Sei sulla pagina 1di 44
Manual ST10 - TEC Descrição Conteúdo –ST10 TEC - Individual Instalando o software Configuração da

Manual ST10 - TEC

Descrição Conteúdo –ST10 TEC - Individual Instalando o software Configuração da porta de comunicação (Porta Com) Como renomear uma porta Ajuste da velocidade Ler e salvar um arquivo Gravar um arquivo IAW 4AF – Gasolina - Fiat Boot IAW 4AF IAW 4AF – Flex - Fiat Boot IAW 4AF 4SF – 4DF - Fiat Boot IAW 4SF IAW 4SV – Gol Power - Gasolina Boot IAW 4SV Ligação nos pinos da central IAW 4SV IAW 4BV – Kombi – Fox – Gol Boot IAW 4BV Ligação nos pinos da central IAW 4BV IAW 4AVP - VW Boot IAW 4AVP Me 7.5.20 – Fox – Gol Boot Me 7.5.20 Ligação nos pinos da central Me 7.5.20 Me 7.5.30 – Fox – Gol Boot Me 7.5.30 Ligação nos pinos da central Me 7.5.30 IAW 4AFR - Ford Boot IAW 4AFR IAW 4CFR – Eco Sport - Fiesta Boot IAW 4CFR Ligação nos pinos da central IAW 4CFR IAW 6LP1 – Peugeot - Citroen Boot IAW 6LP1 – Modelo 1 Ligação nos pinos da central IAW 6LP1 Boot IAW 6LP1 – Modelo 2

2

2

3

6

12

15

17

20

23 23 24 24 25 25 28 28 29 30 30 32 33 33 34
23
23
24
24
25
25
28
28
29
30
30
32
33
33
34
34
35
36
36
37
38

38

39

39

40

41

41

42

43

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-73886 12 15 17 20 23 23 24 24 25 25 28 28 29 30 30

1

Manual ST10 - TEC Descrição Gravador e leitor dos processadores da Família ST10:   FIAT

Manual ST10 - TEC

Descrição

Gravador e leitor dos processadores da Família ST10:

 

FIAT

Processador

Sistema

Função

ST10 F280

IAW 4SF

Resete do imo;

Tele carregamento.

ST10 F168

IAW 4AF - Gasolina

Tele carregamento

ST10 F269

IAW 4AF - Flex

Tele carregamento

ST10 F280

IAW 4CF

Tele carregamento

VW Processador Sistema Função ST10 F280 IAW 4SV  Tele carregamento ST10 F280 IAW 4BV
VW
Processador
Sistema
Função
ST10 F280
IAW 4SV
 Tele carregamento
ST10 F280
IAW 4BV
 Tele carregamento
ST10F275
Me 7.5.20
 Tele carregamento
ST10 F275
Me 7.5.30
 Tele carregamento
Ford
Processador
Sistema
Função
ST10 F269
IAW 4AFR (Ford)
 Tele carregamento
ST10 F280
IAW 4CFR (Ford)
 Tele carregamento
Peugeot - Citroen
Processador
Sistema
Função
ST10 F280
IAW 6LP1
 Resete do imo;
 Tele carregamento.
ST10 F280
IAW 6LP2
 Resete do imo;
 Tele carregamento.

Conteúdo –ST10 TEC - Individual

01 ST – TEC;

01 Fonte 12V x 200mA;

Manual do usuário

01 Cd, contendo:

o

Software ST 2.3 – Traduzido em Português;

o

Arquivos de resete e tele carregamento.

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 01 Cd, contendo: o Software ST 2.3 – Traduzido em Português; o Arquivos de resete

2

Manual ST10 - TEC Instalando o software  Abrir o conteúdo do CD;  Copiar

Manual ST10 - TEC

Instalando o software

Abrir o conteúdo do CD;

Copiar a pasta “CD ST10TEC_2011” para o disco local (C);

 Abrir a pasta “CD ST10TEC_2011”;
 Abrir a pasta “CD ST10TEC_2011”;

Abrir a pasta “st10 Tecnocar_Portugues_seven”;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388o disco local (C);  Abrir a pasta “CD ST10TEC_2011”;  Abrir a pasta “ st10

3

Manual ST10 - TEC  Abrir a pasta “ST10TEC 2.3”;  Selecionar a pasta “

Manual ST10 - TEC

 Abrir a pasta “ST10TEC 2.3”;
 Abrir a pasta “ST10TEC 2.3”;

Selecionar a pasta “ST10 2.3_Tecnocar_Português.exe” e criar atalho na área de trabalho;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388“ST10TEC 2.3”;  Selecionar a pasta “ ST10 2.3_Tecnocar_Português.exe ” e criar atalho na área de

4

Manual ST10 - TEC Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388

Manual ST10 - TEC

Manual ST10 - TEC Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 5

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC 5

5

Manual ST10 - TEC Configuração da porta de comunicação (Porta Com) Quando de usa um

Manual ST10 - TEC

Configuração da porta de comunicação (Porta Com)

Quando de usa um conversor de “Serial para USB”, deve-se configurar (acertar) a saída USB que será utilizada.

IMPORTANTE Todo conversor serial/USB, para funcionar corretamente precisa que seja instalado os drives de comunicação. Acompanha o conversor um CD de instalação.

Quando abrir o software e o led “Com port” estiver verde, significa que o programa reconheceu o conversor. Caso estiver vermelho o conversor não foi reconhecido.

Conversor reconhecido

o conversor não foi reconhecido. Conversor reconhecido Conversor não reconhecido Verificação da porta de
Conversor não reconhecido Verificação da porta de comunicação  Clicar em Iniciar” (1);  Clicar
Conversor não reconhecido
Verificação da porta de comunicação
 Clicar em Iniciar” (1);
 Clicar em “Painel de Controle” (2);
2
1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388da porta de comunicação  Clicar em Iniciar” (1);  Clicar em “Painel de Controle” (2);

6

 Clicar em “Sistema”; Manual ST10 - TEC  Clicar em “Gerenciador de Dispositivos”; Rua

Clicar em “Sistema”;

Manual ST10 - TEC

 Clicar em “Gerenciador de Dispositivos”;
 Clicar em “Gerenciador de Dispositivos”;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 Clicar em “Sistema”; Manual ST10 - TEC  Clicar em “Gerenciador de Dispositivos”; 7

7

Manual ST10 - TEC  Clicar em “Portas (COM e LPT);  No exemplo mostra

Manual ST10 - TEC

Clicar em “Portas (COM e LPT);

 No exemplo mostra que o conversor está ligado na porta “Com1’;
 No exemplo mostra que o conversor está ligado na porta “Com1’;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ST10 - TEC  Clicar em “Portas (COM e LPT);  No exemplo mostra que o

8

Manual ST10 - TEC  Abrir o software “ ST10 2.3_Tecnocar_Português ”;  Clicar em

Manual ST10 - TEC

Abrir o software “ST10 2.3_Tecnocar_Português”;

Clicar em “Porta Com’;

 Selecionar “Com 1;  Clicar em “Initialize Port” (Note que a porta será reconhecida);
 Selecionar “Com 1;
 Clicar em “Initialize Port” (Note que a porta será reconhecida);
 Clicar em “Save as Default”;

Clicar em “Aplly”;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Port” (Note que a porta será reconhecida);  Clicar em “Save as Default”;  Clicar em

9

Manual ST10 - TEC  Pronto a porta está configurada. Rua Cel. Domingos Soares, 1077-

Manual ST10 - TEC

 Pronto a porta está configurada.
 Pronto a porta está configurada.

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC  Pronto a porta está configurada. 10

10

Manual ST10 - TEC Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388

Manual ST10 - TEC

Manual ST10 - TEC Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 11

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC 11

11

Manual ST10 - TEC Como renomear uma porta É comum os Notebooks virem com as

Manual ST10 - TEC

Como renomear uma porta

É comum os Notebooks virem com as portas USB como, Com 18, Com 19 e assim por diante. E o sistema ST10 só reconhece as “Com 1, 2, 3 e 4”.

Quando isso acontecer deve-se renomear a porta, para que se consiga comunicar.

Na Caixa de Diálogo, “Gerenciador de Dispositivos” dar “Duplo Clique” em “Prolific USB-to Serial Comm Port (COM20);

 Clicar em “Configuração de Porta”;
 Clicar em “Configuração de Porta”;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388dar “ Duplo Clique ” em “ Prolific USB-to Serial Comm Port (COM20) ;  Clicar

12

Manual ST10 - TEC  Clicar em “Avançado”;  Clicar em “Número da porta COM”

Manual ST10 - TEC

 Clicar em “Avançado”;
 Clicar em “Avançado”;

Clicar em “Número da porta COM” (1);

Selecionar a porta COM 1, 2, 3 ou 4, a qual estiver disponível. Neste caso COM 1 (2);

Clicar em “OK”;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 Selecionar a porta COM 1, 2, 3 ou 4, a qual estiver disponível. Neste caso

13

Manual ST10 - TEC  A porta está renomeada como “COM1”; Rua Cel. Domingos Soares,

Manual ST10 - TEC

 A porta está renomeada como “COM1”;
 A porta está renomeada como “COM1”;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC  A porta está renomeada como “COM1”; 14

14

Manual ST10 - TEC Ajuste da velocidade Para uma leitura e gravação no menor tempo,

Manual ST10 - TEC

Ajuste da velocidade

Para uma leitura e gravação no menor tempo, deve-se ajustar a velocidade em 115200, ou a maior que o sistema permitir, pois, ao comunicar o programador com a ECU, pela primeira vez, ele é pré-ajustado em 9600.

Abrir o software;

É necessário que o software esteja comunicando com a ECU, caso contrário, essa função não é liberada.

com a ECU, caso contrário, essa função não é liberada.  Clicar em “ Porta Com

Clicar em “Porta Com”;

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388esteja comunicando com a ECU, caso contrário, essa função não é liberada.  Clicar em “

15

Manual ST10 - TEC  Selecionar a velocidade “115200”;  Clicar em “Save as default”;

Manual ST10 - TEC

 Selecionar a velocidade “115200”;  Clicar em “Save as default”;  Clicar em “Apply”;
 Selecionar a velocidade “115200”;
 Clicar em “Save as default”;
 Clicar em “Apply”;
 Pronto, a velocidade está configurada.

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 Clicar em “Save as default”;  Clicar em “Apply”;  Pronto, a velocidade está configurada.

16

Manual ST10 - TEC Ler e salvar um arquivo  Fazer Boot;  Ligar o

Manual ST10 - TEC

Ler e salvar um arquivo

Fazer Boot;

Ligar o conector DB9 à porta serial do PC;

Ou ligar o conector DB9 à um conversor de Serial para USB. (Caso se queira utilizar uma porta USB;

Ligar pinos do ST – TEC, conforme esquema da ECU que se queira “Ler / Gravar”:

Alimentar interface (led vermelho aceso) para Interface Individual;

Ou ligar linha 30 e 15, para Simulador ECU TEC 20100;

Abrir software;

30 e 15, para Simulador ECU TEC 20100;  Abrir software;  Verificar conexões (Verdes -

Verificar conexões (Verdes - OK)

 Abrir software;  Verificar conexões (Verdes - OK)  Clicar em “Ler” Rua Cel. Domingos

Clicar em “Ler”

Verificar conexões (Verdes - OK)  Clicar em “Ler” Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba –

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-738815, para Simulador ECU TEC 20100;  Abrir software;  Verificar conexões (Verdes - OK) 

17

 Abrirá a janela abaixo; Manual ST10 - TEC 2 1 3  Clicar em

Abrirá a janela abaixo;

Manual ST10 - TEC

2 1 3  Clicar em “Todos” Para selecionar todos os blocos e ler o
2
1
3
 Clicar em “Todos”
Para selecionar todos os blocos e ler o arquivo inteiro;

Determinar local onde será salvo o arquivo lido;

 Determinar local onde será salvo o arquivo lido;  Clicar em “Ler” , para ler

Clicar em “Ler”

onde será salvo o arquivo lido;  Clicar em “Ler” , para ler e salvar o

, para ler e salvar o arquivo do processador.

Quando for completado o processo, irá aparecer

 Quando for completado o processo, irá aparecer Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Clicar em “Ler” , para ler e salvar o arquivo do processador.  Quando for completado

18

Manual ST10 - TEC Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388

Manual ST10 - TEC

Manual ST10 - TEC Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 19

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC 19

19

Gravar um arquivo Manual ST10 - TEC  Fazer Boot;  Ligar o conector DB9

Gravar um arquivo

Manual ST10 - TEC

Fazer Boot;

Ligar o conector DB9 à porta serial do PC;

Ou ligar o conector DB9 à um conversor de Serial para USB. (Caso se queira utilizar uma porta USB;

Ligar pinos do ST – TEC, conforme esquema da ECU que se queira “Ler / Gravar”:

Alimentar interface (led vermelho aceso) para Interface Individual;

Ou ligar linha 30 e 15, para Simulador ECU TEC 20100;

Abrir software;

30 e 15, para Simulador ECU TEC 20100;  Abrir software;  Verificar conexões (Verdes -

Verificar conexões (Verdes - OK)

 Abrir software;  Verificar conexões (Verdes - OK) Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba –

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 Ou ligar linha 30 e 15, para Simulador ECU TEC 20100;  Abrir software; 

20

Manual ST10 - TEC  Clicar em “ Abrir Arquivo ”, para buscar o arquivo

Manual ST10 - TEC

Clicar em “Abrir Arquivo”, para buscar o arquivo a ser gravado;

“ Abrir Arquivo ”, para buscar o arquivo a ser gravado;  Seleciona o arquivo a

Seleciona o arquivo a ser gravado;

Clicar em “Ok”;

Abrirá a janela abaixo, mostrando o arquivo aberto;

 Abrirá a janela abaixo, mostrando o arquivo aberto; ;  Deixar a opção “ Auto
;
;

Deixar a opção “Auto Apaga” assinalado

Clicar em “Gravar Arquivo

Apaga ” assinalado  Clicar em “ Gravar Arquivo ” Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388mostrando o arquivo aberto; ;  Deixar a opção “ Auto Apaga ” assinalado  Clicar

21

Manual ST10 - TEC Quando for completado o processo, irá aparecer  O arquivo está

Manual ST10 - TEC

Quando for completado o processo, irá aparecer

ST10 - TEC Quando for completado o processo, irá aparecer  O arquivo está gravado. Rua
 O arquivo está gravado.
 O arquivo está gravado.

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC Quando for completado o processo, irá aparecer  O arquivo está gravado.

22

Manual ST10 - TEC IAW 4AF – Gasolina - Fiat Boot IAW 4AF Material 

Manual ST10 - TEC

IAW 4AF – Gasolina - Fiat

Boot IAW 4AF

Material

1 resistor de 100 Ohms.

Ligação nos pinos da central 4AF
Ligação nos pinos da central 4AF

Pino ECU

Função

ST10

ST10

Separado

Simulador

27 ou 28

Massa

Pr

Pr

29

Positivo

Vm

15

47

Positivo

Vm

15

25

Linha K

Am

D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ou 28 Massa Pr Pr 29 Positivo Vm 15 47 Positivo Vm 15 25 Linha K

23

Manual ST10 - TEC IAW 4AF – Flex - Fiat Boot IAW 4AF O Boot

Manual ST10 - TEC

IAW 4AF – Flex - Fiat

Boot IAW 4AF

O Boot é necessário para que o processador libere a leitura e gravação.

Material

1 resistores de 100 Ohms.

Ligação nos pinos da central 4AF Pino ECU Função ST10 ST10 Separado Simulador 27 ou
Ligação nos pinos da central 4AF
Pino ECU
Função
ST10
ST10
Separado
Simulador
27 ou 28
Massa
Pr
Pr
29
Positivo
Vm
15
47
Positivo
Vm
15
25
Linha K
Am
D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ST10 Separado Simulador 27 ou 28 Massa Pr Pr 29 Positivo Vm 15 47 Positivo Vm

24

4SF – 4DF - Fiat Boot IAW 4SF Material Manual ST10 - TEC  2

4SF – 4DF - Fiat

Boot IAW 4SF

Material

Manual ST10 - TEC

2 resistores de 100 Ohms.

R1 R2
R1
R2

R1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-73884SF – 4DF - Fiat Boot IAW 4SF Material Manual ST10 - TEC  2 resistores

25

Manual ST10 - TEC R2 Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41)

Manual ST10 - TEC

R2
R2

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC R2 26

26

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central 4SF – 4DF Pino ECU Função

Manual ST10 - TEC

Ligação nos pinos da central 4SF – 4DF

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central 4SF – 4DF Pino ECU Função ST10
Pino ECU Função ST10 ST10 Separado Simulador 1 Massa Pr Pr 28 Positivo Vm 15
Pino ECU
Função
ST10
ST10
Separado
Simulador
1
Massa
Pr
Pr
28
Positivo
Vm
15
38
Positivo
Vm
15
46
Linha K
Am
D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ST10 ST10 Separado Simulador 1 Massa Pr Pr 28 Positivo Vm 15 38 Positivo Vm 15

27

Manual ST10 - TEC IAW 4SV – Gol Power - Gasolina Utilizado quando existe falha

Manual ST10 - TEC

IAW 4SV – Gol Power - Gasolina

Utilizado quando existe falha no conteúdo do software.

Falha de aceleração;

Falha na partida a frio.

Boot IAW 4SV

R1 = 100 Ohms R2 = 100 Ohms

R1

partida a frio. Boot IAW 4SV R1 = 100 Ohms R2 = 100 Ohms R1 Rua

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388do software.  Falha de aceleração;  Falha na partida a frio. Boot IAW 4SV R1

28

Manual ST10 - TEC R2 Ligação nos pinos da central IAW 4SV Pino ECU Função

Manual ST10 - TEC

R2

Ligação nos pinos da central IAW 4SV
Ligação nos pinos da central IAW 4SV

Pino ECU

Função

ST10

ST10

Separado

Simulador

1 ou 2

Massa

Pr

Pr

3

Positivo

Vm

15

4

Positivo

Vm

15

43

Linha K

Am

D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-73881 ou 2 Massa Pr Pr 3 Positivo Vm 15 4 Positivo Vm 15 43 Linha

29

Manual ST10 - TEC IAW 4BV – Kombi – Fox – Gol Podemos ler e

Manual ST10 - TEC

IAW 4BV – Kombi – Fox – Gol

Podemos ler e gravar o software do processador.

Muito utilizado quando existe falha no conteúdo do software.

Falha de aceleração;

Falha na partida a frio.

Boot IAW 4BV

Resistores R1 = 100 Ohms R2 = 470 Ohms

R1 – 100 Ohms
R1 – 100 Ohms

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388de aceleração;  Falha na partida a frio. Boot IAW 4BV Resistores R1 = 100 Ohms

30

Manual ST10 - TEC R2 – 470 Ohms Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba –

Manual ST10 - TEC

R2 – 470 Ohms
R2 – 470 Ohms

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC R2 – 470 Ohms 31

31

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central IAW 4BV Pino ECU Função ST10

Manual ST10 - TEC

Ligação nos pinos da central IAW 4BV

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central IAW 4BV Pino ECU Função ST10 ST10
Pino ECU Função ST10 ST10 Separado Simulador 27 Massa Pr Pr 29 ou 30 Positivo
Pino ECU
Função
ST10
ST10
Separado
Simulador
27
Massa
Pr
Pr
29 ou 30
Positivo
Vm
15
1
Positivo
Vm
15
41
Linha K
Am
D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ST10 Separado Simulador 27 Massa Pr Pr 29 ou 30 Positivo Vm 15 1 Positivo Vm

32

IAW 4AVP - VW Boot IAW 4AVP Material  1 resistor de 100 Ohms. Manual

IAW 4AVP - VW

Boot IAW 4AVP

Material

1 resistor de 100 Ohms.

Manual ST10 - TEC

Ligação nos pinos da central 4AVP
Ligação nos pinos da central 4AVP

Pino ECU

Função

ST10

ST10

Separado

Simulador

27 ou 28

Massa

Pr

Pr

29

Positivo

Vm

15

47

Positivo

Vm

15

25

Linha K

Am

D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ou 28 Massa Pr Pr 29 Positivo Vm 15 47 Positivo Vm 15 25 Linha K

33

Manual ST10 - TEC Me 7.5.20 – Fox – Gol Utilizado quando existe falha no

Manual ST10 - TEC

Me 7.5.20 – Fox – Gol

Utilizado quando existe falha no conteúdo do software.

Falha de aceleração;

Falha na partida a frio.

Boot Me 7.5.20

Resistores R1 = 100 Ohms R2 = 100 Ohms

R1

R2
R2

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 Falha de aceleração;  Falha na partida a frio. Boot Me 7.5.20 Resistores R1 =

34

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central Me 7.5.20 Pino ECU Função ST10

Manual ST10 - TEC

Ligação nos pinos da central Me 7.5.20

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central Me 7.5.20 Pino ECU Função ST10 ST10
Pino ECU Função ST10 ST10 Separado Simulador 2 ou 28 Massa Pr Pr 15 Positivo
Pino ECU
Função
ST10
ST10
Separado
Simulador
2 ou 28
Massa
Pr
Pr
15
Positivo
Vm
15
27
Positivo
Vm
15
29
Linha K
Am
D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ST10 Separado Simulador 2 ou 28 Massa Pr Pr 15 Positivo Vm 15 27 Positivo Vm

35

Manual ST10 - TEC Me 7.5.30 – Fox – Gol Utilizado quando existe falha no

Manual ST10 - TEC

Me 7.5.30 – Fox – Gol

Utilizado quando existe falha no conteúdo do software.

Falha de aceleração;

Falha na partida a frio.

Boot Me 7.5.30

Resistores R1 = 100 Ohms R2 = 100 Ohms

frio. Boot Me 7.5.30 Resistores R1 = 100 Ohms R2 = 100 Ohms Rua Cel. Domingos

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388 Falha de aceleração;  Falha na partida a frio. Boot Me 7.5.30 Resistores R1 =

36

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central Me 7.5.30 Pino ECU Função ST10

Manual ST10 - TEC

Ligação nos pinos da central Me 7.5.30

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central Me 7.5.30 Pino ECU Função ST10 ST10
Pino ECU Função ST10 ST10 Separado Simulador 28 Massa Pr Pr 15 Positivo Vm 15
Pino ECU
Função
ST10
ST10
Separado
Simulador
28
Massa
Pr
Pr
15
Positivo
Vm
15
4
Positivo
Vm
15
29
Linha K
Am
D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ST10 ST10 Separado Simulador 28 Massa Pr Pr 15 Positivo Vm 15 4 Positivo Vm 15

37

IAW 4AFR - Ford Boot IAW 4AFR Manual ST10 - TEC O Boot é necessário

IAW 4AFR - Ford

Boot IAW 4AFR

Manual ST10 - TEC

O Boot é necessário para que o processador libere a leitura e gravação.

Material

1 resistor de 100 Ohms.

Ligação nos pinos da central 4AFR
Ligação nos pinos da central 4AFR

Pino ECU

Função

ST10

ST10

Separado

Simulador

27 ou 28

Massa

Pr

Pr

29

Positivo

Vm

15

47

Positivo

Vm

15

25

Linha K

Am

D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ou 28 Massa Pr Pr 29 Positivo Vm 15 47 Positivo Vm 15 25 Linha K

38

Manual ST10 - TEC IAW 4CFR – Eco Sport - Fiesta  Falha de aceleração;

Manual ST10 - TEC

IAW 4CFR – Eco Sport - Fiesta

Falha de aceleração;

Falha na partida a frio.

Boot IAW 4CFR

Resistor = R1 = 100 Ohms

na partida a frio. Boot IAW 4CFR Resistor = R1 = 100 Ohms Rua Cel. Domingos
na partida a frio. Boot IAW 4CFR Resistor = R1 = 100 Ohms Rua Cel. Domingos

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388– Eco Sport - Fiesta  Falha de aceleração;  Falha na partida a frio. Boot

39

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central IAW 4CFR Pino ECU Função ST10

Manual ST10 - TEC

Ligação nos pinos da central IAW 4CFR

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central IAW 4CFR Pino ECU Função ST10 ST10
Pino ECU Função ST10 ST10 Separado Simulador 27 Massa Pr Pr 29 Positivo Vm 15
Pino ECU
Função
ST10
ST10
Separado
Simulador
27
Massa
Pr
Pr
29
Positivo
Vm
15
47
Positivo
Vm
15
25
Linha K
Am
D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388ST10 ST10 Separado Simulador 27 Massa Pr Pr 29 Positivo Vm 15 47 Positivo Vm 15

40

Manual ST10 - TEC IAW 6LP1 – Peugeot - Citroen  Falha de aceleração; 

Manual ST10 - TEC

IAW 6LP1 – Peugeot - Citroen

Falha de aceleração;

Falha na partida a frio.

Imobilizador (Resete da ECU).

Boot IAW 6LP1 – Modelo 1

Resistores R1 = 560 Ohms R2 = 560 Ohms

R1 e R2 – 560 Ohms
R1 e R2 – 560 Ohms

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Imobilizador (Resete da ECU). Boot IAW 6LP1 – Modelo 1 Resistores R1 = 560 Ohms R2

41

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central IAW 6LP1 Pino ECU Função ST10

Manual ST10 - TEC

Ligação nos pinos da central IAW 6LP1

Manual ST10 - TEC Ligação nos pinos da central IAW 6LP1 Pino ECU Função ST10 ST10
Pino ECU Função ST10 ST10 Separado Simulador C – H1 Massa Pr Pr B –
Pino ECU
Função
ST10
ST10
Separado
Simulador
C
– H1
Massa
Pr
Pr
B
– G4
Positivo
Vm
15
A
– H4
Positivo
Vm
15
C
– B1
Linha K
Am
D1

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388C – H1 Massa Pr Pr B – G4 Positivo Vm 15 A – H4 Positivo

42

Manual ST10 - TEC Boot IAW 6LP1 – Modelo 2 Resistores R1 = 560 Ohms

Manual ST10 - TEC

Boot IAW 6LP1 – Modelo 2

Resistores R1 = 560 Ohms R2 = 560 Ohms

IAW 6LP1 – Modelo 2 Resistores R1 = 560 Ohms R2 = 560 Ohms Rua Cel.

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC Boot IAW 6LP1 – Modelo 2 Resistores R1 = 560 Ohms R2

43

Manual ST10 - TEC 560R 560R Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr –

Manual ST10 - TEC

560R 560R
560R
560R

Rua Cel. Domingos Soares, 1077- Curitiba – Pr – (41) 3354-7388Manual ST10 - TEC 560R 560R 44

44