Sei sulla pagina 1di 84

NORMA

TÉCNICA

NORMA TÉCNICA NTE – 026 MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA, TRIFÁSICA, URBANA COM CONDUTORES NUS

NTE – 026

MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA, TRIFÁSICA, URBANA COM CONDUTORES NUS E TENSÃO NOMINAL DE 34,5 kV

Cuiabá – Mato Grosso – Brasil

NTE - 026

NTE - 026

APRESENTAÇÃO

1-OBJETIVO

INDICE

2-CAMPO DE APLICAÇÃO

3-RESPONSABILIDADE QUANTO AO CUMPRIMENTO

4-INSTRUÇÕES GERAIS

5-PROCEDIMENTOS

5.1-Afastamentos mínimos na estrutura

5.2-Afastamentos padronizados para montagem das estruturas

5.3- Afastamentos mínimos entre condutores de circuitos diferentes

5.4- Afastamentos mínimos entre condutores e o solo

5.5- Posição do poste em relação ao meio fio

5.6- Afastamentos mínimos entre condutores e edificações

5.7-Afastamentos mínimos - edificações sob as redes

5.8- Engastamento de postes

5.9- Afastamentos padronizados do primário

5.10- Montagem de estai de contra-poste primário com engastamento simples

5.11-Montagem de estai de cruzeta a poste – primário

5.12- Montagem de estai de poste a poste – primário

5.13-Estruturas primárias padronizadas

5.14- Postos de transformação – montagens padronizadas

5.15- Fixação dos pára-raios no tanque do transformador

5.16-Malha de aterramento

5.17-Gráficos para definição de estruturas primárias

6-VIGÊNCIA

7-CONTROLE DE REVISÕES

8-APROVAÇÃO

Pagina.

3

4

4

4

4

6

6

7

8

9

9

10

11

12

13

13

14

15

16

59

78

79

80

84

84

84

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 2/84

NTE - 026

NTE - 026

APRESENTAÇÃO

Nesta norma técnica são apresentadas as instalações básicas padronizadas para montagem de redes primárias trifásicas de distribuição aérea de energia elétrica, da classe 34,5 kV, em áreas urbanas, empregando-se condutores nus, cruzetas de concreto e isoladores tipo pilar.

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 3/84

NTE - 026

NTE - 026

1. OBJETIVO

Estabelecer um padrão básico para montagem de redes primárias trifásicas de distribuição aérea de energia elétrica, em áreas urbanas, com tensão nominal de 34,5 kV, com cabos nus, de modo

a assegurar condições técnicas, econômicas e de segurança, favoráveis às instalações e a qualidade do serviço de energia elétrica.

2. CAMPO DE APLICAÇÃO

Esta Norma aplica-se à construção, ampliação, reforço e reforma de redes primárias trifásicas de distribuição aérea de energia elétrica, em áreas urbanas, empregando cabos nus, na tensão nominal de 34,5 kV, dentro da área de concessão da CEMAT.

3. RESPONSABILIDADE QUANTO AO CUMPRIMENTO

A todas as áreas responsáveis pela construção, projeto, manutenção, operação e inspeção de

redes de distribuição dentro da área de concessão da Cemat, cabe zelar pelo cumprimento das prescrições desta norma.

4. INSTRUÇÕES GERAIS

4.1. O presente padrão estabelece as instalações básicas. Eventualmente o projeto terá que alterar ou completar detalhes para atender casos particulares possíveis de acontecer numa construção.

4.2. Em estruturas com instalação de equipamentos não é permitido o estaiamento.

4.3. Os condutores padronizados nesta Norma são os seguintes:

BITOLA/TIPO

2 AWG - CAA

1/0 AWG - CAA

4/0 AWG - CAA

336,4 MCM-CA

4.4. A sequência de fases deve ser ABC, de tal forma que sempre a fase A fique no lado da via pública, exceção feita quando o posteamento for em canteiro central.

4.5. Interligar o cabo do estai ao neutro sempre que esta situação coexistir.

4.6. Em circuitos radiais, para facilitar a identificação do sentido fonte-carga, nas estruturas N1 e B1 as cruzetas devem ser instaladas do lado fonte.

4.7. As estruturas tipo B (beco) devem ser usadas nas situações onde as estruturas tipo N (normal), não atendam os afastamentos mínimos entre os condutores e edificações.

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 4/84

NTE - 026

NTE - 026

4.8. São considerados normais os vãos de até 80 m.

4.9. Os desenhos apresentados mostram a montagem das estruturas em postes DT e com cadeias com dois isoladores de disco, correspondente à tensão de 13,8 kV, contudo, as relações de materiais contemplam também os postes circulares e a tensão de 34,5 kV.

4.10. As conexões previstas nesta Norma são somente as do tipo cunha.

4.11. Para o dimensionamento das estruturas primárias devem ser consultados os gráficos para escolha de estruturas contidos no item 6.14

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 5/84

NTE - 026

NTE - 026

5.

PROCEDIMENTOS

5.1. Afastamentos mínimos na estrutura

RSI Comunicação (Faixa de ocupação) h d 80 min cb b e 50 máx 10
RSI
Comunicação
(Faixa de ocupação)
h
d
80 min
cb
b
e
50 máx
10 min
150 min
e
g
a
"g" e "a" (afastamento sem cruzeta de ramal)
k Afastamentos mínimos ( cm) h (comunicação e cabos aterrados) Tensão k 150 k 150
k
Afastamentos mínimos ( cm)
h (comunicação e cabos aterrados)
Tensão
k
150
k
150
a
Ferrovias não
b
c
e
Vias exclusivas de
Ruas e
Rodovias
kV
g
pedestres
Entrada de prédios e
demais locais de uso
eletrificadas e
d
d
avenidas
federais
em áreas urbanas
restrito a veiculos
não eletrificáveis
Até 1
300
500 450
700 600
36,2
90
70
90
35
50
100 100

NOTA 1 - Em ferrovias eletrificadas ou eletrificáveis, a distância mínima "h" entre o condutor e o boleto dos trilhos é de 12 m.

NOTA 2 - Em rodovias estaduais, a distância mínima "h" entre o condutor e o solo deve obedecer à legislação específica do órgão regulador estadual. Na falta de regulamentação estadual, obedecer aos valores aquí fixados.

NOTA 3 - A altura mínima "h" corresponde à flecha máxima.

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 6/84

NTE 026

5.2. Afastamentos padronizados para montagem das estruturas

Revisão 14

NTE - 026

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 7/84

h h 115 - 36,2 kV 130 - 36,2 kV 115 - 36,2 kV 15
h
h
115
- 36,2 kV
130 - 36,2 kV
115
- 36,2 kV
15 (ver obs. 2)
135- 36,2 kV
115
- 36,2 kV
Rede Secundária
110
- 36,2 kV
Isolada
105 - 36,2 kV
Rede Secundária
Isolada
Rede Secundária
105
- 36,2 kV
Isolada
110
- 36,2 kV
Rede Secundária
Isolada
170h
15 (ver obs. 2)
h
160
SOLO
POSTE DE 10 m
POSTE DE 11 m
POSTE DE 12 m
POSTE DE 12 m

NOTA 1 - Medidas em cm NOTA 2 - Quando se usar a outra face do poste reduzir a cota em 5 cm NOTA 3 - A altura mínima "h" corresponde à condição de flecha máxima indicada na Tabela 3 ao lado NOTA 4 - Em rodovias estaduais, a distância mínima do cabo ao solo deve obedecer à legislação específica do órgão estadual. Na falta de regulamentação estadual, obedecer a tabela ao lado

Tabela 3 - Distância entre condutores e o solo

Natureza do logradouro

Altura mínima (h) cm

Vias exclusivas de pedestres

350

Ruas e avenidas

550

Entradas de prédios e demais locais de uso restrito a veículos

450

Rodovias federais

700

Ferrovias não eletrificadas e não eletrificáveis

600

restrito a veículos 450 Rodovias federais 700 Ferrovias não eletrificadas e não eletrificáveis 600
NTE - 026

NTE - 026

60

100

180

60

5.3. Afastamentos mínimos entre condutores de circuitos diferentes

36,2 kV 1 kV 36,2 kV 90
36,2 kV
1 kV
36,2 kV
90
Rede Secundária Isolada Comunicação

Rede Secundária

Isolada

Rede Secundária Isolada Comunicação

Comunicação

Rede Secundária Isolada Comunicação
Rede Secundária Isolada Comunicação
Rede Secundária Isolada Comunicação
Rede Secundária Isolada Comunicação

Medidas em cm

90 Rede Secundária Isolada Comunicação Medidas em cm NOTA - Os valores dos afastamentos indicados são
90 Rede Secundária Isolada Comunicação Medidas em cm NOTA - Os valores dos afastamentos indicados são

NOTA - Os valores dos afastamentos indicados são para as situações mais desfavoráveis de flecha

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 8/84

NTE - 026

NTE - 026

5.4. Afastamentos mínimos entre condutores e o solo

REDE PRIMÁRIA REDE SECUNDÁRIA RAMAL DE LIGAÇÃO COMUNICAÇÃO E CABOS ATERRADOS Ferrovias não eletrificadas ou
REDE PRIMÁRIA
REDE SECUNDÁRIA
RAMAL DE LIGAÇÃO
COMUNICAÇÃO E CABOS
ATERRADOS
Ferrovias não
eletrificadas ou não
eletrificáveis
Rodovias
Ruas e
federais
avenidas
Entrada de prédios
e demais locais de
uso restrito a
veículos
Vias exclusivas
de pedestres em
áreas urbanas

NOTAS

1

- Medidas em centímetros

2

- Os valores indicados são para o circuito na condição de flecha máxim e para o condutor mais próximo do solo.

3

- Em ferrovias eletrificadas ou eletrificáveis, a distância do condutor ao boleto dos trilhos é de 12 m para tensõesaté 36,2 kV, conforme ABNT NBR 14165.

4

- Em rodovias estaduais, recomenda-se que a distância mínima do condutor ao solo atenda à legislação específica do órgão estadual

.

Na falta de regulamentação estadual, obedecer aos valores mostrados nesta figura para rodovias federais

5.5. Posição do poste em relação ao meio fio

MEIO FIO CALÇADA RUA d d = 35 cm - para passeio com largura de
MEIO FIO
CALÇADA
RUA
d
d
= 35 cm - para passeio com largura de até 1,5 metros;
d
= 50 cm - para passeio com largura maior que 1,5 metros

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 9/84

NTE - 026

NTE - 026

5.6. Afastamentos mínimos entre condutores e edificações C D C D D C a b
5.6. Afastamentos mínimos entre condutores e edificações
C
D
C
D
D C
a
b
c
Afastamentos horizontal e vertical
entre condutores e muros
Afastamento vertical entre os condutores e o piso de sacadas, terraços ou
janelas das edificações
e
d
f
Afastamento horizontal entre os condutores e o piso
de sacadas, terraços e janelas de edificações
Afastamento horizontal entre os
condutores e paredes de
edificações
Afastamento horizontal entre os
condutores e a cimalha e o telhado
de edificações
PLACA
OU
ANÚNCIO
NOTA 1 - Se os afastamentos verticais das Figuras "b" e "c" não puderem ser
mantidos, exigem-se os afastamentos horizontais da Figura "d"
NOTA 2 - Se o afastamento vertical entre os condutores e as sacadas, terraços ou
janelas for igual ou mior do que as dimensões das Figuras "b" e "c", não se exige o
afastamento horizontal da borda da sacada, terraço ou janela da Figura "d", porém o
afastamento da Figura "e" deve ser mantido

g

Afastamento horizontal entre os condutores e placas de publicidade

   

Afastamentos mínimos - (mm)

   

Figura

36,2 kV

Somente secundário

A

C

B

D

a

1200

3200

500

2500

b

--

1200

--

500

c

--

3200

--

2500

d

1700

--

1200

--

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 10/84

NTE 026

Revisão 14

NTE - 026

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 11/84

5.7. Afastamentos mínimos - edificações sob as CEMATs Raio = 250 min RD primária 200
5.7. Afastamentos mínimos - edificações sob as CEMATs
Raio = 250 min
RD primária
200 min
80 min
250 min
RD-Secundária- Isolada
Multiplexada
Faixa de
ocupação
Compartilha
50 min
mento
Rede Telefônica
(Limite inferior da faixa
de ocupação
Out-doors, relógios,
semáforos e radares
Pontos comerciais
Raio = 250 min
Edificações de
paradas de ônibus
50
SOLO
SOLO
60 min

NOTA - O raio de 250 cm se aplica a qualquer estutura, inclusive redes de telecomunicação e TV a cabo

Dimensões em cm

NOTA - O raio de 250 cm se aplica a qualquer estutura, inclusive redes de telecomunicação
NTE - 026

NTE - 026

5.8. Engastamento de poste

L Solo socado em camadas de 20 cm A B E
L
Solo socado
em camadas
de 20 cm
A
B
E

CORTE AB

Dv
Dv

1-ENGASTAMENTO

SIMPLES

ENGASTAMENTO DE POSTE

Sentido do esforço
Sentido do
esforço
30 50 E 50 A
30
50
E
50
A
Dv CORTE AB
Dv
CORTE AB

Concreto Traço 1:3:5 (ver obs 3 e 4)

2-ENGASTAMENTO

COM BASE CONCRETADA

30 20 B E Placa de concreto 20 ou tora de madeira
30
20
B
E
Placa de
concreto
20
ou tora de
madeira

A

     

CORTE AB

  3 -ENGASTAMENTO
  3 -ENGASTAMENTO
 

3 -ENGASTAMENTO

REFORÇADO

    CORTE AB   3 -ENGASTAMENTO REFORÇADO                
    CORTE AB   3 -ENGASTAMENTO REFORÇADO                
     
     
 
 
 
 
 
 
     
     
 
 
 
 
 
 
     
     
     
     
 
 
 
 
 
 
     
     
 
 
 
 
 
 

OBS:

1 - Medidas em centimetros 2- A profundidade do engastamento é calculada por

3- Refere-se a 1 volume de cimento Portland, 3 de areia e 5 de pedra britada n.o. 2.

E = L x 0,1 + 60

O tempo de cura não deve ser inferior a 12 dias.

4- Para evitar a aderência do concreto no poste, (base concretada), envolver o

poste

com plástico ou com a própria embalagem do cimento.

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 12/84

NTE - 026

NTE - 026

5.9. Afastamentos padronizados do primário. Os afastamentos padronizados para montagem das estruturas primárias estão indicados nos próprios desenhos das estruturas primárias padronizadas contidas no item 5.13.

5.10.Montagem de estai de contra-poste primário com engastamento simples

de estai de contra-poste primário com engastamento simples Contra poste de concreto de 5 metros Solo
de estai de contra-poste primário com engastamento simples Contra poste de concreto de 5 metros Solo
de estai de contra-poste primário com engastamento simples Contra poste de concreto de 5 metros Solo

Contra poste de concreto de 5 metros

engastamento simples Contra poste de concreto de 5 metros Solo não atingido pela escavação solo socado

Solo não atingido pela escavação

solo socado em camadas de 20 cm

Observação Medidas em centímetros

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 13/84

NTE - 026

NTE - 026

5.11. Montagem de estai de cruzeta a poste – primário

O SA N1 Z2
O SA
N1
Z2
N2 G2, H 15 SA O NEUTRO
N2
G2, H
15
SA
O
NEUTRO
Observação Medidas em centímetros
Observação
Medidas em centímetros

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 14/84

NTE - 026

NTE - 026

5.12. Montagem de estai de poste a poste – primário

- 026 5.12. Montagem de estai de poste a poste – primário 25 15 NEUTRO Observação

25

15 NEUTRO
15
NEUTRO

Observação Medidas em centímetros

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 15/84

NTE - 026

NTE - 026

5.13. Estruturas primárias padronizadas

NTE - 026 5.13. Estruturas primárias padronizadas NTE 026 Revisão 14 GPS/NT 30/10/2013 Pág. 16/84

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 16/84

NTE - 026

NTE - 026

ESTRUTURA N1

90 30 60 D,E 40 F 40 C B G1,G2,G3,G4
90
30 60
D,E
40
F
40
C
B
G1,G2,G3,G4

VISTA FRONTAL

VISTA LATERAL

VISTA FRONTAL V I S T A L A T E R A L OBS Medidas

OBS Medidas em cm

VISTA SUPERIOR

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 17/84

NTE - 026

NTE - 026

 

MONTAGEM DA ESTRUTURA – N1

ITEM

CÓDIGO

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE PARA TENSÃO DE OPERAÇÃO (kV)

CEMAT

34,5-DT

34,5-C

A

Nota 1

Poste de concreto armado – Seção DT ou Circular

1

1

B

10002693

Cruzeta de concreto –250 daN - retangular

1

1

C

10003250

Mão francesa plana de 619 mm

2

2

D

10001448

Isolador pilar – 110 kV

   

E

10001453

Isolador pilar – 170 kV

3

3

F

10001807

Pino auto-travante –140 mm para isolador pilar

3

3

G

10010436

Parafuso de cabeça quadrada- 125 mm

2

2

H

10008218

Arruela quadrada

5

3

Nota 1: Material depende da aplicação

 

FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO – DT

 
     

COMPRIMENTO (m)

   

10

     

11

   

12

 

CÓDIGO

 

RESISTÊNCIA NOMINAL (daN)

 

150

300

600

1000

 

200

300

600

1000

300

600

100

ITEM

CEMAT

POSTE

   

DESCRIÇÃO

 

QUANTIDADE

 

G1

 

10010437

 

Parafuso de cabeça quadrada de 150 mm

 

1

                   

G2

 

10010438

 

Parafuso de cabeça quadrada de 200 mm

   

1

 

1

1 1

 

1

 

1 1

1 1

 

1

G3

 

10010439

 

Parafuso de cabeça quadrada de 250 mm

 

1

1

 

1 1

 

1

 

1 1

 

1

 

G4

 

10010440

 

Parafuso de cabeça quadrada de 300 mm

       

1

       

1 1

   
 

FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO CIRCULAR

 
     

COMPRIMENTO (m)

   

10

   

11

   

12

 

CÓDIGO

 

POSTE

RESISTÊNCIA NOMINAL (daN)

 

150

300

600

1000

 

200

300

600

1000

300

600

1000

ITEM

CEMAT

   

DESCRIÇÃO

 

QUANTIDADE

 
   

10010432

 

Parafuso de cabeça abaulada de 150 mm

   

1

   

10010430

 

Parafuso de Cabeça abaulada de 50 mm

   

1

   

10003285

 

Sela para Cruzeta

   

1

   

10002633

 

Cinta circular de Ø 150 mm

 

1

     

1

           
   

10002634

 

Cinta circular de Ø 160 mm

 

1

     

1

           
   

10002635

 

Cinta circular de Ø 170 mm

   

1

     

1

   

1

   
   

10002636

 

Cinta circular de Ø 180 mm

   

1

     

1

   

1

   
   

10002638

 

Cinta circular de Ø 200 mm

       

1 1

         

1

 
   

10002639

 

Cinta circular de Ø 210 mm

       

1 1

         

1

 
   

10002641

 

Cinta circular de Ø 230 mm

       

1

       

1

   

1

   

10002642

 

Cinta circular de Ø 240 mm

       

1

       

1

   

1

 

AMARRAÇÃO DO CONDUTOR

 
 

CÓDIGO

 

BITOLA

2- AWG CAA

1/0 AWG CAA

 

4/0 AWG CAA

 

336,4 MCM CA

ITEM

CEMAT

CONDUTOR

 

Ângulo de deflexão da CEMAT

< 35.º

> 35.º

< 35.º

> 35.º

 

< 35.º

> 35.º

< 35º

> 35.º

   

DESCRIÇÃO

   

QUANTIDADE

 
 

I Tabela 2

Laço pré-formado de topo

3

   

3

   

3

   

3

 
 

J Tabela 3

Laço pré-formado simples lateral

 

3

 

3

   

3

   

3

REDE AT

 

CÓDIGO CEMAT

 

DESCRIÇÃO

 

2

CAA

   

10001529

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 2 AWG para isolador de pescoço 57 mm

 

1/0 CAA

   

10001530

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 1/0 AWG para isolador de pescoço 57 mm

 

4/0 CAA

   

10001528

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 4/0 AWG para isolador de pescoço 57 mm

 

336,4 MCM CA

 

10001534

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 336,4 MCM para isolador de pescoço 57 mm

 

TABELA 2: Tabela de aplicação de laços pré-formados de topo

TABELA 3: Tabela de aplicação de laços pré-formados lateral

REDE AT

CÓDIGO CEMAT

DESCRIÇÃO

2

CAA

10001602

Laço pré-formado Lateral para cabo 2 AWG CAA

1/0 CAA

10001603

Laço pré-formado Lateral para cabo 1/0 AWG CAA

4/0 CAA

10001599

Laço pré-formado Lateral para cabo 4/0 AWG CAA

336,4 MCM CA

10001607

Laço pré-formado Lateral para cabo 336,4 MCM CA

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 18/84

NTE - 026

NTE - 026

ESTRUTURA - N3

O N 40 H,G P M Q G2,G3 A
O
N
40
H,G
P M
Q
G2,G3
A

VISTA FRONTAL

VISTA LATERAL

K1,K2 B
K1,K2
B

OBS Medidas em cm

VISTA SUPERIOR

OPÇÃO DE ANCORAGEM Isolador tipo bastão polimérico

VISTA SUPERIOR OPÇÃO DE ANCORAGEM Isolador tipo bastão polimérico P1 NTE 026 Revisão 14 GPS/NT 30/10/2013

P1

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 19/84

NTE - 026

NTE - 026

MONTAGEM DA ESTRUTURA – N3 CÓDIGO ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE PARA TENSÃO DE OPERAÇÃO (kV) CEMAT
MONTAGEM DA ESTRUTURA – N3
CÓDIGO
ITEM
DESCRIÇÃO
QUANTIDADE PARA TENSÃO DE
OPERAÇÃO (kV)
CEMAT
34,5-DT
34,5 -C
A
Nota 1
Poste de concreto armado – Seção DT ou Circular
1
1
B
10002693
Cruzeta de concreto –250 daN - retangular
2
2
C
10003250
Mão francesa plana de 619 mm
4
4
O
10001775
Olhal para parafuso
3
3
P
10001491
Isolador de disco –porcelana 150 mm
9
ou 0
9
ou 0
P1
10001481
Isolador tipo bastão polimérico – 15 kV
P1
10001484
Isolador tipo bastão polimérico – 36,2 kV
0
ou 3
0
ou 3
Q
10001325
Gancho Olhal
3
3
G
10010436
Parafuso de cabeça quadrada- 125 mm
4
4
H
10008218
Arruela quadrada
11
FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO – DT
COMPRIMENTO (m)
10
11
12
CÓDIGO
ITEM
POSTE
RESISTÊNCIA NOMINAL (daN)
CEMAT
DESCRIÇÃO
QUANTIDADE
G2
10010438
Parafuso de cabeça quadrada de 200 mm
1
1
G3
10010439
Parafuso de cabeça quadrada de 250 mm
1
1
1
1
1
1
1
1
1
K1
10003267
Parafuso de rosca dupla de 400 mm
3
3
3
3
3
3
3
3
K2
10003264
Parafuso de rosca dupla de 450 mm
3
3
3
FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO CIRCULAR
COMPRIMENTO (m)
10
11
12
CÓDIGO
POSTE
ITEM
RESISTÊNCIA NOMINAL (daN)
CEMAT
DESCRIÇÃO
QUANTIDADE
10010432
Parafuso de cabeça abaulada de 150 mm
2
10010430
Parafuso de Cabeça abaulada de 50 mm
2
10003285
Sela para Cruzeta
2
2 2
2 2
2
2
2
2
2
2
10002633
Cinta circular de Ø 150mm
1
1
10002634
Cinta circular de Ø 160 mm
1
1
10002635
Cinta circular de Ø 170 mm
1 1
1
10002636
Cinta circular de Ø 180 mm
1 1
1
10002638
Cinta circular de Ø 200 mm
1 1
1
10002639
Cinta circular de Ø 210 mm
1 1
1
10002641
Cinta circular de Ø 230 mm
1
1
1
10002642
Cinta circular de Ø 240 mm
1
1
1
10003264
Parafuso de rosca dupla de 450 mm
2
2 2
2 2
2
2
2
10003268
Parafuso de rosca dupla de 500 mm
2
2
2
AMARRAÇÃO DO CONDUTOR
CÓDIGO
CONDUTOR
BITOLA
2- AWG CAA
1/0 AWG CAA
4/0 AWG CAA
336,4 MCM CA
ITEM
CEMAT
DESCRIÇÃO
QUANTIDADE
M1
10001823
Sapatilha
3
M
10001644
Manilha sapatilha
3
3
3
N
Tabela 1
Alça pré-formada de Distribuição
3
150
150
300
300
600
600
1000
1000
200
200
300
300
600
600
1000
1000
300
300
600
600
1000
1000

Nota 1: Material depende da aplicação

TABELA 1: Tabela de aplicação de alças pré-formadas

REDE AT

CÓDIGO CEMAT

DESCRIÇÃO

2 CAA

10000808

Alça pré-formada distribuição para cabo CA ou CAA 2 AWG

1/0 CAA

10000809

Alça pré-formada distribuição para cabo CA ou CAA 1/0 AWG

4/0 CAA

10000859

Alça pré-formada distribuição para cabo CA ou CAA 4/0 AWG

336,4 MCM CA

10000805

Alça pré-formada distribuição para cabo CA ou CAA 336,4 MCM

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 20/84

NTE - 026 D,E X F M Q P O I N VISTA FRONTAL VISTA

NTE - 026

D,E

X

F M Q

P

O

I

N

VISTA FRONTAL VISTA LATERAL K1,K2 B G,H OPÇÃO DE ANCORAGEM Isolador tipo bastão polimérico VISTA
VISTA FRONTAL
VISTA LATERAL
K1,K2
B
G,H
OPÇÃO DE ANCORAGEM
Isolador tipo bastão polimérico
VISTA SUPERIOR

NTE 026

Revisão 14

P1

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 21/84

NTE - 026

NTE - 026

 

MONTAGEM DA ESTRUTURA – N4

ITEM

CÓDIGO

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE PARA TENSÃO DE OPERAÇÃO (kV)

CEMAT

34,5-DT

34,5-C

A

Nota 1

Poste de concreto armado – Seção DT ou Circular

1

1

B

10002693

Cruzeta de concreto –250 daN - retangular

2

2

C

10003250

Mão francesa plana de 619 mm

4

4

O

10001775

Olhal para parafuso

6

6

P

10001491

Isolador de disco –porcelana 150 mm

18 ou 0

18 ou 0

P1

10001481

Isolador tipo bastão polimérico – 15 kV

   

P1

10001484

Isolador tipo bastão polimérico – 36,2 kV

0 ou 6

0 ou 6

Q

10001325

Gancho Olhal

6

6

G

10010436

Parafuso de cabeça quadrada- 125 mm

4

4

H

10008218

Arruela quadrada

8

8

D

10001448

Isolador pilar – 110 kV

   

E

10001453

Isolador pilar - 170 kV

3

3

F

10001807

Pino auto-travante –140 mm para isolador pilar

3

3

Nota 1: Material depende da aplicação

 

FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO – DT

 
       

COMPRIMENTO (m)

 

10

   

11

   

12

CÓDIGO

 

RESISTÊNCIA NOMINAL (daN)

150

300

600

1000

 

200

300

600

1000

300

600

1000

ITEM

CEMAT

POSTE

 

DESCRIÇÃO

 

QUANTIDADE

 

G2

10010438

Parafuso de cabeça quadrada de 200 mm

 

1

     

1

1

1

 

1

1

 

G3

10010439

Parafuso de cabeça quadrada de 250 mm

   

1

1

1

 

1

1

 

1

1

1

1

K1

10003267

Parafuso de rosca dupla de 400 mm

 

3

3

3

 

3

3

3

 

3

3

 

K2

10003264

Parafuso de rosca dupla de 450 mm

       

3

     

3

   

3

 

FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO CIRCULAR

 
       

COMPRIMENTO (m)

 

10

   

11

   

12

CÓDIGO

POSTE

 

RESISTÊNCIA NOMINAL (daN)

150

300

600

1000

200

300

600

1000

300

600

1000

ITEM

CEMAT

 

DESCRIÇÃO

 

QUANTIDADE

 
 

10010432

Parafuso de cabeça abaulada de 150 mm

   

2

 

10010430

Parafuso de Cabeça abaulada de 50 mm

   

2

 

10003285

Sela para Cruzeta

   

2 2

2 2

2

 

2

 

2 2

2

2

2

 

10002633

Cinta circular de Ø 150 mm

   

1 1

                 
 

10002634

Cinta circular de Ø 160 mm

   

1 1

                 
 

10002635

Cinta circular de Ø 170 mm

         

1 1

     

1

   
 

10002636

Cinta circular de Ø 180 mm

         

1 1

     

1

   
 

10002638

Cinta circular de Ø 200 mm

     

1

         

1 1

   
 

10002639

Cinta circular de Ø 210 mm

     

1

         

1 1

   
 

10002641

Cinta circular de Ø 230 mm

       

1

     

1

   

1

 

10002642

Cinta circular de Ø 240 mm

       

1

     

1

   

1

 

10003264

Parafuso de rosca dupla de 450 mm

 

2

 

2 2

 

2

2

 

2 2

 

2

 
 

10003268

Parafuso de rosca dupla de 500 mm

       

2

     

2

   

2

 

AMARRAÇÃO DO CONDUTOR

 

ITEM

CÓDIGO

CONDUTOR

BITOLA

2- AWG CAA

1/0 AWG CAA

 

4/0 AWG CAA

336,4 MCM CA

CEMAT

 

DESCRIÇÃO

 

QUANTIDADE

 

M1

10001823

Sapatilha

6

     

M

10001644

Manilha sapatilha

     

6

 

6

 

6

N

Tabela 1

Alça pré-formada de Distribuição

   

6

 

6

 

6

I

Tabela 2

Laço pré-formado de topo

3

 

3

 

3

 

3

X

Tabela 4

Conector derivação tipo cunha

 

Ver tabela 4

 

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 22/84

NTE - 026

NTE - 026

TABELA 1: Tabela de aplicação de alças pré-formadas

REDE AT

CÓDIGO CEMAT

DESCRIÇÃO

2

CAA

10000808

Alça pré-formada distribuição para cabo CA ou CAA 2 AWG

1/0 CAA

10000809

Alça pré-formada distribuição para cabo CA ou CAA 1/0 AWG

4/0 CAA

10000859

Alça pré-formada distribuição para cabo CA ou CAA 4/0 AWG

336,4 MCM CA

10000805

Alça pré-formada distribuição para cabo CA ou CAA 336,4 MCM

TABELA 2: Tabela de aplicação de laços pré-formados de topo

REDE AT

CÓDIGO CEMAT

DESCRIÇÃO

2

CAA

10001529

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 2 AWG para isolador de pescoço 57 mm

1/0 CAA

10001530

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 1/0 AWG para isolador de pescoço 57 mm

4/0 CAA

10001528

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 4/0 AWG para isolador de pescoço 57 mm

336,4 MCM CA

10001534

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 336,4 MCM para isolador de pescoço 57 mm

TABELA 4: Tabela de aplicação de conectores derivação tipo cunha

 

CONEXÕES

CÓDIGO

 

DESCRIÇÃO

CONDUTOR

2- AWG

1/0 AWG

4/0 AWG

336,4

CEMAT

- BITOLA

CAA

CAA

CAA

MCM CA

10001123

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 13, 6,55 a 10,11 mm 2 , 5,18 a 8,38 mm 2 , série vermelho

 

3

     

10001124

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 10, 8,23 a 14,53 mm 2 , 4,11 a 11,79 mm 2 , série azul

2- AWG

 

3

   

10001126

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 6, 9,25 a 14,53 mm 2 , 6,55 a

CAA

   

3

 

14,53 mm 2 , série azul

         

3

10001124

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 10, 8,23 a 14,53 mm 2 , 4,11 a 11,79 mm 2 , série azul

 

3

     

10001124

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 10, 8,23 a 14,53 mm 2 , 4,11 a

 

3

   

11,79 mm 2 , série azul

1/0 AWG

 

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 6, 9,25 a 14,53 mm 2 ,

CAA

       

10001126

6,55 a 14,53 mm 2 , série azul

3

10001077

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 17, 16,90 a 18,30 mm 2 , 7,42 a 11,35 mm 2 , série azul

     

3

10001126

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 6, 9,25 a 14,53 mm 2 , 6,55 a 14,53 mm 2 , série azul

 

3

     
 

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 6, 9,25 a 14,53 mm 2 ,

       

10001126

6,55 a 14,53 mm 2 , série azul

4/0 AWG

3

10001138

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 15, 9,25 a 14,53 mm 2 , 9,25 a

CAA

   

3

 

14,53 mm 2 , série azul

10001075

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 16, 16,90 a 18,30 mm 2 , 11,80

     

3

a

14,31 mm 2 , série azul

     

3

     

10001075

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 16, 16,90 a 18,30 mm 2 , 11,80

 

3

   

a

14,31 mm 2 , série azul

336,4 MCM

CA

10001071

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 2, 15,24 a 17,37 mm 2 , 11,68 a

17,37 mm 2 , série azul

   

3

 

10001071

Conector, cunha, liga de Alumínio, CN 2, 15,24 a 17,37 mm 2 , 11,68 a 17,37 mm 2 , série azul

       

3

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 23/84

NTE - 026

NTE - 026

ESTRUTURA B1

60 60 55 A 125 G1,G2,G3 VISTA FRONTAL 80
60
60
55
A
125
G1,G2,G3
VISTA FRONTAL
80

VISTA LATERAL

G3,G4 60 55 A 125 G1,G2,G3 VISTA FRONTAL 80 VISTA LATERAL OBS Medidas em cm VISTA SUPERIOR

OBS Medidas em cm

VISTA SUPERIOR

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 24/84

NTE - 026

NTE - 026

 

MONTAGEM DA ESTRUTURA – B1

ITEM

CÓDIGO

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE PARA TENSÃO DE OPERAÇÃO (kV)

CEMAT

34,5-DT

34,5-C

A

Nota 1

Poste de concreto armado – Seção DT ou Circular

1

1

B

10002693

Cruzeta de concreto –250 daN - retangular

1

1

R

10003242

Mão francesa perfilada

1

1

D

10001448

Isolador pilar – 110 kV

   

E

10001453

Isolador pilar – 170 kV

3

3

F

10001807

Pino auto-travante –140 mm para isolador pilar

3

3

G

10010436

Parafuso de cabeça quadrada- 125 mm

1

1

H

10008218

Arruela quadrada

4

2

Nota 1:Material depende da aplicação

 

FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO – DT

 
     

COMPRIMENTO (m)

   

10

     

11

   

12

 

CÓDIGO

 

RESISTÊNCIA NOMINAL (daN)

 

150

300

600

1000

 

200

300

600

1000

300

600

1000

ITEM

CEMAT

POSTE

   

DESCRIÇÃO

 

QUANTIDADE

 

G1

 

10010437

 

Parafuso de cabeça quadrada de 150 mm

 

1

                   

G2

 

10010438

 

Parafuso de cabeça quadrada de 200 mm

   

1

 

1 1

 

1 1

   

1

1

 

G3

 

10010439

 

Parafuso de cabeça quadrada de 250 mm

 

1

1

 

1 1

 

1 1

1

 

1

1 1

 

1

G4

 

10010440

 

Parafuso de cabeça quadrada de 300 mm

       

1

         

1 1

 
 

FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO CIRCULAR

 
     

COMPRIMENTO (m)

   

10

   

11

   

12

 

CÓDIGO

 

POSTE

RESISTÊNCIA NOMINAL (daN)

 

150

300

600

1000

 

200

300

600

1000

300

600

1000

ITEM

CEMAT

   

DESCRIÇÃO

 

QUANTIDADE

 
   

10010432

 

Parafuso de cabeça abaulada de 150 mm

   

1

   

10010430

 

Parafuso de Cabeça abaulada de 50 mm

   

1

   

10003285

 

Sela para Cruzeta

   

1

   

10002633

 

Cinta circular de Ø 150 mm

 

1

                   
   

10002634

 

Cinta circular de Ø 160 mm

 

1

     

1

           
   

10002635

 

Cinta circular de Ø 170 mm

   

1

   

1

1

   

1

   
   

10002636

 

Cinta circular de Ø 180 mm

   

1

     

1

   

1

   
   

10002638

 

Cinta circular de Ø 200 mm

       

1 1

           

1

   

10002639

 

Cinta circular de Ø 210 mm

       

1 1

         

1

 
   

10002641

 

Cinta circular de Ø 230 mm

       

1

       

1

   

1

   

10002642

 

Cinta circular de Ø 240 mm

       

1

       

1

   

1

 

AMARRAÇÃO DO CONDUTOR

 
 

CÓDIGO

 

BITOLA

2- AWG CAA

1/0 AWG CAA

 

4/0 AWG CAA

 

336,4 MCM CA

ITEM

CEMAT

CONDUTOR

 

Ângulo de deflexão da CEMAT

< 35.º

> 35.º

< 35.º

> 35.º

 

< 35.º

> 35.º

< 35º

> 35.º

   

DESCRIÇÃO

   

QUANTIDADE

 
 

I Tabela 2

Laço pré-formado de topo

3

   

3

   

3

   

3

 
 

J Tabela 3

Laço pré-formado simples lateral

 

3

 

3

   

3

   

3

REDE AT

 

CÓDIGO CEMAT

 

DESCRIÇÃO

 

2

CAA

   

10001529

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 2 AWG para isolador de pescoço 57 mm

 

1/0 CAA

   

10001530

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 1/0 AWG para isolador de pescoço 57 mm

 

4/0 CAA

   

10001528

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 4/0 AWG para isolador de pescoço 57 mm

 

336,4 MCM CA

 

10001534

Laço pré-formado distribuição para cabo CAA 336,4 MCM para isolador de pescoço 57 mm

 

TABELA 2: Tabela de aplicação de laços pré-formados de topo

TABELA 3: Tabela de aplicação de laços pré-formados lateral

REDE AT

CÓDIGO CEMAT

DESCRIÇÃO

2

CAA

10001602

Laço pré-formado Lateral para cabo 2 AWG CAA

1/0 CAA

10001603

Laço pré-formado Lateral para cabo 1/0 AWG CAA

4/0 CAA

10001599

Laço pré-formado Lateral para cabo 4/0 AWG CAA

336,4 MCM CA

10001607

Laço pré-formado Lateral para cabo 336,4 MCM CA

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 25/84

NTE - 026 ESTRUTURA - N4-CH O M P Q Q2 G2,G3,G4 N 40 C

NTE - 026

ESTRUTURA - N4-CH

O M P Q Q2 G2,G3,G4
O
M
P
Q
Q2
G2,G3,G4

N

40 C 90 35 55 A VISTA FRONTAL K1,K2 B H,G
40
C
90
35
55
A
VISTA FRONTAL
K1,K2
B
H,G

W1,W2

X

VISTA LATERAL

OPÇÃO DE CONEXÃO DOS CABOS NA CHAVE FACA (Conector Terminal tipo Estrangulamento)

CABOS NA CHAVE FACA (Conector Terminal tipo Estrangulamento) VISTA SUPERIOR OBS Medidas em cm OPÇÃO DE

VISTA SUPERIOR

OBS Medidas em cm

OPÇÃO DE ANCORAGEM Isolador tipo bastão polimérico

P1

Medidas em cm OPÇÃO DE ANCORAGEM Isolador tipo bastão polimérico P1 NTE 026 Revisão 14 GPS/NT

NTE 026

Revisão 14

GPS/NT

30/10/2013

Pág. 26/84

NTE - 026

NTE - 026

 

MONTAGEM DA ESTRUTURA – N4 - CH

ITEM

CÓDIGO

DESCRIÇÃO

QUANTIDADE PARA TENSÃO DE OPERAÇÃO (kV)

CEMAT

34,5

A

Nota 1

Poste de concreto armado – Seção DT ou Circular

1

B

10002693

Cruzeta de concreto –250 daN - retangular

2

C

10003250

Mão francesa plana de 619 mm

4

O

10001775

Olhal para parafuso

6

P

10001491

Isolador de disco –porcelana 150 mm

18 ou 0

P1

10001481

Isolador tipo bastão polimérico – 15 kV

 

P1

10001484

Isolador tipo bastão polimérico – 36,2 kV

0 ou 6

Q

10001325

Gancho Olhal

6

G

10010436

Parafuso de cabeça quadrada- 125 mm

2

H

10008218

Arruela quadrada

6

W1

10000373

Chave seccionadora tipo faca unipolar – 15 kV – 600 A

 

W2

10000370

Chave seccionadora tipo faca unipolar – 36,2 kV – 400 A

3

Nota 1: Material depende da aplicação

   

FIXAÇÃO DA ESTRUTURA NO POSTE DE CONCRETO – DT

 
       

COMPRIMENTO (m)

   

10

   

11