Sei sulla pagina 1di 5
Economia do turismo C APÍTULO 1 Introdução à Economia do Turismo Dr. Nino Matos da
Economia do turismo C APÍTULO 1 Introdução à Economia do Turismo Dr. Nino Matos da
Economia do turismo C APÍTULO 1 Introdução à Economia do Turismo Dr. Nino Matos da
Economia do turismo C APÍTULO 1 Introdução à Economia do Turismo Dr. Nino Matos da
Economia do turismo C APÍTULO 1 Introdução à Economia do Turismo Dr. Nino Matos da

Economia do turismo

CAPÍTULO 1

Introdução à Economia do Turismo

Dr. Nino Matos da Fonseca

à Economia do Turismo Dr. Nino Matos da Fonseca 1. I NTRODUÇÃO À E CONOMIA DO

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.1. Macroeconomia e Microeconomia aplicadas

1.1.1.

O turismo como objeto de estudo da Economia

ANÁLISE ECONÓMICA DO TURISMO (1 DE 5)

O turismo pode ser visto como uma atividade suscetível de análise pela ciência económica por vários motivos:

o

Devido aos efeitos a que dá origem;

o

Devido ao facto de existirem pessoas (i.e. agentes económicos) que tomam decisões (i.e. fazem escolhas);

o

Devido ao facto de as decisões que os agentes económicos tomam poderem ser encaradas como objetivos a otimizar;

o

Devido ao facto de as decisões/escolhas que os agentes económicos tomam/fazem terem de se sujeitar a determinadas restrições.

2

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.1. Macroeconomia e Microeconomia aplicadas

1.1.1.

O turismo como objeto de estudo da Economia

ANÁLISE ECONÓMICA DO TURISMO (2 DE 5)

O turismo pode ser visto como uma atividade suscetível de análise pela ciência económica devido aos efeitos a que dá origem:

o

Produção de bens e serviços específicos do turismo;

o

Estímulo à produção de outros bens e serviços não específicos do turismo;

o

Consequências sobre a balança de pagamentos;

o

Consequências sobre o desenvolvimento das regiões.

3

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.1. Macroeconomia e Microeconomia aplicadas

1.1.1.

O turismo como objeto de estudo da Economia

ANÁLISE ECONÓMICA DO TURISMO (3 DE 5)

O turismo pode ser visto como uma atividade suscetível de análise pela ciência económica pelo facto de nela existirem pessoas (i.e. agentes económicos) que tomam decisões:

o

Turistas (com determinadas motivações, necessidades e restrições);

o

Viagens (i.e. deslocações para fora da residência habitual);

o

Relações (entre turistas e comunidades recetoras – ou seja, entre um lado da procura e um lado da oferta);

o

Efeitos (sobre as comunidades visitadas e respetivas economias e ecossistemas).

4

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.1. Macroeconomia e Microeconomia aplicadas

1.1.1.

O turismo como objeto de estudo da Economia

ANÁLISE ECONÓMICA DO TURISMO (4 DE 5)

O turismo pode ser visto como uma atividade suscetível de análise pela ciência económica pelo facto de as decisões que as pessoas tomam poderem ser encaradas como objetivos a otimizar:

o

Maximizar a satisfação da experiência (turistas);

o

Maximizar o lucro / Minimizar o custo (empresas);

o

Maximizar os efeitos sociais das despesas turísticas (autoridades públicas).

5

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.1. Macroeconomia e Microeconomia aplicadas

1.1.1.

O turismo como objeto de estudo da Economia

ANÁLISE ECONÓMICA DO TURISMO (5 DE 5)

O turismo pode ser visto como uma atividade suscetível de análise pela ciência económica pelo facto de as escolhas feitas pelos agentes económicos estarem sujeites a determinadas restrições:

o

Financeiras;

o

De recursos naturais disponíveis (oferta rígida);

o

Técnico-ambientais (ligadas à capacidade de carga de cada região);

o

De tempo disponível;

o

Legais, ligadas a zoneamentos, acessos, etc.

6

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.1. Macroeconomia e Microeconomia aplicadas

1.1.2.

Análise microeconómica do turismo

ANÁLISE MICROECONÓMICA DO TURISMO

Microeconomia: analisa o comportamento de agentes económicos considerados individualmente, tais como empresas, famílias e indivíduos, tendo em vista compreender o processo de decisão destes indivíduos face à escassez, bem como as consequências dessas decisões.

Microeconomia aplicada ao turismo: diz respeito ao estudo das escolhas de unidades económicas específicas, tais como hotéis, restaurantes, companhias aéreas, empresas de aluguer de automóveis, parques temáticos, etc. bem como os próprios turistas.

7

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.1. Macroeconomia e Microeconomia aplicadas

1.1.3.

Análise macroeconómica do turismo

ANÁLISE MACROECONÓMICA DO TURISMO

Macroeconomia: analisa o funcionamento da economia como um todo tendo em vista compreender a interação entre agregados económicos tais como o produto nacional, o emprego e a inflação.

Macroeconomia aplicada ao turismo: diz respeito ao estudo de fenómenos globais, tais como a despesa turística agregada, o efeito multiplicador e outros efeitos macroeconómicos do turismo (sobre o emprego, a inflação, o crescimento económico, etc.).

8

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.2. Instrumentos, metodologias e questões a responder

1.2.1.

Questões a responder

QUESTÕES ANALISADAS NA ECONOMIA DO TURISMO

Quais são os fatores que influenciam a escolha de bens e serviços turísticos ou de destinos turísticos?

Quais são aos efeitos de cada determinante da procura turística sobre os preços e as quantidades transacionadas?

Qual é o tipo de estrutura que melhor caracteriza os mercados turísticos?

Quais são os efeitos concretos do turismo sobre as variáveis macroeconómicas (emprego, inflação, produção, etc.)?

Que condições devem ser cumpridas para que a especialização em turismo não seja prejudicial ao crescimento económico?

Etc.

9

1. INTRODUÇÃO À ECONOMIA DO TURISMO

1.2. Instrumentos, metodologias e questões a responder

1.2.1.

Instrumentos e metodologias da Economia

INSTRUMENTOS E METODOLOGIAS DA ECONOMIA DO TURISMO

Modelos procura-oferta;

Fronteira de possibilidades de produção;

Avaliação de impactos económicos (e.g. modelo input-output; modelo do multiplicador; etc.);

Análises econométricas;

Etc.

10