Sei sulla pagina 1di 16

O mundo das palavras

. o r a H a r d n a s s e l A
.
o
r
a
H
a
r
d
n
a
s
s
e
l
A
. o r a H a r d n a s s e l A
.
o
r
a
H
a
r
d
n
a
s
s
e
l
A

EF2_6A_POR_004

. o r a H a r d n a s s e l A
.
o
r
a
H
a
r
d
n
a
s
s
e
l
A
A EF2_6A_POR_004 . o r a H a r d n a s s e l

P arecem não ter fim as palavras da nossa língua. Basta olhar para um dicionário para se ter essa ideia. Real-

mente, são inúmeras as palavras, assim como são variados os seus significados. A semântica é a parte da gramática que estuda as palavras e seus significados. É isto que estudaremos neste módulo.

Tudo para “penetrar” no mundo das palavras, como disse o grande poeta Carlos Drummond de Andrade, em seu poema.

Procura da poesia

Penetra surdamente no mundo das palavras

Lá estão os poemas que esperam ser escritos ( )

Chegou mais perto e contempla as palavras.

Cada uma

Tem mil faces secretas sob a face neutra

E te pergunta, sem interesse pela resposta,

Pobre ou terrível, que lhe deres:

Trouxeste a chave?

(ANDRADE, C.D. A Rosa do Povo. 23. ed. Rio de Janeiro: Record, 2001.)

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 O significado das palavras O vocabulário de uma língua é o seu conjunto de palavras.

O significado das palavras

O vocabulário de uma língua é o seu conjunto de palavras. Cada pessoa que utiliza uma determinada língua pode possuir um vocabulário pessoal, ou seja, um conjunto de palavras mais conhecidas e utilizadas.

1. Você já parou para pensar no tamanho do vocabulário da língua portuguesa? Quan-

tas palavras você imagina que existam ao todo?

2. Você já parou para pensar no tamanho do “seu” vocabulário? Quantas palavras

você diria que conhece e utiliza?

Conhecer o significado das palavras é um dos fatores essenciais para o domínio da língua, pois só assim você, como falante ou escritor, será capaz de selecionar a palavra adequada para melhor elaborar seus textos. Para descobrir o significado das palavras e pes- quisar novas, necessitamos do uso de um dicionário.

Dicionário : s.m. Obra que registra um conjunto de palavras de uma língua ou dos

Dicionário: s.m. Obra que registra um conjunto de palavras de uma língua ou dos termos próprios de uma ciência ou arte, dispostos alfabeticamente, com a sua significa- ção na mesma língua ou com a tradução em outra.

Uso do dicionário

Como consultar um dicionário

Quando você consultar algum verbete (palavra e seus significados) no dicionário, observe que:

1. os artigos, adjetivos, substantivos e pronomes aparecem em ordem alfabética, no sin- gular e masculino (s.m.);

2. os verbos aparecem somente na forma infinitiva (amar, crer, vir);

3. é bom lembrar que, quando há palavras iniciadas por uma mesma letra, devemos observar a segunda letra, e se esta também for igual à primeira, devemos observar a terceira, e assim por diante;

4. num dicionário, por natural economia de espaço, usam-se muitas abreviaturas, seja para indicar a classe de palavra (s.m. = substantivo masculino; adj. = adjetivo; v.t.d. = verbo transitivo direto etc.), seja para outras indicações, como o campo em que usa o

2
2

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 termo em determinadas acepções (Agr. = Agricultura; fig. = figurado, isto é, um senti- do

termo em determinadas acepções (Agr. = Agricultura; fig. = figurado, isto é, um senti- do que não é próprio da palavra; Bras. = brasileirismo, ou seja, de uso exclusivo para o Brasil; Bot. = Botânica; Zool. = Zoologia; pl. = plural; var. = variante; q.v. = queira ver etc.). É conveniente consultar a lista de abreviaturas sempre que houver dúvida sobre o significado de algumas delas.

Observe:

Aldeia: pequeno povoado.

 

Arremedar: imitar grotescamente.

 

Astronomia: ciência que estuda os astros.

Astrônomo: pessoa que estuda os astros, como estrelas, planetas, cometas etc., com seus movimentos, constituição, distância, luminosidade etc.

Bago: grão, cada um dos frutos de um cacho de uvas.

 
I E S D E B r a s i l S . A .

IESDE Brasil S.A.

Biblioteca: coleção pública ou privada de livros, revis- tas etc., organizada para estudo, leitura ou consulta; edifício ou estante destinados a coleção de livros.

Camponês: campônio, agricultor.

Coro: conjunto vocal que se expressa pelo canto ou pela declamação.

Decifrar: interpretar o que está escrito em algum códi- go; ler.

Fanhoso: anasalado, que fala pelo nariz, emitindo som fanhoso.

Folhear: virar as folhas de um livro, revista etc.

Generoso: excelente, superior, bondoso.

Mar Mediterrâneo
Mar Mediterrâneo

IESDE Brasil S.A.

 

Narina: cada uma das fossas nasais, no homem e em alguns animais; venta.

Mar Mediterrâneo: mar que separa o sul da Europa do norte da África.

 

Parreira: videira, a planta que produz uvas.

IESDE Brasil S.A. Soletrar : ler pronunciando separadamente as letras ou as sílabas.

IESDE Brasil S.A.

Soletrar: ler pronunciando separadamente as letras ou as sílabas.

Tina: vasilha para vinho usada também para pôr água, lavar roupa etc.

 

Tonel: vasilha grande e bojuda para pôr vinho, formada de aduelas (madeira curva), tampos e arcos, com capaci- dade aproximada de 1 500 litros.

Vinhedo: parreiral, vinha, vinhal, plantação de videiras.

 
3
3

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 Falar é fácil, sobretudo com tantas palavras à nossa disposição e com a liberdade de

Falar é fácil, sobretudo com tantas palavras à nossa disposição e com a liberdade de usar o que acharmos mais conveniente para a situação de fala.

Escrever é diferente. A escrita é um artifício. Quando falamos com uma pessoa, a situ- ação, a presunção de que estamos sendo ouvidos, a presença do receptor e as suas reações imediatas facilitam a comunicação. Só haverá estranhamento se nos afastarmos muito da língua comum. Por outro lado, a percepção do que dizemos é rápida e passageira. Ao escrever, temos de suprir tudo isso e adequar o significado das palavras aos seus sentidos corretos.

Observe a conversa das personagens nesta tira.

Você, Salomé, pelo menos é uma ave
Você, Salomé,
pelo menos é
uma ave
E eu, que sou um verme? Sempre que alguém me chama de verme
E eu, que sou um verme?
Sempre que alguém me chama
de
verme
eu tenho que decidir se está sendo científico ou pejorativo! IESDE Brasil S.A.
eu tenho
que decidir
se está sendo
científico ou
pejorativo!
IESDE Brasil S.A.

Após a leitura, você deve ter reparado no modo como a personagem se refere ao sentido da palavra “verme” de acordo com o contexto de sua utilização. Neste caso, este pode ser cien- tífico ou pejorativo

Sentido : é o valor que a palavra assume nos vários contextos culturais, em situações

Sentido: é o valor que a palavra assume nos vários contextos culturais, em situações concretas de comunicação. Estas situações determinam qual será o significado mais apropriado.

Significado : é cada uma das possíveis definições de uma palavra.

Significado: é cada uma das possíveis definições de uma palavra.

Significado : é cada uma das possíveis definições de uma palavra.

Significação das palavras

Sinônimos e antônimos (palavras sinônimas e antônimas)

Sinônimos

e antônimos (palavras sinônimas e antônimas) Sinônimos 4 Leia com atenção: O menino gritou , bradou

4

Leia com atenção:

sinônimas e antônimas) Sinônimos 4 Leia com atenção: O menino gritou , bradou , berrou, e

O menino gritou, bradou, berrou, e não foi ouvido.

Gritou, bradou e berrou são sinônimos, têm o mesmo significado.

Sinônimos são palavras que têm o mesmo ou quase o mesmo significado.

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

IESDE Brasil S.A.

EF2_6A_POR_004

IESDE Brasil S.A. EF2_6A_POR_004 Para conhecer os sinônimos das palavras, devemos consultar um dicionário da língua

Para conhecer os sinônimos das palavras, devemos consultar um dicionário da língua portuguesa.

Veja:

consultar um dicionário da língua portuguesa. Veja: Você chegou cedo ou tarde na aula? Cedo tem

Você chegou cedo ou tarde na aula?

Cedo tem o significado contrário de tarde. Cedo e tarde são antônimos, têm significados opostos.

Leia a tira e circule os pares de palavras opostas.

Você é sério, eu sou risonha! Eu estava contando à minha mãe o quanto somos
Você é sério,
eu sou risonha!
Eu estava contando à
minha mãe o quanto somos
diferentes.
Você é quieto,
eu sou
barulhenta.
Você gosta
de livros, eu
detesto livro!
Você gosta de
poupar, eu gosto
de gastar!
Mas eu disse à
mamãe que não
havia problema
Foi quando ela come-
çou a rir sem parar!
Tão logo nos casássemos eu
moldaria você ao meu jeito!
Tão logo nos casássemos eu moldaria você ao meu jeito! 1. Marina ganhou de sua avó

1. Marina ganhou de sua avó uma agenda e precisa passar para ela os nomes e telefones de seus colegas de turma, porém ela não domina a ordem alfabética. Você deve ajudá-la, co- locando os nomes em ordem alfabética e, ao lado de cada um, o seu respectivo telefone. Dessa forma, Marina terá uma agenda telefônica organizada.

5
5

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 Daniela – 2514-2514 Renata – 3314-0002 Valéria – 3020-1918 Giovani – 3240-0010

Daniela – 2514-2514

Renata – 3314-0002

Valéria – 3020-1918

Giovani – 3240-0010

Mário – 2020-1515

Viviane – 3028-2725

Sabrina – 3020-1520

Ana Luísa – 3242-4246

Arthur – 8400-1901

Cauê – 3066-3167

Roberta – 8937-2422

Mariana – 8802-0601

Solução:

Nomes Telefones Ana Luísa 3242-4246 Arthur 8400-1901 Cauê 3066-3167 Daniela 2514-2514 Giovani 3240-0010
Nomes
Telefones
Ana Luísa
3242-4246
Arthur
8400-1901
Cauê
3066-3167
Daniela
2514-2514
Giovani
3240-0010
Mariana
8802-0601
Mário
2020-1515
Renata
3314-0002
Roberta
8937-2422
Sabrina
3020-1520
Valéria
3020-1918
Viviane
3028-2725
IESDE Brasil S.A.
Valéria 3020-1918 Viviane 3028-2725 IESDE Brasil S.A. Agora, dicionário à mão! Leia o texto a seguir

Agora, dicionário à mão! Leia o texto a seguir e responda ao que se pede.

6
6

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 Por que os olhos ardem quando cortamos cebolas? A cebola contém uma substância que se

Por que os olhos ardem quando cortamos cebolas?

A cebola contém uma substância que se chama dissulfeto de alila. Quando você corta a cebola, o danado do dissulfeto se espalha no ar, porque é volátil como um passarinho, e irrita os olhos quase igual a uma bomba de gás lacrimogênio.

(RODARI, Gianni. O Livro dos Porquês. São Paulo: Ática, 1991. p. 52.)

1. Indique a forma em que se encontram no dicionário as seguintes palavras do texto.

ardem – cebolas – espalham

2. Procure o significado das palavras abaixo, escolhendo o mais adequado ao texto.

substância – volátil – lacrimogênio

3. Procure a palavra danado e responda:

a) Que outra palavra poderia substituí-la no texto?

b) O que significa danada na expressão “Esta cebola está danada de ardida”?

4. A palavra olho(s) aparece com sentido figurado em muitas expressões, como olho de peixe morto, olho gordo, olho mágico, a olho, de olho em, custar os olhos da cara.

Escolha duas dessas expressões e procure o significado delas no dicionário. A seguir, escreva uma frase com cada uma delas.

7

A seguir, escreva uma frase com cada uma delas. 7 Este material é parte integrante do

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

5.

Explique os diferentes significados das expressões escritas com os verbos dar, operar e acelerar.

EF2_6A_POR_004

com os verbos dar , operar e acelerar . EF2_6A_POR_004 a) A menina deu de cara

a) A menina deu de cara com o cachorro bravo.

b) O público deu sinais de insatisfação ao ver a peça.

c) A equipe de veterinários está operando o seu gato.

d) Até o ano que vem, estarão operando mais de 200 postos de saúde.

e) O motorista acelerava o carro mesmo em curvas perigosas.

f) Sentindo-se sozinho, acelerou seu retorno.

6. As mãos são usadas, entre outras coisas, para tatear. Na cultura popular há muitas ex- pressões que mencionam as mãos. Leia abaixo algumas delas. O significado de cada uma está contido nas frases a seguir. Relacione cada expressão ao seu significado correto.

1.

Dar a mão à palmatória.

6. Estar de mãos atadas.

2.

Ter a mão pesada.

7. Mãos de fada.

3.

Pedir a mão a alguém.

8. Fora de mão.

4.

Coisa de segunda mão.

9. Voltar com as mãos abanando.

5.

Dar de mão beijada.

10. Ficar na mão.

(

) Propor casamento a alguém.

(

) Já usada ou servida por outra pessoa.

(

) Ficar impossibilitado de fazer algo.

(

) Molestar (machucar) ao menor contato.

(

) Ter grande habilidade para fazer trabalhos delicados.

(

) Afastado, fora de uso.

(

) Ser logrado num compromisso.

(

) Confessar o erro.

(

) Dar sem remuneração, sem nada receber em troca.

(

) Voltar sem haver conseguido nada.

8
8

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 7. Lendo o poema, você descobrirá várias palavras de significados desconhecidos. Copie- -as nas linhas

7. Lendo o poema, você descobrirá várias palavras de significados desconhecidos. Copie- -as nas linhas a seguir e use um dicionário para encontrar seus significados e entender melhor o poema.

Sonhos Toda menina almeja, Castelos e súditos Previamente preparados. Uma paixão avassaladora e príncipes
Sonhos
Toda menina almeja,
Castelos e súditos
Previamente preparados.
Uma paixão avassaladora e
príncipes encantados.
Imaginam comprazer-se
Com peças de ouro,
Bailes e mil convidados.
Mas, ficam enfadadas
Diante dos contos de fadas,
Não querendo mais
estas “coisas” engenhadas.
Acorda criança inzoneira,
Volta à longínqua realidade,
Sua existência é linda,
Porque vives de verdade.
IESDE Brasil S.A.
9
9

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 8. Forme frases com os sinônimos de três das palavras do exercício 7: 9. Circule

8. Forme frases com os sinônimos de três das palavras do exercício 7:

9. Circule o sinônimo da palavra em destaque:

a) A adolescência aboliu os sonhos. (saiu – extinguiu – adotou )

b) Crianças devem curtir a infância na idade certa! (apropriada – atrasada – errada )

c) Depois de muitas desilusões, retornamos à realidade. (retiramos – recaímos – voltamos)

d) O caminho até o castelo é maravilhoso. (trajeto – subida – morro)

o castelo é maravilhoso. (trajeto – subida – morro) Emprego do X e do CH As

Emprego do X e do CH

As letras X e CH têm o mesmo som, o que causa dúvidas na grafia de várias palavras.

Emprega-se a letra X:

a) normalmente depois de ditongo.

faixa peixe encaixe

Exceções: recauchutar, recauchutagem.

b) depois de me inicial.

mexer mexerica

Exceções: mecha (de cabelo, de balão) e seus derivados.

c) depois de en inicial.

enxada enxaqueca enxugar

c) depois de en inicial. en x ada en x aqueca en x ugar 10 Este

10

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 Exceções: en ch er, en ch arcar, en ch umaçar e seus derivados. Emprega-se CH:

Exceções: encher, encharcar, enchumaçar e seus derivados.

Emprega-se CH:

nas palavras de origem estrangeira.

chave, chumbo, chassi, mochila, espadachim, chope, sanduíche, salsicha

10. Escreva as palavras derivadas de:

lixo:

,

,

caixa:

,

,

piche:

,

,

ficha:

,

,

11. Na sequência de palavras abaixo, há uma que não está grafada corretamente. Identi- fique-a e faça a correção necessária.

cachimbo, xingar, puchar, enxurrada, enxame, trouxa

12. De todas as palavras da sequência abaixo, apenas uma deve ser grafada com x. Com- plete as palavras e circule-a.

col

a

mo

ila

fe

o

ampu

espi ar

13. O digitador de um jornal escreveu incorretamente algumas palavras na seção de re- cados. O revisor agora é você! Descubra-as e reescreva-as corretamente.

Recados

Pessoal, participe do “Mecha-se e tenha saúde”, o novo programa de cha- drez e tabuleiro xinês de nossa escola!

Anote na ajenda: Troca de jibis todas as terças no intervalo das aulas.

Agora, no inverno, a cantina venderá chícara de chocolate quente.

11

inverno, a cantina venderá chícara de chocolate quente. 11 Este material é parte integrante do acervo

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 14. Complete as palavras do quadro usando X ou CH e depois coloque-as no diálogo

14. Complete as palavras do quadro usando X ou CH e depois coloque-as no diálogo abai- xo, dando sentido a ele:

 

ega

– ca

orro

egou

– dei

a

amada

– co

inha

eia

– me

e

á

 

Intervalo

Quando toca o sinal do intervalo do recreio, a cantina logo fica de alunos gritando e pedindo coisas ao mesmo tempo.

 

Me dá um

-quente!

 

E para mim uma

!

– diz a cantineira. Olha a fila

Calma, calma

olha

a fila, tem para todo

mundo.

para

Não empurra, Marquinho!

eu pagar!

Esse troco não é seu

não

!

Dois guaranás, tio. Estou com sede. A gente só toma aqui!

de

fila

Dá um daquele salgado ali

Não! Do lado desse!

 

Quanto é?

Todo dia é a mesma coisa, uma correria só. Agora, tenho que ir rápido

para a sala porque a professora já

 

e eu preciso responder à

15. O professor de João pediu a ele para decifrar e escrever as opções a seguir. Será que você pode ajudá-lo?

as opções a seguir. Será que você pode ajudá-lo? 12 + R + IESDE Brasil S.A.

12

as opções a seguir. Será que você pode ajudá-lo? 12 + R + IESDE Brasil S.A.

+ R +

IESDE Brasil S.A.
IESDE Brasil S.A.

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

IESDE Brasil S.A.

EF2_6A_POR_004

IESDE Brasil S.A. EF2_6A_POR_004 - do + R + IESDE Brasil S.A. + R + Você
IESDE Brasil S.A. EF2_6A_POR_004 - do + R + IESDE Brasil S.A. + R + Você
IESDE Brasil S.A. EF2_6A_POR_004 - do + R + IESDE Brasil S.A. + R + Você

- do + R +

IESDE Brasil S.A.
IESDE Brasil S.A.

+ R +

S.A. EF2_6A_POR_004 - do + R + IESDE Brasil S.A. + R + Você já ouviu
S.A. EF2_6A_POR_004 - do + R + IESDE Brasil S.A. + R + Você já ouviu

Você já ouviu falar em “chorar de barriga cheia”? Ou “dar com os burros n’água”? São expressões utilizadas, popularmente, na língua portuguesa. Abaixo segue a explica- ção das duas expressões e a imagem levada ao pé da letra, ou seja, seu trabalho será fazer um texto em que sejam utilizadas as duas expressões. Baseando-se não nas imagens, mas nos sentidos dados. Coloque sua imaginação para funcionar e mãos à obra!

“Chorar de barriga cheia”

– Reclamar sem motivo, pois já conseguiu o que queria.

– Reclamar sem motivo, pois já conseguiu o que queria. Exemplo: Você já ganhou os presentes

Exemplo: Você já ganhou os presentes que que- ria, portanto pare de reclamar, pare de chorar de barriga cheia.

13

pare de reclamar, pare de chorar de barriga cheia. 13 Este material é parte integrante do

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

“Dar com os burros n’água”. – Sair-se mal, fracassar. Exemplo: Ele quis bancar o espertinho

“Dar com os burros n’água”. – Sair-se mal, fracassar. Exemplo: Ele quis bancar o espertinho e acabou dando com os burros n’água. Bem feito!

IESDE Brasil S.A.
IESDE Brasil S.A.
dando com os burros n’água. Bem feito! IESDE Brasil S.A. EF2_6A_POR_004 14 Este material é parte

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 ALUNO: TURMA: DATA: TÍTULO: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

ALUNO:

TURMA:

DATA:

TÍTULO:

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

EF_POR.113

29

30

15

16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 EF_POR.113 29 30

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

EF2_6A_POR_004

EF2_6A_POR_004 16 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br
EF2_6A_POR_004 16 Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

16

Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br