Sei sulla pagina 1di 14

Índice

Introdução

1

Definição Cabo coaxial

2

Breve Historial

2

Constituição do Cabo Coaxial

2

Tipos de Cabo

5

Tipos de conectores

6

Por que usar cabo coaxial

8

Velocidade o cabo coaxial atinge

8

Usos

9

Utilização

10

Vantagens e desvantagens

11

Vantagens

11

Desvantagens

11

Conclusão

12

Bibliográfia

13

0
0

Introdução

Ao longo dos anos e com o avanço da tecnologia os cabos do tipo coaxial fizeram parte da história.

A primeira patente surgiu em 1880, com o matemático inglês Oliver Heaviside. O estudioso queria

achar uma forma das transmissões telegráficas serem menos suscetíveis a interferência e fazer com

que os sinais fossem enviados e recebidos de forma mais clara. Outra preocupação era desenvolver uma linha de transmissão mais resistente aos efeitos climáticos.

Com o passar do tempo, outras empresas como a Siemens & Halske e a AT&T foram aperfeiçoando

a pesquisa de Heaviside para criar os cabos coaxiais que conhecemos hoje.vOs cabos coaxiais

possuem como base um fio de cobre como condutor interno recoberto por material isolante e uma

camada de blindagem constituída de uma malha metálica. Por fora há ainda uma capa como proteção extra geralmente feita em material plástico flexível, como o PVC.

Existem dois tipos principais de cabos coaxiais. O Thinnet, também chamado de 10Base2 ou fino , é mais flexível e conta com apenas 0,63 de espessura. Ao todo ele consegue transmitir 10 Mbps em uma distância de aproximadamente 185 metros. Após essa distância há o risco do sinal sofrer atenuação. Seu uso mais comum está em antenas de televisão e em redes de computadores mais antigas.

O outro modelo, chamado de Thicknet, 10Base5 ou grosso, é menos maleável já que conta com

1,25 cm de diâmetro. Como possui o núcleo de cobre mais grosso o, esse tipo de cabo pode transportar dados em uma velocidade de até 10 Mbps por até 500 metros. Seu uso é menos comum atualmente e está relacionado a backbones mais antigos.

Definição Cabo coaxial

Cabo coaxial é uma espécie de cabo condutor usado para a transmissão de sinais. Ele recebe tal nome por ser constituído de várias camadas concêntricas de condutores e isolantes

Cabo coaxial é uma espécie de cabo condutor usado para a transmissão de sinais. Ele recebe tal nome por ser constituído de várias camadas concêntricas de condutores e isolantes.

Breve Historial

O

cabo coaxial foi inventado pelo engenheiro e matemático Inglês Oliver Heaviside, que patenteou

o

projeto em 1880. O cabo coaxial foi um dos primeiros tipos de cabos usados em redes de

computadores. O termo “Coaxial” surgiu de uma estrutura do cabo onde a malha de blindagem e o condutor central tem o mesmo eixo.

O cabo coaxial é basicamente formado por um fio de cobre condutor revestido por um material

isolante, e ainda rodeado por uma blindagem.

Em virtude de sua blindagem adicional, o cabo coaxial possui vantagens em relação aos outros condutores usados em linhas de transmissão, como proteção contra fenômenos da indução, que é causado por interferências elétricas ou mesmo magnéticas externas.

Os cabos coaxiais são utilizados em várias aplicações, desde áudio até linhas de transmissão de alta frequência. A sua velocidade é bastante alta em decorrência da tolerância a ruídos em virtude da malha de proteção existentes nos cabos, podendo atingir velocidade máxima de transmissão de 20 Mb/s.

Constituição do Cabo Coaxial

O cabo coaxial é constituído por uma parte central, denominada alma, ou seja, trata-se de um fio

de cobre, envolvido num isolador, em seguida uma blindagem metálica entrançada e por último

uma bainha externa.

Capa ou Bainha: é responsável por proteger o cabo do ambiente externo. Geralmente é de borracha (às vezes de Cloreto polivinil (PVC), ou raramente de teflon).

Blindagem: é o envelope metálico que envolve os cabos permitindo proteger todos os dados que são transmitidos nos suportes dos parasitas (que são também chamados "barulho") que podem ocasionar em uma distorção dos dados.

Isolador: envolve a parte central e é formado por um material dielétrico que tem a função de evitar qualquer contato com a blindagem, provocando interações eléctricas, ou seja, um curto-circuito.

Condutor: possui a função dede transportar os dados, geralmente é formada somente por um fio

de

cobre ou vários fios entrançados.

O

cabo coaxial é responsável por exercer uma onda eletromagnética entre o núcleo interno e

blindagem. Em decorrência da blindagem, o sinal é muito melhor, já que não há possibilidade de qualquer interferência.

O cabo coaxial é um tipo de cabo condutor usado para transmitir sinais. Este tipo de cabo é

constituído por um fio de cobre condutor revestido por um material isolante e rodeado de uma blindagem.

Recebe o nome de coaxial pelo fato de que todos os seus elementos constituintes (núcleo interno, isolador, escudo exterior e cobertura) estão dispostos em camadas concêntricas de condutores e isolantes que compartilham o mesmo eixo (axis) geométrico.

Os principais conectores utilizados nesse tipo de cabo são o BNC e RCA entre outros conectores

de áudio. Sistemas de circuito fechado de TV (CFTV) e TVs por assinatura a cabo também utilizam

esse cabo para conectar câmeras e TVs ou o decodificador doméstico através de conector F. Isso

é possível, pois este meio permite transmissões até frequências muito elevadas e também para longas distâncias.

Fig 2. Constituição do Cabo Coaxial 4

Fig 2. Constituição do Cabo Coaxial

Fig 3. Constituição do Cabo Coaxial Tipos de Cabo Existem dois tipos básicos de cabo

Fig 3. Constituição do Cabo Coaxial

Tipos de Cabo

Existem dois tipos básicos de cabo coaxial: O cabo coaxial fino, ou Thinnet, e o cabo coaxial grosso, ou ticknet.

Cabo Coaxial Grosso (Ticknet)

É um cabo de 10Base5, conhecido como yellow cable. Normalmente apresenta uma capa externa de cor amarela e com uma blindagem dupla e com comprimento máximo de rede de 500 metros, que pode ser utilizado para redes de comunicação de até 10 Mega Bytes. Ele menos flexível pois apresenta uma espessura externa maior dificultando o seu uso, ele é muito pouco utilizado hoje em dia, sendo encontrado apenas em estrutura de redes antigas.

Figura 2 – Cabo Coaxial Grosso Cabo Coaxial Fino (Thinnet) Normalmente usado em redes de

Figura 2 Cabo Coaxial Grosso

Cabo Coaxial Fino (Thinnet)

Normalmente usado em redes de computação é do tipo RG-58 e apresenta impedância típica de 50 Ohms. Quando utilizado em redes de computadores, em cada extremidade do cabo temos um conector do tipo BNC (British Naval Connector).

temos um conector do tipo BNC (British Naval Connector). Figura 3 – Cabo coaxial Fino Tipos

Figura 3 Cabo coaxial Fino

Tipos de conectores

Quando utilizado em redes de computadores, em cada extremidade do cabo temos um conector do tipo BNC (British Naval Connector).

em cada extremidade do cabo temos um conector do tipo BNC (British Naval Connector). Figura 4

Figura 4 -Conector BNC

A conexão de cada equipamento de rede ao cabo coaxial e feita através de conectores do tipo

BNC “T” e BNC

e feita através de conectores do tipo BNC “T” e BNC Figura 5 -Exemplo de conector

Figura 5 -Exemplo de conector BNC-T

O conector BNC e então instalado diretamente na placa de rede do computador que possui esse

tipo de adaptador nas extremidades do cabo deve-se instalar um terminado resistivo de 50 Ohms, caso o cabo seja RG-58.

um terminado resistivo de 50 Ohms, caso o cabo seja RG-58. Figura 6 -Exemplo de terminador

Figura 6 -Exemplo de terminador resistivo de 50 Ohms.

Na figura abaixo mostra a conexão entre os conectores BNC, BNC-T e terminador resistivo.

Figura 7 – Exemplo da utilização de conectores em cabeamento coaxial. Por que usar cabo

Figura 7 Exemplo da utilização de conectores em cabeamento coaxial.

Por que usar cabo coaxial

Cabo coaxial tem muitas vantagens sobre o cabo de par trançado, mas também algumas desvantagens. Tem uma grande gama de frequências que lhe permite transportar vários sinais, tornando-a ideal para o uso de muitas operadores de televisão. Cada canal tem também uma maior banda larga que permite o vídeo de alta definição. A blindagem reduz perda de sinal e outras interferências, permitindo um cabo com maiores comprimentos entre amplificadores. No entanto, cabo coaxial é mais caro para instalar, e ele usa uma topologia de rede que está propensa a congestionamentos.

Velocidade o cabo coaxial atinge

O cabo coaxial costuma manter uma capacidade constante e baixa, independente do comprimento, assim, permitindo suportar velocidades na ordem de megabits/segundo, sem necessidade de regenerar o sinal ou mesmo sem distorções ou ecos.

Quando a malha externa do cabo coaxial é feita de alumínio, ele é denominado como grosso, ou de banda larga, possuindo uma resistência de 75 ohms, transmitindo assim, dados em uma velocidade de até 10 mbps (megabites por segundo) à frequência de 10 gigahertz. Esse cabo é

amplamente usado em circuitos de TV, podendo também ser indicado para instalações externas, como em conexões de redes de computadores que estão localizados em diferentes prédios.

No entanto, se a malha externa for de cobre, a resistência obtida é de 50 ohms, permitindo transmissão de dados à velocidade de 10 mbps a uma frequência de 2 ghz. Conhecido como cabo coaxial fino ou de banda base, obedece ao padrão 10Base2, sendo mais usado em redes padrão Ethernet com baixo escopo atuante. Podendo assim, ter no máximo 185 metros comprimento e até 30 nós.

Usos

A principal razão da sua utilização deve-se ao fato de poder reduzir os efeitos e sinais externos sobre os sinais a transmitir, por fenômenos de IEM (Interferência Electromagnética).

Os cabos coaxiais geralmente são usados em múltiplas aplicações desde áudio até as linhas de transmissão de frequências da ordem dos giga-hertz . A velocidade de transmissão é bastante elevada devido a tolerância aos ruídos graças à malha de proteção desses cabos. Os cabos coaxiais são utilizados nas topologias físicas em barramento.

Os cabos coaxiais são usados em diferentes aplicações:

Ligações de áudio

Ligações de rede de computadores

Ligações de sinais de radiofrequência para rádio e TV - (Transmissores/receptores)

Ligações de radio

A malha metálica condutora é constituída por muitos condutores:

A malha é circular e metálica para criar uma gaiola de Faraday, isolando deste modo o condutor interior de interferências, o inverso também é verdadeiro, ou seja, frequências e dados que circulam pelo condutor não conseguem atingir o exterior pelo isolamento da malha e deste modo não interferindo em outros equipamentos.

A blindagem eletromagnética é feita pela malha exterior.

Quando as frequências em jogo são elevadas, como é o caso de transmissões de uma rede de computadores, a condução passa a ser superficial. Para aumentar a superfície de condução, a malha condutora é constituída por múltiplos condutores de secção reduzida e a área da superfície de condução é o somatório da superfície de cada um desses pequenos condutores. Diminui-se assim a resistência da malha condutora.

O cabo coaxial é dividido em dois tipos: cabo coaxial fino (thinnet) ou cabo coaxial 10Base2, e cabo coaxial grosso (thicknet) ou cabo coaxial 10Base5.

O cabo coaxial é usado para transportar sinais de televisão e também ligar equipamentos de vídeo. Os cabos também podem ser usados para transportar sinais de rádios, conectar receptores, transmissores e antenas. Esse tipo de cabo já foi utilizado para ligar computadores me redes locais (LANS), porém, foi trocado para o par trançado.

Utilização

A velocidade máxima de transmissão é de 10 Mb/s.

Atualmente existe uma utilização para este tipo de cabos não muito falada que tem como uso de impressoras ímpares.

Foi utilizado até meados dos anos 90 em redes de computadores.

Ainda é usado em telecomunicações.

Na norma DOCSIS3.1, pode ir até aos 10Gb/s com uma largura de banda de 200 MHz apenas, normalmente usado por operadores de cabo dentro de cidades.

Vantagens e desvantagens

Vantagens

Sua blindagem permite que o cabo seja longo;

Permite o uso de redes multicanal (broadband);

Mais barato que o par trançado blindado;

Melhor imunidade contra ruídos e contra atenuação do sinal que o par trançado sem blindagem.

Desvantagens

Por não ser muito flexível se quebra e apresenta mal contato com facilidade;

É difícil passá-lo através de conduítes;

Normalmente utilizado em topologia linear, se um cabo falhar, todo o segmento da rede para;

Mais caro que o par trançado sem blindagem;

Cada tipo de rede requer um cabo com impedância diferente (como a maioria é Ethernet isso não chega a ser um inconveniente).

Existem diversas formas de se transmitir dados. Uma das mais antigas e ainda usadas atualmente é através do cabo coaxial. Se você tem uma TV por assinatura ou internet que não utiliza a linha telefônica muito provavelmente ele faz parte da sua vida. O cabo conta com blindagem e oferece resistência contra interferências eletromagnéticas.

Conclusão

O projeto de sistemas de CFTV de qualidade requer além de bons equipamentos, conhecimento, técnicas de instalação e acima de tudo prática. Lembre-se sempre que o meio de transmissão é o caminho que levará o sinal e vídeo das câmeras até o seu cliente. Por isso a especificação do cabo coaxial mais adequado é um componente chave para a obtenção de um projeto de qualidade. Não instale cabos que não possuam as características mínimas necessárias para sistemas de CFTV. Siga sempre os parâmetros recomendados e com certeza você terá muito sucesso em seus sistemas de CFTV. cabo coaxialcabo coaxial

Bibliográfia

Rosiane.pdf.