Sei sulla pagina 1di 7
AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ÍNDICE

Dissertação

2

Níveis De Linguagem

2

Ordenação de Parágrafos

3

Palavras-chave

4

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

Dissertação

A dissertação está presente em qualquer tipo de texto; predomina em pensamentos, análises. Não poderia ficar de fora em concursos públicos, o que justifica sua maior aparição em predomi- nação em tais provas. Esse tipo de texto é mais complexo que a narração e a descrição, pois usa de um entendimento mais avançado para determinado assunto. Dissertar é opinar sobre determinado texto, assunto.

Há que se ter aqui um bom conhecimento geral para que o texto possa ser mais claro para o leitor. Uma dica: fique atento a noticiários, leia o maior número possível de temas. Junto a isso, observe as linguagens, cada qual com um estilo, o que muitas vezes varia devido ao tema central, que pede tais linguagens, e estas vão ditar de um modo coerente o que se quer passar ao leitor.

Níveis De Linguagem

Dissertar é analisar, informar algo, opinar sobre ele. O texto dissertativo é composto de três tipos de linguagem:

˃ Linguagem culta: a linguagem que traz um vocabulário mais rebuscado, complexo, que exige um pré-conhecimento de palavras.

» Exemplo: O selecionado brasileiro adentrou na mediocridade no jogar.

˃ Linguagem coloquial: a linguagem adequada ao falar, sem se preocupar com estilo, não exigindo um vocabulário muito elaborado.

» Exemplo: O time do Brasil jogou mal pra caramba.

˃ Linguagem coloquial-culta: a mescla das duas linguagens anteriores. Simples, não simplória, no vocabulário, sem informalidade.

» Exemplo: A seleção brasileira não apresentou um futebol digno de nossas tradições.

Exemplo de dissertação:

Falar que o Brasil é um país repleto de problemas é como chover no molhado. Identificar os pro- blemas como ao crescimento deixou de ser um recomeço. Talvez o lugar comum no Brasil seja mais do que promessas. A fé nunca esteve tão presente. Os sonhos se fortalecem e ficarão tão fortes que este texto acabou de dar mais um passo para o lado.

Uma dissertação está dividida em três partes, as quais se interagem:

está dividida em três partes , as quais se interagem: Introdução Falar que o Brasil é

Introdução

Falar que o Brasil é um país repleto de problemas é como chover no molhado. Identificar os problemas como ao crescimento deixou de ser um recomeço.

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

Desenvolvimento

Talvez o lugar comum no Brasil seja mais do que promessas. A fé nunca esteve tão presente.

Conclusão

Os sonhos se fortalecem e ficarão tão fortes que este texto acabou de dar mais um passo para o lado.

Ordenação de Parágrafos

Um tipo de exercício muito comum em provas é o da ordenação de parágrafos. Ao se deparar com isso, se você não souber a forma ideal para resolvê-lo, perderá um tempo precioso. Veja como proceder:

resolvê-lo, perderá um tempo precioso. Veja como proceder: → Solução : ) Essa mudança é trazida

Solução:

) Essa mudança é trazida pela nova Medida Provisória (MP) do Cadastro Informativo de Créditos não Quitados (Cadin)

Não podemos começar um texto desta forma. Afinal de contas, de que MUDANÇA estamos falando. Ao ver isso, vá até as alternativas e elimine a sentença ou sentenças que tragam o número 1 como sendo o primeiro número a aparecer. No caso, alternativa a.

(

a) 1, 3, 2, 4

b) 2, 4, 3, 1

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

c) 2, 1, 3, 4

d) 3, 2, 1, 4

e) 4, 1, 3, 2

( ) O que a Fazenda Nacional quer com essa nova redação é transformar em caixa os valores de- positados em juízo pelas empresas.

Qual é a NOVA REDAÇÃO, não podemos fazer menção a algo sobre o qual nada foi dito. Ao ver isso, vá até as alternativas e elimine a sentença ou sentenças que tragam o número 1 como sendo o segundo número a aparecer. No caso, alternativa e. Assim, duas sentenças foram eliminadas.

a)

b)

c)

d)

e)

1, 3, 2, 4 2, 4, 3, 1 2, 1, 3, 4 3, 2, 1, 4 4, 1, 3, 2

( ) A Fazenda nacional está investindo em mais uma arma para reduzir o volume de ações tribu- tárias na Justiça.

Aqui, vemos que um texto pode ser iniciado como na alternativa acima. Portanto, reserve-o como número 1, pois há uma alternativa que traz o número 1 como sendo o terceiro número a aparecer, que é a alternativa d. Mas leia todos antes de finalizar o exercício.

a) 1, 3, 2, 4 b) 2, 4, 3, 1 c) 2, 1, 3, 4
a)
1, 3, 2, 4
b)
2, 4, 3, 1
c)
2, 1, 3, 4
d)
3, 2, 1, 4
e)
4, 1, 3, 2

( ) De acordo com a nova redação dessa Medida Provisória, a Fazenda Nacional abre mão de seus ho- norários.

Como falar de Medida Provisória sem que se tenha mencionado nada a respeito? Outra dica, sempre que houver siglas, elas devem aparecer logo após o significado, aqui o (MP) deveria estar imediatamente após Medida Provisória. Ao ver isso, vá até as alternativas e elimine a sentença ou sentenças que tragam o número 1 como sendo o quarto número a aparecer. No caso, alternativas b e c. Prestando bem atenção, percebemos que todas as sentenças foram eliminadas. A resposta já apareceu: alternativa d.

a)

b)

c)

d)

e)

1, 3, 2, 4 2, 4, 3, 1 2, 1, 3, 4 3, 2, 1, 4 4, 1, 3, 2

Palavras-chave

As palavras-chave são o alicerce de um texto, são as mais importantes, disseminadas ao longo de um parágrafo, quer repetidas, quer retomadas por sinônimos ou por outros elementos de coesão,

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

que podem ser:

˃ substantivos;

˃ adjetivos;

˃ pronomes;

˃ verbos;

˃ títulos do texto.

Isso pode ocorrer com uma palavra em especial ou várias. Vejamos a seguir um exemplo de quando uma palavra serve como palavra-chave de um texto.

de quando uma palavra serve como palavra-chave de um texto. EXERCÍCIOS 01. Indique a afirmação que

EXERCÍCIOS

01. Indique a afirmação que não está de acordo com as ideias do seguinte trecho do texto:

O saber produzido pelo iluminismo não conduzia à emancipação e sim à técnica e ciência moderna que mantêm com seu objeto uma relação ditatorial. Se Kant ainda podia acreditar que a razão humana permitiria emancipar os homens de seus entraves, auxiliando-os a dominar e controlar a natureza externa e interna, temos de reconhecer hoje que essa razão iluminista foi abortada. A razão que hoje se manifesta na ciência e na técnica é uma razão instrumental, repressiva. Enquanto o mito original se trans-formava em Iluminismo, a natureza se convertia em cega objetividade. Inicialmente a razão instrumental da ciência e técnica positi- vista tinha sido parte integrante da razão iluminista, mas no decorrer do tempo ela se autonomizou, voltan- do-se inclusive contra as suas tendências emancipatórias.

(B. Freitag, A Teoria Crítica Ontem e Hoje, pág. 35, com adaptações)

a) A razão iluminista, embora tenha sido adotada por Kant, fracassou.

b) A razão humana, sob a perspectiva iluminista, permitiria que os homens se emancipassem de seus entraves.

c) Kant acreditava em um determinado valor da razão humana.

d) Reconhecemos o fracasso da razão iluminista porque Kant desacreditou da emancipação dos homens.

e) Quando os homens se emancipam de seus entraves podem dominar e controlar a natureza externa e interna, segundo a razão iluminista.

02.

Numere os períodos de modo a compor um texto coeso e coerente e, depois, escolha a sequên- cia correta:

(

)

No caso das carteiras exclusivas, hoje restritas a investidores institucionais como fundos de pensão e seguradoras, o “dono” do fundo conseguia garantir liquidez diária, sem detrimen- to da rentabilidade.

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

(

)

Com essa medida, que atinge em cheio os chamados “fundos exclusivos” (ou de um único cotista), o rendimento referente aos saques feitos fora da data de aniversário vai para os cofres do governo.

(

)

Segundo a Receita, o objetivo do governo com a cobrança do IOF é inibir operações realiza- das por fundos exclusivos.

(

)

Ainda que em menor escala, os fundos de pensão serão atingidos pela decisão do governo de cobrar, a partir de fevereiro, 0,5% ao dia de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) sobre a diferença entre o valor da cota resgatada de um fundo de renda fixa e o valor pago ao cotista.

(

)

Dos cerca de R$ 19 bilhões aplicados em fundos exclusivos, os fundos de pensão detêm apro- ximadamente R$ 3 bilhões.

(

)

Até então esse ganho revertia em favor do próprio fundo.

 

(Baseado em Isto É Dinheiro, 14/1/1998)

 

a)

2, 4, 3, 6, 5, 1

b)

6, 1, 3, 5, 4, 2

c)

4, 2, 6, 1, 5, 3

d)

1, 2, 4, 5, 6, 3

e)

3, 4, 5, 2, 6, 1

A análise comparada permite estabelecer a pauta necessária para as reformas tributárias no

Brasil, ao pôr em evidência as divergências de nosso sistema relativamente ao padrão tributário do- minante. Além disso, ao evidenciar aspectos específicos do quadro econômico e social brasileiro, qualifica o diagnóstico realizado e alerta para a necessidade de adaptação das mudanças pretendi- das.

O primeiro aspecto comparado diz respeito ao tamanho da carga tributária, sua composição e

a evolução recente. Dentre as inúmeras objeções ao sistema vigente no Brasil, destaca-se a alegação

de excesso de carga tributária. Contudo, a análise da experiência internacional revela que, do ponto

de vista macroeconômico, a carga tributária brasileira é baixa e estável, contrapondo-se aos valores

e à evolução observada na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento – OCDE – para a

qual a carga, além de alta, cresceu de forma significativa nos anos 70 e 80. Entretanto, se a análise for feita setorialmente, por produto e por empresa, procedem, no caso brasileiro, as alegações de que a carga tributária é alta e heterogênea. As distorções, no caso, decorrem da baixa abrangência de nossa base de tributação, aliada a modificações não-intencionais na incidência tributária, derivadas da inflação, da sistemática tributária e da reintrodução de alguns impostos em cascata, que impedem, ademais, o ‘fine tuning’ da política tributária e a perfeita desoneração dos impostos. Existem proble- mas de conceituação de impostos, de desoneração imperfeita, de tributação em cascata e de estreite- za das bases de tributação, que distorcem a incidência tributária, além de elevarem excessivamente

a carga tributária microeconômica. Sobre tais problemas, aparentemente menores, a não ser sobre o

arcabouço tributário como um todo, deveriam concentrar-se inicialmente os esforços de revisão da tributação brasileira, que independem, em grande medida, de revisão constitucional.

(Salamis Dain, com cortes)

03. Marque o conjunto de palavras-chave do texto.

a) Análise comparada, pauta de reformas constitucionais, reforma tributária, OCDE, base de tributação.

b) OCDE, Brasil, revisão constitucional, desoneração de tributos, pauta de reformas.

c) Distorções tributárias, alta carga tributária microeconômica, baixa abrangência da base de tributação.

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

AlfaCon Concursos Públicos

d) Padrão tributário, quadro econômico e social brasileiro, OCDE, arcabouço tributário, revisão constitucional.

e) Microeconomia, macroeconomia, impostos em cascata, sistemática tributária, desoneração de tributos.

01 - D

02 - C

03 - A

GABARITO