Sei sulla pagina 1di 136

S

E

M

E

T

S

Y

S

A

R

T

C

E

L

Manual do Cliente

VigiPrint

V2.x

S E M E T S Y S A R T C E L Manual do
S E M E T S Y S A R T C E L Manual do

Z.I de Marticot - BP 34 33611 CESTAS Cedex - FRANCE Tel. : (33) 57 97 80 00 - Fax : (33) 57 97 82 07

521331 AP

Edição 1

Maio 1997

COPYRIGHT

Ao abrigo da lei do 11 de março de 1957, é proibida a cópia, reprodução ou tradução integral ou parcial das informações contidas neste documento, sem a autorização expressa da LECTRA SYSTEMES.

GARANTIAS

LECTRA SYSTEMES reserva-se o direito de alterar sem pré-aviso, as informações relativas aos seus produtos, sendo o objectivo o aperfeiçoamento do seu funcionamento e fiabilidade.

A sua publicação não implica que a matéria descrita fique livre dos direitos de propriedade industrial, nem confere nenhum direito. Por outro lado, a LECTRA SYSTEMES não assume qualquer responsabilidade relativamente às consequências da sua utliização.

MARCAS REGISTADAS

Ethernet™ é uma marca de Xerox Corp Solaris® é uma marca registada de Sun Microsystems, Inc. Sun™, é uma marca de Sun Microsystems, Inc. UNIX® é uma marca registada de UNIX System Laboratories, Inc. FlyPen, LS, OpenCad et OpenPartner são marcas registadas por LECTRA SYSTEMES em França e noutros países.

registadas por LECTRA SYSTEMES em França e noutros países. O serviço DOCUMENTATION LECTRA encontra-se à sua

O serviço DOCUMENTATION LECTRA encontra-se à sua disposição para fornecer qualquer informação complementar e está atento às suas propostas.

VigiPrint V 2.x

Registo das actualizações

Edição

Objectivo da actualização

Páginas alteradas

1

Maio 97

Criação do documento

® Um traço vertical na margem assinala as partes modificadas em relação à edição anterior.

.

VigiPrint V 2.x

Prefácio

Conteúdo do documento

O objectivo deste documento é descrever a utilização do software de traçado VigiPrint V 2.x.

Este destina-se ao operador que será levado a utilizá-lo, mas também ao chefe de serviço, ao pessoal de formação e ao pessoal técnico LECTRA.

No momento da instalação, o programa é configurado para tratar um ou vários tipos de ficheiros, em função do seu formato (ficheiros criados pelos programas de CAD LECTRA Confecção, Estofo, Calçado ou Indústria, ou ficheiros planos de corte criados por CAD não LECTRA).

Esta documentação descreve a utilização do programa VigiPrint para traçar ficheiros provindos de aplicações CAD Lectra para a confecção. As particularidas ligadas aos outros casos de utilização estão descritos no fim do documento sob a forma de anexos.

Dois níveis de VigiPrint são propostos:

-

O nível User que permite uma utilização corrente: entrada dos lotes a traçar, lançamento do traçado, acompanhamento do traçado…

-

O nível Master que permite também gerar parâmetros de trabalho e de configuração e aceder ao controlo do traçador.

O

nível Master é protegido por uma senha; no nível User as funcionalidades não acessíveis ao

utilizador aparecem em acinzentado.

Esta documentação descreve o conjunto das funcionalidades oferecidas no nível Master.

Os traçadores e cortadores para os quais serão dirigidos os lotes a traçar devem ser identificados com

o utilitário I-Manager. Ver a documentação “Utilitários Administrador” - código 521230 .

Como utilizar este manual

A maneira como se devem utilizar ou interpretar os diversos elementos visualizados nas janelas do software (botões, menus, mensagens, …) está descrita no documento “O ambiente gráfico Lectra Systèmes - Guia do Utilizador” - código 521237.

O

primeiro capítulo é uma Introdução apresentando o programa e o seu lançamento

O

segundo capítulo dá os Princípios de funcionamento do programa

O

terceiro capítulo apresenta o Ecrã principal e a suas diversas zonas (Menu, monitor de entrada,

zona de trabalho…)

Os capítulos seguintes descrevem sucessivamente traçadores e o Acompanhamento do traçado

a

Entrada,

a

Parametrização,

a

Gestão dos

No fim do documento diferentes anexos apresentam a criação das “etiquetas”, e as diferentes particularidades de VigiPrint no caso de uma configuração Plano de corte, Estofo, Calçado, Indústria.

Documentos de referência

- Manual Cliente Sistema operativo e utilitários - Código 521252, no qual estão incluídos os seguintes documentos:

- O ambiente gráfico Lectra Systèmes - Guia do utilizador - Código 521237

- OpenPartner V1.x - Código 521217

- Utilitários Administrador - Código 521230

- Utilitários Operador - Código 521233

- Manuais Técnicos e Opererador dos traçadores e pequenos cortadores laser :

- Flypen

501051

- E33

502009

- E21

501001

- E22

501021

VigiPrint V 2.x

vii

Sumário

Registo das actualizações

iii

Prefácio

v

Conteúdo do documento

v

Como utilizar este manual

vi

Documentos de referência

vi

1 Apresentação

-

1

1.1 Descrição geral

1

1.2 Configuração material e software

2

1.3 Instalação do programa

2

1.4 Lançamento do programa

2

1.5 Saída do programa

2

2 Princípios de funcionamento

-

3

3 Apresentação do ecrã principal

-

5

3.1 Menu principal 6

3.1.1 Caixa de diálogo Informações 6

3.1.2 Mudança de nível de utilização 6

3.1.3 Comandos traçadores 7

3.1.4 Modo de trabalho 7

3.1.5 Configurações 7

3.1.6 Parâmetros 8

3.1.7 Funções de acompanhamento do trabalho 8

3.1.8 Indicador de avanço 9

3.2 Monitor de entrada 9

3.3 Zona de trabalho

11

3.4 Linha de ajuda

12

4 Entrada dos lotes de ficheiros a traçar

-

13

viii

VigiPrint V 2.x

4.1 Selecção de um traçador

14

4.2 Acrescentar uma linha à lista

15

4.3 Descrição dos atributos de traçado

16

4.3.1 Nome e localização do ficheiro a traçar 16

4.3.2 Particularidades ligadas à configuração de trabalho 17

4.3.3 Ficheiro parâmetros máquina 18

4.3.4 Ficheiro parâmetros forma, vestuário ou colocação 19

4.3.5 Livraria do texto referenciado 19

4.3.6 Ficheiro infos 20

4.3.7 Ordem de fabrico 20

4.3.8 Tamanho 21

4.3.9 Conformação - Estatura 21

4.3.10 Tipo de tecido 23

4.3.11 Repetição 23

4.3.12 Rotação a 180º de uma colocação 23

4.3.13 Rotação das formas 24

4.3.14 Simetria em X - Simetria em Y 24

4.3.15 Peças pequenas primeiro 25

4.3.16 Colocação à escala 25

4.3.17 Sinal Sonoro

25

4.4 Manipulação da lista dos ficheiros a traçar

26

4.4.1 Selecção de uma ou mais linhas da lista 26

4.4.2 Supressão de uma ou mais linhas da lista 27

4.4.3 Deslocamento de uma ou mais linhas da lista 27

4.4.4 Cópia de uma ou mais linhas da lista 28

4.4.5 Modificação de uma linha da lista com o monitor 28

4.4.6 Modificação de uma ou mais linhas clicando na lista 29

4.4.7 Cópia de todos os atributos do traçado de uma linha sobre várias outras 29

4.5 Gravação/leitura dos ficheiros lotes

30

4.5.1 Gravar um ficheiro de lote

30

4.5.2 Abrir um ficheiro de lote

31

4.6 Pedido de execução de um traçado 31

 

4.7 Escolha dos atributos visualizados na zona de trabalho

32

5

-

Parametrização do traçado

33

 

5.1

Informações gerais sobre os parâmetros

33

 

5.1.1 Valores por defeito dos parâmetros

34

5.1.2 Valores correntes

34

5.1.3 Ficheiros parâmetros

34

5.1.4 Valores utilizados nos traçados

34

5.1.5 Consulta e modificação

35

VigiPrint V 2.x

ix

5.2 Formatos de entrada

36

5.2.1 Escolha do domínio

36

5.2.2 Formatos dos ficheiros

37

5.3 Parâmetros das livrarias

38

5.3.1 Apresentação dos parâmetros

38

5.3.2 Gravação/leitura de um ficheiro de configuração livrarias

40

5.4 Parâmetros do texto

41

5.4.1 Apresentação dos parâmetros

41

5.4.2 Formatos de infos forma

44

5.4.3 Formatos de cabeçalhos

44

5.4.4 Formatos de cartuchos

45

5.5 Parâmetros da geometria

47

5.6 Parâmetros de funcionamento

53

5.7 Parâmetros máquina

58

5.8 Utilização de ficheiros parâmetros

63

5.8.1 Escrita de ficheiros parâmetros

63

5.8.2 Leitura de ficheiros parâmetros

65

5.9 Gravação dos valores por defeito de um traçador

66

6 Comandos traçadores

-

67

6.1 On/Off traçador

67

6.2 Regresso a zero do traçador

67

6.3 Controlo da máquina

68

7 Acompanhamento de traçado

-

71

7.1 Manipulações nos lotes

71

7.1.1 Abertura/fecho de um lote visualizado

73

7.1.2 Modificação do estado de um lote

73

7.1.3 Supressão de um ou mais lotes da lista

74

7.1.4 Modificar os lotes visualizados na lista de espera

74

7.1.5 Salvaguardar um lote modificado

75

7.1.6 Regenerar um lote

75

7.2 Interrupção e retormar do traçado

76

7.2.1 Interrupções pedidas pelo operador

76

7.2.2 Interrupção no seguimento de um erro

76

7.3 Acompanhamento do trabalho

79

7.3.1 Activação do acompanhamento do trabalho

79

7.3.2 Identificação dos ficheiros de acompanhamento

79

7.3.3 Impressão dos relatórios

80

x

VigiPrint V 2.x

Anexos

Anexo 1

Formato dos Infor IB

Anexo 2

Traçado de ficheiros planos de corte

Anexo 3

Traçado de ficheiros Estofo

Anexo 4

Traçado de ficheiros Calçado

Anexo 5

Traçado de ficheiros Indústria

Anexo 6

Ficheiros utilizados

VigiPrint V 2.x

xi

Tabela das ilustrações

Figura 1

Reconhecimento dos traçadores 3

Figura 2

Organização de VigiPrint 4

Figura 3

Ecrã principal

5

Figura 4

Caixa de diálogo “Informações” 6

Figura 5

Acesso ao nível Master 6

Figura 6

“Monitor de entrada” 9

Figura 7

Exemplos de monitores de entrada 10

Figura 8

Zona de trabalho 11

Figura 9

Linha de ajuda 12

Figura 10

Caixa de diálogo “Selecção de um traçador” 14

Figura 11

Exemplos de especificações de tamanhos, conformações, estaturas 22

Figura 12

Exemplos de rotações e de simetria de formas 24

Figura 13

Funções de parametrização 33

Figura 14

Selector de entrada 36

Figura 15

Caixa de diálogo dos parâmetros Livrarias

38

Figura 16

Caixa de diálogo “Texto” para o traçado de formas 41

Figura 17

Exemplo de impressão das informações 42

Figura 18

Caixa de diálogo “Cabeçalho” 44

Figura 19

Caixa de diálogo “Cartucho” 45

Figura 20

Caixa de diálogo “Geometria” 47

Figura 21

Definição da profundidade e da largura de uma pica orientada 50

Figura 22a Caixa de diálogo “Funcionamento” para as formas 53

Figura 22.b Caixa de diálogo “Funcionamento” para o traçado de vestuário 53

Figura 22.c

Caixa de diálogo “Funcionamento” para o traçado de colocações 53

Figura 23

Exemplo de traçado com “Zero lado oposto” 54

Figura 24

Exemplo de leitura de marcas de acolchoamento 55

Figura 25

Funcionamento da "supressão das linhas comuns" 56

Figura 26

Exemplos de traçados com tramas 57

Figura 27a

Caixa de diálogo dos parâmetros da máquina 58

Figura 27b

Caixa de diálogo dos parâmetros laser 58

Figura 28

Escrita de ficheiros parâmetros 63

Figura 29

Caixa de diálogo “Controlo da máquina” 68

Figura 30

Modo de acompanhamento

71

Figura 31

Caixa de diálogo “Erro” 76

Figura 32.a Caixa de diálogo "Suspender/Retomar" com dois botões 77

Figura 32.b

Caixa de diálogo "Suspender/Retomar" com três botões

77

Figura 32.c

Caixa de diálogo "Suspender/Retomar" com seis botões

78

xii

VigiPrint V 2.x

Figura 33

Exemplo de armazenamento dos ficheiros de acompanhamento

80

Figura 34

Caixa de diálogo “Impressão de relatório”

80

VigiPrint V 2.x

1

VigiPrint V 2.x

1

®®®®®®®®®®®®®®®®®®®

- Apresentação

1.1 Descrição geral

O programa VigiPrint permite a entrada e a gestão de lotes de traçados destinados a um conjunto de

traçadores, impressoras e pequenos cortadores laser Lectra ligados à estação por uma rede Ethernet.

O

conjunto dos traçados é realizado em tarefa de fundo.

O

programa VigiPrint é configurável, geralmente no momento da sua instalação, para tratar um ou

vários tipos de ficheiros em função do seu formato:

-

ficheiros criados pelos programas de CAD Lectra Confecção, Estofo, Calçado ou Indústria. No caso da confecção (ou do Estofo) VigiPrint é capaz de tratar ficheiros provindos de aplicações LS Model e Modaris (ou LS Form e Formaris).

-

ficheiros planos de corte criados por CAD não Lectra

O

programa VigiPrint propõe dois níveis de utilização:

-

O nível User que permite uma utilização corrente: entrada de lotes a traçar, lançamento do traçado, acompanhamento do traçado…

-

O nível Master que permite também gerar parâmetros de trabalho e de configuração e aceder ao controlo do traçador.

2

VigiPrint V 2.x

1.2 Configuração material e software

Este módulo do programa VigiPrint pode ser explorado numa estação de trabalho de tipo PC que trabalhe com um sistema operativo Linux, derivado de UNIX para os PC,

Essa estação integra o gabinete gráfico OpenPartner. (Ver documentação correspondente integrada no Manual Cliente Sistema operativo e utilitários - Código 521252).

1.3 Instalação do programa

A instalação do pacote VigiPrint deve ser executada com a ajuda do utilitário P-Manager conforma o procedimento descrito no documento: Utilitários administrador - código 521230.

No momento do primeiro lançamento de VigiPrint na estação de trabalho, um ficheiro de configuração por defeito é automaticamente criado. Esse ficheiro TRAPARAM poderá depois ser modificado . (ver § 5.9).

1.4 Lançamento do programa

Depois de realizados os procedimentos de instalação, de configuração e de colocação em funcionamento do ambiente (ver documento Utilitários administrador - Código 521230), este programa apresenta-se a partir do gabinete gráfico OpenPartner.

Na zona das aplicações, clicar duas vezes no ícone que representa VigiPrint:

.
.

Durante o período de arranque do programa, uma caixa de diálogo “Informações” aparece (ver figura 4), e o ecrã principal de VigiPrint aparece em seguida (ver figura 3).

1.5 Saída do programa

Sair Sair
Sair
Sair

Sai-se do programa com o botão

- Clicar em

situado no fundo do ecrã principal, na esquerda .

: o programa propõe uma caixa de diálogo “Confirmação” que inclui um

botão SIM e um botão NÃO.

Também é possível sair do programa com a função Sair (^X) disponível no menu rolante

+ Ficheiro da zona de trabalho (ver figura 8)

VigiPrint V 2.x

3

2 - Princípios de funcionamento

As diferentes estações de trabalho e periféricos de traço ou de corte são ligados por uma rede Ethernet.

O utilitário I-Manager, que pertence ao grupo de aplicação “Utilitário Administrador” permite declarar quais são os periféricos reconhecidos por cada estação da rede. (ver documento Utilitários Administrador - Código 521230)

No exemplo apresentado na seguinte figura, a estação na qual foi instalado VigiPrint só reconhece o Traçador 1 e o pequeno cortador Laser 1. Só eles é que aparecerão na lista dos traçadores que poderão ser seleccionados (ver § 4.1) A partir desta estação, só será portanto possível traçar nesses dois periféricos.

Figura 1

Reconhecimento dos traçadores

Laser 1 Estação X Impressora Estação VigiPrint Traçador 2
Laser 1
Estação X
Impressora
Estação VigiPrint
Traçador 2

Traçador 1

O programa VigiPrint pode traçar ficheiros provindos de vários ambientes: Confecção, Estofo, Calçado, Indústria ou CAD não Lectra.

No caso da confecção (e do estofo) VigiPrint pode tratar ficheiros cujas formas provêm só de LS Model ( LS Form), só de Modaris (Formaris) ou indistintamente de um ou de outro.

Estas diversas possibilidades são definidas ao nível dos “Formatos de entrada” disponíveis para VigiPrint. Em geral eles são escolhidos na instalação do programa, mas podem ser modificados depois, no nível Master. (ver § 5.2)

4

VigiPrint V 2.x

A utilização principal de VigiPrint consiste na entrada, pelo operador, de um ficheiro ou de uma lista de ficheiros a traçar. Uma vez enviados ao traçador, este ou estes ficheiros constituem um “lote”. Todas as operações que correspondem a este trabalho estão descritas no capítulo 4.

Depois de enviados ao traçador um ou vários “lotes”, o operador tem a possibilidade de visualizar, modificar,… estes lotes. Estas operações de acompanhamento estão descritas no capítulo 7.

Para definir ou efectuar um traçado, são necessárias algumas informações chamadas “parâmetros”. Estas informações são associadas a um traçador e são memorizadas num ficheiro TRAPARAM. Este ficheiro, criado automaticamente no momento da primeira utilização, contem valores por defeito. O operador poderá definir os seus próprios valores, conservá-los para outra sessão de trabalho, guardá-los no ficheiro TRAPARAM… Estas funcionalidades estão descritas no capítulo 5.

Finalmente, o operador pode ser levado a intervir directamente no traçador a partir da sua estação, para o pôr em funcionamento ou o desligar, para efectuar um regresso a zero, para aceder ao modo manutenção. Estas operaçœes estão descritas no capítulo 6.

Figura 2

operaçœes estão descritas no capítulo 6 . Figura 2 Organização de VigiPrint Parâmetros Formatos de entrada

Organização de VigiPrint

Parâmetros

Formatos de entrada

Livrarias

Textos

Geometrias

Acondicionamento

Máquina

Textos Geometrias Acondicionamento Máquina Entrada Nome dos ficheiros, Constituição dos lotes,

Entrada Nome dos ficheiros,

Constituição dos lotes,

Nome dos ficheiros, Constituição dos lotes, … Acompanhamento Visualização dos lotes Modificação dos
Nome dos ficheiros, Constituição dos lotes, … Acompanhamento Visualização dos lotes Modificação dos
Nome dos ficheiros, Constituição dos lotes, … Acompanhamento Visualização dos lotes Modificação dos
Nome dos ficheiros, Constituição dos lotes, … Acompanhamento Visualização dos lotes Modificação dos

Acompanhamento Visualização dos lotes

Modificação dos lotes,

Visualização dos lotes Modificação dos lotes, … Gestãotraçador ON/OFF Regresso a zero Modo manutenção

Gestãotraçador ON/OFF Regresso a zero Modo manutenção

Modificação dos lotes, … Gestãotraçador ON/OFF Regresso a zero Modo manutenção Maio 1997 - Edição 1

VigiPrint V 2.x

5

3 - Apresentação do ecrã principal

O lançamento de VigiPrint faz aparecer o ecrã principal seguinte:

Figura 3

Ecrã principal

1 2 3 4
1
2
3
4

O ecrã principal contem 3 grandes zonas:

- o menu principal (marca 1)

- o monitor de entrada (marca 2)

- a zona de trabalho (marca 3)

No fundo do ecrã encontram-se:

Sair

- o botão

- uma linha de ajuda (marca 4)

que permite sair do programa (ver § 1.5),

6

VigiPrint V 2.x

3.1 Menu principal

3.1.1 Caixa de diálogo Informações

O logo LECTRA é um botão de pressão que permite abrir uma caixa de diálogo “Informações” , na qual estão visualizados o número de versão do programa e o copyright. (ver figura 4)

Figura 4

O botão

OK
OK

permite voltar ao ecrã principal.

Caixa de diálogo “Informações”

Informações

Informações VigiPrint V 2.x (c) copyright 1997 Lectra Systemes SA (FRANÇA) Ok
Informações VigiPrint V 2.x (c) copyright 1997 Lectra Systemes SA (FRANÇA) Ok

VigiPrint

V 2.x

(c) copyright 1997 Lectra Systemes SA (FRANÇA)

Ok
Ok

3.1.2 Mudança de nível de utilização

SA (FRANÇA) Ok 3.1.2 Mudança de nível de utilização O botão de pressão permite mudar o

O botão de pressão permite mudar o nível de utilização de VigiPrint. Por defeito VigiPrint abre-se no nível User. O acesso ao nível Master é protegido por uma senha (ver figura 5)

Figura 5

Acesso ao nível Master

nível Master é protegido por uma senha (ver figura 5) Figura 5 Acesso ao nível Master

VigiPrint V 2.x

7

3.1.3

Comandos traçadores

Nome de traçador seleccionado :

Nome de traçador seleccionado :

Nesta zona de entrada o utilizador pode escolher o nome do traçador no qual o lote constituido será traçado (ver § 4.1).

Botão ON/OFF

Botão ON/OFF
 

Este botão permite pôr em serviço ou desligar o traçador seleccionado (ver § 6.1)

Retorno a Zero traçador

Retorno a Zero traçador

Este botão permite efectuar o retorno a zero do traçador (ver § 6.2)

Controlo máquina

Controlo máquina

Este botão permite aceder ao modo manutenção do traçador (ver § 6.3)

3.1.4

Modo de trabalho

Estes quatro botões de pressão permitem aceder às funções de entrada de lotes de ficheiros a traçar. Correspondem aos quatro modos de entrada disponíveis

entrada para o traçado de formas:

:

entrada para o traçado de colocações:

:

entrada para o traçado de vestuário:

:

entrada para o traçado de marcas de acolhoamento:

:

As funções de entrada estão descritas no capítulo 4

3.1.5

Configurações

Os dois botões

no capítulo 4 3.1.5 Configurações Os dois botões permitem guardar ou abrir um ficheiro parâmetros (ver

permitem guardar ou abrir um ficheiro parâmetros (ver § 5.8)

8

VigiPrint V 2.x

3.1.6 Parâmetros

Nesta zona 6 botões dão acesso aos diversos parâmetros:

escolha dos formatos de entrada (Confecção LS Model e/ou Modaris, Estofo…) (ver § 5.2)Nesta zona 6 botões dão acesso aos diversos parâmetros: : parâmetros textos (ver § 5.4) :

:

parâmetros textos (ver § 5.4)LS Model e/ou Modaris, Estofo…) (ver § 5.2) : : parâmetros livrarias (ver § 5.3) :

:

parâmetros livrarias (ver § 5.3)Estofo…) (ver § 5.2) : parâmetros textos (ver § 5.4) : : parâmetros máquinas (ver §

:

parâmetros máquinas (ver § 5.7)textos (ver § 5.4) : parâmetros livrarias (ver § 5.3) : : parâmetros geometria (ver §

:

parâmetros geometria (ver § 5.5)(ver § 5.3) : parâmetros máquinas (ver § 5.7) : : parâmetros de funcionamento (ver §

:

parâmetros de funcionamento (ver § 5.6)(ver § 5.7) : parâmetros geometria (ver § 5.5) : : O botão permite guardar todos

:

(ver § 5.5) : parâmetros de funcionamento (ver § 5.6) : O botão permite guardar todos

O botão permite guardar todos estes parâmetros num ficheiro TRAPARAM

(parâmetros traçados) associado ao traçador seleccionado (ver § 5.9)

3.1.7 Funções de acompanhamento do trabalho

Estes dois botões de pressão permitem aceder às funções de acompanhamento dos lotes que estão sendo traçados ou que se encontram na lista de espera:

Lista des lotes

ou que se encontram na lista de espera: Lista des lotes Com esta função o utilizador

Com esta função o utilizador pode consultar a lista dos lotes na lista de espera e modificar os lotes que ele próprio enviou. (Ver § 7.1)

Impressão do acompanhamento

próprio enviou. (Ver § 7.1) Impressão do acompanhamento Esta função permite obter a impressão de relatórios

Esta função permite obter a impressão de relatórios sobre o trabalho realizado por cada traçador ou sobre os erros encontrados. (Ver § 7.3)

VigiPrint V 2.x

9

3.1.8 Indicador de avanço

VigiPrint V 2.x 9 3.1.8 Indicador de avanço A zona curso no traçador seleccionado. permite visualizar

A zona

curso no traçador seleccionado.

permite visualizar o estado de avanço do traçado em

3.2 Monitor de entrada

O monitor de entrada é a zona que permite entrar ou modificar os ficheiros a traçar e os seus atributos

de traçado.

O monitor de entrada é automaticamente configurado em função da escolha do formato de entrada

(ver § 5.2) e do modo de trabalho (ver § 3.1.4)

Figura 6

“Monitor de entrada”

1 2 Acrescentar
1
2
Acrescentar

Em geral, o monitor de entrada comporta 2 zonas:

-

a primeira permite entrar o nome do ficheiro a traçar. Se os valores por defeito visualizados no monitor de entrada convêm, é a única zona de entrada que se deve preencher. (ver § 4.2)

-

a segunda permite definir os atributos de traçado do ficheiro: maneira como deve ser realizado o traçado, nome e localização dos ficheiros de trabalho que lhe são associados (parâmetros, textos de referência, …) (ver § 4.3)

Acrescentar
Acrescentar

O botão

assim definido numa linha da zona de trabalho.

situado por baixo do monitor de entrada permite acrescentar o traçado

É substituido pelo botão

Modificar
Modificar

no caso de uma modificação.

10

VigiPrint V 2.x

Figura 7

Exemplos de monitores de entrada

Traçado de formas LS Model

Exemplos de monitores de entrada Traçado de formas LS Model Traçado de colocação cujas formas provêm
Exemplos de monitores de entrada Traçado de formas LS Model Traçado de colocação cujas formas provêm

Traçado de colocação cujas formas provêm de Modaris

Traçado de formas LS Model ou Modaris

provêm de Modaris Traçado de formas LS Model ou Modaris Traçado de variantes/modelos Modaris Conforma a
provêm de Modaris Traçado de formas LS Model ou Modaris Traçado de variantes/modelos Modaris Conforma a

Traçado de variantes/modelos Modaris

Conforma a configuração, é possível traçar vários tipos de ficheiros. Nesse caso, ao lado da

+ zona de entrada do nome de ficheiro, um botão (ex peças LS Model ou Modaris) ou um menu rolante (ex variantes/modelos Modaris) permite definir o tipo de ficheiro.

VigiPrint V 2.x

11

3.3 Zona de trabalho

Figura 8 Zona de trabalho 1 2 LJEA33EX 1 0 + MACH1 TRAC1 LJEA34EX 3
Figura 8
Zona de trabalho
1
2
LJEA33EX
1
0
+
MACH1
TRAC1
LJEA34EX
3
0
MACH1
TRAC1
LJEA35EX
5
0
MACH1
TRAC1
3
1
1

Funções de manipulação dos ficheiros (ver § 4.4, 4.5 et 4.7)

 
 
2
2

O

botão Envio

permite enviar o lote de ficheiros definido na lista de trabalho

permite enviar o lote de ficheiros definido na lista de trabalho

(marca 3) para o traçador seleccionado (ver § 4.6)

 
3
3

Lista de trabalho Em modo entrada (ver capítulo 4) esta lista contem todos os ficheiros preparados para constituir um lote

Este modo é relembrado pelo ícone

Este modo é relembrado pelo ícone

Em modo acompanhamento (ver capítulo 7) esta lista contem a lista dos lotes enviados para o traçador seleccionado.

Este modo é relembrado pelo ícone

Este modo é relembrado pelo ícone

A lista pode ser rolada (num sentido ou no outro) com o cursor de desfile na sua direita.

A linha de ícones situado acima da lista identifica a natureza dos elementos

 

visualizados em cada linha:

 

Além do nome do ficheiro (coluna Colocações

Além do nome do ficheiro (coluna Colocações , Vestuário ou Forma

, Vestuário

Além do nome do ficheiro (coluna Colocações , Vestuário ou Forma

ou Forma

Além do nome do ficheiro (coluna Colocações , Vestuário ou Forma

conforme o modo de entrada visualizado) é visualizado o estado de alguns atributos de

traçado (colunas Repetição

traçado (colunas Repetição ou Rotação por exemplo).  

ou Rotação

traçado (colunas Repetição ou Rotação por exemplo).  

por exemplo).

 

O

número de atributos visualizados pode ser modificado com a função Preferências

(ver § 4.7).

 

12

VigiPrint V 2.x

3.4 Linha de ajuda

Cada vez que o apontador passa numa zona activa do ecrã (botão, zona de entrada, destinada a guiar o utilizador inscreve-se na zona informação.

Figura 9

Linha de ajuda

),

uma frase

guiar o utilizador inscreve-se na zona informação. Figura 9 Linha de ajuda ), uma frase Maio

VigiPrint V 2.x

13

4 - Entrada dos lotes de ficheiros a traçar

A entrada em modo entrada faz-se com a activação de uma das funções

modo entrada faz-se com a activação de uma das funções ou . , , O utilizador

ou

.
.
, ,
,
,

O utilizador selecciona em primeiro lugar o traçador no qual quer lançar o(s) traçado(s).

Modifica depois, se necessário, a descrição dos atributos de traçado no monitor de entrada (ver figura 6). Entra o nome do ficheiro a traçar na zona de entrada (número 1) e valida depois com um clique no

botão

Acrescentar

ou premindo

Return .
Return
.

O trabalho descrito no monitor de entrada está inscrito numa linha na lista de ficheiros da zona de

trabalho (ver figura 8 número 3) .

Se existirem linhas na zona de trabalho, também é possível modificar alguns atributos directamente

sem passar pelo monitor de entrada.

Diferentes funções permitem que o operador trabalhe nas linhas antes de constituir o lote a traçar.

Se clicar em seleccionado .

, o utilizador envia o lote constituido para a lista de espera do traçadotrabalhe nas linhas antes de constituir o lote a traçar. Se clicar em seleccionado . 521331

14

VigiPrint V 2.x

4.1 Selecção de um traçador

--------------------------------------DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite indicar para que traçador os lotes a traçar devem ser enviados.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

Por defeito o nome do último traçador seleccionado aparece na zona de entrada do ecrã principal (ver § 3.1.3).

• Clicar duas vezes nesta zona de entrada para obter a visualização de uma caixa de diálogo “Selecção du um traçador” (ver figura 10):

Para escolher um traçador, seleccionar um nome na lista proposta e fechar o selector com o botão

OK

.

Dois cliques num dos nomes permitem seleccioná-lo e fechar simultaneamente o selector.

• O nome do traçador seleccionado aparece no ecrã principal.

-------------------------------------------- OBSERVAÇÕES---------------------------------------------

Quando se selecciona um nome de traçador, as localizações de ficheiros por defeito associadas à esse traçador são automaticamente visualizadas no monitor de entrada. Da mesma maneira, os valores por defeito associados a esse traçador são automaticamente atribuidos aos parâmetros livrarias, texto, geometria e funcionamento .

Figura 10

Caixa de diálogo “Selecção de um traçador”

geometria e funcionamento . Figura 10 Caixa de diálogo “Selecção de um traçador” Maio 1997 -

VigiPrint V 2.x

15

4.2 Acrescentar uma linha à lista

-------------------------------------- DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite acrescentar uma linha à lista de ficheiros a traçar por indicação do nome do ficheiro e dos atributos do traçado que lhe são associados.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

• Quando não está seleccionada nenhuma linha na lista, a zona de entrada para o nome do ficheiro no monitor (número 1 da figura 6) está vazia: o monitor está em modo "acrescento de linha".

• Modificar e completar se necessário os atributos do traçado indicados no monitor (ver § 4.3).

• Introduzir o nome de um ficheiro a traçar na zona de entrada (ver § 4.3).

• Validar o acrescento da linha carregando sobre

Acrescentar

ou na tecla

Return .
Return
.

• Uma linha é acrescentada no fim da lista (número 3 da figura 8), correspondendo ao trabalho que tinha sido descrito no monitor.

• O monitor está pronto para acrescentar uma nova linha:

- o nome do ficheiro a traçar é apagado na zona de entrada 7,

- os atributos do traçado não são alterados, o que permite a entrada de várias linhas consecutivas com a mesma parametrização.

---------------------------------------------OBSERVAÇÕES --------------------------------------------

• Quando se acede à entrada, a parametrização dos atributos do traçado no monitor de entrada é uma parametrização por defeito: para a modificar ver § 5

• O § 4.3 explica o papel dos diferentes atributos do traçado e como modificar o seu valor.

• A zona de entrada do nome de ficheiro (número 1 da figura 6) não funciona exactamente da mesma forma que as outras zonas de entrada do monitor: quando é seleccionada, o accionamento da tecla

é equivalente ado monitor: quando é seleccionada, o accionamento da tecla teclado de vários nomes de ficheiros. Para

teclado de vários nomes de ficheiros. Para todas as outras zonas de entrada (valores dos atributos do traçado), o accionamento de

, para permitir uma entrada rápida através do

Acrescentar

permite seleccionar a zona de entrada seguinte., para permitir uma entrada rápida através do Acrescentar • uma dupla pressão na zona do

• uma dupla pressão na zona do nome de ficheiro permite aceder a um selector graças ao qual é possível seleccionar simultaneamente vários ficheiros para os acrescentar na lista (ver §3.3.1).

A utilização do selector de ficheiro está descrita no documento “O ambiente gráfico Lectra Systèmes”.

16

VigiPrint V 2.x

4.3 Descrição dos atributos de traçado

4.3.1 Nome e localização do ficheiro a traçar

Modificação no monitor de entrada:

Duas linhas de parametrização permitem definir o nome e a localização do ficheiro a traçar:

1 2 Fig Colocação Lib Colocação
1
2
Fig Colocação
Lib Colocação

A zona de entrada 1 permite indicar o nome de ficheiro a traçar e a zona de entrada 2, a localização desse ficheiro com a sintaxe habitual (“/repertório1/repertório2 / /repertórioN”).

Para modificar o conteúdo de uma zona de entrada, o utilizador pode escolher entre:

- Entrar directamente o caminho de acesso ou o nome do ficheiro. (O sufixo nunca dever ser dactilografiado, é automaticamente acrescentado pelo programa em função do tipo de ficheiro concernido.)

- Clicar duas vezes na zona de entrada, para abrir o selector.

® O botão de pressão na linha Lib IB.

abrir o selector. ® O botão de pressão na linha Lib IB. permite copiar a localização

permite copiar a localização das colocações (ou dos vestuários)

Modificação na lista de trabalho: O nome do ficheiro a traçar é relembrado sob o ícone

: O nome do ficheiro a traçar é relembrado sob o ícone conforma o modo de
: O nome do ficheiro a traçar é relembrado sob o ícone conforma o modo de

conforma o modo de entrada: O nome do ficheiro a traçar é relembrado sob o ícone de Colocações activado. Clicar

de

Colocações

activado. Clicar duas vezes nesse nome para obter a visualização de um selector ficheiro.

, Vestuários

ou Forma

VigiPrint V 2.x

17

4.3.2 Particularidades ligadas à configuração de trabalho

Traçado de formas:

- No caso de formas provindo de LS Model (formato IBA), o utilizador deverá indicar o Ficheiro peça e a Livraria peça

- No caso de formas provindo de Modaris (formato MDL), o utilizador deverá entrar o Nome da peça e indicar o Nome da Variante e do Ficheiro Modelo ligados à forma, tal como a Livraria modelo.

- No caso de uma configuração mixta (formato IBA/MDL) que permite traçar formas provindo de LS Model e Modaris, um botão interruptor Ficheiro peça/Nome peça permite passar de um caso de figura para o outro.

Traçado de colocações

- No caso de formas provindo de LS Model (formatos PLA e IBA), o utilizador deverá indicar o Ficheiro colocação, a Livraria colocação e a Livraria IB

- No caso de formas provindo de Modaris (formatos PLX e MDL), o utilizador deverá indicar o Ficheiro colocação, a Livraria colocação e a Livraria modelos

- No caso de uma configuração mixta (formatos PLA/PLX e IBA/MDL), o utilizador deverá indicar o Ficheiro colocação, a Livraria colocação e a Livraria IB ou a Livraria modelos

Traçado de vestuário

- No caso de formas provindo de LS Model (formatos PLA e IBA), o utilizador deverá indicar o Ficheiro vestuário, a Livraria vestuário e a Livraria IB

- No caso de formas provindo de Modaris (formatos PLX e MDL), o utilizador pode traçar um Modelo ou uma Variante. A escolha efectua-se graças a um menu rolante. Para um modelo, deverá entrar o nome do Modelo e da Livraria Modelos, para uma variante o nome da Variante, o nome do Ficheiro Modelo que lhe está associado e a Livraria modelos

- No caso de uma configuração mixta (formatos PLA/PLX e IBA/MDL), o utilizador também pode traçar vestuários. Esta funcionalidade aparece no menu rolante. O utilizador deverá então entrar o nome do Vestuário, da Livraria vestuário e da Livraria IB

Traçado de marcas de acolchoamento

Este caso é idêntico ao do traçado colocações.

O modo de preenchimento destes diversos campos é idêntico ao que está descrito no

+ parágrafo 4.3.1: entrada directa ou abertura do selector com um duplo-clique no caso de nomes de ficheiros.

18

VigiPrint V 2.x

4.3.3 Ficheiro parâmetros máquina

Este atributo permite indicar o nome e a localização de um ficheiro parâmetros máquina.

No nível User, este atributo não pode ser entrado ou modificado: são parâmetros por defeito do traçador que são utilizados (ficheiro TRAPARAM). No nível Master é possível entrar o nom de um ficheiro de parâmetros máquina a utilizar , definir um ficheiro de parâmetros máquina por defeito (ver § 5.3.1) ou modificar os parâmetros máquina para a sessão de trabalho (ver §5.7).

Modificação no monitor de entrada:

A linha Fic Máquina permite definir o nome e a localização de um ficheiro parâmetros máquina.

1 2 Fic Máquina
1
2
Fic Máquina

A zona de entrada 2 permite indicar o nome do ficheiro e a zona de entrada 1 a localização

do ficheiro com a sintaxe habitual (“/repertório1/repertório2 /

indicar . O princípio de entrada é idêntico ao do nome e da localização do ficheiro a traçar (ver §

4.3.1)

/repertórioN”) para

No caso de um traçado de forma, logo que um ficheiro parâmetros é associado a uma

+ forma a traçar, é automaticamente associado a todas as linhas do lote.

é automaticamente associado a todas as linhas do lote. Modificação na lista de trabalho : Sob

Modificação na lista de trabalho: Sob o ícone Máquina

é relembrado o nome do

ficheiro parâmetros máquina. Clicar duas vezes nesse nome para obter a visualização de uma selector de ficheiro.

VigiPrint V 2.x

19

4.3.4 Ficheiro parâmetros forma, vestuário ou colocação

Este atributo permite indicar o nome e a localização de um ficheiro parâmetros forma, vestuário ou colocação (conforme o modo de entrada activado).

No nível Master, é possível entrar o nome de um ficheiro de parâmetros a utilizar, ou defini-lo por defeito nos parâmetros livrarias (ver § 5.3) .

No

nível User esse atributo não pode ser entrado:

Se

não foi definido nenhum nome de ficheiro por defeito, os parâmetros por defeito do

ficheiro TRAPARAM são carregados. O operador pode porém modificar o valor de certos parâmetros (geometria, texto e funcionamento) para a sessão de trabalho. (ver § 5.4, § 5.5 et § 5.6).

Se um nome de ficheiro por defeito foi definido no nível Master, os valores contidos nesse

ficheiro serão utilizados, as eventuais modificaçãos entradas pelo utilizador nos parâmetros geometria, texto e funcionamento não tendo então nenhum efeito.

Modificação no monitor de entrada:

Fic Parâmetros

Fic Parâmetros

ficheiro

parâmetros. O princípio de entrada é idêntico ao do nome e localização do ficheiro parâmetros máquina (ver § 4.3.3)

A

linha

Fic

parâmetros permite

definir

o

nome

e

a

localização

de

um

No caso de um traçado de formas, logo que um ficheiro parâmetros é associado a uma

+ forma a traçar, é automaticamente associado a todas as linhas do lote.

é automaticamente associado a todas as linhas do lote. está relembrado o nome do ficheiro parâmetros.

está relembrado o nome

do ficheiro parâmetros. Clicar duas vezes nesse nome para obter a visualização de um selector de ficheiro.

Modificação na lista de trabalho: Sob o ícone Parâmetros

4.3.5 Livraria do texto referenciado

Este atribute permite indicar o nome e a localização da livraria onde estão armazenados os ficheiros textos, que contêm o texto a traçar numa forma. O nome do ficheiro é referenciado no ficheiro forma com o programa de CAD.

Modificação no monitor de entrada:

Liv Texto ref

Liv Texto ref

Uma linha de parametrização permite definir o nome e a localização da livraria dos textos referenciados. Entrar directamente o caminho de acesso ou clicar duas vezes nesta linha para fazer aparecer o selector. Um valor por defeito pode ser atribuido a essa livraria nos parâmetros livraria (ver §

5.3.1)

Este atributo não pode ser visualizado na lista de trabalho

20

VigiPrint V 2.x

4.3.6 Ficheiro infos

Este atribute permite indicar o nome e a localização do ficheiro “Etiqueta” a utilizar. Esse ficheiro determina a natureza e a apresentação das informações que serão traçadas no interior da cada forma em função do modo de trabalho seleccionado. Os ficheiros (Info forma, Info colocação, Info vestuário) só podem ser criados por um utilizador de nível Master (ver § 5.4.2).

Fic Info

Fic Info

Modificação no monitor de entrada:

A linha Fic Info permite definir o nome e a localização do ficheiro formato das etiquetas O princípio de entrada é idêntico ao do nome e localização do ficheiro parâmetros máquina (ver § 4.3.3) Um valor por defeito pode ser atribuido a essa livraria nos parâmetros livraria (ver §

5.3.1)

Este atributo não pode ser visualizado na lista de trabalho.

4.3.7 Ordem de fabrico

Este atributo não pode ser visualizado na lista de trabalho. No caso de um traçado de colocações ou de marcas de acolchoamento, este atributo é uma cadeia de caracteres que, aquando do traçado, pode figurar no interior de cada forma e/ou no cabeçalho.

Modificação no monitor de entrada:

Ordem de Fabrico

Ordem de Fabrico

Uma zona de entrada "Ordem de fabrico" permite a entrada de uma cadeia de caracteres com o máximo de 6 caracteres alfanuméricos, sem espaços entre os caracteres.

Este atributo não pode ser visualizado na lista de trabalho.

VigiPrint V 2.x

21

4.3.8 Tamanho

No caso de um traçado de forma, vestuário, variante ou modelo, este atributo permite indicar em que tamanhos as formas devem ser traçadas e se os diferentes tamanhos pedidos devem ser apresentados sob a forma de pranches.

Modificação no monitor de entrada:

Um menu rolante permite escolher a apresentação com ou sem pranche e uma zona de entrada permite ao operador indicar nomes de tamanhos (ver figura 11).

® Um

controlo

de

sintaxe

é

realizado

no

momento

Acrescentar

ou

Modificar

du monitor de entrada.

da

validação

• Se o menu rolante indicar “Sem prancha":

pelo

botão

Os tamanhos traçados são os indicados pela zona de entrada. Para cada forma, são traçados uns ao lado dos outros. Se a zona de entrada estiver vazia é o tamanho de base que é traçado.”:

• Se o menu rolante indicar "Prancha completa ":

Para cada forma, todos os tamanhos são traçados e sobrepostos ao traçado. O conteúdo da zona de entrada não é levado em conta.

• Se o menu rolante indicar "Prancha parcial":

Os tamanhos traçados são os indicados pela zona de entrada. Em cada forma, são sobrepostos ao traçado. Se a zona de entrada estiver vazia os tamanhos traçados são o tamanho inferior, o tamanho de base, o tamanho médio e o tamanho superior.

• Se o menu rolante indicar "Série tamanho ":

Em cada forma, todos os tamanhos são traçados e sobrepostos ao traçado. O conteúdo da zona de entrada não é levado em conta.

Este atributo não pode ser visualizado na lista de trabalho.

4.3.9 Conformação - Estatura

No caso de um traçado de forma, vestuários, variante ou modelo, estes dois atributos permitem indicar em que conformação e em que estatura as formas devem ser traçadas ou se deve der traçada uma pranche de conformação ou uma pranche de estatura para cada forma.

Modificação no monitor de entrada:

Um menu rolante permite escolher a apresentação com ou sem pranche e uma zona de entrada permite ao operador indicar um nome de conformação ou estatura.

Um nome de conformação ou estatura comporta um máximo de 4 caracteres alfanuméricos.

® Um

controlo

de

sintaxe

é

realizado

no

momento

Acrescentar

ou

Modificar

do monitor de entrada.

da

validação

pelo

botão

22

VigiPrint V 2.x

• Se o menu rolante indicar "Sem prancha" :

Se

esta zona de entrada estiver vazia a forma é traçada com a conformação ou a estatura de base.

As formas são traçadas com a conformação ou a estatura indicada na zona de entrada.

• Se o menu rolante indicar "Prancha completa " :

Em cada forma, todas as conformações ou estaturas são traçadas e sobrepostas ao traçado. O conteúdo da zona de entrada não é levado em conta.

Para o traçado de uma forma ou de um vestuário, apenas pode ser pedido um tipo

+ de prancha: a partir do momento em que uma opção "prancha parcial" ou "prancha completa" é visualizada num dos 3 menus rolantes "Tamanho", "Conformação" ou "Estatura", é automaticamente desactivada nos outros dois.

Figura 11

Exemplos de especificações de tamanhos, conformações, estaturas

Tamanho

Sem Pranche

   

Conformação

Sem Pranche

 
Conformação Sem Pranche  

Estatura

Sem Pranche

S3

Tamanho

Sem Pranche

$X,$XXL

Conformação

Pranche Completa

 
Conformação Pranche Completa  

Estatura

Sem Pranche

 

Tamanho

Pranche Parcial

36,38,40

Conformação

Sem Pranche

C024

Conformação Sem Pranche C024

Estatura

Sem Pranche

 
Sem Pranche C024 Estatura Sem Pranche   Tamanho de base Traçado com a estatura S3 Pranche
Sem Pranche C024 Estatura Sem Pranche   Tamanho de base Traçado com a estatura S3 Pranche
Sem Pranche C024 Estatura Sem Pranche   Tamanho de base Traçado com a estatura S3 Pranche
Sem Pranche C024 Estatura Sem Pranche   Tamanho de base Traçado com a estatura S3 Pranche

Tamanho de base

Traçado com a estatura S3

Pranche de

conformação do

tamanho XXL

Pranche de

conformação do

tamanho X

Tamanhos 36, 38 e 40

traçados com a conformação C024

Estes atributos não podem ser visualizados na lista de trabalho.

VigiPrint V 2.x

23

4.3.10 Tipo de tecido

No caso do traçado de vestuários, variantes ou modelos, este atributo permite traçar apenas as formas associadas a um ou mais tipos de tecidos. Se nenhum tipo de tecido for indicado, todas as formas do vestuário são traçados.

Modificação no monitor de entrada:

Tipo Tecido

Tipo Tecido

Uma zona de entrada permite indicar até 20 tipos de tecido, separados por uma virgula. Um tipo de tecido é composto por dois caracteres alfanuméricos.

Este atributo não pode ser visualizado na lista de trabalho.

4.3.11 Repetição

Trata-se de um número compreendido entre 1 e 99, que indica o número de repetições do traçado a obter para o mesmo ficheiro.

Modificação no monitor de entrada:

para o mesmo ficheiro. Modificação no monitor de entrada : A repetição é indicada na zona

A repetição é indicada na zona de entrada associada ao ícone Repetição modificar este valor:

- introduzindo um novo valor,

- premindo o botão do rato sobre

. É possível

novo valor, - premindo o botão do rato sobre . É possível para acrescentar ao valor

para acrescentar ao valor indicado uma unidade

ou sobre

para acrescentar ao valor indicado uma unidade ou sobre para retirar uma unidade. indica a Modificação

para retirar uma unidade.

indica aindicado uma unidade ou sobre para retirar uma unidade. Modificação na lista de trabalho : O

Modificação na lista de trabalho: O valor numérico sob o ícone Repetição

repetição. Clicar duas vezes o botão neste valor para acrescentar uma unidade.

4.3.12 Rotação a 180º de uma colocação

No caso de um traçado de colocações ou de marcações de acolchoamento, este atributo permite indicar que o ficheiro deve ser traçado com uma rotação a 180° (retorno da largura).

Modificação no monitor de entrada: Activar ou desactivar o botão Rotação

.
.
de entrada : Activar ou desactivar o botão Rotação . Modificação na lista de trabalho :

Modificação na lista de trabalho: O sinal "+" sob o ícone Rotação

significa que o

atributo está activado. Premir duas vezes o botão do rato sobre este sinal para o fazer desaparecer ou aparecer.

24

VigiPrint V 2.x

4.3.13 Rotação das formas

No caso de um traçado de forma, de vestuário, de variante ou de modelo, este atributo permite indicar um ângulo de rotação a aplicar às formas a traçar.

Modificação no monitor de entrada:

formas a traçar. Modificação no monitor de entrada : . É A rotação de formas é

. É

a traçar. Modificação no monitor de entrada : . É A rotação de formas é indicada

A rotação de formas é indicada na zona de entrada associada ao ícone Rotação possivel modificar este valor:

- introduzindo um novo valor,

- clicando sobre

este valor: - introduzindo um novo valor, - clicando sobre para acrescentar uma unidade ao valor

para acrescentar uma unidade ao valor indicado ou sobre

para retirar uma unidade.

unidade ao valor indicado ou sobre para retirar uma unidade. indica o ângulo de rotação no

indica o

ângulo de rotação no sentido dos ponteiros do relógio, expresso em graus (0 por defeito). Premir duas vezes o botão do rato sobre este valor para acrescentar uma unidade.

Modificação na lista de trabalho: O valor numérico sobre o ícone Rotação

4.3.14 Simetria em X - Simetria em Y

No caso de um traçado de forma, de vestuário de variante ou de modelo, estes atributos permitem indicar que as formas devem ser traçadas com uma simetria em X ou com uma simetria em Y.

Modificaçaõ no monitor de entrada: Activar ou desactivar

para uma sim. em X,Modificaçaõ no monitor de entrada : Activar ou desactivar para uma sim. em Y. Figura 12

para uma sim. em Y.de entrada : Activar ou desactivar para uma sim. em X, Figura 12 Exemplos de rotações

Figura 12

Exemplos de rotações e de simetria de formas

Y

IB definida en la CAO
IB definida en la CAO

X

e de simetria de formas Y IB definida en la CAO X Trazado con simetría en

Trazado con simetría en Y

formas Y IB definida en la CAO X Trazado con simetría en Y Trazado con simetría

Trazado con simetría en X

CAO X Trazado con simetría en Y Trazado con simetría en X Trazado con rotación de

Trazado con rotación de - 90°

Modificação na lista de trabalho:

con rotación de - 90° Modificação na lista de trabalho : O sinal “+” sob o
con rotación de - 90° Modificação na lista de trabalho : O sinal “+” sob o

O sinal “+” sob o ícone Simetria X

activado. Clicar duas vezes nesse sinal para o fazer desaparecer ou aparecer.

ou Simetria Y

significa que o atributo está

VigiPrint V 2.x

25

4.3.15 Peças pequenas primeiro

No caso de um traçado de colocações este atributo permite indicar que as peças pequenas da colocação devem ser traçadas antes das grandes. A superfície máxima de uma peça pequena e de 625 cm2.

Modificação no monitor de entrada:

Activar ou desactivar o botão Peças pequenas primeiro

.
.

Este atributo não está visualizado na lista de trabalho.

4.3.16 Colocação à escala

Este atributo permite indicar que, durante o traçado do ficheiro, a escala indicada nos

parâmetros de Geometria

do ficheiro, a escala indicada nos parâmetros de Geometria deve ser aplicada. Modificação no monitor de

deve ser aplicada.

Modificação no monitor de entrada: Activar ou desactivar o botão Escala

.
.
de entrada : Activar ou desactivar o botão Escala . significa que o atributo está activado.

significa que o

atributo está activado. Premir duas vezes o botão do rato sobre este sinal para o fazer aparecer ou desaparecer.

Visualização na lista de trabalho: O sinal "+" sob o ícone Escala

4.3.17 Sinal Sonoro

No caso de um traçado de colocações ou de marcas de acolchoamento, este atributo permite indicar que o traçado será suspenso no final desta colocação e que um sinal sonoro assinalará a suspensão.

OK

Será então necessário carregar premir

retomar o traçado das colocações seguintes.

na caixa de diálogo afixada

Modificação no monitor de entrada: Activar ou desactivar o botão Sinal Sonoro

.
.

para

Este atributo não está visualizado na lista de trabalho.

26

VigiPrint V 2.x

4.4 Manipulação da lista dos ficheiros a traçar

As manipulações da lista dos ficheiros efectuam-se com a ajuda das funções disponíveis no menu rolante Edição situado acima da zona de trabalho

Edição

Suprimir Selecção Copiar Selecção ^C Cortar Selecção ^D Colar Selecção ^V Seleccionar tudo ^A
Suprimir Selecção
Copiar Selecção
^C
Cortar Selecção
^D
Colar Selecção
^V
Seleccionar tudo
^A

4.4.1 Selecção de uma ou mais linhas da lista

--------------------------------------DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite seleccionar uma ou mais linhas da lista para lhes aplicar um tratamento comum.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

• Para seleccionar uma linha, clicar nessa linha na lista (ver figura 8, número 3): a sua cor de visualização altera-se.

• Para anular a selecção de uma linha clicar novamente sobre essa linha na lista, (recupera a sua cor original) ou clicar noutra linha: essa outra linha é então seleccionada.

• Para seleccionar várias linhas simultaneamente:

- Clicar numa primeira linha.

Shift
Shift

- Premir a tecla

- Premir o botão do rato linha a linha sobre as outras linhas a seleccionar.

e mantê-la nessa posição.

• Para seleccionar todas as linhas da lista numa só operação, utilizar a função Seleccionar tudo ou as teclas de acesso rápido ^A .

-------------------------------------------- OBSERVAÇÕES---------------------------------------------

• Quando uma linha é seleccionada, a parametrização dos seus atributos do traçado é visualizada

Acrescentar
Acrescentar
Modificar .
Modificar
.

no monitor de entrada e o botão

Quando várias linhas são seleccionadas, a primeira linha do monitor fica inacessivel à entrada e é a parametrização dos atributos do traçado da primeira das linhas seleccionadas que é visualizada.

torna-se no botão

VigiPrint V 2.x

27

4.4.2 Supressão de uma ou mais linhas da lista

-------------------------------------- DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO -------------------------------------- Esta função permite suprimir as linhas visualizadas na lista.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

• Seleccionar a (ou as) linha(s) a suprimir na lista.

Utilizar a função Suprimir Selecção: as linhas seleccionadas deixam de aparecer.

---------------------------------------------OBSERVAÇÕES --------------------------------------------

• Para guardar em memória as linhas suprimidas, utilizar a função Cortar Selecção: ver § 4.4.4.

4.4.3 Deslocamento de uma ou mais linhas da lista

-------------------------------------- DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite suprimir as linhas da lista para as inserir num outro lugar.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

• Seleccionar a (ou as) linha(s) a deslocar na lista.

Utilizar a função Cortar Selecção ou as teclas de acesso rápido ^D .: as linhas seleccionadas deixam de aparecer na lista mas são guardadas em memória.

• Seleccionar na lista a linha antes da qual devem ser inseridas as linhas "cortadas" ou não seleccionar nenhuma linha se elas tiverem de ser inseridas no fim da lista.

Utilizar a função Colar Selecção ou as teclas de acesso rápido ^V: as linhas guardadas em memória são inseridas na lista no local designado.

---------------------------------------------OBSERVAÇÕES --------------------------------------------

• A função Colar pode ser usada várias vezes seguidas: a selecção memorizada é mantida até que uma outra selecção seja memorizada através das funções Cortar ou Copiar .

• Se várias linhas forem seleccionadas na lista durante a utilização da função Colar, a selecção memorizada é inserida antes de cada uma das linhas seleccionadas.

28

VigiPrint V 2.x

4.4.4 Cópia de uma ou mais linhas da lista

--------------------------------------DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite copiar linhas da lista para as inserir em outro local.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

• Seleccionar a (ou as) linha(s) a copiar na lista.

Utilizar a função Copiar Selecção ou as teclas de acesso rápido ^C : as linhas seleccionadas são memorizadas.

• Seleccionar na lista a linha antes da qual devem ser inseridas as linhas "copiadas" ou não seleccionar nenhuma linha se elas tiverem de ser inseridas no fim da lista.

Utilizar a função Copiar Selecção ou as teclas de acesso rápido ^V: as linhas guardadas na memória são inseridas na lista no local designado.

-------------------------------------------- OBSERVAÇÕES---------------------------------------------

• A função Colar pode ser utilizada várias vezes seguidas: a selecção memorizada é mantida até que uma outra selecção seja memorizada através das funções Cortar ou Copiar .

• Se várias linhas forem seleccionadas na lista de trabalho durante a utilização da função Colar, a selecção memorizada é inserida antes de cada uma das linhas seleccionadas.

4.4.5 Modificação de uma linha da lista com o monitor

--------------------------------------DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite modificar o conteúdo de uma linha da lista graças ao monitor de entrada: nome e localização do ficheiro a traçar, bem como a descrição de todos os atributos do traçado.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

• Na lista, seleccionar a linha a modificar (deve ser seleccionada uma só linha) :

- As respectivas informações são visualizadas no monitor de entrada: nome e localização do ficheiro, bem como o estado ou valor de todos os atributos do traçado.

-

Modificar

Acrescentar

Um botão

monitor está no modo "modificação de linha".

substitui o botão

do monitor de entrada. O

• Modificar o estado ou o valor dos botões e zonas de entrada do monitor, como explicado no § 4.3

Também é possivel modificar o nome do ficheiro e a sua localização.

• As modificações são validadas accionando

Modificar

:

O ficheiro seguinte na lista é automaticamente seleccionado.

-------------------------------------------- OBSERVAÇÕES---------------------------------------------

• Para não validar as modificações realizadas, premir o botão do rato sobre uma outra linha da lista.

VigiPrint V 2.x

29

4.4.6 Modificação de uma ou mais linhas clicando na lista

-------------------------------------- DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite modificar o conteúdo de uma ou mais linhas da lista premindo o botão do rato sobre uma linha seleccionada, ao nível do elemento a modificar. Assim, apenas os elementos visualizáveis numa linha podem ser modificados: nome e localização do ficheiro a traçar, repetição, rotação, peças pequenas primeiro, colocação à escala, nome e localização da livraria forma, do ficheiro máquina ou do ficheiro parâmetro específico.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

• Na lista, seleccionar a ou as linhas a modificar.

• Prima duas vezes o botão do rato na lista:

- sobre uma das linhas seleccionadas.

- sobre o local onde se visualiza o valor a modificar.

• O elemento assim designado é modificado da mesma forma em todas as linhas seleccionadas:

- Se se tratar de um atributo pode ser activado ou desactivado (rotação a 180° de uma colocação, peças pequenas primeiro ou colocação à escala), mudará de estado cada vez que premir duas vezes o botão do rato.

- Se se tratar de um valor numérico (repetição ou rotação das formas), o seu valor aumentará uma unidade cada vez que premir duas vezes o botão do rato. (Se duas linhas indicarem valores diferentes, serão aumentadas uma unidade mas continuarão diferentes.)

- Se se tratar de um nome de ficheiro ou livraria, abre-se um selector de ficheiro que permite designar um ficheiro ou uma livraria do mesmo tipo.

---------------------------------------------OBSERVAÇÕES --------------------------------------------

• Para mais detalhes sobre a forma de visualização dos valores dos atributos do traçado, consulte § 4.3.

4.4.7 Cópia de todos os atributos do traçado de uma linha sobre várias outras

-------------------------------------- DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite dar os mesmos valores de atributos do traçado a um grupo de linhas seleccionadas, utilizando o monitor de entrada.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

• Seleccionar várias linhas na lista:

- A primeira linha do monitor de entrada fica inacessível à entrada.

- Os atributos do traçado visualizados no monitor são os da primeira das linhas seleccionadas (a mais próxima da primeira posição da lista).

-

Um botão

Modificar

substitui o botão

Acrescentar

do monitor de entrada.

• Modificar o estado ou o valor dos botões e zonas de entrada no monitor, como explicado no § 4.3.

• Premir o botão do rato sobre

Modificar

atribuídos a todas as linhas seleccionadas.

: os atributos indicados no monitor de entrada são

30

VigiPrint V 2.x

4.5 Gravação/leitura dos ficheiros lotes

Estas duas funções realizam-se com a ajuda das funções disponíveis no menu rolante Ficheiro situado acima da zona de trabalho

Ficheiro

Ler Ficheiro Lote

^O

Escr. Ficheiro Lote

^E

Sair

^X

4.5.1 Gravar um ficheiro de lote

--------------------------------------DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite gravar num ficheiro o lote visualizado na “zona de trabalho”.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

Utilizar a função Escrever Ficheiro Lote : o selector de ficheiro correspondente à designação de um ficheiro de lote é visualizado:

- extensão WIB para um lote de ficheiros formas,

- extensão WVT para o traçado de vestuários,

- extensão WPL para o traçado de colocações,

• Se o lote visualizado for um lote novo criado pelo utilizador, o selector de ficheiro é aberto com o caminho de acesso mais recente memorizado no seu histórico e o nome de ficheiro não é especificado. Se o utilizador tiver aberto anteriormante um ficheiro de lote para o modificar, o selector propõe automaticamente esse mesmo ficheiro.

• Se necessário utilizar o selector de ficheiro para dar o nome e localização do ficheiro a gravar.

• Para validar a gravação, accionar o botão

• Se o ficheiro designado já existir, uma mensagem propõe a sua substituição ou o retorno ao selector de ficheiro para lhe dar outro nome.

-------------------------------------------- OBSERVAÇÕES---------------------------------------------

• É possivel criar assim um novo ficheiro de lote, mesmo partindo de um lote já existente.

OK
OK

do selector de ficheiro.

VigiPrint V 2.x

31

4.5.2 Abrir um ficheiro de lote

-------------------------------------- DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite abrir um ficheiro de lote existente.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

Utilizar a função Ler Ficheiro Lote: o selector de ficheiro correspondente à designação de um lote é visualizado. O selector de ficheiro é aberto com o caminho de acesso mais recente memorizado no seu histórico.

• Utilizar o selector de ficheiro para dar o nome e localização de um lote.

• Para validar accionar o botão

do selector de ficheiro: os ficheiros a traçar são

OK
OK

visualizados na “zona de trabalho” e os seus atributos no “monitor de entrada”.

---------------------------------------------OBSERVAÇÕES --------------------------------------------

• Se a zona de visualização de lote continha informações não gravadas, uma mensagem adverte que vão perder-se informações e permite anular ou confirmar a abertura de um outro lote.

4.6 Pedido de execução de um traçado

-------------------------------------- DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite enviar para a lista de espera do traçador seleccionado, o traçado do lote definido na “zona de trabalho”. Este traçado será executado automaticamente logo que o traçador esteja disponível.

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

DA FUNÇÃO-------------------------------------- • Premir o botão do rato sobre Envio • Uma caixa de

• Premir o botão do rato sobre Envio

• Uma caixa de diálogo pede a confirmação do envio do lote.

para enviar o lote para a lista de espera :

• Premir o botão do rato sobre

OK
OK

:

- O lote é afectado ao traçador

seleccionado.

Para

o

visualizar

na

lista

utilizar a função Lista dos lotes

o visualizar na lista utilizar a função Lista dos lotes (ver § 7.1) . de espera,

(ver § 7.1).

de

espera,

- O lote é sempre visualizado na caixa de diálogo "Entrada do trabalho".

---------------------------------------------OBSERVAÇÕES --------------------------------------------

• No caso de um traçado IB, oconjuntodas formas a traçar nesse lote é considerado nesse programa como uma colocação.

32

VigiPrint V 2.x

4.7 Escolha dos atributos visualizados na zona de trabalho

--------------------------------------DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO --------------------------------------

Esta função permite escolher os atributos visualizados na lista que descreve o conteúdo do lote.

A escolha efectua-se com a ajuda do menu rolante Preferências situado acima da zona de

trabalho

Preferências

Repetição

Rotação

Simetria X

Simetria X

Colocaç. à escala

Ficheiro máquina

Vestuário

--------------------------------------ACTIVAÇÃO DA FUNÇÃO--------------------------------------

Com o menu rolante Preferências, activar a função que corresponde ao atributo de traçado a visualizar, de maneira a fazer aparecer um índice ao lado do nome.

-------------------------------------------- OBSERVAÇÕES---------------------------------------------

• O ícone que corresponde a este atributo, acima da zona de trabalho e a indicação de estado ou do valor deste atributo aparece em cada linha por baixo deste ícone.

• Ver § 4.3 para conhecer a significação dos atributos e a maneira de modificar o seu estado ou valor.

• Para não visualizar um atributo de traçado, activar novamente a função correspondente de maneira a poder retirar o índice junto do nome.

VigiPrint V 2.x

33

5 - Parametrização do traçado

5.1 Informações gerais sobre os parâmetros

Figura 13

Funções de parametrização

sobre os parâmetros Figura 13 Funções de parametrização 2 1 3 As funções de parametrização de
2
2
1
1
3
3

As funções de parametrização de traçado permitem adaptar o funcionamento do programa VigiPrint às necessidades do utilizador:

- Um grupo de 6 botões (ver figura 13, número 1) permite aceder aos diferentes parâmetros. Estes parâmetros são agrupados em 6 famílias:

Estes parâmetros são agrupados em 6 famílias: • Os formatos de entrada permitem seleccionar os tipos

• Os formatos de entrada permitem seleccionar os tipos de ficheiros que o utilizador

será levado a traçar em função do domínio de trabalho (Confecção, Estofo, Calçado, Indústria…)

de trabalho (Confecção, Estofo, Calçado, Indústria…) • Os parâmetros se necessário um nome por defeito, para

• Os parâmetros

se

necessário um nome por defeito, para cada um dos tipos de ficheiros utilizados pelo programa.

livrarias

permitem

indicar

a

localização

por

defeito

e

• Os parâmetros

texto

determinama localização por defeito e • Os parâmetros texto a natureza e acrescentadas ao traçado das

a

natureza

e

acrescentadas ao traçado das formas.

o

formato

das

inscrições

• Os parâmetros geometria

o formato das inscrições • Os parâmetros geometria determinam a geometria das formas traçadas (forma das

determinam a geometria das formas traçadas (forma

das picas ou das marcações, escala, utilização de um traço pleno ou tracejado, etc…).

utilização de um traço pleno ou tracejado, etc…). • Os parâmetros de funcionamento ). determinam a

• Os parâmetros de funcionamento

).

determinam a maneira como serão apresentados

os traçados (espaço entre formas, vestuários ou colocações, supressão das linhas comuns,

traçado de um quadro,

supressão das linhas comuns, traçado de um quadro, • Os parâmetros máquina determinam o comportamento do

• Os parâmetros máquina determinam o comportamento do traçador (valores de

velocidade e aceleração, programação dos avanços papel …)

Existem parâmetros texto, geometria e acondicionamento particulares para cada

+ modo de traçado: forma, vestuário e colocação.

34

VigiPrint V 2.x

-

-

Um grupo de 2 botões (ver figura 13, número 2) permite guardar ou reler o conjunto destes parâmetros nos ficheiros de configuração.

Um botão ( ver figura 13, número 3)

configuração por defeito do traçador (ficheiro TRAPARAM).

permite guardar os valores des parâmetros no ficheiro de

Uma grande parte destas funções só são acessíveis com o nível Master

+

5.1.1 Valores por defeito dos parâmetros

Para cada traçador, são gravados valores por defeito num ficheiro de configuração chamado TRAPARAM, para todos os parâmetros. No momento do lançamento do programa VigiPrint, são estes os valores que são visualizados em todas as caixas de diálogo dos parâmetros e que são portanto activos.

5.1.2 Valores correntes

O utilizador tem a possibilidade de modificar certos valores de parâmetros conforme o

nível de utilização. Estes valores tornam-se os valores correntes, e são eles que são utilizados durantes as operações de traçado, enquanto o utilizador não os modificar novamente ou não sair de VigiPrint.

5.1.3 Ficheiros parâmetros

O utilizador tem a possibilidade de gravar nos ficheiros de configuração ou ficheiros

parâmetros, conjuntos de valores que correspondem a utilizações particulares: podem ser específicas a um utilizador, um modo de trabalho, um tipo de colocação, um cliente, um

traçador…

O utilizador só precisa depois chamar esses ficheiros parâmetros para configurar

automaticamente o programa com os valores correntes memorizados nesses ficheiros. (ver § 5.8)

Se o utilizador quiser conservar os valores correntes para que se tornem valores por defeito,

dispõe de uma função de salvaguarda para os guardar no ficheiro TRAPARAM. (ver § 5.9)

5.1.4 Valores utilizados nos traçados

Se não se chamar nenhum ficheiro parâmetros e não se modificar nenhum valor de

parâmetro,

são

os

valores

por

defeito,

contidos

no

ficheiro

TRAPARAM que serão

utilizados.

Se não se chamar nenhum ficheiro parâmetros mas se modificarem valores de parâmetros,

esses valores correntes serão utilizados.

Se se chamar um ficheiro parâmetro, os valores correntes contidos nesse ficheiro serão

utilizados.

VigiPrint V 2.x

35

5.1.5 Consulta e modificação

A activação de um dos botões parâmetros provoca a visualização de uma caixa de diálogo na qual são visualizados os valores correntes dos parâmetros da família correspondente:

Para modificar os valores dos parâmetros:

• Clicar no botão concernido para visualizar a caixa de diálogo que corresponde a essa família de parâmetros.

• Utilizar o botão ou a zona de entrada que corresponde ao parâmetro a modificar, como explicado no parágrafo 5.2 a 5.7 conforme a família de parâmetros

• Clicar em

OK

para fechar a caixa de diálogo e voltar ao ecrã principal.

Para fechar a caixa de diálogo sem que as modificações sejam tomadas em consideração,

ou depois de uma simples consulta, utilizar o botão

Abandonar .
Abandonar
.

Atenção

Para que os valores modificados se tornem valores por defeito na próxima utilização, é necessário guardar esses valores no ficheiro TRAPARAM (ver § 5.9).

36

VigiPrint V 2.x

+

5.2 Formatos de entrada

Esta função só é acessível no nível Master.

de entrada Esta função só é acessível no nível Master. Activar a função Formatos de entrada

Activar a função Formatos de entrada do ecrã principal para obter a visualização da seguinte

caixa de diálogo:

Figura 14

Selector de entrada

da seguinte caixa de diálogo: Figura 14 Selector de entrada 5.2.1 Escolha do domínio Um primeiro

5.2.1 Escolha do domínio

Figura 14 Selector de entrada 5.2.1 Escolha do domínio Um primeiro menu rolante permite seleccionar o

Um primeiro menu rolante permite seleccionar o domínio no qual se integra o programa VigiPrint:

Confecção: Escolher este valor para traçar peças, colocações… criadas pelos programas Lectra LS Model, Modaris, Diamino.

Estofo : Escolher este valor para traçar peças, colocações… criadas pelos programas Lectra LS Form, Formaris, Diamino U.

Calçado: Escolher este valor para traçar peças, colocações… criadas pelos programas Stratégie Romans Cad et Lectra Diamino F.

Indústria: Escolher este valor para traçar peças, colocações… criadas pelos programas TopCad, ou Lectra Diamino I.

CutFile : Escolher este valor para traçar peças provindo de uma CAD não Lectra.

O valor escolhido determina os valores possíveis para os formatos de ficheiros

+ propostos depois ao operador

VigiPrint V 2.x

37

5.2.2 Formatos dos ficheiros

No caso de ficheiros provindo de uma CAD Lectra (Confecção, Estofo, Calçado ou Indústria), duas zonas de entrada permitem indicar o sufixo por defeito das colocações e/ou peças a cortar.

A

entrada efectua-se com a ajuda de um menu rolante.

O

botão

O botão situado à direita da zona de entrada permite escolher um sufixo em
O botão situado à direita da zona de entrada permite escolher um sufixo em

situado à direita da zona de entrada permite escolher um sufixo em

maiúsculas ou minúsculas.

Sufixos para um ficheiro colocação

ou minúsculas. Sufixos para um ficheiro colocação Sufixos dos ficheiros peças O valor escolhido é utilizado

Sufixos dos ficheiros peças

para um ficheiro colocação Sufixos dos ficheiros peças O valor escolhido é utilizado pelo programa para

O valor escolhido é utilizado pelo programa para determinar o filtro proposto pelo

selector de ficheiro quando o utilizador selecciona uma colocação ou uma peça.

No caso em que foi seleccionado o formato MDL (ou IBA/MDL), os parâmetros que permitem

a utilização dos ficheiros modelos Modaris são propostos nos parâmetros Livrarias e

Geometria. Neste caso uma zona de entrada aparece na caixa “Selector de entrada” para indicar o nome da máquina na qual funciona o Servidor de modelos a utilizar. (Trata-se de um programa utilitário com o qual os programas aplicativos podem ler dados nos ficheiros modelos criados com Modaris).

podem ler dados nos ficheiros modelos criados com Modaris). O nome deve ser entrado pelo utilizador

O nome deve ser entrado pelo utilizador (máximo de 8 caracteres).

Depois de seleccionados os diferentes valores, validar com o botão

.
.

O selector de entrada fecha-se e o monitor de entrada configura-se automaticamente, tendo em conta também a escolha do modo de trabalho (ver § 3.1.4)

Não esquecer de guardar o ficheiro TRAPARAM para que o programa VigiPrint volte a essa

+ configuração quando se abrir novamente.

38

VigiPrint V 2.x

+

5.3 Parâmetros das livrarias

Esta função é parcialmente acessível no nível User.

5.3.1 Apresentação dos parâmetros

Activar a função Livrarias caixa de diálogo:

Activar a função Livrarias caixa de diálogo: do ecrã principal para obter a visualização da seguinte

do ecrã principal para obter a visualização da seguinte

Figura 15

Caixa de diálogo dos parâmetros Livrarias

Figura 15 Caixa de diálogo dos parâmetros Livrarias Para cada tipo de ficheiro, uma linha parametrização

Para cada tipo de ficheiro, uma linha parametrização permite definir a respectiva localização por defeito e eventualmente um nome por defeito

A zona de entrada permite indicar o nome e a localização do ficheiro com a sintaxe

habitual (“/repertório1/repertório2 /

Para modificar o conteúdo desta zona de entrada, o utilizador pode escolher entre:

- Entrar directamente o caminho de acesso seguido pelo nome do ficheiro. (O sufixo nunca deve ser entrado, ele é automaticamente acrescentado pelo programa em função do tipo de ficheiro concernido.)

- Clicar duas vezes na zona de entrada, para abrir um selector de ficheiro ou de repertório (segundo a zona de entrada que foi activada).

/repertórioN/Nome_ficheiro”)

entrada que foi activada). /repertórioN/Nome_ficheiro”) ® O botão de pressão permite copiar a localização de

® O botão de pressão

permite copiar a localização de um tipo de ficheiro para todos

os ficheiros do mesmo grupo:

- localização das formas copiadas nas linhas Vestuário, Colocação e Tabela Alfa,

- localização das Infos colocação copiadas nas Infos Vestuário e nas Infos Formas.

- localização dos ficheiros parâmetros formas copiados para todos os outros ficheiros parâmetros,

- localização dos ficheiros Acompanhamento traçado copiados para os ficheiros Acompanhamento erros.

VigiPrint V 2.x

39

Livrarias de trabalho

Os valores correntes destes parâmetros são os que serão visualizados por defeito no monitor de entrada, no momento da entrada dos lotes de ficheiros a traçar.

Forma

Livraria por defeito dos ficheiros peças a traçar ou dos ficheiros peças

Vestuário

contidos nas colocação a traçar Livraria por defeito dos ficheiros vestuários a traçar

Modelo

Livraria por defeito dos modelos Modaris

Colocação

Livraria por defeito dos ficheiros colocações a traçar

Tabela Alfa

Livraria por defeito das tabelas alfanuméricas

Texto

Texto referenciado

Livraria por defeito dos ficheiros que contêm o texto a

traçar

nas

Info colocação

formas Nome por defeito do ficheiro Etiqueta a traçar nas formas no caso de um

Info vestuário

traçado de colocação Nome por defeito do ficheiro Etiqueta a traçar nas formas no caso de um

Info Forma

traçado de vestuário Nome por defeito do ficheiro Etiqueta a traçar nas formas no caso de um traçado de formas

As seguintes funções só são acessíveis para o nível Master

+

Ficheiros parâmetros

Formas

Nome do ficheiro de parâmetros (Texto, Geometria e funcionamento) a

Vestuário

carregar por defeito durante o traçado de forma (ver § 4.3.4). Nome do ficheiro de parâmetros (Texto, Geometria e funcionamento) a

Colocação

carregar por defeito durante o traçado de vestuário (ver § 4.3.4). Nome do ficheiro de parâmetros (Texto, Geometria e funcionamento) a

Máquina

carregar por defeito durante o traçado de colocação (ver § 4.3.4). Nome do ficheiro de parâmetros (máquina a carregar por defeito (ver § 4.3.3)

® A criação destes diversos ficheiros está explicada no § 5.8

Ficheiros de acompanhamento

Traçado

Livraria ou nome do ficheiro de acompanhamento que contem as

Erro

informações relativas ao traçado Livraria ou nome do ficheiro de acompanhamento que contem os erros relativos ao traçado

40

VigiPrint V 2.x

5.3.2 Gravação/leitura de um ficheiro de configuração livrarias

Se o utilizador o desejar, pode guardar os parâmetros de livraria num ficheiro de configuração que poderá chamar para uma utilização ulterior.

Para gravar um ficheiro de parâmetros livraria clicar no botão

permite o acesso a um repertório, e a nomeação do ficheiro.

o acesso a um repertório, e a nomeação do ficheiro. , o selector abre-se, Para chamar

, o selector abre-se,

e a nomeação do ficheiro. , o selector abre-se, Para chamar um ficheiro de parâmetros livrarias

Para chamar um ficheiro de parâmetros livrarias clicar no botão

e permite reler o ficheiro desejado, cujos valores se tornam então os valores correntes.

, o selector abre-se

VigiPrint V 2.x

41

5.4 Parâmetros do texto

Esta função é parcialment acessível no nível User.

+

5.4.1 Apresentação dos parâmetros

Activar um modo de entrada (Forma, vestuário ou colocação), e activar depois a função

Texto

Figura 16

ou colocação), e activar depois a função Texto Figura 16 para obter a visualização da seguinte

para obter a visualização da seguinte caixa de diálogo:

Caixa de diálogo “Texto” para o traçado de formas

8 5 1 2 9 6 3 7 4
8
5
1
2
9
6
3
7
4

Botões interruptores que permitem autorizar ou não o traçado dos seguintes elementos:  - Infos forma : informações a traçar no interior de cada forma ( Etiquetas

 

- Infos forma: informações a traçar no interior de cada forma (Etiquetas).

- Texto referenciado: texto associado a uma forma . Este texto é definido no CAD aquando da criação da forma e gravado num ficheiro cujo nome é referenciado no ficheiro forma . A função Livraria permite indicar em que livraria devem ser procurados os ficheiros contendo os textos referenciados.

- Regras de graduação

- Texto especial: cadeia de caracteres definida on CAD e associada a cada forma .

- Cartucho (apenas para uma colocação ).

- Cabeçalho (apenas para uma colocação ).

Botões interruptores que permitem escolher a ferramenta para o traçado de cada tipo de informação. O utilizador escolhe uma ferramenta em função das ferramentas disponíveis no traçador.CAD e associada a cada forma . - Cartucho (apenas para uma colocação ). - Cabeçalho

42

VigiPrint V 2.x

Botão interruptor que permite autorizar ou não a impressão em contínuo numa impressora de informações sobre o desenrolar do traçado.42 VigiPrint V 2.x ® Durante a instalação do programa, uma impressora escolhida na rede é

® Durante a instalação do programa, uma impressora escolhida na rede é associada a cada traçador.

As informações impressas são as seguintes:

- nome do ficheiro traçado (salvo para o traçado da forma ),

- hora do início e do fim do traçado (a hora do fim só é indicada se o traçado estiver acabado),

- perímetro e comprimento no caso de um traçado de colocação ou de marcas de acolchoamento,

- interrupções ocorridas: hora da interrupção, número do erro e tipo de retomada utilizada (nome do botão utilizado na caixa de diálogo Paragem/Retomada),

® O parâmetro Impressão das informações é comum às 3 caixas de diálogo dos parâmetros textos (modo de traçado de forma , de vestuários ou de colocações):

quando ele é activado num modo de traçado, ele é igualmente activado para os dois outros.

Figura 17

Exemplo de impressão das informações

Informações impressas ---------------------------------------------------------------------- Máquina : Flypen1,
Informações impressas
----------------------------------------------------------------------
Máquina : Flypen1, Emissor : bill
Início: 09/10/95 15:34:24
- para um traçador de
colocação
Colocação : @ :LB:PLALIB;PANT32.PLA
Perímetro : 15400 mm
Comprimento 1062 mm
Fim: 09/10/95 15:37:05
----------------------------------------------------------------------
Máquina : Flypen1, Emissor : mary
Início: 09/10/95 15:37:06
- para um traçado de
marcas de acolchoado
Marcas de acolchoado : @CB:LB:PLALIB;PH24COL2.PLA
Perímetro : 39870 mm
Comprimento 2196 mm
Fim: 09/10/95 15:43:59
----------------------------------------------------------------------
Máquina : Flypen1, Emissor : bill
Início: 09/10/95 15:44:02
- para um traçado de
vestuário
Vestuário : /home/mb/MILOS/VETLIB/PANT40HF.VET
Fim: 09/10/95 15:45:35
----------------------------------------------------------------------
Máquina : Flypen1, Emissor : jack
Início: 09/10/95 15:51:32
- para um traçado de IB
Imagem de base
Fim: 09/10/95 15:56:12
----------------------------------------------------------------------
Máquina : Flypen1, Emissor : bill
Início: 09/10/95 16:00:41
Colocação : /data/mac1/disk0/MILOS/PLALIB/JUPE85.PLA
- Aquando do aparecimento
de um erro
16:02:48 Erro 4/4
Paragens/Retomadas : Retomada
Perímetro : 15770 mm
Comprimento 1215 mm
Fim: 09/10/95 16:15:59
----------------------------------------------------------------------
Máquina : Flypen1, Emissor : mary
Início: 09/10/95 16:16:00
Placement : /data/mac1/disk0/MILOS/PLALIB/JUPE85.PLA
16:17:48 Erro 4/1
Paragens/Retomadas :Retomada sobre IB
16:17:59 Erro 4/1
Paragens/Retomadas : seguinte
----------------------------------------------------------------------
4
Botão interruptor que permite autorizar ou não a impressão, numa impressora, das
marcas de acolchoamento.
Trata-se de uma tabela que dá a posição em 1/10 mm (ou polegadas) das marcas
de acolchoamento e dos pontos de repetição correspondentes.

VigiPrint V 2.x

43

5
5

Zonas de entrada que permitem definir a dimensão dos caracteres utilizados para o traçado das informações.

® A dimensão definida aquí aplica-se ao traçado dos textos referenciados, reguas de graduação, texto especial e cabeçalho. Para as informações forma, a

dimensão é especificada no ficheiro formato criado com a função

.
.

A dimensão utilizada em primeiro lugar é a indicada na zona de entrada