Sei sulla pagina 1di 36
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO EM VIGOR Área Formação de Educação e Código do Referencial e Designação
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO EM VIGOR Área Formação de Educação e Código do Referencial e Designação
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

EM VIGOR

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO EM VIGOR Área Formação de Educação e Código do Referencial e Designação de
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO EM VIGOR Área Formação de Educação e Código do Referencial e Designação de

Área Formação de Educação e

Código do Referencial e Designação de Formação

622 . Floricultura e Jardinagem 622163 ­ Técnico/a de Jardinagem e Espaços Verdes

Nível Nível de de Qualificação Qualificação do do QEQ: QNQ: 4 4

Educação Modalidades e Formação de

Total crédito de pontos de

atualizações Publicação e

Cursos Profissionais

198,00

Publicado Nacional de no Qualificações. Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo

1ª de Actualização 2012 com entrada publicada em vigor no Boletim a 29 de do março Trabalho de 2013. do Emprego (BTE) nº 48 de 29 de dezembro

2ª Actualização publicada no Boletim do Trabalho do Emprego (BTE) nº 17 de 08 de maio de

2014 com entrada em vigor a 08 de maio de 2014.

3ª Actualização publicada no Boletim do Trabalho do Emprego (BTE) nº 17 de 08 de maio de

2016 com entrada em vigor a 08 de agosto de 2016.

para indicado: O Ministério a certificação da Agricultura, dos profissionais Florestas e homologação e Desenvolvimento da respetiva Rural (MAFDR) formação, de é a acordo autoridade com competente o abaixo

e A aplicação UFCD 6281 de produtos habilita fitofarmacêuticos, o utilizador profissional no âmbito à obtenção da Lei do n.º cartão 26/2013, de aplicador, de 11/04 e permitindo do Despacho a compra n.º 666/2015, de 16/01.

a A venda UFCD responsável 6392 habilita de produtos o utilizador fitofarmacêuticos, profissional à obtenção no âmbito do da cartão Lei n.º de 26/2013, operador de de 11/04 venda, e permitindo do Despacho n.º 666/2015, de 16/01.

O b s e r v a ç õ e s • compra A UFCD

Observações

O b s e r v a ç õ e s • compra A UFCD e

• compra A UFCD e aplicação 9263 habilita manual o utilizador de produtos profissional fitofarmacêuticos, à obtenção no do âmbito cartão da de Lei aplicador n.º 26/2013, manual, de permitindo 11/04 e do a Despacho n.º 666/2015, de 16/01.

• A UFCD 9261 atualiza e habilita o utilizador profissional à obtenção do cartão de aplicador,

permitindo e do Despacho a compra n.º 666/2015, e aplicação de 16/01. de produtos fitofarmacêuticos, no âmbito da Lei n.º 26/2013, de 11/04

• A UFCD 9262 atualiza e habilita o utilizador profissional à obtenção do cartão de operador de venda,

permitindo do Despacho a venda n.º 666/2015, responsável de 16/01. de produtos fitofarmacêuticos, no âmbito da Lei n.º 26/2013, de 11/04 e

As formação entidades deverão formadoras cumprir do com Sistema os requisitos Nacional definidos de Qualificações, pela DGADR. que pretendam desenvolver esta

1. Perfil de Saída

1. Perfil de Saída

1. Perfil de Saída

Descrição Geral Orientar, projeto e organizar respeitando e executar as normas tarefas de segurança, relativas à higiene instalação e saúde e manutenção no trabalho de agrícola jardins e e espaços de proteção verdes, do ambiente. de acordo com o

Atividades Principais Analisar projetos e outras especificações técnicas, a fim de identificar os dados necessários ao trabalho a orientar e/ou realizar.

os dados necessários ao trabalho a orientar e/ou realizar. Supervisionar o trabalho, distribuindo, orientando e

Supervisionar o trabalho, distribuindo, orientando e controlando as atividades de jardinagem em função das programações estabelecidas, das normas de segurança, higiene, saúde e proteção do ambiente e promovendo a qualidade do desempenho e as relações de trabalho na equipa. Orientar e/ou proceder à preparação do terreno, para instalação de jardins e espaços verdes. Orientar e/ou proceder à instalação das espécies ornamentais de acordo com as especificações técnicas do projeto. Orientar e/ou proceder à manutenção de jardins e espaços verdes, tendo em conta os hábitos vegetativos das espécies e as condições edafo­climáticas, de acordo com as especificações técnicas do projeto. Organizar e/ou registar dados referentes ao trabalho realizado, de forma a fornecer os elementos técnicos e contabilísticos necessários à gestão. Orientar e/ou proceder à condução, operação e regulação de máquinas e equipamentos de jardinagem e agrícolas adequados às atividades a realizar, tais como motocultivador, charrua, grade, escarificador, corta­mato, fresa, máquina de corte de relva, motosserras, corta­sebes, semeadores, roçadoras, bobcat, atomizadores e pulverizadores. Elaborar orçamentos relativos à instalação e manutenção de jardins e espaços bobcat, atomizadores e pulverizadores. Elaborar orçamentos relativos à instalação e manutenção de jardins e espaços verdes, tendo em conta os custos, as áreas a utilizar e os tempos de trabalho. Orientar e/ou executar a conservação e a limpeza dos equipamentos e instalações inerentes ao trabalho desenvolvido.

e instalações inerentes ao trabalho desenvolvido. REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
e instalações inerentes ao trabalho desenvolvido. REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
e instalações inerentes ao trabalho desenvolvido. REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
e instalações inerentes ao trabalho desenvolvido. REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
e instalações inerentes ao trabalho desenvolvido. REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
e instalações inerentes ao trabalho desenvolvido. REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
e instalações inerentes ao trabalho desenvolvido. REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
3. Referencial de Formação Global

3. Referencial de Formação Global

3. Referencial de Formação Global

Componente de Formação Sociocultural

 

Disciplinas

Horas

Português (ver programa)

320

Língua Estrangeira I, II ou III* Inglês Francês ver programa iniciação Espanhol ver programa iniciação Alemão ver programa iniciação

220

Área de Integração (ver programa)

220

Tecnologias da Informação e Comunicação (ver programa)

100

Educação Física (ver programa)

140

 

Total:

1000

* segunda O aluno língua escolhe no uma ensino língua secundário. estrangeira. Nos Se programas tiver estudado de iniciação apenas adotam­se uma lígua os estrangeira seis primeiros no ensino módulos. básico, iniciará obrigatoriamente uma

Componente de Formação Científica

Disciplinas

Horas

Biologia (ver programa)

150

Física e Química (ver programa)

150

Matemática (ver programa)

200

Total:

500

Total de Pontos de Crédito das Componentes de Formação Sociocultural e de Formação Científica: 70,00

Formação Tecnológica

Código 1

UFCD pré­definidas

Horas

Pontos crédito de

0349 4385 4386 4387 4388 6281 4390 4157 4392 4393 4394 4395 4396 4397 4398

0349

4385

4386

4387

4388

6281

4390

4157

4392

4393

4394

4395

4396

4397

4398

4399

4400

4401

4402

4403

4404

4405

4406

4407

4408

4409

4410

4411

4400 4401 4402 4403 4404 4405 4406 4407 4408 4409 4410 4411 4 básicos Ambiente, Segurança,

25

2,25

50

4,50

25

2,25

25

2,25

50

4,50

50

4,50

50

4,50

25

2,25

50

4,50

25

2,25

50

4,50

50

4,50

25

2,25

50

4,50

50

4,50

25

2,25

50

4,50

25

2,25

50

4,50

50

4,50

50

4,50

50

4,50

25

2,25

25

2,25

50

4,50

50

4,50

25

2,25

50

4,50

 

108

Total da carga horária e de pontos de crédito: 1200

As seguintes UFCD não integram o itinerário de qualificação, constituem­se como unidades complementares
As seguintes UFCD não integram o itinerário de qualificação, constituem­se como unidades complementares

As seguintes UFCD não integram o itinerário de qualificação, constituem­se como unidades complementares

Código

 

4412

32
32

4413

33
33

4414

34
34

6392

35
35

9261

36
36

9262

37
37

9263

38
38

7852

39
39

7853

40
40

7854

41
41

7855

42
42

8598

43
43

8599

44
44

8600

45
45

Total da carga horária e de pontos de crédito da Formação Tecnológica 1200 108

Formação em Contexto de Trabalho

Horas

Pontos crédito de

formação A formação tecnológica. em contexto de trabalho nos cursos profissionais está integrada na componente de

A formação em contexto de trabalho visa a aquisição e desenvolvimento de competências

técnicas, objeto de relacionais regulamentação e organizacionais própria. relevantes para a qualificação profissional a adquirir e é

600 a 840

20,00

1 formação. Os códigos assinalados a laranja correspondem a UFCD comuns a dois ou mais referenciais, ou seja, transferíveis entre referenciais de

4. Desenvolvimento das Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD) - Formação Tecnológica
4. Desenvolvimento das Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD) - Formação Tecnológica

4. Desenvolvimento das Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD) - Formação Tecnológica

4437

Clima ­ fatores e caracterização

Carga 25 horas horária

Objetivo(s)

Identificar Reconhecer as a condições importância climáticas do clima mais como adequadas fator natural a cada de produção. espécie vegetal.Objetivo(s) Objetivo(s)

Conteúdos

Atmosfera Composição Elementos Temperatura Constituintes do clima do ar
Atmosfera Composição
Elementos Temperatura Constituintes do clima do ar

- ­ ­ Aquecimento Medições Variações e da determinações e temperatura arrefecimento mais da frequentes atmosfera

Humidadetemperatura arrefecimento mais da frequentes atmosfera - ­ Humidade Ciclo da água do ar - Nuvens

- ­ Humidade Ciclo da água do ar

- Nuvens e nevoeiro

­ - ­ Tipos Formação Nebulosidade de nuvens e insolação

­ Precipitação

­ ­ Formas Tipos de de precipitação precipitação

Pressão Noção atmosférica­ ­ Formas Tipos de de precipitação precipitação ­ ­ ­ Circulação Variação geral da atmosfera

­

­ ­ Circulação Variação geral da atmosfera

­ - Vento Movimento do ar nas superfícies frontais

Caracterização Microclima climática regional e nacional Microclima climática regional e nacional

- ­ Importância Significado

Caracterização Clima de Portugal do Continental clima da região Clima de Portugal do Continental clima da região
Caracterização Clima de Portugal do Continental clima da região

4382 Objetivo(s) Solos Carga horária 25 horas Conhecer os constituintes do solo. Identificar Identificar Analisar

4382

Objetivo(s)

4382 Objetivo(s) Solos Carga horária 25 horas Conhecer os constituintes do solo. Identificar Identificar Analisar

Solos

Carga horária

25 horas

Conhecer os constituintes do solo.Identificar Identificar Analisar as a os principais ação processos da erosão propriedades mais acelerada

Identificar Identificar Analisar as a os principais ação processos da erosão propriedades mais acelerada adequados do na Analisar as a os principais ação processos da erosão propriedades mais acelerada adequados do na Analisar as a os principais ação processos da erosão propriedades mais acelerada adequados do na solo. de destruição conservação dos solos do solo e justificar nas suas a diferentes importância utilizações. do seu controlo.
conservação dos solos do solo e justificar nas suas a diferentes importância utilizações. do seu controlo.

Conteúdos

Origem Factores e formação de formação do solo do solo Constituição Perfil do solo do solo Ar Água Matéria Fracção orgânica mineral Caracterização Propriedades Propriedades do físicas químicas solo (textura, (absorção estrutura, iónica, porosidade) reacção) Gestão Propriedades do solo biológicas (mineralização, humificação) Erosão Controlo eólica da erosão e erosão hídrica Classificação Cartas Cartas de de solos capacidade do solo de uso do solo

4383

Nutrição vegetal e fertilidade

Carga horária

25 horas

 

Classificar Conhecer a os função fatores dos inerentes nutrientes ao vegetais. crescimento vegetal. Conhecer a os função fatores dos inerentes nutrientes ao vegetais. crescimento vegetal. Conhecer a os função fatores dos inerentes nutrientes ao vegetais. crescimento vegetal.

Objetivo(s)

causa Executar Avaliar e das a fertilidade a condições fertilização de ambientais. de um um solo. solo em função da avaliação da sua fertilidade, das exigências das plantas em

de ambientais. de um um solo. solo em função da avaliação da sua fertilidade, das exigências
de ambientais. de um um solo. solo em função da avaliação da sua fertilidade, das exigências

Conteúdos

Crescimento Factores Leis do crescimento de vegetal crescimento vegetal vegetal Noções Fertilidade de dos nutrição solos vegetal Fertilizantes Correctivos Adubos Fertilização e poluição

0349

Ambiente, básicos Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho ­ conceitos

Carga horária

25 horas

 

Identificar os principais problemas ambientais. 

Reconhecer Explicar Promover os a conceitos aplicação a importância relacionados de boas da segurança, práticas com para a higiene segurança, o meio e saúde ambiente. higiene no trabalho. e saúde no trabalho.   Identificar os principais problemas ambientais. Objetivo(s) prevenção Identificar Identificar e os as   Identificar os principais problemas ambientais. Objetivo(s) prevenção Identificar Identificar e os as   Identificar os principais problemas ambientais. Objetivo(s) prevenção Identificar Identificar e os as

Objetivo(s)

prevenção Identificar Identificar e os as proteção principais obrigações adequadas. riscos do empregador presentes no e do local trabalhador de trabalho de e acordo na atividade com a profissional legislação em e aplicar vigor. as medidas de

Reconhecer Explicar a importância a sinalização dos de equipamentos segurança e de saúde proteção coletiva e de proteção individual.de trabalho de e acordo na atividade com a profissional legislação em e aplicar vigor. as de trabalho de e acordo na atividade com a profissional legislação em e aplicar vigor. as

a importância a sinalização dos de equipamentos segurança e de saúde proteção coletiva e de proteção
a importância a sinalização dos de equipamentos segurança e de saúde proteção coletiva e de proteção
 

Conteúdos

AMBIENTE Principais Resíduos problemas ambientais da atualidade ­ ­ Produção Definição de resíduos Gestão
AMBIENTE Principais Resíduos problemas ambientais da atualidade ­ ­ Produção Definição de resíduos Gestão

AMBIENTE Principais Resíduos problemas ambientais da atualidade Resíduos problemas ambientais da atualidade

­ ­ Produção Definição de resíduos

da atualidade ­ ­ Produção Definição de resíduos Gestão Entidades Estratégias de resíduos gestoras de

Gestão Entidades Estratégias de resíduos gestoras de atuação de fluxos específicos de resíduos

­

­

­ Boas práticas para o meio ambiente

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO CONCEITOS Trabalho, saúde, BÁSICOS segurança RELACIONADOS no trabalho, COM higiene A SHST no trabalho, saúde no trabalho, medicina no trabalho, ergonomia,

saúde no trabalho, medicina no trabalho, ergonomia, ­ ENQUADRAMENTO psicossociologia do trabalho, LEGISLATIVO

­

ENQUADRAMENTO psicossociologia do trabalho, LEGISLATIVO acidente NACIONAL de trabalho, DA doença SHST profissional, perigo, risco profissional, avaliação de riscos e prevenção ENQUADRAMENTO psicossociologia do trabalho, LEGISLATIVO acidente NACIONAL de trabalho, DA doença SHST

ACIDENTES ­ Obrigações DE gerais TRABALHO do empregador e do trabalhador ACIDENTES ­ Obrigações DE gerais TRABALHO

- Conceito de acidente de trabalho

­ - Consequências Causas dos acidentes dos acidentes de trabalho de trabalho

DOENÇAS - Custos diretos PROFISSIONAIS e indiretos dos acidentes de trabalho DOENÇAS - Custos diretos PROFISSIONAIS

PRINCIPAIS ­ Principais RISCOS doenças PROFISSIONAIS profissionais PRINCIPAIS ­ Principais RISCOS doenças PROFISSIONAIS

- Conceito

­ Riscos biológicos

- ­ Vias Agentes de entrada biológicos no organismo

­ ­ ­ Ambiente Medidas Riscos Físicos de térmico prevenção (conceito, e proteção efeitos sobre a saúde, medidas de prevenção e proteção)

­ ­ ­ Ruído Iluminação Radiações (ionizantes e não ionizantes)

­ ­ Riscos Vibrações químicos

­ ­ ­ Classificação Produtos Vias de exposição químicos dos agentes perigosos químicos quanto à sua forma

­ ­ ­ Efeitos Classificação, Medidas na de saúde prevenção rotulagem e e proteção armazenagem

­ Riscos de incêndio ou explosão

­ O fogo como reação química

­ ­ - Fenomenologia Principais Classes de fontes Fogos da de combustão energia de ativação

­ Métodos de extinção

­ Meios de primeira intervenção ­ extintores

­ - Escolha Classificação do agente dos Extintores extintor

­ Riscos Efeitos Riscos elétricos de da contacto corrente elétrica com a corrente sobre o elétrica: corpo humano contatos diretos e indiretos

­

­

­ Medidas de prevenção e proteção

­ Riscos Trabalho Movimentação mecânicos com máquinas mecânica e de equipamentos cargas

­ - Riscos Riscos Movimentação ergonómicos psicossociais manual de cargas

­

­

­

SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDEergonómicos psicossociais manual de cargas ­ ­ ­ - ­ Tipos Conceito de sinalização EQUIPAMENTOS

- ­ Tipos Conceito de sinalização

EQUIPAMENTOS Principais tipos DE de proteção PROTEÇÃO coletiva COLETIVA e de proteção E DE PROTEÇÃO individual INDIVIDUALSEGURANÇA E SAÚDE - ­ Tipos Conceito de sinalização ­ REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de

­

4385 Máquinas e equipamentos de jardinagem Carga horária 50 horas Objetivo(s) normas Utilizar de

4385

4385 Máquinas e equipamentos de jardinagem Carga horária 50 horas Objetivo(s) normas Utilizar de

Máquinas e equipamentos de jardinagem

Máquinas e equipamentos de jardinagem
Carga horária

Carga horária

50

horas

Objetivo(s)

normas Utilizar de equipamentos, saúde e segurança. ferramentas e utensílios de jardinagem segundo a situação em causa, com as devidas

equipamentos, saúde e segurança. ferramentas e utensílios de jardinagem segundo a situação em causa, com as

saúde Trabalhar e segurança. com máquinas motorizadas utilizadas no âmbito dos espaços verdes de acordo com as normas de

Trabalhar e segurança. com máquinas motorizadas utilizadas no âmbito dos espaços verdes de acordo com as

Conteúdos

Equipamentos, De trabalho do ferramentas solo e utensílios de jardim De De plantação poda Máquinas De aplicação motorizadas de produtos fitofarmacêuticos Motocultivador/Motoenxada Motosserra Tractor Motorroçadoura Equipamento De mobilização acoplado do solo ao tractor Fitossanitário De fertilização

do solo ao tractor Fitossanitário De fertilização 4386 Preparação do terreno ­ jardinagem Carga

4386

Preparação do terreno ­ jardinagem

Carga horária

25 horas

 
Planificar as operações de preparação do solo para instalar uma área ajardinada.

Planificar as operações de preparação do solo para instalar uma área ajardinada.

normas Realizar Seleccionar de as saúde operações os equipamentos e segurança de preparação no mais trabalho. adequados do solo, tendo à preparação em conta do as solo. características do solo e cumprindo as

no mais trabalho. adequados do solo, tendo à preparação em conta do as solo. características do
no mais trabalho. adequados do solo, tendo à preparação em conta do as solo. características do

Objetivo(s)

Conteúdos

Operações Mobilizações Desinfecção de preparação do do solo solo (lavoura, do solo gradagem, fresagem, escarificação ) Equipamento Engate Fertilização e desengate de preparação das alfaias do ao solo trator / motocultivador

das alfaias do ao solo trator / motocultivador REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
4387 Métodos de propagação de plantas Carga horária 25 horas   Seleccionar Identificar as a

4387

4387 Métodos de propagação de plantas Carga horária 25 horas   Seleccionar Identificar as a

Métodos de propagação de plantas

Métodos de propagação de plantas
Carga horária

Carga horária

25

horas

 

Seleccionar Identificar as a técnicas técnica de de propagação propagação mais de plantas. adequada a uma determina espécie de planta com interesse   

Objetivo(s)

propagação ornamental. Realizar a mais propagação adequados. de diferentes espécies com interesse ornamental, recorrendo aos métodos e técnicas de

a mais propagação adequados. de diferentes espécies com interesse ornamental, recorrendo aos métodos e técnicas de

Conteúdos

Reprodução Definição sexuada e principais características Multiplicação Sementeira Semente vegetativa (condições de êxito e principais técnicas utilizadas) Estacaria Enxertia Mergulhia Alporquia Multiplicação Divisão de tufos de bolbosas Meios Multiplicação Cultura auxiliares e multiplicação de de estolhos propagação in vitro Reguladores Hormonas de de enraizamento crescimento Bancadas de enraizamento

4388

Viveiros de plantas

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Determinar Instalar Seleccionar corretamente a o dimensão local mais um do adequado viveiro. viveiro em para Instalar Seleccionar corretamente a o dimensão local mais um do adequado viveiro. viveiro em para Instalar Seleccionar corretamente a o dimensão local mais um do adequado viveiro. viveiro em para função a instalação do número de de um plantas viveiro. que se pretende produzir.
adequado viveiro. viveiro em para função a instalação do número de de um plantas viveiro. que

Executar as operações relativas a um viveiro de jardim.adequado viveiro. viveiro em para função a instalação do número de de um plantas viveiro. que

Conteúdos

Factores Localização Edafo­climáticos condicionantes na instalação de um viveiro Organização Zona Disponibilidade Área disponível de multiplicação de um de viveiro água de rega e de electricidade Meios Substratos Zona Zona Zona auxiliares de de de crescimento pés­mãe preparação de propagação de e manutenção estacas de enraizamento Etiquetagem Abrigos Vasaria (estufas, túneis, estufins e abrigos com sombreamento)

6281

Processos aplicação de e métodos produtos de fitofarmacêuticos proteção fitossanitária e de

Carga horária

50 horas

Estimar Identificar Identificar o risco o os modo principais e o de nível ação meios económico das e diferentes métodos de ataque de classes proteção de uma de produtos das dada plantas. cultura fitofarmacêuticos. em relação a um inimigo. Interpretar Determinar as o intervalo componentes de segurança de um rótulo de um de produto Interpretar Determinar as o intervalo componentes de segurança de um rótulo de um de produto Interpretar Determinar as o intervalo componentes de segurança de um rótulo de um de produto

Interpretar Determinar as o intervalo componentes de segurança de um rótulo de um de produto uma embalagem fitofarmacêutico. de produto fitofarmacêutico. cultura fitofarmacêuticos. em relação a um inimigo. Efetuar o cálculo de doses, concentrações e volumes de cultura fitofarmacêuticos. em relação a um inimigo. Efetuar o cálculo de doses, concentrações e volumes de

Efetuar o cálculo de doses, concentrações e volumes de calda.componentes de segurança de um rótulo de um de produto uma embalagem fitofarmacêutico. de produto fitofarmacêutico.

Objetivo(s) Efetuar a proteção fitossanitária das culturas, conduzindo, operando e regulando as máquinas de
Objetivo(s) Efetuar a proteção fitossanitária das culturas, conduzindo, operando e regulando as máquinas de

Objetivo(s)

Efetuar a proteção fitossanitária das culturas, conduzindo, operando e regulando as máquinas de aplicação,

Efetuar a proteção fitossanitária das culturas, conduzindo, operando e regulando as máquinas de aplicação,

para tendo Aplicar o em ambiente, os atenção procedimentos para os princípios as espécies para de minimizar proteção e organismos o integrada. risco não na visados utilização e de para produtos o consumidor. fitofarmacêuticos para o aplicador,

o integrada. risco não na visados utilização e de para produtos o consumidor. fitofarmacêuticos para o

fitofarmacêuticos. Regular, Enumerar calibrar os procedimentos e proceder à para manutenção armazenar das e transportar máquinas de em tratamento segurança e pequenas proteção das quantidades plantas. de produtos

das e transportar máquinas de em tratamento segurança e pequenas proteção das quantidades plantas. de produtos
das e transportar máquinas de em tratamento segurança e pequenas proteção das quantidades plantas. de produtos

Conteúdos

Meios Luta de biológica, proteção cultural, das culturas genética, – controlo biotécnica de doenças, e química pragas e infestantes Protecção Legislação Evolução integrada da específica proteção das plantas Tomada Nível Estimativa Principios económico de gerais de decisão risco de de e ataque proteção modelos (NEA) integrada de previsão Registo Luta química dos tratamentos – seleção de realizados produtos (caderno de campo) Produção Principios integrada da PRODI Agricultura Regulamentação Principais Estratégia biológica técnicas de produção e de registos produção Regulamento Principios gerais comunitário relativo à Agricultura Biológica Produtos Modos Classificação Definição fitofarmacêuticos de de ação produto química fitofarmacêutico (PF) Sistemas Formulação regulamentares dos produtos fitofarmacêuticos Produtos Homologação ilegais dos – sua PF identificação Outra Gestão Distribuição, legislação de resíduos venda aplicável e de aplicação embalagens ou complementar e excedentes Segurança Informação Simbolos Aspetos na toxicológicos toxicológicos e utilização leitura do de inerentes rótulo e produtos ecotoxicológicos à manipulação fitofarmacêuticos e aplicação dos produtos fitofarmacêuticos Sintomas Relação Equipamento entre de intoxicação de o EPI proteção e as com diferentes individual produtos características (EPI) fitofarmacêuticos dos produtos fitofarmacêuticos Redução Verificação Cuidados do risco com das a no condições preparação manuseamento de da trabalho, calda e aplicação condições de produtos atmosféricas, fitofarmacêuticos material de aplicação a utilizar, leitura do rótulo Noção Utilização de dose do EPI e concentração da calda Redução Impacte do no risco ambiente para o do ambiente, uso de PF espécies e organismos não visados Riscos Prepração para da as calda espécies e organismos não visados resultantes da aplicação dos PF Redução Eliminação Lavagem Gestão do de risco do embalagens de equipamento excedente para o consumidor de da de produtos calda aplicação obsoletos Noção Limite Intervalo máximo de de resíduo segurança de resíduo Exposição Controlo de do resíduos consumidor e cumprimento das indicações do rótulo Máquinas Tipos, constituição de aplicação e – funcionamento pulverizadores, atomizadores e polvilhadores Equipamentos Critério para a seleção combinados das máquinas de mobilização, sementeira e tratamento fitossanitário Engate Inspeção Técnicas das de dos máquinas calibração equipamentos ao e trator regulação e verificação e regulações das máquinas do comuns estado de de aplicação funcionamento Limpeza, conservação e manutenção do material de aplicação

Preparação Cálculo Preparação de da doses, da calda calda concentrações e técnicas de aplicação e
Preparação Cálculo Preparação de da doses, da calda calda concentrações e técnicas de aplicação e

Preparação Cálculo Preparação de da doses, da calda calda concentrações e técnicas de aplicação e volumes de calda com herbicidas, inseticidas, fungicidas e outros PF Técnicas Arrastamento Cuidados Eliminação de com de aplicação da excedentes o equipamento calda e de após embalagens a aplicação Armazenamento Condições Perigos e segurança e características e transporte durante de dos o pequenas armazenamento locais de quantidades armazenamento e sinalização de PF de PF Acidentes Perigos Prevenção com e segurança de PF acidentes no transporte de pequenas quantidades de PF Boas Acidentes Medidas práticas de de de primeiros trabalho segurança socorros e saúde na aplicação de produtos fitofarmacêuticos

4390

Poda e topiária

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Executar Executar um as diferentes elemento operações de topiária. de poda na altura adequada e consoante o tipo de poda a efetuar. Objetivo(s)
um as diferentes elemento operações de topiária. de poda na altura adequada e consoante o tipo

Conteúdos

Poda Definição Classificação Tipos Objectivos de cortes de gomos e ramos Épocas Tipos de de poda poda Topiária Definição Objectivos Espécies utilizadas

4157

Rega e drenagem

Carga horária

25 horas

Objetivo(s)

terreno Selecionar e da água o sistema a utilizar. de rega, o débito e os intervalos de rega adequados às características da cultura, do

e da água o sistema a utilizar. de rega, o débito e os intervalos de rega

terreno. Reconhecer a necessidade da drenagem e selecionar o sistema adequado à cultura e às características do

terreno. Reconhecer a necessidade da drenagem e selecionar o sistema adequado à cultura e às características

Conteúdos

Rega Finalidades da rega

às características do Conteúdos Rega Finalidades da rega Sistemas Rega Rega mecânica por de gravidade: rega

Sistemas Rega Rega mecânica por de gravidade: rega canteiros, sulcos, escorrimento superficial e caldeiras

-

­

Origem Rega por e qualidade aspersão: da gota água a gota e fertirrigação Drenagem Unidades Dotações hidráulicas de rega e sua distribuição Finalidade Sistemas Manutenção e da técnicas dos drenagem sistemas de drenagem de rega e drenagem

­

­

­

­

sistemas de drenagem de rega e drenagem ­ ­ ­ ­ REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a
4392 Objetivo(s) Relvados Carga horária 50 horas Conhecer Manter um as relvado. operações de instalação

4392

Objetivo(s)

4392 Objetivo(s) Relvados Carga horária 50 horas Conhecer Manter um as relvado. operações de instalação de

Relvados

Carga horária

50 horas

Conhecer Manter um as relvado. operações de instalação de um relvado semeado, plantado e de tapete. Manter um as relvado. operações de instalação de um relvado semeado, plantado e de tapete.
Conhecer Manter um as relvado. operações de instalação de um relvado semeado, plantado e de tapete.

Reconhecer coberturas alternativas aos relvados.Conhecer Manter um as relvado. operações de instalação de um relvado semeado, plantado e de tapete.

Conteúdos

Características do local a instalar o relvado Instalação Espécies Nivelamento Limpeza de do do sementes relvado terreno por mais sementeira, utilizadas plantação em relvados e tapete Sistema Drenagem de rega Adubação Correcção de do fundo solo Manutenção Cuidados Rega Sementeira Mobilização a ter do / após do relvado Plantação terreno a instalação / Colocação do relvado de tapetes Adubação Corte Aerificação Escarificação Rolagem Coberturas Controlo vegetais de infestantes, alternativas musgos, aos pragas relvados e doenças mais adaptatadas ao clima mediterrânico

4393

Topografia aplicada à jardinagem

Carga horária

25 horas

Objetivo(s)

Interpretar Transformar o relevo distâncias com gráficas base numa em distâncias carta topográfica. reais, ou vice­versa, utilizando a escala. Efectuar Orientar-se no no terreno terreno. um alinhamento, o traçado de um ângulo reto e
relevo distâncias com gráficas base numa em distâncias carta topográfica. reais, ou vice­versa, utilizando a escala.

Efectuar Orientar-se no no terreno terreno. um alinhamento, o traçado de um ângulo reto e a Orientar-se no no terreno terreno. um alinhamento, o traçado de um ângulo reto e a Orientar-se no no terreno terreno. um alinhamento, o traçado de um ângulo reto e a medição de um desnível.

Conteúdos

Cartografia Representação do terreno

Conteúdos Cartografia Representação do terreno - - - Planimetria Escala Altimetria ­ ­ Método Método

- - - Planimetria Escala Altimetria

­ ­ Método Método das dos curvas pontos de cotados nível

­ Método Método das dos curvas pontos de cotados nível ­ Problemas Determinação Determinação relacionados da

­ Problemas Determinação Determinação relacionados da do cota declive com de do um a terreno representação ponto do num terreno, ponto do cuja terreno projeção horizontal está situada entre duas curvas de nível

­

­

Medição Traçado de áreas do perfil na carta dum terreno segundo uma diretriz definida na carta

­

­ Métodos Método Método geométricos dos da decomposição trapézios em figuras parcelares

­ Método Método mecânico de Simpson

­

­

­

­ Planímetro

Fotografia Alinhamentos aérea Orientação Pela Pelo bússola Sol
Fotografia Alinhamentos aérea
Orientação Pela Pelo bússola Sol
4394 História de arte de jardins Carga horária 50 horas   longo Sistematizar dos tempos.

4394

4394 História de arte de jardins Carga horária 50 horas   longo Sistematizar dos tempos. as

História de arte de jardins

História de arte de jardins
Carga horária

Carga horária

50

horas

 

longo Sistematizar dos tempos. as principais características das várias correntes estéticas em Arquitetura, Pintura e Escultura ao

dos tempos. as principais características das várias correntes estéticas em Arquitetura, Pintura e Escultura ao

Objetivo(s)

Tomar Identificar conhecimento os diferentes das estilos características de jardim no gerais contexto das artes da história decorativas de arte. em Portugal. Objetivo(s) Objetivo(s)

Tomar conhecimento das características dos jardins em Portugal.das estilos características de jardim no gerais contexto das artes da história decorativas de arte. em

Conteúdos

História A As arte artes de desde Arte decorativas Geral a pré­história em Portugal até ao séc.XX História Origens de Arte de Jardins Civilizações Civilizações Civilizações Século XVIII centrais orientais ocidentais Século Século XIX XX

Portugal - - O A quinta jardim de em recreio Portugal (tipologias e atributos)

jardim de em recreio Portugal (tipologias e atributos) ­ As regiões Recuperação de jardins históricos 4395

­ As regiões

Recuperação de jardins históricos

4395

Manutenção de espaços verdes

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Objetivo(s) Executar qualquer operação de manutenção de uma zona verde em função da sua necessidade.

Executar qualquer operação de manutenção de uma zona verde em função da sua necessidade.

Conteúdos

Limpezasde uma zona verde em função da sua necessidade. Conteúdos Fertilizações Sachas e Mondas Sementeiras Regas

Fertilizações Sachas e Mondas Sachas e Mondas Sachas e Mondas

Sementeiras Regas e plantações Regas e plantações Regas e plantações

Tratamentos Outras Podas operações fitossanitários Podas operações fitossanitários Podas operações fitossanitários
Tratamentos Outras Podas operações fitossanitários

4396 Análise da paisagem Carga horária 25 horas   Reconhecer as diferentes tipologias de paisagem.

4396

4396 Análise da paisagem Carga horária 25 horas   Reconhecer as diferentes tipologias de paisagem.

Análise da paisagem

Análise da paisagem
Carga horária

Carga horária

25

horas

 

Reconhecer as diferentes tipologias de paisagem. 

Objetivo(s)

Justificar Prever sobre a importância as consequências do espaço da verde ação do de Homem intervenção na rutura no seu do contexto equilíbrio nacional, natural. regional e local.Objetivo(s) Objetivo(s)

Conteúdos

Paisagem rural / paisagem urbana Paisagem Unidades de segundo paisagem gradiente de humanização Ambiente Importância e espaços e valor verdes no passado Importância Atualidade atual no urbanismo Realidade Generalidades Estudo de nacional casos sobre ecossistemas naturais Desequilíbrios A região, subsistema nacionais do sistema

4397

Plantas ornamentais - jardinagem

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Conhecer Seleccionar Identificar espécies as as características espécies arbóreas, adequadas das arbustivas espécies à instalação e identificadas herbáceas de um de com jardim jardim. vista ou à espaço sua utilização. verde. Objetivo(s) Objetivo(s)
à instalação e identificadas herbáceas de um de com jardim jardim. vista ou à espaço sua

Conteúdos

Identificação Família botânica de árvores, arbustos e herbáceas no que respeita a:

Nome Origem científico e vulgar Características Tipo de flor e fruto morfológicas Modo Tipo Sua utilização de de solo propagação e clima Plantas semelhantes

4398 Implantação de espaços verdes Carga horária 50 horas Objetivo(s) segundo Identificar as normas

4398

4398 Implantação de espaços verdes Carga horária 50 horas Objetivo(s) segundo Identificar as normas

Implantação de espaços verdes

Implantação de espaços verdes
Carga horária

Carga horária

50

horas

Objetivo(s)

segundo Identificar as normas e executar de qualidade. as diferentes operações de implantação de espaços verdes Identificar as normas e executar de qualidade. as diferentes operações de implantação de espaços verdes na sequência apropriada e

Conteúdos

Técnicas Demarcação básicas e de preparação implantação de projetos de arquitetura paisagista Limpeza Medições Avaliação do local (considerações práticas e estéticas) Modelação Implantação Planimetria do do terreno projecto Curvas Linhas e e rectas círculos Rega Materiais e drenagem Fertilização Material vegetal do solo Pavimentos Implantação Materiais Estruturas Técnicas Muros de suporte Pérgolas Escadas Canteiros Floreiras (delimitação) Mosaicocultura Sistemas de qualidade

4399

Mobiliário e equipamento de jardim

Carga horária

25 horas

Objetivo(s)

segurança. Identificar mobiliário e equipamento de jardim segundo critérios estéticos, de funcionalidade e normas deObjetivo(s)

Conteúdos

Generalidadesestéticos, de funcionalidade e normas de Conteúdos Equipamento Mobiliário urbano desportivo Outro

Equipamento Mobiliário urbano desportivo Mobiliário urbano desportivo Mobiliário urbano desportivo

Outro Equipamento tipo de equipamento infantilGeneralidades Equipamento Mobiliário urbano desportivo REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e Generalidades Equipamento Mobiliário urbano desportivo REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e

4400 Materiais e técnicas de construção aplicados à jardinagem Carga horária 50 horas Objetivo(s)

4400

4400 Materiais e técnicas de construção aplicados à jardinagem Carga horária 50 horas Objetivo(s)

Materiais e técnicas de construção aplicados à jardinagem

Materiais e técnicas de construção aplicados à jardinagem
Carga horária

Carga horária

50

horas

Objetivo(s)

Executar Dominar conhecimentos construções básicas básicos utilizando sobre estruturas técnicas adequadas. de jardim.Objetivo(s) Objetivo(s)

Conteúdos

Fundações Materiais Materiais Materiais

Paredes Pavimentos e murosadequadas. de jardim. Conteúdos Fundações Materiais Escadas Pérgolas Vedações Tanques, Abrigos Estruturas adequadas. de jardim. Conteúdos Fundações Materiais Escadas Pérgolas Vedações Tanques, Abrigos Estruturas

Escadas Pérgolas Vedações Pérgolas Vedações Pérgolas Vedações
Escadas Pérgolas Vedações

Tanques, Abrigos Estruturas fontes de madeira e lagos Paredes Pavimentos e muros Escadas Pérgolas Vedações Portões 4401 Legislação paisagístico ­ espaços Paredes Pavimentos e muros Escadas Pérgolas Vedações Portões 4401 Legislação paisagístico ­ espaços
Tanques, Abrigos Estruturas fontes de madeira e lagos

PortõesTanques, Abrigos Estruturas fontes de madeira e lagos 4401 Legislação paisagístico ­ espaços verdes e

4401

Legislação paisagístico ­ espaços verdes e conservação do património

Carga horária

25 horas

 

Reconhecer Tomar conhecimento a importância da legislação da legislação reguladora referente de à atividades conservação relacionadas e salvaguarda com Jardinagem, do Património Espaços Paisagístico. Verdes e    

Objetivo(s)

Conservação Actuar Actuar perante mediante do Património casos situações de proliferação Paisagístico. ilegais que de ponham plantas em invasoras. causa a conservação do património.

de proliferação Paisagístico. ilegais que de ponham plantas em invasoras. causa a conservação do património.
de proliferação Paisagístico. ilegais que de ponham plantas em invasoras. causa a conservação do património.
Actuar segundo as diretrizes específicas dos planos de Ordenamento do Território.

Actuar segundo as diretrizes específicas dos planos de Ordenamento do Território.

Conteúdos

Economia O sistema Funcionamento As O mundo variáveis fiscal do micro trabalho: português e macro­económicas emprego e desemprego que influem no mercado de trabalho Área Definições Os jurídico­administrativa principais impostos Formas Alcance de pagamento Formas Revisão de de adjudicação preços de empreitadas Formalização Propostas de contratos Legislação Definição Espécies de aplicável protegidas trabalhos à conservação a realizar e salvaguarda do Património Paisagístico Introdução Espécies aos invasoras instrumentos de Ordenamento do Território

4402 Empresa de jardinagem Carga horária 50 horas   jardinagem. Utilizar Identificar os o instrumentos

4402

4402 Empresa de jardinagem Carga horária 50 horas   jardinagem. Utilizar Identificar os o instrumentos

Empresa de jardinagem

Empresa de jardinagem
Carga horária

Carga horária

50

horas

 

jardinagem. Utilizar Identificar os o instrumentos processo legal de análise necessário de gestão à constituição comercial de no uma funcionamento empresa de e jardinagem. organização de uma empresa de

de gestão à constituição comercial de no uma funcionamento empresa de e jardinagem. organização de uma
de gestão à constituição comercial de no uma funcionamento empresa de e jardinagem. organização de uma

Objetivo(s)

responsabilidade. Coordenar equipas de trabalho, assegurando a sua motivação, o cumprimento de normas e o nível de

responsabilidade. Coordenar equipas de trabalho, assegurando a sua motivação, o cumprimento de normas e o nível

Conteúdos

jardinagem Perspectivas Situação actual no contexto nacional

constituição empresa Instituições/entidades Etapas a de percorrer de jardinagem uma na empresa intervenientes constituição de jardinagem de uma empresa Tipos Definição de empresas Plano Organização comercial Estruturas Mercado de mercado Documentação Noções Clientes gerais de comercial Contabilidade utilizada na relação empresa ­ empresa Património Bens Direitos Activo e obrigações Passivo Inventário Capital Balanço próprio Organizar Clarificar e acompanhar as regras do o jogo trabalho de equipa Como Comunicar definir com as funções eficácia de cada pessoa

gestão Natureza de conflitos Delegação Forma Atitudes de nos tarefas conflitos Manter Principais Aspectos a motivação importantes obstáculos entre de os delegação colaboradores bem sucedida Principais Desenvolver teorias uma e ética formas de motivação Ser Saber coerente emitir sinais de reconhecimento positivo

4403

Medições e orçamentação ­ espaços verdes

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Objetivo(s) Elaborar um mapa de custos detalhado por operações, bem como um orçamento.

Elaborar um mapa de custos detalhado por operações, bem como um orçamento.

Conteúdos

Mapa Quadros de de custos pessoal Definição Mapa de medição de trabalhos e orçamento a
Mapa Quadros de de custos pessoal Definição Mapa de medição de trabalhos e orçamento a
Mapa Quadros de de custos pessoal Definição Mapa de medição de trabalhos e orçamento a
Mapa Quadros de de custos pessoal Definição Mapa de medição de trabalhos e orçamento a

Mapa Quadros de de custos pessoal

Definição Mapa de medição de trabalhos e orçamento a realizar

Trabalhos de conservação e manutenção de espaços verdes

Trabalhos de conservação e manutenção de espaços verdes

A qualidade na conservação de espaços verdes

A

qualidade na conservação de espaços verdes

4404 Metodologia projectual aplicada à Jardinagem Carga horária 50 horas Objetivo(s) Interpretar

4404

4404 Metodologia projectual aplicada à Jardinagem Carga horária 50 horas Objetivo(s) Interpretar

Metodologia projectual aplicada à Jardinagem

Metodologia projectual aplicada à Jardinagem
Carga horária

Carga horária

50

horas

Objetivo(s)

Interpretar Aplicar a metodologia projetos,peças para desenhadas a implantação e outras de um especificações projeto no terreno. técnicas. Objetivo(s)
metodologia projetos,peças para desenhadas a implantação e outras de um especificações projeto no terreno. técnicas.

Conteúdos

A conceção de um jardimespecificações projeto no terreno. técnicas. Conteúdos Localização Esquemas básicos do material vegetal Análise

Localização Esquemas básicos do material vegetalno terreno. técnicas. Conteúdos A conceção de um jardim Análise Gestão Estruturas e de recuperação de no terreno. técnicas. Conteúdos A conceção de um jardim Análise Gestão Estruturas e de recuperação de

Análise Gestão Estruturas e de recuperação de um suporte projeto de de arquitetura espaços verdes paisagista Estruturas e de recuperação de um suporte projeto de de arquitetura espaços verdes paisagista Estruturas e de recuperação de um suporte projeto de de arquitetura espaços verdes paisagista
Análise Gestão Estruturas e de recuperação de um suporte projeto de de arquitetura espaços verdes paisagista

Cronogramas de trabalhoprojeto de de arquitetura espaços verdes paisagista 4405 Manutenção equipamentos e reparação de

4405

Manutenção equipamentos e reparação de elementos construídos e

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Identificar Proceder à técnicas manutenção de manutenção e reparação e conservação dos vários constituintes de instalações do jardim. e equipamentos de jardinagem. Objetivo(s)
e reparação e conservação dos vários constituintes de instalações do jardim. e equipamentos de jardinagem.

Conteúdos

Manutenção Outros Cimentos Estruturas materiais geral e de tijolos madeira Manutenção Outros Cimentos Estruturas materiais geral Manutenção Manutenção Manutenção de dos e reparação Manutenção Manutenção Manutenção de dos e reparação estufas sistemas e do outros de mobiliário rega abrigos e de urbano drenagem Reparação de equipamento de jardinagem

4406

Elementos técnicas visuais da linguagem plástica ­ instrumentos e

Carga horária

25 horas

Objetivo(s)

Distinguir Utilizar os os meios diferentes disponibilizados meios, instrumentos em novas situações. e técnicas de expressão gráfica não rigorosa. Objetivo(s)
diferentes disponibilizados meios, instrumentos em novas situações. e técnicas de expressão gráfica não rigorosa.

Conteúdos

Conceitos e domínios da linguagem plástica

Tipos Movimento, Ponto, de linha, linhas ritmo plano – curvas, e e dinâmica superfície retas, paralelas e perpendiculares Estudo Espaços da cor envolventes e figura/fundo; positivo/negativo Qualidade Síntese aditiva da cor; e subtractiva tom, saturação e luminosidade Harmonia cromática; contraste

A A cor cor e e os o meio elementos ambiente do campo visual

Forma/Função Simbologia da cor

Estrutura; configuração; textura; resistência

A cor; forma natural e o meio ambiente

4407 Desenho ­ expressão rigorosa e não rigorosa Carga horária 25 horas   Distinguir diferentes

4407

4407 Desenho ­ expressão rigorosa e não rigorosa Carga horária 25 horas   Distinguir diferentes

Desenho ­ expressão rigorosa e não rigorosa

Desenho ­ expressão rigorosa e não rigorosa
Carga horária

Carga horária

25

horas

 

Distinguir diferentes tipos de desenho. 

Objetivo(s)

Distinguir Utilizar critérios e utilizar de corretamente rigor gráfico relativos vocabulário à normalização. específico adequado a cada tipo de desenho.Objetivo(s) Objetivo(s)

Conteúdos

Esboços Normalizações e desenho de expressão rigorosa e não rigorosa Equipamentos Tipos Meios e de formatos registo e instrumentos e de suporte papel; dobragem de desenho de papel Tipos Legendas, de linhas esquadrias e sua utilização; letras e algarismos convenções no gráficas desenho

4408

Desenho ­ construções geométricas

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Distinguir Utilizar os e meios utilizar de as registo técnicas e os adequadas suportes adequados. aos Utilizar os e meios utilizar de as registo técnicas e os adequadas suportes adequados. aos traçados geométricos. Distinguir Utilizar os e meios utilizar de as registo técnicas e os adequadas suportes adequados.

Aplicar as normas e convenções gráficas para traçados geométricos.os e meios utilizar de as registo técnicas e os adequadas suportes adequados. aos traçados geométricos.

Conteúdos

Divisão Tipos Paralelismo Linhas de de linhas retas, segmentos e curvas, perpendicularidade de verticais, recta horizontais e oblíquas Ângulos Igualdade e divisão; bissectriz Polígonos Triângulos Circunferência Concordâncias; Quadriláteros e retas círculo; com divisão curvas da e circunferência entre curvas em n partes iguais Arcos; Oval e Óvulo principais tipos de arcos Cónicas: Escalas elipse, parábola e hipérbole

4409 Objetivo(s) Desenho e geometria descritiva Carga horária 50 horas construtivos Representar Identificar

4409

Objetivo(s)

4409 Objetivo(s) Desenho e geometria descritiva Carga horária 50 horas construtivos Representar Identificar

Desenho e geometria descritiva

Desenho e geometria descritiva
Carga horária

Carga horária

50

horas

construtivos Representar Identificar adequados. as no formas plano geométricas (bidimensional) básicas, formas no bi espaço e Representar Identificar adequados. as no formas plano geométricas (bidimensional) básicas, formas no bi espaço e tridimensionais tridimensional. existentes no espaço, aplicando os processos

Aplicar normas, métodos, convenções e regras do desenho rigoroso.básicas, formas no bi espaço e tridimensionais tridimensional. existentes no espaço, aplicando os processos

existentes no espaço, aplicando os processos Aplicar normas, métodos, convenções e regras do desenho rigoroso.

Conteúdos

Representação Sistemas de projecção; do ponto, representação da reta e do plano diédrica (referência àtriédrica) convenções e regras do desenho rigoroso. Conteúdos Figuras Posição geométricas relativa aos planos planas de
Representação Sistemas de projecção; do ponto, representação da reta e do plano diédrica (referência àtriédrica)

Figuras Posição geométricas relativa aos planos planas de I (em projecção planos paralelos aos planos de projecção)da reta e do plano diédrica (referência àtriédrica) Sólidos Figuras Sólidos II I geométricas (com (com da reta e do plano diédrica (referência àtriédrica) Sólidos Figuras Sólidos II I geométricas (com (com

Sólidos Figuras Sólidos II I geométricas (com (com bases bases planas paralelas em planos II (em aos projectantes) planos planos projectantes) de projecção) (em projecção planos paralelos aos planos de projecção) Representação Representação Axonométrica triédrica de (em projecção planos paralelos aos planos de projecção) Representação Representação Axonométrica triédrica de
(com (com bases bases planas paralelas em planos II (em aos projectantes) planos planos projectantes) de

Representação Representação Axonométrica triédrica de formas ortogonal (abordagem) e oblíqua normalizada de formas bi e tridimensionais (simples e compostas)projectantes) planos planos projectantes) de projecção) 4410 Perspetiva cónica Carga horária 25 horas projectantes) planos planos projectantes) de projecção) 4410 Perspetiva cónica Carga horária 25 horas

4410

Perspetiva cónica

Carga horária

25 horas

Objetivo(s)

de Representar fuga. no plano (bidimensional) formas bi e tridimensionais em perspetiva cónica com um e dois pontos

de Representar fuga. no plano (bidimensional) formas bi e tridimensionais em perspetiva cónica com um e
Utilizar códigos de representação que possam ser desenvolvidos através de CAD.

Utilizar códigos de representação que possam ser desenvolvidos através de CAD.

Conteúdos

Organização do espaço; perspectógrafoque possam ser desenvolvidos através de CAD. Conteúdos Representação Elementos fundamentais de formas – simples

Representação Elementos fundamentais de formas – simples Quadro; bi Geometral; e tridimensionais Linha do em Horizonte; perspetiva Plano cónica do Horizonte; com recurso Linha a planta de Terra e alçados dos objectosCAD. Conteúdos Organização do espaço; perspectógrafo 4411 CAD 2D ­ jardinagem e espaços verdes Carga CAD. Conteúdos Organização do espaço; perspectógrafo 4411 CAD 2D ­ jardinagem e espaços verdes Carga

4411

CAD 2D ­ jardinagem e espaços verdes

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Executar Utilizar as representações ferramentas básicas gráficas do a programa 2D baseadas CAD. em esboços / desenhos previamente elaborados.Objetivo(s) Objetivo(s)

Conteúdos

Desenho assistido por computador / CAD; introdução e descrição genérica do programaem esboços / desenhos previamente elaborados. Conteúdos Execução Impressão Caracterização de dos exercícios

Execução Impressão Caracterização de dos exercícios desenhos das várias práticos (plotagem) funções a 2D e ferramentas – desenho e cotagem em layers diferentes – de formas geométricas simples e compostas layers diferentes – de formas geométricas simples e compostas layers diferentes – de formas geométricas simples e compostas
funções a 2D e ferramentas – desenho e cotagem em layers diferentes – de formas geométricas

4412 CAD 3D ­ jardinagem e espaços verdes Carga horária 50 horas Objetivo(s) Utilizar Executar

4412

4412 CAD 3D ­ jardinagem e espaços verdes Carga horária 50 horas Objetivo(s) Utilizar Executar as

CAD 3D ­ jardinagem e espaços verdes

CAD 3D ­ jardinagem e espaços verdes
Carga horária

Carga horária

50

horas

Objetivo(s)

Utilizar Executar as representações ferramentas básicas gráficas do a programa 3D baseadas CAD em superando, esboços/desenhos gradualmente, previamente situações elaborados. de maior complexidade. Objetivo(s)
3D baseadas CAD em superando, esboços/desenhos gradualmente, previamente situações elaborados. de maior complexidade.

Conteúdos

Exercícios Aplicação Caracterização em práticos projetos das a várias 3D simples – funções desenho com e recurso e ferramentas cotagem a ferramentas em layers diferentes 3D – de formas geométricas simples e compostas layers diferentes 3D – de formas geométricas simples e compostas layers diferentes 3D – de formas geométricas simples e compostas
com e recurso e ferramentas cotagem a ferramentas em layers diferentes 3D – de formas geométricas

4413

Execução e instalação de um Projeto de Rega

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

utilização. Identificar Rever os tipos diferentes de rega equipamentos, por pressão utilizados materiais em e acessórios espaços verdes. de rega existentes no mercado e respetivaExecutar Executar cálculos um projeto que de envolvam rega com unidades o respetivo hidráulicas custo

Executar Executar cálculos um projeto que de envolvam rega com unidades o respetivo hidráulicas custo de e instalação. parâmetros de rega. espaços verdes. de rega existentes no mercado e respetiva Identificar o processo de instalação de um
um projeto que de envolvam rega com unidades o respetivo hidráulicas custo de e instalação. parâmetros

Identificar o processo de instalação de um sistema de rega por pressão.um projeto que de envolvam rega com unidades o respetivo hidráulicas custo de e instalação. parâmetros

custo de e instalação. parâmetros de rega. Identificar o processo de instalação de um sistema de

Conteúdos

Rega Modalidades localizada Componentes Utilização Rega Utilização Acessórios por aspersão

Componentes Tubagem Sistema de bombagem

-

-

- Emissores

Escoamento Parâmetros Acessórios de de rega água em pressão Instalação do sistema de regaComponentes Tubagem Sistema de bombagem - - - Emissores 4414 Recuperação e Valorização dos Espaços

4414

Recuperação e Valorização dos Espaços Degradados

Carga horária

50 horas

Objetivo(s)

Identificar Executar a técnicas recuperação de recuperação e valorização e valorização de espaços de degradados. espaços degradados. Objetivo(s)
a técnicas recuperação de recuperação e valorização e valorização de espaços de degradados. espaços degradados.

Conteúdos

Recuperação Transformação de e rebordos regeneração de canteiros de relvados de espaços de degradados. espaços degradados. Conteúdos Recuperação Renovação de de canteiros pavimentos e
Recuperação Transformação de e rebordos regeneração de canteiros de relvados

Recuperação Renovação de de canteiros pavimentos e escadasde e rebordos regeneração de canteiros de relvados Outros Recuperação trabalhos de de topiária recuperação de e rebordos regeneração de canteiros de relvados Outros Recuperação trabalhos de de topiária recuperação

Outros Recuperação trabalhos de de topiária recuperação e valorizaçãoRenovação de de canteiros pavimentos e escadas REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e Renovação de de canteiros pavimentos e escadas REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e

6392 Objetivo(s) Distribuição e comercialização de produtos fitofarmacêuticos Carga 25 horas horária

6392

Objetivo(s)

6392 Objetivo(s) Distribuição e comercialização de produtos fitofarmacêuticos Carga 25 horas horária

Distribuição e comercialização de produtos fitofarmacêuticos

Carga 25 horas horária

Reconhecer Identificar Interpretar os o rótulo e procedimentos localizar de uma a sinalização embalagem a efetuar de perante de segurança um produto um acidente do armazém. fitofarmacêutico. fitofarmacêutico. Aplicar Proceder Efetuar os os à procedimentos procedimentos venda responsável de para minimização de transportar Aplicar Proceder Efetuar os os à procedimentos procedimentos venda responsável de para minimização de transportar
embalagem a efetuar de perante de segurança um produto um acidente do armazém. fitofarmacêutico. fitofarmacêutico.

Aplicar Proceder Efetuar os os à procedimentos procedimentos venda responsável de para minimização de transportar produtos do e fitofarmacêuticos. armazenar risco para em o aplicador, segurança para produtos o ambiente fitofarmacêuticos. e para o consumidor. embalagem a efetuar de perante de segurança um produto um acidente do armazém. fitofarmacêutico. fitofarmacêutico. embalagem a efetuar de perante de segurança um produto um acidente do armazém. fitofarmacêutico. fitofarmacêutico.
armazenar risco para em o aplicador, segurança para produtos o ambiente fitofarmacêuticos. e para o consumidor.

Conteúdos

Produtos fitofarmacêuticos Composição/formulação Definição de produto fitofarmacêutico dos produtos fitofarmacêuticosambiente fitofarmacêuticos. e para o consumidor. Conteúdos Regulamentação Homologação Principais grupos dos

Regulamentação Homologação Principais grupos dos aplicável de produtos produtos aos fitofarmacêuticos produtos fitofarmacêuticos fitofarmacêuticos Segurança Distribuição, Consequências Aspectos na toxicológicos utilização venda da aplicação e de aplicação produtos da legislação fitofarmacêuticosde produto fitofarmacêutico dos produtos fitofarmacêuticos - ­ ­ Toxicidade Toxicidade Toxicidade sub­crónica

- ­ ­ Toxicidade Toxicidade Toxicidade sub­crónica aguda crónica

Toxicidade Toxicidade sub­crónica aguda crónica Informação Classificação dos toxicológica rótulos das

Informação Classificação dos toxicológica rótulos das dos embalagens produtos fitofarmacêuticos de produtos fitofarmacêuticos

Minimização Minimização Caracterização do do risco dos risco para Equipamentos para o aplicador, o aplicador de para Proteção o ambiente Individual e para (EPI) os consumidores dos produtos agrícolas tratados

Minimização ­ Cuidados do durante risco para a preparação o ambiente e aplicação da calda para (EPI) os consumidores dos produtos agrícolas tratados Minimização do risco para o consumidor ­ ­

Minimização do risco para o consumidorrisco para a preparação o ambiente e aplicação da calda ­ ­ Gestão Consequências dos resíduos

­ ­ Gestão Consequências dos resíduos de uma das aplicação embalagens incorrecta vazias

­ Noção de resíduo

­ ­ ­ Intervalo Controlo Limite Máximo de dos segurança resíduos de Resíduo

Acidentes Acidentes Medidas com de de primeiros produtos trabalho fitofarmacêuticos com socorros produtos fitofarmacêuticos Armazenamento seguro de produtos fitofarmacêuticos

Armazenamento seguro de produtos fitofarmacêuticos Requisitos gerais dos armazéns de produtos

Requisitos gerais dos armazéns de produtos fitofarmacêuticos

- - ­ Limpeza Sinalização Derrames acidentais

- - ­ Limpeza Sinalização Derrames acidentais Gestão ­ Organização do armazém e arrumação dos

Gestão ­ Organização do armazém e arrumação dos produtos no armazém

- ­ Produtos Gestão das obsoletos existências

Venda responsável de produtos fitofarmacêuticos Alerta Acto responsável do comprador de venda para o uso correto dos produtos Alerta Acto responsável do comprador de venda para o uso correto dos produtos

9261 Produtos fitofarmacêuticos ­ uso sustentável – atualização Carga 25 horas horária   Identificar os

9261

9261 Produtos fitofarmacêuticos ­ uso sustentável – atualização Carga 25 horas horária   Identificar os

Produtos fitofarmacêuticos ­ uso sustentável – atualização

Carga 25 horas horária

 
Identificar os diversos meios de proteção das plantas.

Identificar os diversos meios de proteção das plantas.

calibração Escolher Interpretar e e regulação as preparar componentes o das material máquinas do de rótulo aplicação e das calculando embalagens dos produtos as doses, de produtos fitofarmacêuticos, concentrações fitofarmacêuticos. e utilizando volumes de os cada procedimentos aplicação. de

fitofarmacêuticos, concentrações fitofarmacêuticos. e utilizando volumes de os cada procedimentos aplicação. de
fitofarmacêuticos, concentrações fitofarmacêuticos. e utilizando volumes de os cada procedimentos aplicação. de

Objetivo(s)

riscos Aplicar associados produtos à fitofarmacêuticos, prática, de acordo respeitando com a legislação as regras em e vigor. procedimentos de segurança e de redução dos

prática, de acordo respeitando com a legislação as regras em e vigor. procedimentos de segurança e

Armazenar Enumerar os e transportar procedimentos em segurança de atuação pequenas em caso de quantidades acidente com de produtos produtos fitofarmacêuticos. fitofarmacêuticos. prática, de acordo respeitando com a legislação as regras em e vigor. procedimentos de segurança e prática, de acordo respeitando com a legislação as regras em e vigor. procedimentos de segurança e

Conteúdos

Sistemas Venda, Classificação, Autorização regulamentares aquisição de embalagem produtos e uso responsável fitofarmacêuticos e rotulagem Proteção Prática Legislação Integrada da PI específica e tomada (PI) e de registos decisão Produção Avaliação Aconselhamento Integrada comparativa agrícola (PRODI) de produtos fitofarmacêuticos e segurança Regulamentação Princípios da PRODI e registos Modo Princípios Caderno de Produção de gerais campo Biológico Utilização Regulamento de produtos comunitário fitofarmacêuticos relativo ao modo em de modo produção de produção biológico biológico Segurança Informação Noção Aspetos de na toxicológicos dose, e utilização leitura concentração do de inerentes rótulo produtos e à volume sua fitofarmacêuticos manipulação de calda e aplicação Redução Equipamentos Produtos do ilegais risco de na proteção aplicação individual dos produtos (EPI) fitofarmacêuticos segundo as características do produto fitofarmacêutico Características Inspeção periódica do equipamento de equipamentos de aplicação Técnicas Critérios para de aplicação, a escolha calibração, do material regulação de aplicação do material de aplicação e inspeção Redução Arrastamento do risco da para calda o ambiente, e dispositivos espécies anti deriva e organismos não visados Risco Impacte para no as ambiente espécies do não uso visadas de produtos e medidas fitofarmacêuticos de mitigação do risco Segurança Gestão Segurança de alimentar resíduos na manipulação de embalagens e preparação e resíduos de caldas de excedentes e limpeza de de produtos equipamentos fitofarmacêuticos de aplicação (obsoletos) Limite Intervalo máximo de segurança de resíduos Armazenamento Exposição Condições do e características consumidor e transporte e de dos cumprimento pequenas locais de quantidades das armazenamento indicações de produtos do rótulo fitofarmacêuticos Sinalização, Perigos e segurança perigos e no segurança transporte durante o armazenamento Acidentes Prevenção com de produtos acidentes fitofarmacêuticos Acidentes Sintomas de de intoxicação trabalho e medidas de primeiros socorros

9262 Produtos fitofarmacêuticos ­ venda responsável – atualização Carga 25 horas horária   Reconhecer

9262

9262 Produtos fitofarmacêuticos ­ venda responsável – atualização Carga 25 horas horária   Reconhecer

Produtos fitofarmacêuticos ­ venda responsável – atualização

Carga 25 horas horária

 

Reconhecer Caracterizar os os princípios produtos fitofarmacêuticos. inerentes à comercialização e distribuição de produtos fitofarmacêuticos.   

redução Identificar Efetuar dos a venda os riscos. princípios responsável gerais de de produtos segurança fitofarmacêuticos. no manuseamento e utilização de produtos fitofarmacêuticos e de

Armazenar Enumerar os e transportar procedimentos em segurança de atuação pequenas em caso de quantidades acidente com de produtos produtos fitofarmacêuticos. fitofarmacêuticos. gerais de de produtos segurança fitofarmacêuticos. no manuseamento e utilização de produtos fitofarmacêuticos e de gerais de de produtos segurança fitofarmacêuticos. no manuseamento e utilização de produtos fitofarmacêuticos e de

de atuação pequenas em caso de quantidades acidente com de produtos produtos fitofarmacêuticos. fitofarmacêuticos.
de atuação pequenas em caso de quantidades acidente com de produtos produtos fitofarmacêuticos. fitofarmacêuticos.

Objetivo(s)

Conteúdos

Características Composição/formulação dos produtos fitofarmacêuticos Classificação, Modos de ação embalagem e rotulagem Comercialização Autorização Autorização Tipificação de das de produtos e exercício autorizações distribuição fitofarmacêuticos de atividade de de produtos venda de e acesso fitofarmacêuticos distribuição a informação e venda sobre autorizações Atribuições Comercialização Manual de procedimentos e obrigações de produtos do operativos operador fitofarmacêuticos de venda de e do uso técnico não profissional responsável no armazém e no estabelecimento de venda Venda Segurança e armazenamento das instalações responsável de venda de produtos fitofarmacêuticos Modos Registos Eliminação Aconselhamento de produção na de distribuição resíduos para e uso a sustentável de utilização e/ou embalagens venda segura de produtos vazias de produtos e fitofarmacêuticos obsoletos fitofarmacêuticos Regulamentação Princípios de proteção para a integrada, proteção aconselhamento integrada, produção responsável integrada e e registos modo de produção biológico Princípios Comercialização Aspetos gerais toxicológicos de e segurança utilização inerentes no de manuseamento à produtos sua manipulação fitofarmacêuticos e utilização de em produtos modo de fitofarmacêuticos produção biológico Noção Informação de dose, e leitura concentração do rótulo e volume de calda Princípios Produtos Cuidados gerais ilegais com de a preparação redução do da risco calda no manuseamento e aplicação dos produtos fitofarmacêuticos Equipamentos Boas práticas de de segurança Proteção Individual e saúde no segundo trabalho as características do produto fitofarmacêutico Princípios Inspeção, Impacte gerais no calibração ambiente de redução e do conservação uso do de risco produtos para de equipamentos o fitofarmacêuticos ambiente, espécies de aplicação e organismos de produtos não fitofarmacêuticos visados Redução Risco para do risco as espécies para o consumidor não visadas resultantes da aplicação dos produtos fitofarmacêuticos Boa Limite prática máximo agrícola de resíduos e intervalo de segurança Armazenamento Exposição Condições do e características consumidor e transporte e de dos cumprimento pequenas locais de quantidades das armazenamento indicações de produtos do rótulo fitofarmacêuticos Sinalização, Perigos e segurança perigos e no segurança transporte durante o armazenamento Acidentes Prevenção com de produtos acidentes fitofarmacêuticos Acidentes Medidas de de primeiros trabalho socorros

Acidentes Medidas de de primeiros trabalho socorros REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
9263 Produtos pulverização fitofarmacêuticos manual – aplicação com equipamentos de Carga 25 horas horária

9263

9263 Produtos pulverização fitofarmacêuticos manual – aplicação com equipamentos de Carga 25 horas horária

Produtos pulverização fitofarmacêuticos manual – aplicação com equipamentos de

Carga 25 horas horária

Identificar os diversos meios de proteção das plantas.
Identificar os diversos meios de proteção das plantas.

Identificar os diversos meios de proteção das plantas.

 

volumes calibração Preparar Interpretar de e o cada regulação as material componentes aplicação. de dos aplicação equipamentos do rótulo manual das de dos embalagens pulverização produtos de fitofarmacêuticos, manual produtos e calculando fitofarmacêuticos. utilizando as doses, os procedimentos concentrações de e

manual produtos e calculando fitofarmacêuticos. utilizando as doses, os procedimentos concentrações de e
manual produtos e calculando fitofarmacêuticos. utilizando as doses, os procedimentos concentrações de e
manual produtos e calculando fitofarmacêuticos. utilizando as doses, os procedimentos concentrações de e

Objetivo(s)

procedimentos Armazenar Aplicar produtos e de transportar segurança fitofarmacêuticos em e segurança de redução com equipamentos pequenas dos riscos quantidades associados de pulverização de à produtos prática, manual, de fitofarmacêuticos. acordo respeitando com a as legislação regras e em vigor.

de à produtos prática, manual, de fitofarmacêuticos. acordo respeitando com a as legislação regras e em
Enumerar os procedimentos de atuação em caso de acidente com produtos fitofarmacêuticos.

Enumerar os procedimentos de atuação em caso de acidente com produtos fitofarmacêuticos.

Conteúdos

Sistemas Venda, Classificação, Autorização regulamentares aquisição de embalagem produtos e uso responsável fitofarmacêuticos e rotulagem Proteção Prática Legislação Integrada da PI específica e tomada (PI) e de registos decisão Produção Avaliação Aconselhamento Integrada comparativa agrícola (PRODI) de produtos fitofarmacêuticos e segurança Regulamentação Princípios da PRODI e registos Modo Princípios Caderno de Produção de gerais campo Biológico Utilização Regulamento de produtos comunitário fitofarmacêuticos relativo ao modo em de modo produção de produção biológico biológico Segurança Noção Aspetos de na toxicológicos dose, utilização concentração de inerentes produtos e à volume sua fitofarmacêuticos manipulação de calda e aplicação Segurança Informação para e leitura o operador do rótulo na aplicação manual Redução Tipos Equipamentos e do características risco de na proteção aplicação do material individual dos produtos de (EPI) aplicação fitofarmacêuticos segundo manual as características com equipamentos do produto de fitofarmacêutico pulverização manual Critérios Técnicas Arrastamento Conservação para de aplicação, e da a manutenção escolha calda e calibração, do práticas material do material de regulação de redução aplicação de aplicação do do arrastamento equipamento manual de da calda aplicação de pulverização manual Redução Impacte do no risco ambiente para o do ambiente, uso de produtos espécies fitofarmacêuticos e organismos não visados Segurança Risco Segurança Gestão para de alimentar resíduos as na espécies manipulação de embalagens não e visadas preparação e e resíduos medidas de caldas de de excedentes mitigação e limpeza do de de risco produtos equipamentos fitofarmacêuticos de aplicação (obsoletos) Limite Intervalo máximo de segurança de resíduos Armazenamento Exposição Condições do e características consumidor e transporte e de dos cumprimento pequenas locais de quantidades das armazenamento indicações de produtos do rótulo fitofarmacêuticos Sinalização, Perigos e segurança perigos e no segurança transporte durante o armazenamento Acidentes Prevenção com de produtos acidentes fitofarmacêuticos Acidentes Sintomas de de intoxicação trabalho e medidas de primeiros socorros

7852 Perfil desenvolvimento e potencial do empreendedor – diagnóstico/ Carga horária 25 horas  

7852

7852 Perfil desenvolvimento e potencial do empreendedor – diagnóstico/ Carga horária 25 horas  

Perfil desenvolvimento e potencial do empreendedor – diagnóstico/

Carga horária

25

horas

 

Explicar o conceito de empreendedorismo. 

Aplicar Identificar instrumentos as vantagens de diagnóstico e os riscos de e de ser autodiagnóstico empreendedor. Identificar instrumentos as vantagens de diagnóstico e os riscos de e de ser autodiagnóstico empreendedor. Identificar instrumentos as vantagens de diagnóstico e os riscos de e de ser autodiagnóstico empreendedor. de competências empreendedoras.

Objetivo(s)

empreendedor. Identificar Analisar o as perfil necessidades pessoal e o de potencial desenvolvimento como empreendedor. técnico e comportamental, de forma a favorecer o potencial

e o de potencial desenvolvimento como empreendedor. técnico e comportamental, de forma a favorecer o potencial
e o de potencial desenvolvimento como empreendedor. técnico e comportamental, de forma a favorecer o potencial

Conteúdos

Empreendedorismo Conceito de empreendedorismo Autodiagnóstico Espírito Vantagens empreendedor de de ser competências empreendedor versus espírito empreendedoras empresarial Diagnóstico Diagnóstico de da conhecimento experiência de das vida “realidades profissionais”

Caráterísticas Autodiagnóstico Determinação e competências­chave do das “perfil motivações próprio” e pessoais autoconhecimento do perfil para empreendedor se tornar empreendedor Pessoais

­ ­ ­ Autoconfiança Persistência Capacidade de e e resiliência decisão automotivação e de assumir riscos

­ ­ Concretização Persuasão

e de assumir riscos ­ ­ Concretização Persuasão Técnicas Planeamento, Área de negócio organização e de

Técnicas Planeamento, Área de negócio organização e de orientação e domínio para das o cliente TIC

­

­

­ Liderança e trabalho em equipa

Diagnóstico Fatores que de inibem necessidades o empreendedorismo do empreendedor Necessidades Necessidades de de caráter caráter técnico pessoal Empreendedor Questionário ­ de autoavaliação autoavaliação e respetiva verificação da sua adequação ao perfil comportamental do empreendedorDiagnóstico Fatores que de inibem necessidades o empreendedorismo

7853

Ideias e oportunidades de negócio

Carga horária

50 horas

 
mercado. Identificar Identificar os ideias desafios de criação e problemas de pequenos como oportunidades.
mercado. Identificar Identificar os ideias desafios de criação e problemas de pequenos como oportunidades.
mercado. Identificar Identificar os ideias desafios de criação e problemas de pequenos como oportunidades.
mercado. Identificar Identificar os ideias desafios de criação e problemas de pequenos como oportunidades.

mercado. Identificar Identificar os ideias desafios de criação e problemas de pequenos como oportunidades. negócios, reconhecendo as necessidades do público­alvo e do

negócio. Identificar Descrever, e analisar aplicar as e avaliar diferentes uma formas ideia de de negócio recolha capaz de informação de satisfazer necessária necessidades. à criação e orientação de um

Objetivo(s)

insucesso. Reconhecer a viabilidade de uma proposta de negócio, identificando os diferentes fatores de sucesso e

insucesso. Reconhecer a viabilidade de uma proposta de negócio, identificando os diferentes fatores de sucesso e

natureza Reconhecer Identificar e plano os as financiamentos, operacional. características apoios de um e negócio incentivos e as ao atividades desenvolvimento inerentes de à um sua negócio, prossecução. em função da sua

negócio incentivos e as ao atividades desenvolvimento inerentes de à um sua negócio, prossecução. em função
negócio incentivos e as ao atividades desenvolvimento inerentes de à um sua negócio, prossecução. em função

Conteúdos

Criação Noção e de desenvolvimento negócio sustentável de ideias/oportunidades de negócio

negócio sustentável de ideias/oportunidades de negócio Identificação ­ Formas de e identificação satisfação

Identificação ­ Formas de e identificação satisfação das de necessidades necessidades de produtos/serviços para potenciais clientes/consumidores

e ­ inovação Formas de satisfação de necessidades de potenciais clientes/consumidores, tendo presente as normas de qualidade, ambiente

tendo presente as normas de qualidade, ambiente Sistematização, Conceito básico análise de negócio e

Sistematização, Conceito básico análise de negócio e avaliação de ideias de negócio

­ Como resposta às necessidades da sociedade

Das oportunidades às ideias de negóciode negócio ­ Como resposta às necessidades da sociedade ­ ­ Análise Estudo e de análise

­ ­ Análise Estudo e de análise uma ideia de bancos/bolsas de negócio ­ potenciais de ideias clientes e mercado (target)

­ Descrição de uma ideia de negócio Recolha Noção de de informação oportunidade sobre relacionada

­ Descrição de uma ideia de negócio

Recolha Noção de de informação oportunidade sobre relacionada ideias e oportunidades com o serviço de a clientes negócio/mercado

oportunidades com o serviço de a clientes negócio/mercado Formas ­ Direta de – recolha junto de

Formas ­ Direta de – recolha junto de de clientes, informação da concorrência, de eventuais parceiros ou promotores

da concorrência, de eventuais parceiros ou promotores mercado/viabilidade ­ Indireta – através e de

mercado/viabilidade ­ Indireta – através e de informação associações disponível ou serviços on­line especializados ou noutros suportes ­ públicos ou privados, com recurso a estudos de

suportes ­ públicos ou privados, com recurso a estudos de Tipo Os O de negócio, produtos

Tipo Os O de negócio, produtos informação o ou mercado serviços a recolher (nacional, europeu e internacional) e a concorrência

­

­

­ ­ ­ A O Os logística local, meios as de – instalações transporte, promoção e e armazenamento os os equipamentos clientes e gestão de stocks

Análise O de financiamento, experiências os de custos, criação as de vendas, negócios os lucros e os impostos

-

as de vendas, negócios os lucros e os impostos - Contacto com diferentes experiências de empreendedorismo

Contacto com diferentes experiências de empreendedorismo

- ­ Por Por negócio setor de atividade/mercado

Modelos de negócio- ­ Por Por negócio setor de atividade/mercado - ­ - Benchmarking Parceria Criação/diferenciação

- ­ - Benchmarking Parceria Criação/diferenciação de outsourcing de produto/serviço, conceito, marca e segmentação de clientes

Estruturação Franchising Outras modalidades de raiz Definição Definição do sumária negócio do e do negócio target Descrição Target a atingir sumária das atividades Financiamento, Meios e recursos apoios de e apoio incentivos à criação à criação de negócios de negócios Serviços Banca, apoios e apoios privados públicos e capitais – programas próprios e medidas Desenvolvimento Parcerias Análise Análise crítica do negócio do e validação mercado a criar e da sua ideia validação de negócio prévia

-

­

-

­ - Estudos Segmentação de mercado de mercado

Análise crítica do negócio e/ou produto- ­ - ­ - Estudos Segmentação de mercado de mercado - Vantagens e desvantagens -

- Vantagens e desvantagens

- ­ ­ Instalação Potencial Mercado e de de concorrência desenvolvimento arranque

Tipos Economia de negócio de mercado e economia social – empreendedorismo comercial e empreendedorismo social

– empreendedorismo comercial e empreendedorismo social Natureza e constituição jurídica do negócio - ­ -

Natureza e constituição jurídica do negócio

- ­ - Empresário Atividade Sociedade liberal por em quotas nome individual

Contacto com entidades e recolha de informação no terreno empresas Documentos Contactos ou com de a negócios, recolher diferentes (faturas etc…) tipologias pró­forma; de entidades plantas (municípios, de localização entidades e de instalações, financiadoras, catálogos assessorias técnicos, técnicas, material parceiros, de promoção …) deAtividade Sociedade liberal por em quotas nome individual REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e

7854 Plano de negócio – criação de micronegócios Carga horária 25 horas   Identificar

7854

7854 Plano de negócio – criação de micronegócios Carga horária 25 horas   Identificar

Plano de negócio – criação de micronegócios

Plano de negócio – criação de micronegócios
Carga horária

Carga horária

25

horas

 

Identificar Identificar fatores os principais de êxito métodos e de falência, e técnicas pontos de gestão fortes e do fracos tempo de e um do negócio. trabalho.   

Objetivo(s)

Elaborar Elaborar Elaborar um um um plano plano orçamento de de negócio. ação para para apoio a apresentação à apresentação do de projeto um projeto de negócio com viabilidade a desenvolver. económica/financeira. Objetivo(s) Objetivo(s) Objetivo(s)

Conteúdos

viabilidade a desenvolver. económica/financeira. Conteúdos Planeamento e organização do trabalho Organização

Planeamento e organização do trabalho Organização Atitude, trabalho pessoal e orientação do trabalho para e os gestão resultados do tempo

Conceito Principais Análise de de plano fatores experiências de de ação êxito de e e de negócio de negócio risco nos negócios

­ ­ Insucesso Negócios de nos sucesso negócios

Análise SWOT do negócionegócios ­ ­ Insucesso Negócios de nos sucesso negócios - Pontos fortes e fracos Segmentação ­

- Pontos fortes e fracos

Segmentação ­ Oportunidades do mercado e ameaças ou riscos negócios Análise SWOT do negócio - Pontos fortes e fracos - Abordagem e estudo do mercado

- Abordagem e estudo do mercado

Perspetivas Mercado Estratégias concorrencial de futuras penetração de mercado no mercado Plano de ação

-

­

-

penetração de mercado no mercado Plano de ação - ­ - Elaboração Processo Atividades do de

Elaboração Processo Atividades do de necessárias plano angariação individual à de operacionalização clientes de ação e negociação do plano contratual de negócio

­

­

Estratégia Análise, empresarial formulação e posicionamento estratégico Planeamento, Formulação estratégica implementação e controlo de estratégias

Políticas Estratégias Negócios de de de gestão base internacionalização tecnológica de parcerias | Start­up | Alianças e joint­ventures Plano Qualidade de negócio e inovação na empresa Principais características de um plano de negócio

- Objetivos

­ - ­ Mercado, Modelo Etapas e de atividades interno negócio e externo, e/ou constituição e política legal comercial da empresa

- Recursos humanos

e política legal comercial da empresa - Recursos humanos Formas ­ Recursos de análise financeiros do

Formas ­ Recursos de análise financeiros do próprio (entidades negócio financiadoras, de médio e longo linhas prazo de crédito e capitais próprios)

­ - ­ Desvios Elaboração Elaboração ao plano do do plano plano de de marketing ação

Avaliação do potencial de rendimento do negócio Definição Acompanhamento Elaboração da do necessidade plano do de plano aquisições de de empréstimo negócio e orçamento financeiro Negociação com os financiadoresao plano do do plano plano de de marketing ação 7855 Plano de negócio – criação

7855

Plano de negócio – criação de pequenos e médios negócios

Carga horária

50 horas

 

Identificar Identificar fatores os principais de êxito métodos e de falência, e técnicas pontos de gestão fortes e do fracos tempo de e um do negócio. trabalho.   

Objetivo(s)

Elaborar Reconhecer Elaborar um um a plano orçamento estratégia de ação para geral para apoio e comercial a apresentação à apresentação de uma do empresa. de projeto um projeto de negócio com viabilidade a desenvolver. económica/financeira. Objetivo(s) Objetivo(s) Objetivo(s)

Reconhecer Reconhecer Elaborar Elaborar um um os a plano plano estratégia tipos de de de negócio. Reconhecer Elaborar Elaborar um um os a plano plano estratégia tipos de de de negócio. Reconhecer Elaborar Elaborar um um os a plano plano estratégia tipos de de de negócio. Reconhecer Elaborar Elaborar um um os a plano plano estratégia tipos de de de negócio. marketing, financiamento de I&D de de uma acordo e os empresa. produtos com a estratégia financeiros. definida. de de negócio. marketing, financiamento de I&D de de uma acordo e os empresa. produtos com

Conteúdos
Conteúdos

Conteúdos

Conteúdos Planeamento e organização do trabalho Atitude, Organização trabalho pessoal e orientação do trabalho para

Planeamento e organização do trabalho Atitude, Organização trabalho pessoal e orientação do trabalho para e os gestão resultados do tempo

Conceito Principais Análise de de plano fatores experiências de de ação êxito de e e de negócio de negócio risco nos negócios

­ ­ Insucesso Negócios de nos sucesso negócios

Análise SWOT do negócionegócios ­ ­ Insucesso Negócios de nos sucesso negócios - Pontos fortes e fracos Segmentação ­

- Pontos fortes e fracos

Segmentação ­ Oportunidades do mercado e ameaças ou riscos negócios Análise SWOT do negócio - Pontos fortes e fracos - Abordagem e estudo do mercado

- Abordagem e estudo do mercado

Perspetivas Mercado Estratégias concorrencial de futuras penetração de mercado no mercado Plano de ação

-

­

-

penetração de mercado no mercado Plano de ação - ­ - Elaboração Processo Atividades do de

Elaboração Processo Atividades do de necessárias plano angariação individual à de operacionalização clientes de ação e negociação do plano contratual de negócio

­

­

Estratégia Formulação Análise, empresarial formulação estratégica e posicionamento estratégico Políticas Estratégias Planeamento, de de gestão implementação internacionalização de parcerias e controlo | Alianças de e estratégias joint­ventures Estratégia Qualidade Planeamento comercial e inovação estratégico e planeamento na empresa de marketing de marketing Planeamento operacional de marketing (marketing mix)

Marketing Contacto Meios tradicionais com internacional os clientes e meios | Plataformas | Hábitos de base de tecnológica multiculturais consumo (e­marketing) de negócio (da organização ao consumidor) Elaboração do plano de marketing

­ Projeto de promoção e publicidade

Estratégia Execução de I&D de materiais de promoção e divulgação

de I&D de materiais de promoção e divulgação ­ Incubação Estrutura Tipologias de de empresas de

­

Incubação Estrutura Tipologias de de empresas de incubação serviço

Negócios Patentes internacionais de base tecnológica | Start­up

­

­

Financiamento Transferência de tecnologia

Tipos Produtos Tipos de de financiamento abordagem financeiros mais ao (capital financiador específicos próprio, (leasing, capital de renting, risco, factoring, crédito, incentivos …) nacionais e internacionais) Plano Principais de negócio características de um plano de negócio

- Objetivos

- ­ ­ Mercado, Modelo Etapas e de atividades interno negócio e externo, e/ou constituição e política legal comercial da empresa

- Recursos humanos

Desenvolvimento ­ Recursos financeiros do conceito (entidades de negócio financiadoras, linhas de crédito e capitais próprios) e política legal comercial da empresa - Recursos humanos Proposta de valor Reformulação Processo de tomada

Proposta de valorfinanciadoras, linhas de crédito e capitais próprios) Reformulação Processo de tomada do produto/serviço de

Reformulação Processo de tomada do produto/serviço de decisãolinhas de crédito e capitais próprios) Proposta de valor Orientação estratégica (plano de médio e longo linhas de crédito e capitais próprios) Proposta de valor Orientação estratégica (plano de médio e longo

Orientação estratégica (plano de médio e longo prazo)Processo de tomada do produto/serviço de decisão ­ Desenvolvimento estratégico de comercialização

­ Desenvolvimento estratégico de comercialização

Planeamento Estratégia de financeiro controlo de negócio Estratégia de financeiro controlo de negócio
Planeamento Estratégia de financeiro controlo de negócio

­ ­ ­ Estimativa Elaboração Definição da dos do necessidade juros plano e de amortizações aquisições de empréstimo e orçamento financeiro

Acompanhamento Avaliação do potencial da consecução de rendimento do plano do de negócio negócioaquisições de empréstimo e orçamento financeiro ­ REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e

­

8598 Desenvolvimento pessoal e técnicas de procura de emprego Carga 25 horas horária   Definir

8598

8598 Desenvolvimento pessoal e técnicas de procura de emprego Carga 25 horas horária   Definir os

Desenvolvimento pessoal e técnicas de procura de emprego

Carga 25 horas horária

 

Definir os conceitos de competência, transferibilidade e contextos de aprendizagem. 

Explicar Identificar a competências importância da adquiridas adoção de ao uma longo atitude da vida. empreendedora como estratégia de empregabilidade.competência, transferibilidade e contextos de aprendizagem. Reconhecer Identificar as a competências importância das competência, transferibilidade e contextos de aprendizagem. Reconhecer Identificar as a competências importância das

Reconhecer Identificar as a competências importância das transversais principais valorizadas competências pelos de empregadores. desenvolvimento pessoal na procura e manutençãoda vida. empreendedora como estratégia de empregabilidade. Objetivo(s) do Medidas Identificar emprego. Ativas e da vida. empreendedora como estratégia de empregabilidade. Objetivo(s) do Medidas Identificar emprego. Ativas e

Objetivo(s)

do Medidas Identificar emprego. Ativas e descrever de Emprego. as diversas oportunidades de inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as

Ativas e descrever de Emprego. as diversas oportunidades de inserção no mercado e respetivos apoios, em

Aplicar Identificar as e regras selecionar de elaboração anúncios de de um emprego. curriculum vitae. inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as Reconhecer Identificar e adequar a importância os inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as Reconhecer Identificar e adequar a importância os

Reconhecer Identificar e adequar a importância os comportamentos das candidaturas e atitudes espontâneas. numa entrevista de Identificar e adequar a importância os comportamentos das candidaturas e atitudes espontâneas. numa entrevista de Identificar e adequar a importância os comportamentos das candidaturas e atitudes espontâneas. numa entrevista de emprego.

Conteúdos

compreensão Conceitos de da competência, sua história de transferibilidade vida, identificação e contextos e valorização de aprendizagem das competências (formal e adquiridas informal) – aplicação destes conceitos na Atitude Competências Competências empreendedora/proactiva valorizadas relacionais pelos empregadores ­ transferíveis entre os diferentes contextos laborais Competências Competências Competências Competências de de criativas de gestão gestão tomada da do de informação tempo decisão Modalidades Competências de trabalho de aprendizagem (aprendizagem ao longo da vida) Mercado Pesquisa Medidas ativas de de trabalho informação de emprego visível para e e encoberto procura formação de emprego Mobilidade Rede de contactos geográfica (sociais (mercado ou relacionais) de trabalho nacional, comunitário e extracomunitário) Curriculum Anúncios Candidatura Entrevista de de vitae espontânea emprego emprego

Entrevista de de vitae espontânea emprego emprego REFERENCIAL DE FORMAÇÃO | Técnico/a de Jardinagem e
8599 Comunicação assertiva e técnicas de procura de emprego Carga 25 horas horária   Explicar

8599

8599 Comunicação assertiva e técnicas de procura de emprego Carga 25 horas horária   Explicar o

Comunicação assertiva e técnicas de procura de emprego

Carga 25 horas horária

 

Explicar o conceito de assertividade. 

Reconhecer Aplicar Identificar técnicas e desenvolver as formas de assertividade de tipos conflito de comportamento em na Identificar técnicas e desenvolver as formas de assertividade de tipos conflito de comportamento em na Identificar técnicas e desenvolver as formas de assertividade de tipos conflito de comportamento em na relação contexto interpessoal. socioprofissional. assertivo. as formas de assertividade de tipos conflito de comportamento em na relação contexto interpessoal. socioprofissional.

Medidas Identificar Definir Ativas o conceito e descrever de Emprego. de inteligência as diversas emocional. oportunidades de inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as

inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as Aplicar Aplicar as as regras principais de
inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as Aplicar Aplicar as as regras principais de

Aplicar Aplicar as as regras principais de elaboração estratégias de de um procura curriculum de emprego. vitae. de inteligência as diversas emocional. oportunidades de inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as de inteligência as diversas emocional. oportunidades de inserção no mercado e respetivos apoios, em particular as

Objetivo(s)

Identificar Reconhecer Identificar e e adequar selecionar a importância os anúncios comportamentos das candidaturas de emprego. e Identificar e e adequar selecionar a importância os anúncios comportamentos das candidaturas de emprego. e Identificar e e adequar selecionar a importância os anúncios comportamentos das candidaturas de emprego. e Identificar e e adequar selecionar a importância os anúncios comportamentos das candidaturas de emprego. e atitudes espontâneas. numa entrevista de emprego.

Conteúdos

Assertividade Comunicação no assertiva relacionamento interpessoal Comunicação no assertiva relacionamento interpessoal Comunicação no assertiva relacionamento interpessoal

Origens Técnicas Assertividade e de fontes assertividade no de contexto conflito socioprofissional em na contexto empresa Técnicas Assertividade e de fontes assertividade no de contexto conflito socioprofissional em na contexto empresa Técnicas Assertividade e de fontes assertividade no de contexto conflito socioprofissional em na contexto empresa profissional
Assertividade e de fontes assertividade no de contexto conflito socioprofissional em na contexto empresa profissional

Comportamentos Impacto da comunicação que facilitam no relacionamento e dificultam a humano comunicação e o entendimentosocioprofissional em na contexto empresa profissional Modalidades Inteligência Atitude tranquila emocional de socioprofissional em na contexto empresa profissional Modalidades Inteligência Atitude tranquila emocional de

Modalidades Inteligência Atitude tranquila emocional de trabalho numa e situação gestão de de conflito comportamentos Inteligência Atitude tranquila emocional de trabalho numa e situação gestão de de conflito comportamentos Inteligência Atitude tranquila emocional de trabalho numa e situação gestão de de conflito comportamentos
Modalidades Inteligência Atitude tranquila emocional de trabalho numa e situação gestão de de conflito comportamentos

Pesquisa Mercado de de trabalho informação visível para e encoberto procura de empregonuma e situação gestão de de conflito comportamentos Mobilidade Rede Medidas de contactos ativas geográfica numa e situação gestão de de conflito comportamentos Mobilidade Rede Medidas de contactos ativas geográfica

Mobilidade Rede Medidas de contactos ativas geográfica de emprego (mercado e formação de trabalho nacional, comunitário Rede Medidas de contactos ativas geográfica de emprego (mercado e formação de trabalho nacional, comunitário Rede Medidas de contactos ativas geográfica de emprego (mercado e formação de trabalho nacional, comunitário e extracomunitário)
de contactos ativas geográfica de emprego (mercado e formação de trabalho nacional, comunitário e extracomunitário)

Curriculum Anúncios Candidatura Entrevista de de vitae espontânea emprego emprego Anúncios Candidatura Entrevista de de vitae espontânea emprego emprego Anúncios Candidatura Entrevista de de vitae espontânea emprego emprego Anúncios Candidatura Entrevista de de vitae espontânea emprego emprego Curriculum Anúncios Candidatura Entrevista de de vitae espontânea emprego

8600 Competências emprego empreendedoras e técnicas de procura de Carga 25 horas horária   Reconhecer

8600

8600 Competências emprego empreendedoras e técnicas de procura de Carga 25 horas horária   Reconhecer

Competências emprego empreendedoras e técnicas de procura de

Carga 25 horas horária

 

Reconhecer Identificar Identificar Definir o conceito as o perfil a vantagens ideia do de de empreendedor. Identificar Identificar Definir o conceito as o perfil a vantagens ideia do de de empreendedor. Identificar Identificar Definir o conceito as o perfil a vantagens ideia do de de empreendedor. empreendedorismo. negócio. e os riscos de ser empreendedor.