Sei sulla pagina 1di 34
INSTRUMENTAÇÃO Medição de Temperatura Prof. Antonio Takimi Instrumentação – 2015/2
INSTRUMENTAÇÃO Medição de Temperatura Prof. Antonio Takimi Instrumentação – 2015/2

INSTRUMENTAÇÃO

Medição de Temperatura

Prof. Antonio Takimi

Instrumentação 2015/2

INTRODUÇÃO Medir a temperatura corretamente é muito importante em todos os ramos da ciência, seja
INTRODUÇÃO Medir a temperatura corretamente é muito importante em todos os ramos da ciência, seja

INTRODUÇÃO

Medir a temperatura corretamente é muito importante em todos os ramos da ciência, seja a física, a química, a biologia, etc. Muitas propriedades físicas dos materiais dependem da sua temperatura.

Por exemplo, a fase do material, se ele é sólido, líquido ou gasoso, tem relação com sua temperatura. Outras propriedades como a densidade, a solubilidade, a pressão de

vapor, a condutividade elétrica, entre várias, dependem da temperatura.

a pressão de vapor, a condutividade elétrica, entre várias, dependem da temperatura. Instrumentação – 2015/2
a pressão de vapor, a condutividade elétrica, entre várias, dependem da temperatura. Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

INTRODUÇÃO Os materiais são altamente dependente de processos que envolvem temperaturas elevadas (T >> T
INTRODUÇÃO Os materiais são altamente dependente de processos que envolvem temperaturas elevadas (T >> T

INTRODUÇÃO

Os materiais são altamente dependente de processos que envolvem temperaturas elevadas (T >> T amb ) Difusão atômica é acelerada

- Transformações de fase

- Solubilização e precipitação

- Propriedades mecânicas são alteradas

- Cinética de reações químicas

- Redução de viscosidade

- Recristalização e recuperação dinâmica

Instrumentação 2015/2

INTRODUÇÃO O q ue é temperatura ? Uma definição de temperatura advém da Lei Zero

INTRODUÇÃO

O q ue é temperatura ?

INTRODUÇÃO O q ue é temperatura ? Uma definição de temperatura advém da Lei Zero da

Uma definição de temperatura advém da Lei Zero da Termodinâmica, que trata do equilíbrio térmico entre sistemas

Se dois sistemas A e B estão em equilíbrio térmico, e se um terceiro sistema C está em

equilíbrio térmico com B, então A e C estão em equilíbrio térmico”.

Note que esta é uma observação empírica: se A, B e C estão em equilíbrio térmico, então há uma propriedade comum entre eles. E esta propriedade é chamada de temperatura. Assim, esta é a definição termodinâmica de temperatura: a propriedade comum a sistemas térmicos em equilíbrio.

A temperatura é a propriedade que governa o processo de transferência de calor (energia térmica) para e de um sistema.

Instrumentação 2015/2

INTRODUÇÃO Em nível atômico, a temperatura está associada ao movimento aleatório dos átomos da substância
INTRODUÇÃO Em nível atômico, a temperatura está associada ao movimento aleatório dos átomos da substância

INTRODUÇÃO

Em nível atômico, a temperatura está associada ao movimento aleatório dos átomos da substância que compõem o sistema. Quanto maior a temperatura do sistema, maior é a frequência e a amplitude de vibração dos átomos.

Em um gás, a temperatura está diretamente ligada com a velocidade média das moléculas do gás. Quando a temperatura do gás é maior, a velocidade média de suas

moléculas é maior.

Unidades de temperatura: °C, °F ou K

Instrumentação 2015/2

INTRODUÇÃO O q ue é calor ? Calor é energia, na forma térmica, que é

INTRODUÇÃO

O q ue é calor ?

INTRODUÇÃO O q ue é calor ? Calor é energia, na forma térmica, que é transferida

Calor é energia, na forma térmica, que é transferida entre um corpo de mais alta temperatura para outro de temperatura mais baixa.

Calor e temperatura, por definição, são propriedades distintas, apesar de

cotidianamente utilizarmos as duas como sinônimas.

Unidade de calor: cal ou J

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura e calor ? Calor: emprego de calorímetros que medem a quantidade

TERMOMETRIA

Como medir temperatura e calor ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura e calor ? Calor: emprego de calorímetros que medem a quantidade de

Calor: emprego de calorímetros que medem a quantidade de energia contida/trocada entre a amostra e o detector.

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Para medir temperatura, se analisa e quantifica a influência da

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Para medir temperatura, se analisa e quantifica a influência da temperatura

Para medir temperatura, se analisa e quantifica a influência da temperatura em alguma propriedade física/química/ótica/elétrica/magnética de materiais, criando uma escala prática para comparação.

Exemplo:

i) escala Celsius (1742 - Anders Celsius propôs uma escala entre zero e 100, correspondendo ao ponto de ebulição da água e fusão do gelo, respectivamente.

ii) Escala Newton (1701- Isaac Newton definiu uma escala de temperatura baseada em duas referências, que foram determinadas pelo banho de gelo fundente (zero graus) e a axila de um homem saudável (12 graus). Nesta escala a água ferve a 34 graus.

iii) Escala Fahreneit - Para calibrar o termômetro de mercúrio Fahrenheit definiu 3 pontos: um banho de gelo e sal (32 o F) - o mais frio reprodutível, a axila de um homem saudável (96 o F) e água ebulindo - o mais quente reprodutível (212 o F).

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Nestes casos, os cientistas exploravam a expansão térmica de uma

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Nestes casos, os cientistas exploravam a expansão térmica de uma substância,

Nestes casos, os cientistas exploravam a expansão térmica de uma substância, colocada dentro de um tubo capilar (substância termométrica), em função da temperatura. Este é o princípio de funcionamento dos termômetros convencionais de bulbo.

Todos os métodos de medição de temperatura apresentam vantagens e desvantagens. O método ideal deveria apresentar as seguintes características:

- Não é afetado pelo meio

- Elevada precisão

- Resposta instantânea

- Sinal deve ser de fácil leitura e manipulação

Instrumentação 2015/2

Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Propriedades físicas influenciadas pela temperatura, e exploradas na termometria -

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Propriedades físicas influenciadas pela temperatura, e exploradas na termometria -

Propriedades físicas influenciadas pela temperatura, e exploradas na termometria

- Expansão térmica

- Condutividade elétrica

- Emissão de radiação infravermelho

- Pressão

- Potencial elétrico (efeito Seebeck)

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termometros de bulbo: instrumentos baseados na expansão térmica do um

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termometros de bulbo: instrumentos baseados na expansão térmica do um líquido

Termometros de bulbo: instrumentos baseados na expansão térmica do um líquido dentro de uma coluna vertical, a pressão constante.

a

V =

æ ¶V ö

ç

V è ¶T ø

1

÷

P

Expansão volumétrica

Conversão de escalas de temperatura

é

ë

[

ù

û . 9

5

= C û + 273.15

o

F = é C

ù û

ë

o

]

K

é

ë

o

ù

+ 32

Instrumentação 2015/2

é ë [ ù û . 9 5 = C û + 273.15 o F =
TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termometros de bulbo: instrumentos baseados na expansão térmica do um

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termometros de bulbo: instrumentos baseados na expansão térmica do um líquido

Termometros de bulbo: instrumentos baseados na expansão térmica do um líquido dentro de uma coluna vertical, a pressão constante.

LIMITAÇÕES:

- Uso restrito a baixas temperaturas e pequenas faixas de variação de

temperatura;

- Expansão térmica dos materiais que formam o bulbo

- Pressão de vapor do líquido

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termômetros de expansão: utilizam o efeito do aumento de pressão

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termômetros de expansão: utilizam o efeito do aumento de pressão gerado

Termômetros de expansão: utilizam o efeito do aumento de pressão gerado pelo aquecimento de um gás, segundo a lei dos gases ideias.

do aumento de pressão gerado pelo aquecimento de um gás, segundo a lei dos gases ideias.
Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2
TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termômetros bi-metálicos: Dispositivo que mede a temperatura de um objeto

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termômetros bi-metálicos: Dispositivo que mede a temperatura de um objeto através

Termômetros bi-metálicos: Dispositivo que mede a temperatura de um objeto através da diferença de expansão térmica linear entre duas chapas de diferentes metais.

térmica linear entre duas chapas de diferentes metais. Temperatura é ajustada aumentando ou diminuindo a

Temperatura é ajustada aumentando ou diminuindo a distância entre os contatos

metais. Temperatura é ajustada aumentando ou diminuindo a distância entre os contatos Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termômetros de resistência elétrica: são aqueles em que os sensores

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termômetros de resistência elétrica: são aqueles em que os sensores de

Termômetros de resistência elétrica: são aqueles em que os sensores de temperatura são resistências elétricas cujo valor varia com a temperatura do meio onde estão inseridas, e um circuito elétrico (eletrônico) registra esta variação.

meio onde estão inseridas, e um circuito elétrico (eletrônico) registra esta variação. Instrumentação – 2015/2
meio onde estão inseridas, e um circuito elétrico (eletrônico) registra esta variação. Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

meio onde estão inseridas, e um circuito elétrico (eletrônico) registra esta variação. Instrumentação – 2015/2
Alguns modelos de termômetros de resistência elétrica Instrumentação – 2015/2
Alguns modelos de termômetros de resistência elétrica Instrumentação – 2015/2
Alguns modelos de termômetros de resistência elétrica Instrumentação – 2015/2

Alguns modelos de termômetros de resistência elétrica

Instrumentação 2015/2

Instrumentação – 2015/2 Termômetros de resistência elétrica
Instrumentação – 2015/2 Termômetros de resistência elétrica
Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2

Termômetros de resistência elétrica

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Limitações do uso de termômetros de resistência elétrica - Falta

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Limitações do uso de termômetros de resistência elétrica - Falta de

Limitações do uso de termômetros de resistência elétrica

-

Falta de linearidade da resistência elétrica em função da temperatura

-

Resistência elétrica dos cabos e conexões

-

Oxidação

Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2
TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termistores: Dispositivos semicondutores que apresentam um comportamento bastante

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termistores: Dispositivos semicondutores que apresentam um comportamento bastante

Termistores: Dispositivos semicondutores que apresentam um comportamento bastante não-linear e oposto (diminuem a resistência com o aumento da temperatura), mas fornecem um sinal mais intenso que os termômetros de resistência elétrica, que pode ser processado com mais

simplicidade (menor custo) pelos circuitos elétricos e eletrônicos de medição.

O material dos termistores é um semicondutor que, no intervalo fundamental (0ºC a 100ºC), pode apresentar variação da resistividade de 10 k-ohm a 0 ºC até 200 ohm a 100 ºC, como mostra a figura seguinte.

Instrumentação 2015/2

Curva de resposta de um termistor Instrumentação – 2015/2
Curva de resposta de um termistor Instrumentação – 2015/2
Curva de resposta de um termistor Instrumentação – 2015/2

Curva de resposta de um termistor

Instrumentação 2015/2

Aspecto físico de termistores Instrumentação – 2015/2
Aspecto físico de termistores Instrumentação – 2015/2
Aspecto físico de termistores Instrumentação – 2015/2
Aspecto físico de termistores Instrumentação – 2015/2

Aspecto físico de termistores

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termistores podem ser do tipo NTC (negative temperature coeficiente) ou

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termistores podem ser do tipo NTC (negative temperature coeficiente) ou PTC

Termistores podem ser do tipo NTC (negative temperature coeficiente) ou PTC (positive temperature coeficientes)

NTC resistência diminui com o aumento da temperatura

PTC resistência aumenta com o aumento da temperatura

Limitações do termistores

- Uso em baixas temperaturas

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termopares: Um termopar é formado por dois condutores elétricos diferente.

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termopares: Um termopar é formado por dois condutores elétricos diferente. Os

Termopares: Um termopar é formado por dois condutores elétricos diferente. Os condutores são conectados nas duas extremidades formando um circuito elétrico. Quando as duas extremidades conectadas são submetidas a temperaturas diferentes, uma força eletromotriz é gerada. Este é o conhecido efeito Seebeck, que o descobriu em 1821.

Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termopares Instrumentação – 2015/2

TERMOMETRIA

Como medir temperatura ?

Termopares

TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termopares Instrumentação – 2015/2
TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termopares Instrumentação – 2015/2
TERMOMETRIA Como medir temperatura ? Termopares Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

2. Lei Zero da Termodinâmica TERMOPARES ( THERMOCOUPLES ) Instrumentação – 2015/2

2. Lei Zero da Termodinâmica

TERMOPARES ( THERMOCOUPLES )

2. Lei Zero da Termodinâmica TERMOPARES ( THERMOCOUPLES ) Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2
PIROMETRIA Dispositivo que mede a temperatura de um objeto através da análise da emissão de

PIROMETRIA

PIROMETRIA Dispositivo que mede a temperatura de um objeto através da análise da emissão de radiação

Dispositivo que mede a temperatura de um objeto através da análise da emissão de radiação infravermelha.

Pirômetro de alta temperatura

de radiação infravermelha. Pirômetro de alta temperatura A temperatura é medida através da comparação da cor

A temperatura é medida através da comparação da cor de um objeto com a cor do filamento de uma lâmpada padrão.

O controle de potência da lâmpada é

calibrado em relação a temperatura.

Instrumentação 2015/2

Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO Um termômetro infravermelho mede a temperatura de um objeto analisando a radiação

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO Um termômetro infravermelho mede a temperatura de um objeto analisando a radiação

Um termômetro infravermelho mede a temperatura de um objeto analisando a radiação infravermelha emitida por ele (corpo cinza) em comparação com a radiação de um emissor perfeito (corpo negro)

Medindo a quantidade, o comprimento de onda da radiação infravermelha emitida e a emissividade do objeto, a temperatura pode ser determinada.

infravermelha emitida e a emissividade do objeto, a temperatura pode ser determinada. Instrumentação – 2015/2
infravermelha emitida e a emissividade do objeto, a temperatura pode ser determinada. Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO A emissividade é a eficiência de emissão de infravermelho que uma superfície possui,

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO A emissividade é a eficiência de emissão de infravermelho que uma superfície possui, e

A emissividade é a eficiência de emissão de infravermelho que uma superfície possui, e o conhecimento dos valores corretos de emissividade é o aspecto chave na medição precisa de temperatura usando métodos de termometria no infravermelho.

A emissividade de uma superfície é influenciada por diversos fatores, tais como:

- rugosidade;

- Nível de oxidação;

- presença de sujeira e contaminantes superficiais;

- Presença de água condensada

Instrumentação 2015/2

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO Instrumentação – 2015/2

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO Instrumentação – 2015/2
TERMÔMETRO INFRAVERMELHO Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

TERMOGRAFIA Termógrafos ou câmeras de infravermelho são termômetros infravermelhos que medem a temperatura em muitos

TERMOGRAFIA

TERMOGRAFIA Termógrafos ou câmeras de infravermelho são termômetros infravermelhos que medem a temperatura em muitos

Termógrafos ou câmeras de infravermelho são termômetros infravermelhos que medem a temperatura em muitos pontos, sobre uma área relativamente grande para gerar uma imagem chamada termograma, onde cada pixel representa um valor de temperatura.

gerar uma imagem chamada termograma, onde cada pixel representa um valor de temperatura. Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

Instrumentação – 2015/2
Instrumentação – 2015/2

Instrumentação 2015/2

Instrumentação – 2015/2