Sei sulla pagina 1di 7

SOBRE O INSTITUTO B~BLICOBATISTA

"A qualidade da adoração no culto não se baseia em quanta5 pessoas Iwantam as m5os ou
dançam, mas sim quantas sentem a presença de Deus". (Bob RUÇSELL)

PRELIMINARES

Teologia é o estudo de Deus. A Biblia é um documentário histórico da revelaç%ode Deus


aos homens, e a teologia é uma explicação sistemática e hidóriça das verdades da Biblia.
Portanto, teologla 15 a dêncla que estuda Deus (tens + i@a) e as doutrinas cristss que se referem
ao relacionamento de Deus com o universo e com o homem.
Teologia, portanto, 6 diferente da ciência da religião. Isso precisa ser enfatizado com
veemência porque, muitas vezes, os métodos cientificos dessas áreas n%o se diferenciam. O
método de cada uma não é o diferencial, mas é a função social de cada cisncia.
A teologia, obrigatoriamente, é uma tomada de consciência da IGREJA de Jesus Cristo
sobre si mesma, sobre sua missão, sobre sua ~ i s ã qsobre sua atuação no meio da socledade
visando expandir o reino. A ciência da religião não visa especificamente a IGREJA, mas é um
rnhtoda de estudar rellglão apenas, independente de credo. Teologia é a çigncia específica que
estuda Deus... e ponto final.
A teologia estuda os fatos relacfonadas com Deus e as coisas de Deus e normalmente, o
campo da teologla 6 dividido em cinco partes: Teologia exeggtica, Teologia histórica, Teologia
sistem&ica, Teologia Prátlca e Teologla Bíblica.
A quase totalidade dos Seminários Teológicos Batistas tornou-se Faculdades Teológicas
aprovadas pelo MEC. E isso descoloriu a formação de pastores pata a formação de teólogos,
pensadores, escritores. A maior parte n%amais se preocupa com a formação bíblico-teol6gica. A
Bhlia n%o mais h o livro central de estudo. Aliás, quase sempre, nem é mais o livro de estudo
levado em todas as aulas. Perdeu-se a @sãode que a teologia visava formar pastores para o reino
de Deus apenas. A visão de que a vocaç30 era para ser exercida através da IGREJA visando a
expansão do reino foi perdida drasticamente.
H4, portanto, uma necessidade de instituiçlires teológicas que se preocupem tão somente
com a formação de pastores que conhegrn profundamente a Biblia e, de forma relevante, a
ciência da relí@%o.Pastores que saibam manusear a Palavra de Deus acima de tudo e com
profundos con hecirnentos religiosos gerais para melhor utilizá-10s no seu ministerio pastoral. O
mundo precisa hoje, mais de pastores comprometidos com o ministério pastoral que com a
política,
POR ISSO, CREMOS, A CRIACÃO, E OU,MANUTENCÃO DE U M SEMINÁRIO/INSTITUTO QUE
ATINJA OS ANSEIOS DAS IGREJAS DE FORMACÃODE "PASTORES SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS"

A COMISSÃO NOMEADA P E U AIBANORTE PARA DAR PARECER SOBRE A M A N U T E N ~ ~DA


O
EXISTÊNCIA DO INS~UTO/SEMINARIO, OU NÃO; DA O SEGUINTE PARECER:
1. QUE SE PERSIGA A IPÉIA DE CRIAÇÃO/MANUTENÇAO DE UM INSTITUTO/SEMINÁRIO NA
F O ' R M A ~ ~DE
O PASTORES PARA AS IGREJAS, BEM COMO; CENTRO DE FORMAÇÁO DE
LEIGOS PARA O TRABALHO NO REINO E M SUAS DIVERSAS MODALIDADES.

2. QUE, ANTES DQ REINÍCIO


DAS AflVIDADES DO SNSTITUTO/SEMINARIO, S U A M SANADAS
TODAS AS PEND~NCIASHOJE EXISíENTES, TAIS COMO:
A) Possibilidade real que hoje existe da venda do Em6vel onde está a CQBARO e a
AIBANORTE~lnsl~tuto.
B) Acerto ddinitivo ou n#o, da documentaç%o do espaço fÍsico onde ests5i o
Instituto/seminário,
-
C) Escolha do diretor com muita antecedência - cerca de um ano para que se faça um
plano de trabalho, de manutenção financeira, de conteúdo progsamático e outros que
se fizerem necessários.
D] Outras...

3. Esta comlss%o se coloca P disposição para oferecer sugestões de soluções para a


AIBANORTE, na que se refira i s minúcias da implantação do Institrito/Semin6rio tais
como: o'bjetivas, abrangência geográfica, grade eurriaillar, escolha do diretor e
professores, valor das mensalidades e outros.

Porto Velho, 26 de julho de 2010.