Sei sulla pagina 1di 3

Mon plan de voyage – Paris

1er Janvier
15h00 - La Tour Eiffel
Aller jusqu’au métro Glacière, descendre à la station Dupleix, entrer dans la rue Desaix.
Continuer sur l’avenue Rapp, elle donnera aux Champs-Élysées
L’avenue donnera à la Place de la Concorde, et o Musée de l’orangerie
Enfin, aller jusqu’à Notre Dame de Paris. Du mussé de l’orangerie, prendre le métro, station Concorde et
descendre à City Hall /Hotel de Ville –
Centre pompidou : para cima
Notre dame : Rue de Rivoli. Descendre – pont d’arcole
Obs : no outro lado de notre dame é o Quai D’orléans (Proust)

Le retour aller au metro saint michel notre dame, descendre à les gobelins
Seguir pelo Boulevard d’arago
Chegar no hotel : 8h 9h

http://br.france.fr/pt-br/informacoes/cinco-pracas-reais-paris

le 2 Janvier
Le jardin de Luxembourg
Les catacombes
Torre Montparnasse
Pantéon (quartier Latin)
Quartier latin - Les Deux Magots – restaurante que a simone de beauvoir comia
Restaurantes: La Harpe, St. Severin e Huchette, próximas à estação de metrô Cluny-La Sorbonne.
Sorbonne
Tour eiffel
Le 3 janvier
Versailles
15h
Musée rodin
Musée de l’armée
Pont alexandre III
Ermont – rue du marechal foch 9512o ermont mercredi a 20h, samedi a 19h 00
Le 4 janvier
Sacré Cœur – Montmartre
Le Moulin Rouge
Le mur de je t’aime
Galerie Lafayette
L’église de la madeleine
Musée Du parfum
Loja chanel
Ir para Rue Rivoli
Musee grevin

Le 5 janvier
Louvre
TOUTE LA JOURNÉE
Le 6 Janvier
Disney

Anexo : quartier Latin

A rue Mouffetard é uma das mais antigas da cidade, sua origem data da Idade Média e ela é um dos
últimos resquícios dessa época. Lá vocês encontrarão vários restaurantes, a maioria turística e sem maior
qualidade. Ao final de sua descida existe um mercado diário interessante, com frutas (na primavera,
comprem deliciosas cerejas maduras), queijos e petiscos. Na direção contrária, subindo a rua, vocês
encontrarão a Place Contrescarpe, local de concentração de cafés e brasseries, ambiente jovem e, na
primavera e verão, com shows ao ar livre. Vale uma conferida e uma pausa para uma cerveja na pressão.
Ainda na subida, você encontrarão algumas creperies com venda ao ar livre (petisto típico francês e
contrapõe ao MacDonald).
Place de la Contrescarpe. Foto: Google

Da Place Contrescarpe tomem a rue de l’Estrapade até uma pracinha muito charmosa, do mesmo nome,
onde está o Café Nouvelle Marie. Sugiro com ênfase um fim de tarde neste café, acompanhado por vinho
na taça e sanduíche de pão Poilâne. Por falar nisso, em frente está a padaria Moderne, provavelmente o
melhor pão da região. A ruela à direita os levará até a Place do Panthéon, onde do outro lado se encontra
uma loja da cadeia Picard (congelados os mais diversos possíveis, excelentes).

O Panthéon. Foto de Filip Maljković,no Flickr

Na rue Soufflot, bem em frente do Panthéon, temos o seguinte:


Logo à esquerda de quem desce, na rue Saint Jacques, o Bistrô Perraudin, que tem preço e qualidade
interessantes. Cozinha típica de bistrô, com certeza vai agradá-los.
Na mesma rue Saint Jacques, um pouco mais a frente, à direita, está o Comptoir do Panthéon, uma
delicatessen de produtos e pratos prontos que vale a pena. São duas senhoras que cozinham à l’anciènne e
tem pratos deliciosos para levarem para casa.
Voltando à rue Soufflot, descendo, à esquerda temos a Milk, rede parisiense de Internet 24 horas, sempre
frequentada pelos estudantes das redondezas, o que diferencia das demais.
Logo depois está a Brasserie La Gueuze, que tem uma enorme variedade de cervejas na pressão, e nas
happy hours algumas caem pela metade do preço. Vale conferir. A sugestão de prato aqui é moules et
frites (mexilhão e fritas) deliciosos. Experimentem uma caçarola de moules frites com creme de leite e
outra, sem.
Descendo o boulevard Saint Michel, de um lado e do outro uma série de livrarias,sempre com ofertas de
livros à preços baixos. Sempre se acha um interessante. Basta paciência e perseverança.
Na esquina da rue des Écoles, o Museu Cluny, muito interessante, temático sobre Paris na Idade Média.
Imperdível.
Seguindo a mesma rue des Écoles, o Hotel Minerve (vejam no Booking as tarifas), no número 13. Sempre
ficávamos neste hotel nos nossos primeiros anos de Paris. A localização é excepcional e o preço e
qualidade continuam bons.