cujo assunto escape totalmente da proposta do Direita Liberal;

IV - Posts vagos: quando o autor não aborda, de forma clara, seu objetivo de debate. Ou
seja, são proibidos posts que contenham apenas vídeo, imagem ou link sem uma definição
clara de qual o assunto;

V - Post para reclamar de outro (s) post (s), do grupo, do (s) moderador (es) ou de
outro(s) membro(s). A reclamação ou crítica deve ser feita no post fixo, onde também se
encontram os links para regras e descrição do grupo, além do nome de todos os
moderadores;

VI - Post com exaltação, divulgação ou demonstração de alguma ideologia que não se


enquadre nas correntes de pensamento do Direita Liberal.
§ 1º - É permitida a divulgação de conteúdo próprio como sites, blogs, livros, palestras,
movimentos universitários e reuniões, desde que o membro use o bom senso para não
fazer divulgação em excesso. A repetição da mesma divulgação no mesmo dia não será
aprovada na fila de posts.
§ 2º - Os posts que possuem link de página ou site esquerdista serão analisados caso a caso
pela moderação, desde que haja descrição clara sobre o tipo de debate proposto. Caso
contrário, não serão admitidos.

§ 3º - Posts de humor sempre serão analisados pelos moderadores caso a caso.

Art. 15 – Libertários, sociais-liberais, socialdemocratas e centristas são admitidos para


integrar o grupo Direita Liberal como membros efetivos, sujeitando-se à condição de não
criar posts exaltando, divulgando ou promovendo qualquer ideologia que não esteja em
sintonia com os preceitos gerais do grupo, expostos no art. 1º.

§ 1º - Uma vez admitidos como membros e desrespeitando a restrição supracitada, terão


direito aos mesmos procedimentos dispensados aos demais membros no tocante à
aplicação de punições.

§ 2º - Não se estende essa restrição à defesa de suas convicções políticas feita em


comentários durante os debates.

Seção III – Da Moderação

Art. 16 – A Moderação constitui-se de membros do Direita Liberal, nomeados pelo

Administrador, e tem como prerrogativas principais:

I – aplicar as medidas punitivas, nos casos expressamente previstos neste Regimento;

II – utilizar-se das medidas cautelares prescritas;

III – zelar pela conservação do debate proveitoso entre os membros;

IV – votar, sugerir e participar de votações referentes à aplicação de punições;


V – censurar as postagens inadmitidas, nos termos dos arts. 10, 14 e 15;

VI – propor aditivos ao Regimento.

Art. 17 – Qualquer membro do grupo Direita Liberal, incluindo os que estão abrangidos
pelo art. 15, poderão ser indicados e nomeados para o cargo de Moderador.

§ 1º - A nomeação compete ao Administrador, que o fará depois de ouvido o grupo da


Moderação.

§ 2º - Uma vez apresentada a indicação ao grupo de moderadores, estes terão até 48


(quarenta e oito) horas para fazerem observações sobre o membro indicado. Após esse
período, o Administrador decidirá se procede à nomeação.

§ 3º - Podem indicar membros para a Moderação:

I – o Administrador;

II – qualquer moderador;

III – membro do grupo Direita Liberal, quando o Administrador convocar enquete para
indicação.

§ 4º - A enquete para indicação de Moderador se dará por ato unilateral do Administrador,


caso este verifique haver relativo concurso de membros equilibrados, de participação
ativa nas discussões do grupo e sem qualquer histórico de infringência às regras.

Art. 18 – Os moderadores são responsabilizados:

I – por abuso da prerrogativa de censura de posts;

II – por infringência a qualquer das regras de conduta;

III – por aplicação de medidas punitivas sem o devido procedimento formal, ou, não
previstas neste Regimento;
§ 1º - Nesses casos, o membro atingido por medida abusiva do Moderador deverá
apresentar reclamação ao Administrador, expondo as razões do recurso.

§ 2º - A reclamação será levada ao conhecimento do grupo de Moderadores, que opinará


sobre o caso.

§ 3º - O moderador reclamado não poderá ser preventivamente afastado ou impedido por


qualquer meio de exercer suas funções.

§ 4º - Concluindo o Administrador pela existência de abuso cometido pelo Moderador,


comunicará a este o seu afastamento e será ele retirado do grupo da Moderação, perdendo
suas prerrogativas.

§ 5º - O afastamento durará, no mínimo, 7 (sete) dias, cabendo ao Administrador readmiti-


lo como Moderador, salvo se, por maioria, os membros da Moderação decidirem por
tornar definitivo o afastamento.

§ 6º - Os procedimentos sobre o afastamento de Moderador serão restritos ao grupo de


Moderação.

§ 7º - Tendo em vista evitar transtornos posteriores, a votação sobre o afastamento de


Moderador será feita, em sigilo, ao Administrador, ou, se este preferir, em grupo paralelo
específico.

§ 8º - Fica ressalvado ao Administrador realizar mudanças no quadro de Moderação sem o


procedimento descrito nas cláusulas anteriores, desde que esclarecido tal feito ao grupo
da Moderação e ficar evidenciadas as necessidades administrativas.

Art. 19 – Os moderadores poderão aplicar as seguintes medidas cautelares:

I – desativação de comentários em tópico, fundamentando, em comentário, as razões da


medida, sobretudo se tratando de constante tensão e conflito entre os membros
debatedores;

II – advertência antecipada, in private, a membro envolvido em discussão agressiva ou que


envie posts de conteúdo inadimitido neste Regimento;
CAPÍTULO III – DA GERAÇÃO DE CONTEÚDO

Art. 20 – Os posts aguardam a aprovação de membros da Moderação, tendo desejável


prioridade:
I – as transmissões ao vivo;
II – as publicações do site O Congressista;
III – as notícias urgentes;
IV – enquetes.
Art. 21 – Caberá ao grupo da Moderação organizar livremente a divulgação de conteúdos no
grupo Direita Liberal.

CAPÍTULO IV – DOS ADITIVOS

Art. 22 – Aditivo é alteração no texto deste Regimento, aprovado por maioria absoluta dos
membros da Moderação, podendo ser proposto por qualquer destes ou pelo
Administrador; cabe, ainda, ao Administrador o voto de minerva para desempate nessas
votações.

CAPÍTULO V – CONSIDERAÇÕES FINAIS

Art. 23 – Este Regimento será divulgado a todos os membros do grupo Direita Liberal
após ser aprovado, por maioria, pela atual Moderação.

Art. 24 – Ficam resolvidas todas as publicações referentes à regras anteriormente


anunciadas.

Art. 25 – Não haverá aplicação de punições sem previsão anterior deste Regimento da
conduta proibida.

Art. 26 – Os Moderadores agirão com parcimônia, responsabilidade e abstenção das


paixões ideológicas na aplicação de punições ou medidas cautelares.