Sei sulla pagina 1di 3

08/07/2016

08/07/2016 L8142 PresidênciadaRepública CasaCivil SubchefiaparaAssuntosJurídicos LEINº8.142,DE28DEDEZEMBRODE1990.

L8142

PresidênciadaRepública

CasaCivil

SubchefiaparaAssuntosJurídicos

Dispõesobreaparticipaçãodacomunidadena gestão do Sistema Único de Saúde (SUS} e sobreastransferênciasintergovernamentaisde recursos financeiros na área da saúde e dá outrasprovidências.

OPRESIDENTEDAREPÚBLICA,façosaberqueoCongressoNacionaldecretaeeusancionoaseguintelei:

Art.1°OSistemaÚnicodeSaúde(SUS),dequetrataaLein°8.080,de19desetembrode1990, contará, em cadaesferadegoverno,semprejuízodasfunçõesdoPoderLegislativo,comasseguintesinstânciascolegiadas:

I­aConferênciadeSaúde;e

II­oConselhodeSaúde.

§1°AConferênciadeSaúdereunir­se­áacadaquatroanoscomarepresentaçãodosváriossegmentossociais,

para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes,convocadapeloPoderExecutivoou,extraordinariamente,porestaoupeloConselhodeSaúde.

§2°OConselhodeSaúde,emcaráterpermanenteedeliberativo,órgãocolegiadocompostoporrepresentantesdo

governo,prestadoresdeserviço,profissionaisdesaúdeeusuários,atuanaformulaçãodeestratégiasenocontroleda execuçãodapolíticadesaúdenainstânciacorrespondente, inclusivenos aspectos econômicos efinanceiros, cujas decisõesserãohomologadaspelochefedopoderlegalmenteconstituídoemcadaesferadogoverno.

§3°OConselhoNacionaldeSecretáriosdeSaúde(Conass)eoConselhoNacionaldeSecretáriosMunicipaisde

Saúde(Conasems)terãorepresentaçãonoConselhoNacionaldeSaúde.

§4°ArepresentaçãodosusuáriosnosConselhosdeSaúdeeConferênciasseráparitáriaemrelaçãoaoconjunto

dosdemaissegmentos.

§5° As Conferências deSaúdeeos Conselhos deSaúdeterãosuaorganizaçãoenormas defuncionamento definidasemregimentopróprio,aprovadaspelorespectivoconselho.

Art.2°OsrecursosdoFundoNacionaldeSaúde(FNS)serãoalocadoscomo:

I­despesasdecusteioedecapitaldoMinistériodaSaúde,seusórgãoseentidades,daadministraçãodiretae

indireta;

II ­investimentos previstos emleiorçamentária, deiniciativadoPoderLegislativoeaprovados peloCongresso Nacional;

III­investimentosprevistosnoPlanoQüinqüenaldoMinistériodaSaúde;

IV ­ cobertura das ações e serviços de saúde a serem implementados pelos Municípios, Estados e Distrito Federal.

Parágrafo único. Os recursos referidos no inciso IV deste artigo destinar­se­ão a investimentos na rede de serviços,àcoberturaassistencialambulatorialehospitalareàsdemaisaçõesdesaúde.

Art.3°OsrecursosreferidosnoincisoIVdoart.2°destaleiserãorepassadosdeformaregulareautomáticapara

§2°Osrecursosreferidosnesteartigoserãodestinados,pelomenossetentaporcento,aosMunicípios,afetando­

seorestanteaosEstados.

§3°Os Municípios poderãoestabelecerconsórcioparaexecuçãodeações eserviços desaúde, remanejando,

entresi,parcelasderecursosprevistosnoincisoIVdoart.2°destalei.

08/07/2016

L8142

Art.4°Parareceberemosrecursos,dequetrataoart.3°destalei,osMunicípios,osEstadoseoDistritoFederal

deverãocontarcom:

I­FundodeSaúde;

II­ConselhodeSaúde,comcomposiçãoparitáriadeacordocomoDecreton°99.438,de7deagostode1990;

III­planodesaúde;

V­contrapartidaderecursosparaasaúdenorespectivoorçamento;

VI­ComissãodeelaboraçãodoPlanodeCarreira,CargoseSalários(PCCS),previstooprazodedoisanospara

suaimplantação.

Parágrafoúnico.OnãoatendimentopelosMunicípios,oupelosEstados,oupeloDistritoFederal,dosrequisitos estabelecidos nesteartigo, implicaráem queos recursos concernentes sejam administrados, respectivamente, pelos EstadosoupelaUnião.

Art.5°ÉoMinistériodaSaúde,medianteportariadoMinistrodeEstado,autorizadoaestabelecercondiçõespara

aplicaçãodestalei.

Art.6°Estaleientraemvigornadatadesuapublicação.

Art.7°Revogam­seasdisposiçõesemcontrário.

Brasília,28dedezembrode1990;169°daIndependênciae102°daRepública.

FERNANDOCOLLOR

AlceniGuerra

EstetextonãosubstituiopublicadonoD.O.U.de31.12.1990

*

08/07/2016

L8142