Sei sulla pagina 1di 6
Intimidade sexuat 4 Guande no coragioe —_192__. “E 08 dois se tornanio uma carne. O homem ¢ mulher Medite diariamente var maine eniamrgonba Enc? 2625 Segue A Mensigem) C725 - Cala Snug tem soa rsponnbilidade mut Esta igdo tem 0 objetivo de expor o propéste de Deusna]_ alidade do casamento. Voot etd ntimidade senual € 0 ensino biblico sobre o assunto, Aisposto a cumprir com a sua? Teua Assim foi desde o principio Eomuruaentan ee ‘também emocionale esprit, © relacionamento sexual éo ato que celebra a unidade marrimonial ¢ a béngio de Deus sobre um homem ¢ Quanta tuma mulher comprometidos no amor onjugal. Deus 1Co 1012-13 Deo nope O ato seal no €somente um ato fkco, mas também emactonal e exprtul, Deus stiou 2 insimidade sexual como expresso fia da intimidade do rlacionamente femocional, mental eespiritual do casal. Ea Biblia di: "Vin Deus tudo quanto fzer, «is que es muito bom" (Gn 11). Vivemos numa sociedade em que as pessoas sfo bombardeadas com sexo por todos 108 meios de comunicagio. & dificil para o crente viver numa sociedade assim sem se ‘ontaminat. O erstio pode fcar confuso quanto 4 maneira de reagir¢ como saber qual £3 vontade de Deus para ele. © ato sexual foi preparado por Deus para ser desfrurado somente por aqueled que “deixaram”, “se unitam’, “se vornatam ma s6 carne” (Gn 2.24). Cada vez que um casel comprometido pelo amor conjugal tem rela sexual std ce- Jebrando a experiéncia de “umas6 carne” e de “estavam nus endo se envergonhavarn". Conforme o designio ea sabedoria de Deus, siotrés os propésitas da sexualidade no 2. proctiaciio: sexo visa multiplcar a “imagem ¢ semelhanga de Deus" por meio de filhos piedosos; 2, pager: sexo vss sutsfgio sexual do homem ¢ da mulher 3, protegio: sexo visa proteyer © homem e a mulher da tencagi sexual ) | “A lua de Met” Segundo Est Janzen, 2 a de mel faz parte do pacate das celebracées que emvowvem a unio de duas pessoas. Definir onde vio pasar os primeios las coma.casl deve se plane ado culdadosamente. sso see uma expeiénia nica, er lembrad a0 longo dos anos ‘© preparo adequado para slar a experéncia de “uma sé came" deve ocorer durante o| period de noivado.Ocasal de noivas deve tuscar ajuda com conselnetos qualficados| bem como orientagSo médica. Aleturado lv O Ato Conjugate Tim Beverly LaHaye (Eltora Betinia), 6 uma sugestao de leitura pare o més que antecede 0 casamento, ‘AS conversas sobre o relacionamento sexual devem ser tratadas de forma aberta | Uwansparentes. Assim a undo fica poder ser celebrada minimizando as preocupagbes Jemedos, |Alguns culdacos e dicas para o planejamento da lua de met, 1. Quanto & escotha do tugan: reerencialmente ur luge prximo,trenauilo © que fer prvacidade, 2. Quanto a deeracio: Um bor alo & em terra de uma semana € obvio que va