Sei sulla pagina 1di 9

MECÂNICA DE PRECISÃO

1. INTRODUÇÃO

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

Prof. NELSON M. KANASHIRO

Existem circuitos e equipamentos alimentados em corrente contínua onde a tensão contínua não pode ultrapassar determinado valor, como exemplos podemos citar: alguns circuitos integrados onde a tensão de alimentação não pode ultrapassar 5V e os carregadores de baterias de alguns telefones celulares não pode ultrapassar os 4,1V para não sobrecarregá-la e reduzir a sua vida útil.

Para que a tensão das fontes de corrente contínua e carregadores de baterias, por exemplo, seja estabilizada em determinado valor, utiliza-se dispositivos reguladores de tensão como o diodo zener.

Existem no mercado diodos zener para diversos valores de tensão: Vz = 3,3V ; 3,6V ; 3,9V ; 4,3V ;

4,7V ; 5,1V ;

A maior desvantagem do diodo zener é a de operar com baixos valores de correntes (menor que 1A), que pode ser aumentada com a utilização de transistores.

; 100V. A potência do diodo zener (Pz) varia entre 0,4W a 5W.

2. SIMBOLOGIA

Iz

do diodo zener (Pz) varia entre 0,4W a 5W. 2. SIMBOLOGIA Iz Vz 3. CURVA CARACTERÍSTICA

Vz

3. CURVA CARACTERÍSTICA

I (A) D V Z (nominal) V Z (V) 0,6V V D (V) I Zmín
I
(A)
D
V Z (nominal)
V Z (V)
0,6V V D (V)
I Zmín
IZmáx
I
Z (A)

Onde:

Vz (nominal) – tensão de operação do diodo zener;

Izmáx – corrente máxima;

Izmín – corrente mínima.

O diodo zener trabalha na região de polarização inversa, onde temos a tensão praticamente constante e maior que 0,6V com grande variação de corrente, entre Izmín e Izmáx.

1/9

A

E

MECÂNICA DE PRECISÃO

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

Prof. NELSON M. KANASHIRO

corrente máxima do diodo zener pode ser obtida pela expressão:

Pz = Vz . Izmáx

utilizaremos como valor prático da corrente mínima:

Izmín = 0,1 . Izmáx

4. CIRCUITO ESTABILIZADOR DE TENSÃO

I S = I Z + I RL R S I S I RL I
I S = I
Z
+ I
RL
R
S
I
S
I
RL
I
Z
V
S
VE
V
R L
Z
V RL
V E = V
V S = V
VZ = VRL
S
+ V
Z
E
- V
Z

Onde:

RS – resistor série (limitadora de corrente) ();

RL – resistor de carga ();

VE – tensão de entrada ajustável (V);

VS – tensão no resistor RS (V);

VZ – tensão no diodo zener (V);

VRL – tensão no resistor RL (V);

IS – corrente no resistor RS (V);

IZ – corrente no diodo zener (V);

IRL – corrente no resistor RL (V);

Obs.: O resistor de carga RL simula o aparelho a ser alimentado pelo circuito estabilizador, possuindo o mesmo valor de tensão e corrente de operação do aparelho.

2/9

MECÂNICA DE PRECISÃO

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

Prof. NELSON M. KANASHIRO

V E

RS I S I RL IZ VS VZ R L
RS
I
S
I
RL
IZ
VS
VZ
R L

VRL

No gráfico a seguir, podemos notar que:

a) Se a tensão de entrada (VE) for menor que a tensão de operação do diodo zener (VZ), a tensão na carga (RL) é igual à tensão de entrada (VRL = VE);

b) A partir do momento em que a tensão de entrada (VE) ultrapassa a de operação do diodo zener (VZ), este atua estabilizando a tensão no valor VZ, nesta situação a tensão na carga (RL) é igual à tensão nominal do diodo zener (VRL = VZ);

c) Atingida a tensão de operação do zener, temos corrente no diodo zener (IZ > 0A).

VZ

V Z

I Zmáx

IZmín

V E (V)
V E (V)
t (s) V RL (V) TENSÃO ESTABILIZADA EM VZ
t (s)
V RL (V)
TENSÃO ESTABILIZADA
EM VZ
t (s) I Z (A)
t (s)
I Z (A)

3/9

t (s)

MECÂNICA DE PRECISÃO

5. EXEMPLOS

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

Prof. NELSON M. KANASHIRO

5.1. Para o circuito regulador de tensão a seguir, pede-se determinar:

a) O valor da resistência limitadora de corrente (RS);

b) O menor valor possível da resistência de carga (RLmín) de forma a manter VRL = VZ.

R S I S I RL I Z V S V R L V E
R
S
I
S
I RL
I
Z
V
S
V
R L
V E
Z
Resolução:

V RL

Dados:

VE = 15 V

VZ = 10 V

PZ = 1 W

Inicialmente, vamos obter os valores das correntes máxima e mínima do diodo zener:

P

Z

=

V

Z

I

Zmín

=

.I

Zmáx

0,1. I

Zmáx

I

Zmáx =

P

Z

V

Z

I

Zmín =

0,1. 0,1

I Zmáx =

1

10

I

Zmín =

I

Zmáx =

0,01 A

0,1 A

a) Cálculo do valor da resistência limitadora de corrente (RS).

O resistor RS protege o diodo zener de forma a não permitir que a corrente IZ não ultrapasse o valor

IZmáx . Esta situação ocorre quando a carga RL é removida do circuito e a corrente passa somente pelo diodo zener (IZ = IS).

A equação inicial da corrente é a seguinte:

I

S

= I

Z

+ I

RL

Para o cálculo do resistor RS , deve-se considerar que o resistor RL seja removido do circuito:

Nesta situação, temos:

V E

I

S

=

R S I S I RL = 0A I Zmáx V S VZ I +
R S
I S
I RL = 0A
I Zmáx
V S
VZ
I
+
0
= I
I
0,1 A
Zmáx
I S
Zmáx
S =

4/9

MECÂNICA DE PRECISÃO

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

Prof. NELSON M. KANASHIRO

Para obter o valor de RS precisamos também obter o valor de VS:

 

V

E

O

resistor RS:

R

S

= V

S

+ V

Z

V

S

= V

E

- V

Z

V S =

 

R

S

= 50

15 -10

V

S

5

=

R S =

I

S 0,1

=

5 V

b) Cálculo do valor da resistência de carga mínima (RLmín).

V E

RS I S I RLmáx IZmín VS R Lmín VRL VZ
RS
I
S
I
RLmáx
IZmín
VS
R Lmín VRL
VZ

Nesta situação, temos os seguintes valores constantes: VE = 15V ; VZ = 10V ; RS = 50; VS = 5V ; IS = 0,1A ; IZmáx = 0,1A e IZmín = 0,01A.

Se o valor da resistência de carga é mínima (RLmín) e a sua corrente será máxima (IRLmáx). Para que a corrente IRL possa aumentar de valor, a corrente no zener irá reduzir até o limite mínimo (IZmín). Desta forma, temos:

I

I

S

=

I

Z

RLmáx

+

=

0,1 - 0,01

I

RL

=

I

S

=

0,09 A

I

Zmín

+

I

RLmáx

I

RLmáx

=

I

S

-

I

A

tensão na carga RL é igual ao do diodo zener, estão em paralelo:

V

RL

= V

Z

V

RL =

10 V

O resistor RL:

R

Lmín

=

V RL

I RLmáx

R Lmín =

10

0,09

R

Lmín

=111,1

5/9

Zmín

MECÂNICA DE PRECISÃO

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

Prof. NELSON M. KANASHIRO

5.2. Para o circuito regulador de tensão a seguir, pede-se determinar:

a) A tensão máxima de entrada (VEmáx) de forma a manter VRL = VZ;

b) A tensão mínima de entrada (VEmáx) de forma a manter VRL = VZ;

R S I S I RL I Z V S V R L V E
R
S
I
S
I RL
I
Z
V
S
V
R L
V E
Z
Resolução:

V RL

Dados:

VZ = VRL = 5 V

PZ = 2 W

RL = 20

RS = 5

Inicialmente, vamos obter os valores das correntes máxima e mínima do diodo zener:

P

Z

=

V

Z

I

Zmín

=

.I

Zmáx

0,1. I

Zmáx

Corrente no resistor RL:

I

RL

=

V RL

R

L

I

Zmáx =

P

Z

V

Z

I

Zmín =

0,1. 0,4

I RL =

5

20

I Zmáx =

2

5

I

Zmín =

I

Zmáx =

0,04 A

I

RL =

0,25 A

0,4 A

a) Cálculo da tensão máxima de entrada (VEmáx):

VEmáx

R S I IRL = 0,25A Smáx IZmáx VSmáx R L VZ = 5V 20Ω
R
S
I
IRL = 0,25A
Smáx
IZmáx
VSmáx
R L
VZ = 5V
20Ω

V RL = 5V

Se a tensão de entrada aumenta (VEmáx), a tensão em RS também aumenta (VSmáx) e, consequentemente a corrente IS aumenta (ISmáx) e também IZ (IZmáx).

Corrente ISmáx:

I

Smáx

=

I

Zmáx

+

I

RL

I

Smáx

6/9

=

0,4

+

0,25

=

0,65 A

MECÂNICA DE PRECISÃO

Tensão VSmáx:

V

Smáx

Tensão VEmáx:

V

Emáx

= R

S

. I

Smáx

= V

Smáx

+ V

Z

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

V

Smáx =

5 . 0,65

V

Emáx =

3,25

+

5

Prof. NELSON M. KANASHIRO

V

Smáx =

3,25 V

V Emáx =

8,25 V

b) Cálculo da tensão mínima de entrada (VEmín):

V

Emín

R S I RL = 0,25A ISmín I Zmín V Smín R L VZ =
R
S
I RL = 0,25A
ISmín
I
Zmín
V
Smín
R L
VZ = 5V
20Ω

V RL = 5V

Se a tensão de entrada diminui (VEmín), a tensão em RS também diminui (VSmín) e, consequentemente a corrente IS diminui (ISmín) e também IZ (IZmín).

Corrente ISmín:

I

Smín

Tensão VSmín:

V

Smín

Tensão VEmín:

V

Emín

=

I

Zmín

+

I

RL

= R

S

. I

Smín

= V

Smín

+ V

Z

I

Smín

=

V

Smín =

5 . 0,29

V

Emín =

1,45

+

7/9

0,04

5

+

0,25

=

0,29 A

V

Smín =

1,45 V

V Emín =

6,45 V

MECÂNICA DE PRECISÃO

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

Prof. NELSON M. KANASHIRO

MECÂNICA DE PRECISÃO - ELETRÔNICA I - DIODO ZENER Prof. NELSON M. KANASHIRO 8/9

8/9

MECÂNICA DE PRECISÃO

-

ELETRÔNICA I

-

DIODO ZENER

Prof. NELSON M. KANASHIRO

MECÂNICA DE PRECISÃO - ELETRÔNICA I - DIODO ZENER Prof. NELSON M. KANASHIRO 9/9

9/9