Sei sulla pagina 1di 17

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Análise de Dimensões

Prof. José Weliton Nogueira Júnior

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes MONTAGENS - Geralmente em montagens, a

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

MONTAGENS

- Geralmente em montagens, a dimensão nominal e a tolerância do componente resultante são pré fixados.

- Deve-se, nestes casos, determinar as tolerâncias das cotas parciais.

- Para se eliminar esta indeterminação, supõe-se em primeira aproximação

que todas as cotas parciais terão a mesma tolerância média:

t med

t

R

n

(1)

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes - Onde: MONTAGENS t R –

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

- Onde:

MONTAGENS

t R tolerância resultante;

n - número de cotas parciais.

- Em alguns casos o valor de tmed pode ser inadequado, por estreitar

tolerâncias desnecessariamente e abrir tolerâncias cujas máquinas ferramentas poderiam facilmente obter.

- Para facilitar os cálculos devemos transformar as cotas dos componentes

parciais, de tal modo que estas estejam no centro da tolerância total.

devemos transformar as cotas dos componentes parciais, de tal modo que estas estejam no centro da
FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA -

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

- Este método fundamenta-se nos cálculos de probabilidades de

ocorrência de desvios das dimensões nominais, dentro dos

campos de tolerâncias pré-determinados.

- Assim, baseado nos princípios da lei de probabilidades, este

método admite que são poucas as chances de todas as cotas

parciais assumirem simultaneamente valores extremos

(máximos ou mínimos).

- As tolerâncias obtidas através deste método são maiores que

aquelas obtidas pelo método anterior.

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA -

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

- Isto resulta em menores custos de usinagens.

- Haverá, entretanto, uma certa porcentagem de casos nos quais o desvio do componente final não estará entre os limites da tolerância determinada.

- Estes componentes serão rejeitados.

- No método da Intercambiabilidade Limitada haverá uma certa

porcentagem de peças que poderão ser refugadas, já que

ele baseia-se em cálculos estatísticos!

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA -

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

- Diferença básica entre os dois métodos:

No método da Intercambialidade limitada são usadas tolerâncias das

cotas parciais maiores do que as tolerâncias parciais do método da

Intercambiabilidade Total!

- VANTAGEM DO MÉTODO:

- Às vezes é mais barato retrabalhar uma porcentagem pequena de

peças do que usinar todo o lote em condições mais apertadas a fim de

se garantir que em todas as peças, a dimensão do componente

resultante esteja dentro dos limites pré-estabelecidos.

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

Cálculos:

- Tolerância Resultante:

A soma das variâncias das tolerâncias das cotas parciais é igual à

variância da tolerância da cota resultante, ou seja

à variância da tolerância da cota resultante, ou seja (2) Onde: - σ R 2 =

(2)

Onde:

- σ R 2 = Variância da tolerância da cota resultante (σ R = Desvio padrão da tolerância da cota resultante), σ i 2 = Variâncias das tolerâncias das cotas parciais (σ 1,2 , σ i = Desvios padrão das tolerâncias das cotas parciais).

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

Cálculos:

- A distribuição de freqüências das tolerâncias pode ser calculada por

de freqüências das tolerâncias pode ser calculada por (3) Onde k é um parâmetro que caracteriza

(3)

Onde k é um parâmetro que caracteriza a lei de distribuição teórica de

freqüência da tolerância t. Para a maioria dos casos práticos pode-se

adotar os seguintes valores para k:

k 2 = 3 Lei das probabilidades iguais (distribuição retangular); k 2 = 6 Lei das probabilidades de Simpson (distribuição triangular) e k 2 = 9 Lei de Gauss (distribuição normal).

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

Cálculos:

- Aplicando-se a equação (3) em (2):

Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA Cálculos: - Aplicando-se a equação (3) em (2): ou (4)

ou

Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA Cálculos: - Aplicando-se a equação (3) em (2): ou (4)

(4)

(5)

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

Cálculos:

- Se todos os componentes da cadeia dimensional forem fabricados com

= k n = k.

a mesma lei de variação de dispersão, tem-se k = k 1 = k 2 = Assim, a Eq. (5) torna-se

= k n = k. a mesma lei de variação de dispersão, tem-se k = k

(6)

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA -

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

- Para a grande maioria das aplicações, é aceito o valor de dispersão

máxima de 3resultando uma porcentagem de peças ou montagens

rejeitadas de 0,27%.

aceito o valor de dispersão máxima de 3  resultando uma porcentagem de peças ou montagens
FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

Exemplo

2) Considere o Exemplo 1 (Intercambiabilidade Total). Supõe-se que a tolerância

da cota parcial de 24 mm seja desconhecida. Deseja-se determinar o valor da

tolerância desta cota, considerando-se o método da intercambiabilidade limitada.

Deseja-se determinar o valor da tolerância desta cota, considerando-se o método da intercambiabilidade limitada. 01

01

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA

Exemplo

Solução:

Tolerância da Cota Resultante t R = 0,220 mm; Tolerância da Cota de 25 mm t 25 = 0,150 mm; Tolerância da Cota de 24 mm t 24 = ?; Usando-se a Eq. (6):

da Cota de 24 mm t 2 4 = ?; Usando-se a Eq. (6): Assim, t

Assim, t 24 = 0,161 mm.

Observe: A tolerância da cota de 24 mm que era de 0,070 mm passou para 0,161

mm. Ou seja, ao se utilizar o método da intercambiabilidade limitada, permitiu-

se uma grande abertura na tolerância!

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA -

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. MÉTODO DA INTERCAMBIABILIDADE LIMITADA -

Montagens

- Assim, como no caso da Intercambiabilidade total, a análise da Eq. (5) leva a uma indeterminação das tolerâncias das cotas parciais, quando se tem a tolerância da cota resultante pré fixada.

- Para se eliminar esta indeterminação, supõe-se em primeira

aproximação que todas as cotas parciais terão a mesma

tolerância média:

indeterminação, supõe-se em primeira aproximação que todas as cotas parciais terão a mesma tolerância média: 01

01

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. APLICAÇÃO DOS MÉTODOS DA

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. APLICAÇÃO DOS MÉTODOS DA INTERCAMBIABILIDADE

TOTAL E LIMITADA

- Determinar a tolerância t D da largura D da Figura abaixo, para que a folga entre os blocos A, B, C e a largura D seja no mínimo igual a zero 0 mm. Os blocos e a largura D têm as seguintes características:

A, B, C e a largura D seja no mínimo igual a zero 0 mm. Os
FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes 2. APLICAÇÃO DOS MÉTODOS DA

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Métodos para Cálculos da Cotas Resultantes

2. APLICAÇÃO DOS MÉTODOS DA INTERCAMBIABILIDADE

TOTAL E LIMITADA

- A tolerância t D deverá ser calculada pelo método da intercambiabilidade total e intercambiabilidade limitada.

- A tolerância t D deverá ser calculada pelo método da intercambiabilidade total e intercambiabilidade limitada.
FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO Obrigado pela atenção 01

FUNDAMENTOS DE FABRICAÇÃO

Obrigado pela atenção