Sei sulla pagina 1di 253

Quatro

Livros devocionais: cento e vinte dias de busca (4 em 1)


1ª Edição (Em busca da paz interior)
2ª Edição ( Em busca da intimidade)
3ª Edição ( Em busca do caráter)
4ª Edição ( Em busca da fidelidade)

Revisão: Eunice do Prado, Quesia do Prado, Erika Ferreira, Daniel Teles, Cassia
Teles

Editor e autor: Esdras Ferreira

Projeto gráfico/Diagramação/Capa: Equipe Missão vida nova

Ano: 2016/São Paulo

Contato com o autor: Rua Vasco Brancaleoni, 324 - Parque Marabá - Guarulhos
-SP - CEP: 07050-310

Celular da secretaria Quesia: 95278-9898 whats app

Email: Contato@missaovidanova.com.br

Site: www.missaovidanova.com.br

Compre outras edições pelo what sapp ou pela nossa loja virtual (site)

Comprando os nossos livros devocionais, você estará ajudando a enviar livros
em presídios e também, estará ajudando a enviar cartas para pessoas afastadas da
igreja. Em dois anos, já foram enviados mais de1500 livros em presídios e casa
de recuperação.
Sumário

1ª Edição (Em busca da paz interior)

1º Dia: Feridas emocionais
2º Dia: Vivendo o novo
3º Dia: Paz interior
4º Dia: Angústia da alma
5º Dia: Provisão de Deus
6º Dia: Processo de transformação
7º Dia: Enfrentando adversários
8º Dia: Tempo de Deus
9º Dia: Coração ingrato
10º Dia: Transbordar na esperança
11º Dia: Tenha bom ânimo
12º Dia: O poder do clamor
13º Dia: Verdadeiro adorador
14º Dia: Dominando o medo
15º Dia: A Graça te basta
16º Dia: Força em Deus
17º Dia: Felicidade em Deus
18º Dia: Deus no controle
19º Dia: Cura interior
20º Dia: Promessas de Deus
21º Dia: Vale da morte
22º Dia: O pensamento de Deus
23º Dia: Vida de desanimo
24º Dia: A duração do choro
25º Dia: Uma vida curta
26º Dia: Trazendo a memória
27º Dia: Percepção espiritual
28º Dia: Alegrar no Senhor
29º Dia: Os propósitos de Deus
30º Dia: Verdadeiramente livres

2ª Edição ( Em busca da intimidade)

31º Dia: Abba, Pai
32º Dia: O amor que constrange
33º Dia: De todo coração
34º Dia: Tu me amas
35º Dia: Caminhos e feitos de Deus
36º Dia: Guiados por Deus
38º Dia: Vivendo por algo maior
39º Dia: Entregues a morte
40º Dia: Vestígio da maldade
41º Dia: Segredos de Deus
42º Dia: Intimidade profunda
43º Dia: Meditação na palavra
44º dia: Derramar o coração
45º Dia: Lugar Solitário
46º Dia: Alma que Suspira
47º Dia: O anseio da corsa
48º Dia: Presença de Deus
49º Dia: A inutilidade da ansiedade
50º Dia: Coração protegido
51º Dia: A voz do Espírito Santo
52º Dia: Amigos de Deus
53º Dia: Jugo desigual
54º Dia: O primeiro amor
55º Dia: O Jugo de Cristo
56º Dia: Obediência plena em Deus
57º Dia: Cuidado de Deus
58º Dia: Provações do justo
59º Dia: O fervor no espírito
60º Dia: A gloria de Deus

3ª Edição ( Em busca do caráter)

61º Dia: Metamorfose da vida
62º Dia: Maneira de pensar
63º Dia: Acomodação
64º Dia: Avivamento Espiritual
65º Dia: Maus hábitos
66º Dia: Movendo para mudanças
67º Dia: O quebrantamento
68º Dia: Recomeçando de novo
69º Dia: Frutos do Espírito Santo
70º Dia: Generosidade
71º Dia: A Sinceridade
72º Dia: A Honestidade
73º Dia: A humildade
74º Dia: A Fidelidade
75º Dia: A Integridade
76º Dia: O Temperamento
77º Dia: Inteligência Espiritual
78º Dia: O Discernimento
79º Dia: A Prudência
80º Dia: Comunhão com irmãos
81º Dia: Liberalidade
83º Dia: Pronto para servir
84º Dia: Amor durável
85º Dia: Recompensa
86º Dia: A benção de Deus
87º Dia: Enfrentando gigantes
88º Dia: Os segredos dos homens
89º Dia: A ganância
90º Dia: Brilho nos olhos

4ª Edição ( Em busca da fidelidade)



91º Dia: Feito para Brilhar
92º Dia: Lugares altos
93º Dia: Enfrentando tempestades
94º Dia: Cegueira espiritual
95º Dia: Verbalizar a promessa
96º Dia: Fé genuína
97º Dia: Crer versos Agir
98º Dia: Fé inabalável
99º Dia: Surpreendendo Jesus
100º Dia: Aumentando a Tenda
101º Dia: Vencendo as Tentações
102º Dia: Intenções de Satanás
103º Dia: Armaduras de proteção
104º Dia: Prosseguindo para o alvo
105º Dia: Tomando atitudes
106º Dia: Oportunidades da vida
107º Dia: Decisões da vida
108º Dia: Vencendo os Problemas
109º Dia: O fogo do Espírito Santo
110º Dia: Renunciando tudo
111º Dia: Enfrentando o medo
112º Dia: Herança de Deus
113º Dia: Dias de Festa
114º Dia: A pornografia
115º Dia: Esmurrando o pecado
116º Dia: Renovo Espiritual
117º Dia: Força interior
118º Dia: Servindo com excelência
119º Dia: Arrebatamento da igreja
120º Dia: A vinda de Cristo
Dicas de leitura

O propósito desse devocional de cento e vinte dias, não é apenas instruir, mas
sim, tocar em sua vida. Eu me entusiasmo, porque conheço todas as coisas
maravilhosas que acontecerão com você. Por conhecer os benefícios que virão,
quero desafiá-lo a não abandonar essas trinta mensagens diárias, não perdendo
um leitura se quer.
Por estarmos tão ansiosos para ler o capitulo seguinte, não fazemos uma pausa
para meditar sobre o que acabamos de aprender. Então, não se limita a ler esse
livro. Interaja com ele. Marque suas páginas, sublinhe-o. Anote nas margens do
seus pensamentos.
Os livros que mais me ajudaram foram aqueles aos quais apliquei na minha vida.
Ao terminar de ler este livro, presenteie para um amigo. Assim, estará
contribuindo para o crescimento do Reino de Deus.
Boa leitura...

1º Dia: Feridas emocionais

"Minhas lágrimas tem sido o meu alimento de dia e de noite..." (Salmos 42.3)

As lágrimas pode expressar uma gama de sentimentos, dentre eles: a tristeza, dor
física, indignação, insegurança, medo ou alegria. O interessante que o choro
liberta, alivia e faz sentir até melhor. E isso não é por acaso, porque o celebro
produz certas substâncias de noradrenalina e serotonina, proporcionando uma
sensação anestésica de calma, aliviando a angústia e a tensão.
A mulher, por exemplo, tem mais tendência a chorar porque possui 5O% de
prolactina a mais que os homens. Infelizmente, muitos homens não compreende
isso, e nem empresta os ombros para a mulher chorar. lembre-se disso, quando
reprimimos o choro por longo prazo pode desenvolver quadros de depressão,
úlcera, gastrite e pressão alta. Agora, o problema não é o choro, e sim, um choro
prolongado, afetando relacionamento e a produtividade, causado pela raiz de
amargura. Como diz em Salmos 39.2 diz: " Enquanto me calei, a minha angústia
só aumentava."
Entretanto, Deus quer sarar as suas feriadas emocionais. Às vezes, a solução é
apresentar a Deus o seu problema: "Não estejais inquietos por coisa alguma;
antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus..." (Fil.
4.6) Se for um pecado: "Enquanto eu mantinha escondido os meus pecados, o
meu coração se definhava de tanto gemer. As minhas forças foi se
esgotando..." (Sl 32.3). Também, quando chega em um estado extremo, a solução
só será possível, com terapia de remédios ou psicoterapia, porque ataca o sistema
imunológico do seu corpo.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que conceda paz. Porque o teu passado pode ter muitas marcas
negativas, que faz você chorar, mas o que importa é que o teu futuro esta intacto
para usufruir e aproveitar. Então não fique remoendo o passado. Deus quer ver
você feliz, Deus quer ver você sorrindo. Como diz em Provérbios 15.13: "Um
coração alegre formoseia o rosto..."
2º Dia: Vivendo o novo

"Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já esta surgindo! Vocês não a
reconhecem? até no deserto vou abrir um caminho." ( Isaias 43.19)

Quando as coisas não inovam, não muda, torna comum e rotineira - vivendo uma
vida como um museu - uma vida de mesmice - uma mentalidade velha, a
tendência é cansar, desanimar e desistir, seja no casamento, ministério ou área
profissional. Mas Deus nos convida a viver o novo. Mesmo porque, Deus é um
Deus de coisas novas.
Em Filipenses 3.13 Paulo nos ensina: "esqueça do passado e prossiga o que
esta adiante de ti..." A palavra "esquecer" significa desprender, desapegar dos
velhos hábitos, velhos pensamentos, velhos sonhos, velhas experiências, etc.. E
abraçar o novo tempo, novo momento, novos desafios, novos sonhos, novas
responsabilidades, novas experiências e oportunidades.Em Mateus 9.17 Jesus nos
ensina: "não devemos colocar vinho novo em odres velhos...", O odre, é um
antigo recipiente feito de pele de animal, geralmente de cabra, usado para o
transporte de líquidos como água, azeite, leite, vinho, manteiga ou queijo, mas se
usar odres velhos estragava o líquido. Por esse motivo que Jesus comparou a
mentalidade velha com odres velhos, ou seja, mentalidade velha não tem como
receber o novo.
Na verdade, para receber o novo tem que se preparar para receber. É ter o
posicionamento dos desafios e riscos que enfrentará para conquistar o novo.
Também, para Deus entregar o novo, às vezes, virá novos problemas. Como
Golias, por exemplo, para confrontar ou uma muralha de Jericó para derrubar.
Portanto, para receber o novo, vai exigir muito esforço, dedicação e
determinação, ou seja, o novo não vem como "mamão com açúcar." Tem que lutar,
isto é, gastar energia para conquistar.


Reflexão do dia

Peça a Deus que ajude abandonar aquilo que impede de receber o novo. Não
sossegue de clamar, enquanto não ver o sobrenatural, ver coisas novas e grandes
da parte de Deus.
3º Dia: Paz interior

" Tu, Senhor, guardará em perfeita paz, aqueles cujo propósito esta firme em
ti..." ( Isaias 26.3)

Justamente nos dias de hoje, em que tanto se fala sobre angústia, estresse e a
depressão, encontrar a paz interior é algo por demais valioso. Quando o texto diz
que guardará em perfeita paz, significa que adversidade não vai afetar o seu
equilíbrio emocional e espiritual, isto é, você vai viver em cima das
circunstâncias. Aliás, a paz interior que Deus quer nos dar, vai depender da
maneira como o buscamos, isto é, na nossa vida de propósito.
Em João 14.27 diz: " Deixo-vos a minha paz....e não se turbe o vosso coração
e nem se atemoriza..." , Jesus declara que a paz vem de Deus, mas, agora, não
se atemorizar, é responsabilidade nossa. Deus nos concede a paz e a gente se
posiciona com uma atitude de fé e convicção que Ele esta no controle.
Se o medo te domina é por causa da ausência do conhecimento do Deus que você
serve. Porque adversidade vem como um força poderosa para desanimar, desistir
e parar. Ele vem com a intenção de dominar você, ao ponto de atacar e destruir o
seu equilíbrio emocional.
Portanto, use a sua boca profética, crendo que Deus vai mudar a tua história, crendo que dias melhores virão.
Quando queremos fazer uma cirurgia de risco, a primeira coisa que queremos conhecer é o médico, isto é, se
estamos em boas mãos. Assim também é com Deus, a falta do conhecimento do Deus que servimos vai
revelar quem nós somos em meio as dificuldades que enfrentamos, por esse motivo que Deus nos convida em
conhecê-Lo: "Conhecemos e esforcemos em conhecê-Lo, pois ele aparecerá e virá ao nosso
encontro..." (Oséias 6.3). Pode ter certeza, que à medida que o conhecemos, maior será a paz de Deus no
seu coração.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que a ansiedade e as preocupações referente ao seu futuro não tire
a sua confiança.


4º Dia: Angústia da alma

"A angústia me cercou, e encontrei aperto e tristeza..." ( Salmos 116.2)



Quem nunca ficou angustiado em algum momento da vida? Seja uma traição, uma
doença inesperada, uma perda de um emprego ou uma calúnia. Enfim, são
situações que sofremos fortes impactos emocionais. Criando uma sensação de
inquietação, preocupação e ansiedade. Por conseqüência, a angústia agravada,
acaba te dominando e destruído você e seu convívio social.
Na verdade, podemos passar por momentos de angústia, mas não podemos viver
uma vida angustiada. Mesmo porque, o ser humano não tem preparo físico,
emocional e psicológico para viver angustiado. Uma pessoa que fica por muitos
dias angustiado, o estado imunológico pode cair, e conseqüentemente, aparece
doenças sérias, como problemas cardíacos, levando no túnel da depressão.
Porque a ansiedade é uma preocupação exagerada em relação ao futuro, enquanto
a angústia é um sofrimento relacionado ao presente. Fazendo com que perca a
capacidade de lidar com cotidiano e de interagir socialmente, ficando paralisado.
Em 1Pedro 5.7 ensina: "Lançai sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele
tem cuidado de vós..." Lançar significa jogar, projetar para o futuro, visando um
alvo, ou seja, é transferir o seu futuro a Deus - uma ação de fé, crendo na
intervenção divina na sua causa. Esta disposto a acreditar com confiança que Ele
vai agir. Mesmo porque, a proteção e o cuidado de Deus esta condicionado na sua
confiança nele: "O Senhor é bom, um refúgio em tempos de angústia. Ele
protege os que nele confiam"(Naum 1.7)

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ensina a lançar as suas preocupações nas mãos de Deus.
Também, ore para que Deus aumente a sua fé, crendo que ele esta cuidando de
você.
5º Dia: Provisão de Deus

" O meu Deus, segundo a sua riqueza em Gloria, há de suprir cada uma de
suas necessidades em Cristo..."( Filipenses 4.19)

Todas as pessoas, no percurso da vida, enfrentam dificuldades e passam por
alguma necessidade. Há necessidades de afeto, de carinho, de reconhecimento, de
amor ou de coisas materiais, Agora, se queremos receber a provisão de Deus, é
preciso da nossa cooperação, isto é, da nossa obediência. Como diz em Salmos
34.10: " Os que buscam ao Senhor de nada tem falta..." Então, eu te pergunto:
O que Jesus disse que devemos buscar em primeiro lugar em nossas vidas? Em
Mateus 6.33 diz "busquem em primeiro lugar o seu reino e as demais coisas
serão acrescentadas..."
Também, quando Jesus disse “o pão nosso de cada dia” (Mateus 6.11) , Ele
estava nos ensinando que as necessidades diárias devem ser colocadas diante do
Pai a cada dia. Isto significa que o dia de amanhã não nos pertence (Mt 6.34).
Hoje, o tempo que tenho para viver, é literalmente o “presente” de Deus para
Você (Sl 118.24), e, nele, o Senhor pode e quer suprir as suas necessidades.
Saiba, que, Deus tem o prazer em revelar e se manifestar o “Yahveh Jireh” na sua
vida. Um dos nomes de Deus é “Yahveh Jireh” ou “o Deus que Provê” (Gn 22.8,
14)., ou seja, um Deus que socorre, ajuda, supri e abastece.
Em 2Cronicas 16.9: " Os meus olhos passam por toda terra, para mostrar a
minha força e meu socorro para com aqueles cujo coração e totalmente
meu..." Se você tem um coração totalmente rendido aos propósitos de Deus,
então, se prepare, porque “Yahveh Jireh” vai se manifestar na sua vida. Aliás, um
coração rendido a vontade de Deus é a porta de acesso para a manifestação do
socorro e do cuidado de Deus.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que manifeste o “Yahveh Jireh” e que através da provisão de
Deus em sua vida, pessoas possam se aproximar mais de Deus.
6º Dia: Processo de transformação

" Escreves-te o meu sofrimento no teu livro e guardas-te as minhas lagrimas


no teu odre." ( Salmos 56.8)

Neste verso nos ensina que Deus escreve no livro o teu sofrimento, ou seja, um
Deus que se preocupa com tua dor - que acompanha o teu sofrimento e angústias.
O Salmista descobriu que o Senhor não permitiu que nenhuma lágrima fosse
ignorada ou menos desprezada: "Contenha o seu choro e as suas lágrimas, pois
o seu sofrimento será recompensado,"declara o Senhor." (Jeremias 31:16)A
metáfora que o Rei usou é, até, carinhosa: nossas lágrimas são recolhidas e
guardadas, todas elas, no odre do Senhor . Um odre é uma vasinha de couro de
animal, que era reservado e lacrado o suco de uva. Assim, o suco de uva, passava
por um processo de fermentação dentro do odre.Com base nisso, Davi explica
que as tuas lágrimas passa por um processo de transformação e aperfeiçoamento
no odre de Deus.
Na verdade, Davi estava falando de transformação e não de substituição, isto é,
um Deus que tem o poder não só de substituir, mas também, transformar a tristeza
em alegria. Assim como Davi afirma em Salmos 30.11: " Transformas-te o meu
pranto em festa, a minha veste de lamento em veste de alegria, para o meu
coração não calar em adorá-lo."
Portanto, quem depende só do fator circunstancial para ser feliz, tem a tendência a
murmurar, desanimar e desistir, isto é, tornando refém das circunstâncias. Em
João 16.33 "no mundo tereis aflições..." Se a gente não souber lidar com essa
realidade, a gente pode se abater, ao ponto de até desistir da fé. Quando Paulo
escreve em Romanos 8.37: " Acima do sofrimento, somos mais que vencedor..."
é uma demonstração que você esta em um patamar maior que um simples
vencedor.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que suas lágrimas não transforme em traumas, ressentimento,
magoa ou raiva.
7º Dia: Enfrentando adversários

"Tu me livraste dos meus inimigo, sim, fizeste-me triunfar sobre os meus
agressores e de homens violentos me libertaste..." (Salmos 18:48)

A palavra adversário se define como inimigo oponente ou rival, que representa a
parte contrária. Agora, Quem nunca teve adversário na vida? Seja na empresa,
escola, igreja ou até mesmo da própria família. São pessoas usadas pelo inimigo
para parar os seus sonhos, objetivos e planos. Assim como esta escrito em livro
de Esdras 4:2-24:

1 º Infiltrar (Esdras 4.2): Os inimigos queriam penetrar, aliar e infiltrar na
construção do templo, ou seja, através de uma "cortina de fumaça" fingindo
amigo, para depois travar a obra. Então tome cuidado com pessoas que dizem ser
seus amigos - abra os seus olhos.

2º Inquietação ( Esdras 4.4): As vezes satanás usará pessoas para te perturbar
para que você venha perder o equilíbrio emocional, produzindo estresse e
precipitação, fazendo a falar o que não deve ou fazer bobagem, isto é, usar a
emoção em vez da razão. Porque o sistema emocional abalada é algo
perigosíssimo, porque atinge o seu equilíbrio emocional - fazendo a cometer
loucuras.

3º Acusação ( Esdras 4.24) "[...] os adversários escreveram uma carta de
acusação, de calunia e difamação contra o povo de Deus e a obra da
construção do templo parou..." Agora, nunca se esqueça que as vitórias do
adversário é Temporal. Porque em Esdras 6.6 os adversários foram
envergonhados e terminaram a construção do templo. Logo, aprendo que, os seus
adversários tem a função de "Adestrar" você, fazer você mais forte, para que o
nome do Senhor, seja glorificado através da sua vida. Pense nisso, o que seria de
Davi, se não tivesse Golias? O que seria de Daniel se não tivesse uma cova?

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a não perder o seu equilíbrio emocional quando os seus
inimigos te confrontar ou atacar.
8º Dia: Tempo de Deus

" Quando a mim, confio em ti, Senhor, eu disse tu és o meu Deus. Nas tuas
mãos estão os meus dias..." (Salmos 31.14)

Neste Salmos, Davi faz uma declaração que seu tempo, sua agenda e seus dias
estão entregues nas mãos de Deus. Atualmente, vivemos uma geração "fest food",
quer tudo rápido, tudo para ontem, uma era do imediatismo. E, pior de tudo,
quando Deus demora para responder, ficamos ansiosos e inseguros, levando a
precipitar, movida pela inteligência, lógica, intuição, sentimento e opinião dos
outros, sem a direção de Deus.
No entanto, em Salmos 119.114 ensina: "O Senhor é meu refugio e o meu
escudo, espero nas suas palavras..." Esperar o tempo de Deus é fruto de uma
escolha de quem prioriza o que é eterno e não o que é passageiro. A tua história,
o teu milagre, a sua vida sentimental, suas promessas, sua cura e sua exaltação,
foi escrito com um propósito eterno, por esse motivo, que algumas delas demoram
para acontecer. Assim com esta escrito em Salmos 139.16: "Todos os meus dias
foram escritos e determinados na teu livro antes de existir..."
Logo, entendo que, se a tua história esta escrito em um livro, então, tem um
começo, meio e fim, por esse motivo, descanse no tempo de Deus, isto é, o tempo
KAIRÓS de Deus (em grego: καιρός2, "o momento oportuno", "certo" ou
"supremo"). Porque a maior preocupação de Deus não é o teu milagre e sim o
efeito do teu milagre que causará na sua vida e nas pessoas em sua volta. Lembre-
se disso, a maneira como você esta lidando com esse espera, vai determinar a
intensidade do seu amor a Ele. Então entregue os seus sonhos, desejos e vontade
nas mãos de Deus. Mesmo porque, os planos de Deus não foram feitos para
entender, mas para acreditar. É saber que Deus esta ensinando que as melhores
coisas vem com o tempo.


Reflexão do dia

Peça ao Senhor que sua confiança possa ser aumentada e seu amor possa ser
amadurecida em meio a essa espera.
9º Dia: Coração ingrato

"O meu povo pereceu por causa do coração ingrato e não reconheceu os
meus caminhos..." ( Salmos 95.10)

A palavra murmuração significa uma conversa ofensiva, soltar, lastimar, criticar,
falar mal em voz baixa. Às vezes, reclamamos por nossos semelhantes, o
ambiente onde vivemos, os recursos que temos ou até mesmo , com o próprio
Deus.
Sinceramente, a murmuração é uma falta do reconhecimento do amor, cuidado e
da proteção de Deus, isto é, esta dizendo que Deus não esta sendo Deus o
suficiente na sua vida. Conseqüentemente, tem o poder de produzir amargura,
insatisfação e tristeza. Com isso, destruindo a sua casa , a sua família e sua vida,
vivendo uma vida infeliz. Assim com diz em Provérbios 18.21: "A língua tem o
poder entre a vida e a morte, quem gosta de usá-la comerão do seu fruto..."
Essa insatisfação, faz com que aquilo que Deus fez por você, não comova mais.
Se bem que, só pelo fato de Cristo morrer por você, já deveria ter motivo o
suficiente para agradecer. Então seja mais agradecido. Paulo mesmo disse: “Em
tudo dei graças, porque essa é a vontade de Deus..." (1 Tess 5.17), estas
recomendações são reivindicadas para qualquer situação. Ser grato não é uma
reação ocasional a uma experiência positiva apenas, mas uma conduta cristã
permanente. A conjunção traduzida por “porque” expressa o sentido de “causa”.
A vontade de Deus é o motivo desta conduta de gratidão. Portanto, não se trata de
uma sugestão, mas de uma clara determinação da vontade de Deus, para que
sejamos agradecidos permanentemente. Esta vontade não é abstrata ou oculta, mas
revelada em Cristo Jesus para conosco. Ele é o modelo segundo o qual obtemos a
forças para sermos gratos, mesmo quando as nossas circunstâncias não são como
esperávamos.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a ser mais grato. Assim, ajudará a dar sentido ao seu
sofrimento, paz do seu coração e uma visão para o seu futuro. Mesmo porque, a
gratidão ganha o coração de Deus. É o antídoto das suas lágrimas.
10º Dia: Transbordar na esperança

" Que Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, para que vocês
transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo..." (Romanos 15.13)

Muitas das vezes olhamos para o horizonte e não vemos nada. Bate um tristeza e
uma angústia, produzindo uma perca da perspectiva. Ao ponto de não ter resposta
do por quê? para que? até quando? ou onde que eu errei? Perdendo a vontade de
insistir, tentar ou dar mais uma chance. Mas Paulo nos ensina a "transbordar de
esperança..." não acontece pelas sua vontade ou força humana, mas pelo poder
do Espírito Santo. Aliás, ter esperança significa esperar com confiança, acreditar
com convicção. É aguardar mesmo que as circunstâncias sejam contrárias. Mesmo
porque, a esperança é uns dos pilares da vida Cristã em 1Corintios 13.13:
"Permaneça na fé, esperança e no amor..."
Segundo a medicina, provou que o homem pode superar quase tudo, se tiver
esperança, porque as celular do corpo e da sua mente trabalha em conjunto nesta
expectativa de cura, ou seja, a esperança tem uma força incrível.Por esse motivo
que Paulo exorta em Romanos 12.12: "Alegrai-vos na esperança..."
Além disso, a esperança produz duas virtude gloriosas: A indignação e a
coragem. A indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão. E a
coragem nos motiva a mudá-las. Neemias, por exemplo, lamentou pela cidade de
Jerusalém, que estava completamente destruída. No entanto, não deixou abater,
cheio de esperança e fé, começou a orar a Deus e ter iniciativa em usar as
oportunidades em sua volta ( apoio do rei, material para construir a cidade, cartas
para todos os governantes, etc). Então pare de lamentar. Aprenda em alimentar a
sua esperança: "A nossa esperança não nos decepciona, porque Deus
derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo..."(Rm
5.5).

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que fortaleça a sua esperança, crendo que dias melhores virão.
Também, que essa esperança possa produzir indignação e coragem para enfrentar.
11º Dia: Tenha bom ânimo

"No mundo tereis aflições, mas tenham bom ânimo! Eu venci o mundo..."
(João 16.33)

O ânimo é o agente ativador do ser, é que faz você ativo, positivo, acreditar no
amanhã é o que faz correr atrás dos seus objetivos. Em Atos 14, mostra Paulo
sendo apedrejado na cidade de listra. Entretanto, ao recuperar das suas feridas,
voltou para a cidade onde foi apedrejado, fortalecendo os irmãos com palavras
de ânimo, ou seja, o apostolo Paulo que deveria ser consolado, estava
consolando. A graça de Deus que faz isso, transformar a sua dor em socorro para
outros.
Infelizmente, existe muitos Cristão que desanima por qualquer motivo. Em Salmos
119:116: " Vivifica-me conforme a tua Palavra, para não perder a esperança
em ti." Em outra tradução: "Sustenta-me conforme a tua palavra, para não
perder o ânimo em ti..." A palavra de Deus é o remédio, é a injeção de ânimo na
tua angústia, isto é, produz fé, é o que faz o ânimo brilhar no teu rosto. Em Lucas
6.45: "A boca fala aquilo que o coração esta cheio..." Então limpe, avalie o que
você esta preenchendo o seu coração, isto é, palavra de derrota, fracasso,
murmuração, reclamação. Na verdade, o que vai dar ousadia, coragem e
esperança é a intensidade da presença de Deus em sua vida: "Não temas, pois a
minha presença estará com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o
fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa."
(Isaias 41.13)
Para finalizar, faça dos contra tempos alimento para a sua coragem. Não se
entregue ao sofrimento. Se for preciso chore, chorar às vezes é preciso para
livrar-se da dor, da mesma forma como é preciso chover para que o céu fique
novamente limpo. É somente depois de uma tempestade que o arco-íris surge no
céu, depois das lágrimas os sorrisos podem transbordar em sua vida. Portanto,
faça de seus insucessos desafios estimulantes, sinta-se motivado a superar os
obstáculos que lhe aparecem à frente. Anima-se!

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a não perder o seu brilho, o seu sorriso, sua alegria de
continuar em meio aos fracassos e erros da vida.
12º Dia: O poder do clamor

" Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grande e firmes que


não sabes..." ( Jeremias 33.3)

No contexto bíblico, a nação de Israel estava preste a ser destruída pela
Babilônia. Então o profeta Jeremias deu a solução: "Clamar a Deus". O
interessante que neste versículo Deus faz duas promessas: Ele vai te dar resposta
(proteção, direção e consolo) e também, vai mostrar segredos ocultos, ou seja, a
resposta de Deus para sua vida irá além da sua compreensão humana, são
revelações, segredos e experiências novas. Por esse motivo que Paulo escreve
em Efésios 3.20: "Deus fará além do que pedimos ou imaginamos, segundo a
graça que opera em nós..."
Na verdade, clamar é pedir com intensidade, com insistência, um desejo intenso,
gritar, bradar com alta voz, implorar ou suplicar. Mesmo porque, pedir é apenas
solicitar, agora, clamar, é um estágio total de dependência na intervenção divina
na sua causa. É manifestar a nossa fé, a nossa submissão, isto é, daquilo que seu
coração tem convicção. Lembre-se disso, o clamor esta fundamentado em duas
coisas: Fé e esperança. A fé é acreditar que já aconteceu, a esperança é acreditar
que algo vai acontecer. O próprio Jesus afirma: "Tudo o que vocês pedirem em
oração, creiam que já o receberam, e assim lhes sucederá (Marcos 11.24)
Às vezes, as pessoas em sua volta e as circunstâncias querem te neutralizar e
parar de clamar, como o cego Bartimeu, no entanto, por causa da insistência, ele
conseguiu (Marcos 10.47). . Como, também, o caso da parábola da viúva, em
Lucas 18: "a viúva clamou tanto, que o juiz resolveu o caso dela..." E Jesus
concluiu: "fará justiça por aquele que clamam dia e noite..." Porque ação do
homem é clamar, que faz provocar a reação de Deus em solucionar.Veja a reação
de Deus em Jeremias 33.6: "Se clamarem a mim, trarei saúde, curai e
abundância de paz..."

Reflexão do dia

Então clame a Ele. Se é uma fraqueza espiritual ou emocional? Algo na justiça ou
empresa? Algo na família ou casamento? Deus quer ouvir o seu clamor!
13º Dia: Verdadeiro adorador

"Deus esta a procura de verdadeiros adoradores que adorem em espírito e


em verdade..." (João 4.23)

O termo adorar aparece mais de 200 vezes na Bíblia, que vem do Latim
"Adorare"3 que significa dar valor, atribuir honra, prostrar-se, mostrar reverência,
reconhecimento, amar extremosamente. Interessante, que a ciência descobriu que
o ser humano já nasce com características naturais para adorar algo, seja um
objeto, pessoa famosa ou filosofia. No entanto, Deus criou essa característica
natural de adoração em nós, para ser somente atribuído a Ele.
Além disso, adoração também tem haver com aquilo que você valoriza e prioriza
acima de Deus. Quando o texto diz que Deus procura verdadeiro adoradores em
Espírito, porque Deus é espírito, esta dizendo, que, adoração tem que vir de
dentro para fora. É uma atitude do coração. E, também, quando o texto diz que
Deus procura adoradores em verdade, esta dizendo do seu estilo de vida, ou seja,
viver uma vida de adoração. A adoração verdadeira do Criador abrange todo
aspecto da vida da pessoa. O apóstolo Paulo salientou isso ao dizer: "Quer
comais, quer bebais, quer façais qualquer outra coisa, fazei todas as coisas
para a glória de Deus." (1Coríntios 10:31)
Concluindo, quando essa adoração é acompanhada em espírito e em verdade tem
o poder incrível na restauração na sua fé: "Abraão foi fortalecido na fé, dando
louvores a Deus..."( Rm 4.20) "Paulo e Silas foram libertos da prisão ao
adorar..."( Atos 16.25) Isso não significa, entretanto, que Deus é carente, uma
necessidade de auto estima da nossa adoração. Quando entendemos o princípio de
oferecer adoração, o propósito de Deus é alinhada na nossa vida, trazendo
libertação, restauração e fortificação da sua fé - é uma expressão da sua
dependência e da sua submissão a Deus, então, devemos adorar por aquilo que
ele é, por aquilo que ele fez, por aquilo que ele faz e por aquilo que ele fará em
sua vida.

Reflexão do dia

Torne adoração como um hábito em seus lábios. É usar frases curtas ao longo do
dia, dizendo: Tu és lindo! Tu és maravilhoso! Minha Alegria! Minha Força!
14º Dia: Dominando o medo

"Seja forte e corajoso! Não desanime, pois o Senhor, seu Deus , estará
contigo.." ( Josué 1.9)

A definição de coragem se define com bravura, ousadia, firmeza ou disposição,
isto é, uma disposição para lutar e arriscar. Muitas das vezes, a rejeição,
discriminação, julgamento, confronto, crítica ou a discórdia, pode gerar medo,
impedindo de ir além, levando a neutralizar e inibir o seu potencial.
Na verdade, coragem é um virtude que faz a gente dominar e resistir o medo, ou
seja, a coragem controla o medo, que dá energia para você utilizar o seu potencial
psicológico e físico para avançar, agir e ir para cima do obstáculo. Por esse
motivo que Salomão escreve em Pv 24.10:"Se ficar desesperado no dia da
angustia a tua força(coragem) será pequena..." Em 2Tim 1.7 Paulo exorta o
jovem Timóteo: "Deus não deu um espírito de covardia, mas de poder, amor e
equilíbrio.."Se o medo não for controlado leva a covardia. Além do mais, a
palavra "arriscar" se define como aventura para o novo ou correr perigo. Mesmo
porque, todas as decisões que tomamos na vida, correm um risco e perigo.
Dependendo do risco, pode gerar medo e insegurança. Entretanto, existe três
passos sobre a decisão:

1º Conhecimento profundo sobre a sua decisão: Procure pessoas que já se
arriscaram, e a direção de Deus, assim ajuda a ter mais confiança e segurança.

2º Seja estratégico: faça um cálculo do tempo e da dimensão da proporção do
risco. Veja qual será o prejuízo, isto é, se terá a capacidade de superar.

3º Tenha planos: Crie planos para redimensionar a sua estratégia, isto é, um
planos "B". Aprenda essa lição, se queremos evitar as lágrimas pelas decisões
precipitadas, veja o que a palavra nos ensina: O homem paciente dá a prova do
seu grande entendimento..."( Pv 14.29)

Reflexão do dia

Ore ao Senhor pedindo coragem para dominar o medo. Em não atrofiar na
covardia, seja nos dons, ministério ou até mesmo, na área profissional.
15º Dia: Minha graça te basta

"... a minha graça te basta, porque o meu poder se manifesta no teu


sofrimento."(2Corintios 12.9)

Neste texto, mostra Paulo orando a Deus, por três vezes, para tirar o sofrimento
(quando um judeu ora por três vezes o mesmo pedido, demonstra a sua intensa
necessidade). Mas a resposta de Deus foi: " a minha graça te basta..." O que
Deus estava dizendo, que, a graça de Deus tem a capacidade de manifestar os
feitos de Deus no seu ministério, isto é, a cura, os milagres e os prodígios de
Deus.
Por outro lado, a graça, também, te dá a estrutura emocional para suportar as
circunstâncias, fazendo blindar seus sentimentos de magoa, ódio e tristeza. Por
esse motivo que Paulo conclui em 2Corintios 12.10 ao dizer que "sente alegria
nas perseguições e nas angustias..." O termo grego traduzido por “graça”
é charis que significa “graça, favor imerecido, bondade, amorosa benevolência
de Deus": "Onde o pecado abundou, superabundou a graça." (Romanos 5.20).
É essa graça que te salva, perdoa, redime, justifica e regenera. Assim como diz
em 1Pedro 5.10: " O Deus de toda graça que nos aperfeiçoa, confirma,
fortifica e fortalece..." Sem a graça, tornamos fracos e vulneráveis para com o
pecado que nos cerca. O interessante que quando conhecemos, entendemos e
vivenciamos essa maravilhosa graça de Deus em nossa vida, temos a facilidade
em doar essa graça para com o próximo. Como, por exemplo, liberar o perdão
quem te feriu e te machucou.
Entretanto, para que a graça seja abundante em sua vida é necessário uma entrega
completa, através de uma vida de jejum, oração e palavra. Só, Então, a graça se
manifestará ensinando a renunciar o pecado, fazendo você viver em novidade de
vida. Mesmo porque, a dimensão da graça de Deus em sua vida, vai depender da
dimensão da sua busca:"Portanto, fortifique-se na graça que há em Cristo"
(2Tm 2.1)

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que aumente a graça de Deus em sua vida, para poder desfrutar da
paz em meio as suas lágrimas ou suas afrontas.

16º Dia: Força em Deus

"Alegria do Senhor é a nossa força..." ( Neemias 8.10)



Para começar, quando Neemias declara que alegria do Senhor é a nossa força, ele
esta declarando a sua total dependência da força do Senhor. A lua, por exemplo,
todos nós sabemos que a lua não tem luz própria, é o reflexo da luz emitida pelo
sol. Por ser cinzenta e escura, reflete apenas 12% da luz do sol sobre a terra.
Assim também somo nós, essa alegria de ir a igreja, essa graça em liberar o
perdão e o prazer de falar de Jesus vem da força do Espírito Santo em nós.
Lembre-se disso, Deus precisa, apenas, que você reconheça que essa força de
resistir a tentação ou a força de liberar o perdão ao próximo vem Dele, assim
como Davi declarou: "Ele é o meu Deus que me reveste de força e torna
perfeito os meus caminhos, sustenta-me firme nas alturas. Ele treina as
minhas mãos e meus braços para a batalha..." (Salmos 18: 32) Deus quer
liberar uma unção de conquista na sua vida.
Por esse motivo, valorize a força que esta em você - não falte os cultos por
qualquer motivo - não assista firmes e novelas indecentes - não misture com más
amizades. Lembra de Sansão? Um homem cheio do Espírito Santo, um força
extraordinária. Realizou proezas em Israel, mas ao relacionar com uma mulher
filistéia, chamada Dalila, o Espírito Santo se retirou dele e perdeu a sua força:
"Quando mantinha escondido os meus pecados, as minhas forças foi se
esgotando..." (Salmos 32.3) Também, a força de Deus em nós esta condicionada
na proporção da nossa busca a ele: "O homem sábio é poderoso, e quem tem
conhecimento aumenta a sua força" ( Pv 24.5)
Para finalizar, essa alegria ou força que o Senhor quer colocar em sua vida, não é
uma alegria momentânea, mas uma alegria permanente, duradoura e verdadeira.
Ao ponto de não depender das circunstâncias para ser feliz. Quando você
compreendemos verdadeiramente o propósito da sua espera, da sua dor, pode ter
certeza, que suas lagrimas irá sumir.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que conceda uma alegria incondicional, isto é, não depender
daquilo que Deus faz, e sim, daquilo que ele é: Teu salvador, seu pai, teu amigo e
o teu consolador.
17º Dia: Felicidade em Deus

"Eu descobrir que não ha nada melhor para o homem, do que ser feliz e
praticar o bem enquanto vive." (Eclesiastes 3.12)

Felicidade se define como uma pessoa plenamente satisfeita ou uma boa
percepção positiva, onde melhora a sua saúde física e psicológica, isto é,
transmite informações para os nervos do corpo e para o celebro ajudando a
coordenar os batimentos cardíacos, respiratórios e contrações musculares.
Com base nisso, não espere ser feliz amanhã, aprenda a ser feliz hoje. Pelo fato
do ser humano nunca estar satisfeito com aquilo que tem, produz estresse e
preocupação. Lembre-se disso, a melhor maneira de ser feliz é quando você
aprende a se adaptar e adequar a realidade da vida. Agora, quem não quer casar?
ter filhos? uma boa casa? um carro? ou um bom salário? Mas tome cuidado para
que esses desejos te domine e colocar toda a esperança e felicidade nisso, ao
ponto de tirar a sua paz, alegria e tempo. Como diz Salomão em Eclesiastes 2.11:
"tudo que conquistei, foi apenas cansaço, como correr atrás do vento.."
Então, segue algumas dicas:

Tenha mais tempo com seus filhos e esposa;
Tire ferias. Descanse. Aproveite os dias de folga;
Gaste o dinheiro no limite do teu orçamento;
Faça amigos. Crie relacionamentos, porque ajuda no bem estar;
Seja fiel com Deus em com as pessoas em sua volta, porque um dia você vai
precisar deles;
Mantenha firme e sua esperança, porque ajuda a transportar a sua mente para
o futuro e sonhos;


Concluindo, as coisas materiais apenas acrescenta, mas não completa sua
verdadeira felicidade. Então seja feliz! aproveite mais! Viva mais! Salmista Davi
nos aconselha: "Quem de vocês quer amar a vida e deseja ver dias felizes?
Guarde a sua língua do mal e da falsidade. Faça o bem e busque a paz..."
(Sl34.12)

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a ser mais satisfeito o que tem. Em aprender aproveitar
aquilo que a vida oferece de bom.
18º Dia: Deus no controle

"O Senhor estabelece o seu trono nos céus e como rei domina sobre tudo o
que existe." ( Salmos 103.19)

Quando esse salmo fala que Deus domina ou controla tudo o que existe, não
significa que Deus manipula a nossa historia. Mesmo porque, Deus não criou o
ser humano como um robô, marionetes e sem vontade. Este texto esta dizendo,
que, Deus tem autonomia para interferir em qualquer hora, lugar ou momento. Em
Deuteronômio 30.19 diz: "Deus deu livre arbítrio para escrever a nossa
história...", ou seja temos autonomia para decidir e escolher. No entanto, Deus
tem autoridade para interferir na nossa autonomia.
O universo, por exemplo, atmosfera que envolve a terra, possui uma camada de
intensidade exata para impedir bombardeio de meteoritos que entram na
atmosfera, com velocidades de 45 km por segundo. Como diz em Isaias 45.12: "
Foi eu que fiz a terra e nele criei a humanidade. Minhas próprias mãos
estenderam os céus, eu coloquei um exercito de estrelas."
A história de Jó, por exemplo, Deus dá limites para satanás agir no limite
determinado para ferir. Entretanto, Jó compreendia que Deus estava no controle
ao dizer com expressão de adoração: "Deus me deu, Deus tirou, Louvado seja
o nome do Senhor..." (Jô 1.21) Muitas das vezes fazemos tanta apologia ao
diabo, que parece que é o diabo que esta no controle da nossa vida. Então tire
essa expressão diabo da sua boca e engrandeça com palavras de adoração a
Deus. Sabendo que Deus esta no controle do teu sofrimento, como diz em Os
6.1:"Deus nos feriu para o arrependimento, mas também sarará as feridas."
Por esse motivo, creia que o mesmo Deus que está permitindo esse sofrimento, é
o mesmo Deus que vai trazer a sua vitória que você precisa. O mesmo Deus que
fechou a porta é mesmo Deus que pode abrir outras portas.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a descansar e compreender o cuidado de Deus em sua
vida, mesmo que as circunstâncias não esteja ao seu favor.
19º Dia: Cura interior

" Só Ele cura os de coração quebrantado e cuida de suas feridas." ( Salmos


147.3)

Todos nós temos pontos fracos, conhecido como feridas emocionais (magoa,
ódio, medo, insegurança, raiva, etc) causada pelas experiências traumáticas do
passado, seja uma traição, rejeição, injustiça ou circunstância da vida. Agora se
você não souber lidar com essas experiências negativas pode afetar e alterar o
funcionamento cerebral e um desequilíbrio hormonal, levando a terapia
medicamentosa. Mas, lembra-se disso, a maioria das doenças emocionais não se
cura com remédios:

1º Substituir os seus pensamentos por coisas boas: É colocar na sua mente tudo
aquilo que traz alegria e prazer. Como Paulo escreveu em Filipenses 4.8: "
Encham a sua mente de vocês tudo que é puro, amável e merece louvor..." A
nossa mente é articulada com as nossas idéias, sentimentos e suas ações, por
conseqüência, se não tiver uma mente disciplinada, pode paralisar, neutralizar,
escravizar e destruir o seu casamento e o teu futuro. Vivendo uma vida
amargurada e infeliz.

2º Processo da verbalização: É colocar tudo para fora sentimentos ruins. Tudo
aquilo que esta preso em você. A mulher, por exemplo, quando esta tensa ou
deprimida, a solução é ter alguém para conversar. Porque o desabafo alivia a
tensão. Mas lembre-se, o terapeuta ou seus amigos, vai dar um hipótese sobre o
seu caso e nem sempre estará certo da resposta. Por esse motivo que em 1Pedro
5.7 diz: " lançai sobre Ele toda a vossa ansiedade..." É transferir tudo para
Deus - a oração vai dar a solução do seu caso.

3º Tenha amigos: Amizade ajuda no bem estar psicológico e físico, ou seja,
produz uma boa qualidade de vida, assim como diz em Eclesiastes 4.9 " E
melhor ter amigos, porque se um cair o outro pode ajudar a levantar..." Uma
amizade que distribui confiança, libera respeito, uma amor mutuo e participativo,
fazendo crescer e amadurecer. Porque o isolamento só vai piorar o seu caso: " O
isolamento esconde a sua própria sabedoria..." (Pv 18.1)

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que cure as suas feridas emocionais, seja uma magoa, medo ou
insegurança referente ao futuro.
20º Dia: Promessas de Deus

"Cumpra em minha vida as tuas promessas para que eu possa temer ao


Senhor... ( Salmos 119:38)

O Salmista Davi estava declarando que o cumprimento das promessas produzia
mais temor no coração, isto é, a obediência será mais intensa e profunda. Por esse
motivo que o Salmista escreve: "Este é o meu consolo no meu sofrimento: as
tuas promessas me trazem vida..." (Salmos 119:50). Na bíblia, existe mais de
trinta mil promessas. Agora, para poder conquistas as promessas de Deus é
preciso conhecer os princípios que Deus estabeleceu, veja algumas delas:

Fé (Hebreus 11.9) A fé que vai mover você a conquistar e possuir;

Obediência (Hebreus 11.8): A sua promessa esta condicionada a sua
obediência;

Tempo (Hebreus 6.15): O tempo de Deus pode ser imediato ou
demorado;

Lutar: Ajuda a valoriza aquilo que Deus te deu;

Etapas: (Salmos 103.14) Deus não entrega tudo, de imediato, em
nossas mãos, pois podemos destruir e desperdiçar;


Às vezes, achamos que as promessas não vai acontecer, pelo fato do futuro estar
cada vez mais incerto. Assim como Davi orou: "Os meus olhos fraquejam de
tanto esperar pela tuas promessas, e pergunto: "Quando me
consolarás?" (Salmos 119.82). Perceba que Davi, entendia muito bem, que ainda
não era o tempo do cumprimento da promessa, no entanto, ele pediu consolo. O
consolo de Deus tem a força de aliviar, tranqüilizar e acalmar o teu coração, isto
é, tem a capacidade de fazer você descansar em meio as tempestades e lutas da
vida. Veja a declaração de Deus a Moises: "A minha presença irá contigo para
te dar descanso..." (Êxodo 33.14) Por esse motivo que o Espírito Santo é
chamado: O consolador. Lembre-se disso, a sua espera, as suas lágrimas e a sua
dor só terá sentido quando você compreender o que significa a presença de Deus
em meio ao seu sofrimento.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a descansar e adorar em meio a sua espera (Rm 4.20),
porque o cumprimento das promessas vai muito além do que você imagina.
21º Dia: Vale da morte

" Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte não temeria mal algum,
porque tu esta comigo." ( Salmos 23.4)

O vale é um lugar que se concentra entre duas montanhas ou colinas. Era neste
lugar que era realizado as guerras e batalhas. Por esse motivo que o vale
simboliza o dia mal, tribulações e adversidades. E pelo fato do vale ficar em
lugares baixos, a visão fica restrita você não sabe qual é o melhor caminho, se
sente frágil e inseguro, seja na área emocional, espiritual ou material. Em
2Cronicas 20.1-26 fala da vitória do povo de Judá no vale de Beraca. E neste
vale que nos ensina três lições :

1º Descer no vale: Deus pediu para Josafá, rei de Judá, descer no vale para lutar
e guerrear, ou seja, vale não é lugar de lamentar e chorar e sim o momento de
mostrar a sua fé e revelar o Deus que luta por você. Na verdade, a grande questão
não é se você esta no vale, e sim, se Deus esta com você neste vale. Mesmo
porque, pessoas medrosas atrapalha outros que querem lutar: "homem medroso
deve voltar para casa. Se não, pode acontecer que os outros soldados fiquem
com medo também.”(Deuteronômio 20.8)

2º Lugar de conquista: O texto diz que o povo viu um imenso exército morto no
vale. Então Josafá e seu exercito, por três dias, desceu no vale para pegar só as
riquezas. Esse vale será um divisor de águas da sua vida e ministério. Lembra de
Davi? lutou com Golias no vale, e quando matou, deixou de ser um simples pastor
de ovelhas para se tornar rei de Israel.

3º Lugar de adoração: Em 2Crônicas 20.26 diz que Josafá não desceu no vale
para lutar ou conquistar, mas desceu para adorar por aquilo que Deus tem feito.
Será que você pode descer nesse vale somente para adorar por aquilo que ele fez,
por aquilo que esta fazendo e o por aquilo que ele irá fazer em sua vida.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que possa enxergar esse vale na perspectiva de Deus: em lutar,
conquistar e adorar.
22º Dia: O pensamento de Deus

" Os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus
pensamentos são mais altos do que os seus pensamentos." ( Isaias 55.9)

Muitas das vezes, vem tanta perguntas no seu coração ao ponto de não encontrar
respostas. Mas saiba, que, mesmo que você não veja, não entenda, nem saiba o
motivo e a razão da tua circunstância, você deve entender que Deus tem os seus
atributos: Onisciência (conhece todas as coisas); Onipresença (estar em todo
lugar) Onipotência (possuir todo poder). Por esse motivo, você tornar limitado
para compreender os pensamentos e propósitos de Deus.
Entretanto, Deus é fiel para deixar alguns sinais daquilo que ele quer fazer na sua
vida: Pode ser um sonho, revelação ou visão, porém, mesmo que seja claro os
sinais, Deus não vai dar todos os detalhes para você. Mesmo porque, ele é Deus e
não tem que dar satisfação de tudo. Em Hebreus 11.8 diz: "Deus pediu para
Abraão sai da sua casa, e saiu sem saber para onde iria..."Muitas das vezes,
Deus no leva a lugares desconhecidos, fazendo sentir inseguro como Abraão.
Dessa maneira, nos ensina a depender totalmente de Deus e tornamos uma grande
testemunha do poder e cuidado de Deus para essa geração.
Portanto, não olhe para o seu momento agora, veja com os olhos da fé. Creia que
Deus esta no controle. Aprenda com Davi, em Salmos 57.1: " Nas suas asas eu
me abrigo, até que se passe todas as calamidades..." Davi estava vivendo seu
pior momento de sua vida, três mil soldados estavam atrás de Davi para matá-lo.
Entretanto, Davi não resolve murmurar ou reclamar contra Deus, mas se esconder
no cuidado de Deus. Por causa dessa escolha, Davi tornou o rei mais poderoso de
Israel. Você é a única pessoa que pode abortar e cancelar os propósitos e
pensamento de Deus. Porque você tem livre arbítrio para murmurar ou adorar; em
prosseguir ou desistir.


Reflexão do dia

Peça ao Senhor que faça entender e aceitar a vontade de Deus, mesmo que para os
seus olhos, não seja conveniente.
23º Dia: Vida de desanimo

"De todos os lados somos afligidos, mas não desanimados, ficamos sem
entender, mas não desesperados." ( 2Corintios 4.8)

Passar por um momento de desanimo é normal. Mas o que Paulo estava se
referindo é uma vida de desanimo. Conhecida como desanimo extremo, ao ponto
de perturbar e atrapalhar o seu dia-dia e convívio social. No entanto, se não for
tratado, pode levar a uma depressão profunda, criando doenças crônicas e
violentas, mexendo no interior do seu organismo, na química do seu corpo e no
seu equilíbrio emocional. Além disso, se tiver questões hormonais baixa, pode
viver na dependência com terapia medicamentosa.
O interessante que o desanimo atinge em diversas formas: através de algo que
você ouviu - um acontecimento na sua vida - derrota ou a forma errada de ver as
coisas. Isso pode produzir alguns sintomas (sentir muito sono, perca de peso,
vontade de suicídio, etc.). E sempre acontece quando as nossas orações não são
respondidas, ou então, quando as coisas não saem do jeito que planejamos.
Isso me faz lembrar do pecado de Davi, em 2Samuel 12.1. O texto mostra que a
tristeza bateu no coração de Davi. Mas o que me chama atenção, é a oração de
Davi, onde ele compreendia que alegria, o renovo e o perdão dependia de Deus:

"Cria em mim um coração puro, e renova dentro de mim um espírito
estável. Não me expulse da sua presença, nem tires de mim o teu Santo
Espírito. Devolve-me alegria da tua salvação e sustenta-me com espírito
pronto a obedecer. Então ensinarei os teus caminhos aos pecadores."(
Salmos 51.10-13)


Reflexão do dia

Peça ao Senhor que conceda aquela alegria que você tinha no início da sua
conversão, no inicio do seu ministério. Uma alegria que contagia e inspira outros
a continuar.
24º Dia: A duração do choro

"O choro pode durar uma noite, mas alegria vem pela manhã..." (Salmos
30.5)

Quem nunca chorou por uma circunstância ruim da vida? Seja uma rejeição,
traição, desemprego, oposição, perseguição, doença na família, morte de um ente
querido, crise financeira ou conjugal? Ao ponto de chorar na cama, em busca de
encontrar resposta do "por quê?". Mas Davi nos ensina uma grande lição: "O
choro pode durar apenas uma noite..." Quando fala de noite, esta associado ao
momento onde sua visão fica limitado, não existe clareza do motivo, da razão ou
da resposta do teu problema.
Entretanto, Davi faz uma afirmação: "que alegria virá pela manhã..." Quando
fala de manhã, esta associado a luz, iluminação, a clareza do propósito, que
explica o "Por quê?" do teu problema. Não esta falando, necessariamente, só de
mudanças das circunstâncias exteriores, mas de uma mudança de atitude interior,
isto é, mudando a maneira de enxergar a vida - uma nova perspectiva de vida. Em
outras palavras, uma transformação de dentro para fora.
Se analisar mais o versículo, vai perceber que a noite tem duração de tempo:
"Vai durar apenas uma noite..." Mas alegria de Deus não tem duração de tempo:
" Alegria virá pela manhã..." ou seja, não tem limite de tempo para terminar,
isto é, uma alegria que contínua na sua vida. Em Salmos 119.18 Davi faz uma
oração gloriosa:" Desvenda os meus olhos para compreender os teus
propósitos da tua lei..." A palavra "Desvenda" significa tirar o véu ou tornar
visível. Quando os nossos olhos são abertos, conseguimos compreender e ir a
lugares mais profundos do coração de Deus.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que produza em seu coração um posicionamento de não deixar
abater diante dos problemas da vida.

25º Dia: Uma vida curta

" Para o homem, são os seus dias como a erva, como a flor do campo, vem o
vento e some..." (Salmos 103.15)
Neste texto, a vida do homem é comparada como a erva do campo. A erva,
utilizada na bíblia, é uma metáfora, para representar a brevidade da vida. Isso se
faz lembrar a sua fragilidade, isto é, algo que se passa depressa. As flores do
campo, me faz lembrar da gloria humana, que é o poder, dinheiro,
reconhecimento, elogios e aplausos. lembre-se disso, tudo o que possuímos é
passageiro e inconstante. Como esta escrito:"a vida é como vapor que aparece e
logo depois se desvanece."(Tiago 4.14)
Em Salmos 90.9 diz que "os nossos dias vão passando como um conto
ligeiro..." Um "conto ligeiro" é um livro pequeno, com poucas paginas, mau
começou de ler, já terminou, ou seja, a nossa vida passa rapidamente. Às vezes,
ficamos ansiosos referente ao futuro e angustiado referente ao presente, que
parece que essa vida vai durar para sempre. Aprenda essa lição: Imagina se o
medito dissesse a você: "Infelizmente, você vai viver somente mais um ano de
vida!". O que você faria? Eu tenho certeza que você mudaria completamente a sua
rotina da sua vida:

A cada dia seria especial; Seria mais feliz do que ontem; Abraçaria e
elogiaria mais os seus filhos; Não seria orgulhoso, ansioso e preocupado;
ajudaria mais pessoas necessitadas; Aproveitaria mais o tempo livre com a
família; Trabalharia só o necessário; Tiraria férias para viajar; Buscaria
mais a Deus; Falaria de Jesus o máximo de pessoas possíveis.

Era isso que o Salmista Davi queria, ao afirmar em Salmos 39.4: "Mostra-me
Senhor, como a minha vida é curta e o numero dos meus dias que viverei
sobre a terra, para que eu saiba quão frágil sou..."

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a valorizar mais a vida, e ser mais satisfeito com aquilo
que tem. Fazendo você feliz, independente das circunstâncias.
26º Dia: Trazendo a memória

" Quero trazer a memória aquilo que me traz esperança..." ( Lamentações
3.21)

O livro de Lamentações foi escrito em um contexto de morte, destruição e derrota
de Jerusalém, conquistada pelo rei da Babilônia. O povo estava sem esperança de
um recomeço e sem expectativa de vida. Então o profeta Jeremias declara: "
Quero trazer memória aquilo que traz esperança...". Porque Jeremias sabia
muito bem, se lembrar dos feitos de Deus, de suas promessas, dos seus
livramentos e dos seus milagres ajudaria em acreditar que dias melhores virão e
impulsionaria a continuar na vida.
É verdade, que, todos nós carregamos lembrança do passado, seja boas ou ruins.
Algumas delas trazem grande alegria, porém outras, na maioria das vezes, nem
queremos lembrar. Mesmo porque, quando a nossa mente se depara com uma
situação ou problema, a sua mente vai nos arquivos da memória e busca um dado
que pode te ajudar a solucionar. Isso é feito automaticamente, em velocidade
espantosa e imperceptível, que nem um moderno computador consegue fazer. E
mais, o nosso pensamento não pode ser deletado, só pode ser substituído.
Dependendo daquilo que você alimenta a sua mente, pode paralisar e neutralizar
o seu presente e o seu futuro.
Em Filipenses 4.8 diz: "Tudo o que é puro, verdadeiro, correto, amável e se
traz algum louvor, nisso pensai...", isto é, colocar em sua mente. Paulo
compreendia muito bem que a depressão, desanimo, medo, masturbação, é uma
mente contaminada e corrompida. Portanto, tenta lembrar das orações
respondidas, dos livramentos que Deus já te deu, dos milagres que Deus já
realizou, dos feitos e da ação de Deus em sua vida. Pode ter certeza, que
automaticamente, vai aumentar os elogios e diminuir as críticas; aumentar o
sorriso e diminuir as lágrimas; aumentar a gratidão e diminuir a murmuração.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a trazer a memória aquilo que produza adoração,
gratidão, satisfação, paz e alegria.
27º Dia: Percepção espiritual

" Que o amor de vocês aumente cada vez mais no conhecimento e em toda
percepção." ( Filipenses 1.9)

Como você enxerga a vida? O modo de você definir a vida determina o seu
destino. Sua pers​pectiva irá influenciar o modo de você investir seu tempo, gastar
seu dinheiro, usar seus talentos e valorizar seus relacionamentos - a visão
determina suas esperanças, valores, relacionamen​tos, metas e prioridades.
Quando o apostolo Paulo diz: "aumente em toda percepção...", estava dizendo
para aumentar e amadurecer a maneira como você enxerga, observa, analisa e
interpreta as suas lutas, os seus sofrimentos, a sua vida, etc. Mesmo porque, o ser
humano tem uma inteligência natural que um animal não tem, de perceber e
analisar dados do passado e projetar para o futuro, ou seja, áreas da vida que
precisa ser mudadas. Lembre-se disso, a percepção é amadurecida na medida da
exposição da Sua palavra: " A tua palavra traz luz aos meus olhos..." (SL 19.8)
Aprenda essa lição, muitas das vezes, Deus não quer mudar a tua circunstâncias
na tua família, igreja ou empresa, e sim, mudar a sua percepção, mudar a forma
com você enxerga: "compra de mim, colírio para que, ao ungir os teus olhos,
possas enxergar claramente..." (Ap 3.18) Pode ter certeza, quando a sua
percepção da sua vida amadurece a dor da tua angústia vai sumir, as lágrimas do
teu rosto vai desaparecer e a ansiedade do teu coração vai evaporar, levando a
dizer com toda convicção e certeza: " Em paz me deitarei e dormirei, porque o
Senhor tem cuidado de mim..." (Salmos 4.8)
Na verdade, também, um dos motivos que nos faz ter uma visão errada de nós
mesmos, é que temos muita facilidade em enxergar nossos defeitos e
fracassos. Veja o caso de Moisés: sem-terra, fracassado, morava de favor na
casa do sogro e, se não fosse o bastante, ainda era gago. Aos nossos olhos,
Moisés não tinha nenhuma perspectiva de futuro, mas Deus o honrou e o
transformou no grande libertador do povo de Israel.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ilumine os seus olhos para poder compreender os propósitos
e planos de Deus.


28º Dia: Alegrar no Senhor

"Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se..." ( Filipenses
4.4)

Todos nós sabemos que alegria é um sentimento de prazer, jubilo e satisfação,
expressado através do sorriso. Alegria tem o poder de sarar a alma, aquecer o
coração e animar a continuar. Por esse motivo que Paulo usou mais de 16 vezes a
palavra alegria na carta de Filipenses.
Por outro lado, o sofrimento mexe no físico, psicológico e emocional, que pode
trazer depressão, preocupação e medo. Davi diz em Salmos 30.5: "O choro pode
durar uma noite, mas alegria vem pela manhã..."O choro representa o
sofrimento, tribulação e adversidade, mas vai durar somente uma noite, ou seja,
tem limite de tempo. Porém alegria que vem pela manhã, representa porta aberta,
provisão de Deus, ou seja, não tem limite de tempo. Essa alegria que o Espírito
Santo quer colocar no teu coração, é uma alegria eterna, divina e sobrenatural.
Em Romanos 12.12 diz: "Alegrai-vos na esperança... sedes paciente na
tribulação..." Paulo nos encoraja a nos alegrar na esperança que haverá, com
aquilo que Deus irá fazer, alegrar com a porta que ainda será aberta, ou seja, uma
esperança que algo novo virá. E Paulo finaliza, "sedes paciente na
tribulação..." a paciência significa suportar a dor em perder o equilíbrio
emocional.
Assim como Jesus afirmou em sua promessa: “Vós estareis tristes, mas a vossa
tristeza se converterá em alegria” (João 16:20) O cumprimento dessas
promessa, ocorreu na sua ressurreição, quando descobriram que Jesus ressurgiu, a
angústia e pesar foram substituídos por um gozo irradiante e permanente, isto é, o
derramamento do Espírito Santo na vida deles.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que conceda a oportunidade de desfrutar dessa fonte de alegria,
uma alegria da sua presença, do seu amor e cuidado no e meio da dor. Peça a
Deus que derrame alegria no seu coração, uma alegria que contagia, aquece,
anima e te motive a continuar.
29º Dia: Os propósitos de Deus

"Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o


propósito do Senhor..." (Provérbios 19.21)

A palavra Propósito se define como finalidade, objetivo, alvo, mas no grego é
"skopós"4 que tem um termo de proposta, intenção, objetivo, finalidade, ou seja,
quando Deus apresenta o seus propósitos para sua vida, ele esta dando uma
proposta. Tudo vai depender das suas escolhas. O que dá sentido a nossa vida é
saber o propósito da sua existência. Na verdade, propósito é aquilo que nos
chama atenção, aquilo que nos incomoda aquilo que nos leva a sair da cama todos
os dias. Quando deixam de cumprir o propósito somos como um carro velho
quebrado no meio na avenida, e o pior, estamos atrapalhando quem quer passar.
A filosofia interpreta a palavra propósito como conquista, sorte ou sonho
realizado. Para Jesus, é diferente, o propósito se define como influenciar, mudar
e marcar pessoas em sua volta. O propósito de Cristo é o significado da sua
existência, isto é, Deus nos criou para esse propósito: "Vocês, porém, são
geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para
anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua
maravilhosa luz..." (1Pedro2.9). Por esse motivo que você deve usar todo o seu
potencial, habilidades e talent1os para anunciar o que ele fez em sua vida.
Em Romanos 8.28 diz: " Todas as coisas contribui de acordo com o seu
propósito...." Mesmo que você não entenda o motivo de certas circunstâncias,
pode ter certeza, que aquilo que Deus planejou para você tem garantia de sucesso
- uma vida plena, feliz, prospera e bem sucedida. Bem verdade, que, a
durabilidade de resistir as tentações, lutas, perseguições, as críticas e as
rejeições vai depender da firmeza do seu propósito


Reflexão do dia

Lembre-se disso, aquilo que você determinou como propósito para sua vida, será
isso que você vai priorizar e valorizar, isto é, faz você realizar com afinco, amor
e com zelo. Então avalie o que você esta priorizando em sua vida.

30º Dia: Verdadeiramente livres

"Se o filho vos libertar, sereis verdadeiramente livres..." (


João 8.36)

Ser livre de verdade é viver intensamente, poder conhecer o inesperado. Poder
voar sem limites. Poder desfrutar daquilo que já é da sua herança: "Foi para a
liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se
deixem submeter novamente a um jugo de escravidão..." (Gálatas 5.1) No
termo original no latim, a palavra "liberdade" tem o sentido de ousadia; que
possui coragem; sentimento de estar livre; ser independente; poder ter autonomia
para decidir e escolher.
Em Genesis 37 conta que José foi vendido, esquecido, caluniado, rejeitado e
frustrado. Ele tinha mil motivos para viver preso na depressão, solidão, medo e
frustração. No entanto, a história conta que José, na prisão, ganhou a simpatia do
carcereiro, com isso, tornou encarregado dos presos, ou seja, a prisão não
prendeu José. Sempre foi livre. As vezes, estamos presos:

Passado: produzindo um medo e insegurança;
Problemas: achando que não tem solução;
Incredulidade: não acredita em dias melhores;
Pecado: não consegue libertar de certo vícios;
Ilusão: Achando que o mundo tem coisas boas;
Solidão: Não se relaciona com ninguém;
Ansiedade: não consegue confiar em Deus;
Depressão: não entender o cuidado de Deus;


Quer ser livre? Então aprenda que Paulo declara em 2Corintios3.17: "onde
habita o Espírito Santo, ali há liberdade..." O segredo esta no nível do seu
relacionamento com Deus. Assim com Davi diz em Salmos 119.45: " Tenho
vivido em verdadeira liberdade, por ter buscado os preceitos do Senhor."


Reflexão do dia

Peça para o Senhor te libertar de qualquer sentimento, magoa ou tristeza. Você
não foi criado para viver em gaiola, e sim, em um céu aberto. E não foi feito para
viver em aquário e sim em um oceano.
31º Dia: Aba, Pai!

"Todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus, por meio
do qual podemos dizer: "Aba, pai!" (Romanos 8.15)

A palavra "Aba Pai" é uma expressão bíblica derivada do termo com origem na
língua aramaica “Abba” que significa “o pai”,“meu pai” ou "Paizinho". A
expressão “Aba, Pai” foi utilizada, também, por Jesus no momento de sua morte,
quando suplicava a Deus, chamando-o de Aba, conforme descreve o Evangelho
de Marcos 14:36: “E disse: Aba, Pai, afasta de mim este cálice, não seja,
porém, o que eu quero, mas o que tu queres.”
Na verdade, quando Jesus usou essa expressão "Aba", pois no costume Romano,
quando o filho tinha muita aproximação do pai, através da educação, carinho,
respeito, amor, atenção, afeto, abraços e beijos, usava a expressão carinhosa
dizendo "ABBA" que significa paizinho, uma expressão de intimidade e
aproximação. Para Jesus, usar a expressão "Abba" em se dirigir a Deus, revela o
coração de seu relacionamento com Deus. Entretanto, usar a Palavra ‘Abba,’ só é
possível, dentro do novo relacionamento com Deus, dado pelo Filho. Se você é
guiado pelo Espírito Santo, então você é filho e tem esse privilégio de dizer com
toda segurança: "Aba, pai!" E mais, ser filho, nos dá privilégio de possuir e
desfrutar da nossa herança conquistada na cruz.
À medida que você anda e vive nesse amor de Pai, produzirá uma fonte
inesgotável. Uma alegria em amá-lo e servi-lo mais - deixando de ser fardo ou
obrigação. É esse amor que irá te mover , mexer e vibrar o seu coração: " Aquele
que se une ao Senhor, terá o mesmo sentimento com Ele" (1Corintios 6.17)

Reflexão do dia

Deus assume a nossa paternidade (cuidado, proteção e livramento) quando nós
assumimos a nossa filiação ( Postura de filho em submetê-lo). É na submissão que
o Espírito Santo poderá manifestar a sua presença, levando você, a dizer com
toda segurança: "Abba, Pai!"
32º Dia: O amor que constrange

"O amor de Deus nos constrange, porque estamos convencidos que Cristo
morreu por nós..." (2 Corintios 5.14)

A palavra "constrange" vem do termo grego "sunecho" que significa "impelir",
"impulsionar para frente", "controlar" ou "dominar". O sentido é claro: "o amor
de Cristo nos impulsiona para frente", isto é, uma amor tão intenso que nos motiva
em não parar ou retroceder. O interessante que a palavra "constrange"
esta no verbo presente, ou seja, é uma ação permanente. Um amor que não tem
tempo de terminar - algo continuo.
Para poder compreender melhor essa palavra "constrange", é necessário
conhecer o que está escrito em João 3.16 que diz: "Deus amou o mundo de tal
maneira que deu seu Filho para morrer em nosso lugar..." Um amor genuíno
que foi acompanhado com um amor prático: Entregando o seu único filho. Um
amor que não dependeu das nossas obras, mas sim, ele decidiu amar. Um amor
gratuito, espontâneo e livre. Isso demonstra, que, não apenas amou, mas Ele agiu,
Ele fez, Ele planejou e Ele executou.
Assim, ao visualizar um amor dessa dimensão, Paulo declarou que esse amor nos
atrai, nos impele, nos convence em amar a Ele - em renunciar o pecado. É esse
amor que faz a gente não afastar ou negociar com aquilo que o mundo nos oferece.
O povo de Israel, por exemplo, quando pecou, Deus faz uma declaração de amor:
"Com amor eterno eu te amei, por isso, com amor leal eu te atrairei a mim"
(Jeremias 31.3)

Reflexão do dia

Caso queira que esse amor te constranja, te impulsione amá-Lo e servi-Lo mais,
ao ponto do pecado tornar algo nojento no teu coração, então é preciso valorizar,
priorizar e investir nesse amor. É colocar todas as coisas espirituais em primeiro
lugar em sua vida, pois a proporção do amor de Deus em você, vai depender da
proporção do seu entendimento sobre o que ele já fez por você.

33º Dia: De todo coração

"...Amarás o Senhor teu Deus de todo coração, alma, entendimento e de toda


as suas forças..." (Marcos 12.30)

Esse amor que Jesus esta se referindo, é um amor ágape - um amor sacrificial,
sem limites e sem restrições. Um amor verdadeiro, completo, perfeito e que não
poe condições, isto é, um amor durável e não oscilante. Todos nós, de tempo em
tempo, tem que ter uma auto avaliação sincera a respeito do nosso amor para com
Deus. Mesmo porque, a bíblia declara: "Se alguém não ama ao Senhor seja
maldito" (1Corintios. 16.22).
Desta forma, o que Deus espera de cada um de nós, não é uma parte do seu amor,
mas um amor que envolva todo teu ser. Deus espera mais que uma performance
religiosa, mas sim, Deus espera paixão. A igreja de Efésios, por exemplo, fala de
uma alta performance religiosa: "Conheço as suas obras, a sua perseverança; e
você suportou provas por causa do meu nome...porém tenho contra ti que
abandonaste o teu primeiro amor..."(Apocalipse 2.2) Deus não quer só
performance, trabalho, desempenho ou seus cultos de domingo, mas Deus quer
que você faça tudo movida por amor. “[...] que o vosso amor aumente mais e
mais...” (Filipenses 1:9)
Francamente, o amor tem que ir além das palavras: "Amados, amemos não só de
palavras, mas de fato e de verdade..." (1João 3.18). O que Deus espera, não
são declarações verbais, mas um amor genuíno expressada através de nossas
atitudes e ações. Que aquilo que você faz para Deus seja o transbordar do seu
amor a Ele, ou seja, Deus espera que cada um de nós chegue nesse amor, um amor
que transborde para com o próximo, que contagie pessoas em sua volta, se bem
que, a melhor forma de demonstrar esse amor, é servir pessoas.

Reflexão do dia

Que Deus conceda um amor capaz de contagiar pessoas. Um amor movido por
atitudes; A força da sua intimidade vai depender intensidade do seu amor a Ele.

34º Dia: Tu me amas

"...Jesus pergunta a Pedro: Tu me amas? Pedro responde: Sim, tu sabes que


te amo! disse Jesus: Então cuida mas minhas ovelhas..." (João 21.15)

A palavra "Tu me amas..." é uma expressão grega "Agapal" que vem da
derivação "ágape", um amor sacrificial, perfeito e absoluto. No entanto, Pedro
afirma com outro amor: "tu sabes que te amo! Pedro utilizou a palavra grega
"Fileu" um amor de irmão, um amor fraternal ou um amor de amigo. Em outras
traduções: "Tu sabes que gosto de você!(NTLH)
Na realidade, a intenção de Jesus ao fazer essa pergunta a Pedro não era
simplesmente esperando uma resposta afirmativa ou negativa, mas sondar e mexer
com o coração de Pedro. Mesmo porque, a intensidade da pergunta do amor de
Jesus faz é uma, a resposta do amor de Pedro é outra. Pelo fato de Pedro ter
negado três vezes, ele esteve em contato com sua realidade e fragilidade: "antes
que o galo cante, você me negará três vezes..."(João 13.38). Por esse motivo
que ele não teve coragem de usar a palavra "Ágape." Apesar disso, os planos de
Jesus para Pedro ainda estava intacto: " Cuida das minhas ovelhas..."(João
21.15). Jesus acreditava no potencial de Pedro, que ele iria chegar a esse nível do
amor ágape (João 21.23)
Em outras palavras, Jesus estava dizendo a Pedro: "Se você me ama, eu quero
que você ama aqueles que eu amo! Se você se importa comigo, quero que
você se importe com aqueles que eu importo! Se queremos saber o nível do
nosso amor para com Deus, é necessário, avaliar a nossa disposição de servir
pessoas, isto é, em fazer alguém feliz, seja uma palavra de consolo, uma ajuda
financeira ou até mesmo uma oração intercessora.


Reflexão do dia

Deus não olha para você, olhando em conta o seu passado ou presente, mas sim,
enxerga o seu futuro, seu alvo. Deus quer levar a um lugar de conquista. Lembre-
se disso, Deus vê em cada um de nós a possibilidade de alcançar esse amor
"Ágape."
35º Dia: Caminhos e feitos de Deus

"...O povo de Israel viu os feitos de Deus, mas não conheceu os seus
caminhos..." (Hebreus 3.8-14)

Neste texto, o livro de hebreus mostra que Deus quer tanto que conhecemos os
feitos de Deus, como também, conhecer os seus caminhos. Caminhos fala da
"revelação do propósito" e os feitos fala da "manifestação do seu poder." Os
seus caminhos e os feitos são de mutua dependência. Mesmo porque, o propósito
dos feitos de Deus é revelar os seus caminhos.
Para o povo de Israel, não foi o que aconteceu: " Deus manifestou os seus
caminhos a Moisés, os seus feitos ao povo de Israel..." ( Salmos 103.7) Todos
os milagres e feitos de Deus é apresentado um caminho, uma direção, um
propósito: "[...]reconhecemos que ensina o caminho..." (Lucas 20.11). "Errais
por não conhecer as escrituras (caminho) e nem o poder (feitos) de Deus..."
(Marcos 12.24) O salmista fala de maneira mais profunda: " Pedimos a tua
benção, para que as nações conheça e vejam os teus caminhos..."(Sl 67.1-2)
O propósito das bênçãos sobre a nossa vida é tornar uma vitrine , isto é, chamar
atenção das pessoas em sua volta. O profeta Isaias 62.7 diz: Eu não dei
descanso, até que ponha Jerusalém por objeto de louvor sobre a terra..." O
propósito dos caminhos de Deus é fazer de você uma referência daquilo que Deus
é capaz de fazer. Quando valorizamos o caminho de Deus, então os feitos vai
intensificar em nossa vida.
Logo, entendemos que, receber o milagre ou uma benção, não é apenas um
privilégio, mas também, é uma responsabilidade: "Quem muito for dado, muito
será cobrado..."(Lucas 12.48). Toda cobrança de Deus será na proporção do que
recebemos. Quando o evangelho nos toca, isso vem marcado pelos feitos de Deus.
Agora, quando deixamos de cumprir o caminho, também, Deus deixa de realizar
os seus feitos.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que revele os caminhos que ele traçou em sua vida, pois toda a
intimidade profunda é manifestada por feitos e revelações dos propósitos de Deus
em sua vida.
36º Dia: Guiados por Deus

"Instruirei e ensinarei o caminho que deve seguir, sobre as minhas vistas te


darei conselho..." (Salmos 32.8)

Nesse salmos, Deus espera cada um de nós, uma disposição de obediência. Uma
pessoa que tenha entendimento. Aliás, Deus não impõe a sua vontade, mas espera
a sua rendição: " Assim diz o Senhor: Eu dei as minhas leis, mas não
obedeceram, por esse motivo, não darei mais conselhos..."(Ezequiel 20.1-
3).Também, a obediência tem que ser movida por amor, isto é, se deixar ser
instruído: "Não seja como cavalo que não tem entendimento, que precisa ser
controlado com freios, caso contrários, não obedecem..." (Salmos 32.9)
Portanto, o reino de Deus em nosso coração, é ser dirigido pela vontade de Deus:
"Venha o teu reino, seja feita a sua vontade..." (Mateus 6.9). Mesmo porque,
uma oração perfeita é quando Deus consegue o que Ele quer de nós: "[...] se
pedirmos alguma coisa de acordo com a vontade de Deus, ele nos ouvirá..."
(1João 5.14). Deus espera uma atitude e disposição de interesse de ouvir a sua
direção, em ser controlado pelo querer de Deus: " A tua palavra traz luz para
os meus caminhos..." (Salmos 119.105) Os nossos caminhos tem que ser guiado
e portado por princípios.
No entanto, a direção de Deus é condicionada em nossa obediência. Não existe
compromisso sem renúncia. Deus espera de nós uma rendição plena, completa e
absoluta da sua parte. Afinal, para que os conselhos de Deus sejam liberados em
nossa vida, algumas coisas precisam morrer no nosso coração, isto é, desapegar e
desprender de algo. Onde Deus possa ocupar o devido lugar.


Reflexão do dia

Abra mão daquilo que você sabe que desagrada a Deus. Abraão, por exemplo,
quando apartou do seu sobrinho Ló, Deus apareceu Abraão. Só chegaremos a
outro nível quando desligamos aquilo que nos prende.
37º Dia: Preservando a santidade

"Assim como a mosca morta produz mau cheiro, estragando o perfume, assim
também é a insensatez, que pesa mais que a sabedoria e a honra..."
(Eclesiastes. 10.1)

A mosca esta associada a impureza, lixo e podridão. Quando uma mosca cai em
um ungüento do perfume, todo processo químico ligado ao perfume (óleo e estrato
natural de planta e flores) perde a sua qualidade. O mau cheiro da mosca encobre
o cheiro do perfume, pois o perfume daquela época não existia química ( álcool e
nem fixador).
Com base nisso, o óleo fala da unção e atuação do Espírito Santo em nós. O
perfume é simbolizado com um bom testemunho: "Por nosso intermédio,
exalamos em todo lugar, a fragrância do seu conhecimento..." (2Corintios
2.14). Essa fragrância, tem a capacidade de andar na unção e nos levar manifestar
o bom testemunho. Entretanto, pode ser comprometida, quando índice de
impureza entrar em nossa vida. A questão não é a mosca no perfume, mas sim,
como a mosca entrou nesse ungüento. A resposta é simples: Por falta de proteção
e cuidado. Muitas pessoas acabam anulando a operação de Deus ao negociar e
permitir a entrada de pequenas impurezas: "aquele que esta firme, cuide-se
para que não caia..." (1Corintios. 10.12)
Na verdade, quando grandes homens de Deus cai em grandes quedas, sempre
começaram com pequenas impurezas, isto é, sempre terá um processo que instalou
antes. Porque quando pecamos e percebemos que não houve conseqüência
imediata, a tendência é continuar no erro.A água mineral, por exemplo, ninguém
compra uma água se no rotulo estivesse escrito: 99% água pura e 1% de água de
esgoto.

Reflexão do dia

Uma vida de santidade tem a função de proteger e manter a presença de Deus em
nossa vida. A presença de Deus e a santificação são de mutua dependência: "Sem
santificação ninguém verá a Deus." ( Hebreus 12.14) Uma intimidade é baseada
em uma vida de separação do pecado.
38º Dia: Vivendo por algo maior

"Não considero a minha vida por preciosa, o que me importa é cumprir o


ministério que Jesus me confiou..." (Atos 20.24)

A interpretação do evangelho, nos dias de hoje, tem levado as pessoas a resolver
apenas os problemas dessa vida, isto é, um evangelho de solução e ganhos. É
viver em função o que é terreno - uma mentalidade egocêntrica em ter, possuir e
conquistar, ou seja, questão não é só ganhar dinheiro, mas uma questão de
posição, status, medição de força ou competição. Lembre-se disso, o problema
não é o dinheiro em si, mas a maneira como relacionamos com o dinheiro: "Se as
suas riquezas aumenta, não ponha nelas o coração." (Salmos 62.10). Mesmo
porque, o nível do obsessão ao dinheiro pode causar ganância e avareza.
Na realidade, a forma como viveremos na eternidade, será definido a forma como
vivemos nesta vida. A vida é uma grande oportunidade de investimento na nossa
eternidade: " Exorta aos ricos, que não ponham sua esperança na incerteza da
riqueza, mas que sejam generosos..." (1Timoteo 6.17)
Em 1Corintios 15.19 diz: "Se esperamos só nesta vida somos os mais
infelizes..."Para isso, o evangelho tem que ter uma remodelação de vida, isto é,
tem que mexer a maneira como vivemos. Em Marcos 8.34 diz: "Aquele que
quiser seguir-me, deve negue-se a si mesmo, tomar a sua cruz e siga-me..." A
cruz, por exemplo, tinha que levar até o lugar da punição. As pessoas tinha que
olhar para você e ver que estava sentenciado a morte. Em outras palavras, é dizer
publicamente que sua vida esta comprometida, ou seja, é conseqüência da sua
renuncia: deixar ser confrontado, ser desprezado ou receber represaria.


Reflexão do dia

Peça ao Senhor que possa entender o propósito pela qual foi chamado. Uma
profunda intimidade com Deus é descobrir que, seguir a Cristo, é colocar todas as
prioridades do reino acima dos seus interesses.

39º Dia: Entregues a morte

"Por amor de ti, somos entregues a mortos todos os dias; somos condenados
como ovelhas para o matadouro..." (Salmos 44.22)

O salmista nos ensina que amar a Deus de verdade, envolve perdas. Um amor
sacrificial, sem limites e sem restrições. É doar a si mesmo, ao ponto de colocar
em risco a sua própria vida. Quem se converte ao Islamismo, por exemplo, não
pode se ajustar no seu estilo de vida, mas sim, você tem que ajustar e adaptar ao
novo código de crença do Islamismo. A punição é severa se não levar a serio o
Alcorão (Livro sagrado).
Assim também é o evangelho, Jesus ensina que a sua vida tem que ajustar o
evangelho e não o evangelho ajustar em você. Sendo assim, para que algumas
coisas sejam liberadas, outras precisam morrer em seu coração e Deus ocupar o
devido lugar. Os apóstolos foram todos martirizados, em exceção João, pois o
próprio Jesus afirmou em Marcos 9.1 que diz: "[...] que alguns de vós passareis
pela morte..." De fato, Jesus estava falando de morte literal, pois não queria
iludir e nem colocar medo nos discípulos, mas temor no coração. Uma decisão de
convicção para quem esta seguindo. É saber o que esta fazendo. Porque seguir só
por emoção a pessoa pode ficar iludido, ou seja, tornando um seguidor frustrado,
pois a palavra deixa bem claro: "No mundo tereis aflições, mas tenha bom
animo, eu venci o mundo..." ( João 16.33)
Na verdade, ter bom ânimo em meio a dor, perseguição e provação só será
possível quando o nosso amor a Ele estiver enraizado em nosso coração. Um
amor intenso para com Deus, tem a capacidade de produzir paz em qualquer
situação na sua vida: " O Senhor guardaras em perfeita paz, aqueles cujo
propósito esta firme nele." (Isaias 26.3).

Reflexão do dia

Ter propósito firme é ter alvos bem definidos, isto é, tudo afinado com os padrões
divinos, para então, vir os benefícios: "conservará em perfeita paz." Que as
suas lágrimas e suas renúncias não venham tirar a sua paz, o seu amor e sua
confiança nele.

40º Dia: Vestígio da maldade

"Portanto, despojando-vos de toda impureza e vestígio de maldade, acolhei,


com mansidão, a palavra em vós implantada..." (Tiago 1.21)

Os peritos criminais consegue reconstruir toda uma cena de um crime a partir dos
vestígios - daquilo que ficou. A bala na parede, por exemplo, saberá deduzir o
ângulo, direção e posição do tiro. Assim também é o evangelho, Jesus fez uma
limpeza, através do batismo nas águas, mas mesmo assim, fica alguns vestígios,
isto é, a marca do pecado em nós: forma errada de pensar- orgulho, inveja, ódio,
ganância, etc.
Na verdade, uma mudança definitiva só é possível na busca de um processo de
reajuste diário e continuo, isto é, uma luta constante: "Rompe com o velho
homem, e vista o novo..." (Efésios 4.22). Também, o apostolo Paulo mostra com
clareza esses vestígios de maldade: “Pois o que faço não é o bem que desejo,
mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo.” (Romanos 7.19)
Isso significa romper com o passado, tirar aquilo que te prende. A transformação
não é algo instantâneo e automático, mas uma continua transformação de viver.
Em provérbios 4.20 diz: "...guarde o seu coração, pois dele precedo o caminho
da vida..." A maneira como o interior é atingido o exterior irá afetar maneira de
pensar, falar e agir. Por esse motivo que o seu interior deve ser bem protegido.
O apostolo Tiago deixa bem claro: "...a palavra em vós implantada..." (Tiago
1.21) O vigor da nossa vida espiritual esta na proporção do conhecimento de
Deus. Aliás, a perda da nossa identidade e característica espiritual esta no pouco
contato com a palavra de Deus. A palavra precisa se deixar entrar, não ser
resistente, permitir ser tocado, deixar penetrar, isto é, uma atitude de entrega, para
que os vestígios não te dominem e escravizem.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que estes vestígios da maldade nunca velha frutificar no seu
coração. Uma intimidade profunda está disposto a pagar qualquer preço para
manter uma vida pura.

41º Dia: Segredos de Deus

"Os segredos do Senhor esta entre os que temem, as quais Deus dará
conhecer o seu propósito..." (Salmos 25.14)

A palavra "segredo" se define como mistérios ocultos que são relevados para
pessoas de alta confiança - são confidenciais e secretos. Em Mateus 11.25 Jesus
nos ensina que "os segredos são ocultados aos sábios e entendidos, mas
revelados aos humildes..." Uma pessoa humilde conhece muito bem as suas
limitação, sua fraqueza e sua dependência da direção e cuidado de Deus,
produzindo um forte sentimento em servi-lo. Para Deus, uma pessoa humilde são
especiais, confiáveis para revelar seus segredos.
Uma das causas do rompimento dos segredos de Deus é a falta de interesse ou a
baixa intensidade dessa busca. Vivendo uma vida cristã superficial, rotineira,
mecânica e sem profundidade. Em vista disso, Deus tem segredos ocultos para
revelar a você, assim como diz em Jeremias 33.3: " Invoca-me e responder-te-
ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes..." Alem de
responder o teu clamor, irá revelar segredos ao teu respeito (ministerial, familiar
ou até mesmo profissional). Até mesmo, revelar artimanhas do adversário contra
a sua vida. Então clame por segredos, por experiências novas, uma nova unção,
um novo sonho e um novo desafio. Peça que possa viver o sobrenatural de Deus
neste tempo. Mas tudo isso, vai depender se você desapegar do velho, isto é,
velhos hábitos, velhos pensamentos, velhos sonhos e velhas experiências.

Reflexão do dia

A palavra nos impulsiona em pensar grande, em novos horizontes: " Vejam,
estou fazendo coisas novas no seu deserto, e você não está percebendo?"
(Isaias 43.19). Deus quer criar um caminho no seu problema - na sua dor. O que
você precisa, é apenas se posicionar e clamar a ele, para revelar os segredos que
estão ocultos ao teu respeito.
42º Dia: Intimidade profunda

"Chegai-vos a Deus e Deus se deixará achar..." (Jeremias 29.15)



Para começar, desde a criação do homem, Deus sempre mostrou interesse e
desejo de interagir e relacionar com o homem. Esse relacionamento de Deus para
com o homem é uma intimidade mais profunda, que produza uma ação afetiva, isto
é, Deus ter a liberdade de mostrar os Seus sonhos, projetos e propósitos - uma
aproximação, através da manifestação do seu amor, cuidado e proteção. Agora, se
queremos essa aproximação mais profunda é preciso apenas cultivar esse
relacionamento:

1º conhecê-lo (Oseías 6.3): "Conhecemos e esforcemos em conhecer o Senhor,
pois tão certo como o nascer do sol e como a chuva da primavera, ele
aparecerá e virá ao nosso encontro..." A meditação na palavra de Deus é fonte
inicial para compreender o que ele quer, o que ele pensa e o que ele deseja sobre
nós.

2º Dialogo(Daniel 6.10): O dialogo produtivo e duradouro com Deus envolve
interação, participação e intimidade. Na verdade, é o dialogo que lubrifica o
sentimento e o afeto pelo reino. É o que vai determinar a intensidade do seu
dialogo, é saber onde você quer chegar, ou seja, a intensidade do seu propósito é
que vai determinar um relacionamento profundo, duradouro e crescente.

3º Obediência (Josué 1.8): A obediência esta ligado a submissão. É a prova do
nosso amor, da nossa fé, e também, uma demonstração do desejo de aproximar
mais de Deus. Só então, a voz do Espírito Santo será notório no seu coração e o
calor da presença dele ao seu lado será visível. Fazendo você viver experiências
gloriosas, através da manifestação Dele em você e através de você, levando a
impulsionar a cumprir os propósitos e sonhos de Deus.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que possa intensificar os propósitos de Deus em sua vida. Muitos
planos de Deus podem estar travado pelo nosso desinteresse.


43º Dia: Meditação na palavra

"Feliz é aquele que tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de
dia e de noite..." ( Salmos 1.2)

Quando Davi enfatiza em "meditar de dia e de noite..." é uma expressão de
manter a nossa mente sempre renovada, dominada e controlada pelo principio da
sua palavra. A palavra de Deus tem a função de limpar, consolar, refrigerar,
ajudar,instruir e ensinar para que você não venha desistir.
Sejamos franco, não colocamos a meditação da palavra de Deus como prioridade
em nossa vida por causa da correria, obrigações e inúmeras atividades. A
meditação ou isolamento requer tempo, disciplina, prioridade, valorização e
importância. E também, a meditação na palavra precisa de tornar um habito em
nossa vida. A pesquisa mostrou que para tornar um habito é preciso repetir 21
vezes a mesmo coisa durante 21 dias para que o seu corpo e sua mente se
acostume e venha a de adaptar aquela nova rotina.
Em Salmos 119.116 diz: " Sustenta-me conforme a tua palavra para que eu
não venha desanimar..." É a palavra que tem a resposta, consolo, alegria, força e
a segurança. Mesmo porque, a leitura da palavra de Deus é investir na sua
intimidade com Deus. Em Salmos 119.11 diz: " Escondi a tua palavra no meu
coração para não pecar contra ti..." ou seja, a palavra vai proteger os seus
sentimentos, vai blindar o seu relacionamento com Deus. Então segue essa dicas:

Mínimo 30 minutos de meditação;
Escolha um local silencioso;
Tenha um caderno de anotações;
Tenha uma bíblia de estudo e uma bíblia com uma linguagem fácil de
entender;
Tenha nesse período:adoração, agradecimento, confissão, petição,
intercessão.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a nunca deixar de ter o seu devocional diário com Ele.
Um devocional que produza transformação, crescimento e amadurecimento. A
falta da meditação é uns dos principais motivos do enfraquecimento espiritual.
Lembre disso, a meditação só tem efeito quando a palavra te influencia em mudar
comportamento e atitudes.

44º dia: Derramar o coração

"...Derrame diante Dele o coração, pois ele é o nosso refúgio e consolo..." (


Salmos 62.8)

A palavra "derramar", em seu sentido mais básico, no hebraico "šãphakh", se
refere ao derramamento de alguma coisa, como de um liquido no chão ou de
sangue no altar - raiz primitiva para derramar (sangue, libação, metal líquido; ou
mesmo um sólido – nesse caso, amontoar); também, de modo figurado: empregar
(vida, alma, queixa, rasgar o coração, mostrar o que esta por dentro, Jogar tudo
para fora, Derramar o seu ser, etc) É, basicamente, depositar tudo diante do Pai:
dúvidas, fraquezas, inseguranças, incompreensões, injustiças, temores, mágoas - é
contar tudo, sem rodeios e sem máscaras.
O livro de Salmos, por exemplo, é muito transparente em questão das emoções -
mostra de forma honesta, isto é, desnuda suas emoções: "Estou exausto de tanto
gemer. De tanto chorar inunda de noite a minha cama; de lagrimas encharco o
meu leito..." (Salmos 6.6). Na verdade, as nossas orações não é apenas informar
a Deus os nossos problemas, mas sim, levar a nossa transparência do lado de
dentro e dirigir a nossa dependência a Deus: A intimidade facilita a gente
expressar os nossos sentimentos e nossas emoções.
Quando a intimidade é frágil, temos a dificuldade de chorar nos cultos ou no
nosso devocional com Deus. Antigamente, era normal ver irmãs levando lenço
para o culto, pois tinha certeza que ao decorrer do culto as lágrimas desceriam.
Mesmo porque, as lágrimas expressa nossa sensibilidade e nosso afeto pelas
coisas de Deus.


Reflexão do dia

A intimidade produz saudades. Quando ficamos um bom tempo indiferente e frio
com as coisas de Deus, a intimidade tem a capacidade de resgatar o que você era
antes. Fazendo sentir dor pela perda, ou seja, produz saudades do tempo que
sentia a presença de Deus ou do tempo que Deus falava com você pessoalmente.
45º Dia: Lugar Solitário

" Jesus retirou do barco secretamente, e foi para um lugar solitário para
orar..." ( Mateus 14.13)

A palavra "lugar solitário" aparece nos quatro evangelhos. Para Jesus, um lugar
solitário representava um lugar de intimidade, lugar secreto e especial, onde
ninguém vê ou incomoda. Em Marcos 1.37 Jesus se escondeu dos próprios
discípulos para um lugar solitário. Em Salmos 55.17 diz: "Pela manhã, meio dia
e a tarde, clamo a Deus e ele me ouvirá..." Em Daniel 6.10 diz: "Daniel fazia
como era de costume: orar três vezes ao dia no seu quarto..." Esses homens
nos inspiram e nos ensinam, que, se queremos viver o sobrenatural de Deus em
nossa vida, a oração tem que ser o nosso DNA.
Uma vida de oração só será mais intensa em nossa vida quando descobrimos, de
fato, o motivo que nos leva a orar, ou seja, o motivo que faz você sacrificar o seu
tempo para Deus. A medida que o seu ministério cresce e desenvolve, maior será
a pressão emocional, psicologia e espiritual sobre a sua vida. Com isso, vai
exigir de você uma vida de oração disciplinada. Os grandes avivamentos que
aconteceu na historia do cristianismo foram movidas de baixo de muita oração:
David Yonggi Cho, ministro evangélico coreano, possui aproximadamente 800
mil membros - doze mil convertidos por mês. A igreja sustenta cerca de 500
missionários. Ele diz que pode haver avivamento em qualquer lugar, desde que as
pessoas se entreguem a uma vida de oração intensa e profunda.

Reflexão do dia

A vida de oração cria uma blindagem na sua fé, impedindo que o desanimo venha
atingir o seu coração. Mesmo porque, quando a nossa fé é abalada, seja pela
critica, desprezo, calunia ou difamação pode desencadear atitudes movida pela
suas emoções, produzindo raiva, ódio e indignação. Uma vida de oração não é
questão de ter tempo, mas uma questão de valores que representa para sua vida.

46º Dia: Alma que Suspira

"Como suspira a corsa, pelas correntes das águas, assim por ti a minha alma
suspira por ti..."( Salmos 42.2)

A palavra "suspira" se define como um suspiro forte, um profundo interesse, um
forte anelo, anseio e um desejo intenso por Deus. Em Isaias 44.3 fala de uma
maneira mais profunda: "Deus tem prazer em derramar água aos
sedentos..."Uma pessoa sedenta não desperdiça - aproveita cada gole.
Seriamente, viver além de um patamar de rotina é quando os interesses são
continuamente renovados, onde apreciação é cultivada diariamente na palavra,
jejum e oração. Em salmos 130.6 Davi diz: " A minha alma suspira mais do que
os guardas pelo romper da manhã..." Naquela época, os inimigos atacavam
sempre a noite, pois o guardas ficavam vulnerável no escuro, ou seja, ficava sem
visão noturna. Com isso, os guardas ansiava o clarear do dia.
Além do mais, a nossa baixa intensidade dessa busca, revela com clareza o
termômetro das nossas preocupações e temores ao enfrentar problemas. E se não
for tratado, pode levar a generalizar a presença de Deus, e mais, perder a
qualidade daquilo que você faz para Deus. Então reprograme e reajuste o seu
anseio. Não deixe o seu relacionamento e sua intimidade com Deus virar rotina.
Por último, o anseio intenso, faz você chorar ao louvar um hino de adoração -
motiva a falar de Jesus para as pessoas em sua volta - busca mais conhecimento
para ensinar, aconselhar e consolar pessoas necessitadas. Quando temos um
anseio profundo pelas coisas de Deus a gente zela, protege, cuida e defende: "o
zelo pela tua casa me consome..."(Salmos 69.9). Uma expressão usada, também,
por Jesus, ao expulsar do templo todos aqueles que vendiam e compravam (João
2.17)

Reflexão do dia

Um estilo de vida rotineira, mecânica e vazia, pode tornar as coisas de Deus
comum e sem importância - produzindo desinteresse. Tome muito cuidado!
47º Dia: O anseio da corsa

" Como a corsa anseia por águas, assim também a minha alma anseia por ti, ó
meu Deus..."( Salmos 42.1)

A palavra "ansiar" significa uma compulsão intensa, é querer algo com muita
força. É comparada como necessidade de água e comida. Note que nesta
passagem, Davi faz uma comparação. A sede dele pelo Senhor era comparada ao
anseio de uma corça pelas águas, ou seja, é desespero profundo, ao ponto de
gritar, correr, buscar e farejar como uma corsa.
Bem que, a corsa, é um animal que vive em regiões desérticas da África e do
Oriente Médio e na Europa. É um animal de pequena estatura, arisco e de costume
migratório. É um animal dotado de olfato privilegiado que lhe possibilita sentir
cheiro de água a quilômetros de distância. Também, tem a capacidade de
perceber, metros abaixo da superfície, a existência de um lençol de água. Por não
ter reserva natural de gordura necessária para queimar durante no calor do
deserto como os camelos (fica até 30 dias sem água), tem necessidade de beber
água constantemente. Pelo fato da corsa não encontrar a água, a sua pele endurece,
criando até rachaduras. E essas rachaduras, cria feridas profundas, começando a
sangrar e exalar um mau cheiro, atraindo serpentes e raposas do deserto. Logo,
quando a corsa avista a imagem de um lençol d’água sobre a areia. Começa a
correr desesperada ao encontro da única substância que pode matar sua sede.
Portanto, quando deixamos de beber dessa fonte, que é a palavra de Deus, a nossa
"pele espiritual" começa engrossar, produzindo um mau cheiro, assim como diz
em 2Pedro 2.17:"Homens orgulhosos são comparadas a fontes sem água..."
Em Judas 1.12 diz: "Pessoas que pensam em si mesmas são como nuvem sem
chuva..." Entretanto, Deus tem a água para saciar a sua sede: “quem tem sede,
venha; e quem quiser, receba de graça a água da vida...” (Ap 22:17) .

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que aumente o anseio pela sua presença. Que sua "pele espiritual"
nunca venha a exalar o mau cheiro por falta dessa fonte inesgotável.
48º Dia: Presença de Deus

"A minha presença irá contigo para te dar descanso..." (Êxodo 33.14)

A palavra "descanso" significa repouso, conforto, tranquilidade, ou seja, não
importa o tipo de inimigo que Moises irá enfrentar, porque a presença de Deus
não deixará que o desespero, preocupação, ansiedade ou agitação o domine, isto
é, terá do Senhor o forte sentimento de que Deus estará no controle.
Mesmo porque, é a presença que te sustenta, abastece, fortalece, protege e te
livra. Agora, veja a resposta de Moises em Êxodo 33.15: "Senhor, não darei
nenhum passo, a menos que tenha certeza de que estará comigo!" Moises
estava dizendo, que, sem a presença, ele tornaria frágil e inútil em meios as lutas
e decisões que irá tomar na vida - uma dependência extrema. Agora, nunca se
esqueça de que, a intensidade da presença em sua vida, vai depender da
intensidade da sua busca a ele, pois a presença de Deus esta condicionada na
maneira como o buscamos. Assim como diz em 2Cronicas 15.2: " Se o
buscamos, eles se deixará que o acham, mas se o abandonar, ele nos
deixará..." A palavra "Achar" significa surgir, aparecer, ir aos seu encontro, ou
seja, Deus criará circunstâncias na sua vida só para você chegar mais perto Dele.
Lembre-se disso, dependendo da sua atitude, pode apagar e excluir a presença em
sua vida. Como por exemplo, o orgulho, avareza, inveja, pecado, soberba,
ganância, etc. Por esse motivo, que a presença de Deus em nós, precisa ser
gerada, alimentada, cuidada e zelada através de uma vida devocional na oração.
Assim como Davi orou: "Não me expulses da tua presença nem tires de mim
o teu Santo Espírito..." (Salmos 51.11) Na verdade, é a vida de oração que é o
gerador. Se quisermos paz, alegria e segurança, precisamos estar em sua
presença: "Tu me farás conhecer a vereda da vida, alegria plena da tua
presença, eterno prazer à tua direita..." (Salmos 16.11)

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que a presença Dele em sua vida seja tão intensa que as
circunstancias não interfira no seu amor, na sua paz e na sua segurança Nele.

49º Dia: A inutilidade da ansiedade

"Por que você esta assim tão triste o minha alma? Por que esta assim tão
perturbada dentro de mim..." (Salmos 42.5)

A ansiedade tem uma definição de angustia, perturbação e aflição causada por
incerteza do futuro. Entretanto, a ansiedade pode te prejudicar, dependendo da
intensidade da sua preocupação. Como por exemplo, a baixa autoestima,
inquietação, náusea, vômito, tensão muscular, palpitação e traumas emocionais.
Essa ansiedade chega ao ponto de tirar o seu sono e sua paz.
Além disso, a ansiedade crônica, rouba alguns anos de vida, porque provoca um
desgaste de energia. Além de ser inútil, ela entristece, adoece fisicamente e
emocionalmente. O pior de tudo, é que a ansiedade rotineira não prejudica apenas
o ansioso, mas também aqueles que convivem com ele em casa, na igreja, no
trabalho, incluindo o cônjuge, os filhos e os amigos. Os motivos para a ansiedade
variam de pessoa para pessoa e de circunstância para circunstância. E se não for
tratado, pode paralisar a tua fé - neutralizando a sua confiança em Deus, levando
a solidão e depressão profunda. A pesquisa mostrou que o maior medo do ser
humano não é a morte e nem ficar sem dinheiro, mas sim, viver sozinho (ficar
solteiro ou sem amigos)
Em última análise, o ansioso poe em dúvida o cuidado de Deus (Mateus 6.25-
31). Em Salmos 4.8 diz: " Em paz me deitarei e dormirei porque o Senhor tem
cuidado de mim..." Entretanto, ao mesmo tempo em que a palavra condena a
ansiedade, Paulo ensina o caminho para livrar-se dela: “Não andem ansiosos por
coisa alguma, mas em tudo, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de
Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração de vocês”
(Filipenses 4.6-7). Em 1Pedro 5.7 diz: “Lancem sobre ele toda a sua
ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês.”

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que a ansiedade não te domine, pois a ansiedade descontrolada
demonstra a sua falta de confiança em Deus. Entregue as suas preocupações nas
mãos de Deus. Viva feliz! Seja feliz!
50º Dia: Coração protegido

"Acima de tudo, guarda o seu coração, pois dele procede ao caminho da


vida..." ( Provérbios 4.23)

O coração é o símbolo do centro da vida humana. É a sede das emoções. É o
mundo interior do homem. É neste lugar que guardamos os pensamentos, desejos e
sentimentos. Quando o texto diz para guardar o coração, esta dizendo para
preparar o coração contra adversidade e lutas que virão em nossa vida. Guardar
se define em proteger, zelar, cuidar, investir, valorizar e priorizar. É saber colocar
freios nas suas emoções contra o ódio, raiva e tristeza. É saber avaliar, analisar,
julgar e decidir. Como por Exemplo, não se apaixonar por qualquer pessoa
facilmente.
Agora, se você deseja proteger o seu coração, aprenda que a única maneira é
meditar diariamente na palavra de Deus - uma vida devocional: "Eu te busco de
todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos.
Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti..." (Salmos 119.10-
11) A palavra tem a função de proteger contra lixo e entulho do diabo
(incredulidade, medo, insegurança, dúvidas das promessas, etc).
Além do mais, vai te direcionar o melhor caminho, ajudando a valorizar e
priorizar o reino de Deus. Mesmo porque, Tudo o que você considera importante
é aquilo que seu coração vai desejar e priorizar. Assim como diz em Mateus 6.21:
" Onde estiver o vosso tesouro, ai estará o vosso coração..." Porque o alvo
supremo da palavra de Deus, não é só o conhecimento, mas uma transformação de
dentro para fora, fazendo o seu coração voltado para Deus. Levando uma mente
moldada, controlada e dominada pelo Espírito Santo: "guarde o seu coração,
pois eles prolongarão a sua vida por muitos anos e darão a você prosperidade
e paz..." ( Provérbios 3.1-2)

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que o seu coração não fique vulnerável contra os ataques do
inimigo. Porque um coração protegido tem a capacidade de ser flexível nos
problemas, isto é, um equilíbrio emocional, agindo com racionalidade e
inteligência.
51º Dia: A voz do Espírito Santo

“As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem”


(João 10:27)
.
A maneira de Deus falar no nosso intimo é de maneira simples. É nós que
precisamos nos mover nessa simplicidade. Em primeiro lugar, temos a Bíblia
completa, a palavra de Deus, que já é a boca de Deus falando conosco: “Toda a
Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, repreensão, correção...”
(II Timóteo 3:16). Devemos estar familiarizados com a Palavra.
Por outro lado, às vezes, o Espírito Santo fala conosco através de sonhos: "Deus
fala em sonho ou em visão para advertir o caminho que o homem deve
seguir." (Jó 33.15). Outra maneira, é através do peso na consciência: "o Espírito
Santo nos convence do pecado..." (João 16.8). Em Provérbios 20.27 diz: O
espírito do homem é a lâmpada do Senhor..." Deus usa o seu interior para dar
direção e o caminho correto. Por esse motivo que certas decisões que você vai
tomar, o seu coração fecha, sente desconfortável: "Seja a paz de Deus o árbitro
e juiz dos vossos corações..." (Col 3.15). A maneira mais simples de explicar, é
quando você tem intimidade com uma pessoa, só pelo olhar, você entende o que a
outra pessoa esta dizendo, sem dizer uma única palavra.
Na verdade, o discernimento da voz do Espírito Santo é adquirido e amadurecido
pela experiências que você tem com Ele no dialogo. É a soberania de Deus
atuando dentro de você! Isso não tem como explicar em teoria, isso é soberania
de Deus. Um exemplo disso, em Romanos 8.16 diz:"o espírito Santo dá a
certeza no nosso espírito que somos filhos de Deus..." O Espírito Santo da a
convicção no seu interior, no seu intimo que você é filho de Deus, isto é, usando o
impulso no seu coração, dando a certeza, sem precisar dizer uma única palavra no
seu ouvido (apenas concede uma certeza no seu intimo).

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que sua voz seja tão clara no seu coração ao ponto de sentir o
calor dele ao seu lado. Lembre-se disso, quanto mais tempo você tem com Deus e
com sua palavra, mais fácil será reconhecer Sua voz.

52º Dia: Amigos de Deus

"Já não vos chamo servos, mas de amigos, pois tudo o que ouvi de meu Pai
Eu compartilhei convosco…" (João 15.15)

Essa amizade que Jesus estava se referindo é uma amizade que nos influencia e
inspira a segui-lo. Uma amizade duradoura, sem limites e sem restrições. Em
Marcos 10.45 fala de maneira mais profunda: "o Filho do Deus veio para servir
e dar a sua vida em resgate de vocês..." Alem de ser nosso amigo, ele nos
servirá. Isso explica a dimensão do interesse de Deus em querer se aproximar de
nós, pois quanto mais próximo de nós, maior será o nosso interesse em servi-Lo.
No entanto, o problema é que, nós precisamos corresponde positivamente a essa
amizade: " Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de
todo coração. Eu me deixarei ser encontrado por vocês..." (Jeremias 29.13-
14). Essa declaração mostra que o princípio básico para se relacionar com Ele é:
"procurá-lo de todo coração..." E mais, Deus "se deixará achar..." Assim como
o pai brinca de esconde-esconde com sua filha, ao ponto de criar meios para sua
filha encontrar, assim também será o nosso Deus, ele criará meios e
circunstâncias para você aproximar o mais rápido possível.
Segundo a ciência, mostra que, amizade tem o poder de influencia em nosso
coração muito maior que a família e igreja. E mais, quem tem amigos, são mais
felizes e mais dispostos, ou seja, uma ótima qualidade de vida. Os estudos mostra
que um bom relacionamento ajuda no bem estar psicológico e físico - uma boa
amizade é poderosa para erguer, unir e mudar destino. Com Deus é a mesma
coisa, é fazer dessa amizade uma mudança de dentro para fora, fazendo você feliz
nessa caminhada com Ele. Ao ponto que aquilo que você faz para Ele não torne
um peso, seja no esperar, confiar ou renunciar: "este é o amor de Deus... e os
seus mandamentos não são pesados..." (1João 5.3)

Reflexão do dia

O dialogo só será mais intenso quando você aprender a colocar em pratica aquilo
que Ele determinou para você cumprir: Seu chamado
53º Dia: Jugo desigual

"...Não se ponha em jugo desigual com descrente, pois somos santuário do


Deus vivo..." ( 2Corintios 6.14)

A palavra "jugo" significa peso ou canga; peça de madeira encurvada - era
colocado no pescoço entre dois bois para andar juntos. Os bois eram colocados
no arado (Carroça), fazendo que puxasse o arado para frente. Para isso, era
necessário animal da mesma espécie: "Não arem a terra usando um boi e um
jumento sobre o mesmo julgo, pois são espécies diferentes..." (Deuteronômio
22.10). Animais com espécies diferentes seria impossível o trabalho ser
realizado. Os animas se machucava, cansava e morriam.
Com base nisso, Paulo estava se referindo a um jugo desigual, em misturar a luz
com as trevas, crente com descrente, justo com o ímpio, fiel com o infiel, isto é,
propósitos diferentes, vai dar conflito. O evangelho tem que confrontar com o
pecado. Amós 3. 3 diz: " Como pode duas pessoas andarem juntas se estão em
desacordo?"
O apostolo Paulo finaliza ao mencionar a lei de Moises: "[...] pois habitarei e
andarei no meio de vós e tornarei o vosso Deus (Pai)..." (2Corintios 6.16)
Quando as escrituras usa a expressão "Habitarei no meio" fala de domínio
interior, governar o seu ser; e a expressão "andarei no meio..." fala de harmonia
de pensamento e propósito; e a expressão "serei o vosso Pai" fala de intimidade
e afeto.
Com base nisso, devemos entender que a promessa é para todo aquele que está
disposto a diferenciar dos demais, na maneira de falar, pensar e agir. Então, terá
do Senhor intimidade profunda, uma vida de segredos uma vida de propósito
daquilo que Ele quer fazer em você e através de você. Assim como diz: " Os
meus segredos estão entres os íntimos..." (Salmos 25.14).

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que as suas amizades não venha afetar a sua relação com Deus.
Que você seja um influenciador entre seus amigos, pois as suas amizades vai
refletir com clareza quem você é. Por esse motivo, namorar com ímpio não é uma
sugestão, e sim, um mandamento.

54º Dia: O primeiro amor

"Você abandonou o seu primeiro amor. Lembra de onde caiu. Arrependa-se e


pratique as obras que praticava no começo." ( Apocalipse 2. 4)

Hoje em dia, há muitas pessoas que se envolve tanto no trabalho e negócios que
não percebe que suas orações e trabalho na igreja virou uma rotina. A igreja de
Efésios era ativa no ministério, porque o texto deixa bem claro: " eram
perseverante na obra do Senhor..."(Apocalipse 2.3). Então, eu compreendo que
a perda do primeiro amor, não se define como relaxo ou diminuição de
produtividade na igreja. E sim, quando muda os propósitos e motivos do teu
coração, através do orgulho, medo, soberba, busca pelo prestigio, busca por
elogios ou dinheiro. Quando coloca os propósitos e os motivos de Deus abaixo de
todas as demais coisas.
Porque a queda espiritual nunca é um ato instantâneo ou imediato. É um processo
que envolve repetidas negligências da nossa parte. Então lembra onde você caiu.
Porque lembrar de algo tem o poder de produzir um caminho de restauração.
Entretanto, não basta ter saudades de como as coisas eram anteriores, é preciso
sentir dor, lamentar, chorar, clamar e humilhar, como diz em Tiago 4.8: " Chegai-
vos a Deus, e Ele chegará a vós. Purificai-vos e limpai o coração. Afligi-vos,
Lamentai e chorai, humilhai-vos na presença do Senhor e ele vos
restaurará..."
Mesmo porque, a palavra arrependimento no grego é "METANOIA" que divide
em duas palavras: (META: mudança/ NOIA: mente), ou seja, "mudança de
mente". No verbo Hebraico é "naham" significa "mudar de direção", "virar as
costas", tem o sentido de uma volta de 180º graus, uma ação completa de opinião,
atitudes e pensamentos. Com apostolo Pedro utilizou em seu discurso:
"Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados
sejam cancelados..." ( Atos3.19)


Reflexão do dia

Lembra-se daqueles dias que nada roubava a sua alegria em ir a igreja. Lembra-
se quando cantava, chorava e sentia a presença de Deus na sua casa.

55º Dia: O Jugo de Cristo

" Vinde a mim todos os que estai cansado e sobrecarregado, e eu vos


aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo. Porque o meu jugo é suave e o meu
fardo é leve." ( Mateus 11.28)

Um jugo é um instrumento de madeira usada por agricultores, que era colocada
entre dois bois, que fazia o processo de andar juntos, isto é, ficava ligado um ao
outro, cumprindo um único propósito. Por esse motivo que os Rabinos, Fariseus e
Escribas uso a palavra "jugo" para se referir as leis de Moises.
O interessante, que existia duas escolas: A escola e de Shamai: tinha um jugo
mais rígido; A escola Hillel: um jugo mais liberal. Nessa escola, discutia,
interpretava e oferecia questões práticas como guardar a lei. Criando um jugo
com mais de 600 dogmas, regras, costumes, doutrinas, código de conduta e
comportamento moral que nem mesmo Moises ordenou.
Por esse motivo que Jesus oferece o seu próprio jugo (Mateus 11.28). É uma
troca, deixando o seu jugo e pegar o dele. Assim ficando ligado com Cristo,
estando disposto a cumprir um único propósito de servi-lo e amá-lo de todo
coração. O jugo de Cristo traz "alivio" que é a libertação, restauração e
mudanças. Também, o "descanso" que é uma dimensão mais profunda,
produzindo uma paz interior, satisfação e alegria constante e continua.
O apostolo Paulo compreendia ao dizer em 2Corintios 4.17: "as tribulações são
leves e momentânea..." Quando você compreende o propósito das suas
lágrimas, o jugo torna leve. Porque o jugo de Cristo não consome sua energia,
mas alimenta sua energia. Não gasta suas forças, mas revigora sua coragem.
Como diz em Isaias 10.27: "Sua carga será tirado do teu ombro, e o seu jugo,
do teu ombro será despedaçado, por causa da unção de Deus sobre ti."

Reflexão do dia

O jugo de Cristo que produz alívio e descanso. Porque se o cansaço ou desanimo
bateu em sua porta, pode ser que, você, não esta carregando o jugo de Cristo.

56º Dia: Obediência plena em Deus

" Porque nisto consiste o amor de Deus: Em obedecer os seus mandamentos.


E os seus mandamentos não são pesados..." (1João 5.3)

Quando o Apostolo João escreve que os mandamentos não são pesados, esta
dizendo que o amor de Deus em nós, tem a facilidade de obedecer por completo,
sem peso ou fardo. Tornado prazerosa a obediência, seja no esperar, confiar ou
renunciar algo. E mais, a obediência tem que vir do coração, assim como diz em
Marcos 12.30: "Devemos amar a Deus de todo coração, alma, mente e com
todas as forças..."
A palavra "obediência" se define a ação de quem é submisso. Aliás, a submissão
voluntária e espontânea, só será possível quando compreendemos a dimensão do
amor de Cristo realizado na cruz - fazendo com que, a nossa obediência seja
movida pelo amor e não por medo da sua punição ou juízo (inferno). É
basicamente considerar um ato de conformidade e harmonia perante o querer de
Deus, através do respeito e admiração. Em outras palavras, obediência se define
como sujeitar, cumprir, executar a vontade dele. Esta relacionada, também, no
principio de obedecer um superior. Assim como o filho obedece o Pai ou
empregado obedece o patrão.
Desta forma, Deus espera é uma obediência plena, isto é, que envolva o seu
coração, por esse motivo que 1Samuel 15.22 diz: "É melhor obedecer do que
sacrificar..." Quando o texto diz que é melhor obedecer do que sacrificar, esta
referindo um vida religiosa - um relacionamento com Deus vazia e seca. Aliás,
uma vida religiosa, os cultos torna apenas sacrifício, sem quebrantamento ou
transformação de vida. Não busca a sua vocação ministerial, não ora, não lê a
bíblia e muito menos fala de Jesus.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude abrir mão das suas vontades, em deixar de lado a sua
natureza pecaminosa; Lembre-se disso, a obediência é maior prova na nossa fé:
"Serei meus discípulos se obedecerem os meus mandamentos..." (João 14.) É
uma prova que amamos a Deus. E quando obedecemos, produz experiências
gloriosas e o fortalecimento da nossa fé.
57º Dia: Cuidado de Deus

"Assim, como tu não sabes qual o caminho do vento, assim também não sabes
as obras de Deus." (Eclesiastes 11.5)

Às vezes, as circunstâncias nos atingem de tal maneira que parece que estamos
com uma maldição, produzindo uma crise de questionamentos a respeito do
cuidado de Deus. Então Salomão tenta explicar o cuidado de Deus, usando uma
ilustração do caminho do vento. As correntes do ar se alteram o tempo todo, muda
constantemente, que fica difícil definir o seu caminho.
Assim também é o cuidado de Deus, nem sempre iremos conseguir, de forma
imediata, acompanhar ou perceber o seu cuidado: "Que os pensamentos de
Deus são mais alto que os nossos." (Isaias 55.8) Ao contrário, que, a maioria
das tempestades da nossa vida, é nós mesmo que criamos. Tudo por causa do
nosso livre arbítrio, que é a capacidade de escolha. (Efésios 4.27)
Entretanto, há circunstâncias que é ação divina, a permissão de Deus para um
propósito, para um plano especial e específico. José, por exemplo, compreendia
o cuidado de Deus ao afirmar para seus irmãos: "Vocês planejaram o mau
contra mim, porém Deus transformou em bem." (Genesis 50.20) Isso nos
ensina uma grande lição: A fidelidade e o cuidado de Deus não é medida pelas
circunstâncias. Mesmo porque, a nossa fé tem que ser apoiada no caráter de Deus,
ou seja, amá-lo naquilo que ele é.
Na verdade, o que Deus precisa é de pessoas que confie nele, crendo que ele esta
no controle. Crendo em um Deus que tem o poder transformar as suas
circunstâncias ao teu favor. Em Hebreus 10.38 diz: "que o justo viverá pela
fé..." Viver pela fé é ter a capacidade de compreender, descansar e confiar só
pelo fato de Deus ter falado em sua promessa em Mateus 28.20: "Que não nos
deixará e estará conosco todos os dias..." Em 1 Pedro 5.7 diz: "Lançar sobre
ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de ti."

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude em não murmurar, mas agradecer. Em não questionar,
mas adorar.

58º Dia: Provações do justo

" O Senhor prova o justo, mas o ímpio, a quem ama a injustiça, a Sua alma
odeia..." ( Salmos 11.5)

Quem nunca passou por uma provação? Como, por exemplo, uma rejeição,
desemprego, perseguição, oposição, tentação, doença na família, traição, crise
financeira ou conjugal. Ao ponto de fazer você chorar em sua cama. Situações
difíceis, que a sua fidelidade, seu amor, a sua confiança em Deus fica em jogo.
Mas aprenda que as provações é plano de Deus para nos ensinar, corrigir,
amadurecer, crescer e nos promover a patamares maiores. As derrotas são apenas
lições que vai te aprimorar e valorizar as suas conquistas.
Assim como o ouro e a prata passa pelo fogo para reconhecer a sua originalidade.
Assim, também, somos nós, em conhecer se aquilo que afirmamos acreditar é
apenas movia por emoção ou convicção. De fato, as circunstâncias nos refinam a
nossa fé e o nosso caráter, nos tornamos melhores para aquilo que Deus nos
planejou. Mas nunca se esqueça, que, a tua postura em meio as circunstâncias será
determinante para te promover ou abortar os planos de Deus em sua vida. Em
Filipenses 4.11 nos ensina a postura que devemos tomar em meio as
circunstancias: " Aprendi a ser feliz em qualquer circunstâncias, seja fartura
ou fome, tendo muito ou passando necessidade..." Uma alegria não é se
conformar ou acomodar com o problema, mas se alegrar no Senhor, sabendo na
soberania e cuidado do Senhor. Esse texto nos ensina a encarar as provações com
alegria.
Mesmo porque, uma alegria focada só naquilo que Deus nos oferece, cria uma
vida estabilizada, ou seja, uma alegria que depende das circunstancias para ser
feliz. Deste modo, um coração alegre e satisfeito, só será possível quando você
tiver a capacidade de enxergar a soberania e o cuidado de Deus em meio as
circunstâncias. É essa visão que faz você abençoar que te machucou, amar quem
te feriu, ajudar que te rejeitou.


Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a compreender que as provações são para conhecer a
sua originalidade, isto é, da sua fé, no seu amor e na sua fidelidade.
59º Dia: O fervor no espírito

"Nunca lhe falte o zelo, sedes fervorosos no espírito, servindo ao Senhor..."


(Romanos 12.11)

O versículo se inicia com o apóstolo Paulo nos orientando: "nunca falte o
zelo...". A palavra “ZELO” quer dizer dedicação ardente, paixão, cuidado,
interesse. Em algumas versões diz “No zelo não sejais remissos...”. A palavra
“REMISSO” também tem significado interessante: descuidado, frouxo, isto é, que
tem menos intensidade. Em outras traduções: "Não sejais vagarosos no realizar
a obra..."
Em outras palavras, uma pessoa zelosa, não precisa se mandado, ele já faz, com
dedicação, eficiência e amor. Porque a liberdade e a espontaneidade esta
caracterizado na sua vida - na sua essência, assim como declarou Davi em
Salmos 119.167: " Obedeço a sua palavra, e amo com todo fervor..." Agora, a
palavra "fervor" tem um sentido, literalmente, ferver ao "ponto de transbordar." É
isso que Paulo queria transmitir. Por outro lado, existe a empolgação, que é
totalmente diferente, pois a empolgação não apóia no comprometimento, mas sim,
naquilo que lhe interessa, isto é, naquilo que é conveniente realizar - apenas uma
crítica ou palavra negativa de alguém torna motivo para desistir e parar.
Concluindo, o "fervor no espírito" está relacionado no senso de Missão. Cada
cristão tem uma missão especial que lhe é confiada por Deus. Quando uma pessoa
entende isso, ela tem um senso de Missão. Você não está aqui neste mundo por
acaso - está aqui para fazer algo para o Senhor. A Bíblia fala de um homem que
era fervoroso de espírito, seu nome era Apolo. Ele marcou sua geração por
proclamar o Evangelho com fervor: “poderoso nas Escrituras” e “instruído no
caminho do Senhor”, por isso “falava e ensinava com precisão a respeito de
Jesus”. (Atos 18.24-28). Quanto maior for o nosso fervor, maior será o nosso
interesse - maior será o nosso amor para agir e falar de Jesus.


Reflexão do dia

Peça ao Senhor que as circunstancias da sua vida nunca venha perder o fogo do
seu coração. Que o fervor sempre possa estar acesso em sua vida.
60º Dia: A gloria de Deus

"A glória de Deus se foi de Israel, porque a arca da aliança foi roubada pelos
Filisteus..." (1Samuel 4.21)

A arca da aliança simbolizava a "presença de Deus" ou "A gloria de Deus",
que garantia o favor, proteção, cuidado e a benção de Deus ao povo de Israel.
Segundo o relato histórico, a arca da aliança ficou mais de 369 anos em Siló. Os
filhos de Eli, Hofni e Finéias, que eram o sucessores de Eli, coordenava de forma
irresponsável, com isso, a ira do Senhor se ascendeu contra eles: "A arca foi
tomada do povo de Israel..." (1Samuel 4.5)
É claro, que a gloria de Deus nunca sai da noite para o dia, isso é, por causa dos
atributos de Deus: seu amor, Sua misericórdia, bondade, longanimidade e justiça:
"Considere a bondade e a severidade de Deus..." (Romanos 11.22). Deus
sempre criará um meio de nos alertar antes de manifestar o seu juízo: "Deus
enviou uma profeta para alertar o sacerdote Eli para consertar seus filhos..."
(1Samuel 2.27). Quando nos quebrantamos e reconhecemos o erro, a justiça do
perdão de Deus é a primeira a entrar em ação. Em contra partida, o juízo de Deus
é a ultima que entra em ação, quando pecamos e não confessamos.
Assim sendo, quando não correspondemos aos avisos de Deus, você perderá total
afeto natural: "Por não se interessar ao conhecimento de Deus; Deus
entregará ao sentimento da maldade..." (Romanos 1.28). O pecado não
confessado, não produzirá indignação ou remorso, isto é, tornará algo natural. As
nossas atitudes e escolhas é que vai gerar a perda da gloria de Deus: "O que o
homem semear, isso também colherá..." (Gálatas 6.7). Entretanto, Deus nos
convida: "Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vós. Troquem o
vosso riso por choro e a alegria por tristeza.." (Tiago 4.8-9) Quando Deus
pede para chorar é um sentido de dor da perda. É saber que perdeu algo valioso:
A presença de Deus. É basicamente, deixar o Espírito Santo nos confrontar e
convencer do pecado.


Reflexão do dia

Peça ao Senhor que produza "dor" do erro cometido. A dor por ter errado vai
depender do nível do entendimento da dimensão que o pecado causou.
61º Dia: Metamorfose da vida

"Não conformeis com o padrão deste mundo, mas transformai-vos pela
renovação da sua mente..." (Romanos 12.2)

Neste texto, o apostolo Paulo nos encoraja a não nos "conformar", isto é, não
acostumar, acomodar, habituar com o que é errado. Como por exemplo, acostumar
com a crise no casamento, a falta de maturidade ou a falta de produtividade nas
coisas de Deus , parece que você entra na igreja e sai da mesma maneira que
entrou, não há mudança, não há restauração e nem libertação. Vivendo uma vida
religiosa, monótona, Robótica e rotineira.
Paulo continua: “...transformai-vos pela renovação da sua mente...”, A palavra
"Transformar" vem do grego μεταμόρφωσις (metamórphosis/ no português:
metamorfose), formada por duas palavras: meta:"mudar"/ morfo:"forma", isto é,
mudar de forma, transfigurar, alterar na aparência. Os principais representantes da
metamorfose são borboletas, mariposas, moscas, pulgas, besouros, joaninhas,
formigas, abelhas e vespas. No sentido figurado, metamorfose é a mudança
considerável que ocorre no caráter, no estado ou na aparência de uma pessoa. É a
transformação física ou moral. Ou seja, devemos passar por uma metamorfose do
carnal para o espiritual, da natureza humana para a natureza divina.
Por ultimo, Paulo escreve: "...renovação da sua mente...” A palavra "mente"
inclui “a faculdade de perceber e entender, bem como a habilidade de sentir,
julgar e determinar”. Desta maneira, Paulo estava mostrando, que, a
transformação esta ligada naquilo que a sua mente absorveu ao longo da vida,
pois uma mente disciplinada na palavra, tem a capacidade de não se deixar
amoldar aos padrões mundanos. (Salmos 119.130).

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que produza uma "metamorfose" em sua vida e na sua mente,
sejam nas suas lutas, sofrimentos ou angústias.
62º Dia: Maneira de pensar

“Como o homem imagina em sua alma, assim ele é”. (Provérbios 23.7)

Quero te fazer uma pergunta: O que você pensa de si mesmo? Porque tudo aquilo
que você alimenta e coleciona na sua mente a respeito de si mesmo, vai
influenciar diretamente na sua vontade, sentimentos, sonhos e expectativas, ou
seja, vai manifestar no seu estilo de vida. Mesmo porque, a forma de pensar e
perceber as coisas poderá desempenhar um papel vital na construção física e
psicológica da sua vida. De fato, os seus olhos revelam como vai perceber o seu
mundo ao seu redor, seus pensamentos e suas intenções: "Os olhos são a luz do
corpo. Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz..."
(Mateus 6:22).
Na verdade, este texto nos ensina claramente que nós somos e agimos de acordo
com aquilo que enxergamos a vida. São valores criados dentro de nós e que nos
influencia nas decisões que tomamos e na forma como vemos o mundo e a vida,
isto é, a realidade pode ser modelada pelos nossos pensamentos. Entretanto, o
apostolo Paulo afirma: "Quem é espiritual consegue discernir tudo..."(1Cor
2.16). O nosso nível espiritual vai mostrar com clareza a maneira como
interpretamos aquilo enfrentamos, seja uma doença, perda material, critica ou
acusação : " quem vive de acordo com o Espírito tem a mente voltada para o
que o Espírito pensa..." (Rm 8:5)
Por esse motivo, Deus deixou a Sua palavra, que tem a função de manifestar a
mente de Cristo em nós e através de nós. Quando maior for a dedicação na
exposição na sua palavra, maior será a transformação da nossa mente, isto é,
começa moldar o nosso mundo interior para que manifestar no mundo exterior.
Assim como o apostolo Paulo recomenda em alimentar a nossa mente: "tudo o
que for verdadeiro, tudo o que for correto, tudo o que for puro..., se houver
algo digno de louvor, pensem nessas coisas..." (Filipenses 4:8)

Reflexão do dia

Substitua os seus pensamentos negativos e inúteis, para que possa ter uma visão
mais ampla da realidade da vida e daquilo que Deus planejou para você. Assim
como Davi orou: "Sonda-me Senhor, e prova-me, examina o meu coração e a
minha mente." (Salmos 26:2)
63º Dia: Acomodação

"Levantai-vos e andai, porque aqui não é o vosso descanso..." (Miquéias 2.10)

A palavra "acomodar" se define como "desistir de tentar", acostumar ou
conformar. No contexto histórico, o povo de Israel estava acomodado com o
pecado, então o profeta Miquéias enviou uma mensagem de despertamento. Veja
algumas características de uma pessoa acomodada:

Não aceita riscos e desafios;
Não se preocupa em novas mudanças;
O reino de Deus torna algo secundário;
A mensagem de arrependimento não convence;
O pecado torna algo natural;
Aquilo que é importante torna algo insignificante;
Torna insensível a respeito dos necessitados;

Na verdade, se queremos mudar, precisamos de um avivamento genuíno. Aliás, o
avivamento é um sentimento de indignação, isto é, não aceita as coisas como
estão, ao ponto ser tão intensa que é expressada através de atitudes e palavras.

"A ciência explica que o ser humano tem sua característica natural
para se adaptar e costumar no ambiente onde convive. Um exemplo
disso, foi uma experiência feita com um sapo. Colocaram o sapo em
uma panela com água fervente, mas imediatamente o sapo pulou para
fora da panela. Na segunda tentativa, colocou o sapo em uma água
morna e o fogo foi aquecendo aos poucos, o sapo só foi perceber o
calor quando já estava morrendo."

Às vezes tomamos atitudes como o sapo: esperamos as coisas acontecerem para
mudar; Esperamos uma traição para acordar; Esperamos o filho ir para as drogas
para começar a orar; Esperamos as veias do coração entupir para fazer um
regime.

Reflexão do dia

Acorde e mude enquanto é tempo, porque Deus tem algo novo para você. Uma
história nova para seu ministerial, sua vida espiritual e sua família.
64º Dia: Avivamento Espiritual

"Aviva Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faça ser
conhecidas em nosso tempo..." (Habacuque 3.2)

A palavra "avivar" significa "Tornar mais ardente", "avivar o fogo"; Também tem
a definição de "corrigir", "reparar", "concertar", "renovar", "tornar novo","ficar
novo outra vez", através de experiências novas, um novo tempo, novo patamar na
vida material, emocional e espiritual. Porque no contexto histórico, o profeta
Habacuque estava vivendo um período de decadência moral de Israel. Por esse
motivo que Habacuque pediu o avivamento.
Analise bem o versículo: "...avivar no meio dos anos...", no "meio" indica lugar
de decisão, isto é, a mesma distância para terminar, será a mesma distância para
voltar. Em outras palavras, em tempo de crise, que as circunstâncias da vida não
venham ser influenciado pela intuição, emoção ou opinião dos outros. É bem
verdade, que, com o tempo vai passando, começa a produzir desgaste pelo
ministério. Por esse motivo que devemos buscar o avivamento Espiritual. Aliás, o
avivamento tem a função de preservar as convicções do coração, isto é, vai
impedir que as crises do lado de fora atinja o lado de dentro.
Portanto, o princípio do avivamento começa em você. É necessário a sua decisão
de vontade. Não basta querer, se não, torna abstrato e emocional. Tem que ter
atitudes, pois demonstra o seu interesse e vontade. Assim como Paulo exorta:"
Aviva a chama(fogo) do dom que há em ti, porque Deus não deu um espírito
de covardia, mas de poder, amor e equilíbrio..." (2Timoteo 1.6) Ou seja, você é
a parte ativa do processo do avivamento. E esse processo, tem que passar pelo
conhecimento da Sua palavra: "Sustenta-me conforme a tua palavra, para que
eu viva." (Salmos 119.116) Em outras traduções é "...aviva conforme a sua
palavra.".

Reflexão do dia

Peça ao Senhor novas experiências e um novo tempo, através da manifestação do
poder e cuidado de Deus em sua vida.
65º Dia: Maus hábitos

"Esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter
pregado o Evangelho, eu mesmo não venha ser reprovado..." (1Coríntios
9.27)

Neste texto, o apostolo Paulo fala do autodomínio das suas inclinações erradas.
Uma luta travada contra seus impulsos e desejos. Todos nós sabemos que os maus
hábitos, sejam moralmente errados ou mesmo nocivos, são aprendidos e
desenvolvidos com o tempo, no entanto, não basta ter consciência disso, é preciso
querer mudar. Naturalmente, temos em nossa natureza humana a tendência em
cometer falhas constantemente em pequenas ou grandes coisas: “a inclinação do
coração do homem é má desde a sua mocidade”. (Gênesis 8:21)
Na verdade, Deus não anula a nossa responsabilidade de controlar os desejos
errados: "Aquele que é nascido de Deus não peca habitualmente..." (1João
3:9) A Bíblia também diz: "Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na
doutrina, mostra a sua integridade e sobriedade." (Tito 2:7) A palavra
"sobriedade" se associa ao caráter temperado em meio a pressão e afrontas, isto
é, não produz escândalos.
É bem verdade, que, é difícil largar certos vícios e hábitos do passado. Todavia,
a bíblia nos ensina a lutar contra elas, através da oração, Jejum, palavra e ajuda
de pessoas. Os maus hábitos, se não forem tratados, podem ficar arraigados ao
longo dos anos. Agora, tentar controlar fortes desejos das suas experiências do
passado, vai exigir de você: Determinação. Lembre-se disso, com o tempo do
tratamento, vai ficar mais fácil controlar seus impulsos. No entanto, nesta luta
contra seus impulsos poderá haver recaídas e fracassos, mas Deus deixou uma
promessa: "ainda que o justo caia sete vezes, tornará a levantar-se." (Pv
24:16)

Reflexão do dia

Desaprenda daquilo que atrapalha e interrompe a sua comunhão com Deus: “e ele
não deixará que sejais tentados além daquilo que podeis agüentar, mas dará
também a saída, a fim de que a possais agüentar...” (1 Coríntios 10:13)
66º Dia: Movendo para mudanças

"Porque nele vivemos, e nos movemos e existimos..."(Atos 17.28)

Neste texto, Paulo usa o tripé de toda base da atividade humana, seja na vida
material, emocional ou espiritual. A cada verbo neste versículo, como "viver",
"mover" e "existir" tem uma profundidade incrível, porém quero falar do verbo
"mover". A palavra "mover" no dicionário é "deslocar", "sair do lugar", "mudar
de posição". Agora, uma pessoa que não se movimenta para mudanças ou para
dias melhores pode produzir paralisia, estagnação de seus sonhos e objetivos.
Na verdade, quando ficamos acomodados e conformados com aquilo que já virou
rotina, pode levar a uma vida atrofiada. Perceba que a palavra "atrofiar"
significa "encolher", "diminuir de tamanho", ao invés de progredir, vai regredir,
produzindo sofrimento, desanimo, derrota, fracasso e frustração. Em Miquéias
2.10 nos encoraja para novas mudanças: " Levanta-vos e andai, porque não
será aqui o vosso descanso..."
Por isso, que Deus esta esperando o teu primeiro movimento para ele abrir a
porta, trazer coisas grandes, operar milagres, trazer resposta para o teu
casamento, nas tuas lágrimas, no teu sofrimento. Lembre-se disso, nunca tenha
medo de andar de vagar, tenha medo de ficar parado, pois uma pessoa parada
pode paralisar a sua fé e a sua obediência.
Portanto, todo movimento produz mudanças e essas mudanças geram
conhecimentos, oportunidades e experiências. Levando uma vida de crescimento,
realização e vitórias. Para finalizar, nunca esqueça dessa frase: "Mover é com
você, o milagre é com Deus. Deus vai pegar o teu movimento e vai levar até o
seu milagre." Lembra de Abraão? Saiu para uma terra desconhecida e tornou
amigo de Deus, Pai da fé e pai de uma nação. (Genesis 12.1)

Reflexão do dia

Mova-se para o novo, para novas oportunidades, seja ministerial, familiar ou até
mesmo, na area profissional: "Despertai, ó tu que dormes, levanta-te dentro os
mortos e Cristo resplandecerá sobre tí..." (Efésios 5.14; Apocalipse 3.1)
67º Dia: O quebrantamento

"O sacrifício que agrada a Deus são um coração quebrantado e contrito. Deus
não desprezará." (Salmos 51.17)

A palavra "quebrantamento" se define como reconhecimento da sua própria
fragilidade, limitações e dependência de Deus. Que envolve uma pré-disposição
de mudanças de atitudes e pensamentos, como esta escrito: "O Senhor esta ao
lado de quem tem um coração quebrantado; o Senhor abita no coração
quebrantado e renova o animo de servi-lo." (Isaias 57.15; Salmos 34.18).
Porque o pecado se define como errar o alvo, transgredir os mandamentos de
Deus. Por consequência, Isaias 59.2 nos alerta: "o pecado faz separação de
Deus", ou seja, Deus não terá acesso em te proteger, livrar e orientar. E quando o
pecado te domina, você torna escravo de todo lixo que o mundo de oferece
(pornografia, cigarro, vícios, bebidas, etc.)
Em Romanos 1.28 diz: "pelo fato do homem não se importar em busca-Lo,
Deus entregará o sentimento perverso para fazer coisas que não convém."
Este texto esta dizendo: se o pecado tornar algo natural sua vida, o Espírito Santo
vai parar em manifestar vida em vocês. Mesmo porque, a palavra "Espírito"
vem do grego "Pneuma" que significa "vento", "sopro", também, tem o sentido de
"ter vida", "emitir fragrância" ou "irradiar" em sua vida. (João 6.53-56)
Portando, se você tem algum pecado escondido, então se quebrante e confesse,
assim como diz em 1 João 1.9: "Se confessar os nossos pecados, ele é fiel e
justo para nos perdoar..." Porque a confissão gera quebrantamento, que leva no
processo da conversão, através das atitudes, palavras e pensamentos. Assim
como diz em Hebreus 10.17: "Ao confessar os seus pecados, Deus não se
lembrará mais..." ou seja, Deus não manifestará a sua ira, e sim, manifestará o
seu amor, cuidado e
proteção.

Reflexão do dia

Analise os pecados "nocivos" ou imorais do seu coração, isto é, aquilo que
atrapalha aproximação de Deus em sua vida.
68º Dia: Recomeçando de novo

"Eu conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de dar uma
esperança e um futuro..." (Jeremias 29.11)

O nosso Deus é um Deus de recomeço. Um Deus de restauração e de
oportunidade. Um Deus que constrói o que foi destruído e levanta o que esta
caído. Assim como esta escrito em Salmos 37.23-24: "o Senhor firma os passos
do justo e se cair, não ficará prostrado, porque o Senhor segura pela sua forte
mão..." Em provérbios 24.16 diz: "...sete vezes cairá o justo, mas o Senhor o
levantará..." Com base nesses versículo, entendemos que, Deus levará de volta
ao caminho de restauração, isto é, aquilo que você era - sua essência. Agora, se
você deseja ser restaurado e ter um recomeço, então siga esse dois conselhos:

1º Arrependimento: É um reconhecimento da sua condição de pecado, do seu
erro, da sua culpa, e, também , uma dependência do perdão de Deus.

2º As consequências: O perdão de Deus não terá a garantia da confiança das
pessoas, ou seja, vai exigir de você, um processo de atitudes que demonstra a sua
mudança. Isso pode levar dias, meses, até anos para conquistar a confiança
perdida.

Lembra de Sansão? Mesmo com perdão de Deus liberado, levou consigo as
consequências do seu erro: Ficou sego, perdeu suas forças e até a sua própria
vida ficou em jogo. O diabo é especialista em maquiar, fantasiar e esconder as
conseqüência do pecado. Porque todo pecado, vem com rastro de conseqüências
na sua vida, atingindo até a sua família. Aprenda essa lição: Deus não anula as
conseqüências, mas apenas ameniza, impedindo que algo pior aconteça. O que me
chama atenção, é que o perdão de Deus, na vida de Sansão, trouxe a garantia da
morte de todos os seus inimigos. Isso mostra um Deus que se preocupa em levar
há um lugar mais profundo de restauração.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que leve a um novo recomeço. Um caminho de restauração plena,
que envolva uma renovação da sua esperança, do seu futuro, e, também, do seu
ministério.
69º Dia: Frutos do Espírito Santo

"Os frutos do Espírito é: Amor, alegria, paz, paciência, longaminidade,
bondade, fidelidade mansidão e domínio próprio..." (Gálatas 5.22)

Através do novo nascimento, Cristo começa formar o caráter em nossa vida:
"segundo a sua imagem estamos sendo transformados em Glória em
Glória..."(2 Coríntios 3.18). A manifestação dos frutos do Espírito Santo é uma
evidencia da presença Dele em nossa vida, isto é, a maturidade espiritual torna-se
perceptível e visível. Em João 15.1,2 Jesus ensinou: “Eu sou a videira
verdadeira, e meu Pai é o lavrador. Toda a vara em mim, que não dá fruto, a
tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais frutos.” Agora, para
que os frutos possa ser evidente em nossa vida, é preciso uma busca intensa e
continua da Sua presença. Em Gálatas 5.22 mostra que o fruto do Espírito é
apresentado em nove formas distintas:

1º Amor: Colocar os interesses de Deus e das pessoas com prioridade em
sua vida;
2º Alegria: (satisfação em Deus) que tem a capacidade de ser feliz em meio
ao sofrimento
3º Paz: A capacidade de Cria vínculos e laços entre as pessoas, apaziguar
contenda e intriga;
4º Benevolência: (Afeto; Estima) A capacidade de se colocar no outro, isto
é, sentir o que o outro sente;
5º Bondade: (Lado ativo do amor) É a capacidade de responder o mau com o
bem; pronto para servir;
6º Longaminidade: (Lado passivo do amor) Um amor que não revida,
mantém calado, ao ponto de deixar Deus responder por você;
7º Fidelidade: (Transmitir confiança) Deixa um exemplo de confiança que
em sua volta;
8º Mansidão: (Pacífico; Seriedade); A capacidade de transmitir calma em
meio as afrontas e calunias.
9º Domínio próprio: (Controle emocional) Consegue dominar a sua língua, os
seus pensamentos e desejos;


Reflexão do dia


Os noves frutos esta relacionada com Deus e com as pessoas em nossa volta. A
garantia do crescimento dos frutos vai depender da intensidade da nossa busca e
Ele.
70º Dia: A Generosidade

"Quem é generoso com os pobres, está emprestando ao Senhor, e Ele o
recompensará..." (Provérbio 19.17)

A palavra generosidade é aquele que está disposto a sacrificar os seus próprios
interesses em beneficio do outro; É sacrificar aquilo que tem de precioso para o
bem do próximo; Se define em conectar com pessoas que não tem nada para te
oferecer, isto é, pessoas que só tem problemas. Infelizmente, vivemos
acorrentados e isolados em nosso próprio mundo. Vamos à igreja só no modulo
receber e não de doar. Em Mateus 10.42 nos ensina: "ajudar o pobre seremos
conhecidos como discípulos..."ou seja, somos conhecidos pela nossa
generosidade e não pela nossa religiosidade.
Nos Estados Unidos, por exemplo, foi feito uma pesquisa com pessoas ricas que
fazia doações em serviços sociais, tinham baixo índice de depressão, ansiedade e
uma ótima qualidade de vida. E os ricos que não faziam nenhuma doação, tinha
um grande índice de suicídio, depressão e distúrbio emocional. Isso explica, às
vezes, porque sentimos tão deprimidos e ansiosos. Como Jesus explica em João
13.35 "Esse profundo amor que vocês tiverem uns pelos outros provará ao
mundo que vocês são meus discípulos..." Isso explica que somos conhecidos não
por aquilo que afirmamos, mas por aquilo que vivemos.
Portanto, conecte com pessoas: Envie uma palavra de consolo para alguém; Ajude
com uma cesta básica para uma família carente; Faça uma doação para uma
agencia missionária. Aprenda essa lição: a beleza do reino é quando conectamos
com pessoas, quando fazemos alguém feliz. Isso me faz lembrar Marta Tereza de
Calcutá, na índia, cuidado de milhares de pessoas pobres por muitos anos, ela
disse: "Os pobres que eu cuido , é o próprio Jesus, no seu maior e penoso
disfarce."

Reflexão do dia

Porque o nosso relacionamento com as pessoas em nossa volta e frágil e vazia.
Peça ao Senhor que ajude a ser mais generoso com as pessoas, ao ponto de não
ter necessidade de pensar duas vezes quando o assunto é doar, seja o seu tempo
ou seus bens.
71º Dia: A Sinceridade

"Não negociamos a palavra de Deus visando algum lucro; antes, em Cristo
falamos diante de Deus com sinceridade, como homens enviados por
Deus..." (2 Coríntios 2.17)

A palavra "sincera" vem do latin "sin cera." Nos tempos antigos, os artistas
romanos, usavam uma cera especial para esconder imperfeições nas rachaduras
nos vasos. Com passar do tempo, os compradores percebia os defeitos, isto é,
descobria que tinha "cera." Por outro lado, os artistas honestos deixavam bem
claro ao dizer que seus vasos eram "sine cera", ou seja, sem defeito.

Na verdade, a sinceridade é um traço da personalidade uma pessoa. É dizer o que


pensa, o que sente, mesmo sabendo que isso pode trazer em risco a sua reputação.
Também, uma das definições de sinceridade indica a transparência: "Os lábios
de quem diz a verdade permanecem para sempre, mas a língua mentirosa
dura apenas um instante... quem ama a sinceridade, expressa com elegância e
será amigo do Senhor [rei]..."(Provérbios 12.19; 22.11). Apesar da palavra
sinceridade e honestidade serem vistos como sinônimos existem grande diferença:


Sinceridade: Ao cometer um erro, procura o perdão;
Honestidade: Ao ver o erro, procura evitar;

Alem do mais, quando andamos em sinceridade diante de Deus, temos a
facilidade em reconhecer os nossos erros e confessá-los. Assim como diz as
escrituras: “aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé”
(Hebreus 10:22). Conforme vai crescendo o nosso ministério, maior será as
propostas apresentadas para desafiar a nossa honestidade, isto é, cada avanço na
vida espiritual e ministerial tem os respectivos perigos; assim com diz Robert H.
Benson "Cada passo que subimos para mais perto de Deus aumenta a
profundidade do abismo no qual podemos cair."

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a manter uma vida sincera diante de Deus e perante as
pessoas em sua volta, pois será a garantia do cuidado de Deus em sua vida.
72º Dia: A Honestidade

"O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade..." (1
Coríntios 13:6)

Ser honesto nos dias de hoje é uns dos grandes desafios. Quem nunca cometeu
uma "mentirinha" para obter vantagens, nem que seja necessário passar por cima
de outra pessoa? Seja sonegar impostos, comprar Dvd pirata, mentir para os seus
clientes, superfaturar em produtos, vender produtos com defeito, não cumprir o
que negociou, etc. Lembre-se disso, a "mentirinha" produz um ciclo vicioso - uma
vida escrava. Por esse motivo que a desonestidade é uma fraqueza que pode nos
embaraçar sem percebermos.
Mesmo porque, ir para cama com a paz na consciência, poder olhar nos “olhos
das pessoas” sem ter que olhar para baixo ou desviar o olhar, não tem dinheiro
que pague e nem cartão de crédito que financie. É algo gratificante. Veja o que o
apostolo Paulo nos orienta: "Portanto, cada um de vocês deve abandonar a
mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um
mesmo corpo..." (Efésios 4:25) A honestidade é uma palavra que indica a
qualidade de ser verdadeiro: não mentir, não fraudar, não enganar. "Pois zelamos
o que é honesto, não só diante do Senhor, mas também diante dos homens..."
(2 Coríntios 8:21) Agora, existe três áreas importantes da vida em que
precisamos ser honesto:

Ser honesto com Deus: “Deus detesta a pessoa falsa, mas tem amizade
íntima com os íntegros.” (Provérbios 3:32);

Ser honesto com as pessoas: "Feliz é o homem que empresta com
generosidade e que com honestidade conduz os seus negócios." (Sl
112:5)

Ser honesto consigo mesmo: “Se alguém acha que adora a Deus, mas não
domina a língua, ele está enganando seu próprio coração, e a sua
adoração é fútil.” (Tiago 1:26)

Reflexão do dia

As bênçãos de Deus esta condicionada na sua honestidade: “Queremos nos
comportar honestamente em todas as coisas.” (Hebreus 13:18). Peça ao Senhor
que ajude a manter uma vida honesta, porque a desonestidade demonstra uma vida
sem propósito, onde a sua vida só se concentra em si mesma - não há espaços
para os "outros."
73º Dia: A humildade

"...revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça
aos humildes..." (1Pedro 5.5)

Quando falamos de humildade, vem logo em nossa mente: Jesus Cristo, na qual
demonstrou uma prova viva de humildade, em relação com Deus e com as outras
pessoasem sua volta. Em Lucas 22.27 deixa bem claro isso: "Jesus pegou a
toalha e, se ajoelhando, começou a lavar os pés dos seus discípulos..." Isso nos
ensina que a nossa humildade é reconhecida quando estamos dispostos em servir
pessoas que não tem nada para nos oferecer.
Em teoria, ser uma pessoa humildade é de extrema importância, pois reconhece as
suas limitações e se coloca em um mesmo nível de dignidade, respeito,
simplicidade e honestidade com as pessoas em sua volta: "Mas os humildes
receberão a terra por herança e desfrutarão em perfeita paz e terá seu trono
firmado para sempre..." (Sl 37.11; Pv 29.14)
O apostolo Paulo afirma em 1Corintios 15.10: "Sou o menos merecedor de
todos os apóstolos, porque perseguia igreja de Deus, entretanto, pela graça,
Deus opera em mim..." Paulo tinha o pleno entendimento que era a graça
operando nele. Assim como afirma C.S Lewis: " humildade não é pensar menos
de si mesmo, mas sim, pensar menos em si mesmo, isto é, um reconhecimento
que sozinho não pode fazer nada." Desta forma, quando recebemos a revelação
da graça de Deus, podemos desfrutar de um entendimento que o sucesso
ministerial é alcançado pela Sua graça: "temos tesouro em vasos de barro, isto
é, no nosso corpo frágil, para mostrar que este poder provém de Deus, e não
de nós..." (2 Coríntios 4:7) Às vezes, na caminhada do ministério, Deus tem que
nos lembrar o que nós somos, e, às vezes, Deus tem que nos lembrar o que nós
temos nesse vaso.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que nunca venha perder a humildade, ao ponto de sentir superior
ao próximo. Pois a humildade tem haver com o reconhecimento que todos somos
iguais perante Deus : "Senhor meu, guarda-me da soberba e que não me deixe
ser dominado, então serei livre de grande transgressão..." (Salmos 19.13)
74º Dia: A Fidelidade

"Se somos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo..."
(2Timoteo 2.13)

Quando o texto diz que Deus "permanece fiel", esta dizendo uma fidelidade
imutável, que não muda, isto é, um Deus que não desiste em nos amar, perdoar e
ajudar. Como, também, Deus espera de nós, que sejamos fieis, em não desistir em
amá-lo a ele, através de uma fidelidade verdadeira, sincera e confiável. Mesmo
porque, a palavra "fidelidade" é derivada do termo original no latim "Fidelis",
que significa uma pessoa que tem um compromisso duradouro, permanente,
constante e verdadeiro; Um compromisso que não vacila; Não é um sentimento
momentâneo e nem é movida pela emoção.
Agora, uns dos personagem da bíblia que admiro muito pela sua fidelidade a
Deus, era José, quando se recusou a se deitar com mulher de seu patrão Potifar
(Genesis 39). Por conseqüência da sua fidelidade, ele foi acusado, caluniado,
esquecido na prisão, ou seja, quanto mais fiel, pior a vida de José ficava. Então
aprendo que ser fiel a Deus não garante resultados imediatos. Entretanto, pode ter
certeza, garantirá um futuro promissor pelo resto da sua vida, pois o texto diz que
José ficou na cadeia por apenas dois anos, depois Deus o exaltou e governou o
Egito por 80 anos. Além disso, salvou gerações, ou seja, as suas lágrimas, a tua
espera, não se compara o que Deus fará em você e através de você para outras
pessoas.
Portanto, a tua fidelidade a Deus vai influenciar e sustentar pessoas em sua volta.
Por esse motivo que o diabo vai investir pesado para você desanimar e desistir.
Agora, o que faz produzir resistência e uma fidelidade duradoura é a presença de
Deus em você, porque o texto diz em Genesis 39.5: "José prosperava em tudo,
porque Deus era com ele..." É a presença de Deus que vai ser o diferencial no
deserto, ter um amor incondicional em meio a dor, uma fidelidade duradoura, isto
é, uma estrutura espiritual para suportar as tentações que te cerca.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que a sua fé nunca venha recuar ou paralisar. Porque a herança de
Deus para o seu ministério esta condicionada na sua fidelidade.
75º Dia: A Integridade

“…julga-me, Senhor, segundo a minha retidão, e segundo a integridade que
há em mim” (Salmo 7:8)

Neste texto, o salmista Davi colocou a sua integridade a prova: "julgar conforme
a minha maneira de viver, pois tenho amando por inteiro" Ou seja, tendo uma
plena certeza que Deus o responderá o seu pedido. A palavra “integridade” se
define como "inteiro", "perfeito","completo", ou seja, uma "vida por inteiro." Esta
palavra explica quando Jesus falou sobre amá-lo por inteiro: "Ame o Senhor, o
seu Deus de todo o seu coração, alma, entendimento e força..." (Mac 12.30)
Na verdade, ser uma pessoa integra, não é ser o que você aparenta manter quando
todos te analisam. É quem você é, quando ninguém está te observando; É ter um
alto padrão de honestidade, verdade e honra; Fazer ao outro aquilo que gostaria
que lhe fizessem. Bem verdade, que conquistar a confianças das pessoas com a
nossa integridade não tem preço, é algo indiscutível. Quando falamos de
integridade, logo vem em nossa mente a história de Jó (Jó 1.8; 2.3) . Mesmo em
circunstâncias completamente difíceis: a perca de todos os seus bens, morte dos
seus filhos e de sua doença e pressionado por sua mulher e por seus amigos para
amaldiçoar a Deus, Jó manteve a sua integridade, ao dizer: "Ainda que ele me
mate, nele esperarei..." (Jó 13:15).
Lembre-se disso, Deus prefere mais a sua integridade do que o seu sacrifício:
"Fazer o que é justo e certo é mais aceitável ao Senhor do que oferecer
sacrifícios..." (Provérbios 21:3) E mais, o cuidado e o sustento de Deus está
baseado na sua integridade: "Por causa da minha integridade me susténs e me
pões na tua presença para sempre..." (Salmos 41:12) Quando vivemos uma
vida reta diante de Deus, temos livre acesso para nos apresentar diante de
Deus,seja para apresentar uma causa, um pedido ou a nossa adoração.

Reflexão do dia

Deus espera da nossa integridade em todas as áreas da nossa vida, até nas nossas
decisões: “Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque, o que passa
disto é de procedência maligna”, (Mateus 5:37)
76º Dia: O Temperamento

"A pessoa que se irrita facilmente provoca contenda, mas o paciente a calma
a discussão..." (Pv 15.18)

A emoção é um sentimento que manifesta alegria, tristeza, raiva, ódio, etc. De
fato, a emoção tem uma força poderosa para influenciar nas suas decisões e pode
determinar seu futuro. Agora, se a emoção não for controlada, poderá resultar em
explosões de temperamento, destruindo os relacionamentos e o teu futuro. Aliás,
pessoas com gênio mais forte, são mais difíceis de lidar, porque se deixam ser
levado pelo impulso, colocando a desculpa em dizer que tem "pavio curto".
Todos nós, somos sujeito as emoções, no entanto, somos dotados com
inteligência para controlá-las. Porque o ciúme excessivo, agressividade, palavras
duras, falar mais alto que o outro, brigas e discussões constantes produzem uma
redução no afeto e sentimento. Em Tiago 1.19 nos ensina: "Devemos estar
pronto para ouvir, tardio para falar e lento para se irritar..." Por esse motivo,
controle suas emoções, porque nem sempre o que você sente tem ser falado, pois
a emoção nos faz pensar em coisas loucas. Segundo os estudos científicos
mostram que as mulheres usam mais o lado direito do celebro, onde concentra as
emoções e a memória afetiva, por isso que a mulher chora, se irrita e entristece
por pequenas coisas. Então darei duas dicas que pode ajudar a controlar suas
emoções:

Primeira dica: Saia do ambiente de discussão ou da briga por duas ou três
horas, só volta quando animo alterado do seu parceiro estiver mais calmo.
Isso ajuda aliviar a tensão e não falar bobagem;

Segunda dica: Faça orações, isso é, desabafar e descarregar suas emoções
para Deus. É sacrificar o teu ego e valorizar a paz no relacionamento. É
pedir para Deus ajudar em agir com racionalidade e não com a emoção;

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a controlar seus impulsos. Como Salomão escreveu em
Provérbio 20.3:"Qualquer pessoa tola tem o poder de começar uma briga,
mas quem consegue por fim as contendas é que merece honrarias..."
77º Dia: Inteligência Espiritual

"Sejam cheios do pleno conhecimento da vontade de Deus, com toda a
sabedoria e inteligência espiritual." ( Colossenses 1.9)

Neste texto, a "Inteligência Espiritual" não esta se referindo à inteligência ou
habilidade humana, mas sim, da soberania de Deus, concedida pelo Espírito
Santo em nossas vidas: "O homem espiritual tem a percepção em todas as
coisas..." (1 Coríntios 2:15) Ou seja, uma inteligência espiritual tem a
capacidade de poder ver, discernir e entender e fazer o que ninguém ainda fez.
Segundo a psicologia, a inteligência espiritual tem a seguinte definição:

"A capacidade de ser flexível nos problemas; a capacidade de ter paz
interior em meio as perdas; Um grau elevado do autoconhecimento das
suas fraquezas e limitações; Sabe lidar com a dor, infortúnio e afronta;
Tem a capacidade de aprender com o sofrimento e problemas da vida;
Sabe avaliar, julgar e decidir através de uma autodisciplina, persistência
e empatia".

Agora Tiago 3.17 nos fala de uma clareza profunda o que é inteligência
Espiritual: " A sabedoria que vem do alto é principalmente pura, pacifica,
moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade e
sem hipocrisia."O apostolo Tiago define que a inteligência espiritual "vem do
auto" ou seja, vem da pessoa de Jesus Cristo. Como Paulo afirma claramente em
Colossenses 2.3: "Em Cristo estão escondido todos os tesouros inexplorados
da sabedoria e do conhecimento..."
Portanto, se queremos aprimorar a nossa inteligência Espiritual, temos que buscar
do alto, isto é, a palavra de Deus e, também, uma vida continua na oração. Na
qual, só pelo fato em ouvir e aprender a palavra gera inteligência espiritual,
impulsionando a manifestar os seus frutos.

Reflexão do dia

A inteligência espiritual não só opera no abstrato (fé e confiança), mas também
opera numa ação completa, através do seu caráter, talentos, aptidões e frutos, ou
seja, uma ação completa na vida.
78º Dia: O Discernimento

" Mas o alimento solido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante,
sabem discernir tanto o bem quanto mal." (Hebreus 5.14)

A palavra "discernimento" se define na capacidade de compreender e saber lidar
com situações ou circunstâncias na vida; É saber separar o certo e o errado;
Consegue julgar, avaliar, apreciar e decidir. Assim como Paulo afirma em
1Corintios 2.14-15: "Quem não tem o Espírito Santo não entende que vem de
Deus, porque elas são discernidas espiritualmente."
A história de Davi e Golias, por exemplo, mostra com clareza o que é
discernimento espiritual. Em 1Samuel 17.26 diz que Davi soube discernir que
aquela batalha com Golias era uma batalha Espiritual ao dizer: "Golias estava
afrontando o Deus de Israel..." Além disso, Davi tinha o pleno entendimento que
a vitória vinha de Deus ao afirmar em 1Samuel 17.46 : "hoje mesmo o Senhor
entregará nas minhas mãos..."Davi não mencionou a sua funda, habilidade e sua
capacidade humana. isto é, não é um elemento material, mas sim, o elemento
espiritual: SUA FÉ. E por causa da fé, Davi conseguia enxergar o que ninguém
enxergava, Ele discernia o que ninguém discernia e fez o que ninguém fez. Por
isso, deixe de lado a sua argumentação, racionalidade e sua lógica de lado.
Portanto, analise com olhos de Deus os seus problemas: Será que você não esta
conseguindo discernir que certos desenhos, jogos na internet, novelas, filmes e
seriados esta destruindo os seus filhos? Será que o motivo de dar tudo errado é
um sinal que não é da vontade de Deus? Será que essa fraqueza espiritual pode
ser pecado não confessado? Será que você não consegue discernir que as brigas
constante na sua casa, na sua família, na sua igreja, ou até mesmo, na sua
depressão, pode ser algo espiritual e não natural?

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a compreender e discernir tudo aquilo que você esta
enfrentado, pois nem tudo é espiritual e nem tudo é algo natural.
79º Dia: A Prudência

"O prudente percebe o perigo e buscar refugio, mas o inexperiente segue
adiante e sofre as consequências..." (Provérbios 22.5)

A palavra "prudente" se define em perceber o perigo e agir ou anteceder antes
que aconteça; É uma pessoa que saiba avaliar e analisar as suas decisões; Esta
alicerçada em fundamentos, fatos e experiências; Não é movida por impulso,
emoção ou sentimento. Agora, quando deixamos de perceber o perigo e pensamos
que esta tudo tranqüilo, seja na escolha de um namorado(a) ou de uma amizade, é
momentos que corramos mais riscos a queda. Assim como diz uma frase muito
famosa: " Águas tranqüilas não significa que não há crocodilo." Por esse
motivo que Salomão nos aconselha: "Veja bem por onde anda, e seus passos
serão seguros..." (Provérbios 4.26)
Lembre-se disso, o diabo é especialista em maquiar as conseqüências das suas
decisões, como também, é especialista em expor seu pecado. Aliás, muitas
tempestades em nossa vida poderiam ser evitadas se agíssemos prudentemente.
Também, a nossa falta de prudência, pode atingir pessoas em sua volta.
Mesmo porque, a vida é feita de escolhas, e elas podem determinar como vai ser
o seu amanhã. Uma escolha errada pode levar a um destino obscuro, às vezes,
sem volta. Cada decisão da sua vida é importante. Por esse motivo devemos
escolher amigos certos, escolher quem será seus mestres, seus mentores, e claro,
com quem vai dividia o tempo todo: Esposo(a).
Concluindo, seja prudente em todas as suas decisões, assim como está escrito em
Provérbio 4.23: "Acima de tudo, guarda o seu o seu coração, pois dele
depende todo a sua vida..." Ou seja, coração protegido tem a capacidade de
superar as perdas e frustrações, isto é, está preparado para agir com prudência em
meios aos abalos da vida; E quando Davi declara: "A palavra ilumina os meus
caminhos..." (Sl 119.5). Esta dizendo que a palavra irá iluminar o perigo para
não cair e sofrer as consequências.

Reflexão do dia


Não deixe que as suas escolhas coloque pontos, onde deveria ter apenas vírgulas;
Análise com cuidado as suas escolhas para você não venha chorar amanhã.
80º Dia: Comunhão com irmãos

"Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós e
devemos, também, dar a nossa vida por nossos irmãos." ( 1João 3.16)

Quando falamos de comunhão, me faz lembrar em Atos 4.32: "[...] a igreja vivia
em perfeita harmonia e comunhão...", no original grego é mais profundo: é
Koinônia que significa doação, participação, unidade, ligação, entrega. O
apostolo Paulo usou a expressão Koinônia em 1Corintios 12.12 dizendo: "a
igreja é um corpo com diversos membro, um dependendo um do outro,
interligados entre si...". Em Mateus 16.13 Jesus, também, usou a expressão
Koinônia ao dizer: "a igreja esta edificada e ligada em pedras..." no original
grego é "Petros" que significa pedras pequenas ou rochas grandes ligadas uma
nas outras.
Seriamente, viver Koinônia não é fácil, pois na igreja pode haver pensamentos e
opiniões diferentes, contrariedades, desentendimento, desavenças com algum
irmão. Aliás, o apostolo Paulo falou mais de relacionamento do que obediência a
Deus em suas cartas: "Revesti-vos de entranhas compaixão. Suportai-vos uns
aos outros. E se alguém tem queixa contra o outro, perdoai-vos como Cristo
vos perdoou." (Colossenses 3.12)
A palavra "entranhas compaixão..." significa uma compaixão que não é
superficial. Está arraigados, isto é, aquilo que tem raiz. Não é fácil de tirar de
você. Uma compaixão que faz você não abrir mão do relacionamento com irmão,
porque esta enraizado o amor, perdão, misericórdia e a paciência. Por isso que
Hebreus 12.14 diz: " Esforçai para viver em paz com todos..." Por esse motivo
não admita um relacionamento na sua igreja de gato e cachorro ou de gato e rato,
onde só há briga, disputa de cargo, inveja, fofoca ou calunia contra o irmão.

Reflexão do dia

Aprenda que somente no céu, teremos a completa harmonia de coração, totalidade
no amor e unidade de pensamento, então: Ame! Perdoe! Abraça! Ajude.
81º Dia: Liberalidade

" Cada um dê a sua oferta conforme determinou o seu coração, não com
tristeza ou por obrigação, pois Deus ama quem dá com alegria..." ( 2Corintios
9.7)

Atualmente, nas igrejas de hoje, as pessoas só querem ouvir mensagens que
"massageia o ego", e ficam acomodados, intrigados e desconfortados quando se
trata de mensagens de doar, ofertar ou ajudar, porque envolve atitude, isto é, um
ato de vontade, voluntariedade, propósito de coração, inteligência e temor. São
valores internos de satisfação por aquilo que Deus tem feito e por aquilo que ele
fará. E não apenas um envolvimento de comoção e sentimento.
Aliás, ser uma pessoa liberal, é uma disposição do interior, que não tem apego
aos bens matérias. Assim como os primeiros cristãos demonstraram com grande
clareza em Atos 2.45: "os cristão vendia, repartia as suas propriedades e
bens..." Mesmo porque, adoração a Deus, nas escrituras, sempre foi feito através
de oferecimento de alguma coisa. É um reconhecimento da soberania de Deus,
isto é, tudo vem de Dele, assim como diz em Salmos 104.27: "Tu, ó Senhor,
enche as nossas mãos de bens..." Em 1Cronicas 29.11 diz: "Tudo vem de ti e
das tuas nossas mãos te damos..." Esse texto nos ensina que somos mordomos
do dinheiro que Deus dos confiou e não donos do dinheiro.

Proporcionalidade (2Corintios 9.6): "Quem semeia pouco, pouco
ceifará..." ou seja o reino de Deus tem um principio só colhe o que planta;

Prosperidade: Não só envolve riqueza, mas também todas as areias da sua
vida: paz interior, bem estar, saúde física, alegria de viver, saber viver com
aquilo que tem. Mesmo porque, só Deus tem o sentido da felicidade do
homem.

Qualidade: A maneira como você administra suas finanças, demonstra a
qualidade da sua vida espiritual, porque é impossível ter a virtude da
generosidade, liberalidade, bondade e amor se você não for um liberal.

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a ser mais liberal, porque o segredo não esta na sua
oferta, e sim, na maneira como você oferta.
82º Dia: Perdão

" E se alguém tem queixa contra o outro, perdoai-vos como Cristo vos
perdoou." (Colossenses 3.12)

A palavra "Perdoar" vem do latim que divide em duas palavras: PER+DOAR
(PER: "Completo", "inteiro"/ DOAR: "Entrega"; "Doar") ou seja, "entrega
completa", "doar por inteiro"; Significa, literalmente, cancelar, apagar, reiniciar
ou redimir a divida de alguém. O computador, por exemplo, quando trava, a
solução é reiniciar para começar tudo novamente.
De fato, quando fazemos justiça com as próprias mãos, isto é, atacando com a
mesma moeda, pode levar a doenças físicas, como: gastrite, insônia, ataque
cardíaco, problemas no sistema nervoso, ou seja, quem mais prejudica é você
mesmo. E, principalmente, vai destruir e danificar a sua comunhão, sua fé e as
bênçãos de Deus preparadas para a sua vida, mesmo porque o perdão de Deus
esta condicionada no perdão ao próximo. (Mateus 6.14)
As mulheres, por exemplo, têm a tendência a se irritar, entristecer e chorar por
pequenas coisas. Pelo fato de muitos casais não compreender isso, causam brigas
constantes, não sabendo lidar com sentimentos. Para evitar brigas, procure não
trazer à memória aquilo que te entristeceu, porque poderá destruir as suas
amizades e relacionamentos: "Aquele que perdoa, busca amizade, mas o que
renova magoa, afasta os melhores amigos..." ( Pv 17.9)
Afinal, quem libera o perdão demonstra que já foi perdoado por Deus,isto é,
demonstra a genética que é filho de Deus. O interessante que o perdão não tem
haver com sentimento ou emoção, e sim, com princípios e razões. Por esse motivo
que Jesus pede para "amar seus inimigos..." (Mateus 5.45). Na verdade, a
liberalidade do perdão demonstra que você valoriza mais o relacionamento do
que seu próprio ego. Aprenda o que Salomão nos aconselha: "A resposta branda
desvia a fúria, mas a palavra dura suscita a ira." (Provérbios 15.1)

Reflexão do dia

O perdão não vai apagar o teu passado, mas vai engrandecer o teu futuro. Então
libere o perdão. Para que a liberalidade do amor de Deus esteja em tua vida e o
aprimoramento espiritual seja estabelecido.
83º Dia: Pronto para servir

"Quem quiser tornar-se importante no reino deverá ser servo de todos..."
(Marcos 10.43)

Atualmente, o evangelho tem sido distorcido, levando uma geração com


mentalidade interesseira, egoísta, parasita, sangue-suga, só pensa em si próprio.
Aprenda essa lição, quando preocupamos em servir, começamos a descobrir uma
das formas mais extraordinária de se viver: Em servir pessoas. A nossa vida
cristã e o nosso ministério torna completa e prazerosa. Veja a definição de servir:

"A capacidade de enxergar oportunidades de ajudar com seus talentos,


dons e habilidades; Envolve como trabalhar, participar e envolver em favor
ou beneficio de outros; É estar centrado em pessoas; Em viver para as
pessoas; Em fazer alguém feliz; Uma visão de oferecer, repartir e
contribuir."

Com base nisso, se queremos manter acesso a mentalidade doadora, é necessário
cultivar, zelar, cuidar, proteger, investir nesse sentimento constantemente, para
que com o tempo, não venha esfriar o seu interesse. Para isso, siga esses dois
conselhos:

1º Não Retenha (Tiago 4.17): " Aquele que sabe fazer o bem e não faz, esta
pecando..." Quando retemos ou negligenciamos o socorro, estamos ferindo o
coração de Deus. Mesmo porque, a razão do propósito de Deus em nossa vida é
servir pessoas.

2º Não desanime ( Gálatas 6.10): "Não cansemos de fazer o bem..." Fazer o
bem cansa, dá trabalho, produz um desgaste de energia, porque exige
determinação, empenho, coragem e amor. Quando o servir torna rotineiro, vai te
levar a um processo de responsabilidade, que pode produzir um esfriamento da
empolgação. Mesmo porque, a empolgação no servir está ligada apenas na
emoção.

Reflexão do dia

Não permitir entrar mais um ano conduzido só pela sua empolgação. Porque, se
você não se sensibilizar e nem se preocupa em ajudar as pessoas, pode ser que
algo esta errado com a sua espiritualidade.
84º Dia: Amor durável

" O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." (1Corintios 13.7)


O amor que o apostolo Paulo esta se referindo é o amor Ágapê, um amor
sacrificial, sem restrições. Um amor que tem a força de se doar por completo,
sem interesses ou satisfação pessoal. Aliás, quando recebemos a revelação do
amor de Deus em nós, temos a facilidade em liberar o amor. O mais incrível que
esse amor nos garante cinco benefícios:

1º Perfeição: (Colossenses 3.14): "[...] o amor é o vinculo da perfeição..." A
perfeição das suas realizações não é a qualidade do seu talento ou sua habilidade,
e sim, o amor por aquilo que você faz.

2º Proteção (1Tess 5.8): "[...] vestir a couraça do amor..." O amor vai te
proteger, isto é, vai tornará mais resistente contras as tentações e adversidades.

3º Motivação (2Corintios 5.14) : "O amor de Cristo nos constrange..." A
revelação do amor de Deus vai mover, mexer, motivar, vibrar e impulsionar o teu
coração em renunciar tudo aquilo que esta desacordo com os princípios da
palavra de Deus.

4º Transformação (2Corintios 1.4) :"Com a consolação que recebemos de
Deus em meio ao sofrimento, possamos consolar outros..."Um amor profundo
com Deus tem a capacidade em transformar as suas lutas e sofrimentos para seu
próprio beneficio: as lutas torna em experiências e as derrotas em lições
(sofrimento torna um meio para aconselhar outros).

5º Prazer (1João 5.3): " Porque nisto consiste o amor de Deus: Em obedecer
aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados..."O amor
Deus em nós tem a força de tornar prazeroso aquilo que fazemos para Deus, isto
é, não torna um fardo. Então, se temos dificuldade em renunciar o pecado, temos
que avaliar como esta o nosso nível do amor a Ele.

Reflexão do dia

A proporção do seu amor para com as pessoas, vai depender da proporção da
revelação do amor de Deus revelado a você. Porque, só podemos dar aquilo
que recebemos.
85º Dia: Recompensa

"Eu sou o Senhor que sondo e examina o seu coração, para recompensar de
acordo com sua conduta e obras..." ( Jeremias 17.10)

A palavra recompensa se define como um presente, favor, prêmio ou retribuição
por aquilo que fazemos a Deus. E,também, é um incentivo para nos motivar,
aprimorar e estimular a nossa fé a continuar firmes. No livro de apocalipse tem
uma riqueza gloriosa, quando o assunto é sobre recompensa. Mesmo porque, é uns
dos motivos da nossa esperança e da nossa fé.
No livro de Jó, por exemplo, nos dá uma grande inspiração quando o assunto é
recompensa, porque o maior anseio de jó não era a cura de sua doença ou a
restituição dos seus bens, mas poder ver a face de Deus: "Depois que o meu
corpo estiver destruído, eu verei a Deus, com os meus próprios olhos o
verei...como anseia o meu coração..." (Jó 19.26) Por esse motivo, que Deus
recompensou a vida de jó, tanto espiritual como material. Isso explica o que
Paulo ensina em 1Corintios 15.19 diz: "Se esperamos recompensa só nesta
vida, somos os dos mais infelizes..." Em Eclesiastes 5.15 afirma: "O homem sai
nu do ventre da sua mãe e nu voltará e nada levará consigo..." Aliás, a forma
com vivemos na eternidade será definida a forma como vivemos na vida terrena.
Essa vida é uma grande oportunidade de investir na eternidade, ou seja, temos que
focar e obcecar mais as questões e valores eternos.
Em Filipenses 3.7 Paulo fala da sua ambição pelo reino ao dizer: "Eu considero
todas as coisas que conquistei como perda e como esterco..."Portanto, se
aquilo que conquistamos nesta vida não pode ser comparar com a supremacia do
conhecimento de Cristo. O evangelho precisa mexer no seu coração, ao ponto de
mudar a maneira de viver. Então avalie o que você tem priorizado, veja o que
você tem feito em beneficio ao próximo nestes últimos meses.
Reflexão do dia

A maior recompensa que você pode receber da parte de Deus é as revelações
dadas em meio as suas lagrimas: " Antes eu só conhecia de ouvir falar, mas
hoje vejo com os meus próprios olhos..." (Jó 42.5)
86º Dia: A benção de Deus

"Eis que coloco diante de você, a vida e a morte, a benção e a maldição.
Agora, escolha a vida, para que você apegue firmemente ao Senhor..."
(Deuteronômio 30.19)

Primeiramente, o desejo de Deus é nos abençoar, pois Deus é "galoador e
recompensador para aqueles que o buscam..." (Hebreus 11.6) De fato, a benção
de Deus é muito mais abrangente do que você imagina: "Cristo nos abençoou
com toda sorte de benção..." (Efésios 1.3) ou seja, a manifestação das bênçãos
de Deus atinge em toda as áreas da nossa vida, seja material, emocional, familiar
ou espiritual. O problema que muitos buscam freneticamente de maneira errada
essas bênçãos. Então veja as três maneiras corretas de buscar as bênçãos de
Deus:

1º A obediência (Det 28.1): "si atentamente ouvir a minha vós..." O que me
chama atenção é o advérbio "si", ou seja, "si obedecer", "si atentamente ouvir",
"si guardar", isso leva a entender, que, a bênção de Deus é condicionada a nossa
obediência. A obediência é o poder magnético que vai atrair para si as bênçãos
de Deus.

2º Presença (Genesis 39. 1-7): "José prosperava tudo o que fazia, porque o
Senhor era com ele..."Uma busca na oração e na meditação da sua palavra vai
gerar a presença em nossa vida. Mesmo porque, a presença de Deus em nossa
vida é a fonte das bênçãos de Deus. Aliás, uma busca intensa tem o poder de
mudar o ambiente onde vivemos: "os que andam em retidão até no lugar árido e
seco faz lugar de fontes de água..." (Salmos 84.6)Não é por acaso que Jesus
disse em Mateus 6.36: "busquem primeiro o reino de Deus e as demais coisas
serão acrescentada..."

3º Repartir (Provérbios 19.17) "quem ajuda o necessitado esta emprestando a
Deus, e Ele o recompensará..." Fazer alguém feliz, esta criando credito, isto é,
um favor para Deus em te abençoar. O propósito das bênçãos não é apenas te
abençoar, mas também, fazer de você um abençoador, provedor, supridor para as
pessoas que mais precisa.


Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a buscar as bênçãos na maneira correto, isto é,com base
nos seus princípios.
87º Dia: Enfrentando gigantes

"Prepara-se o cavalo para o dia da batalha, mas é o Senhor que garante a
vitória..." (Provérbios 21.31)

A nossa vida é feita de batalhas, obstáculos e etapas que precisa ser superadas e
vencidas. Lembre disso, tudo o que enfrentamos hoje é para nos capacitar e
preparar para desafios maiores. Davi, por exemplo, em 1Samuel 17.35, ele matou
um leão ao golpear com uma faca por detrás, porque não se enfrenta leão pela
frente. Com isso, fortaleceu a fé e a coragem de Davi, que motivou a enfrentar o
gigante Golias (1Sm 17.48).
Com o gigante Golias, a estratégia mudou. No texto diz que Davi correu de frente
com o gigante, ou seja, tinha que ser mais rápido. Então aprenda, que além da
direção de Deus, Davi teve que ser estratégico. Teve que usar a inteligência e a
sabedoria. Aliás, tem certas batalhas da vida, seja no casamento, família, igreja
ou seu próprio negócio que a estratégias tem que mudar. Como por exemplo, ficar
em silêncio, esperar a resposta de Deus, ou às vezes, temos que atacar de frente,
isto é, tomar uma providência com urgência, se não o gigante da magoa, ódio,
desanimo vai te dominar e destruir você. E mais, se os gigantes vierem sobre a
sua vida é porque Deus acredita que você tem a capacidade de vencer, ou seja,
Deus acredita que você pode suportar: "Deus treina as minhas mãos para a
batalha...com auxilio do meu Deus posso atacar uma tropa." (Salmos 18.29)
Na verdade, estar preparado para as batalhas da vida, significa em fazer uma
analise cuidadosa e um planejamento bem elaborado, ou seja, deve conhecer bem
os seus gigantes, para não agir pela emoção. Nunca se esqueça, se esta sendo
difícil derrubar o gigante, é para você valorizar a sua vitória, porque tudo o que
vem fácil a gente não valoriza.

Reflexão do dia

Os seus gigantes na sua vida será o divisor de águas do seu ministério,
casamentos ou negócios. Assim como Davi, de um simples pastor de ovelhas,
tornou um comandante do exercito do rei Saul, ou seja, os seus gigantes se
levantam para te promover. Então Lute! Enfrente! Conquiste!
88º Dia: Os segredos dos homens

“Deus julgará os segredos dos homens, mediante Jesus Cristo, conforme
declara o evangelho” (Romanos 2:16).

Atualmente, muitas igrejas tem "barateado" o evangelho, isto é, quando se retrata
apenas como algo que nos liberta da tristeza, do medo, e de outras necessidades
pessoais, ao invés de apresentar o evangelho como uma força que nos liberta,
também, da ira vindoura: "Deus trará a julgamento tudo o que foi feito,
inclusive tudo o que está em segredo, seja bom, seja mal..." (Eclesiastes
12.14)
Na verdade, a mensagem do juízo é para aqueles que não se arrependem dos seus
pecados, isto é, quando o pecado torna um "objeto de estimação." Lembre-se
disso, a severidade de Deus é para aqueles que não se rende aos padrões que
Deus estabeleceu: "Aquele que me rejeita e não acolhe as minhas palavras
serão julgados..." (João 12:48). Neste texto, será um julgamento absoluto e
imparcial. Aliás, quanto maior o nosso conhecimento moral, maior será a nossa
responsabilidade moral: "Não há nada oculto que não venha a ser revelado, e
nada escondido que não venha a ser conhecido e trazido à luz..." (Lucas 8.17).
Portanto, todos os fatos virão a público, inclusive aqueles que no presente não
são conhecidos. Como diz o autor John Stott: "Os segredos não morrem, eles
adormecem para despertarem no juízo."
Na verdade, a sentença do juízo de Deus, nunca é sentenciado, sem antes
apresentar uma advertência, orientação, instrução referente as consequências nas
nossas decisões. Por esse motivo, não confunda: Longanimidade com Impunidade.
Assim com Paulo nos orienta: "...considere a bondade e a severidade de
Deus..." (Romanos 11.22). A rebeldia não fala só da desobediência, mas também,
da nossa teimosia em permanecer na desobediência: "Deus tornará inimigo dos
rebeldes..." (Isaias 63.10).

Reflexão do dia

Peça ao Senhor que ajude a confessar os seus erros que estão escondidos no seu
coração. Porque caráter se define quando ninguém esta olhando.
89º Dia: A ganância

"Tenha cuidado contra todo tipo de ganância, porque a vida de um homem
não consiste na quantidade dos seus bens". (Lucas 12.15)

A ganância é uma das grandes estratégias de Satanás para derrubar grandes
homens de Deus. Quando o evangelho torna lucrativo, pode cegar e sufocar o seu
bem mais precioso: A presença de Deus em sua vida. Na verdade, o problema
não é o dinheiro em si, mas a maneira como relacionamos com o dinheiro. O nível
de obsessão pode causar ganância e avareza: "Não ponha o coração na
instabilidade das riquezas, mas que pratique a generosidade..." (1Timoteo
6.17)
Por esse motivo que Davi escreve: " "Se as suas riquezas aumentam, não
ponha neles o coração..." (Salmos 62.10) O propósito das benções é fazer de
nós provedores, supridores e abençoadores aos necessitados. E o propósito de
Deus não é criar uma "mentalidade franciscana" - largar tudo. Mas um
entendimento que "o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e
nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com
muitos sofrimentos." (1Tm 6.10) A queda de Lúcifer, por exemplo, foi destruído
pela sua própria ganância e ambição de querer sentar onde não foi chamado para
sentar: "um querubim da guarda; um exemplo perfeito; Mas Deus achou
iniquidade no coração, e se corrompeu." (Ez 28.6-12).
Hoje, infelizmente, muitos homens de Deus têm caído nessa ambição de criar um
nome, o reconhecimento, a fama, a exaltação, enfim, a glória entre os homens.
Uma ambição em cargos eclesiásticos para apenas ter "nome", ou seja, uma
ambição em sempre querer algo mais: "Não busquemos reconhecimento
humano, quer de vocês, quer de outros..." ( 1Tess 2.6) O problema não é ter o
nome grande, o problema é quando a gente quer ter o nome grande.

Reflexão do dia

Lembre-se disso, Quem engrandece o seu nome é Deus (Genesis 12). Aliás, ter
nome grandes, para Deus, são aqueles que estão dispostos a ser servos de todos
(Marcos 10.43; Salmos 86.11)
90º Dia: Brilho nos olhos

"Por causa do sofrimento nosso coração desfalece e os nossos olhos perderam
o brilho..." (Lamentações 5.17)

A expressão "Brilho nos olhos" é uma leitura do estado emocional de uma pessoa.
Quando alguém usa o entusiasmo ou a motivação para fazer algo, seu corpo emite
um brilho que é captada por todos em sua volta: "E reconhecem Pedro pelo seu
jeito de falar..." (Lucas 22.59). Quando alguém ama de verdade, seu corpo muda,
seu jeito de andar muda, sua maneira de ver as coisas mudam. Passa a existir um
entusiasmo, uma motivação somada a todas as atitudes e ações, e isso, irradia
para as pessoas a sua volta, que traduzem isso na expressão "Brilho nos olhos".
Nos anos 50, por exemplo, era comum caçar Leões para ser vendido em circo. O
processo de caçada de leões era simples: Colocava o leão adormecido em uma
jaula. Nos primeiros dias, o leão dentro da jaula, ficava andando de um lado para
o outro, incansavelmente, até desmaiar de fome e sede (se recusa a beber e
comer). Quando acorda, come só um pouco de carne e água, e volta a repetir o
processo: andar de um lado para o outro, até desmaiar novamente. Esse processo
de acordar, andar, desmaiar, comer e beber pouco dura por seis meses - tempo
necessário para o leão perder a sua capacidade selvagem de caçar - fazendo
esquecer o que ele era. É basicamente uma tortura psicológica no animal. O dono,
depois de seis meses, olha bem nos olhos do leão e tenta perceber se perdeu o
brilho selvagem, isto é o brilho nos olhos. Desta forma, o dono poderá domesticar
e dominar para fazer o que ele quiser.
Levando para a nossa vida espiritual, o inimigo quer tirar o seu brilho,
domesticando você, com depressão, angústia, insegurança, medo, ódio e magoa.
Portanto, não deixe que o sofrimento tire o brilho daquilo que você é, isto é, a sua
paz interior, confiança, esperança, alegria, fidelidade e o seu caráter.

Reflexão do dia

A maneira de enxergar o sofrimento pode te destruir ou erguer, desanimar ou
animar, fazer uma vitima ou grande líder.
91º Dia Feito para Brilhar

"Vós sois a luz do mundo. Assim brilhem a luz de vocês diante dos homens,
para que vejam as suas obras e glorifiquem a Deus."( Mateus 5.16)


Para começar, brilhar nesta geração onde há tanta perversidade, imoralidade,
drogas, pornografia e a internet, que esta destruindo valores, crenças e equilíbrio
social, torna um grande desafio para brilhar essa luz. No entanto, uns dos
empecilhos que dificulta o brilho dessa luz é a vergonha, falta de caráter, falta do
conhecimento e o desinteresse. Entretanto, em 1João 2.14 afirma: "Jovens tu és
forte e já venceste o maligno." Esse versículo revela que é possível brilhar e
fazer a diferença nessa geração corrompida.

O apostolo Paulo, também, afirma com grande grandeza e clareza em Filipenses


2.15: "Sejam puros no meio de uma geração corrompida e perversa, entre o
qual resplandeça a vida de vocês como estrelas do universo." Quando Paulo
fala em "resplandecer a nossa vida" é quando deixamos marcas de mudança e
transformação nas pessoas, através da manifestação do nosso caráter, talentos,
aptidões e frutos, ou seja, quando contribuímos em fazer alguém feliz. É mostrar
ao mundo o nível da sua vida melhor, superior e provoque nas pessoas em sua
volta o desejo de ter Deus como você tem: "O caminho do justo é como a luz da
alvorada, que brilha cada vez mais até à plena claridade do dia..."
(Provérbios 4:18) Entretanto, é muito importante saber que, a intensidade e a
força do seu brilho, vai depender da intensidade do seu compromisso com Deus.

Portanto, se queremos brilhar neste mundo, ao ponto de transformá-las, mudá-las


e convencê-las ao arrependimento, devemos aprender com Davi escreveu em
Salmos 119.130: "A exposição a tua palavra produz luz e entendimento."

Reflexão do dia

A palavra de Deus é o gerador do seu brilho, é a produtora de fé. Então Leia!
Estude! Medite! Examine! Ande! Viva a Palavra!
92º Dia: Lugares altos

“O Senhor Deus é a minha força, e fará os meus pés como os de uma corsa, e
me fará andar em lugares altos.” (Habacuque 3.19)

O contexto que Habacuque escreveu este texto, não era o melhor momento de sua
vida. Ele estava vivendo um momento de angústia e aflição. Entretanto, ele
afirma: "me faz andar em lugares altos..." A águia, por exemplo, é a única ave
que enfrenta uma tempestade, simplesmente pelo fato de andar em altitudes muito
alta:

A águia enxerga oito vezes mais que a visão humana. Por causa dessa
visão, é símbolo de liderança, coragem e força. Pelo fato da águia voar em
atitudes muito alta, ela consegue enxergar quando vai iniciar e quando vai
terminar a tempestade. Com essa visão, ela analisa e avalia se vale apena
passar por cima, no meio ou por baixo da tempestade. Outras aves, como
pombos e urubus, por ter uma visão limitada, se escondem, com medo da
tempestade.

Passar por cima:Não é dominado pelas circunstâncias;
Passar no meio: Usar suas habilidades para resolver;
Passar por debaixo: Deixar Deus responder por você;

Logo, entendemos que:
A tua visão que vai determinar a sua postura em meio as circunstâncias da
vida;
Quando compreendemos a dimensão daquilo que Deus fará em nós, temos a
capacidade em descansar em meio a dor;
A visão tem uma ação motivadora qualquer empresa, instituição ou ambiente.
Quando não temos um alvo definido a intenção é desanimar;

Reflexão do dia

Se não sabemos o motivo pela qual estamos sofrendo a intenção e chorar e
reclamar contra Deus: "Então o Senhor abriu os olhos do rapaz, que olhou e
viu, as colinas cheias de cavalos e carros de fogo ao redor de Eliseu..." ( 2Reis
6.17). Quando vivemos em lugares altos, a compreensão e a finalidade dos
propósitos de Deus em meio às lágrimas ficam cada vez mais claros.
93º Dia: Enfrentando tempestades

"Jesus repreendeu o vento e o mar: Aquieta-te vento! O vento se aquietou e
fez grande bonança..." (Marcos 4.39)

Quem nunca passou por uma tempestade da vida? Situações que fazem a gente
chorar, desesperar, e às vezes, não sabemos o que fazer. No entanto, nesta
passagem, nos ensina como superar as tempestades:

1º Lição: "Jesus estava no barco..." Mesmo Jesus no seu barco, não imune de
tempestade;
2º Lição: "Tinha outros barcos por perto...", tem tempestade que atinge pessoas
próximas de você, como por exemplo, seus parentes e amigos;
3º Lição: "Jesus repreendeu o vento e o mar..." mostra a onipotência de Deus,
onde tem o poder de controla a causa (vento), como também o efeito (ondas).

Por outro lado, em Mateus 14.29, Jesus não estava no barco, isso nos ensina
outras lições:

1º Lição: "os discípulos foram sem Jesus..." Tem tempestades na sua vida que
você não vê, não ouve, e nem senti Jesus por perto;
2º Lição: "Pedro andou sobre as águas até Jesus..." Tem tempestade que Deus
não quer revelar quem Ele é, mas conhecer quem você é;
3º Lição: "Sou eu! Não temais..." Não deixe o pavor o dominar; o pavor faz a
gente precipitar.

Concluindo, Deus trabalha ao seu favor, no mundo invisível e na ação
imperceptível que você não vê, isto é, trabalhando no seu caráter: "Foi bom ter
sido afligido, porque aprendi a por em prática a sua vontade..." (Salmos
119.71). Segundo Guilherme Campos, mostra que a maneira como você enxerga
as suas tempestades podem gerar em você, maturidade ou angústia, segurança ou
traumas, um grande líder ou apenas uma vítima.


Reflexão do dia

As tempestades tem uma grande oportunidade de conhecer mais a Deus: EL
SHADDAI: O Senhor Todo-Poderoso; JEOVÁ-JIRÉ: Deus proverá; JEOVÁ-
RAFA: O Deus que sara; JEOVÁ-NISSI: Nossa bandeira; JEOVÁ-SHALOM:
Nossa paz; EL ROI: Deus que vê; JEOVÁ-SHAMMAH: O Senhor está ali.
94º Dia: Cegueira espiritual

"miserável, pobre, cego e nu... compre de mim colírios para os seus olhos..."
(Apocalipse 3.17)

A igreja de Laudicéia estava em condição de cegueira espiritual. A cegueira nos
deixa em lugar de privação, limitação e acomodação. Ficando preso na
mediocridade e na incredulidade: "Não entraram em Canaã, por causa da
incredulidade..."(Hebreus 3.19). À vista disso, pensamento errado, também, vai
privar a manifestação de Deus: "Jesus estava em Nazaré, em sua cidade, e não
pode fazer muitos milagres por cauda da incredulidade deles..." (Mateus
13.58).

Lembre-se disso, a maneira como enxergamos o problema vai determinar a nossa
postura: "Que os vossos olhos sejam iluminados em tudo..."(Efésios 1.18).
Mesmo porque, crer na intervenção divina é uma decisão de vontade e não um
sentimento. Muitas das vezes, por falta de experimentar a provisão de Deus, não é
porque uma solução não foi providenciada, é que estamos incapacitados de
enxergar aquilo que já esta providenciada por Deus, isto é, não consegue
desfrutar aquilo que já esta disponível. Veja a história de Agar:

"Agar largou o menino no deserto, (não queria ver o problema e nem a
solução do problema), pois acabou água e o pão, e começou a chorar... E
Deus vendo o choro, abriu os olhos de Agar, com os olhos abertos, viu em
poço de água..." (Genesis 21.16)

Ao analisar o texto, perceba que o poço já estava lá, o problema era a cegueira
(impedindo de enxergar). Sinceramente, precisamos descobrir com aquilo que já
fomos abençoados, isto é, descobrir aquilo que já esta a nossa disposição para
desfrutar neste deserto que estamos vivendo: "Vejam, estou fazendo uma coisa
completamente nova no deserto, será que vocês não tão percebendo?" (Isaias
43.19).

Reflexão do dia

Será que você teria coragem de fazer essa oração de Davi: "Desvenda os meus
olhos para compreender as maravilhas da tua lei..." (Salmos 119.18)
95º Dia: Verbalizar a promessa

" Comeremos os frutos das palavras que semeamos... quem sabe usa-la
receberá os seus benefícios" (Provérbios 18. 20)

Atualmente, muitas igrejas esta "barateando" o verdadeiro significado da fé,
ensinando somente em alcançar os seus próprios interesses, ou seja, esta
relativizando o que a palavra ensina. A teoria do pensamento positivo, por
exemplo, encontrada em diversos livros de auto-ajuda, utiliza um argumento
totalmente fora dos parâmetros que Deus estabeleceu, pois os livros enfatiza o
egocentrismo, sem a intervenção e a direção de Deus: "É o Senhor que
determina os passos dos homens..." (Pv 16.9)
Na verdade, a fé bíblica é uma consequência de uma revelação recebida por
Deus, ou seja, verbalizamos debaixo de uma revelação. A história de Abraão, por
exemplo, Deus troca o nome de "Abrão" para "Abraão" que significa pai de
multidão. A intenção do propósito de Deus era que Abraão verbalizasse para as
pessoas a revelação que recebeu, mesmo não tendo filhos. Assim como Paulo
afirma: " Se cremos, então falaremos..." (2 Coríntios 4.13). Às vezes, a nossa
boca só usa sentença de fracasso e derrota, como caso do povo de Israel: " O
povo de Israel não aproveitou a palavra da promessa..." (Hebreus 4.2) A
palavra "não aproveitou." significa que não agarrou, abraçou, etc.
Dessa maneira, entendemos que, a palavra entra no coração para produzir fé, mas
precisa transbordar através dos lábios, isto é, a fé precisa ser verbalizada.
Mesmo porque, a confissão vem antes da posse: "com tua boca confessares que
Jesus é o teu Senhor. E o teu coração credes que Deus o ressuscitou, então
serás salvo..." (Romanos 10.8). Portanto, a fé é uma conquista antecipada
daquilo que se espera e o meio de trazer as realidades que não se veem (Hebreus
11.1).Ou seja, faz comunicar no mundo de Deus, e tem capacidade de atravessar
esse portal natural e buscar a realidade no reino espiritual (transporta a
materialização da promessa).

Reflexão do dia
A sua boca
exerce uma grande influencia na sua fé, isto é, pode expandir ou limitar a sua fé.
Então creia! Verbalize!
96º Dia: Fé genuína

"Abraão não desanimou na fé, mas creu que Deus era poderoso para fazer, e
não duvidou no coração..." (Romanos 4.20).

Quando falamos sobre fé, não tem como deixar de falar do nosso pai da fé:
Abraão. Um homem que deixou um rastro, um exemplo, um trilho a ser seguido e
imitado. Aliás, Deus só começou a revelar as promessas a Abraão, quando
chegou em Harã, 700 Quilômetros de distância da sua casa, em Ur dos Caldeus.
E, mais interessante, que "saiu da sua casa sem saber na qual iria..." (Hebreus
11.8). Por causa dessa renuncia, Abraão viveu, a cada dia, livramentos, provisões
e a proteção de Deus, isto é, essa escolha levou a viver uma vida de testemunho,
referência e da manifestação de Deus nos seus dias.
Na verdade, você precisa primeiro, sair do seu ambiente de conforto, para então,
Deus revelar as promessas que Ele tem para sua vida: "Quando os sacerdotes
tocaram os pés nas águas do rio Jordão, o rio se abriu..." (Josué 3.15). Se
queremos viver o mundo de Deus neste tempo, isto é, poder viver o inesperado,
imprevisível e o improvável, então precisamos dar o nosso primeiro passo de fé.
Além do mais, a fé faz viver o mundo de Deus a cada dia: "A justiça de Deus é
de fé em fé... o justo viverá pela fé... " (Romanos 1.17). Aliás, a intervenção e
o agir de Deus é condicionada por meio das suas ações: Saber andar em fé.
Mesmo porque, a Justificação, Regeneração, comunhão, cuidado, proteção e
livramento são mediante a fé: "Pela fé temos acesso a essa graça..." (Romanos
5.2)
Portanto, Deus precisa das suas atitudes para Deus se manifestar em sua vida. O
profeta Ezequiel, por exemplo, teve uma visão: "...quando cheguei no nível mais
fundo do rio, o Senhor revelou a visão..." ( Ezequiel 47.5). Se quisermos
receber as revelações a respeito do nosso ministério e preciso sair do raso da
mediocridade e ir mais fundo.

Reflexão do dia
Peça ao Senhor que ajude a sair do seu ambiente de conforto, para poder viver a
cada dia, experiências novas, um Deus que revele o seu cuidado e proteção.
97º Dia: Crer versos Agir

"Portanto, tudo que pedirem em oração, creem que já recebeste e assim lhe
sucederá..." (Marcos 11.24)

Neste texto, Jesus nos ensina a tomar um posicionamento de fé: "creiam que já
recebeste..." Está dizendo para ter certeza que Deus fará e realizará, através das
suas obras (Tiago 2.14). Agora, tem uma história que explica melhor esse
versículo:

"Havia um jovem que queria atravessar um rio para chegar ao seu destino.
Porém, não sabia como fazer, porque o rio era profundo e longo para
atravessar. Mas o jovem avistou e viu um idoso no barquinho, remando no
meio do rio. O Jovem muito feliz pediu ajuda ao idoso, se poderia dar uma
carona no seu humilde barquinho. O idoso de bom grado, aceitou levar o
jovem. Entretanto, no meio do trajeto, o jovem ficou curioso ao observar
que em cada remo tinha uma palavra. No remo direito: AGIR e no remo
esquerdo: CRER. Então o jovem intrigado, perguntou ao idoso: Por que em
cada remo tem uma palavra crer e outra agir? O velhinho sorriu e
respondeu: Saiba meu jovem! se eu remar com apenas um remo, o meu
barco vai girar e andarei em circulo, ou seja, não vou sair do lugar. Mas,
se usar os dois remos AGIR e CRER, você vai chegar ao seu destino!"

Essa história ensina que: AGIR sem CRER ou CRER sem AGIR, você vai sempre
girar no seu problema, ou seja, as suas atitudes é indispensável para Deus mudar
a sua situação. Na verdade, todas as conquistas preparada para você, esta
baseada na sua cooperação, pois Deus não fará nada naquilo que esta na sua
competência, mas fará tudo naquilo que você não pode. A cidade de Jericó, por
exemplo, para ser conquistada, o povo de Israel teve que lutar, isto é, tiveram que
perseverar: "Pela fé, com perseverança, conquistaram." (Hebreus 11.33; Josué
14.9).

Reflexão do dia

Crise no casamento: Busque encontro de casais;
Crise financeira: Curso de educação financeira;
Crise com os filhos: Leias livros como educar os filhos
Crise espiritual: Uma busca na oração e jejum.
Crise emocional: Busque um especialista;
98º Dia: Fé inabalável

" A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas
que não se veem." (Hebreus 11.1)

Quando o texto diz: "a fé é o firme fundamento...", esta dizendo que a fé é algo
concreto, sólido e seguro. Agora devemos entender que a fé é um dom, um
presente de Deus dado a você, para poder conhecer, possuir e conquistar os
propósitos de Deus. (Efésios 2.8). Porque a Fé é como uma ferramenta que vai
transportar o mundo de Deus em você. Além disso, a Fé possui duas dimensões:
acreditar em si mesmo e acreditar em Deus.

1º Acreditar em si mesmo: O princípio do reino é que Deus não move uma palha
naquilo que esta na sua capacidade, mas move tudo o universo e o reino naquilo
que você não pode. Se você não acredita em si mesmo, nem Deus pode fazer por
você.

2º Acreditar em Deus (Marcos 9.23): "que Tudo é possível ao que crer...".
Então creia que Deus pode abrir a porta! Creia que Deus vai dar uma saída!

Quando apostolo Pedro escreve: " Resisti firme na fé..." (1Pedro 5.9). A
palavra “fé” no original grega é πιστις (pistis) para descrever “fé”: uma
convicção ou crença a respeito ao relacionamento do homem com Deus e com as
coisas divinas; caráter de alguém em quem se pode confiar; fidelidade, lealdade;
confiança de um contrato; ou seja, além de crer, segue o fundamento de seguir,
fazer e cumprir uma ordem (contrato). Portanto, quando você cumprir e segue,
fazendo com que a sua fé não fique no mesmo tamanho, mas uma fé crescente e
continua. Assim como diz em Romanos 1.17: "a justiça de Deus é de fé em
fé..." ou seja, uma fé hoje, uma fé melhor amanhã, uma nova fé melhor depois de
amanhã.

Reflexão do dia

Para isso, é preciso buscar o crescimento da sua fé, que esta em Romanos 10.17:
"a fé vem pelo ouvir a palavra..." Quando mais você busca em conhecê-Lo,
aprende-Lo e vivencia-Lo, mais a sua fé cresce, desenvolve e amadurece.
99º Dia: Surpreendendo Jesus

"Um centurião disse a Jesus: Diga apenas uma palavra e meu servo será
curado...E Jesus admirou a tamanha fé..." (Mateus 8.5)


Neste texto, havia um centurião de Cafarnaum que suplicava a Jesus pelo seu
servo. No final da conversa, Jesus admirou a tamanha fé do centurião: Ele era do
povo gentil; Não fazia parte do povo da promessa; Não tinha relacionamento
com Deus; Não entendia os mistérios. Entretanto, o centurião manifestou mais
entendimento espiritual do que qualquer outro crente nos seus dias. Isso nos
ensina duas lições:

1º Uma fé apoiada no caráter de Deus: "Diga apenas uma palavra..." O
centurião compreendia o que as escrituras ensina: "Eu velo sobre a minha
palavra para fazer cumprir... passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras
não vão passar..."(Jer 1.12; Mt 24.35) Também o apostolo Pedro entendia essa
dimensão ao afirmar: Sobre a sua palavra lançarei a rede..." (Lc 5.5)

2º Uma fé movida por amor: "O centurião se preocupou com o servo..."
Naquela época, os escravos não tinham valor algum. Em Isaias 58.7-13 deixa bem
claro: "Se preocupar com os necessitados a cura virá sobre ti, e tu andarás
sobre as alturas da terra..."Ou seja, quem mais se beneficia é você.

Portanto, se queremos surpreender Jesus devemos procurar saber onde a nossa fé
esta apoiada. Em Marcos 11.24 deixa bem claro: "Tende fé em Deus, pois tudo
o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim lhes
sucederá. (Marcos 11:24) A palavra "Tende..." esta no imperativo (uma ordem,
lei, regra), não é uma opinião. Por esse motivo, devemos crê, mesmo que as
circunstâncias não esteja ao seu favor! Mesmo porque, nem sempre a realidade do
mundo espiritual e o mundo natural estará em harmonia. Aliás, o tamanho do
milagre é adquirido na proporção da nossa fé: "Que a vossa fé cresça
soberanamente..." (2Tessalonicenses 1.3)

Reflexão do dia

Quando a nossa fé é apoiada no caráter e no amor para com o próximo, Deus nos
leva a não duvidar daquilo que já liberou em nossa vida, seja uma cura, provisão,
renovo ou libertação.
100º Dia: Aumentando a Tenda

"Amplie sua tenda e não impeças, estique as suas cordas e firme bem as suas
estacas, porque transbordará em suas mãos..." ( Isaias 54.2)

Esse texto nos ensina que Deus quer criar circunstâncias para nos abençoar.
Entretanto, o texto deixa bem claro que aquilo que esta sendo colocado a
disposição a Deus é muito pouco. Por esse motivo Deus pede para aumentar a sua
tenda, isto é, ampliar os seus sonhos e projetos. De fato, uma mente limitada, vai
limitar o agir de Deus. Agora, se queremos ver as grandezas de Deus sendo
realizadas em nossa vida devemos seguir esses três conselhos:

1º "Não impeças..." Não é Deus que limita, e sim, somos nós que limitamos.
Aliás, o tamanho das benções de Deus esta limitado no tamanho da visão do seu
propósito. Então seja ambicioso no Reino de Deus, porque o teu Deus é grande.
E mais, aproveite todas as oportunidades que forem abertas, isto é, tudo aquilo
que tem haver com teu sonho. Como diz um provérbio chinês: "A visão sem ação
é apenas um sonho, agora ação sem visão é um pesadelo."

2º "Estique as suas cordas..." As cordas representam sua segurança,


confiança e firmeza em Deus, ou seja, uma certeza que Ele vai agir e que Ele
vai fazer. Para isso, tem que ter uma pré-disposição para enfrentar
adversidades e derrotas, ou seja, não vai ser moleza, vai ter pessoas contra
você;


3º "Firme as suas estacas..." As estacas fala de base ou fundamento. O seu
ministério não será entregue de qualquer jeito, então vai ter que se preparar
para receber. Estude! Trabalhe! Invista!

Reflexão do dia

Compartilhe os seus sonhos, mesmo que tenha pessoas contra, pois alguns irão
apoiar e acreditar junto com você. Então sonhe! Acredite! Mesmo que o teu
passado quer te empurrar para traz e o teu presente quer te neutralizar. Sonhe! "O
sonho é uma válvula propulsora para te empurrar e projetar para o teu futuro.
Porque tudo o que antecede a ação e atitude vem primeiro pensamento, sonhos
e a visão."
101º Dia: Vencendo as Tentações

Sejam sóbrios e vigilantes porque o adversário anda em derredor bramando
como um leão..."(1Pedro 5.8)

Primeiramente, a tentação esta ligada naquilo que desperta desejo, vontade e
prazer na sua natureza humana, ou seja, apresenta uma escolha atrativa e sedutora
na área mais vulnerável da sua vida. Como por exemplo, quando você estiver
desanimado, cansado, entediado, deprimido, sobre pressão, vulnerável,
desanimado, descuidado, desprevenido ou afastado do rebanho. Veja os cuidados
que tem que tomar para não cair na tentação:

Sejam sóbrios (1Pedro 5.8) A palavra sóbrios no original grego é "nephõ" (
mente preparada; mente em alerta; mente pronto para um combate). Tem a
capacidade de discernir as artimanhas do diabo, pois a tentação começa sendo
introjetada na sua mente para você alimentar, maquinar e imaginar, ai, então,
transformar daquela fantasia em realidade;

Sujeitai a Deus (Tiago 4.7): A palavra "sujeitar" é submeter aos princípios
que Deus estabeleceu na sua vida. Como por exemplo, sujeitar no princípio em
meditar na sua palavra. De fato, a palavra tem a função de orientar, sustentar e
renovar a sua mente. Então medite todos os dias! Todo momento;

Resistir o diabo (Tiago 4.7): É enfrentar com A ORAÇÃO. A oração é uma
autoridade que Deus deixou para expulsar todo o desanimo do teu coração;

Fuja dos desejos (2Timóteo 2.22) Temos que fugir daquilo que é maior que
nós: NOSSA NATUREZA. "Vigiar e orai para não cair em tentação. O
Espírito esta pronto, mas a carne é fraca..." (Mateus 26.41)

Reflexão do dia

Lembre-se disso: O adversário fica uma distância que ele possa te observar,
monitora os teus movimentos, isto é, anda ao seu derredor, esperando uma
brecha sua. Por esse motivo, limpa a sua mente do que assiste, ouve e frequenta,
assim ajuda amenizar a força da tentação;
102º Dia: Intenções de Satanás

"A fim de Satanás não tivesse vantagem, nós não ignoramos as suas
intenções..." (2Corintios 2.11)

Neste versículo, o apóstolo Paulo fala sobre percepção espiritual, isto é, sabia
interpretar e discernir ação de satanás. Às vezes, as intenções de satanás esta bem
no seu nariz e você nem percebe, como por exemplo:

Ouve vozes para se matar e vê vultos dentro de casa;
Desejo repentino de morrer;
Pensamentos pessimista;
Na vida sentimental sempre vira um desastre;
Não consegue se firmar em nenhuma igreja;
Vive amargurado;
Brigas constantes com vizinhos e família;
Tem nojo do parceiro; Masturbação constante;
Tem ciúme possessivo;
Sempre sem dinheiro e endividado;
Sempre tem recaídas em determinados vícios;
Um sentimento de ódio e vingança;
Se uma dessas coisas atinge você, então siga esses três conselhos:

1º Oração e jejum: (Efésios 6.10) "Tem certos espíritos que só sai com jejum e
oração..." Reconheça que nem tudo é algo natural, por isso, viva uma vida de
oração; Use armas espirituais no jejum e na palavra de Deus;

2º Prudência: (Provérbios 22.5) "O prudente percebe o perigo e busca refugio,
mas o inexperiente segue adiante e sofre as consequências..." Por esse motivo,
tome muito cuidado com aquilo que você assiste, ouve ou frequenta, pois a
maneira dele agir é sutil que você nem percebe;

3º Unidade (Gálatas 6.2) " Levem os fardos pesados uns dos outros e, assim,
cumpram a lei de Cristo..." Peça ajuda de homens e mulheres de Deus para
ajudar nessa guerra, pois tem guerras que só vence na união.

Reflexão do dia


Os pecados "nocivos" tem a função de virar um "câncer" no seu casamento,
família, ou até mesmo, nos seus negócios. Então lute enquanto é tempo! "Tem
pessoas que caíram em muitos desejos tolos e nocivos, que lhe causaram
dano e ruína, e finalmente levaram a destruição..." (1 Timóteo 6.9)
103º Dia: Armaduras de proteção

"Revista de toda armadura de Deus para conseguir ficar firme contra as


ciladas do diabo..." (Efésios 6.10)

Na guerra, o seu adversário vai atingir de todos os lados. Por esse motivo que o
texto deixa bem claro: "Revista de toda armadura..." Na verdade, no momento
que alistamos como soldados de Cristo, através do batismo nas águas, estamos
assumindo uma posição de combate, uma posição de confronto contra o
adversário, isto é, contra desejos, paixões e vontades. No costumes dos soldados
israelitas, por exemplo, os escudos eram de madeira, coberta com couro grosso (
76x120cm). É uma proteção dupla, que protegia o rosto e o corpo.
Além disso, os soldados costumava molhar nas águas os seus escudos para que
as flechas inflamadas de fogo não queimassem. ( As águas do espírito citado em
João 7.39, tem a função de lavar e renovar). Analise que, no texto, Paulo cita
cinco armas de defesa e apenas apresenta uma arma de ataque (espada do
Espírito), pois o apostolo Paulo sabia muito bem que a palavra é o suficiente para
atacar o adversário. Na tentação de Jesus, por exemplo, a tentação foi vencida
pela palavra (Mateus 4.1).
Em 1Pedro 5.8 nos alerta: "Sedes sóbrios, vigiai, porque o vosso adversário
anda em derredor bramando como leão..." A palavra "Sobrios" no original
grego, tem dois significados: "nephalios" (bom juízo; mente sã; mente limpa) e a
palavra "nephõ" (mente preparada; mente em alerta) O apostolo Pedro usou
""nephõ" uma expressão mais forte, ou seja, uma mente pronto para um combate).
Tem a capacidade de discernir as artimanhas do diabo.

Reflexão do dia

Mais adiante, diz: "O adversário é como um leão..." O leão quando vai atacar
uma manada de bois, ele procura aquele que esta mais desprevenido, descuidado,
menos atento, mais frágil, mais afastado do rebanho, isto é, vulnerável ao ataque.
Ser sóbrio e vigilante é para pessoas corajosas. Para pessoas que tem o
comprometimento com o reino de Deus.
104º Dia: Prosseguindo para o alvo

"Uma coisa faço, esquecendo-me das coisas que ficaram para traz e
avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo a fim de
ganhar o premio da minha vocação." (Filipenses
3.13,14)

A palavra "alvo" no original grego é "Telos" se define como objetivos, meta,


plano definido, fim, conclusão, consumação, final, perfeito, completo, etc; É tudo
aquilo que você esta tentando alcançar, seja na área emocional, material ou
espiritual. Aliás, são os seus objetivos que te faz mover, mexer, inovar, produzir,
e também, ajuda a ter um bom desempenho e aperfeiçoamento no ambiente na qual
você convive: "Os objetivos bem elaborados levam a riqueza, mas o
apressado sempre acaba na miséria."(Provérbios 21.5). Agora veja como
Paulo se posicionou:

"Avançando..." significa um "violento esforço" para frente, motivada pela


determinação e coragem, isto é, não ter medo o que esta a frente; Uma pessoa
que tem a capacidade de se destacar e ser o diferencial entre os demais;

"Prosseguindo..." Significa que esta em movimento, ou seja, mantendo as


atitudes ativadas, através da repetição, disciplina e hábitos. Além do mais, as
suas conquistas é construída com pequenas atitudes ao longo da sua vida.
Assim como diz uma frase: "A tua visão vai definir as suas atitudes, que
determina os seus hábitos, que molda o seu caráter, que te levará ao teu
destino."

"Premio..."O apostolo Paulo tinha uma missão, mas também tinha uma visão. A
visão que faz avançar e prosseguir. Porque o teu alvo é saber o que esta
fazendo e a aonde quer chegar.

Reflexão do dia

Em que lugar você quer chegar com esse namoro(a)? Com esse casamento? Com
essa família? Com seu relacionamento com Deus? Na oração e leitura da palavra
de Deus?
105º Dia: Tomando atitudes

" A mão preguiçosa empobrece o homem, porém a mão diligente lhe trás
riqueza" (Provérbios 10.4)

A palavra "atitude" é um "comportamento determinado;""posição do interior;"


"faz mover e agir." Mesmo porque, são as suas atitudes que constrói a sua vida.
Agora, existem alguns elementos importantes que pode te ajudar a se posicionar
nas suas atitudes:

1º Estado emocional (Provérbios 24.10) "Se mostrares frouxo no dia da


angústia, a tua força será pequena..." Uma pessoa desanimada, depressiva e
desmotivada, isto é, uma pessoa que se entrega as coisas negativas, vai ter
dificuldade na tomada de decisão;

2º Percepção da vida (Mateus 6.22) "Se os teus olhos forem bons todo o teu
corpo terá luz." Uma visão otimista as coisas fluírem bem, em qualquer área da
vida. Então tire essa visão negativa e comece acreditar em você e também em
Deus. Aliás, Deus te criou com aptidões, talentos e habilidades, por esse motivo
que você pode ir mais longe. Você é a expressão máxima da criação de Deus:
"Imagem e semelhança" (Gn 1.26);


3º Escolhas (Gálatas 6.7)" O que o homem semear, isso também colherá..." Você só é
hoje aquilo que você construiu com as suas atitudes, então não reclame, porém se
você quiser mudar o amanhã, vai depender das suas atitudes a partir de agora.

Se não estiver satisfeito com o seu presente, aprenda mudar suas atitudes a
partir de hoje;
Grandes mudanças na vida acontecem com pequenas atitudes praticadas a
cada dia;
Só impressionamos as pessoas por aquilo que terminamos e não por aquilo
que começamos;
Mantenha a sua esperança viva, pois ajuda a transportar os seus sonhos e
projetos para o futuro;
Faça tudo aquilo que te trás prazer, isto é, aquilo que você gosta, porque
ajuda na sua qualidade de vida;


Reflexão do dia

Medite nessa frase: As suas palavras agradam a Deus, mas somente as tuas
atitudes que irá convencê-Lo;
106º Dia: Oportunidades da vida

" Aproveite ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus" (Efésios
5.16)

A oportunidade se define como "momento para receber ou fazer" ou "aproveitar


algumas coisas" seja na igreja, casamento ou negócios. Entretanto, elas não ficam
paradas esperando você: Vai exigir de você um preço, a maioria das vezes,
deverá buscá-las, usando tempo e energia. Também, às vezes, algumas
oportunidades estão na sua frente e você nem percebe. Por esse motivo, separei
alguns conselhos que poderá te ajudar em não desperdiçar as oportunidades da
vida:


1º Conhecimento (Provérbios 24.5) "Aquele que tem conhecimento aumenta a
sua força..." É tudo aquilo que você conheceu, aprendeu e vivenciou ao longo da
sua vida, pois a falta de conhecimento pode encobrir e perder muitas
oportunidades na vida;

2º Iniciativa (Zacarias 4.10)"Não despreze as pequenas coisas." Mesmo que
seja pequeno, mas inicie; É oferecer coisas novas de maneira diferente. Fazer
aquilo que ninguém faz;

3º Responsabilidade (Mateus 24.45) "Se for fiel no pouco no muito o
colocarei..."Não seja relaxado, porque tem gente observando o seu trabalho;

4º Persistência (Provérbios 14.29) "Homem paciente dá prova do seu grande
entendimento..." Use formas, maneiras e estratégias diferentes para chegar seu
objetivo, ou seja, tenha sempre um plano "B". Também, avalie se essa
oportunidade vale apena arriscar. Veja a proporção do risco;

5º Confiança: (Salmos 127.1) "Será inútil trabalhar, sem Deus na direção..." É
depender da direção e do cuidado de Deus, sabendo que sem Ele você não vai a
lugar algum; Também, acredite no seu potencial, pois tem coisas que nem Deus
pode fazer: acreditar em si mesmo.


Reflexão do dia
Todas as oportunidades tem um objetivo final: Qualquer coisa que realizar,
façam tudo para a Glória de Deus. (1 Coríntios 10.31)
107º Dia: Decisões da vida

" O corações do homem, pode fazer planos, mas a resposta certa vem do
Senhor" (Provérbios 16.1)

Todos os dias tomamos decisões, seja na roupa que iremos vestir, ou até mesmo,
com a pessoa que iremos casar, pois Deus nos criou com inteligência e
competência para decidir (livre arbítrio): "Seja feliz o seu coração nos dias da
sua juventude! Siga por onde seu coração mandar, até onde a sua vista
alcançar; mas saiba que por todas essas escolhas, Deus o trará a
julgamento..." (Eclesiastes 11:9) Por esse motivo que devemos tomar cuidado
com as nossas decisões. Às vezes, tomamos decisões sérias, como se estivesse
escolhendo um sapato. Aprende que certas decisões na nossa vida, vai interferir
no teu futuro, na sua família, até mesmo, no seu ministério. Então a direção de
Deus é fundamental:


1º Direção de Deus: (Provérbios 16.3) "Deixe nas mãos de Deus tudo quanto
você faz, e todos os seus planos serão bem-sucedidos..." Uma vida de oração
revela a nossa submissão. Aliás, a direção de Deus tem que estar acima dos
nossos interesses e sonhos: "Se pedimos alguma coisa de acordo com a vontade
de Deus, ele nos ouvirá..." (1João 5.14);

2º Confiança (Provérbios 3.5) "Confie no Senhor de todo o seu coração e não


apoie na sua própria capacidade ou entendimento..." A fé é uma confirmação,
convicção e uma determinação que te faz elevar a tua coragem a dominar o medo
de arriscar;

3º Prudência: (Provérbios 22.3) "O prudente percebe o perigo e busca refúgio,
mas o inexperiente segue adiante e sofre as consequências..." Agir por emoção
você não analisa, discerne, observa, infere, pensa e nem reflete: "O homem
paciente revela o seu grande entendimento..." (Provérbios 14.29);

Reflexão do dia

O teu presente que esta vivendo hoje, é relação das suas decisões do teu passado.
Agora, o teu amanhã será das decisões que você faz a partir de hoje. Então mude
hoje! Seja alguém melhor hoje!
108º Dia: Vencendo os Problemas

" Incontáveis problemas me cercam... e meu coração perdeu o animo" (


Salmos 40.12)

Quem nunca teve problemas na vida? seja o desemprego, ou até mesmo, uma
dívida que não sabe como pagar. Entretanto, se queremos resolver os nossos
problemas é fundamental seguir esses conselhos:

1º Inteligência: Deus criou o ser humano com capacidade, inteligência e aptidão.


Se Deus fizer tudo, você pode acomodar, e também, quebrará o princípio da
criação: O LIVRE ARBÍTRIO. A história de Jacó, por exemplo, ele usou a
estratégia e a inteligência através da humilhação e presentes para aplacar e
acalmar o ódio do seu irmão Esaú (Genesis 33.9); Por esse motivo que, às vezes,
Deus não resolve o teu problema, mas revela a direção para você resolver;

2º Propósito (Eclesiastes 3.1): Às vezes, Deus irá manter o seu problema, para
cumprir os Seus propósitos, ou seja, produzir arrependimento e mudanças no seu
caráter: "Foi bom ter sido afligido, porque aprendi em permanecer nos teus
caminhos." (Salmos 119.71)

3º Clamando a Deus: (Filipenses 4.6): "Antes de tudo, os vossos pedidos sejam


tudo conhecido diante de Deus." Conte para Deus! Detalhisse o teu problema!
Ele quer ouvir!


4º Intervenção divina: (Atos 12.8) "anjo do Senhor foi até Pedro e o libertou
da prisão..." Deus mesmo resolve, na soberania da Sua vontade. Com Sua
intervenção divina da tua causa. Interferindo onde você não pode solucionar. Em
2Cronicas 16.9 afirma: "Os meus olhos passam por toda terra, para mostrar a
minha força e meu socorro para com aqueles cujo coração e totalmente
meu..."

Reflexão do dia

O teu problema é apenas uma fase, não é para a vida toda. É apenas para te
aprimorar como filho. E, também, mostrar um Deus que cuida de você.
109º Dia: O fogo do Espírito Santo

"Não apaguem o Espírito..." (1Tessalonicenses 5:19)

No antigo testamento mostra várias passagens da manifestação de Deus em forma
de fogo: Proteção (Êxodo 13.21); Livramento (Êxodo 15.4); Manifestação
(Êxodo 24.17) Purificação (Levítico 7.19); Juízo (Números 3.4). Por esse
motivo que Deus é comparado como um fogo: "Porque o SENHOR teu Deus é um
fogo que consome, um Deus zeloso. (Deuteronômio - 4:24)
Também, o fogo tem uma tipologia da presença de Deus: "O fogo arderá
continuamente sobre o altar, e não deve ser apagado..." (Levítico 6.13) A
obrigação do sacerdote era de colocar lenha três vezes ao dia. Um tipologia
clara, na qual Davi compreendia muito bem ao afirmar: "De tarde e de manhã e
ao meio-dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz..." (Salmos 55:17)
Daniel também compreendia esse entendimento: "Três vezes por dia ele se
ajoelhava e orava..." (Daniel 6:10) Mesmo porque, o fogo representa poder,
força e calor que tem a função de:

Iluminar: (Êxodo 13:22) "Nunca tirou de diante do povo a coluna de nuvem,
de dia, nem a coluna de fogo, de noite..."

Aquecer (Salmos 39:3) "Esquentou-se-me o coração dentro de mim;
enquanto eu meditava na tua lei e se acendeu um fogo..."

Limpar: (Salmos 17:3) "Podeis sondar meu coração, visitá-lo à noite,
prová-lo pelo fogo, não encontrareis iniquidade em mim..."

Alastrar (Mateus 3.11) "ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo.
O fogo do Espírito Santo ficou visível no crescimento da igreja primitiva.

Reflexão do dia

O Espírito Santo só poderá cumprir a sua função em iluminar, limpar, aquecer e
alastrar quando você tiver a competência de buscar, proteger e investir nesse
fogo. O palito de fósforo, por exemplo, por não ter uma estrutura o suficiente, o
fogo não vai permanecer por muito tempo. Assim também somos nós, se não tiver
uma estrutura na oração e na palavra de Deus, o fogo do Espírito Santo não vai
poder fazer muita coisa.
110º Dia: Renunciando tudo

"Qualquer de vós, que não renunciar a tudo quando tem, não pode ser meu
discípulo..." (Lucas 14.33)

Atualmente, o evangelho tem sido modificado na sua originalidade. Não ensina
mais o verdadeiro significado de renunciar e abnegar de tudo. Na realidade,
seguir a Cristo não envolve só aquilo que Cristo vai te dar, mas também, tem a
parte daquilo que você tem que dar (sonhos, interesses, desejos, prioridades,
projetos e obrigações).
Em Mateus 7.14 Jesus nos ensina: "a porta que leva a vida é estreita e o
caminho é apertado, e poucos que entram por ela..." A palavra "apertado" no
grego e thlibo, que significa "prensar", "espremer como uvas", "pressionar com
firmeza". Tem o mesmo sentido em momento de angústia e de aperto. Por esse
motivo é necessário uma postura, uma decisão, vontade interior e voluntariedade,
isto é, que envolva tudo de você, através do convencimento do Espírito Santo.
Como diz uma frase de Jorge Fidelis: "Não teremos tudo de Deus, enquanto
Deus não tiver tudo de nós..."
Além do mais, o grande desafio de Deus não é tirar você do mundo, mas tirar o
seu coração do mundo, isto é, daquilo que te prende e escravizar: "Com o
coração o povo de Israel voltaram ao Egito..." (Atos 7.39) Desta forma, Deus
precisa de pessoas com um compromisso verdadeiro, definitivo e completo. Ao
ponto que o seu compromisso esteja sempre vivo em seu coração. Até tornar as
suas prioridades insignificantes em comparação com aquilo que é eterno: "Olho
nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, nem jamais subiu no coração do homem, as
coisas maravilhosas que Deus preparou para aqueles que o buscam..." (I
Coríntios 2.9)

Reflexão do dia

Só saberemos valorizar a nossa renuncia quando descobrimos o tamanho da
renúncia que Cristo fez por nós: Morreu em uma cruz. Deus quer levar você e um
lugar mais profundo de rendição e entrega. Até que a rendição torna por amor e
não por obrigação.
111º Dia: Enfrentando o medo

"Não temais, estai calados e vedes o livramento que hoje o Senhor vos
fará..." ( Êxodo 14.13)

Neste texto o povo de Israel não tinha saída. Estava no deserto. Na frente o mar e
atrás o exercito de faraó. Não tinha como se esconder. Quem não ficaria com
medo em uma situação dessa? Entretanto, quando Deus diz para não temer, estava
dizendo para o povo controlar o medo, em não entrar em desespero ou perder o
controle emocional, não deixar o pavor o dominar. Uma pessoa medrosa é algo
tão sério que Deus criou uma lei: "proíbem soldados medrosos entrarem na
guerra, pois influenciará outros soldados e terem medo." (Deuteronômio 20.5-
8)
Na verdade, quando perdemos o controle emocional das coisas, tomamos atitudes
precipitadas. De fato, se o medo não for controlado na sua vida pode produzir
pavor, pois o pavor é um fator psicológico que causa um medo incontrolável e
perde o domínio da sua habilidade. Mesmo porque, o medo incontrolável
demonstra o desconhecimento do Deus que você serve. Caso queira vencer o
medo siga esses princípios:

1º "Vede o livramento que hoje vos fará..."(Êxodo 14.13): O Senhor não estava
falando da ótica, mas da visão, ver pela mente, ver pela fé, isto é, ver o que Ele
fará, a porta que Ele vai abrir. O nosso processo mental tem a capacidade de
memorizar o passado e imaginar o futuro. Então imagine a proteção e o
livramento de Deus, só então Deus abrirá o mar para você: "fé é a prova daquilo
que não se vê..." (Hebreus 11.1);

2º "Ficai calados...." (Êxodo 14.13) Não é para murmurar, pois a reclamação é
uma murmuração descabida contra Deus, esta dizendo que Deus não esta sendo
Deus o suficiente. Então seja agradecido e tenha uma vida satisfeita, crendo que
dias melhores virão, crendo que Deus dará um escape e uma saída.

Reflexão do dia

Uma fé é adquirida na medida que você abandona o medo: "Deus não deu um
espírito de covardia, mas de poder..." ( 2Timoteo 1.7)
112º Dia: Herança de Deus

"Peço a Deus que os seus olhos sejam iluminados para conhecer as riquezas
da gloriosa herança preparadas para vocês..." ( Efésios 1.18)

A herança é adquirida por sucessão, ou seja, é transmitido de pessoa para pessoa,
na qual a bíblia nos ensina que somos herdeiros de uma herança. Uma herança
celestial que não se corrompe. Como diz em 1Pedro 1.4: "Uma herança que
jamais poderá perecer...", ou seja, nunca perderá o seu valor. Aliás, a falta de
conhecimento ou a falta de preparo, é uns dos grandes motivos que impede em
possuir a herança, assim como aconteceu na Inglaterra, em 1700:

Uma senhora idosa, muito rica, acabou falecendo, deixando um testamento
com toda sua herança para sua única empregada. A empregada por não
saber ler e nem muito menos o que se tratava aquele testamento, guardou
na gaveta. Os anos se passaram, a empregada envelheceu, um vizinho viu
aquele testamento na gaveta e percebeu que se tratava de uma grande
herança. Quando foi passar a herança para empregada, ela não pode
desfrutar, porque já estava muito velha e doente.

Essa história real nos ensina que perdemos a possibilidade de desfrutar da
herança, por falta de dar o devido valor aquilo que já esta a nossa disposição,
como por exemplo o Espírito Santo. Mesmo porque, a herança é condicionada
conforme a nossa obediência: "Eu, o Senhor, trouxe a uma terra fértil e
produtiva. Entretanto, vocês contaminaram a minha herança... Poupa o teu
povo, ó Senhor, não deixa que faça da tua herança objeto de zombaria e nem
deixe que torne repugnante..."(Jeremias 2.7; Joel 2.7)


Herança contaminada: Usa a graça, os dons ou seu ministério para o seu
próprio benefício;

Herança repugnante: Chega a um estagio extremo da soberba, perdendo o seu
devido valor.

Reflexão do dia

Às vezes, a promessa do teu ministério demora, é porque tem um único propósito
que você dê o devido valor da tua herança. Essa herança, torne um meio na qual
Deus seja glorificado em sua vida.
113º Dia: Dias de Festa

"...quando o coração está satisfeito, todos os dias é dia de festa... (Provérbios
15.15)

Primeiramente, o nosso Deus é um Deus festivo, mesmo porque, festa fala de
comemoração, recordação e alegria. Por esse motivo, Deus quer que sejamos
satisfeitos, alegres e sorridentes com aquilo que possuímos: "Quando os dias
forem bons, aproveite bem, mas quando forem ruins, considere, pois Deus fez
tanto um quanto o outro."(Eclesiastes 7.14). Neste versículo Salomão nos
ensina que Deus não quer que você tenha só momentos felizes, mas uma vida feliz,
sempre em festa, na qual as circunstâncias da sua vida não interfira na sua alegria.
Em Levíticos 23.1-8 fala de algumas festas que Deus estabeleceu: A festa do
pentecoste, expiação, trombeta, primícias, tabernáculo, páscoa, pães asmos e o
sábado. Todas essas festas eram decorrentes a fatos importantes e acontecimentos
que marcaram o povo de Israel. Na verdade, a finalidade das festas é produz
gratidão, restauração na comunhão com Deus, renovação da aliança e trazer a
lembrança daquilo que Deus tem feito. O mais interessante, as festas eram
acompanhadas com muita musica, dança, bebida e comida, porque era um
momento de alegria e regozijo.
À vista disso, Deus quer marcar a tua história, para produzir uma vida de festa.
Por esse motivo que, às vezes, algumas coisas ficam difíceis para o seu lado,
pois Deus esta preparando uma festa para você: "Transformas-te o meu pranto
em festa, a minha veste de lamento em veste de alegria, para o meu coração
não calar em adorá-Lo." (Salmos 30.11). Então não se estrague com a
murmuração, crítica ou a precipitação, achando que Deus esta demorando demais
em realizar.

Reflexão do dia

Quando o milagre acontecer, faça uma festa, seja um degrau no seu ministério,
libertação de um vício, cura emocional, emprego novo ou aumento de salário;
Chame seus amigos e parentes, faça um churrasco, comemore juntos. Lembre-se
disso, teu milagre vai marcar pessoas, isto é, você tornará uma referência viva
daquilo que Deus é capaz de fazer.
114º Dia: A pornografia

"Fiz um acordo com os meus olhos de não olhar com cobiça para as
mulheres..." ( Jó 31.1)

A pornografia lucra mais de 100 bilhões por ano. São feito mais de 11 mil filmes
pornográficos todos os anos. Só para ter uma ideia, são mais de 78 milhões de
sites pornográficos. Segundo os estudos, mostra que o nosso desejo sexual é
despertado através de substâncias no nosso celebro, chamado dopamina. É
graças a ela, que podemos experimentar prazer, mas também, podemos
desenvolver vícios. Uma pesquisa feita por neurocientistas descobriu que o vicio
na pornografia produz sequelas destrutivas:

Distúrbio emocional e mental;
Um desequilíbrio nos seus impulsos;
Tem impotência sexual;
Insatisfação sexual com seu parceiro real;
Causando a depressão e a ansiedade;
Dificuldade de concentração na igreja, trabalho, etc;


Quando mais vídeo pornográfico você assiste, maior será a descarga na dopamina
do seu celebro, fazendo sentir insatisfeito, ao ponto de querer vídeos mais forte
para se satisfazer, ou seja, a dopamina fica sobrecarregada. Agora, caso queira
ser libertado desse vicio, veja esses conselhos:


1º Arrependimento: (Atos 3.19) "Arrependam-se, para que os seus pecados
sejam cancelados..." Tenha atitude de mudança, através da força de vontade. A
Pornografia significa avançar no sinal onde Deus não autorizou. Ela sequestra os
seus impulsos e sua mente, destruindo a sua comunhão com Deus;

2º Mente ocupada (Filipenses 4.8): "Tudo o que é puro nisto pensai..." A
pornografia é uma carta branca para o diabo colocar o que ele quiser e na hora
que ele desejar. Fazendo a sua mente ficar podre e suja. Aliás, a gente não
consegue apagar dados da nossa memória, mas podemos substituir.

Reflexão do dia

Faça algo social. Interaja no trabalho, igreja e amigos. Fazendo isso, produzirá
um bem estar psicológico, físico e espiritual, isto é, uma qualidade de vida
melhor. Fazendo você feliz.
115º Dia: Esmurrando o pecado

"Esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter
pregado, eu mesmo não venha a ser reprovado..." (1Coríntios 9.27)

A palavra "esmurrar" significa "socar", "golpear com força"; "provocar
incapacidade do oponente em revidar", "deixar o adversário com hematoma",
"deixar o adversário com dificuldade". Por esse motivo que o apóstolo Paulo
expressa de maneira violenta ao afirmar "esmurro meu corpo", é tratar com
severidade os desejos e impulsos, para que natureza pecaminosa se conserve
sobre controle, isto é, o velho homem não venha acordar e as velhas atitudes não
venham ressuscitar, assim com afirma: "Fui crucificado com Cristo. Assim, já
não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no
corpo, vivo pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim."
(Gálatas 2.20).
Francamente, quando Apóstolo Paulo diz "faço do meu corpo meu escravo..."
esta dizendo que o nosso corpo é um adversário perigo que deve ser esmurrado
severamente até a exaustão, a ponto de ser incapaz de esboçar qualquer reação,
ou seja, o corpo deve estar totalmente rendido, vencido e dominado. Para isso,
temos que submeter a vontade de Deus: "Andai na instrução do Espírito, assim
vocês não estarão satisfazendo os desejos da carne..." (Efésios 6.18)
O apóstolo Paulo conclui ao dizer: "depois de ter pregado, eu mesmo não venha
ser reprovado...", significa, naturalmente, para não ser rejeitado, por não
alcançar os padrões exigidos por Deus, ou seja, tornando material de segunda. O
atleta, por exemplo, precisa treinar todos os dias para não perder sua qualidade e
habilidades. Assim, também, somos nós, devemos todos os dias viver uma vida
de oração, para não perder a qualidade naquilo que Deus nos confiou a realizar:
"Nunca falte o zelo..." (Romanos 12.11).

Reflexão do dia

Só nos preocuparemos em orar e jejuar quando descobrimos o real motivo que
Deus nos chamou: "Vós sois geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo
de propriedade exclusiva de Deus, cujo propósito é proclamar as grandezas
daquele que vos convocou das trevas para sua maravilhosa luz..." (1Pedro 2.9)
116º Dia: Renovo Espiritual

"Aviva, o Senhor a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faça ser
conhecida em nosso tempo." (Habacuque 3.2)

Neste texto, Habacuque estava sendo desgastado pelas circunstâncias da vida, por
esse motivo que ele pede um renovo. Assim como o nosso corpo precisa passar
por renovação constante, assim também a nossa fé precisa ser renovada
diariamente. Como Paulo afirma em 2Corintios 4.16: "Somos renovados dia
após dia pela atuação e habitação do Espírito Santo em nós." A função do
Espírito Santo é limpar, renovar e proteger a sua mente, emoção e vontade para
que você possa aprimorar, melhorar, desenvolver, buscar e prosseguir no teu
ministério:

Mente: Entendimento a respeito de Deus;
Emoções: sentimento por aquilo que faz;
Vontade: Posicionamento do coração (decisão);


Na verdade, sem o renovo você não se preocupa em melhorar ou aprimorar
aquilo que Deus confiou a realizar. Com o tempo, você acostuma com a rotina,
levando a viver um ministério frágil e vazio, ou seja, perdendo o primeiro amor.
Além do mais, o primeiro amor esta sustentada em dois princípios: O prazer no
servir e a prioridade no servir. Por não haver um renovo no seu prazer e nas suas
prioridades nas coisas de Deus, o reino de Deus acaba sendo deixado de lado e
substituído por rotina e relativismo religioso. Como afirma em Apocalipse 3.16:
" Por ser morno, nem é frio e nem quente, estou pronto a vomitar da boca..."
Uma pessoa morna é aquela pessoa que não desenvolve; não cresce; uma pessoa
que busca o reino só pelos seus próprios interesses pessoas: "bajulando as
pessoas por motivos interesseiros" (Judas 1.16). Para Deus, torna algo nojento e
repugnante:

Reflexão do dia

Qual é a área da sua vida que você precisa ser renovado? Seu ministério? Sua fé?
Seu caráter? Sua comunhão com Deus? Para isso, é preciso clamar! Deus quer
ouvir o teu anseio em receber algo novo da parte de Deus.
117º Dia: Força interior

"Embora o nosso corpo se desgastem, a força interior vai sendo renovado dia
a dia, por isso não desanimemos." (2 Coríntios 4.16)


Na caminhada com Deus, podemos produz um desgaste espiritual e emocional,
levando a desanimar, entristecer e chorar. Mesmo porque, o ser homem é sujeito
a sentimentos, pois temos, por natureza, em inclinar ao desanimo. Entretanto,
Paulo ensina para não "desanimar", isto é, viver acima dos seus sentimentos,
colocando a nossa fé em fundamentos da palavra, que é verdadeira, eternas,
absoluta e inabalável. No entanto, é possível no lado de dentro ser renovado, isto
é, é possível as coisas espirituais melhorarem em meio ao sofrimento: Sua
comunhão amadurecida; Fé é fortalecida; Ministério é alicerçado.
Entretanto, depois que Paulo fala do universo físico (corpo), natural (desanimo)
e circunstancial (sofrimento), Paulo faz uma comparação com a glória que há de
ser revelada. Veja como Paulo orienta:


"Essas leves e momentânea tribulação não vai durar muito tempo..., esse
curto tempo de angústia resultará em peso de glória eterna sobre nós.
Portanto, não olhamos para aquilo que vemos atualmente, mas Fixamos
os olhos naquilo que é eterno..." (2Corintios 4.18).

"Leve...": Paulo usou uma linguagem de uma balança romana, ou seja, aquilo
que estamos passando por aquilo que iremos viver, não tem como se
comparar;

"momentânea..." Comparando com o tempo que estamos sofrendo como o
tempo que iremos viver na eternidade não tem como se comparar;

Fixamos os olhos..." A maneira como olhamos é o que vai determina aquilo
que nós vamos viver e receber da parte de Deus. Então aonde você esta
colocamos os seus olhos?

Reflexão do dia

Quando compreendemos a dimensão daquilo que Deus preparou para nós, temos a
facilidade em descansar em meio às lágrimas.
118º Dia: Servindo com excelência

"Mantenha firme, constante e sempre abundante na obra do Senhor, sabendo
que o teu trabalho não é inútil..." (1Corintios 15.58)

Para começar, para Deus, o mais importante, não é o tamanho ou a qualidade da
missão, e sim, a forma e o propósito que você executa essa missão. Veja essas
duas comparações: Servo fiel e outro servo negligente; Servo que multiplicava
talentos e outro servo que escondia talento. (Mateus 24.45; 25.14) Então caso
você queira realizar a obra de Deus, aprenda esses conselhos:

1º Produza com qualidade (1 Coríntios 3.12): "No dia do juízo final, as obras
serão provadas no fogo..." Por esse motivo, produza obras que tenha a garantia
do galardão. É ter o padrão de qualidade;

2º Produza com amor (Colossenses 3.14): " O amor é o vínculo da perfeição..."
ou seja, o que torna perfeito não é a qualidade do seus talento, e sim, o amor por
aquilo que você faz;

3º Produza com prudência: (Provérbios 19.20) "preste atenção nos conselhos e
serás mais sábio..." É evita cometer o mesmo erro duas vezes; Evitar ser
criticado, ou cometer algum dano;

4º Produza com excelência (Salmos 69.9) " o zelo pela tua casa me consome..."
Não adianta ter o desejo de fazer a obra de Deus, sem ter o preparo antes. Então
estude, se consagre, faça curso de teologia, compre livros sobre sua vocação;

5º Produza com diligência (Romanos 12.11): "Sedes fervorosos no Espírito, não
vagarosos no trabalho..." Faça com disposição, animo e coragem; Se não tiver
boa vontade por aquilo que você faz na igreja, então entregue o cargo, porque
assim Deus coloca outro melhor que você.

Reflexão do dia

Medite nessa frase: O amor se doa, o talento empresta; O Amor não põe limites,
o talento impõe condições; O amor se esconde, o talento quer se aparecer;
Amor ajuda, o talento cria disputa.
119º Dia: Arrebatamento da igreja

" Ao ressoar a trombeta, seremos arrebatados para o encontro do Senhor,
assim estaremos para sempre com ele..." (1Tessalonicenses 4.13-18)

A palavra "arrebatamento" no original grego é harpage que significa agarrar,
apanhar, roubar, raptar, arrastar para longe, tirar a força. Na Escatologia, é uma
teoria relativa aos acontecimentos das últimas coisas que devem acontecer antes e
depois da extinção da vida na Terra. Muitas igrejas, infelizmente, não pregam
mais a respeito do regresso do Senhor. Veja as profecias se cumprindo:

Desde de 2009 o vaticano e a ONU já estão discutindo um governo mundial,
que domine o sistema financeiro, político e ambiental. Como diz em
Apocalipse 13.7: " E foi dado ao anticristo poder sobre todos os
governos..."

Em Abril de 2015 a presidente Dilma aprovou um novo documento que
substituirá o RG até 2019, com um chip na mão direita do tamanho de um grau
de arroz. Como diz em Apocalipse 13.16:"Será colocado na mão direita ou
na testa para que ninguém possa comprar ou vender, senão aqueles que
tiverem o sinal..."

Os cientistas americanos estão preocupados pelo numero crescente de
terremotos e maremotos; Nos últimos 20 anos, tem crescido drasticamente o
aquecimento global;

Além das guerras, falta de água, liberação do casamento gay e escola ensinando
crianças de 5 anos sobre homossexualidade. Meus amados, o palco do
arrebatamento já esta preparado. Então desperta o que dormes. Como Paulo
alerta: " Despertai do sono, porque a nossa salvação esta mais próxima do que
quando cremos...Quando acontecerem estas coisas, levantai e erguem os
olhos para cima, porque estará próxima a minha volta." (Romanos 13.11;
Lucas 21.28).

Reflexão do dia

Quem vive na expectativa da volta de Cristo, tem um forte propósito em divulgar
o evangelho para as pessoas em sua volta. Você tem feito isso?
120º Dia: A vinda de Cristo

"A nossa cidade esta no céu, de onde esperamos ansiosamente a sua vinda..."
( Filipenses 3.20)

Nos evangelhos, Jesus falou muito a respeito de ter uma expectativa, um anseio
pela sua vinda. Além do mais, a maioria das suas parábolas tinha essa finalidade
de mostrar o conceito de desejar e viver intensamente nessa expectativa. Ao
ponto de viver cada momento com se fosse o ultimo dia, o ultimo momento. Aliás,
quem não vive nesse anseio, a tendência, é relaxar e desanimar, ou seja, vai
refletir com clareza a maneira e a forma como irá buscar a Deus.
Em apocalipse 22. 17 diz: "O Espírito Santo e a noiva chama: Maranata, vem
Senhor Jesus..." A expressão "Maranata" vem do aramaico que significa: "Vem
Senhor!" E a expressão: "Clamam" demonstra um profundo anseio, quando chega
a um estagio de profundo desejo. Em Filipenses 1.20: Paulo fala da sua "ardente
expectativa" da vinda de Cristo. Não é uma forma depressiva, dizendo que a vida
não tem nada para oferecer, mas um forte anseio por essa espera.
A igreja de Tessalônica, por exemplo, levou ao extremo o conceito da volta de
Cristo. Muitos deixaram de trabalhar para viver totalmente dessa espera do
regresso do Senhor. O caso ficou tão serio, que o apostolo Paulo teve que
escrever uma carta corrigindo essa postura: "se alguém não quer trabalhar,
também não coma..." (2Tessalonicenses 3.10). Nesta vida, podemos sonhar,
planejar, construir e trabalhar, mas o que não podemos é enraizar o nosso coração
nesta vida.
Para finalizar, o apostolo Paulo fala que está preparado para partir, com a missão
confiança, executada e concluída com sucesso: "Combati o bom combate.
Completei a carreira. Guardei a fé. Agora me esta reservada a coroa da
justiça. E não somente a mim, mas também, a todos que amam e anseia a sua
vinda..." (2Timoteo 4.6-8)

Reflexão do dia

Pergunta para refletir: Como esta a missão que Deus confiou? Será que você teria
coragem de falar com toda segurança: "Combati o bom combate?"

Referencias das palavras gregas
COENEM, Lothar; Dicionario Inter. de teologia (2000) Vida Nova
Comprando os nossos livros devocionais, você estará ajudando a
enviar livros em presídios e também, estará ajudando a enviar
cartas para pessoas afastadas da igreja.
Em dois anos, já foram enviados mais de 1500 livros em presídios.

Compre outras edições
Acesse: WWW.MISSAVIDANOVA.COM.BR
(11) 95278-9898 whats app