Sei sulla pagina 1di 4
F ICHA DE E XERCÍCIOS T RANSMISSÃO DE C ALOR E M ASSA DEM/IMP/0??(00) C

FICHA DE EXERCÍCIOS

TRANSMISSÃO DE CALOR E MASSA

F ICHA DE E XERCÍCIOS T RANSMISSÃO DE C ALOR E M ASSA DEM/IMP/0??(00) C URSO

DEM/IMP/0??(00)

CURSO:

Engenharia Mecânica

ANO/REGIME:

4º/D

FICHA DE EXERCÍCIOS Nº 5

TRANSMISSÃO DE CALOR 1D EM REGIME TRANSIENTE SISTEMAS COM RESISTÊNCIA INTERNA DESPREZÁVEL

ANO LECTIVO:

2006/2007

SEMESTRE:

Exercício 1. Um bloco de metal quente inicialmente à temperatura uniforme T 1 é imerso

repentinamente num líquido frio, bem agitado, que é mantido a uma temperatura uniforme T . 0

coeficiente de transferência de calor entre o bloco e o líquido é h W/(m 2 ºC). 0 bloco metálico tem

massa M kg, área superficial A m 2 , e calor específico c p , J/(kg ºC). Admitindo que se possa

aplicar a análise global do sistema, desenvolva uma expressão para determinar a temperatura

T(t) do bloco em função do tempo.

Exercício 2. Uma esfera sólida de cobre de 10 cm de diâmetro ( ρ = 8954 kg/m 3 , c p = 383 J/(kg ºC),

k = 386 W/(m ºC), inicialmente a uma temperatura uniforme T i = 250 ºC, é repentinamente imersa

num fluido bem agitado, que é mantido a uma temperatura uniforme T = 50 ºC. 0 coeficiente de

transferência de calor entre a esfera e o fluido é h = 200 W/(m 2 ºC).

2.1. Verifique se é possível aplicar a análise global do sistema.

2.2. Se for possível, determine a temperatura do bloco de cobre em t = 5, 10 e 20 minutos depois

da imersão.

Exercício 3. Uma barra de ferro longa, cilíndrica (ρ = 7800 kg/m 3 , c p = 460 J/(kg ºC) e k = 60 W/(m

ºC)) de diâmetro D = 5 cm, inicialmente à temperatura T i = 700 ºC, é exposta a uma corrente de

ar à temperatura T = 100 ºC. 0 coeficiente de transferência de calor entre a corrente de ar e a

superfície da barra de ferro é h = 80 W/(m 2 ºC).

3.1. Verifique se é possível utilizar o método da análise global do sistema.

3.2. Se for possível, determine o tempo necessário para que a temperatura da barra atinja

300 ºC.

Exercício 4. Através da análise global do sistema, determine o tempo necessário para que uma

esfera maciça de aço, com diâmetro D = 5 cm com ρ = 7833 kg/m 3 , c p = 0,465 kJ/(kg ºC) e k =

ELABORADO POR:

E LABORADO POR : Pág. 1 de 4

Pág. 1 de 4

DEM/IMP/0?? (00)

Ficha de Exercícios Nº 1 – Transmissão de Calor unidimensional em regime permanente

54 W/(m ºC), arrefeça de 600 até 200 ºC quando exposta a uma corrente de ar a 50 ºC tendo um coeficiente de transferência de calor h = 100 W/(m 2 ºC).

Exercício 5. Uma grande placa de alumínio (ρ = 2707 kg/m 3 , c p = 0.896 kJ/(kg ºC) e k = 204 W(m ºC)) de espessura L = 0.10 m, inicialmente a uma temperatura uniforme T i = 250ºC, é arrefecida pela exposição a uma corrente de ar a T = 40 ºC. Usando o método de análise global do sistema, determine o tempo necessário para arrefecer a placa de alumínio de 250 ºC até 75 ºC, se o coeficiente de transferência de calor entre a corrente de ar e a superfície for h = 80 W/(m 2 ºC).

Exercício 6. Uma esfera de aço inoxidável de 2 cm de diâmetro (ρ = 7865 kg/m 3 , c p = 0.4 kJ/(kg ºC) e k = 61 W(m ºC)) é aquecida uniformemente até T i = 800 ºC. Esta é temperada, mergulhando-a de repente num banho de óleo a T = 50 ºC.

6.1. Se a têmpera ocorre quando a esfera atinge 100 ºC e o coeficiente de transferência de calor entre o óleo e a esfera for 300 W/(m 2 ºC), quanto tempo deve a esfera ser conservada no óleo?

6.2. Se forem temperadas 100 esferas por minuto, determine a taxa de calor que deve ser retirada do banho de óleo, por minuto, a fim de manter sua temperatura a 40 ºC.

Exercício 7. Uma barra de aço (ρ = 7800 kg/m 3 , c p = 0.5 kJ/(kg ºC) e k = 50 W/(m ºC)) de diâmetro D = 5 cm deve ser recozida mediante arrefecimento lento, de T i = 800 ºC até 120 ºC, em ambiente a T = 50 ºC. Se o coeficiente de transferência de calor entre o ar ambiente e a superfície da barra for h = 45 W/(m 2 ºC), determine o tempo necessário para o recozimento, aplicando o método da análise global do sistema.

Exercício 8. Uma placa de metal de espessura L e área superficial A está inicialmente a uma temperatura uniforme T i . De repente uma das suas superfícies fica sujeita a um fluxo uniforme de calor q W/m 2 enquanto a outra superfície é exposta a uma corrente de ar frio à temperatura T . 0 coeficiente de transferência de calor entre a corrente de ar e a superfície da placa é h W/(m 2 ºC). Admitindo que se possa aplicar a análise global do sistema, desenvolva a expressão da temperatura T(t) da placa em função do tempo.

Exercício 9. Uma placa de alumínio (ρ = 2707 kg/m 3 , c p = 0.896 kJ/(kg ºC) e k = 204 W/(m ºC)) de espessura L = 3 cm. está inicialmente a uma temperatura uniforme T i = 50 ºC. Repentinamente é submetida a um fluxo uniforme de calor q = 7500 W/m 2 em uma das suas faces e é exposta a uma corrente de ar frio a T = 30 ºC na outra face. 0 coeficiente de transferência de calor entre a corrente de ar e a face da placa é h = 60 W/(m 2 ºC). Empregando a análise global do sistema.

Pág. 2 de 4

Pág. 2 de 4

DEM/IMP/0?? (00)

Ficha de Exercícios Nº 1 – Transmissão de Calor unidimensional em regime permanente

9.1. Determine a temperatura da placa em função do tempo e represente esse gráfico.

9.2. Calcule a temperatura estacionária da placa.

Exercício 10. Um ferro eléctrico de passar tem uma base de alumínio (ρ = 2.700 kg/m 3 , c p = 0,896 kJ/(kg ºC) e k = 204 W/(m ºC)) que pesa 1.5 kg. A base tem a face de passar com 0,06 m 2 e é aquecida na outra face por uma aquecedor de 500 W. Inicialmente, o ferro está mesma temperatura do ar ambiente, T = 20 ºC. Quanto tempo demorará o ferro para atingir 120 ºC se o coeficiente de transferência de calor entre o ferro e o ar ambiente for h = 20 W/(m 2 ºC)?

Exercício 11. Considere um cubo de alumínio (ρ = 2700 kg/m 3 , c p = 0,896 kJ/(kg ºC) e k = 204 W/(m

ºC)) de 5 × 5 × 5 cm, que está inicialmente a T i = 20 ºC. Em t > 0, duas das faces são mantidas isoladas, duas são sujeitas a um aquecimento uniforme a uma razão q 0 Wm 2 , e as outras duas dissipam calor por convecção para o ambiente a T = 20 ºC com um coeficiente de transferência de calor h = 50 W/(m 2 ºC).

11.1. Admitindo que se possa aplicar a análise global do sistema, desenvolva a expressão da temperatura T(t) do bloco de alumínio em função do tempo.

11.2. Calcule a temperatura de equilíbrio do bloco com q 0 = 10000 W/m 2 .

Exercício 12. Considere uma grande placa de espessura L inicialmente a uma temperatura uniforme

T 0 . Subitamente, uma das suas faces é exposta a convecção num ambiente à temperatura T 1 , com um coeficiente de transferência de calor h. A outra face troca calor radiante com o ambiente

à temperatura T 2 que pode ser considerado um corpo negro. Aplicando a análise global do sistema desenvolva uma expressão para a temperatura T(t) na placa em função do tempo.

Exercício 13. A junta de um termopar pode ser aproximada a uma esfera de diâmetro D = 2 mm, com k

= 30 W/(m ºC), ρ = 8600 kg/m 3 e c p = 0,4 kJ/(kg ºC). 0 coeficiente de transferência de calor entre

a corrente de gás e a junta é h 280 W/(m 2 ºC). Quanto tempo vai passar para que o termopar atinja 98% da diferença de temperatura aplicada?

Exercício 14. Usa-se um termopar para medir a temperatura de uma corrente gasosa. Pode-se admitir que a junta seja uma esfera de condutibilidade térmica k = 25 W/(m ºC), ρ = 8400 kg/m 3 e c p = 0,4 kJ/(kg ºC). 0 coeficiente de transferência de calor entre a junta e a corrente gasosa é h = 560 W/(m 2 ºC). Calcule o diâmetro da junta para o termopar medir em 3s 95% da diferença de temperatura aplicada.

Pág. 3 de 4

Pág. 3 de 4

DEM/IMP/0?? (00)

Ficha de Exercícios Nº 1 – Transmissão de Calor unidimensional em regime permanente

Exercício 15. Uma placa de cobre, com 2 cm de espessura (ρ = 8.934 kg/m 3 , c p = 0.3830 kJ/(kg ºC) e k

= 386 W/(m ºC)), está inicialmente a T i = 25 ºC. Para t > 0. está sujeita a um fluxo de calor q = 8000 W/m 2 numa das suas superfícies e é arrefecida por convecção pela outra superfície, com um coeficiente de transferência de calor h = 200 W/(m 2 ºC), num ambiente a T = 25 ºC. Usando

a análise global do sistema, desenvolva uma expressão da temperatura transiente T(t) na placa.

Exercício 16.

Uma esfera de alumínio com 3 cm de diâmetro [k = 204 W/(m ºC). ρ = 2.700 kg/m 3 e c p =

0.896 kJ/(kg ºC)) está inicialmente a T i = 175 ºC. De repente, eIa é imersa em um fluido agitado a

T = 25 ºC. A temperatura da esfera cai para T(t) = 100 ºC em t = 42 s. Calcule o coeficiente de transferência de calor.

Pág. 4 de 4

Pág. 4 de 4

DEM/IMP/0?? (00)