Sei sulla pagina 1di 364

570 questões- vunesp focadas no edital para

TJ/SP

ESCREVENTE

2017

Matéria

Número

de Questões

PORTUGUÊS……………………………… …………… 100

DIREITO CONSTITUCIONAL………………….………100 DIREITO PROCESSUAL CIVIL………………………… 32

20

DIREITO PROCESSUAL PENAL……………… DIREITO PENAL……………………………………

.…50

JECRIM LEI 9.099……………………………… …….… 12.

LEI 12.153…………………………………………… …

LEI 8.429…………………………………………….………30

LEI 10.261………………………………… ………

NORMAS DA CORREGEDORIA………….……………52

INFORMÁTICA…………………………….……………

MATEMÁTICA……………………………………

RACIOCÍNIO LÓGICO………………………………… 24.+20

… 14

…… 20

40+ 80

…… 76

PORTUGUÊS- VUNESP- NÍVEL MÉDIO-GRAU DE DIFICULDADE-TODOS

100 QUESTÕES RECENTES- GABARITO NO FINAL DESTE TÓPICO

Leia o texto para responder

Muito antes de haver história, já havia seres humanos. Animais bastante similares aos humanos modernos surgiram por volta de 2,5 milhões de anos atrás. Mas, por incontáveis gerações, eles não se destacaram da miríade de outros organismos com os quais partilhavam seu habitat. Em um passeio pela África Oriental de 2 milhões de anos atrás, você poderia muito bem observar certas características humanas familiares:

mães ansiosas acariciando seus bebês e bandos de crianças despreocupadas brincando na lama; jovens temperamentais rebelando- se contra as regras da sociedade e idosos cansados que só queriam ficar em paz; machos orgulhosos tentando impressionar as beldades locais e velhas matriarcas sábias que já tinham visto de tudo. Esses humanos arcaicos amavam, brincavam, formavam laços fortes de amizade e competiam por status e poder mas os chimpanzés, os babuínos e os elefantes também. Não havia nada de especial nos humanos. Ninguém, muito menos eles próprios, tinha qualquer suspeita de que seus descendentes um dia viajariam à Lua, dividiriam o átomo, mapeariam o código genético e escreveriam livros de história. A coisa mais importante a saber acerca dos humanos pré-históricos é que eles eram animais insignificantes, cujo impacto sobre o ambiente não era maior que o de gorilas, vaga-lumes ou águas-vivas. (Yuval Noah Harari. Sapiens: uma breve história da humanidade. Trad. Janaína Marcoantonio, Porto Alegre, L&PM, 2015, p. 08-09)

1-A ideia central do texto é:

a)os humanos vêm evoluindo tão lentamente quanto os demais animais com que conviveram no passado. b)os humanos pré-históricos conviviam pacificamente entre si, e isso lhes permitia dominar os outros animais. c)os seres humanos distinguiam-se dos demais animais na pré- história no modo como interagiam entre si. d)os humanos arcaicos não possuíam habilidades que permitissem prever as conquistas futuras de nossa espécie. e)os humanos modernos diferenciaram-se de seus ancestrais assim

prever as conquistas futuras de nossa espécie. e)os humanos modernos diferenciaram-se de seus ancestrais assim
prever as conquistas futuras de nossa espécie. e)os humanos modernos diferenciaram-se de seus ancestrais assim
prever as conquistas futuras de nossa espécie. e)os humanos modernos diferenciaram-se de seus ancestrais assim
prever as conquistas futuras de nossa espécie. e)os humanos modernos diferenciaram-se de seus ancestrais assim
prever as conquistas futuras de nossa espécie. e)os humanos modernos diferenciaram-se de seus ancestrais assim

que começaram a lutar por poder.

2-O termo miríade, em destaque no primeiro parágrafo do texto, está empregado com o sentido de

a)acentuada uniformidade. b)frequência irregular c)grande quantidade. d)tamanho diminuto. e)característica excepcional.
b)frequência irregular a)acentuada uniformidade. c)grande quantidade. d)tamanho diminuto. e)característica excepcional.
c)grande quantidade. a)acentuada uniformidade. b)frequência irregular d)tamanho diminuto. e)característica excepcional.
d)tamanho diminuto. a)acentuada uniformidade. b)frequência irregular c)grande quantidade. e)característica excepcional.
e)característica excepcional.a)acentuada uniformidade. b)frequência irregular c)grande quantidade. d)tamanho diminuto.

3-Um termo que expressa sentido de “posse” está destacado em:

a)Mas, por incontáveis gerações, eles não se destacaram parágrafo) se destacaram parágrafo)

(1

gerações, eles não se destacaram parágrafo) (1 ⁰ b) da miríade de outros organismos com os

b) da miríade de outros organismos com os quais partilhavam

parágrafo)

de outros organismos com os quais partilhavam parágrafo) c) você poderia muito bem observar certas

c) você poderia muito bem observar certas características

parágrafo)

(2

(1

idosos cansados que só queriam ficar em paz que só queriam ficar em paz

d)

(2

parágrafo)

eles eram animais insignificantes, cujo impactosobre o cujo impactosobre o

e)

ambiente

(2parágrafo)

4-Acerca da pontuação, de acordo com a norma-padrão da língua, está correto o que se afirma em:

norma-padrão da língua, está correto o que se afirma em: a)o trecho – Animais bastante similares

a)o trecho Animais bastante similares aos humanos modernos

surgiram por volta de 2,5 milhões de anos atrás. permanecerá correto se uma vírgula for acrescida após a palavra “humanos”.

uma vírgula for acrescida após a palavra “humanos”. b)o trecho – Em um passeio pela África

b)o trecho Em um passeio pela África Oriental de 2 milhões de anos

atrás, você poderia muito bem observar certas características humanas

familiares

permanecerá correto após a substituição da vírgula por

ponto final.

após a substituição da vírgula por ponto final. c)a mensagem do trecho – mães ansiosas acariciando

c)a mensagem do trecho

mães ansiosas acariciando seus bebês e

permanecerá

bandos de crianças despreocupadas brincando na lama

inalterada caso seja acrescida uma vírgula após “ansiosas” e outra após “despreocupadas”.

d)o trecho – Ninguém, muito menos eles próprios, tinha qualquer suspeita de que seus descendentes

d)o trecho Ninguém, muito menos eles próprios, tinha qualquer

suspeita de que seus descendentes um dia viajariam à Lua

permanecerá correto caso as vírgulas sejam substituídas por travessões.

e)a mensagem do trecho – A coisa mais importante a saber acerca dos A coisa mais importante a saber acerca dos

humanos pré-históricos é que eles eram animais insignificantes

permanecerá inalterada se a expressão “a saber” ficar entre parênteses.

LEIA PARA RESPONDER

ficar entre parênteses. – – LEIA PARA RESPONDER 5- No primeiro quadrinho, os comentários “Já que

5-No primeiro quadrinho, os comentários “Já que sua mãe está doente” e “hoje eu farei o jantar” estabelecem entre si relação de a)causa e consequência. b)condição e conformidade. c)finalidade e modo. d)conclusão e concessão. e)proporção e explicação.

consequência. b)condição e conformidade. c)finalidade e modo. d)conclusão e concessão. e)proporção e explicação.
consequência. b)condição e conformidade. c)finalidade e modo. d)conclusão e concessão. e)proporção e explicação.
consequência. b)condição e conformidade. c)finalidade e modo. d)conclusão e concessão. e)proporção e explicação.
consequência. b)condição e conformidade. c)finalidade e modo. d)conclusão e concessão. e)proporção e explicação.
consequência. b)condição e conformidade. c)finalidade e modo. d)conclusão e concessão. e)proporção e explicação.

6-Uma frase escrita em conformidade com a norma-padrão da língua é:

escrita em conformidade com a norma-padrão da língua é: a)O pai alegou em que tinha sobrevivido

a)O pai alegou em que tinha sobrevivido dois anos com sua própria comida. b)O pai tentou persuadir o filho de que era capaz de cozinhar. c)O pai não conseguiu convencer o filho que estava apto com cozinhar. d)O pai acabou revelando de que não estava preparado de cozinhar. e)O pai aludiu da época que tinha sobrevivido com sua própria comida.

da época que tinha sobrevivido com sua própria comida. Leia o texto para responder Entreouvida na
da época que tinha sobrevivido com sua própria comida. Leia o texto para responder Entreouvida na
da época que tinha sobrevivido com sua própria comida. Leia o texto para responder Entreouvida na
da época que tinha sobrevivido com sua própria comida. Leia o texto para responder Entreouvida na

Leia o texto para responder

Entreouvida na rua: “O que isso tem a ver com o meu café com leite?” Não sei se é uma frase feita comum que só eu não conhecia ou se estava sendo inventada na hora, mas gostei. Tudo, no fim, se resume no que tem e não tem a ver com o nosso café com leite, no que afeta ou não afeta diretamente nossas vidas e nossos hábitos. É uma questão que envolve mais do que a vizinhança próxima. Outro dia ficamos sabendo que o Stephen Hawking voltou atrás na sua teoria sobre os buracos negros, aqueles furos no Universo em que a matéria desaparece. Nem eu nem você entendíamos a teoria, e agora somos obrigados a rever nossa ignorância: os buracos negros não eram nada daquilo que a gente não sabia que eram, são outra coisa que a gente nunca vai entender. Nosso consolo é que nada disto tem a ver com nosso café com leite. Os buracos negros e o nosso café com leite são, mesmo, extremos opostos, a extrema angústia do desconhecido e o extremo conforto do familiar. Não cabem na mesma mesa ou no mesmo cérebro.

(Luis Fernando Verissimo. O mundo é bárbaro e o que nós temos a ver com isso. Rio de Janeiro, Objetiva, 2008, p. 09)

7-O sentido atribuído pelo autor à frase – “O que isso tem a ver com o meu café com leite?” – está expresso, em outras palavras, na alternativa:

a)Será que somos capazes de compreender isso? b)Até que ponto isso desperta o interesse dos cientistas? c)De que modo nós poderíamos contribuir
b)Até que ponto isso desperta o interesse dos cientistas? a)Será que somos capazes de compreender isso? c)De que modo nós poderíamos contribuir para isso? d)Por
c)De que modo nós poderíamos contribuir para isso? b)Até que ponto isso desperta o interesse dos cientistas? d)Por que eu deveria crer na veracidade
d)Por que eu deveria crer na veracidade disso? interesse dos cientistas? c)De que modo nós poderíamos contribuir para isso? e)Como isso pode impactar o
e)Como isso pode impactar o meu cotidiano?dos cientistas? c)De que modo nós poderíamos contribuir para isso? d)Por que eu deveria crer na

os buracos negros não eram nada daquilo que a

gente não sabia que eram, são outra coisa que a gente nunca vai entender. , o autor sustenta que, para os leigos, os buracos negros são

8-Com a afirmação

a)insondáveis.os leigos, os buracos negros são 8- Com a afirmação – b)instáveis c)periculosos. d)excitantes. e)inteligíveis.

b)instáveisnegros são 8- Com a afirmação – a)insondáveis. c)periculosos. d)excitantes. e)inteligíveis. 9- Assinale a

c)periculosos.são 8- Com a afirmação – a)insondáveis. b)instáveis d)excitantes. e)inteligíveis. 9- Assinale a alternativa que

d)excitantes.afirmação – a)insondáveis. b)instáveis c)periculosos. e)inteligíveis. 9- Assinale a alternativa que preenche,

e)inteligíveis.a)insondáveis. b)instáveis c)periculosos. d)excitantes. 9- Assinale a alternativa que preenche, respectivamente, as

9-Assinale a alternativa que preenche, respectivamente, as lacunas da frase, conforme a norma-padrão da língua.

acerca da contribuição

que o conhecimento dos buracos negros pode trazer nossas vidas.

anos, estudiosos

têm questionado-sea)Há b)Há c)Há d)A e)A

a)Há

b)Há

c)Há

d)A

e)A

a

têm se questionadoa

a

têm se questionadoà

à

têm questionado-sea

a

têm se questionadoà

à

10-A concordância está de acordo com a norma-padrão da língua na frase:

está de acordo com a norma-padrão da língua na frase: a)Muito antes de haver história, já

a)Muito antes de haver história, já existia seres humanos. b)Animais bastante similares aos humanos modernos podiam ser encontrado por volta de 2,5 milhões de anos atrás. c)Na África Oriental de 2 milhões de anos atrás, certas características humanas familiares poderiam ser muito bem observadas. d)Esses humanos arcaicos competiam por status e poder, assim como ocorriam com os chimpanzés, os babuínos e os elefantes. e)Eles próprios não havia de suspeitar que seus descendentes um dia viajariam à Lua.

de suspeitar que seus descendentes um dia viajariam à Lua. 11- Leia o texto “Infância na
de suspeitar que seus descendentes um dia viajariam à Lua. 11- Leia o texto “Infância na
de suspeitar que seus descendentes um dia viajariam à Lua. 11- Leia o texto “Infância na
de suspeitar que seus descendentes um dia viajariam à Lua. 11- Leia o texto “Infância na

11-Leia o texto “Infância na praia”, de Danuza Leão, para responder à questão.

Não se pode dar corda à memória: a gente começa brincando, mas ela não faz cerimônia e vai invadindo nossas mentes e nossos corações. Para mim são, ainda e sempre, as recordações da infância na praia muito mais fortes do que eu podia imaginar. No terreno das brincadeiras, a mais comum era o caldo: quem não se lembra do terror de levar um? Também se brincava de jogar areia nos outros, aos gritos, para horror dos adultos, e a pior de todas: se deixar ser enterrada ficando só com a cabeça de fora, e todo mundo fingir que ia embora, só de maldade, deixando você sozinha e esquecida. No terreno mais leve, a grande proeza era mergulhar e passar por baixo das pernas abertas da prima, lembra? Aliás, essa é uma raça em extinção: as primas. Elas eram muitas, e a convivência, intensa. Hoje, nas cidades grandes, existem poucas tias e pouquíssimas primas. As crianças catavam conchas para colar, e era difícil fazer um buraquinho com um prego e um martelinho, sem quebrar a concha, para passar o barbante. As cor-de-rosa eram as mais lindas, e, quando se encontrava um búzio, era uma verdadeira festa. As conchas acabaram; onde terão ido parar? No final da tarde, a praia já sem sol, voltavam os barcos de pesca: as pessoas ficavam em volta comprando o peixe nosso de cada dia, que seria feito naquela mesma noite. Naquele tempo não havia nem alface nem

tomate nem molho de maracujá, e para dar uma corzinha na comida se usava colorau já ouviu falar? Camarão só às vezes, mas, em compensação, havia cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. Os peixes eram vendidos por lote, não custavam quase nada, e o que sobrava era distribuído ali mesmo. Mas os fregueses eram honestos, e ninguém deixava de comprar para levar algum de graça, no final das transações. Às vezes corria um boato assustador: de que o mar estava cheio de águas-vivas, o que era um acontecimento. Água-viva é uma rodela gelatinosa que, segundo diziam, se encostasse no corpo, queimava como fogo. Ia todo mundo para a beira da água tentando ver alguma, mas ninguém entrava no mar, de medo. No dia seguinte, a areia estava cheia delas, e com uma varinha a gente ficava mexendo, sempre com muito cuidado: afinal, era uma gelatina, mas viva uma coisa mesmo muito estranha. Para evitar queimaduras, se usava óleo Dagele, e se alguém dissesse que anos depois uma massagem de algas, daquelas mesmas algas verdes e marrons com as quais a gente dançava dentro da água, não custaria menos de US$ 100 em Nova York ou Paris, ninguém acreditaria. Naquele tempo não havia refrigerantes, não se tomava água gelada, e as crianças rezavam uma ave-maria antes de dormir, sendo que algumas ajoelhadas. Não havia abajur nas mesas de cabeceira e na hora de dormir se apagava a luz do teto, com sono ou sem sono, e ficávamos com os pensamentos voando, esperando o sono chegar. E ninguém se queixava de nada, até porque não havia do que se queixar, porque era assim e pronto. (Folha de S.Paulo, 17.04.2005. Adaptado) 11-Pela leitura do texto, é correto afirmar que

a)as crianças reclamavam se os pais não comprassem camarão e refrigerantes para as refeições, pois queriam experimentar de tudo durante as férias. b)os pescadores, durante o verão, aumentavam o preço dos peixes, que vendiam em lotes para os fregueses de temporada. c)a autora, sem brinquedos caros ou sofisticados, vivenciou uma infância feliz quando ia à praia com seus primos. d)meninos e meninas corriam à praia para ver as águas-vivas e se

uma infância feliz quando ia à praia com seus primos. d)meninos e meninas corriam à praia
uma infância feliz quando ia à praia com seus primos. d)meninos e meninas corriam à praia
uma infância feliz quando ia à praia com seus primos. d)meninos e meninas corriam à praia
uma infância feliz quando ia à praia com seus primos. d)meninos e meninas corriam à praia

aproximavam, sem receio, desses seres estranhos. e)os pais eram autoritários e não admitiam que as crianças se queixassem de nada, mesmo que elas tivessem bons motivos.

se queixassem de nada, mesmo que elas tivessem bons motivos. 12- Para a autora, os adultos

12-Para a autora, os adultos não aprovavam quando as crianças

Para a autora, os adultos não aprovavam quando as crianças a)brincavam perigosamente de dar caldo afundando

a)brincavam perigosamente de dar caldo afundando a cabeça do outro na água. b)se irritavam ao quebrar as conchas que usariam para fazer colares. c)utilizavam varinhas para mexer nas águas-vivas espalhadas pela areia. d)faziam a maior algazarra enquanto atiravam areia umas nas outras. e)demoravam para dormir, mesmo com as luzes já apagadas.

e)demoravam para dormir, mesmo com as luzes já apagadas. 13- As interrogações em destaque, no segundo
e)demoravam para dormir, mesmo com as luzes já apagadas. 13- As interrogações em destaque, no segundo
e)demoravam para dormir, mesmo com as luzes já apagadas. 13- As interrogações em destaque, no segundo
e)demoravam para dormir, mesmo com as luzes já apagadas. 13- As interrogações em destaque, no segundo

13-As interrogações em destaque, no segundo e no terceiro parágrafo do texto, indicam que a autora

e no terceiro parágrafo do texto, indicam que a autora a)admite que era uma criança medrosa

a)admite que era uma criança medrosa e se sentia abandonada quando os adultos fingiam ir embora da praia. b)pressupõe que os leitores tenham desfrutado, como ela, das mesmas brincadeiras de infância. c)lamenta o distanciamento que se criou entre primos e primas agora que todos são adultos. d)reconhece que as lembranças da infância são mais significativas do que ela supunha. e)procura, mesmo incerta sobre alguns fatos, descrever para os leitores como foi sua infância na praia.

descrever para os leitores como foi sua infância na praia. 14- Considere a frase do sétimo
descrever para os leitores como foi sua infância na praia. 14- Considere a frase do sétimo
descrever para os leitores como foi sua infância na praia. 14- Considere a frase do sétimo
descrever para os leitores como foi sua infância na praia. 14- Considere a frase do sétimo

14-Considere a frase do sétimo parágrafo, que foi separada em trecho (1) e trecho (2):

(1) Água-viva é uma rodela gelatinosa (2) que, segundo diziam, se encostasse no corpo, queimava como fogo.

No trecho (1), a autora

trecho (2), ela emprega os termos se e como para expressar,

o que é água-viva. No

respectivamente, as ideias de

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as

lacunas do texto.

a)descreve … condição … comparação b)supõe … condição … tempo c)retifica … causa … comparação d)analisa … consequência … tempo
b)supõe … condição … tempo a)descreve … condição … comparação c)retifica … causa … comparação d)analisa … consequência … tempo
c)retifica … causa … comparação … comparação b)supõe … condição … tempo d)analisa … consequência … tempo e)reitera … causa
d)analisa … consequência … tempo comparação b)supõe … condição … tempo c)retifica … causa … comparação e)reitera … causa … conclusão
e)reitera … causa … conclusãocomparação b)supõe … condição … tempo c)retifica … causa … comparação d)analisa … consequência … tempo

e

15-Leia os trechos selecionados do texto.

Para mim são, ainda e sempre, as recordações da infância na praia muito mais fortes do que eu podia imaginar. As cor-de-rosa eram as mais lindas, e, quando se encontrava um búzio, era uma verdadeira festa. … sempre com muito cuidado: afinal, era uma gelatina, mas viva – uma coisa mesmo muito estranha. Ao empregar as expressões destacadas, a autora

a)relata, com impessoalidade, acontecimentos de sua infância na praia. b)retifica informações e pontos de vista expostos anteriormente no texto. c)enfatiza seu parecer sobre alguns fatos, ao comentar sua infância. d)assegura que para todas as crianças as férias na praia são sempre maravilhosas. e)reconhece que apenas famílias abastadas podiam levar os filhos à praia

apenas famílias abastadas podiam levar os filhos à praia 16- Assinale a alternativa cuja expressão entre
apenas famílias abastadas podiam levar os filhos à praia 16- Assinale a alternativa cuja expressão entre
apenas famílias abastadas podiam levar os filhos à praia 16- Assinale a alternativa cuja expressão entre
apenas famílias abastadas podiam levar os filhos à praia 16- Assinale a alternativa cuja expressão entre
apenas famílias abastadas podiam levar os filhos à praia 16- Assinale a alternativa cuja expressão entre

16-Assinale a alternativa cuja expressão entre parênteses apresenta sentido oposto ao da expressão destacada no trecho do texto.

oposto ao da expressão destacada no trecho do texto. a)Não se pode dar corda à memória…

a)Não se pode dar corda à memória… (dar vazão). b)No terreno mais leve, a grande proeza era mergulhar… (o grande desafio). c)As primas eram muitas, e a convivência, intensa. (superficial). d)Mas os fregueses eram honestos… (corretos).

c)As primas eram muitas, e a convivência, intensa . (superficial). d)Mas os fregueses eram honestos …
c)As primas eram muitas, e a convivência, intensa . (superficial). d)Mas os fregueses eram honestos …
c)As primas eram muitas, e a convivência, intensa . (superficial). d)Mas os fregueses eram honestos …
e)Às vezes corria um boato assustador . (aterrador). 17- O trecho do texto que traz

e)Às vezes corria um boato assustador. (aterrador).

17-O trecho do texto que traz expressão em sentido figurado está na alternativa:

traz expressão em sentido figurado está na alternativa: a)Também se brincava de jogar areia nos outros,

a)Também se brincava de jogar areia nos outros, aos gritos… b)… era mergulhar e passar por baixo das pernas abertas da prima… c)Hoje, nas cidades grandes, existem poucas tias e pouquíssimas primas. d)… não custaria menos de US$ 100 em Nova York ou Paris, ninguém acreditaria. e)… e ficávamos com os pensamentos voando, esperando o sono chegar.

com os pensamentos voando, esperando o sono chegar. 18- A autora emprega constantemente no texto formas
com os pensamentos voando, esperando o sono chegar. 18- A autora emprega constantemente no texto formas
com os pensamentos voando, esperando o sono chegar. 18- A autora emprega constantemente no texto formas
com os pensamentos voando, esperando o sono chegar. 18- A autora emprega constantemente no texto formas

18-A autora emprega constantemente no texto formas verbais no pretérito imperfeito do indicativo, pois sua intenção é fazer referência a eventos que se repetiam no passado, como em: “No terreno das brincadeiras, a mais comum era o caldo”.

Outro trecho do texto cuja forma verbal em destaque justifica essa afirmação encontra-se em:

a)Para mim são, ainda e sempre, as recordações da infância na praia… b)… e a pior de todas: se deixar ser enterrada ficando só com a cabeça de fora… c)As conchas acabaram; onde terão ido parar? d)No final da tarde, a praia já sem sol, voltavam os barcos de pesca… e)… e se alguém dissesse que anos depois uma massagem de algas…

alguém dissesse que anos depois uma massagem de algas… 19- Considere a frase do sexto parágrafo:
alguém dissesse que anos depois uma massagem de algas… 19- Considere a frase do sexto parágrafo:
alguém dissesse que anos depois uma massagem de algas… 19- Considere a frase do sexto parágrafo:
alguém dissesse que anos depois uma massagem de algas… 19- Considere a frase do sexto parágrafo:
alguém dissesse que anos depois uma massagem de algas… 19- Considere a frase do sexto parágrafo:

19-Considere a frase do sexto parágrafo:

Camarão só às vezes, mas, em compensação, havia cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. A frase está reescrita, sem alteração do sentido do texto e de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, em:

a)Camarão só às vezes, caso, em compensação, existisse à venda cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. b)Camarão só às vezes, todavia, em compensação, estavam à

com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. b)Camarão só às vezes, todavia, em
com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. b)Camarão só às vezes, todavia, em

disposição cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. c)Camarão só às vezes, porque, em compensação, pareciam frescos cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. d)Camarão só às vezes, no entanto, em compensação, não faltava cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. e)Camarão só às vezes, portanto, em compensação, se vendia a preços módicos cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa

cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa 20- Leia a frase do
cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa 20- Leia a frase do
cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa 20- Leia a frase do

20-Leia a frase do quarto parágrafo.

As crianças catavam conchas para colar, e era difícil fazer um buraquinho com um prego e um martelinho, sem quebrar a concha, para passar o barbante. As expressões destacadas na frase podem ser substituí- das corretamente por:

a)catavam-nas / fazê-lo / quebrá-la. b)catavam-nas / fazê-lo / quebrar-lhe. c)catavam-nas / fazer-lhe / quebrar-lhe. d)catavam-lhes / fazê-lo / quebrá-la.
b)catavam-nas / fazê-lo / quebrar-lhe. a)catavam-nas / fazê-lo / quebrá-la. c)catavam-nas / fazer-lhe / quebrar-lhe. d)catavam-lhes / fazê-lo / quebrá-la.
c)catavam-nas / fazer-lhe / quebrar-lhe. / quebrá-la. b)catavam-nas / fazê-lo / quebrar-lhe. d)catavam-lhes / fazê-lo / quebrá-la. e)catavam-lhes /
d)catavam-lhes / fazê-lo / quebrá-la. b)catavam-nas / fazê-lo / quebrar-lhe. c)catavam-nas / fazer-lhe / quebrar-lhe. e)catavam-lhes / fazer-lhe / quebrá-la.
e)catavam-lhes / fazer-lhe / quebrá-la.b)catavam-nas / fazê-lo / quebrar-lhe. c)catavam-nas / fazer-lhe / quebrar-lhe. d)catavam-lhes / fazê-lo / quebrá-la.

21-Sem alface, tomate ou molho de maracujá, preparava-se o peixe, colorau para dar uma corzinha, de maneira bastante

simples.

A lacuna da frase deve ser preenchida corretamente por:

a)com o qual se acrescentava b)para o qual se somava c)sob o qual se misturava d)do qual se juntava e)ao
b)para o qual se somava a)com o qual se acrescentava c)sob o qual se misturava d)do qual se juntava e)ao qual
c)sob o qual se misturava a)com o qual se acrescentava b)para o qual se somava d)do qual se juntava e)ao qual
d)do qual se juntava a)com o qual se acrescentava b)para o qual se somava c)sob o qual se misturava e)ao
e)ao qual se adicionavaa)com o qual se acrescentava b)para o qual se somava c)sob o qual se misturava d)do

- 22-A resposta dada pelo garoto evidencia a)maturidade, pois ele se sente muito desapontado com

-

22-A resposta dada pelo garoto evidencia

- 22-A resposta dada pelo garoto evidencia a)maturidade, pois ele se sente muito desapontado com o

a)maturidade, pois ele se sente muito desapontado com o próprio comportamento. b)criatividade, pois ele apresenta uma justificativa iné- dita para persuadir o pai. c)negligência, pois ele é repreendido pela professora por não realizar os deveres de casa. d)cinismo, pois ele convence facilmente o pai de que a alegação da professora é falsa. e)intransigência, pois ele se recusa a aceitar as imposições determinadas pelo pai

se recusa a aceitar as imposições determinadas pelo pai 23- Considere a frase. escolas que enviando
se recusa a aceitar as imposições determinadas pelo pai 23- Considere a frase. escolas que enviando
se recusa a aceitar as imposições determinadas pelo pai 23- Considere a frase. escolas que enviando
se recusa a aceitar as imposições determinadas pelo pai 23- Considere a frase. escolas que enviando

23-Considere a frase.

escolas que

enviando frequentemente do desempenho dos filhos.

em prática a troca de mensagens, famílias informações a respeito

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas dessa frase.

a)Existe … põe … às b)Existe … põem … as c)Existem … põe … as d)Existem … põem … às
b)Existe … põem … as a)Existe … põe … às c)Existem … põe … as d)Existem … põem … às e)Existem
c)Existem … põe … as a)Existe … põe … às b)Existe … põem … as d)Existem … põem … às e)Existem
d)Existem … põem … às a)Existe … põe … às b)Existe … põem … as c)Existem … põe … as e)Existem
e)Existem … põem … asa)Existe … põe … às b)Existe … põem … as c)Existem … põe … as d)Existem

d)Existem … põem … às e)Existem … põem … as - 24-Os dois textos a)apresentam orientações,

-

24-Os dois textos

… às e)Existem … põem … as - 24-Os dois textos a)apresentam orientações, já que o

a)apresentam orientações, já que o objetivo é auxiliar pais que desejam que seus filhos saibam usar o dinheiro com responsabilidade. b)apresentam uma avaliação discutível da realidade, pois retratam situações pouco comuns à maioria das famílias. c)expõem sugestões, visto que mostram pontos de vista divergentes a respeito da importância de aplicar adequadamente o dinheiro. d)fazem uma advertência, pois as informações se destinam especificamente aos pais que gastam dinheiro inconsequentemente. e)fazem referência às escolas, uma vez que indicam que elas deveriam incluir noções de economia na grade de conteúdos

deveriam incluir noções de economia na grade de conteúdos 25- De acordo com a norma-padrão da
deveriam incluir noções de economia na grade de conteúdos 25- De acordo com a norma-padrão da
deveriam incluir noções de economia na grade de conteúdos 25- De acordo com a norma-padrão da
deveriam incluir noções de economia na grade de conteúdos 25- De acordo com a norma-padrão da

25-De acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, o pronome

destacado está corretamente colocado na frase em:

destacado está corretamente colocado na frase em: a)Em tratando- se de estabelecer prioridades financeiras, a ida

a)Em tratando-se de estabelecer prioridades financeiras, a ida ao supermercado é boa estratégia. b)Se publicam, atualmente, muitos livros que tratam de economia doméstica. c)Muitas pessoas felizmente tornaram-se menos consumistas, evitando a compra de itens desnecessários. d)As pessoas que se dispõem a pechinchar fazem negociações vantajosas e sempre economizam. e)Alguns jovens dedicariam-se a usar bem a própria mesada, se não tivessem pais que atendem a todas as suas vontades.

se não tivessem pais que atendem a todas as suas vontades. - 26-O cartum propõe uma
se não tivessem pais que atendem a todas as suas vontades. - 26-O cartum propõe uma
se não tivessem pais que atendem a todas as suas vontades. - 26-O cartum propõe uma
se não tivessem pais que atendem a todas as suas vontades. - 26-O cartum propõe uma

-

não tivessem pais que atendem a todas as suas vontades. - 26-O cartum propõe uma reflexão

26-O cartum propõe uma reflexão sobre a)as dificuldades de relacionamento entre os alunos. b)os malefícios das redes sociais para o convívio social. c)o aprendizado da leitura no contexto da cultura digital. d)os desafios da alfabetização de alunos sem a ajuda dos pais. e)a contribuição do ensino em período integral para o aprendizado.

da alfabetização de alunos sem a ajuda dos pais. e)a contribuição do ensino em período integral
da alfabetização de alunos sem a ajuda dos pais. e)a contribuição do ensino em período integral
da alfabetização de alunos sem a ajuda dos pais. e)a contribuição do ensino em período integral
da alfabetização de alunos sem a ajuda dos pais. e)a contribuição do ensino em período integral
da alfabetização de alunos sem a ajuda dos pais. e)a contribuição do ensino em período integral

Alunos dizem mais praticar do que sofrer bullying*, mostra pesquisa do IBGE

Assim como na pesquisa de 2012 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais entrevistados relataram em 2015 terem praticado do que sofrido bullying, não apenas na escola, mas em qualquer ambiente que frequentam. Meninas são menos provocadoras do que meninos: 15,6% das alunas disseram já ter praticado bullying, enquanto entre os alunos a proporção sobe para 24,2%. A prática é um pouco mais frequente nas escolas privadas (21,2% dos entrevistados disseram fazer bullying) do que na rede pública (19,5%). Sofreram bullying com frequência 7,4% (194,6 mil) dos alunos do 9° ano, principalmente por causa da aparência do corpo ou do rosto. *bullying: situação que envolve agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas.

(http://educacao.uol.com.br, 26.08.2016.

Adaptado)

27-De acordo com o texto,

a)cresceu o número de vítimas de bullying na escola entre 2012 e bullying na escola entre 2012 e

2015.

b)parece haver mais alunos provocadores do que vítimas de bullying . c)os meninos preferem direcionar suas provocações às meninas. bullying.
c)os meninos preferem direcionar suas provocações às meninas.b)parece haver mais alunos provocadores do que vítimas de bullying .

d)os alunos da rede pública são mais agressivos que os da escola privada. e)as meninas sofrem mais com as práticas de bullying que os meninos.

sofrem mais com as práticas de bullying que os meninos. 28- Considere as seguintes construções do
sofrem mais com as práticas de bullying que os meninos. 28- Considere as seguintes construções do

28-Considere as seguintes construções do 2° parágrafo:

Meninas são menos provocadoras do que meninos…

A prática é um pouco mais frequente nas escolas privadas […] do que na rede pública… Nos contextos em que são empregadas, as palavras destacadas estabelecem relação de

a)comparação.b)negação. c)correção. d)dúvida. e)aprovação 29- Uma frase condizente com a mensagem expressa neste trecho do

b)negação.a)comparação. c)correção. d)dúvida. e)aprovação 29- Uma frase condizente com a mensagem expressa neste trecho do

c)correção.a)comparação. b)negação. d)dúvida. e)aprovação 29- Uma frase condizente com a mensagem expressa neste trecho do 2°

d)dúvida.a)comparação. b)negação. c)correção. e)aprovação 29- Uma frase condizente com a mensagem expressa neste trecho do

e)aprovaçãoa)comparação. b)negação. c)correção. d)dúvida. 29- Uma frase condizente com a mensagem expressa neste trecho do 2°

29-Uma frase condizente com a mensagem expressa neste trecho do 2° parágrafo Sofreram bullying com frequência 7,4% (194,6 mil) dos alunos do 9° ano, principalmente por causa da aparência do corpo ou do rosto. é:

por causa da aparência do corpo ou do rosto. – é: a)É natural que os alunos

a)É natural que os alunos do 9° ano pratiquem bullying em razão da aparência do corpo ou do rosto. b)Os alunos do 9° ano são os que mais sofrem bullying, apesar da aparência do corpo ou do rosto. c)Foi constatado que apenas a aparência do corpo ou do rosto se torna alvo de bullying no 9° ano. d)Os alunos do 9° ano têm má aparência, do corpo ou do rosto, e por isso sempre sofrem bullying. e)A aparência do corpo ou do rosto foi o principal motivo de bullying sofrido por alunos do 9° ano

principal motivo de bullying sofrido por alunos do 9° ano Preconceito na escola Não há um
principal motivo de bullying sofrido por alunos do 9° ano Preconceito na escola Não há um
principal motivo de bullying sofrido por alunos do 9° ano Preconceito na escola Não há um
principal motivo de bullying sofrido por alunos do 9° ano Preconceito na escola Não há um

Preconceito na escola

Não há um único dia em que vários preconceitos, dos mais diversos tipos, não se expressem em ambiente escolar. Aliás, é no mínimo estranho que tenhamos tantas preocupações e campanhas contra o chamado bullying na escola e pouco ou quase nada contra o preconceito. Afinal, a maior parte dos comportamentos de assédio moral* nasce de preconceitos! Recentemente tivemos notícia de dois episódios de preconceito na escola: o da mãe que recebeu um bilhete da professora pedindo para aparar ou prender os cabelos dos filhos (ambos negros) fato ocorrido em nosso país e o da garota negra lanchando sozinha ao lado de uma mesa com vários colegas brancos juntos este, ocorrido na África do Sul. Muita gente se indignou, mas muita gente também não viu nada de

mais em ambos os casos. Choveram justificativas e até acusações para explicar as situações, o que sinaliza como é difícil reconhecer nossos preconceitos e, acima de tudo, conter suas manifestações e colaborar para que a convivência social seja mais digna. Por que enviamos nossos filhos para a escola? Hoje, não dá mais para aceitar como uma boa razão apenas o ensino das disciplinas do conhecimento. Essa razão é pobre em demasia para motivar o aluno a aprender. Para que nossos filhos garantam um futuro de sucesso? O estudo escolar não oferece mais essa garantia. Deveríamos ter como forte razão para enviar nossos filhos à escola o preparo para a cidadania, ou seja, o ensino dos valores sociais que vão colaborar para a formação de um cidadão de bem. Ensinar a reconhecer os principais preconceitos de nossa sociedade, suas várias formas de manifestação e como combatê-los é função das mais importantes da escola. *assédio moral: exposição de alguém a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas, durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. (Rosely Sayão. www.folha.uol.com.br, 28.06.2016.

Adaptado)

30-Na opinião da autora, os alunos devem frequentar a escola, principalmente, para

a)evitar tomar ciência do preconceito ainda existente no país. b)desenvolver habilidades que lhes garantirão bons empregos. c)adquirir domínio das diferentes disciplinas do
b)desenvolver habilidades que lhes garantirão bons empregos. tomar ciência do preconceito ainda existente no país. c)adquirir domínio das diferentes disciplinas do
c)adquirir domínio das diferentes disciplinas do conhecimento. habilidades que lhes garantirão bons empregos. d)aprender a conviver em sociedade com respeito ao próximo.
d)aprender a conviver em sociedade com respeito ao próximo. domínio das diferentes disciplinas do conhecimento. e)obter o conhecimento necessário para justificar os
e)obter o conhecimento necessário para justificar os preconceitos.domínio das diferentes disciplinas do conhecimento. d)aprender a conviver em sociedade com respeito ao próximo.

31-Os dois episódios mencionados no 2° parágrafo são exemplos de

a)desigualdade de renda. b)preconceito de gênero. c)disputa entre classes. d)conflito de gerações.
b)preconceito de gênero. a)desigualdade de renda. c)disputa entre classes. d)conflito de gerações.
c)disputa entre classes. a)desigualdade de renda. b)preconceito de gênero. d)conflito de gerações.
d)conflito de gerações.a)desigualdade de renda. b)preconceito de gênero. c)disputa entre classes.

e)discriminação racial32- Considerando as regras de regência verbal, a forma destacada no trecho do 3° parágrafo

32-Considerando as regras de regência verbal, a forma destacada no trecho do 3° parágrafo Muita gente se indignou, mas muita gente também não viu nada de mais em ambos os casos. pode vir seguida de:

a)contra isso. b)a isso. c)nisso. d)para isso. e)sob isso.
b)a isso. a)contra isso. c)nisso. d)para isso. e)sob isso.
c)nisso. a)contra isso. b)a isso. d)para isso. e)sob isso.
d)para isso. a)contra isso. b)a isso. c)nisso. e)sob isso.
e)sob isso.a)contra isso. b)a isso. c)nisso. d)para isso.

33-A forma verbal destacada neste trecho do 3° parágrafo Choveram justificativas e até acusações para explicar as situações… – pode ser substituída, conforme a norma- -padrão da língua, por:

a)Houve. b)Surgiu. c)Apareceu. d)Foi apontado. e)Foram citado.
b)Surgiu. a)Houve. c)Apareceu. d)Foi apontado. e)Foram citado.
c)Apareceu. a)Houve. b)Surgiu. d)Foi apontado. e)Foram citado.
d)Foi apontado. a)Houve. b)Surgiu. c)Apareceu. e)Foram citado.
e)Foram citado.a)Houve. b)Surgiu. c)Apareceu. d)Foi apontado.

34-Uma palavra que substitui a forma verbal conter, em destaque no 3° parágrafo, por ser sua sinônima, é:

a)aderir.verbal conter , em destaque no 3° parágrafo, por ser sua sinônima, é: b)reprimir. c)prezar. d)incitar

b)reprimir.forma verbal conter , em destaque no 3° parágrafo, por ser sua sinônima, é: a)aderir. c)prezar.

c)prezar.verbal conter , em destaque no 3° parágrafo, por ser sua sinônima, é: a)aderir. b)reprimir. d)incitar

d)incitarverbal conter , em destaque no 3° parágrafo, por ser sua sinônima, é: a)aderir. b)reprimir. c)prezar.

e)instigar.forma verbal conter , em destaque no 3° parágrafo, por ser sua sinônima, é: a)aderir. b)reprimir.

35-No 4° parágrafo, a interrogação em Para que nossos filhos garantam um futuro de sucesso? O estudo escolar não oferece mais essa garantia. explicita uma

a)dificuldade da autora em compreender a linguagem dos jovens. b)dúvida que a autora tem acerca do futuro das escolas brasileiras. c)hipótese sobre o modo
b)dúvida que a autora tem acerca do futuro das escolas brasileiras. da autora em compreender a linguagem dos jovens. c)hipótese sobre o modo autoritário como os pais
c)hipótese sobre o modo autoritário como os pais educam os filhos. que a autora tem acerca do futuro das escolas brasileiras. d)questão para a qual a autora
d)questão para a qual a autora sugere uma resposta negativa. sobre o modo autoritário como os pais educam os filhos. e)pergunta que a autora faz questão
e)pergunta que a autora faz questão de deixar sem resposta.sobre o modo autoritário como os pais educam os filhos. d)questão para a qual a autora

36-A forma verbal Deveríamos, no início do último parágrafo, expressa uma

a)dúvida.Deveríamos , no início do último parágrafo, expressa uma b)ordem. c)sugestão. d)constatação. e)hesitação. 37- No

b)ordem., no início do último parágrafo, expressa uma a)dúvida. c)sugestão. d)constatação. e)hesitação. 37- No contexto

c)sugestão.do último parágrafo, expressa uma a)dúvida. b)ordem. d)constatação. e)hesitação. 37- No contexto do último

d)constatação.parágrafo, expressa uma a)dúvida. b)ordem. c)sugestão. e)hesitação. 37- No contexto do último parágrafo, a

e)hesitação.uma a)dúvida. b)ordem. c)sugestão. d)constatação. 37- No contexto do último parágrafo, a forma pronominal

37-No contexto do último parágrafo, a forma pronominal -los, em destaque no texto, faz referência a:

a)filhos.a forma pronominal -los , em destaque no texto, faz referência a: b)ensino. c)valores. d)preconceitos. e)sociedade.

b)ensino.a forma pronominal -los , em destaque no texto, faz referência a: a)filhos. c)valores. d)preconceitos. e)sociedade.

c)valores.a forma pronominal -los , em destaque no texto, faz referência a: a)filhos. b)ensino. d)preconceitos. e)sociedade.

d)preconceitos.a forma pronominal -los , em destaque no texto, faz referência a: a)filhos. b)ensino. c)valores. e)sociedade.

e)sociedade.a forma pronominal -los , em destaque no texto, faz referência a: a)filhos. b)ensino. c)valores. d)preconceitos.

- 38-É correto afirmar que a insatisfação da garota está associada ao fato de que

-

38-É correto afirmar que a insatisfação da garota está associada ao fato de que

a)o irmão recriminou a atitude dela. b)ela se sentiu diferente dos colegas. c)a escola proibia o uso de lancheiras. d)seu lanche
b)ela se sentiu diferente dos colegas. a)o irmão recriminou a atitude dela. c)a escola proibia o uso de lancheiras. d)seu lanche não
c)a escola proibia o uso de lancheiras. a atitude dela. b)ela se sentiu diferente dos colegas. d)seu lanche não cabia na lancheira. e)os
d)seu lanche não cabia na lancheira. dela. b)ela se sentiu diferente dos colegas. c)a escola proibia o uso de lancheiras. e)os colegas
e)os colegas não notaram seu lanche.dela. b)ela se sentiu diferente dos colegas. c)a escola proibia o uso de lancheiras. d)seu lanche

39-As frases na fala da personagem no 3° quadrinho Todo mundo levou o lanche em um saco de papel!!! e Eu me senti uma boba! estabelecem entre si relação de

a)condição e conformidade e podem ser ligadas por conforme . b)tempo e modo e podem ser ligadas por quando . c)causa e consequência conforme.
b)tempo e modo e podem ser ligadas por e conformidade e podem ser ligadas por conforme . quando . c)causa e consequência e podem quando.
c)causa e consequência e podem ser ligadas por conforme . b)tempo e modo e podem ser ligadas por quando . então . d)finalidade e então.
d)finalidade e proporção e podem ser ligadas por . c)causa e consequência e podem ser ligadas por então . até . e)oposição e contraste até.
e)oposição e contraste e podem ser ligadas por e consequência e podem ser ligadas por então . d)finalidade e proporção e podem ser ligadas porém.

40-Leia a frase a seguir:

O garoto aconselhou

escola numa lancheira. Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas da frase.

a)a … à … a b)a … à … à c)à … a … à d)à … à … a
b)a … à … à a)a … à … a c)à … a … à d)à … à … a e)a
c)à … a … à a)a … à … a b)a … à … à d)à … à … a e)a
d)à … à … a a)a … à … a b)a … à … à c)à … a … à e)a
e)a … a … àa)a … à … a b)a … à … à c)à … a … à d)à

irmã

levar o lanche

Por que achamos que ser magro é bonito?

Dieta da sopa, da lua, do pepino, da batata doce, para secar a barriga. Em um passeio rápido pela internet, não é nada difícil pinçar alguns exemplos de uma obsessão pela magreza. Mas por que queremos tanto emagrecer? Por que achamos que “magreza = beleza”? A preocupação com o ponteiro da balança está longe de ser apenas uma preocupação com a saúde. Essa neura com o peso não vem dos tempos mais remotos. Basta espiar as obras de arte dos séculos passados e ver que a figura feminina idealizada ali concentrava mais gordura do que as modelos de hoje. O quadril largo, as coxas generosas, o rosto mais cheinho eram traços valorizados nas musas. Ainda que o padrão em si tenha mudado, a lógica permanece. “Os padrões de beleza que aparecem ao longo da história são, como regra, acessíveis a poucos”, aponta a psicóloga Joana de Vilhena Novaes. Quando fazer as três refeições básicas diariamente era um luxo e morrer de fome era um destino comum para as pessoas, a gordura era um privilégio. Agora, já que temos mais comida à disposição, mais jeitos de conservá-la, comer é fácil. Portanto, não é de estranhar que as modelos extremamente magras sejam colocadas em um pedestal. É mais difícil ser muito magra com tantas calorias à disposição. O corpo magro e jovem também exige cada vez mais procedimentos estéticos e cirurgias para atingir a dita “perfeição” — exige dinheiro, mais um obstáculo. Só no Brasil, um terço das meninas que estão no 9° ano do Ensino

Fundamental já se preocupam com o peso, de acordo com uma pesquisa de 2013 do IBGE. Em âmbito global, a probabilidade de que uma moça com idade entre 15 e 24 anos morra em decorrência de anorexia é 12 vezes maior que por qualquer outra causa. E não é à toa que as vítimas mais comuns sejam as mulheres. A nutricionista Paola Altheia explica a tendência: “Enquanto a moeda de valor masculina na sociedade é dinheiro, poder e influência, a das mulheres é a aparência”. (Ana Luísa Fernandes, Priscila Bellini. http://super.abril.com.br. 08.07.2015. Adaptado)

41-De acordo com o texto, a preocupação com o corpo magro é

a)histórica, pois nos séculos passados as musas cuidavam de suas curvas com especial atenção. b)recente, já que o padrão de beleza dos séculos passados valorizava os corpos mais gordos. c)fictícia, uma vez que esse padrão de beleza se circunscreve às idealizações feitas por artistas. d)elitista, porque a magreza é uma característica exclusiva dos ricos e inacessível aos muito pobres. e)recomendável, na medida em que tem resultado no cultivo de hábitos nutricionais mais saudáveis.

no cultivo de hábitos nutricionais mais saudáveis. 42- Conforme o texto, a lógica que dita os
no cultivo de hábitos nutricionais mais saudáveis. 42- Conforme o texto, a lógica que dita os
no cultivo de hábitos nutricionais mais saudáveis. 42- Conforme o texto, a lógica que dita os
no cultivo de hábitos nutricionais mais saudáveis. 42- Conforme o texto, a lógica que dita os
no cultivo de hábitos nutricionais mais saudáveis. 42- Conforme o texto, a lógica que dita os

42-Conforme o texto, a lógica que dita os padrões de beleza leva em conta

a)a dificuldade em se conquistar determinada forma física. b)a opinião exclusiva de homens dedicados à criação artística. c)as agências publicitárias, que sempre fizeram
b)a opinião exclusiva de homens dedicados à criação artística. a)a dificuldade em se conquistar determinada forma física. c)as agências publicitárias, que sempre fizeram parte da
c)as agências publicitárias, que sempre fizeram parte da história. exclusiva de homens dedicados à criação artística. d)o fato de que os indivíduos querem copiar os
d)o fato de que os indivíduos querem copiar os corpos da maioria. publicitárias, que sempre fizeram parte da história. e)a importância conferida à relação entre aparência e
e)a importância conferida à relação entre aparência e personalidade.publicitárias, que sempre fizeram parte da história. d)o fato de que os indivíduos querem copiar os

43-Segundo

consequência

o

texto,

a

supervalorização

do

corpo

magro

tem

como

o texto, a supervalorização do corpo magro tem como a)a distribuição de alimentos menos gordurosos e,

a)a distribuição de alimentos menos gordurosos e, portanto, mais saudáveis à população. b)a aderência a dietas capazes de queimar calorias de maneira equilibrada e gradual. c)o gasto de verba pública em campanhas de esclarecimento para combater a obesidade. d)o consumo desmedido de alimentos industrializados, cada vez mais acessíveis ao consumidor. e)a grande probabilidade de moças entre 15 e 24 anos morrerem de anorexia.

de moças entre 15 e 24 anos morrerem de anorexia. 44- Ao reescrever-se o trecho do
de moças entre 15 e 24 anos morrerem de anorexia. 44- Ao reescrever-se o trecho do
de moças entre 15 e 24 anos morrerem de anorexia. 44- Ao reescrever-se o trecho do
de moças entre 15 e 24 anos morrerem de anorexia. 44- Ao reescrever-se o trecho do

44-Ao reescrever-se o trecho do terceiro parágrafo Quando fazer as três refeições básicas diariamente era um luxo e morrer de fome era um destino comum para as pessoas, a gordura era um privilégio. com o verbo ser flexionado no tempo futuro, a forma verbal era, em suas três ocorrências, deve ser substituída, respectivamente, por:

a)ser… ser… seria b)será… será… seja c)for… for… será d)fosse… fosse… será e)seja… seja… seria
b)será… será… seja a)ser… ser… seria c)for… for… será d)fosse… fosse… será e)seja… seja… seria
c)for… for… será a)ser… ser… seria b)será… será… seja d)fosse… fosse… será e)seja… seja… seria
d)fosse… fosse… será a)ser… ser… seria b)será… será… seja c)for… for… será e)seja… seja… seria
e)seja… seja… seriaa)ser… ser… seria b)será… será… seja c)for… for… será d)fosse… fosse… será

45-No contexto do terceiro parágrafo, o uso das aspas em – “perfeição” – sinaliza que esse ideal

a)se vincula ao corpo que não passou por procedimentos cirúrgicos. b)pode ser conquistado por todos aqueles que fizerem uma dieta. c)está na mente dos artistas,
b)pode ser conquistado por todos aqueles que fizerem uma dieta. ao corpo que não passou por procedimentos cirúrgicos. c)está na mente dos artistas, não deve ser
c)está na mente dos artistas, não deve ser ligado à vida comum. ser conquistado por todos aqueles que fizerem uma dieta. d)é relativo, ou seja, varia conforme a
d)é relativo, ou seja, varia conforme a época ou os indivíduos. na mente dos artistas, não deve ser ligado à vida comum. e)representa uma preocupação restrita a
e)representa uma preocupação restrita a modelos profissionais.mente dos artistas, não deve ser ligado à vida comum. d)é relativo, ou seja, varia conforme

46-No trecho Só no Brasil, um terço das meninas que estão no 9° ano do Ensino Fundamental já se preocupam com o peso, de acordo com uma pesquisa de 2013 do IBGE. (4° parágrafo) o termo sugere que a preocupação com o peso entre as estudantes brasileiras é

a)tranquilizadora.preocupação com o peso entre as estudantes brasileiras é b)contornável. c)insignificante. d)superficial. e)precoce.

b)contornável.o peso entre as estudantes brasileiras é a)tranquilizadora. c)insignificante. d)superficial. e)precoce. 47- O sinal de

c)insignificante.estudantes brasileiras é a)tranquilizadora. b)contornável. d)superficial. e)precoce. 47- O sinal de igual (=) em –

d)superficial.é a)tranquilizadora. b)contornável. c)insignificante. e)precoce. 47- O sinal de igual (=) em – Por que achamos

e)precoce.b)contornável. c)insignificante. d)superficial. 47- O sinal de igual (=) em – Por que achamos que

47-O sinal de igual (=) em – Por que achamos que “magreza = beleza”? (1° parágrafo) pode ser substituído, sem prejuízo de sentido e com a regência de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, por:

a)é associada pela b)é o mesmo em que c)é equivalente a d)é compatível de e)é igual em
b)é o mesmo em que a)é associada pela c)é equivalente a d)é compatível de e)é igual em
c)é equivalente a a)é associada pela b)é o mesmo em que d)é compatível de e)é igual em
d)é compatível de a)é associada pela b)é o mesmo em que c)é equivalente a e)é igual em
e)é igual ema)é associada pela b)é o mesmo em que c)é equivalente a d)é compatível de

c)é equivalente a d)é compatível de e)é igual em - 48-No segundo quadrinho, o personagem a)aponta

-

48-No segundo quadrinho, o personagem

a)aponta a causa das falhas de seu aparelho de celular. b)conta quando foi que seu aparelho de celular quebrou. c)diz qual será o destino de
b)conta quando foi que seu aparelho de celular quebrou. a)aponta a causa das falhas de seu aparelho de celular. c)diz qual será o destino de
c)diz qual será o destino de seu aparelho de celular. b)conta quando foi que seu aparelho de celular quebrou. d)explica por que adquiriu seu aparelho de
d)explica por que adquiriu seu aparelho de celular. celular quebrou. c)diz qual será o destino de seu aparelho de celular. e)menciona os defeitos de
e)menciona os defeitos de seu aparelho de celular.quebrou. c)diz qual será o destino de seu aparelho de celular. d)explica por que adquiriu seu

49-Ao afirmar no terceiro quadrinho Pensando bem, eu também sou

assim… –, o personagem atribui sentido figurado à expressão “fica esquentando à toa” (2°quadrinho), sugerindo que ele (o personagem)

a)tem hábitos saudáveis. b)é uma pessoa calma. c)não gosta de rotina. d)se preocupa facilmente. e)sabe como se distrair
b)é uma pessoa calma. a)tem hábitos saudáveis. c)não gosta de rotina. d)se preocupa facilmente. e)sabe como se distrair
c)não gosta de rotina. a)tem hábitos saudáveis. b)é uma pessoa calma. d)se preocupa facilmente. e)sabe como se distrair
d)se preocupa facilmente. a)tem hábitos saudáveis. b)é uma pessoa calma. c)não gosta de rotina. e)sabe como se distrair
e)sabe como se distraira)tem hábitos saudáveis. b)é uma pessoa calma. c)não gosta de rotina. d)se preocupa facilmente.

50-A frase Essa porcaria já não serve pra nada depois de dois anos de usopermanece pontuada corretamente, após o deslocamento do segmento destacado, em:

a)Essa porcaria: depois de dois anos de uso; já não serve pra nada… b)Essa porcaria, depois de dois anos de uso, já não serve pra nada… c)Essa porcaria
b)Essa porcaria, depois de dois anos de uso, já não serve pra nada… depois de dois anos de uso; já não serve pra nada… c)Essa porcaria depois de dois
c)Essa porcaria depois de dois anos de uso. Já não serve pra nada… depois de dois anos de uso, já não serve pra nada… d)Depois de dois anos de
depois de dois anos de uso. Já não serve pra nada… d)Depois de dois anos de d)Depois de dois anos de uso (essa porcaria já não serve pra nada)…
e)Depois de dois anos de uso. Essa porcaria já não serve pra nada…de dois anos de uso. Já não serve pra nada… d)Depois de dois anos de uso

O resgate do casaco

Já entrávamos no restaurante quando minha amiga deu um grito. Tinha esquecido seu casaco no táxi. Vi no seu olho o tamanho da perda. Mulher sabe. Não era um casaco qualquer. Era daqueles que jamais poderão ser substituídos, roupas energéticas que serão lembradas para todo o sempre. Nem pestanejei. Corri para a rua. O táxi ainda estava parado no semáforo da esquina. Me concentrei na atleta que poderia existir oculta dentro de mim e fiz minha melhor performance nos cem metros rasos. Quando estava bem perto, o sinal abriu e o táxi acelerou. Tive vontade de chorar. Eu estava quase. Por muito pouco não o alcancei. Desisti por um momento, ofegante, mas um pequeno engarrafamento parou o carro novamente. Inflei mais uma vez minha esperança atlética e dei o melhor de mim. Não reconhecia minhas pernas se alternando em tamanha velocidade e agora eu já pensava muito mais na minha capacidade de atingir o que me parecia impossível do que no casaco da minha amiga. Inacreditavelmente, o carro se pôs de novo em movimento a apenas

alguns passos de minhas potentes pernas. Não parei. Não sei o que me deu. Não sei como, mas continuei a correr. Não pude engolir dois fracassos. Fui além. Corri no limite do impossível. O resgate do casaco virou uma questão de honra, de exercício da esperança duas vezes desafiada. Agora eu corria gritando a plenos pulmões:

Pare este táxi! Pare este táxi! Deu certo. Pararam o táxi e eu, quase morrendo, recuperei o precioso casaco de minha amiga. Quando o coloquei em suas mãos, ela me abraçou e caiu numa crise de choro. Não parava de chorar. Entendi que o casaco não era o que mais importava também para ela, e juntas choramos abraçadas sob os olhares curiosos de nossos maridos. Tínhamos ambas nos transformado pelo que tinha acontecido. Tão banal e tão revelador. Minha amiga sempre me fala da história do casaco. Diz que sempre se lembra dela e que já chegou a vesti-lo quando estava prestes a desistir de uma empreitada sem ao menos ter tentado. Quanto a mim, sei o quanto foi especial aquele momento. Minha esperança em vaivém, tornando-se elástica quando tudo parecia perdido. Uma heroína desconhecida se fazendo valer à minha revelia, desafiada pela frustração de sucessivos quases.

51-Da leitura do trecho Vi no seu olho o tamanho da perda. Mulher sabe. (1°parágrafo) conclui-se que a autora

a)ficou espantada com o quanto sua amiga valorizava um simples casaco. b)tinha passado uma experiência idêntica àquela vivida pela amiga. c)sentiu pena da amiga, embora não entendesse a razão de seu sofrimento. d)compreendeu o sentimento da amiga diante do casaco deixado no táxi. e)desconfiou que sua amiga não sabia exatamente o que havia deixado no táxi.

amiga não sabia exatamente o que havia deixado no táxi. 52- Com base no segundo parágrafo,
amiga não sabia exatamente o que havia deixado no táxi. 52- Com base no segundo parágrafo,
amiga não sabia exatamente o que havia deixado no táxi. 52- Com base no segundo parágrafo,
amiga não sabia exatamente o que havia deixado no táxi. 52- Com base no segundo parágrafo,
amiga não sabia exatamente o que havia deixado no táxi. 52- Com base no segundo parágrafo,

52-Com base no segundo parágrafo, é correto concluir que a autora

a)passou a correr após ser desafiada pela amiga. b)hesitou para iniciar a perseguição ao táxi. c)decidiu correr atrás do táxi com prontidão. d)começou
b)hesitou para iniciar a perseguição ao táxi. a)passou a correr após ser desafiada pela amiga. c)decidiu correr atrás do táxi com prontidão. d)começou
c)decidiu correr atrás do táxi com prontidão. pela amiga. b)hesitou para iniciar a perseguição ao táxi. d)começou a correr por ser ignorada pelo
d)começou a correr por ser ignorada pelo táxi. ao táxi. c)decidiu correr atrás do táxi com prontidão. e)foi até o táxi pensando que não
e)foi até o táxi pensando que não o alcançaria.perseguição ao táxi. c)decidiu correr atrás do táxi com prontidão. d)começou a correr por ser ignorada

53-De acordo com a autora, o resgate do casaco

a)despertou nela a vontade de ter uma vida mais ativa. b)deu início a sua carreira como atleta profissional. c)fez com que ela reavaliasse o valor
b)deu início a sua carreira como atleta profissional. a)despertou nela a vontade de ter uma vida mais ativa. c)fez com que ela reavaliasse o
c)fez com que ela reavaliasse o valor de suas roupas. b)deu início a sua carreira como atleta profissional. d)levou-a a ser mais cuidadosa com seus pertences.
d)levou-a a ser mais cuidadosa com seus pertences. c)fez com que ela reavaliasse o valor de suas roupas. e)correspondeu à superação de aparentes limitações
e)correspondeu à superação de aparentes limitaçõesprofissional. c)fez com que ela reavaliasse o valor de suas roupas. d)levou-a a ser mais cuidadosa

54-Após ter sido resgatado, o casaco passou a ser, para a amiga da autora, símbolo de

a)perseverança.o casaco passou a ser, para a amiga da autora, símbolo de b)autenticidade. c)ansiedade. d)consumismo. e)distração.

b)autenticidade.a ser, para a amiga da autora, símbolo de a)perseverança. c)ansiedade. d)consumismo. e)distração. 55- A alternativa

c)ansiedade.da autora, símbolo de a)perseverança. b)autenticidade. d)consumismo. e)distração. 55- A alternativa que preenche

d)consumismo.símbolo de a)perseverança. b)autenticidade. c)ansiedade. e)distração. 55- A alternativa que preenche corretamente a

e)distração.a)perseverança. b)autenticidade. c)ansiedade. d)consumismo. 55- A alternativa que preenche corretamente a lacuna da

55-A alternativa que preenche corretamente a lacuna da frase Já entrávamos no restaurante quando minha amiga deu um grito, tinha esquecido seu casaco no táxi. , preservando a relação de sentido estabelecida no primeiro parágrafo, é:

a)poisde sentido estabelecida no primeiro parágrafo, é: b)porém c)contudo d)embora e)entretanto 56- A expressão

b)porémde sentido estabelecida no primeiro parágrafo, é: a)pois c)contudo d)embora e)entretanto 56- A expressão destacada

c)contudoestabelecida no primeiro parágrafo, é: a)pois b)porém d)embora e)entretanto 56- A expressão destacada em –

d)emborano primeiro parágrafo, é: a)pois b)porém c)contudo e)entretanto 56- A expressão destacada em –

e)entretantoprimeiro parágrafo, é: a)pois b)porém c)contudo d)embora 56- A expressão destacada em – Inacreditavelmente, o

56-A expressão destacada em Inacreditavelmente, o carro se pôs de

novo em movimento a apenas alguns passos de minhas potentes pernas. (6° parágrafo) pode ser corretamente substituída por:

a)reatou ante o movimento b)retornou sob o movimento c)recuperou ao movimento d)retomou o movimento e)reiniciou no movimento
b)retornou sob o movimento a)reatou ante o movimento c)recuperou ao movimento d)retomou o movimento e)reiniciou no movimento
c)recuperou ao movimento a)reatou ante o movimento b)retornou sob o movimento d)retomou o movimento e)reiniciou no movimento
d)retomou o movimento a)reatou ante o movimento b)retornou sob o movimento c)recuperou ao movimento e)reiniciou no movimento
e)reiniciou no movimentoa)reatou ante o movimento b)retornou sob o movimento c)recuperou ao movimento d)retomou o movimento

57-Quanto à concordância, respeitando-se a norma-padrão da língua portuguesa, está correta a frase:

norma-padrão da língua portuguesa, está correta a frase: a)Existe roupas que tem significados importantes para os

a)Existe roupas que tem significados importantes para os seus donos. b)Houve instantes em que o táxi e o casaco foram quase alcançados. c)As amigas, depois de recuperado o casaco, se abraçou com emoção. d)Os maridos das amigas as olhava muito surpresos diante do ocorrido. e)A história do casaco permanecem nas lembranças das duas amigas.

do casaco permanecem nas lembranças das duas amigas. Passarinho Como um brotinho de feijão, foi que
do casaco permanecem nas lembranças das duas amigas. Passarinho Como um brotinho de feijão, foi que
do casaco permanecem nas lembranças das duas amigas. Passarinho Como um brotinho de feijão, foi que
do casaco permanecem nas lembranças das duas amigas. Passarinho Como um brotinho de feijão, foi que

Passarinho

Como um brotinho de feijão, foi que um dia eu nasci, Despertei, caí no chão e com as flores cresci. E decidi que a vida logo me daria tudo, Se eu não deixasse que o medo me apagasse no escuro.

Quando mamãe olhou pra mim, ela foi e pensou Que um nome de passarinho me encheria de amor. Mas passarinho, se não bate a asa, logo pia. Eu, que tinha um nome diferente, já quis ser Maria. Ah, e como é bom voar…

58-Uma interpretação adequada para o texto é:

a)o nascimento da autora é associado a um evento não natural.tinha um nome diferente, já quis ser Maria. Ah, e como é bom voar… 58-Uma interpretação

b)o medo, na vida da autora, é uma constante que a paralisa. c)a autora já ficou insatisfeita com seu nome incomum. d)a possibilidade de sentir medo não
c)a autora já ficou insatisfeita com seu nome incomum. b)o medo, na vida da autora, é uma constante que a paralisa. d)a possibilidade de sentir
d)a possibilidade de sentir medo não foi considerada pela autora. c)a autora já ficou insatisfeita com seu nome incomum. e)o ato de voar é representado como
e)o ato de voar é representado como um risco amedrontador.c)a autora já ficou insatisfeita com seu nome incomum. d)a possibilidade de sentir medo não foi

59-O termo destacado em E decidi que a vida logo me daria tudo, / Se eu não deixasse que o medo me apagasse no escuro. tem sentido equivalente ao da expressão:

a)Ainda que b)Desde que c)Mesmo que d)Assim que e)Depois que
b)Desde que a)Ainda que c)Mesmo que d)Assim que e)Depois que
c)Mesmo que a)Ainda que b)Desde que d)Assim que e)Depois que
d)Assim que a)Ainda que b)Desde que c)Mesmo que e)Depois que
e)Depois quea)Ainda que b)Desde que c)Mesmo que d)Assim que

60-Assinale

empregado corretamente.

a

alternativa

em

que

o

sinal

indicativo

de

crase

está

a)A autora diz ter crescido junto às flores. b)A garota imaginou que dariam tudo à ela. c)A mãe deu à seu às flores.
b)A garota imaginou que dariam tudo a)A autora diz ter crescido junto às flores. à ela. c)A mãe deu à seu bebê à ela.
c)A mãe deu às flores. b)A garota imaginou que dariam tudo à ela. à seu bebê um nome de à seu bebê um nome de pássaro.
d)Se o passarinho não voa, é levado dariam tudo à ela. c)A mãe deu à seu bebê um nome de pássaro. à piar. à piar.
e)Ela comparou-se c)A mãe deu à seu bebê um nome de pássaro. d)Se o passarinho não voa, é à um brotinho de feijão.

61-

nome de pássaro. d)Se o passarinho não voa, é levado à piar. e)Ela comparou-se à um

As frases da personagem mostram-na como uma pessoa

a)indiferente.As frases da personagem mostram-na como uma pessoa b)resoluta. c)hesitante. d)irredutível. e)intrépida. É permitido

b)resoluta.da personagem mostram-na como uma pessoa a)indiferente. c)hesitante. d)irredutível. e)intrépida. É permitido

c)hesitante.mostram-na como uma pessoa a)indiferente. b)resoluta. d)irredutível. e)intrépida. É permitido sonhar Os

d)irredutível.como uma pessoa a)indiferente. b)resoluta. c)hesitante. e)intrépida. É permitido sonhar Os bastidores do

e)intrépida.a)indiferente. b)resoluta. c)hesitante. d)irredutível. É permitido sonhar Os bastidores do vestibular são cheios

É permitido sonhar

Os bastidores do vestibular são cheios de histórias curiosas, estranhas, comoventes. O jovem que chega atrasado por alguns segundos, por exemplo, é uma figura clássica, e patética. Mas existem outras figuras capazes de chamar a atenção. Takeshi Nojima é um caso. Ele fez vestibular para a Faculdade de Medicina da Universidade do Paraná. Veio do Japão aos 11 anos, trabalhou em várias coisas, e agora quer começar uma carreira médica. Nada surpreendente, não fosse a idade do Takeshi: ele tem 80 anos. Isto mesmo, 80. Numa fase em que outros já passaram até da aposentadoria compulsória, ele se prepara para iniciar nova vida. E o faz tranquilo: “Cuidei de meus pais, cuidei dos meus filhos. Agora posso realizar um sonho que trago da infância”. Não faltará quem critique Takeshi Nojima: ele está tirando o lugar de jovens, dirá algum darwinista social. Eu ponderaria que nem tudo na vida se regula pelo critério cronológico. Há pais que passam muito pouco tempo com os filhos e nem por isso são maus pais; o que interessa é a qualidade do tempo, não a quantidade. Talvez a expectativa de vida não permita ao vestibulando Nojima uma longa carreira na profissão médica. Mas os anos, ou meses, ou mesmo os dias que dedicar a seus pacientes terão em si a carga afetiva de uma existência inteira. Não sei se Takeshi Nojima passou no vestibular; a notícia que li não esclarecia a respeito. Mas ele mesmo disse que isto não teria importância:

se fosse reprovado, começaria tudo de novo. E aí de novo ele dá um exemplo. Os resultados do difícil exame trazem desilusão para muitos jovens, e não são poucos os que pensam em desistir por causa de um fracasso. A estes eu digo: antes de abandonar a luta, pensem em Takeshi Nojima, pensem na força de seu sonho. Sonhar não é proibido. É um dever.

(Moacyr Scliar. Minha mãe não dorme enquanto eu não chegar, 1996.

Adaptado)

62-Para o narrador, a história de Takeshi Nojima chama a atenção porque este

a)inventou novos sonhos para não levar uma vida ociosa. b)veio do Japão e trabalhou em várias coisas antes de estudar. c)foi um filho dedicado
b)veio do Japão e trabalhou em várias coisas antes de estudar. a)inventou novos sonhos para não levar uma vida ociosa. c)foi um filho dedicado e um pai
c)foi um filho dedicado e um pai responsável. do Japão e trabalhou em várias coisas antes de estudar. d)é um senhor de 80 anos
d)é um senhor de 80 anos que decidiu voltar a estudar antes de estudar. c)foi um filho dedicado e um pai responsável. e)está preocupado em obter a
e)está preocupado em obter a aposentadoria compulsória.antes de estudar. c)foi um filho dedicado e um pai responsável. d)é um senhor de 80

63-Em relação à atitude de Takeshi Nojima, o narrador

63- Em relação à atitude de Takeshi Nojima, o narrador a)concorda com ela, pois acredita que

a)concorda com ela, pois acredita que a expectativa de vida dele será muito alta. b)discorda dela, pois acredita que ele realmente estará tirando o lugar de jovens. c)concorda com ela, pois acredita que uma pessoa deva perseguir os seus sonhos. d)discorda dela, pois acredita que ele terá uma atuação profissional lastimável. e)concorda com ela, pois acredita que ele esteja só se divertindo com a situação.

acredita que ele esteja só se divertindo com a situação. 64- No último parágrafo do texto,
acredita que ele esteja só se divertindo com a situação. 64- No último parágrafo do texto,
acredita que ele esteja só se divertindo com a situação. 64- No último parágrafo do texto,
acredita que ele esteja só se divertindo com a situação. 64- No último parágrafo do texto,

64-No último parágrafo do texto, na passagem –… se fosse reprovado, começaria tudo de novo. E aí de novo ele dá um exemplo. , a repetição das expressões em destaque ressalta a ideia de

a)perseverança.repetição das expressões em destaque ressalta a ideia de b)desilusão. c)proibição. d)abandono. e)fracasso. 65-

b)desilusão.expressões em destaque ressalta a ideia de a)perseverança. c)proibição. d)abandono. e)fracasso. 65- Observe as

c)proibição.em destaque ressalta a ideia de a)perseverança. b)desilusão. d)abandono. e)fracasso. 65- Observe as passagens:

d)abandono.em destaque ressalta a ideia de a)perseverança. b)desilusão. c)proibição. e)fracasso. 65- Observe as passagens:

e)fracasso.em destaque ressalta a ideia de a)perseverança. b)desilusão. c)proibição. d)abandono. 65- Observe as passagens:

65-Observe as passagens:

– … e agora quer começar uma carreira médica. (2° parágrafo);

– … ele tem 80 anos. Isto mesmo, 80. (3° parágrafo);

Talvez a expectativa de vida não permita… (4° parágrafo).

As expressões destacadas expressam, respectivamente, sentido de

a)lugar, modo e causa. b)tempo, afirmação e dúvida. c)afirmação, afirmação e dúvida. d)tempo, modo e afirmação. e)modo, dúvida e intensidade. 66-O emprego do adjetivo anteposto ao substantivo realça a qualidade que a este se atribui, o que se pode comprovar com a expressão em destaque na seguinte passagem do texto:

com a expressão em destaque na seguinte passagem do texto: a)Os bastidores do vestibular são cheios
com a expressão em destaque na seguinte passagem do texto: a)Os bastidores do vestibular são cheios
com a expressão em destaque na seguinte passagem do texto: a)Os bastidores do vestibular são cheios
com a expressão em destaque na seguinte passagem do texto: a)Os bastidores do vestibular são cheios
com a expressão em destaque na seguinte passagem do texto: a)Os bastidores do vestibular são cheios

a)Os bastidores do vestibular são cheios de histórias – curiosas, estranhas, comoventes . histórias curiosas, estranhas, comoventes.

de histórias – curiosas, estranhas, comoventes . b)O jovem que chega atrasado por alguns segundos, por

b)O jovem que chega atrasado por alguns segundos, por exemplo, é

uma figura clássica c)Veio do Japão aos 11 anos, (…) e agora quer começar uma carreira médica. d)Eu ponderaria que nem tudo na vida se regula pelo critério cronológico. e)Os resultados do difícil exame trazem desilusão para muitos jovens…

do difícil exame trazem desilusão para muitos jovens… 67- Assinale a alternativa em que a preposição
do difícil exame trazem desilusão para muitos jovens… 67- Assinale a alternativa em que a preposição
do difícil exame trazem desilusão para muitos jovens… 67- Assinale a alternativa em que a preposição

67-Assinale a alternativa em que a preposição “de” expressa sentido de origem.

a)Mas existem outras figuras capazes de chamar a atenção.

a)Mas existem outras figuras capazes de chamar a atenção.

b)“Agora posso realizar um sonho que trago da infância”.

b)“Agora posso realizar um sonho que trago da infância”.

c)Nada surpreendente, não fosse a idade do Takeshi

c)Nada surpreendente, não fosse a idade do Takeshi

d) pensam em desistir por causa de um fracasso.

d)

pensam em desistir por causa de um fracasso.

e)E aí de novo ele dá um exemplo.

e)E aí de novo ele dá um exemplo.

68-Muitos pensam em desistir acreditam que não estejam aptos

exame do vestibular. Em conformidade com a norma-padrão, as lacunas da frase devem ser

preenchidas, respectivamente, com:

uma

carreira, pois enfrentar o difícil

com: uma carreira, pois enfrentar o difícil a)de b)a à em de c)em para d)de e)à

com: uma carreira, pois enfrentar o difícil a)de b)a à em de c)em para d)de e)à

a)de

b)a

à

em

decom: uma carreira, pois enfrentar o difícil a)de b)a à em c)em para d)de e)à a

c)em

paracarreira, pois enfrentar o difícil a)de b)a à em de c)em d)de e)à a 69- norma-padrão

d)de

pois enfrentar o difícil a)de b)a à em de c)em para d)de e)à a 69- norma-padrão

e)à

a

enfrentar o difícil a)de b)a à em de c)em para d)de e)à a 69- norma-padrão da

69-

norma-padrão da língua portuguesa, as lacunas da fala da personagem, no primeiro quadrinho, devem ser preenchidas, respectivamente, com:

Em conformidade com a

ser preenchidas, respectivamente, com: Em conformidade com a a)algum b)o me livrar livrar eu c)esse d)um

ser preenchidas, respectivamente, com: Em conformidade com a a)algum b)o me livrar livrar eu c)esse d)um

a)algum

b)o

me livrar

livrar eu

c)essed)um e)este me livrar livrar eu me livrar

d)umc)esse e)este me livrar livrar eu me livrar

e)estec)esse d)um me livrar livrar eu me livrar

me livrar

livrar eu

me livrar

70-Assinale a alternativa correta quanto à concordância nominal e verbal, de acordo com a norma-padrão.

a)Ainda que se viva tão espremido nos centros urbanos, existem muita gente isolada, pois, cada

a)Ainda que se viva tão espremido nos centros urbanos, existem muita gente isolada, pois, cada vez menos, se faz contatos humanos. b)Ainda que vivam tão espremidas nos centros urbanos, existem muitas pessoas isoladas, pois, cada vez menos, ocorrem contatos humanos. c)Ainda que viva tão espremida nos centros urbanos, se vê muitas pessoas isoladas, pois, cada vez menos, acontece contatos humanos. d)Ainda que se vivam tão espremidas nos centros urbanos, há muita gente isolada, pois, cada vez menos, tem contatos humanos. e)Ainda que vivam tão espremidas nos centros urbanos, existe muitas pessoas isoladas, pois, cada vez menos, se estabelecem contatos humanos.

pois, cada vez menos, se estabelecem contatos humanos. Comida “feia” também faz bem para a saúde
pois, cada vez menos, se estabelecem contatos humanos. Comida “feia” também faz bem para a saúde
pois, cada vez menos, se estabelecem contatos humanos. Comida “feia” também faz bem para a saúde
pois, cada vez menos, se estabelecem contatos humanos. Comida “feia” também faz bem para a saúde

Comida “feia” também faz bem para a saúde

Frequentemente desprezadas por terem um aspecto que não está de acordo com os “padrões de beleza” impostos pela indústria, as frutas e verduras “feias” voltaram a ser um objeto atrativo pelos que lutam contra o desperdício de alimentos. O agricultor francês Nicolas Chabanne, fundador do movimento em defesa dos “alimentos feios”, trabalha para posicionar esses produtos no mercado e já tem mil parceiros no mundo todo. Sua estratégia é simples. Vender uma maçã com um rótulo cujo logotipo mostra um rosto com um único dente aos produtores que se comprometem a colocá-la entre seus alimentos “feios”, oferecendo-os pelo menor preço. Depois, parte do dinheiro arrecadado é destinada a associações de caridade e de consumidores. “Quando você coloca uma maçã feia ao lado de outras muito bonitas, nossos olhos fixam antes nas mais bonitas”, disse Chabanne, que se esforça para mostrar às pessoas que os produtos menos esteticamente atrativos também são de qualidade e, inclusive, mais baratos. A iniciativa começou com frutos e legumes, mas, pouco a pouco, está se expandindo. Agora, engloba também outros produtos, como queijos e cereais ingeridos no café da manhã. “É um negócio social e rentável porque aproveita a luta contra os resíduos a fim de voltar a vender parte da produção que não é normalmente valorizada”, afirmou Thomas Pocher, proprietário de um supermercado no norte da França. (EFE, http://exame.abril.com.br. Adaptado)

71-A proposta do agricultor Nicolas Chabanne envolve

a)fazer com que os consumidores paguem pelos alimentos feios o mesmo preço pago pelos bonitos. b)combater o desperdício revendendo alimentos que não estão em bom estado de conservação. c)adquirir, a um preço baixo, alimentos descartados pela indústria por serem considerados feios. d)convencer as pessoas de que os vegetais considerados feios são mais nutritivos que os bonitos. e)vender alimentos que não se enquadram nos padrões de beleza a um valor mais acessível.

enquadram nos padrões de beleza a um valor mais acessível. 72- A iniciativa de comercializar “alimentos
enquadram nos padrões de beleza a um valor mais acessível. 72- A iniciativa de comercializar “alimentos
enquadram nos padrões de beleza a um valor mais acessível. 72- A iniciativa de comercializar “alimentos
enquadram nos padrões de beleza a um valor mais acessível. 72- A iniciativa de comercializar “alimentos
enquadram nos padrões de beleza a um valor mais acessível. 72- A iniciativa de comercializar “alimentos

72-A iniciativa de comercializar “alimentos feios”

72- A iniciativa de comercializar “alimentos feios” a)tem como objetivo central fazer com que as pessoas

a)tem como objetivo central fazer com que as pessoas consumam vegetais mais saudáveis. b)combate o desperdício, ao levar as pessoas a consumir alimentos com moderação. c)visa lucrar com um mercado composto exclusivamente por consumidores de baixa renda. d)tem obtido bons resultados, embora se limite ao mercado de hortaliças, legumes e frutas. e)atende a um propósito beneficente, além de ser vantajosa em termos comerciais.

beneficente, além de ser vantajosa em termos comerciais. 73- Uma palavra que substitui a expressão destacada
beneficente, além de ser vantajosa em termos comerciais. 73- Uma palavra que substitui a expressão destacada
beneficente, além de ser vantajosa em termos comerciais. 73- Uma palavra que substitui a expressão destacada
beneficente, além de ser vantajosa em termos comerciais. 73- Uma palavra que substitui a expressão destacada

73-Uma palavra que substitui a expressão destacada em A iniciativa começou com frutos e legumes, mas, pouco a pouco, está se expandindo. , sem alteração de sentido, é:

com frutos e legumes, mas, pouco a pouco , está se expandindo. – , sem alteração

a)subitamente.

b)paulatinamente. c)repentinamente. d)provavelmente. e)impreterivelmente. 74- Um termo que introduz uma exemplificação

b)paulatinamente. c)repentinamente. d)provavelmente. e)impreterivelmente. 74-Um termo que introduz uma exemplificação no enunciado está em destaque na seguinte passagem:

no enunciado está em destaque na seguinte passagem: a)Frequentemente desprezadas por terem um aspecto que não
no enunciado está em destaque na seguinte passagem: a)Frequentemente desprezadas por terem um aspecto que não
no enunciado está em destaque na seguinte passagem: a)Frequentemente desprezadas por terem um aspecto que não
no enunciado está em destaque na seguinte passagem: a)Frequentemente desprezadas por terem um aspecto que não

a)Frequentemente desprezadas por terem um aspecto que não está de acordo com os “padrões de beleza” impostos pela indústria… (1° parágrafo) b)Vender uma maçã com um rótulo cujo logotipo mostra um rosto com um único dente aos produtores… (3° parágrafo) c)… os produtos menos esteticamente atrativos também são de qualidade e, inclusive, mais baratos. (4° parágrafo) d)Agora, engloba também outros produtos, como queijos e cereais ingeridos no café da manhã. (5° parágrafo)

e cereais ingeridos no café da manhã. (5° parágrafo) e) aproveita a luta contra os resíduos
e cereais ingeridos no café da manhã. (5° parágrafo) e) aproveita a luta contra os resíduos
e cereais ingeridos no café da manhã. (5° parágrafo) e) aproveita a luta contra os resíduos
e cereais ingeridos no café da manhã. (5° parágrafo) e) aproveita a luta contra os resíduos

e) aproveita a luta contra os resíduos a fim de voltar a vender parte

da produção que não é normalmente valorizada… (6° parágrafo)

75-As aspas empregadas em Comida “feia” (título), frutas e verduras “feias” (1°parágrafo) e alimentos “feios” (3° parágrafo) têm a função de

alimentos “feios” (3° parágrafo) têm a função de a)comparar os alimentos a produtos de beleza, os

a)comparar os alimentos a produtos de beleza, os quais servem para enfeitar as pessoas. b)sinalizar que a ideia de feiura se apresenta com conotação irônica, equivalendo a beleza. c)sugerir uma crítica à distinção que se faz entre os alimentos a partir de um critério estético. d)explicitar que a noção de beleza é consensual e, por isso, não deve ser questionada. e)reproduzir a fala de cientistas que provaram que a aparência dos alimentos é irrelevante.

questionada. e)reproduzir a fala de cientistas que provaram que a aparência dos alimentos é irrelevante. Sem
questionada. e)reproduzir a fala de cientistas que provaram que a aparência dos alimentos é irrelevante. Sem
questionada. e)reproduzir a fala de cientistas que provaram que a aparência dos alimentos é irrelevante. Sem
questionada. e)reproduzir a fala de cientistas que provaram que a aparência dos alimentos é irrelevante. Sem

Sem ilusionismo

Muita gente acredita que mudar o sistema previdenciário do país é uma forma de submissão do governo aos desejos inescrupulosos do mercado financeiro e dos fiscalistas de plantão. Ledo engano. Se uma despesa avança em velocidade incompatível com a receita

usada para bancá-la, só há dois caminhos para corrigir a distorção: você gera mais dinheiro para financiar a festa ou pisa no freio do gasto.

O orçamento de um governo é semelhante ao de uma pessoa comum.

Se seu salário é de mil moedas e suas despesas bateram em mil e

duzentas, está na hora de pedir aumento ou diminuir a lista de despesas. Não há mágica. O problema é que quando o assunto é previdência, todo mundo espera a chegada do ilusionista. Governos só conseguem engordar o caixa cobrando mais impostos. Mas quem já paga tributos (muitos) não vê com bons olhos tal alternativa. Então, chegamos à segunda opção: a tesoura. “Mas como cortar despesas num país tão carente?”, ponderam alguns. “Como propor mais tempo de trabalho para quem está próximo de encostar a chuteira?”, questionam outros. O caminho do equilíbrio nunca foi uma via fácil.

O fato é que a população brasileira está envelhecendo e vivendo mais.

E o sistema ativo é insuficiente para garantir o funcionamento da engrenagem. Não haverá mágico que consiga mudar essa realidade.

76-Segundo o autor, para garantir o funcionamento do sistema previdenciário, é preciso

a)atender às exigências do mercado financeiro quanto aos investimentos públicos. b)aumentar os impostos ou cortar gastos, duas ações difíceis de serem executadas. c)cobrar mais impostos dos cidadãos que recebem benefícios provenientes da aposentadoria. d)solicitar empréstimos ou fazer financiamentos para custear os altos gastos do governo. e)aumentar o tempo de contribuição dos trabalhadores ou exigir que estes cortem despesas.

dos trabalhadores ou exigir que estes cortem despesas. 77- Um problema que agrava a situação do
dos trabalhadores ou exigir que estes cortem despesas. 77- Um problema que agrava a situação do
dos trabalhadores ou exigir que estes cortem despesas. 77- Um problema que agrava a situação do
dos trabalhadores ou exigir que estes cortem despesas. 77- Um problema que agrava a situação do
dos trabalhadores ou exigir que estes cortem despesas. 77- Um problema que agrava a situação do

77-Um problema que agrava a situação do sistema previdenciário brasileiro é

a)a redução da expectativa de vida. b)o recente aumento da receita do governo. c)a atual queda no número de tributos. d)o
b)o recente aumento da receita do governo. a)a redução da expectativa de vida. c)a atual queda no número de tributos. d)o envelhecimento da
c)a atual queda no número de tributos. de vida. b)o recente aumento da receita do governo. d)o envelhecimento da população. e)a elevação do
d)o envelhecimento da população. aumento da receita do governo. c)a atual queda no número de tributos. e)a elevação do número
e)a elevação do número de trabalhadores ativos.b)o recente aumento da receita do governo. c)a atual queda no número de tributos. d)o envelhecimento

78-Ao empregar no plural o termo destacado na frase Não haverá mágico que consiga mudar essa realidade. , a redação correta, conforme a norma-padrão, será:

– , a redação correta, conforme a norma-padrão, será: a) Não haverá mágicos que consigam mudar

a)

Não haverá mágicos que consigam mudar essa realidade.

b)Não haverá mágicos que consiga mudar essa realidade. c)Não haverão mágicos que consigam mudar essa realidade. d)Não haverão mágicos que consiga mudar essa
c)Não haverão mágicos que consigam mudar essa realidade. b)Não haverá mágicos que consiga mudar essa realidade. d)Não haverão mágicos que consiga mudar essa realidade.
d)Não haverão mágicos que consiga mudar essa realidade. c)Não haverão mágicos que consigam mudar essa realidade. e)Não haverão mágicos que consigam mudarem essa realidade.
e)Não haverão mágicos que consigam mudarem essa realidade.c)Não haverão mágicos que consigam mudar essa realidade. d)Não haverão mágicos que consiga mudar essa realidade.

79-Assinale a alternativa em que a expressão entre colchetes substitui corretamente aquela destacada em negrito, segundo a norma-padrão.

aquela destacada em negrito, segundo a norma-padrão. a)Se uma despesa avança em velocidade incompatível com a

a)Se uma despesa avança em velocidade incompatível com a receita… [que não harmoniza-se da] b)… só há dois caminhos para corrigir a distorção… [que corrige-se a] c)O orçamento de um governo é semelhante ao de uma pessoa comum. [comparável com o] d)Mas quem já paga tributos (muitos) não vê com bons olhos tal alternativa. [não mostra-se favorável de] e)… o sistema ativo é insuficiente para garantir o funcionamento da engrenagem… [não encontra-se apto à garantir]

da engrenagem… [não encontra -se apto à garantir] 80- O segmento destacado em – Se uma
da engrenagem… [não encontra -se apto à garantir] 80- O segmento destacado em – Se uma
da engrenagem… [não encontra -se apto à garantir] 80- O segmento destacado em – Se uma
da engrenagem… [não encontra -se apto à garantir] 80- O segmento destacado em – Se uma

80-O segmento destacado em Se uma despesa avança em velocidade incompatível com a receita usada para bancá-la, só há dois caminhos para corrigir a distorção… – estará corretamente substituído, preservando-se o sentido e a correção gramatical, por:

a)Caso uma despesa avance… b)Ainda que uma despesa avance… c)Contudo uma despesa avança… d)Pois uma despesa avança… e)Para que
b)Ainda que uma despesa avance… a)Caso uma despesa avance… c)Contudo uma despesa avança… d)Pois uma despesa avança… e)Para que uma despesa
c)Contudo uma despesa avança… uma despesa avance… b)Ainda que uma despesa avance… d)Pois uma despesa avança… e)Para que uma despesa
d)Pois uma despesa avança… uma despesa avance… b)Ainda que uma despesa avance… c)Contudo uma despesa avança… e)Para que uma despesa
e)Para que uma despesa avance…uma despesa avance… b)Ainda que uma despesa avance… c)Contudo uma despesa avança… d)Pois uma despesa avança…

O gavião

Gente olhando para o céu: não é mais disco voador. Disco voador perdeu o cartaz com tanto satélite beirando o sol e a lua. Olhamos todos para o céu em busca de algo mais sensacional e comovente o gavião malvado, que mata pombas. O centro da cidade do Rio de Janeiro retorna assim à contemplação de um drama bem antigo, e há o partido das pombas e o partido do gavião. Os pombistas ou pombeiros (qualquer palavra é melhor que “columbófilo”) querem matar o gavião. Os amigos deste dizem que ele não é malvado tal; na verdade come a sua pombinha com a mesma inocência com que a pomba come seu grão de milho. Não tomarei partido; admiro a túrgida inocência das pombas e também o lance magnífico em que o gavião se despenca sobre uma delas. Comer pombas é, como diria Saint-Exupéry, “a verdade do gavião”, mas matar um gavião no ar com um belo tiro pode também ser a verdade do caçador. Que o gavião mate a pomba e o homem mate alegremente o gavião; ao homem, se não houver outro bicho que o mate, pode lhe suceder que ele encontre seu gavião em outro homem.

81-O fato de o gavião matar a pomba é visto, pelo autor, como um evento

o gavião matar a pomba é visto, pelo autor, como um evento a)mórbido, o qual denuncia

a)mórbido, o qual denuncia a natureza cruel dos seres vivos. b)espetacular, pois é algo raro de se encontrar na natureza. c)irrelevante, uma vez que não interfere no cotidiano da cidade. d)natural, que não é essencialmente positivo nem negativo. e)entediante, que não justifica alguma reflexão filosófica. 82-No segundo parágrafo, os termos “pombistas” e “pombeiros” foram empregados para se referir àqueles que

82- No segundo parágrafo, os termos “pombistas” e “pombeiros” foram empregados para se referir àqueles que
82- No segundo parágrafo, os termos “pombistas” e “pombeiros” foram empregados para se referir àqueles que
82- No segundo parágrafo, os termos “pombistas” e “pombeiros” foram empregados para se referir àqueles que
82- No segundo parágrafo, os termos “pombistas” e “pombeiros” foram empregados para se referir àqueles que

a)nutrem horror aos pombos. b)têm amor aos pombos. c)são indiferentes aos pombos. d)sobrevivem às custas de pombos. e)estudam a
b)têm amor aos pombos. a)nutrem horror aos pombos. c)são indiferentes aos pombos. d)sobrevivem às custas de pombos. e)estudam a origem
c)são indiferentes aos pombos. a)nutrem horror aos pombos. b)têm amor aos pombos. d)sobrevivem às custas de pombos. e)estudam a origem
d)sobrevivem às custas de pombos. a)nutrem horror aos pombos. b)têm amor aos pombos. c)são indiferentes aos pombos. e)estudam a origem dos
e)estudam a origem dos pombos.a)nutrem horror aos pombos. b)têm amor aos pombos. c)são indiferentes aos pombos. d)sobrevivem às custas de

83-O termo gavião, destacado em sua última ocorrência no texto pode lhe suceder que ele encontre seu gavião em outro homem. , é empregado com sentido

a)próprio, equivalendo a inspiração . b)próprio, equivalendo a conquistador. c)figurado, equivalendo a ave de rapina . d)figurado, equivalendo inspiração.
b)próprio, equivalendo a a)próprio, equivalendo a inspiração . conquistador. c)figurado, equivalendo a ave de rapina . d)figurado, equivalendo a conquistador.
a inspiração . b)próprio, equivalendo a conquistador. c)figurado, equivalendo a ave de rapina . d)figurado, c)figurado, equivalendo a ave de rapina.
d)figurado, equivalendo a equivalendo a conquistador. c)figurado, equivalendo a ave de rapina . alimento . e)figurado, equivalendo a predador alimento.
e)figurado, equivalendo a equivalendo a conquistador. c)figurado, equivalendo a ave de rapina . d)figurado, equivalendo a alimento . predador predador.

84-A frase redigida de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa é:

de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa é: a)A grande quantidade de satélites que beiram
de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa é: a)A grande quantidade de satélites que beiram
de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa é: a)A grande quantidade de satélites que beiram
de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa é: a)A grande quantidade de satélites que beiram

a)A grande quantidade de satélites que beiram o sol e a lua tornou os discos voadores menos atraentes. b)Algo mais sensacional e comovente estão tomando a atenção daqueles aos quais olham para o céu do Rio de Janeiro. c)À contemplar um drama bem antigo, foi formado dois partidos na cidade: o das pombas e o do gavião. d)O autor alegou de que os gaviões comem suas pombas com a mesma inocência com que tal come o seu milho.

e)É impossível pomba e gavião conviver sem que exista confrontos de algum tipo, pois este se alimenta daquelas.pombas com a mesma inocência com que tal come o seu milho. - 85-O comentário do

confrontos de algum tipo, pois este se alimenta daquelas. - 85-O comentário do último quadrinho revela

-

85-O comentário do último quadrinho revela que a personagem

a)faz uma avaliação otimista da vida. b)se recusa a ver os problemas da vida. c)demonstra uma visão negativa da vida. d)exalta
b)se recusa a ver os problemas da vida. a)faz uma avaliação otimista da vida. c)demonstra uma visão negativa da vida. d)exalta os aspectos benéficos
c)demonstra uma visão negativa da vida. otimista da vida. b)se recusa a ver os problemas da vida. d)exalta os aspectos benéficos da
d)exalta os aspectos benéficos da vida. recusa a ver os problemas da vida. c)demonstra uma visão negativa da vida. e)tem entusiasmo pelas
e)tem entusiasmo pelas qualidades da vida.b)se recusa a ver os problemas da vida. c)demonstra uma visão negativa da vida. d)exalta os

da vida. e)tem entusiasmo pelas qualidades da vida. 86- Assinale a alternativa cujos termos preenchem,

86-Assinale a alternativa cujos termos preenchem, respectivamente, as lacunas da charge, garantindo-lhe a coesão e a coerência; e cujo sentido estabelecido entre eles está corretamente indicado entre parênteses.

sobre (causa) sem (modo) com (oposição) em (lugar) em (consequência)
sem (modo) sobre (causa) com (oposição) em (lugar) em (consequência)
com (oposição) sobre (causa) sem (modo) em (lugar) em (consequência)
em (lugar) sobre (causa) sem (modo) com (oposição) em (consequência)
em (consequência)sobre (causa) sem (modo) com (oposição) em (lugar)

a)sob

b)em

c)sem

d)sob

e)sobre

Fora do jogo

Quando a economia muda de direção, há variáveis que logo se alteram, como o tamanho das jornadas de trabalho e o pagamento de horas extras, e outras que respondem de forma mais lenta, como o emprego e o mercado de crédito. Tendências negativas nesses últimos indicadores, por isso mesmo, costumam ser duradouras. Daí por que são preocupantes os dados mais recentes da Associação Nacional dos Birôs de Crédito, que congrega empresas do setor de crédito e financiamento.

Segundo a entidade, havia, em outubro, 59 milhões de consumidores impedidos de obter novos créditos por não estarem em dia com suas obrigações. Trata-se de alta de 1,8 milhão em dois meses. Causa consternação conhecer a principal razão citada pelos consumidores para deixar de pagar as dívidas: a perda de emprego, que tem forte correlação com a capacidade de pagamento das famílias. Até há pouco, as empresas evitavam demitir, pois tendem a perder investimentos em treinamento e incorrer em custos trabalhistas. Dado o colapso da atividade econômica, porém, jogaram a toalha. O impacto negativo da disponibilidade de crédito é imediato. O indivíduo não só perde a capacidade de pagamento mas também enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos, pois não possui carteira de trabalho assinada. Tem-se aí outro aspecto perverso da recessão, que se soma às muitas evidências de reversão de padrões positivos da última década o aumento da informalidade, o retorno de jovens ao mercado de trabalho e a alta do desemprego.

(Folha de S.Paulo, 08.12.2015. Adaptado)

87-As informações dos três parágrafos iniciais do texto sustentam a seguinte ideia:

a)o fato de 59 milhões de consumidores estarem impedidos de obter novos créditos limita os prejuízos à economia do país. b)a Associação Nacional dos Birôs de Crédito tem alterado o tamanho das jornadas de trabalho e o pagamento de horas extras. c)o aumento dos créditos aos consumidores teve como consequência imediata o não atendimento às suas obrigações. d)o emprego e o mercado de crédito têm-se mantido inabalados diante de um cenário negativo da economia brasileira. e)a alteração nos rumos da economia nacional fez com que expressiva parcela da população se tornasse inadimplente.

expressiva parcela da população se tornasse inadimplente. 88- As informações apresentadas no texto permitem inferir
expressiva parcela da população se tornasse inadimplente. 88- As informações apresentadas no texto permitem inferir
expressiva parcela da população se tornasse inadimplente. 88- As informações apresentadas no texto permitem inferir
expressiva parcela da população se tornasse inadimplente. 88- As informações apresentadas no texto permitem inferir
expressiva parcela da população se tornasse inadimplente. 88- As informações apresentadas no texto permitem inferir

88-As informações apresentadas no texto permitem inferir que

As informações apresentadas no texto permitem inferir que a)a perda do emprego compromete o poder de

a)a perda do emprego compromete o poder de pagamento das famílias.

b)o mercado de trabalho lucra com o aumento das dívidas das famílias. c)a falta de

b)o mercado de trabalho lucra com o aumento das dívidas das famílias. c)a falta de crédito desacelera o endividamento das famílias. d)a maior parte dos devedores se mantém indiferente às suas dívidas. e)o pagamento de dívidas aumenta com o colapso da economia.

e)o pagamento de dívidas aumenta com o colapso da economia. 89- A passagem do 4 o
e)o pagamento de dívidas aumenta com o colapso da economia. 89- A passagem do 4 o
e)o pagamento de dívidas aumenta com o colapso da economia. 89- A passagem do 4 o

89- A passagem do 4 o parágrafo Causa consternação conhecer a

principal razão citada pelos consumidores sinônimo de

, o termo em destaque é

pelos consumidores sinônimo de – , o termo em destaque é a)indignação b)irritação. c)resignação. d)comoção.

a)indignação b)irritação. c)resignação. d)comoção. e)satisfação. 90-Na conclusão no texto, “o aumento da informalidade, o retorno de jovens ao mercado de trabalho e a alta do desemprego" são apontados como características

alta do desemprego" são apontados como características a)positivas e vivenciadas na economia da última década.
alta do desemprego" são apontados como características a)positivas e vivenciadas na economia da última década.
alta do desemprego" são apontados como características a)positivas e vivenciadas na economia da última década.
alta do desemprego" são apontados como características a)positivas e vivenciadas na economia da última década.

a)positivas e vivenciadas na economia da última década. b)negativas e distantes do cenário econômico atual. c)negativas e típicas do atual período de retração
b)negativas e distantes do cenário econômico atual. a)positivas e vivenciadas na economia da última década. c)negativas e típicas do atual período de retração
c)negativas e típicas do atual período de retração econômica. b)negativas e distantes do cenário econômico atual. d)negativas e improváveis na situação econômica
d)negativas e improváveis na situação econômica presente. e típicas do atual período de retração econômica. e)positivas e marcantes da economia no presente do
e)positivas e marcantes da economia no presente do país.e típicas do atual período de retração econômica. d)negativas e improváveis na situação econômica presente.

91-Para responder a questão , considere o trecho do 5 o parágrafo:

Dado o colapso da atividade econômica, porém, jogaram a toalha. De acordo com a norma-padrão e o sentido do texto, a expressão “Dado o" pode ser substituída por:

a)Inclusive oDe acordo com a norma-padrão e o sentido do texto, a expressão “ Dado o "

b)Com oacordo com a norma-padrão e o sentido do texto, a expressão “ Dado o " pode

c)Nod)Devido o e)Apesar do 92- Para responder a questão , considere o trecho do 5

d)Devido oc)No e)Apesar do 92- Para responder a questão , considere o trecho do 5 o parágrafo:

e)Apesar doc)No d)Devido o 92- Para responder a questão , considere o trecho do 5 o parágrafo:

92-Para responder a questão , considere o trecho do 5 o parágrafo:

Dado o colapso da atividade econômica, porém, jogaram a toalha. Analisando-se o sentido que a expressão “jogaram a toalha" confere ao texto, conclui-se que ela está construída em sentido

a)próprio, mostrando a dispensa dos funcionários como desnecessária, já que há evidente recuperação na economia. b)figurado, ironizando a ideia das empresas de evitar dispensas, já que estão mais preocupadas com os custos trabalhistas. c)figurado, deixando claro que as empresas demitiram seus funcionários, porque o cenário econômico é desfavorável. d)próprio, reforçando a ideia de que as empresas mantiveram seu plano inicial de manter os funcionários no emprego. e)próprio, sugerindo que as empresas terão prejuízos mantendo os funcionários em um cenário de crise econômica.

os funcionários em um cenário de crise econômica. 93- Mantendo-se as ideias do texto original, a
os funcionários em um cenário de crise econômica. 93- Mantendo-se as ideias do texto original, a
os funcionários em um cenário de crise econômica. 93- Mantendo-se as ideias do texto original, a
os funcionários em um cenário de crise econômica. 93- Mantendo-se as ideias do texto original, a
os funcionários em um cenário de crise econômica. 93- Mantendo-se as ideias do texto original, a

93-Mantendo-se as ideias do texto original, a passagem do 6 o parágrafo O indivíduo não só perde a capacidade de pagamento mas também

pode ser

enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos reescrita da seguinte forma:

para obter novos recursos reescrita da seguinte forma: a)O indivíduo perde a capacidade de pagamento e

a)O indivíduo perde a capacidade de pagamento e enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos. b)O indivíduo só perde a capacidade de pagamento, mas não enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos. c)O indivíduo perde a capacidade de pagamento, portanto também enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos. d)O indivíduo não só perde a capacidade de pagamento, porém enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos. e)O indivíduo ou só perde a capacidade de pagamento ou também

enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos. e)O indivíduo ou só perde a capacidade de pagamento
enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos. e)O indivíduo ou só perde a capacidade de pagamento
enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos. e)O indivíduo ou só perde a capacidade de pagamento
enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos. e)O indivíduo ou só perde a capacidade de pagamento

enfrenta grande dificuldade para obter novos recursos.

94-Na frase do último parágrafo Tem-se aí outro aspecto perverso da

recessão

, o termo em destaque é antônimo de

da recessão – , o termo em destaque é antônimo de a)indispensável. b)benévolo. c)implacável. d)malvado.

a)indispensável. b)benévolo. c)implacável. d)malvado. e)contundente. 95-Assinale a alternativa correta quanto à concordância verbal.

a alternativa correta quanto à concordância verbal. a)A mudança de direção da economia fazem com que
a alternativa correta quanto à concordância verbal. a)A mudança de direção da economia fazem com que
a alternativa correta quanto à concordância verbal. a)A mudança de direção da economia fazem com que
a alternativa correta quanto à concordância verbal. a)A mudança de direção da economia fazem com que
a alternativa correta quanto à concordância verbal. a)A mudança de direção da economia fazem com que

a)A mudança de direção da economia fazem com que se altere o

mudança de direção da economia fazem com que se altere o tamanho das jornadas de trabalho,

tamanho das jornadas de trabalho, por exemplo.

Existe indivíduos que, sem carteira de trabalho assinada, enfrentam

grande dificuldade para obter novos recursos.

b)

enfrentam grande dificuldade para obter novos recursos. b) c)Os investimentos realizados e os custos trabalhistas

c)Os investimentos realizados e os custos trabalhistas fizeram com que muitas empresas optassem por manter seus funcionários. d)São as dívidas que faz com que grande número dos consumidores não estejam em dia com suas obrigações. e)Dados recentes da Associação Nacional dos Birôs de Crédito mostra que 59 milhões de consumidores não pode obter novos créditos

59 milhões de consumidores não pode obter novos créditos 96- Assinale a alternativa correta quanto à
59 milhões de consumidores não pode obter novos créditos 96- Assinale a alternativa correta quanto à

96-Assinale a alternativa correta quanto à pontuação e à regência, de acordo com a norma-padrão.

pontuação e à regência, de acordo com a norma-padrão. a)De forma mais lenta, reagem, o emprego

a)De forma mais lenta, reagem, o emprego e o mercado de crédito, ante a mudança de direção da economia. b)O emprego e o mercado de crédito, reagem na mudança de direção da economia de forma mais lenta. c)O emprego e o mercado de crédito reagem, de forma mais lenta,

na mudança de direção da economia de forma mais lenta. c)O emprego e o mercado de
na mudança de direção da economia de forma mais lenta. c)O emprego e o mercado de

para a mudança de direção da economia. d)Reagem à mudança de direção da economia, de forma mais lenta, o emprego e o mercado de crédito. e)Diante a mudança de direção da economia reagem o emprego e o mercado de crédito, de forma mais lenta.

o emprego e o mercado de crédito, de forma mais lenta. 97- Em conformidade com a
o emprego e o mercado de crédito, de forma mais lenta. 97- Em conformidade com a

97-Em conformidade com a norma-padrão, as lacunas nas falas das personagens devem ser preenchidas, respectivamente, com:

a)Essessinto-me me sentiria

sinto-me

me sentiria

b)Estesme sinto me sentiria

me sinto

me sentiria

sinto-mec)Eles

c)Eles

sentiria-me

d)Essesme sinto sentir-me-ia

me sinto

sentir-me-ia

e)Estessinto-me sentir-me-ia

sinto-me

sentir-me-ia

sentir-me-ia e)Estes sinto-me sentir-me-ia 98- Na oração – Já que tenho um peixinho dourado

98-Na oração Já que tenho um peixinho dourado como mascote… –, o sentido expresso pela conjunção em destaque é de

a)oposição e, nesse contexto, pode ser substituída por “Mas". “Mas".

b)explicação e, nesse contexto, pode ser substituída por “Pois". c)causa e, nesse contexto, pode ser

b)explicação e, nesse contexto, pode ser substituída por “Pois". c)causa e, nesse contexto, pode ser substituída por “Como". d)conclusão e, nesse contexto, pode ser substituída por “Portanto". e)conformidade e, nesse contexto, pode ser substituída por “Conforme

e, nesse contexto, pode ser substituída por “Conforme 99- Os advérbios (2 o quadrinho) expressam,
e, nesse contexto, pode ser substituída por “Conforme 99- Os advérbios (2 o quadrinho) expressam,
e, nesse contexto, pode ser substituída por “Conforme 99- Os advérbios (2 o quadrinho) expressam,

99-Os advérbios

(2 o quadrinho) expressam, respectivamente, circunstância de

“bem"

(1 o quadrinho)

e

a)modo e tempo. b)afirmação e modo. c)dúvida e afirmação. d)afirmação e intensidade. e)modo e dúvida.
b)afirmação e modo. a)modo e tempo. c)dúvida e afirmação. d)afirmação e intensidade. e)modo e dúvida.
c)dúvida e afirmação. a)modo e tempo. b)afirmação e modo. d)afirmação e intensidade. e)modo e dúvida.
d)afirmação e intensidade. a)modo e tempo. b)afirmação e modo. c)dúvida e afirmação. e)modo e dúvida.
e)modo e dúvida.a)modo e tempo. b)afirmação e modo. c)dúvida e afirmação. d)afirmação e intensidade.

“Talvez"

Entre as boas figuras de boa-fé do Rio de Janeiro figurava o Garcia, bom homem, cujo único defeito era ser fraco de inteligência, defeito que todos lhe perdoavam por não ser culpa dele.

O nosso herói não se empregava absolutamente em outra coisa que não fosse comer, beber, dormir e trocar as pernas pela cidade. Tinha herdado dos pais o suficiente para levar essa vida folgada e milagrosa, e só gastava o rendimento do seu patrimônio. Casara-se com d. Laura, que, não sendo formosa que o inquietasse, nem feia que lhe repugnasse, era mais inteligente e instruída que ele. Esta superioridade dava-lhe certo ascendente, de que ela usava e abusava no lar doméstico, onde só a sua vontade e a sua opinião prevaleciam sempre. O Garcia não se revoltava contra a passividade a que era submetido pela mulher: reconhecia que d. Laura tinha sobre ele grandes vantagens intelectuais e, se era honesta e fiel aos seus deveres conjugais, que lhe importava a ele o resto?

100-De acordo com a descrição do texto, Garcia era um homem de

a)limitada inteligência, não trabalhava e vivia com o rendimento do patrimônio deixado pelos pais. b)razoável inteligência, não trabalhava porque aumentava o

e vivia com o rendimento do patrimônio deixado pelos pais. b)razoável inteligência, não trabalhava porque aumentava
e vivia com o rendimento do patrimônio deixado pelos pais. b)razoável inteligência, não trabalhava porque aumentava

rendimento do patrimônio deixado pelos pais. c)debilitada inteligência, não podia trabalhar, apesar de viver mal com o rendimento do patrimônio deixado pelos pais. d)excepcional inteligência, e a explorava trabalhando muito para manter o rendimento do patrimônio deixado pelos pais. e)nenhuma inteligência, trabalhava na cidade, pois não conseguia viver com o rendimento do patrimônio deixado pelos pais.

viver com o rendimento do patrimônio deixado pelos pais. GA BA RI TO 1D 2C 3E
viver com o rendimento do patrimônio deixado pelos pais. GA BA RI TO 1D 2C 3E
viver com o rendimento do patrimônio deixado pelos pais. GA BA RI TO 1D 2C 3E

GA BA RI TO

1D

2C

3E

4D

5A

6B

7E

8A

9B

10C

11C

12D

13B

14A

15C

16C

17E

18D

19B

20A

21E

22B

23D

24A

25D

26C

27B

28A

29E

30D

31E

32A

33A

34B

35D

36C

37D

38B

39C

40E

41B

42A

43E

44C

45D

46E

47C

48E

49D

50B

51D

52C

53E

54A

55A

56D

57B

58C

59B

60A

61C

62D

63C

64A

65B

66E

67B

68D

69E

70B

71E

72E

73B

74E

75C

76B

77D

78A

79C

80A

81D

82B

83E

84A

85C

86C

87E

88A

89D

90C

91B

92C

93A

94B

95C

96D

97B

98C

99E

100A

DIREITO

CONSTITUCIONAL

100 QUESTÕES

DIREITO CONSTITUCIONAL -100 QUESTÕES MAIS RECENTES GABARITO NO FINAL DESTE TÓPICO

1-Nos termos da Constituição Federal, os policiais militares estaduais têm, entre suas funções, a)a segurança nacional, se o caso. b)a garantia dos poderes constitucionais. c)a preservação da ordem pública. d)a de polícia judiciária. e)a apuração de infrações penais.

polícia judiciária. e)a apuração de infrações penais. 2-Quanto ao habeas corpus, assinale a alternativa correta.
polícia judiciária. e)a apuração de infrações penais. 2-Quanto ao habeas corpus, assinale a alternativa correta.
polícia judiciária. e)a apuração de infrações penais. 2-Quanto ao habeas corpus, assinale a alternativa correta.
polícia judiciária. e)a apuração de infrações penais. 2-Quanto ao habeas corpus, assinale a alternativa correta.
polícia judiciária. e)a apuração de infrações penais. 2-Quanto ao habeas corpus, assinale a alternativa correta.

2-Quanto ao habeas corpus, assinale a alternativa correta. a) É gratuito. b)É cabível em relação a qualquer punição disciplinar militar. c)Concede-se para proteger direito líquido e certo. d)Assegura o conhecimento de informações pessoais. e)Exige sigilo processual.

de informações pessoais. e)Exige sigilo processual. 3-O servidor público estável só perderá o cargo: a)se
de informações pessoais. e)Exige sigilo processual. 3-O servidor público estável só perderá o cargo: a)se
de informações pessoais. e)Exige sigilo processual. 3-O servidor público estável só perderá o cargo: a)se
de informações pessoais. e)Exige sigilo processual. 3-O servidor público estável só perderá o cargo: a)se
de informações pessoais. e)Exige sigilo processual. 3-O servidor público estável só perderá o cargo: a)se

3-O servidor público estável só perderá o cargo:

a)se preso em flagrante por crime inafiançável. b)mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa. c)no caso de extinção do cargo. d)quando posto em disponibilidade há mais de cinco anos. e)mediante procedimento de avaliação mensal de desempenho.

d)quando posto em disponibilidade há mais de cinco anos. e)mediante procedimento de avaliação mensal de desempenho.
d)quando posto em disponibilidade há mais de cinco anos. e)mediante procedimento de avaliação mensal de desempenho.
d)quando posto em disponibilidade há mais de cinco anos. e)mediante procedimento de avaliação mensal de desempenho.
d)quando posto em disponibilidade há mais de cinco anos. e)mediante procedimento de avaliação mensal de desempenho.
d)quando posto em disponibilidade há mais de cinco anos. e)mediante procedimento de avaliação mensal de desempenho.

4-Conceder-se-á mandado de injunção sempre que

4-Conceder-se-á mandado de injunção sempre que a)a falta total ou parcial de norma regulamentadora torne inviável

a)a falta total ou parcial de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais. b)alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder. c)qualquer cidadão pleitear a anulação ou a declaração de nulidade de atos lesivos ao patrimônio público, por falta de norma regulamentadora. d)a falta de legislação, total ou parcial, atingir direito líquido e certo reconhecido pela Constituição Federal. e)haja efetiva ameaça a direitos individuais ou coletivos por ato ou omissão de autoridade pública no exercício de atribuições do poder público.

pública no exercício de atribuições do poder público . 5- Conforme dispõe a Constituição Federal em
pública no exercício de atribuições do poder público . 5- Conforme dispõe a Constituição Federal em
pública no exercício de atribuições do poder público . 5- Conforme dispõe a Constituição Federal em
pública no exercício de atribuições do poder público . 5- Conforme dispõe a Constituição Federal em

5-Conforme dispõe a Constituição Federal em relação aos Princípios Fundamentais, assinale a alternativa correta. a)A cidadania e a soberania são princípios que regem as relações internacionais do Brasil. b)Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de seus representantes eleitos indiretamente, nos termos da Constituição. c)São Poderes da União, dependentes e interligados entre si, o Legislativo e o Judiciário. d)Os valores sociais do trabalho e o repúdio ao terrorismo constituem objetivos da República Federativa do Brasil. e)A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural entre os povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino- americana de nações.

e cultural entre os povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino- americana
e cultural entre os povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino- americana
e cultural entre os povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino- americana
e cultural entre os povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino- americana
e cultural entre os povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino- americana

6-Segundo a Constituição Federal, a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas a)dependem de autorização do Poder Executivo. b)são acompanhadas por uma Comissão Especial criada pelo Poder Legislativo. c)independem de autorização, sendo vedada a interferência estatal em seu funcionamento. d)dependem de Decreto específico do Poder Legislativo, porém é vedada qualquer interferência do Poder Executivo em seu funcionamento. e)independem de autorização do Poder Judiciário, porém devem ter seu funcionamento fiscalizado pelo Poder Legislativo.

ter seu funcionamento fiscalizado pelo Poder Legislativo. 7- Sobre os Direitos e Garantias Fundamentais estabelecidos
ter seu funcionamento fiscalizado pelo Poder Legislativo. 7- Sobre os Direitos e Garantias Fundamentais estabelecidos
ter seu funcionamento fiscalizado pelo Poder Legislativo. 7- Sobre os Direitos e Garantias Fundamentais estabelecidos
ter seu funcionamento fiscalizado pelo Poder Legislativo. 7- Sobre os Direitos e Garantias Fundamentais estabelecidos
ter seu funcionamento fiscalizado pelo Poder Legislativo. 7- Sobre os Direitos e Garantias Fundamentais estabelecidos

7-Sobre os Direitos e Garantias Fundamentais estabelecidos na Constituição Federal, pode-se afirmar corretamente que a)a prisão ilegal será imediatamente relaxada pela autoridade administrativa competente. b)o Brasil se submete à jurisdição de Tribunal Penal Internacional a cuja criação tenha manifestado adesão. c)é livre a criação de mais de uma organização sindical, em qualquer grau, representativa de categoria profissional ou econômica, na mesma base territorial. d)nas empresas com menos de duzentos empregados, é assegurada a eleição de três representantes destes com a finalidade exclusiva de promover-lhes o entendimento direto com os empregadores. e)são privativos de brasileiros natos ou naturalizados os cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, de carreira diplomática e de Ministros do Supremo Tribunal Federal.

cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, de carreira diplomática e de Ministros do Supremo Tribunal
cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, de carreira diplomática e de Ministros do Supremo Tribunal
cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, de carreira diplomática e de Ministros do Supremo Tribunal
cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, de carreira diplomática e de Ministros do Supremo Tribunal
cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, de carreira diplomática e de Ministros do Supremo Tribunal

8-Os Territórios Federais integram a União e sua criação, transformação em Estado ou reintegração ao Estado de origem serão reguladas em a)Autorização Legislativa. b)Decreto Legislativo. c)Emenda Constitucional. d)Lei Complementar. e)Medida Provisória.

Constitucional. d)Lei Complementar. e)Medida Provisória. 9- Segundo a Constituição Federal, o Estado não
Constitucional. d)Lei Complementar. e)Medida Provisória. 9- Segundo a Constituição Federal, o Estado não
Constitucional. d)Lei Complementar. e)Medida Provisória. 9- Segundo a Constituição Federal, o Estado não
Constitucional. d)Lei Complementar. e)Medida Provisória. 9- Segundo a Constituição Federal, o Estado não
Constitucional. d)Lei Complementar. e)Medida Provisória. 9- Segundo a Constituição Federal, o Estado não

9-Segundo a Constituição Federal, o Estado não intervirá em seus Municípios, nem a União nos Municípios localizados em Território Federal, exceto quando a)não tiver sido aplicado o mínimo exigido da receita municipal na manutenção e desenvolvimento do ensino e nas ações e serviços públicos de saúde. b)deixar de ser paga, sem motivo justificável, por mais de dois anos consecutivos, a dívida fundada. c)prover a execução de lei federal, ordem ou decisão judicial. d)pôr termo a grave comprometimento da ordem pública. e)deixar de repassar aos Estados as receitas tributárias previstas.

de repassar aos Estados as receitas tributárias previstas. 10- No que se refere à Ordem Social,
de repassar aos Estados as receitas tributárias previstas. 10- No que se refere à Ordem Social,
de repassar aos Estados as receitas tributárias previstas. 10- No que se refere à Ordem Social,
de repassar aos Estados as receitas tributárias previstas. 10- No que se refere à Ordem Social,
de repassar aos Estados as receitas tributárias previstas. 10- No que se refere à Ordem Social,

10-No que se refere à Ordem Social, e conforme norma constante na Constituição Federal, assinale a alternativa correta. A assistência social será prestada aos que contribuam regularmente com a seguridade social. b)As universidades gozam de autonomia didático-científica, sendo-lhes vedado admitir professores, técnicos ou cientistas que não sejam brasileiros natos ou naturalizados. c)Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios organizarão

que não sejam brasileiros natos ou naturalizados. c)Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios organizarão
que não sejam brasileiros natos ou naturalizados. c)Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios organizarão
que não sejam brasileiros natos ou naturalizados. c)Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios organizarão

seus sistemas de cultura em conformidade com o estabelecido em lei federal. d)A produção e a programação das emissoras de rádio e televisão atenderão, dentre outros, ao princípio da regionalização da produção cultural, artística e jornalística, conforme percentuais estabelecidos em lei. e)Os programas de amparo aos idosos serão executados nos centros sociais de assistência à saúde e, excepcionalmente, em seus lares a critério do médico e do fisioterapeuta responsáveis pelo paciente

do médico e do fisioterapeuta responsáveis pelo paciente 11- A prática do racismo constitui crime a)inafiançável
do médico e do fisioterapeuta responsáveis pelo paciente 11- A prática do racismo constitui crime a)inafiançável

11-A prática do racismo constitui crime a)inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de detenção,nos termos da lei. b)inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão,nos termos da lei. c)inafiançável e insuscetível de graça ou anistia, nos termos da lei. d)inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de prestação social alternativa. e)imprescritível e insuscetível de suspensão de direitos e de multa.

e insuscetível de suspensão de direitos e de multa. 12- A República Federativa do Brasil, formada
e insuscetível de suspensão de direitos e de multa. 12- A República Federativa do Brasil, formada
e insuscetível de suspensão de direitos e de multa. 12- A República Federativa do Brasil, formada
e insuscetível de suspensão de direitos e de multa. 12- A República Federativa do Brasil, formada
e insuscetível de suspensão de direitos e de multa. 12- A República Federativa do Brasil, formada

12-A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como um dos seus objetivos a)a soberania. b)o repúdio ao terrorismo e ao racismo. c)a erradicação da pobreza e da marginalização. d)a defesa da paz. e)a concessão de asilo político.

e ao racismo. c)a erradicação da pobreza e da marginalização. d)a defesa da paz. e)a concessão
e ao racismo. c)a erradicação da pobreza e da marginalização. d)a defesa da paz. e)a concessão
e ao racismo. c)a erradicação da pobreza e da marginalização. d)a defesa da paz. e)a concessão
e ao racismo. c)a erradicação da pobreza e da marginalização. d)a defesa da paz. e)a concessão
e ao racismo. c)a erradicação da pobreza e da marginalização. d)a defesa da paz. e)a concessão

13-Em relação aos direitos e garantias fundamentais determinados na Constituição Federal, assinale a alternativa correta

.
.

a)É a todos assegurado o direito de petição aos Poderes

Públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de poder, após o pagamento das devidas taxas. b)Serão extraditados os cidadãos brasileiros e estrangeiros que cometerem crime político ou de opinião. c)É livre a expressão da atividade intelectual, artística, sendo dependente de licença a atividade científica e de comunicação. d)Aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras, intransmissível aos herdeiros. e)É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado

o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional

da fonte, quando necessário ao exercício profissional 14- No que diz respeito à Organização do Estado,
da fonte, quando necessário ao exercício profissional 14- No que diz respeito à Organização do Estado,
da fonte, quando necessário ao exercício profissional 14- No que diz respeito à Organização do Estado,
da fonte, quando necessário ao exercício profissional 14- No que diz respeito à Organização do Estado,

14-No que diz respeito à Organização do Estado, a Constituição Federal estabelece várias normas, das quais se pode afirmar como correta que a)os recursos minerais, inclusive os do subsolo, são bens do Município ao qual pertencem. b)assegurar a defesa nacional é competência concorrente entre

União e os Estados. c)os Estados, o Distrito Federal e os Municípios podem recusar fé aos documentos públicos. d)são reservadas aos Estados as competências que não lhes sejam vedadas pela Constituição Federal. e)não se constitui crime de responsabilidade do Prefeito Municipal efetuar repasse a menor, em relação à proporção fixada na Lei do Orçamento.

a

em relação à proporção fixada na Lei do Orçamento. a 15- Conforme determina a Constituição Federal,
em relação à proporção fixada na Lei do Orçamento. a 15- Conforme determina a Constituição Federal,
em relação à proporção fixada na Lei do Orçamento. a 15- Conforme determina a Constituição Federal,

15-Conforme determina a Constituição Federal, o dever do Estado com a educação será efetivado, entre outros, mediante a garantia de

a)progressiva universalização do ensino médio gratuito. b)prioridade do ensino noturno supletivo em relação ao ensino

a)progressiva universalização do ensino médio gratuito. b)prioridade do ensino noturno supletivo em relação ao ensino regular. c)educação infantil em creche e pré-escola, às crianças de até quatro anos de idade. d)atendimento educacional especializado aos portadores de deficiência, obrigatoriamente na rede privada de ensino. e)acesso ao ensino gratuito como direito particular e objetivo de cada cidadão.

como direito particular e objetivo de cada cidadão. 16- Assinale a alternativa que, corretamente, nomeia o
como direito particular e objetivo de cada cidadão. 16- Assinale a alternativa que, corretamente, nomeia o
como direito particular e objetivo de cada cidadão. 16- Assinale a alternativa que, corretamente, nomeia o
como direito particular e objetivo de cada cidadão. 16- Assinale a alternativa que, corretamente, nomeia o

16-Assinale a alternativa que, corretamente, nomeia o órgão de consulta do Presidente da República nos assuntos relacionados com a soberania nacional e a defesa do Estado democrático. a)Ministério da Defesa. b)Gabinete de Segurança Institucional. c)Ministério das Relações Exteriores. d)Secretaria de Assuntos Estratégicos. e)Conselho de Defesa Nacional.

de Assuntos Estratégicos. e)Conselho de Defesa Nacional. 17- Considerando as normas constitucionais a respeito da
de Assuntos Estratégicos. e)Conselho de Defesa Nacional. 17- Considerando as normas constitucionais a respeito da
de Assuntos Estratégicos. e)Conselho de Defesa Nacional. 17- Considerando as normas constitucionais a respeito da
de Assuntos Estratégicos. e)Conselho de Defesa Nacional. 17- Considerando as normas constitucionais a respeito da
de Assuntos Estratégicos. e)Conselho de Defesa Nacional. 17- Considerando as normas constitucionais a respeito da

17-Considerando as normas constitucionais a respeito da Administração Pública, é correto afirmar, sobre a contratação de agentes públicos por tempo determinado, que a)não será permitida pela lei, uma vez que os cargos públicos são preenchidos por concurso público. b)poderá ser feita apenas para os cargos de direção, chefia e assessoramento. c)poderá ser estabelecida livremente pela lei para cargos da Administração Indireta. d)é destinada aos cargos a serem preenchidos por livre nomeação e exoneração. e)será permitida por lei para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.

a necessidade temporária de excepcional interesse público. 18- João é ex-jogador de futebol e, embora não
a necessidade temporária de excepcional interesse público. 18- João é ex-jogador de futebol e, embora não
a necessidade temporária de excepcional interesse público. 18- João é ex-jogador de futebol e, embora não
a necessidade temporária de excepcional interesse público. 18- João é ex-jogador de futebol e, embora não
a necessidade temporária de excepcional interesse público. 18- João é ex-jogador de futebol e, embora não

18-João é ex-jogador de futebol e, embora não graduado em Educação

Física, é treinador e monitor de uma escola de futebol. João não tem registro no Conselho Regional de Educação Física CREF e está sendo compelido, pelo Conselho Regional de sua cidade, a ter registro em seus quadros. O advogado de João explicou-lhe corretamente que, nos termos da Constituição Federal, a)seu registro nos quadros do CREF não será obrigatório, ainda que haja lei estabelecendo sua obrigatoriedade, uma vez que a Constituição assegura a liberdade de exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão. b)o CREF pode obrigá-lo a ter registro, independentemente de qualquer disposição legal, já que possui poder de polícia. c)não poderá exercer a profissão de treinador e monitor de futebol caso não haja lei que regulamente essa profissão, sendo, nessa hipótese, descabida a exigência de registro nos quadros do CREF. d)seu registro nos quadros do CREF será obrigatório caso haja lei que imponha essa obrigatoriedade, não sendo suficiente norma interna do CREF a respeito. e)o CREF só pode obrigálo a ter registro se houver norma interna desse Conselho que imponha a treinadores e monitores de futebol terem registro em seus quadros.

e monitores de futebol terem registro em seus quadros. 19- Segundo a Constituição Federal, é correto
e monitores de futebol terem registro em seus quadros. 19- Segundo a Constituição Federal, é correto
e monitores de futebol terem registro em seus quadros. 19- Segundo a Constituição Federal, é correto
e monitores de futebol terem registro em seus quadros. 19- Segundo a Constituição Federal, é correto
e monitores de futebol terem registro em seus quadros. 19- Segundo a Constituição Federal, é correto

19-Segundo a Constituição Federal, é correto afirmar que a)não pode haver prisão civil por dívida, exceto nos termos estabelecidos pela própria Constituição. b)não é possível a concessão de habeas corpus quando alguém se ache ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder, devendo a violência ou coação estarem concretizadas. c)pode ser concedido mandado de injunção caso a norma regulamentadora viole o exercício dos direitos e liberdades constitucionais. d)conceder-se-á mandado de segurança para proteger direito líquido e certo, ainda que amparado por habeas corpus ou habeas data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público. e)qualquer cidadão é parte legítima para impetrar mandado de segurança coletivo. 20-É correto afirmar que a Constituição Federal

é parte legítima para impetrar mandado de segurança coletivo. 20- É correto afirmar que a Constituição
é parte legítima para impetrar mandado de segurança coletivo. 20- É correto afirmar que a Constituição
é parte legítima para impetrar mandado de segurança coletivo. 20- É correto afirmar que a Constituição
é parte legítima para impetrar mandado de segurança coletivo. 20- É correto afirmar que a Constituição
é parte legítima para impetrar mandado de segurança coletivo. 20- É correto afirmar que a Constituição
a)inseriu a propriedade entre os direitos sociais. b)garantiu aos trabalhadores o seguro desemprego, em caso

a)inseriu a propriedade entre os direitos sociais. b)garantiu aos trabalhadores o seguro desemprego, em caso de desemprego voluntário ou involuntário. c)conferiu direitos sociais diferenciados aos trabalhadores urbanos e rurais, tendo em vista as particularidades do exercício de cada um desses trabalhos. d)possibilitou o trabalho noturno, perigoso ou insalubre apenas a maiores de 16 anos, proibindo-o aos maiores de 14 e menores de 16 anos que trabalham na condição de aprendiz e)inseriu entre os direitos dos trabalhadores a irredutibilidade do salário, salvo, contudo, o disposto em convenção ou acordo coletivo.

contudo, o disposto em convenção ou acordo coletivo. 21- Ricardo, cuja mãe é brasileira e cujo
contudo, o disposto em convenção ou acordo coletivo. 21- Ricardo, cuja mãe é brasileira e cujo
contudo, o disposto em convenção ou acordo coletivo. 21- Ricardo, cuja mãe é brasileira e cujo
contudo, o disposto em convenção ou acordo coletivo. 21- Ricardo, cuja mãe é brasileira e cujo

21-Ricardo, cuja mãe é brasileira e cujo pai é chileno, nasceu no México, durante uma viagem de sua mãe a esse país, a serviço do Brasil. Nos termos da Constituição Federal, Ricardo a)é brasileiro nato. b)poderá naturalizar-se brasileiro caso venha a residir por pelo menos 1 ano ininterrupto no Brasil. c)poderá naturalizar-se brasileiro caso opte, a qualquer tempo, pela nacionalidade brasileira, ainda que resida no estrangeiro. d)será considerado brasileiro nato, desde que sua mãe retorne ao Brasil imediatamente após o término do serviço. e)não poderá naturalizar-se brasileiro, uma vez que seu pai é chileno. 22-A administração pública direta e indireta deve observar o seguinte comando constitucional:

e indireta deve observar o seguinte comando constitucional: a)os acréscimos pecuniários percebidos por servidor
e indireta deve observar o seguinte comando constitucional: a)os acréscimos pecuniários percebidos por servidor
e indireta deve observar o seguinte comando constitucional: a)os acréscimos pecuniários percebidos por servidor
e indireta deve observar o seguinte comando constitucional: a)os acréscimos pecuniários percebidos por servidor
e indireta deve observar o seguinte comando constitucional: a)os acréscimos pecuniários percebidos por servidor
e indireta deve observar o seguinte comando constitucional: a)os acréscimos pecuniários percebidos por servidor

a)os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público serão computados e acumulados para fins de concessão de acréscimos ulteriores. b)é vedado aos estrangeiros o acesso aos cargos, empregos e funções públicas. c)os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder Judiciário não poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Executivo. d)os cargos em comissão devem ser preenchidos exclusivamente por servidores ocupantes de cargo efetivo. e)o direito de greve será exercido nos termos definidos pela associação sindical 23-Maria tem 59 anos de idade e ingressou pela primeira vez no serviço

nos termos definidos pela associação sindical 23- Maria tem 59 anos de idade e ingressou pela
nos termos definidos pela associação sindical 23- Maria tem 59 anos de idade e ingressou pela
nos termos definidos pela associação sindical 23- Maria tem 59 anos de idade e ingressou pela
nos termos definidos pela associação sindical 23- Maria tem 59 anos de idade e ingressou pela

público aos 49 anos, tendo ocupado, durante todo esse tempo, o mesmo cargo efetivo. Ela possui, no total de sua vida laboral, 10 anos de contribuição previdenciária junto ao Regime Próprio de Previdência dos Servidores, nunca tendo contribuído ao Regime Geral de Previdência Social. Maria, que pretende aposentar se pelo Regime Próprio de Previdência dos Servidores, ao analisar as regras atuais estabelecidas na Constituição Federal, verificou que a)não poderá aposentar se voluntariamente, tendo que se aposentar compulsoriamente aos 70 anos de idade. b)só poderá aposentar se voluntariamente após completar o mínimo de 15 anos de contribuição previdenciária. c)só poderá aposentar se voluntariamente após completar o mínimo de 30 anos de contribuição previdenciária d)poderá aposentar se voluntariamente, aos 60 anos, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição. e)poderá aposentar se voluntariamente, aos 60 anos, com proventos integrais

se voluntariamente, aos 60 anos, com proventos integrais 24- Os direitos individuais, fundamentais e invioláveis,
se voluntariamente, aos 60 anos, com proventos integrais 24- Os direitos individuais, fundamentais e invioláveis,
se voluntariamente, aos 60 anos, com proventos integrais 24- Os direitos individuais, fundamentais e invioláveis,
se voluntariamente, aos 60 anos, com proventos integrais 24- Os direitos individuais, fundamentais e invioláveis,
se voluntariamente, aos 60 anos, com proventos integrais 24- Os direitos individuais, fundamentais e invioláveis,

24-Os direitos individuais, fundamentais e invioláveis, garantidos aos brasileiros e estrangeiros residentes no país pelo artigo 5 o da Constituição Federal da República, são a)a vida, a liberdade, a diferença, o voto e a propriedade b)a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte e a previdência. c)o conhecimento, a liberdade, a propriedade, o voto e o trabalho. d)a vida, a liberdade, a igualdade, a segurança e a propriedade e)a moradia, a diferença, a proteção estatal, a vida e o trabalho

liberdade, a igualdade, a segurança e a propriedade e)a moradia, a diferença, a proteção estatal, a
liberdade, a igualdade, a segurança e a propriedade e)a moradia, a diferença, a proteção estatal, a
liberdade, a igualdade, a segurança e a propriedade e)a moradia, a diferença, a proteção estatal, a
liberdade, a igualdade, a segurança e a propriedade e)a moradia, a diferença, a proteção estatal, a
liberdade, a igualdade, a segurança e a propriedade e)a moradia, a diferença, a proteção estatal, a

25-Ao exercer suas funções zelando pela segurança das pessoas, das instalações, dos equipamentos e materiais do Estado, o Agente de Segurança Escolar deve ter, sempre presentes, os parâmetros legais para a sua ação. Um desses parâmetros é o artigo 5 o da Constituição Federal, que dispõe sobre os direitos e deveres individuais e coletivos dos residentes no país. Nesse artigo, determina-se que a)ninguém será submetido a tratamento desumano ou degradante. b)as mulheres, progressivamente, devem ter os mesmos direitos que os homens. c)se justifica o anonimato apenas para o esclarecimento de crimes ou danos ao patrimônio público. d)somente jornais e materiais de comunicação, previamente censurados, podem circular nos órgãos públicos. e)a segurança é o principal direito de todos.

públicos. e)a segurança é o principal direito de todos. 26- Um princípio do ensino consagrado no
públicos. e)a segurança é o principal direito de todos. 26- Um princípio do ensino consagrado no
públicos. e)a segurança é o principal direito de todos. 26- Um princípio do ensino consagrado no
públicos. e)a segurança é o principal direito de todos. 26- Um princípio do ensino consagrado no
públicos. e)a segurança é o principal direito de todos. 26- Um princípio do ensino consagrado no

26-Um princípio do ensino consagrado no artigo 206 da Constituição Federal é aquele que afirma a a)primazia das instituições públicas de ensino sobre as particulares para receber matrículas em qualquer região. b)gratuidade do ensino em todos os níveis. c)gestão democrática nas escolas. d)homogeneidade de ideias e concepções pedagógicas praticadas. e)garantia de um padrão de qualidade.

praticadas. e)garantia de um padrão de qualidade. 27- Segundo o artigo 5 o da Constituição da
praticadas. e)garantia de um padrão de qualidade. 27- Segundo o artigo 5 o da Constituição da
praticadas. e)garantia de um padrão de qualidade. 27- Segundo o artigo 5 o da Constituição da
praticadas. e)garantia de um padrão de qualidade. 27- Segundo o artigo 5 o da Constituição da
praticadas. e)garantia de um padrão de qualidade. 27- Segundo o artigo 5 o da Constituição da

27-Segundo o artigo 5 o da Constituição da República Federativa do Brasil, constitui um dos direitos invioláveis assegurados aos residentes no país a)a naturalização b)a discriminação. c)o banimento d)a igualdade e)a empregabilidade.

aos residentes no país a)a naturalização b)a discriminação. c)o banimento d)a igualdade e)a empregabilidade.
aos residentes no país a)a naturalização b)a discriminação. c)o banimento d)a igualdade e)a empregabilidade.
aos residentes no país a)a naturalização b)a discriminação. c)o banimento d)a igualdade e)a empregabilidade.
aos residentes no país a)a naturalização b)a discriminação. c)o banimento d)a igualdade e)a empregabilidade.
aos residentes no país a)a naturalização b)a discriminação. c)o banimento d)a igualdade e)a empregabilidade.

28-A atual Constituição Federal adota o Sistema de Tripartição de Poderes. A respeito desse tema, assinale a alternativa correta. a)Os Poderes da União são entre si independentes e harmônicos. b)Os Poderes da União são interdependentes e harmônicos entre si. c)Os Poderes da União são: o Executivo, o Legislativo e o Moderador. d)Os Poderes Executivo e Judiciário são autônomos e dependentes entre si. e)O Poder Executivo centraliza as decisões políticas e administrativas dos demais poderes.

decisões políticas e administrativas dos demais poderes. 29- Conforme o artigo 4 o , parágrafo único,
decisões políticas e administrativas dos demais poderes. 29- Conforme o artigo 4 o , parágrafo único,
decisões políticas e administrativas dos demais poderes. 29- Conforme o artigo 4 o , parágrafo único,
decisões políticas e administrativas dos demais poderes. 29- Conforme o artigo 4 o , parágrafo único,
decisões políticas e administrativas dos demais poderes. 29- Conforme o artigo 4 o , parágrafo único,

29-Conforme o artigo 4 o , parágrafo único, da Constituição Federal, a República Federativa do Brasil buscará a integração econômica a)com todos os países com os quais mantém relações diplomáticas, visando ao desenvolvimento do comércio internacional. b)e o intercâmbio comercial entre os países da Europa. c)e também política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações. e também cultural dos povos de todo o mundo, visando à formação de uma comunidade mais justa e solidária. e)e também política dos povos das Américas, visando ao pluralismo político e à cidadania.

Américas, visando ao pluralismo político e à cidadania. 30- Em relação aos direitos e garantias fundamentais,
Américas, visando ao pluralismo político e à cidadania. 30- Em relação aos direitos e garantias fundamentais,
Américas, visando ao pluralismo político e à cidadania. 30- Em relação aos direitos e garantias fundamentais,
Américas, visando ao pluralismo político e à cidadania. 30- Em relação aos direitos e garantias fundamentais,

30-Em relação aos direitos e garantias fundamentais, é correto afirmar que

a)a liberdade de consciência pode ser alegada para eximir-se de obrigação legal a todos imposta. b)a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas independem de autorização, sendo vedada a interferência estatal em seu funcionamento. c)é plena a liberdade de associações para quaisquer fins. d)é obrigatória a associação para que o indivíduo possa gozar dos direitos sociais. e)o Estado promoverá a defesa dos comerciantes, na forma da lei.

para que o indivíduo possa gozar dos direitos sociais. e)o Estado promoverá a defesa dos comerciantes,
para que o indivíduo possa gozar dos direitos sociais. e)o Estado promoverá a defesa dos comerciantes,
para que o indivíduo possa gozar dos direitos sociais. e)o Estado promoverá a defesa dos comerciantes,
para que o indivíduo possa gozar dos direitos sociais. e)o Estado promoverá a defesa dos comerciantes,
para que o indivíduo possa gozar dos direitos sociais. e)o Estado promoverá a defesa dos comerciantes,

31-Segundo o que prescreve a Constituição Federal, a liberdade de reunião está condicionada a)ao pagamento de taxas. b)ao pagamento de tributos estabelecidos pela autoridade policial competente. c)à situação política e administrativa da entidade representativa da categoria profissional. d)à autorização especial da autoridade competente que determinará hora e local para a reunião. e)ao prévio aviso à autoridade competente e desde que não frustre outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local.

outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local. 32- Nos termos da Constituição Federal, são gratuitas
outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local. 32- Nos termos da Constituição Federal, são gratuitas
outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local. 32- Nos termos da Constituição Federal, são gratuitas
outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local. 32- Nos termos da Constituição Federal, são gratuitas
outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local. 32- Nos termos da Constituição Federal, são gratuitas

32-Nos termos da Constituição Federal, são gratuitas as ações de a)Mandado de Segurança e atos necessários ao exercício da cidadania. b)Mandado de Segurança e Habeas Corpus. c)Mandado de Segurança Coletivo e Habeas Data.

Corpus . c)Mandado de Segurança Coletivo e Habeas Data . d) Habeas Corpus e Habeas Data.
Corpus . c)Mandado de Segurança Coletivo e Habeas Data . d) Habeas Corpus e Habeas Data.
Corpus . c)Mandado de Segurança Coletivo e Habeas Data . d) Habeas Corpus e Habeas Data.

d)Habeas Corpus e Habeas Data. Habeas Corpus e Habeas Data.

e)Mandado de Injunção e Ação Popular.Coletivo e Habeas Data . d) Habeas Corpus e Habeas Data. 33- Em relação ao que

33-Em relação ao que dispõe a Constituição Federal sobre a organização político-administrativa, assinale a alternativa correta. a)Os Estados e os Municípios poderão criar distinções entre brasileiros, de acordo com suas preferências e cargos a serem ocupados. b)É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios recusar fé aos documentos públicos. c)É vedada a incorporação de Municípios pelos Estados sem autorização da União. d)Os Territórios Federais integram os Estados nos quais estão localizados. e)A criação e o desmembramento de novos Municípios far-se-ão por medida provisória, após consulta prévia, mediante referendo, às populações envolvidas.

Municípios far-se-ão por medida provisória, após consulta prévia, mediante referendo, às populações envolvidas.
Municípios far-se-ão por medida provisória, após consulta prévia, mediante referendo, às populações envolvidas.
Municípios far-se-ão por medida provisória, após consulta prévia, mediante referendo, às populações envolvidas.
Municípios far-se-ão por medida provisória, após consulta prévia, mediante referendo, às populações envolvidas.
Municípios far-se-ão por medida provisória, após consulta prévia, mediante referendo, às populações envolvidas.

34-Conforme estabelece a Constituição Federal, o direito de greve do servidor público civil será exercido nos termos e nos limites definidos a)em Lei Específica. b)na própria Constituição Federal. c)na própria Constituição Estadual. d)na Lei Orgânica de cada Município. e)no regime jurídico único.

Orgânica de cada Município. e)no regime jurídico único. 35- Nos termos do que prescreve o artigo
Orgânica de cada Município. e)no regime jurídico único. 35- Nos termos do que prescreve o artigo
Orgânica de cada Município. e)no regime jurídico único. 35- Nos termos do que prescreve o artigo
Orgânica de cada Município. e)no regime jurídico único. 35- Nos termos do que prescreve o artigo
Orgânica de cada Município. e)no regime jurídico único. 35- Nos termos do que prescreve o artigo

35-Nos termos do que prescreve o artigo 37 da Constituição Federal, assinale a alternativa correta. a)Os cargos, empregos e funções públicas não são acessíveis aos estrangeiros. b)O prazo de validade do concurso público será de até três anos, prorrogáveis por duas vezes, por igual período. c)É garantido ao servidor público civil o direito à livre associação sindical. d)As funções de confiança serão exercidas por servidores ocupantes de cargo efetivo, ou função temporária. e)Os vencimentos dos cargos do Poder Executivo e do Poder Judiciário não poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Legislativo.

poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Legislativo. 36- A contratação por tempo determinado a)é admitida
poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Legislativo. 36- A contratação por tempo determinado a)é admitida
poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Legislativo. 36- A contratação por tempo determinado a)é admitida
poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Legislativo. 36- A contratação por tempo determinado a)é admitida
poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Legislativo. 36- A contratação por tempo determinado a)é admitida

36-A contratação por tempo determinado a)é admitida durante todo o período eleitoral. b)é admitida em todas as circunstâncias em que haja interesse público. c)depende da discricionariedade e vontade do administrador público. d)é admitida para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. e)não é admitida pela Constituição Federal.

para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. e)não é admitida pela Constituição Federal.
para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. e)não é admitida pela Constituição Federal.
para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. e)não é admitida pela Constituição Federal.
para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. e)não é admitida pela Constituição Federal.
para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. e)não é admitida pela Constituição Federal.

37-Ao Servidor Público da administração direta, autárquica e fundacional, no exercício de mandato eletivo, aplica-se a seguinte disposição correta e em conformidade com a Constituição Federal:

a)quando em mandato eletivo distrital, não poderá se afastar de seu cargo, emprego ou função. b)investido no mandato de Prefeito, será afastado do cargo, emprego ou função, devendo, obrigatoriamente, receber a remuneração do mandato eletivo. c)investido no mandato de Vereador, será obrigado a se afastar do seu cargo, emprego ou função, sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração. d)em qualquer caso que exija o afastamento para o exercício de mandato eletivo, seu tempo de serviço não será contado para os efeitos legais. e)para efeito de benefício previdenciário, no caso de afastamento, os valores serão determinados como se no exercício estivesse 38-O artigo 39 da Constituição Federal estabelece que a)a União e os Estados, ao fixarem os padrões de vencimento do sistema remuneratório, não levarão em conta os requisitos para a investidura do cargo. b)o Município deve adotar o mesmo plano de carreira estabelecido pelo Estado ao qual pertence. c)os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário publicarão anualmente os valores do subsídio e da remuneração dos cargos e empregos públicos. d)a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios instituirão, no âmbito de suas competências, regime jurídico diferenciado para os servidores das Autarquias. e)é vedado à União e ao Distrito Federal, ao fixarem os padrões de vencimento e demais componentes do sistema remuneratório, observar as peculiaridades de cada cargo. 39-O servidor público declarado estável poderá perder o cargo em virtude de

a)filiação sindical. b)processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa. c)sindicância baseada em verdade sabida.
b)processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa. a)filiação sindical. c)sindicância baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos.
c)sindicância baseada em verdade sabida. administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos.
d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.sindical. b)processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa. c)sindicância baseada em verdade sabida.

baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.
baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.
baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.
baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.
baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.
baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.
baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.
baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.
baseada em verdade sabida. d)participação em greve por quarenta dias consecutivos. e)extinção do cargo que ocupa.

40-Com base na Constituição Federal, possuirão cargo e estável no Poder Legislativo Municipal os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso público, após o prazo de a)um ano. b)dois anos. c)três anos. d)cinco anos. e)seis anos.

ano. b)dois anos. c)três anos. d)cinco anos. e)seis anos. 41- Nos termos da Constituição Federal, os
ano. b)dois anos. c)três anos. d)cinco anos. e)seis anos. 41- Nos termos da Constituição Federal, os
ano. b)dois anos. c)três anos. d)cinco anos. e)seis anos. 41- Nos termos da Constituição Federal, os
ano. b)dois anos. c)três anos. d)cinco anos. e)seis anos. 41- Nos termos da Constituição Federal, os
ano. b)dois anos. c)três anos. d)cinco anos. e)seis anos. 41- Nos termos da Constituição Federal, os

41-Nos termos da Constituição Federal, os tratados e convenções internacionais a)terão hierarquia infraconstitucional supralegal se versarem sobre direitos humanos ou não, e forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por dois terços dos votos dos respectivos membros. b)serão equivalentes às emendas constitucionais se versarem sobre direitos humanos e forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos dos respectivos membros. c)terão hierarquia infraconstitucional supralegal se versarem sobre direitos humanos e forem aprovados, pelo Congresso Nacional, em sessão conjunta, por três quintos dos votos dos respectivos membros. d)terão hierarquia infraconstitucional ordinária se versarem sobre direitos humanos e forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por dois terços dos votos dos respectivos membros. e)serão equivalentes às emendas constitucionais se versarem sobre direitos humanos ou não, e forem aprovados, pelo Congresso Nacional, em sessão conjunta, pela maioria absoluta dos seus membros

humanos ou não, e forem aprovados, pelo Congresso Nacional, em sessão conjunta, pela maioria absoluta dos
humanos ou não, e forem aprovados, pelo Congresso Nacional, em sessão conjunta, pela maioria absoluta dos
humanos ou não, e forem aprovados, pelo Congresso Nacional, em sessão conjunta, pela maioria absoluta dos
humanos ou não, e forem aprovados, pelo Congresso Nacional, em sessão conjunta, pela maioria absoluta dos
humanos ou não, e forem aprovados, pelo Congresso Nacional, em sessão conjunta, pela maioria absoluta dos

42-Levando-se em conta o que dispõe a Constituição Federal, assinale a alternativa correta. a)É inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual civil ou penal. b)É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, salvo censura ou licença. c)É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, sendo vedado à lei condicioná-lo a qualificações profissionais. d)As associações poderão ter suas atividades suspensas por decisão judicial, ainda que não transitada em julgado. e)É plena a liberdade de associação, inclusive a de caráter paramilitar, desde que para fins lícitos.

a de caráter paramilitar, desde que para fins lícitos. 43- Nos termos da Constituição Federal, é
a de caráter paramilitar, desde que para fins lícitos. 43- Nos termos da Constituição Federal, é
a de caráter paramilitar, desde que para fins lícitos. 43- Nos termos da Constituição Federal, é
a de caráter paramilitar, desde que para fins lícitos. 43- Nos termos da Constituição Federal, é
a de caráter paramilitar, desde que para fins lícitos. 43- Nos termos da Constituição Federal, é

43-Nos termos da Constituição Federal, é livre a associação profissional ou sindical, observado o seguinte:

a)é vedada a criação de mais de uma organização sindical, em qualquer grau, representativa de categoria profissional ou econômica, na mesma base territorial, que será definida pelos trabalhadores ou empregadores interessados, não podendo ser inferior à área de um Município. b)é obrigatória a participação dos sindicatos em processos disciplinares, na defesa de interesses coletivos ou individuais da categoria. c)ao sindicato, cabe a defesa dos direitos e interesses coletivos ou individuais da categoria, exceto em questões administrativas. d)é facultada a participação dos sindicatos nas negociações coletivas de trabalho. e)a autorização do Estado para a fundação de sindicato será dada nos termos legais, vedadas ao Poder Público a interferência e a intervenção na organização sindical.

será dada nos termos legais, vedadas ao Poder Público a interferência e a intervenção na organização
será dada nos termos legais, vedadas ao Poder Público a interferência e a intervenção na organização
será dada nos termos legais, vedadas ao Poder Público a interferência e a intervenção na organização
será dada nos termos legais, vedadas ao Poder Público a interferência e a intervenção na organização
será dada nos termos legais, vedadas ao Poder Público a interferência e a intervenção na organização

44-Paulo já era titular de cargo efetivo de professor na rede estadual de ensino quando foi aprovado em concurso público, para outro cargo de professor, em uma autarquia federal. Tendo em vista o que estabelece a Constituição Federal acerca da vedação de acumulação remunerada de cargos públicos, Paulo a)pode acumular os dois cargos de professor, desde que haja expressa concordância dos órgãos públicos envolvidos aos quais estará vinculado. b)pode acumular os dois cargos de professor, desde que observe jornada de trabalho não superior a quatro horas diárias em cada órgão público a que estará vinculado. c)pode acumular os dois cargos de professor, desde que haja compatibilidade de horários. d)não pode acumular os dois cargos de professor. e)pode acumular os dois cargos de professor, independentemente de haver compatibilidade de horários, uma vez que a proibição de acumular não se estende a autarquias

que a proibição de acumular não se estende a autarquias 46- Dentre os órgãos do Poder
que a proibição de acumular não se estende a autarquias 46- Dentre os órgãos do Poder
que a proibição de acumular não se estende a autarquias 46- Dentre os órgãos do Poder
que a proibição de acumular não se estende a autarquias 46- Dentre os órgãos do Poder
que a proibição de acumular não se estende a autarquias 46- Dentre os órgãos do Poder

46-Dentre os órgãos do Poder Judiciário, pode(m)-se citar:

a)o Superior Tribunal de Justiça Desportiva. b)os Tribunais e Juízes Militares. c)o Conselho de Defesa Nacional. d)o Tribunal de Contas da
b)os Tribunais e Juízes Militares. a)o Superior Tribunal de Justiça Desportiva. c)o Conselho de Defesa Nacional. d)o Tribunal de Contas da
c)o Conselho de Defesa Nacional. de Justiça Desportiva. b)os Tribunais e Juízes Militares. d)o Tribunal de Contas da União. e)o Ministério
d)o Tribunal de Contas da União. de Justiça Desportiva. b)os Tribunais e Juízes Militares. c)o Conselho de Defesa Nacional. e)o Ministério Público.
e)o Ministério Público.Desportiva. b)os Tribunais e Juízes Militares. c)o Conselho de Defesa Nacional. d)o Tribunal de Contas da

47-O Legislativo, o Executivo e o Judiciário são a)poderes governamentais. b)órgãos da Administração Pública. c)poderes da União. d)órgãos executores das políticas públicas estatais. e)órgãos soberanos do Estado.

Pública. c)poderes da União. d)órgãos executores das políticas públicas estatais. e)órgãos soberanos do Estado.
Pública. c)poderes da União. d)órgãos executores das políticas públicas estatais. e)órgãos soberanos do Estado.
Pública. c)poderes da União. d)órgãos executores das políticas públicas estatais. e)órgãos soberanos do Estado.
Pública. c)poderes da União. d)órgãos executores das políticas públicas estatais. e)órgãos soberanos do Estado.
Pública. c)poderes da União. d)órgãos executores das políticas públicas estatais. e)órgãos soberanos do Estado.

48-Todos são iguais perante a

natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos

País a

segurança e à propriedade.

,

sem distinção de qualquer residentes

do

direito à vida, à liberdade, à igualdade, à

Assinale a alternativa que contempla, correta e respectivamente, as lacunas do dispositivo constitucional. a)lei … cidadãos … imutabilidade b)legislação … estrangeiros … defesa c)constituição … asilados … defesa d)constituição … cidadãos … proteção e)lei … estrangeiros … inviolabilidade

… p roteção e)lei … estrangeiros … inviolabilidade 49- Conforme estabelece a Constituição Federal, a
… p roteção e)lei … estrangeiros … inviolabilidade 49- Conforme estabelece a Constituição Federal, a
… p roteção e)lei … estrangeiros … inviolabilidade 49- Conforme estabelece a Constituição Federal, a
… p roteção e)lei … estrangeiros … inviolabilidade 49- Conforme estabelece a Constituição Federal, a
… p roteção e)lei … estrangeiros … inviolabilidade 49- Conforme estabelece a Constituição Federal, a

49-Conforme estabelece a Constituição Federal, a competência para o julgamento dos crimes dolosos contra a vida é do a)juiz criminal de primeira instância. b)juizado especial criminal. c)juiz federal. d)júri. e)promotor de justiça.

criminal. c)juiz federal. d)júri. e)promotor de justiça. no 50- São tipos de penas vedadas pela Constituição
criminal. c)juiz federal. d)júri. e)promotor de justiça. no 50- São tipos de penas vedadas pela Constituição
criminal. c)juiz federal. d)júri. e)promotor de justiça. no 50- São tipos de penas vedadas pela Constituição
criminal. c)juiz federal. d)júri. e)promotor de justiça. no 50- São tipos de penas vedadas pela Constituição
criminal. c)juiz federal. d)júri. e)promotor de justiça. no 50- São tipos de penas vedadas pela Constituição

no

50-São tipos de penas vedadas pela Constituição da República:

a)de restrição da liberdade e de caráter perpétuo. b)punitivas e de interdição de direitos. c)de morte e de privação da liberdade. d)cruéis e
b)punitivas e de interdição de direitos. a)de restrição da liberdade e de caráter perpétuo. c)de morte e de privação da liberdade. d)cruéis
c)de morte e de privação da liberdade. perpétuo. b)punitivas e de interdição de direitos. d)cruéis e de perda de bens. e)de trabalhos forçados
d)cruéis e de perda de bens. e de interdição de direitos. c)de morte e de privação da liberdade. e)de trabalhos forçados e
e)de trabalhos forçados e de banimento.b)punitivas e de interdição de direitos. c)de morte e de privação da liberdade. d)cruéis e de

51-A proteção constitucional do direito de locomoção é garantido por meio do

a)habeas corpus. b) habeas data. habeas corpus.
a) habeas corpus. b) habeas data. b)habeas data.

c)mandado de segurança. d)ação civil pública. e)mandado de injunção.
d)ação civil pública. c)mandado de segurança. e)mandado de injunção.
e)mandado de injunção.c)mandado de segurança. d)ação civil pública.

52-Segundo a Carta Magna brasileira, a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas as nomeações para a)cargo de nível médio em secretarias municipais. b)emprego público na Administração Indireta. c)cargo do Poder Legislativo que não exija curso superior. d)cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração. e)cargo de provimento efetivo ou emprego público temporário.

de provimento efetivo ou emprego público temporário. 53- A vitaliciedade e a inamovibilidade são garantias a)de
de provimento efetivo ou emprego público temporário. 53- A vitaliciedade e a inamovibilidade são garantias a)de
de provimento efetivo ou emprego público temporário. 53- A vitaliciedade e a inamovibilidade são garantias a)de
de provimento efetivo ou emprego público temporário. 53- A vitaliciedade e a inamovibilidade são garantias a)de
de provimento efetivo ou emprego público temporário. 53- A vitaliciedade e a inamovibilidade são garantias a)de

53-A vitaliciedade e a inamovibilidade são garantias a)de todos os servidores públicos. b)dos juízes e promotores. c)dos servidores do Poder Judiciário. d)dos policiais civis e militares. e)dos ocupantes de cargos essenciais à justiça.

militares. e)dos ocupantes de cargos essenciais à justiça. 54- Nos termos do que estabelece a Constituição
militares. e)dos ocupantes de cargos essenciais à justiça. 54- Nos termos do que estabelece a Constituição
militares. e)dos ocupantes de cargos essenciais à justiça. 54- Nos termos do que estabelece a Constituição
militares. e)dos ocupantes de cargos essenciais à justiça. 54- Nos termos do que estabelece a Constituição
militares. e)dos ocupantes de cargos essenciais à justiça. 54- Nos termos do que estabelece a Constituição

54-Nos termos do que estabelece a Constituição Federal, exercer o controle externo da atividade policial é uma função institucional a)da Corregedoria da Polícia. b)da Defensoria Pública. c)da Magistratura. d)da Procuradoria do Estado.

institucional a)da Corregedoria da Polícia. b)da Defensoria Pública. c)da Magistratura. d)da Procuradoria do Estado.
institucional a)da Corregedoria da Polícia. b)da Defensoria Pública. c)da Magistratura. d)da Procuradoria do Estado.
institucional a)da Corregedoria da Polícia. b)da Defensoria Pública. c)da Magistratura. d)da Procuradoria do Estado.
institucional a)da Corregedoria da Polícia. b)da Defensoria Pública. c)da Magistratura. d)da Procuradoria do Estado.
e)do Ministério Público. 55- Sobre os tribunais e juízes dos Estados, é correto afirmar que

e)do Ministério Público.

55-Sobre os tribunais e juízes dos Estados, é correto afirmar que a)a competência dos tribunais será definida na Constituição Federal. b)a lei de organização judiciária é de iniciativa do governador do Estado. c)para dirimir conflitos fundiários, o Tribunal de Justiça proporá a criação de varas especializadas, com competência exclusiva para questões agrárias. d)compete à Justiça criminal estadual processar e julgar os militares dos Estados nos crimes militares definidos em lei. e)o Tribunal de Justiça deverá funcionar centralizadamente para facilitar o jurisdicionado.

funcionar centralizadamente para facilitar o jurisdicionado. 56- A idade mínima para alguém candidatar-se a Presidente
funcionar centralizadamente para facilitar o jurisdicionado. 56- A idade mínima para alguém candidatar-se a Presidente
funcionar centralizadamente para facilitar o jurisdicionado. 56- A idade mínima para alguém candidatar-se a Presidente
funcionar centralizadamente para facilitar o jurisdicionado. 56- A idade mínima para alguém candidatar-se a Presidente
funcionar centralizadamente para facilitar o jurisdicionado. 56- A idade mínima para alguém candidatar-se a Presidente

56-A idade mínima para alguém candidatar-se a Presidente e Vice- Presidente da República e Senador é de a)35 anos. b)30 anos. c)25 anos. d)40 anos. e)21 anos.

de a)35 anos. b)30 anos. c)25 anos. d)40 anos. e)21 anos. 57- Prevê a Constituição Federal
de a)35 anos. b)30 anos. c)25 anos. d)40 anos. e)21 anos. 57- Prevê a Constituição Federal
de a)35 anos. b)30 anos. c)25 anos. d)40 anos. e)21 anos. 57- Prevê a Constituição Federal
de a)35 anos. b)30 anos. c)25 anos. d)40 anos. e)21 anos. 57- Prevê a Constituição Federal
de a)35 anos. b)30 anos. c)25 anos. d)40 anos. e)21 anos. 57- Prevê a Constituição Federal

57-Prevê a Constituição Federal de 1988 que é privativo de brasileiro nato o cargo de a)Presidente da República. b)Governador do Estado. c)Deputado Federal. d)Senador Federal. e)Ministro da Justiça.

de a)Presidente da República. b)Governador do Estado. c)Deputado Federal. d)Senador Federal. e)Ministro da Justiça.
de a)Presidente da República. b)Governador do Estado. c)Deputado Federal. d)Senador Federal. e)Ministro da Justiça.
de a)Presidente da República. b)Governador do Estado. c)Deputado Federal. d)Senador Federal. e)Ministro da Justiça.
de a)Presidente da República. b)Governador do Estado. c)Deputado Federal. d)Senador Federal. e)Ministro da Justiça.
de a)Presidente da República. b)Governador do Estado. c)Deputado Federal. d)Senador Federal. e)Ministro da Justiça.

58-Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis a)exclusivamente mediante investidura efetiva. b)aos brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei. c)a pessoas com deficiência, sem reserva de percentual de cargos. d)exclusivamente mediante investidura em comissão. e)mediante concurso público, que valerá pelo prazo de 5 (cinco) anos.

concurso público, que valerá pelo prazo de 5 (cinco) anos. 59- Prevê o artigo 144 da
concurso público, que valerá pelo prazo de 5 (cinco) anos. 59- Prevê o artigo 144 da
concurso público, que valerá pelo prazo de 5 (cinco) anos. 59- Prevê o artigo 144 da
concurso público, que valerá pelo prazo de 5 (cinco) anos. 59- Prevê o artigo 144 da
concurso público, que valerá pelo prazo de 5 (cinco) anos. 59- Prevê o artigo 144 da

59-Prevê o artigo 144 da Constituição Federal que a segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a)servir de força auxiliar e reserva do Exército. b)a obtenção da pacificação dos conflitos sociais. c)reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins. d)prevenir o contrabando e o descaminho. e)a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. 60- Estado Democrático de Direito é um
pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. 60- Estado Democrático de Direito é um
pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. 60- Estado Democrático de Direito é um
pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. 60- Estado Democrático de Direito é um
pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. 60- Estado Democrático de Direito é um

60-Estado Democrático de Direito é um sistema institucional a)em que o poder político não possui limites previstos em lei. b)em que há previsão e proteção aos direitos fundamentais. c)em que é necessário que as leis sejam em forma de código. d)que independe do respeito à dignidade da pessoa humana. e)em que votam somente as pessoas que possuem nível superior.

d)que independe do respeito à dignidade da pessoa humana. e)em que votam somente as pessoas que
d)que independe do respeito à dignidade da pessoa humana. e)em que votam somente as pessoas que
d)que independe do respeito à dignidade da pessoa humana. e)em que votam somente as pessoas que
d)que independe do respeito à dignidade da pessoa humana. e)em que votam somente as pessoas que
d)que independe do respeito à dignidade da pessoa humana. e)em que votam somente as pessoas que

61-Considerando os princípios fundamentais da Constituição Federal brasileira, assinale a alternativa correta. a)A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações b)A Federação brasileira constitui-se em um Estado democrático de Direito e é formada pela união indissolúvel do Exército, da Marinha e da Aeronáutica c)Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, entre outros, o repúdio ao terrorismo e ao racismo e a cooperação entre os povos para o progresso da humanidade d)Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos diretamente nos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. e)O pluralismo político e a independência nacional, entre outros, são princípios que regem as relações internacionais da República Federativa brasileira.

internacionais da República Federativa brasileira. 62- Sobre os direitos fundamentais previstos no texto
internacionais da República Federativa brasileira. 62- Sobre os direitos fundamentais previstos no texto
internacionais da República Federativa brasileira. 62- Sobre os direitos fundamentais previstos no texto