Sei sulla pagina 1di 7

LEGISLAÇÃO APLICADA AO SUS

QUESTÕES COMENTADAS EBSERH | Lagarto- Se 2017

Gabarito preliminar

Prof.ª Natale Souza

Olá pessoal, trago hoje cinco questões comentadas, da disciplina Legislação Aplicada ao SUS, que foram cobradas na prova Ebserh/Lagarto, no estado de Sergipe. Vamos lá?

21. A respeito do financiamento da seguridade social, de acordo com as disposições contidas na Constituição Federal, assinale a alternativa correta.

(A)

A seguridade social será financiada apenas pelas contribuições sociais.

(B)

sobre a receita de concursos de prognósticos não incide a contribuição social.

(C)

incidirá contribuição social sobre a aposentadoria e a pensão concedidas

pelo regime geral de previdência social.

(D) em relação ao empregado, à empresa e à entidade a ela equiparada na forma

da lei, haverá incidência da contribuição social sobre a receita e faturamento, mas não sobre o lucro.

(E) Um dos contribuintes da contribuição social é o importador de bens ou

serviços do exterior, ou de quem a lei a ele equiparar.

Comentários: Uma questão que requer do aluno conhecimento do art. 195 da Constituição Federal de 1988. Vamos ao texto do artigo em questão? Art. 195. A seguridade social será financiada por toda a sociedade, de forma direta e indireta, nos termos da lei, mediante recursos provenientes dos orçamentos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, e das seguintes contribuições sociais:

I - do empregador, da empresa e da entidade a ela equiparada na forma da lei, incidentes sobre: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998)

a) a folha de salários e demais rendimentos do trabalho pagos ou creditados, a

qualquer título, à pessoa física que lhe preste serviço, mesmo sem vínculo empregatício; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998)

b) a receita ou o faturamento; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 20, de

1998)

c) o lucro; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998)

II - do trabalhador e dos demais segurados da previdência social, não incidindo

contribuição sobre aposentadoria e pensão concedidas pelo regime geral de previdência social de que trata o art. 201; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998) III - sobre a receita de concursos de prognósticos. IV - do importador de bens ou serviços do exterior, ou de quem a lei a ele equiparar. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 42, de 19.12.2003)

Gabarito: E

22. Para receberem recursos do Fundo Nacional de Saúde, a Lei nº

8.080/1990 impõe aos Municípios, aos Estados e ao Distrito Federal que contem com certos requisitos. Assinale a alternativa que NÃO representa um desses requisitos.

(A)

Fundo de Saúde.

(B)

Conselho de Saúde, com composição paritária.

(C)

Contrapartida de recursos para a saúde no respectivo orçamento.

(D)

Secretário profissional da área da saúde.

(E)

Plano de saúde.

Comentários: Esta questão cabe recurso (anualação), pois em seu enunciado traz a Lei 8.080/90 e o marco jurídico que versa sobre os requisitos para recebimento de recursos fundo a fundo é a Lei 8.142/90. Vejamos o que consta na Lei 8.142/90 sobre o tema:

Art. 4° Para receberem os recursos, de que trata o art. 3° desta lei, os Municípios, os Estados e o Distrito Federal deverão contar com:

I - Fundo de Saúde;

II - Conselho de Saúde, com composição paritária de acordo com o Decreto n°

99.438, de 7 de agosto de 1990;

III - plano de saúde;

IV - relatórios de gestão que permitam o controle de que trata o § 4° do art. 33

da Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990;

V - contrapartida de recursos para a saúde no respectivo orçamento;

VI - Comissão de elaboração do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS),

previsto o prazo de dois anos para sua implantação.

Parágrafo único. O não atendimento pelos Municípios, ou pelos Estados, ou pelo Distrito Federal, dos requisitos estabelecidos neste artigo, implicará em que os recursos concernentes sejam administrados, respectivamente, pelos Estados ou pela União.

Gabarito: D (Se a Banca, no enunciado, fizesse referência à Lei 8.142/90)

23. Assinale a alternativa que apresenta um dos princípios aos quais as ações e serviços públicos de saúde e os serviços privados contratados ou conveniados que integram o Sistema Único de Saúde (SUS) devem obedecer, previstos expressamente na Lei nº 8.080/1990.

(A) Universalidade de acesso aos serviços de saúde em todos os níveis de

assistência. (B) Direito à informação sobre a saúde de familiar assistido.

(C) Organização dos serviços públicos de modo a evitar duplicidade de meios

para fins idênticos.

(D) Diversidade da base de financiamento.

(E) Equidade na forma de participação no custeio.

Comentários: Outra questão que cabe recurso, pois apresenta duas alternativas corretas. O enunciado faz referência aos princípios do SUS, logo temos que nos remeter ao artigo 7º da Lei Orgânica 8.080/90. Todos devem lembrar que, as instituições privadas podem participar do SUS em caráter complementar, quando

o SUS não possui ações e serviços em quantidade suficiente para garantir o acesso universal. Igualitário e a integralidade das ações. Estas instituições que são contratadas ou conveniadas ao SUS devem seguir os princípios e diretrizes do sistema de saúde, como consta no artigo 7º da Lei em questão. A banca traz nas assertivas A e C princípios do SUS, logo deve-se considerar ambas como corretas.

Art. 7º As ações e serviços públicos de saúde e os serviços privados contratados ou conveniados que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), são desenvolvidos de acordo com as diretrizes previstas no art. 198 da Constituição Federal, obedecendo ainda aos seguintes princípios:

I - universalidade de acesso aos serviços de saúde em todos os níveis de assistência;

II - integralidade de assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo

das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;

III

- preservação da autonomia das pessoas na defesa de sua integridade física

e

moral;

IV - igualdade da assistência à saúde, sem preconceitos ou privilégios de

qualquer espécie;

V - direito à informação, às pessoas assistidas, sobre sua saúde;

VI - divulgação de informações quanto ao potencial dos serviços de saúde e a

sua

utilização pelo usuário;

VII

- utilização da epidemiologia para o estabelecimento de prioridades, a

alocação de recursos e a orientação programática;

VIII - participação da comunidade;

IX

- descentralização político-administrativa, com direção única em cada esfera

de

governo:

a) ênfase na descentralização dos serviços para os municípios; b) regionalização e hierarquização da rede de serviços de saúde;

X - integração em nível executivo das ações de saúde, meio ambiente e

saneamento básico;

XI - conjugação dos recursos financeiros, tecnológicos, materiais e humanos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios na prestação de serviços de assistência à saúde da população; XII - capacidade de resolução dos serviços em todos os níveis de assistência; e XIII - organização dos serviços públicos de modo a evitar duplicidade de meios para fins idênticos.

Gabarito: A e C

24. O acordo de colaboração entre os entes federativos para a organização da rede interfederativa de atenção à saúde será firmado por meio de Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde. De acordo com as disposições contidas no Decreto Presidencial nº 7.508/2011, assinale a alternativa correta acerca do Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde.

(A) A humanização do atendimento do usuário será fator determinante para o

estabelecimento das metas de saúde previstas no Contrato Organizativo de

Ação Pública de Saúde.

(B) O Contrato Organizativo de Ação Pública da Saúde resultará da integração

dos planos de saúde dos entes federativos na Rede de Atenção à Saúde, tendo como fundamento as pactuações estabelecidas pela Comissão Intergestores Regional (CIR).

(C) O objeto do Contrato Organizativo de Ação Pública da Saúde é a organização

e a integração das ações e dos serviços de saúde, sob a responsabilidade dos entes federativos em uma Região de Saúde, com a finalidade de garantir a

melhor aplicação dos recursos e a redução dos custos.

(D) As normas de elaboração e fluxos do Contrato Organizativo de Ação Pública

de Saúde serão pactuados pela Comissão Intergestores Regional (CIR),

cabendo à Secretaria de Saúde Estadual coordenar a sua implementação.

(E) A Comissão Intergestores Bipartite (CIB), por meio de serviço especializado,

fará o controle e a fiscalização do Contrato Organizativo de Ação Pública da Saúde.

Comentários: A questão traz o Contrato Organizativo da Ação Pública de Saúde – COAP, um
Comentários: A questão traz o Contrato Organizativo da Ação Pública de Saúde
– COAP, um instrumento instituído pelo Decreto 7.508/11 e fortalece a relação
interfederativa e garante a integralidade do acesso em uma Região de Saúde.
Logo, para responder, o candidato deve ter conhecimento do referido decreto e
ciência da importância do COAP. No artigo 38 do Decreto, podemos ratificar a
importância da humanização para a organização das regiões de saúde,
ratificando a transversalidade da Política Nacional de HumanizaSUS – considero
uma boa questão de prova.
“Art. 38. A humanização do atendimento do usuário será fator determinante para
o estabelecimento das metas de saúde previstas no Contrato Organizativo de
Ação Pública de Saúde. ”
Gabarito: A
25. A Constituição Federal determina que a União aplique, anualmente, em
ações e serviços públicos de saúde, recursos mínimos derivados da
aplicação de percentuais calculados sobre a receita corrente líquida do
respectivo exercício financeiro, não podendo ser inferior a
(A)
30%.
(B)
15%.
(C)
45%.
(D)
20%.
(E)
25%.
Comentários: Uma questão fácil, mas requer atenção e estudo de marcos
jurídicos atualizados. O percentual mínimo que a União deve aplicar em ações e
serviços de saúde consta no art. 198 da Constituição Federal de 1988, após
redação da EC 86 de 2015.
“§ 2º A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios aplicarão,
anualmente, em ações e serviços públicos de saúde recursos mínimos derivados
da aplicação de percentuais calculados sobre: (Incluído pela Emenda
Constitucional nº 29, de 2000)

I - no caso da União, a receita corrente líquida do respectivo exercício financeiro, não podendo ser inferior a 15% (quinze por cento); (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 86, de 2015)

Gabarito:B

Deixo claro que fiz os comentários das questões do certame antes da publicação do gabarito oficial e sugeri os possíveis recursos que provavelmente serão aceitos pela banca, pois os erros são de marcos jurídicos.

Foco, força e Fé sempre!

Abraços,

Professora Natale Souza