Sei sulla pagina 1di 157

Manual de Operação do Software

Ashtech Solutions 2.6

Elaborado pela equipe de Suporte Técnico da Allcomp

Thales Navigation 471 El Camino Real Santa Clara, CA USA 95050-4300 Números de Telefones e

Thales Navigation 471 El Camino Real Santa Clara, CA USA 95050-4300

Números de Telefones e Fax

Principal

Voz: +1 408-615-5100

Fax: +1 408-615-5200

Vendas

US: 1-800-922-2401

Internacional: +1 408-615-3970

Fax: +1 408-615-5200

Europa

Voz: +44-118-931-9600

Fax: +44-118-931-9601

Support

US: 1 800-229-2400

Internacional: +1 408-615-3980

Fax: +1 408-615-5200

Internet

support@ashtech.com

http://www.ashtech.com

http://www.thalesnavigation.com

Fax: +1 408-615-5200 Internet • support@ashtech.com • http://www.ashtech.com • http://www.thalesnavigation.com

Informações Gerais:

Copyright Notice Copyright © 2002 Thales Navigation. All rights reserved. Nenhuma parte desta publicação ou os programas de computador descritos no presente manual podem ser reproduzidos, traduzidos, ou armazenados num sistema de recuperação de dados, ou transmitidos em qualquer forma ou por qualquer motivo, eletronicamente, por fotocópia mecânica, gravado, ou outro, sem a permissão prévia da THALES Navigation. Seus direitos com relação a esta publicação e os programas de computador são matéria de restrições e limitações impostas pelas leis de direito de cópia dos Estados Unidos (“USA”) e/ou a jurisdição na qual se encontre localizado. Para informação acerca de traduções e distribuição fora dos USA por favor contate a THALES Navigation.

Impresso nos Estados Unidos. Part Number: 630821-02, Revisão C Junho, 2002

Observação d Marca Comercial Ashtech é uma marca comercial registrada da THALES Navigation. Planejamento de Missão Download, GPS FieldMate, Seismark, Mine Surveyor, Locus, Z-Xtreme, Real-Time Z, Z-12, e Z- Surveyor, e Ashtech Solutions são marcas comerciais da THALES Navigation. Todos os outros nomes de produtos e marcas são marcas comerciais registradas de seas respectivos proprietários.

ACORDO DE LICENÇA DE SOFTWARE

IMPORTANTE: AO ABRIR ESTE PACOTE DE DISCO FECHADO CONTENDO O SOFTWARE OU A INSTALACION DO MESMO, VOCÊ ESTÁ ACEITANDO LIMITAR-SE AOS TERM E CONDIÇÕES DO ACORDO DE LICENÇA (“ACORDO”). ESTE ACORDO CONSTITUI O COMPLETO ACORDO ENTRE VOCÊ (“LICENCIADO”) E A THALES Navigation. (“LICENCIADOR”). CUIDADOSAMENTE LEIA O ACORDO E SE NÃO ACEITA OA TERMOS DO MESMO, DEVOLVA O PACOTE DE DISCO FECHADO, JUNTO COM OS ITENS ACESSÓRIOS ACOMPANHANTES NO LUGAR DE COMPRA PARA A COMPLETA DEVOLUÇÃO DE SEU DINHEIRO.

LICENÇA. O LICENCIADOR lhe garante uma limitada, exclusiva, não transferível licença pessoal (“Licença”) pára (i) instalar e operar a cópia do programa de computador, conteúdo neste pacote, (“Programa”) só sobre um computador pessoal (uma unidade de processamento associada com um monitor e teclado) e (ii) fazer só uma cópia do programa para seu uso no mesmo computador. O LICENCIADOR e seus distribuidores mantêm todos os direitos do Programa não outorgados expressamente neste Acordo.

PROPRIEDADE DOS PROGRAMAS E CÓPIAS: Esta Licença não é uma venda do programa original ou qualquer das cópias. O LICENCIADOR e seus distribuidores mantêm a propriedade do programa e todos os direitos de cópia e outros direitos de propriedade, e todas as cópias subsequentes do Programa devem ser feitas por você, sem importar a forma na que as cópias pudessem existir. O programa e os manuais acompanhantes (“Documentação”) são trabalhos com direitos de cópia de autoria e contêm segredos comerciais e informação confidencial de propriedade do LICENCIADOR e seus distribuidores. VOCÊ aceita realizar esforços razoáveis, para proteger os interesses de propriedade do LICENCIADOR e seus distribuidores no Programa e Documentação, e mantê-los em estrita confidência.

RESTRIÇÕES DO USUÁRIO. O Programa é proporcionado para seu uso em operações de negócio comerciais internas e deve permanecer em todo momento sobre um único computador, que seja de sua propriedade ou um alugado por VOCÊ. Você Poderia fisicamente transferir o programa de um computador a outro considerando que o Programa está operando somente sobre um computador por vez. Você não pode operar o Programa em associação de tempo ou operação de serviço de agenda, vender, alugar, sub-alugar, transferir, transmitir eletronicamente ou de outra maneira mover o Programa ou Documentação, sobre uma base temporária ou permanente, sem o consentimento prévio por escrito do LICENCIADOR. Você aceita não traduzir, modificar, adaptar, desmontar, decompilar, ou realizar engenharia reversa ao Programa, ou criar trabalhos derivativos do Programa ou Documentacion ou qualquer porção do mesmo.

Término: A Licença é efetiva até terminar. A Licença terminará sem notícia do LICENCIADOR, se Você não cumpre com qualquer das provisões deste Acordo. Com a terminação deste acordo, Você deverá terminar todo o uso do Programa e a Documentação e devolvê-los, bem como as cópias do mesmo, ao LICENCIADOR.

GERAL. Este acordo deve ser governado por e constituído em concordância com as Leis do Estado da California e dos Estados Unidos sem importar o desacordo das provisões de leis do mesmo, e sem estimar a Convenção de Nações Unidas sobre contratos para a venda Internacional de Bens

EVASÃO DE GARANTIAS E LIMITAÇÕES DE RESPONSABILIDADE

O LICENCIADOR E SEUS DISTRIBUIDORES NÃO OFERECEM NENHUMA GARANTIA

OU REPRESENTAÇÕES, EXPRESSAS OU IMPLÍCADAS, RELACIONADAS COM O PROGRAMA, DOCUMENTAÇÃO MÌDIA, RESULTADO OU CERTEZA DOS DADOS E

EXPRESSAMENTE DECLARA NENHUMA GARANTIA DE MERCANCIA E UTILIDADE PARA UM PROPÓSITO PARTICULAR E DE NÃO INFRINGIMIENTO. O LICENCIADOR

E SEUS DISTRIBUIDORES NÃO GARANTEM QUE O PROGRAMA REÚNA SEUS

REQUERIMENTOS OU QUE SUA OPERAÇÃO SERÁ ININTERROMPIDA OU LIVRE DE

ERROS

O LICENCIADOR, e seus distribuidores, ou qualquer envolvido na criação ou entrega do

Programa ou Documentação a você. não terá nenhuma responsabilidade com você, ou qualquer terceira parte para danos especiais, acidentais, indiretas, prejuíso com consequências (incluindo, mas não limitando a perdas, ganhos ou economias, dano ou troca de equipe ou propriedade, recuperação ou substituição de programa de dados) surgidos das reclamações baseados na garantia, contrato, (incluindo negligência), estrita segurança, ou de outro modo; inclusive se o LICENCIADOR ou seus distribuidores tenham sido advertidos da possibilidade de tal reclamação ou dano. A responsabilidade do LICENCIADOR e seus distribuidores, para danos diretos não deve exceder a quantidade atual paga por esta Licença de Programa.

Alguns estados não permitem a exclusão ou limitação de garantias implicadas por danos acidentales ou consequenciais, razão pela qual as limitações ou exclusões anteriores poderiam não ser aplicáveis.

DIREITOS RESTRINGIDOS DO GOVERNO DOS USA O Programa e a Documentação são proporcionados com DIREITOS RESTRITIVOS. Seu uso, duplicação, ou revelação pelo Governo é matéria das restrições segundo progresso estabelecido na subdivisão (c)(1)(ii) da cláusula Direitos em Dados Técnicos e Software de Computador no DFARS 252.227-7013 ou subdivisão 9(C)(1) e (2) do Software de Computador Comercial - Direitos Restringidos 48 CFR 52.227.19, segundo aplicável.

Se você tem alguma pergunta relacionada com Garantias Limitadas e Limitação de Responsabilidade por favor contate a THALES Navigation por escrito: THALES Navigation, 471 O Caminho Real, Santa Clara, CA 95050, USA.

Conteúdo

Capítulo 1. Introdução

1

O

que é o Ashtech Solutions?

1

Rol do Ashtech Solutions em Observações GPS

2

Onde encontrar informação?

2

Requerimentos de Sistema

2

Instalação do Ashtech Solutions

3

O

que fazer primeiro?

3

Suporte ao Cliente

4

Capítulo 2. Iniciando

5

Iniciando o Ashtech Solution

5

Saindo do Ashtech Solution?

6

Navegando Através do Software

6

Usando a Janela Time View

6

Aplicando Zoom

7

Tarefas na janela Time View

7

Uso da Janela Map View

7

Legenda, Cores e Símbolos

9

Apresentação de Erros

10

Aplicando Zoom

11

Tarefas da Janela Map View

11

Uso da Janela Workbook

11

Janela de Mensagens

14

A

Barra de Ferramentas Ashtech Solutions

14

O

Sistema de Ajuda Ashtech Solutions

15

Capítulo 3. Projetos

16

Criando um Projeto

16

Abrindo um Projeto Existente

21

Salvando um Projeto

23

Configurações do Projeto

23

Excluindo Arquivos de Dados de um Projeto

24

Eliminando uma Estação do Projeto

25

Capítulo 4. Adicionando Arquivos de Dados

26

Adicionando Dados do Receptor

26

Transferindo Dados de um Coletor Manual

31

Transferência de Dados de um Coletor Manual HP- 48

31

Transferência de Dados de Múltiplas Fontes

32

Adicionando Dados de um Disco

33

Adicionando Vetores Processados

34

Eliminando dados de um Projeto

36

Capítulo 5. Processamento de Dados

38

Análise de Dados de Pré-processamento

38

Análise de Dados de Pós-Processamento

55

Processando Vetores Manualmente

58

Capítulo 6. Ajustamento

70

Ajuste Minimamente restringido

70

Ajuste Restringido

75

Capítulo 7. Relatórios

76

Estabelecendo o Programa Editor de Relatórios

76

Geração de Relatórios

77

Imprimindo Relatórios e a Janela Workbook

79

Capítulo 8. Exportando Dados

81

Exportando Dados

81

Exportação de Dados Processados v/s Não Processados

82

Efeitos da Filtragem

82

Descrição de Formatos de Arquivos de Exportação

82

Arquivos ASCII Definidos pelo Usuário

83

Personalizando um Arquivo de Exportação ASCII

83

Criando um Formato Definido pelo Usuário

85

Promovendo um Tipo de Dado

91

Uso de Dados Exportados

92

Uso de Arquivos ASCII Definidos pelo Usuário

92

Uso de Arquivos Tipo “O-file”

92

Uso de Arquivos de Coordenadas TDS

92

Uso de Arquivos Bluebook

92

Capítulo 9. Transformação de Coordenadas

93

Selecionando um Sistema de Coordenadas

93

Pré-Definido

93

Definindo um Novo Datum Geodésico

94

Definindo um Elipsóide

95

Estimando os Parâmetros de Transformação de Datum

96

Definindo um Novo Sistema de Grid

98

Definindo um Novo Sistema de Grid Local

100

Estimativa de Parâmetros de Transformação de Grid Local

102

Definindo um Novo Sistema Terrestre

104

Sistemas de Altura

105

Uma nota a respeito do NADCON

106

Apêndice A. Planejamento da Missão

107

Arquivos Almanaque

107

Quando Usar o Planejamento da Missão

108

Iniciando Planejamento da Missão

108

Selecionando Satélites e o Almanaque

109

Criando um Novo Projeto

111

Abrindo um Projeto Existente

112

Salvando um Projeto

113

Adicionando um Ponto ao Projeto

113

Opções

114

Modo de Posicionamento

115

Tempo de Exibição

115

Ângulo de Corte

115

Obstruções Ativas ou Inativas

116

Carregar o último Almanaque

116

Diagrama de Satélite

116

Usando o Diagrama Visibilidade de Satélite

116

Usando o DOP Plot (Geometria)

117

Usando o Sky Plot

118

Editor de Obstruções

119

Apêndice B. Convertor RINEX

121

Observações Preliminares

121

Iniciando o Convertor Rinex

121

Convertendo de Formato RINEX para Ashtech

124

Convertendo Arquivos Ashtech a Formato RINEX

126

Convertendo mais de um Arquivo de uma vez

136

Apêndice C. Análise de Pós-Processamento

137

Ferramentas de Detecção de Erros

138

Teste de Conectividade de Rede

139

Variância do Peso Unitário/Desvio Padrão do Peso Unitário

139

Teste Qui-Quadrado

140

Resíduos de Observação

141

Teste Tau

143

Análise de Fechamento do Circuito

144

Análise de Vetor Repetido

145

Análise de Estações de Controle

145

Ferramentas de Análise de Qualidade

146

Erro Relativo

146

Precisão Relativa

147

Teste QA para o Par de Estações

148

Erros

149

1

1 Introdução O que é o Ashtech Solutions? O Ashtech Solutions é um pacote de programas

Introdução

O que é o Ashtech Solutions?

1 Introdução O que é o Ashtech Solutions? O Ashtech Solutions é um pacote de programas

O Ashtech Solutions é um pacote de programas de pós-processamento GPS automático. É

extremamente amigável ao usuário, e simplifica muitas das tarefas de escritório, uma característica

que será apreciada por usuários novos, bem como também, por usuários mais experientes. O Ashtech Solutions opera sobre os sistemas operacionais Windows 95, 98, 2000, e NT 4.0.

Este poderoso pacote inclui componentes especialmente desenvolvidos para auxiliar-lhe em todos os estágios de planejamento e pós- processamento de observações GPS:

• Planejamento de Missão

• Configuração do Receptor

• Transferência de Dados

• Processamento de Vetores

• Ajustamento de Rede

• Análise de Qualidade

• Transformação de Coordenadas

• Geração de Relatórios

• Exportação

O Ashtech Solutions integra um dos mecanismos mais velozes de processamento

disponíveis, tanto para a detecção de erros, como para assegurar um adequado processamento numa primeira instância. À medida que o processamento ocorre, o Ashtech Solutions continuamente atualiza a tela gráfica para proporcionar uma verdadeira representação do campo de trabalho.

A apresentação de dados é otimizada pelo uso de um combinado sistema de arquivos

recentemente incluído aos receptores GPS Ashtech e o programa de coleta de dados. O novo sistema de arquivos permite a entrada do Identificador de estação ( Site ID), altura de antena e uma descrição de lugar para cada estação. Os seguintes produtos usam este sistema de arquivos combinados:

• Receptores

• Z-Xtreme, versão firmware ZA00 ou posterior

• Z-Surveyor, versão firmware UG00 ou posterior

• Receptor Z-12, versão firmware 1M00 ou posterior

• Real-Time Z, versão firmware 6J00

• Locus, versão firmware A00 ou posterior

• ProMark2

• Software do Coletor

• Pocket Survey Controle v. 1.0 ou posterior

• Survey Controle II

• GPS FieldMate v. 3.0

• Mine Surveyor II, v. 3.0

• SeisMark II v. 3.0

• TDS Survey Pro com GPS v. 4.5.02 ou posterior

Rol do Ashtech Solutions em Observações GPS

ou posterior Rol do Ashtech Solutions em Observações GPS Uma vez realizada a observação, o Ashtech

Uma vez realizada a observação, o Ashtech Solutions permite a determininação exata da localização das estações dentro dos parâmetros que você tenha estabelecido. Uma vez completo o pós-processamento, o Ashtech Solutions lhe permite desenvolver a detecção de erros, o ajustamento de sua rede, bem como revisar as medidas de qualidade.

Uma vez completado o sistema de processamento, O Ashtech Solutions transforma os dados brutos em um relatório final detalhado que pode ser gerado numa variedade de formatos que se ajustam às necessidades de cada cliente.

Onde encontrar informação?

necessidades de cada cliente. Onde encontrar informação? Você pode encontrar informação sobre o Ashtech Solutions

Você pode encontrar informação sobre o Ashtech Solutions da seguinte maneira:

este manual

Tutorial

Sistema de Ajuda – O sistema de ajuda tem informações adicionais não encontradas neste manual, incluindo um glossário abrangente.

Introdução

Requerimentos de Sistema

glossário abrangente. Introdução Requerimentos de Sistema O Ashtech Solutions apresenta os seguintes requerimentos de

O Ashtech Solutions apresenta os seguintes requerimentos de sistema para seu computador pessoal (PC) de escritório.

Pentium 90 MHz ou superior. O Ashtech Solutions pode operar em uma máquina Pentium mais lenta ou até uma 486, mas, a produtivamente será prejudicada.

Windows 95, 98, 2000 ou NT 4.0

Mínimo 35 MB espaço de disco rígido

Mínimo 2 MB RAM

CD ROM

Porta Serial para transferir dados entre o PC e o receptor / Portátil

Instalação do Ashtech Solutions

Instalação do Ashtech Solutions Para instalar Ashtech Solutions: 1. Inicie o Windows ou, se Windows se

Para instalar Ashtech Solutions:

1. Inicie o Windows ou, se Windows se encontra operando, feche todas as

aplicações.

2. Insira o CD na unidade de CD ROM.

3. Na maioria dos computadores, o utilitário autorun inicia o processo de instalação

automaticamente.

O utilitário Setup lhe permite instalar o Ashtech Solutions, Adobe Acrobat™, ou explorar o CD sem necessidade de instalar. Para instalar o software, clique em Install Ashtech Solutions. Isto inicia o assistente de instalação, o qual lhe guiará durante o resto do processo.

4. Se o utilitário Setup não inicia automaticamente quando você insere o CD-ROM,

selecione Executar no menu Iniciar de seu computador.

5. Digite x:\setup e pressione a tecla Enter, onde x é a unidade de atribuição de sua

unidade de CD ROM. O Ashtech Solutions instala por si mesmo, no momento em que você aceitar os termos de licença de software.

O que fazer primeiro?

os termos de licença de software. O que fazer primeiro? Se você está iniciando a utilização

Se você está iniciando a utilização das técnicas padrão de observação GPS, você pode achar a tecnologia GPS complexa ou inclusive intimidante. No entanto, ao familiarizar-se com as técnicas básicas, você verá que a tecnologia GPS é uma poderosa ferramenta de produtividade. A seguir são feitas recomendações para usuários novos ao sistema GPS.

1. Revise toda a documentação do Ashtech Solutions, incluindo o arquivo readme.txt

instalado com o Ashtech Solutions, para familiarizar-se com o conteúdo e a organização.

2. Siga as instruções do manual de receptor, use o receptor para fazer um estudo atual em

miniatura, tal como um estacionamento ou um parque, ou dedique um pouco de tempo para trabalhar através dos exemplos no tutorial para entender o funcionamento e a terminologia do Ashtech Solutions.

3. Transfira os dados a seu PC e inicie o software Ashtech Solutions segundo as instruções

do Guia do Usuário do Ashtech Solutions.

4. Imprima os dados no formato que deseje.

Suporte ao Cliente

Suporte ao Cliente Se você tem alguma dificuldade ou requer uma assistência especializada, pode contatar o

Se você tem alguma dificuldade ou requer uma assistência especializada, pode contatar o Serviço ao Cliente, através da linha telefônica, correio eletrônico ou a Internet.

Por favor, para uma maior rapidez na solução de seu problema, consulte a documentação (manual, tutorial, help) antes de contatar a nosso Serviço ao Cliente. Muitos dos problemas comuns estão identificados na documentação, bem como as sugestões para resolvê-los.

Ashtech Precision Products Customer Support, Santa Clara, CA, USA

800 number: 800-229-2400

Direct dial: (408) 615-3980

Local voice line: (408) 615-5100

Fax line: (408) 615-5200

e-mail: support@ashtech.com

Ashtech Europe Ltd. Oxfordshire UK

Tel: +44 118 987 3454

Fax: +44 118 987 3427

Ashtech South America

Tel: +56 2 234 56 43

Fax: +56 2 234 56 47

Antes de entrar em contato com o suporte, por favor obtenha as seguintes informações:

Número do Serial do Receptor

Número da versão do Software

Serial key do Software

Número da versão do Firmware

Uma clara e concisa descrição do problema

2

2 Iniciando Este capítulo descreve os fundamentos do Ashtech Solutions, incluindo o início do software, navegação

Iniciando

Este capítulo descreve os fundamentos do Ashtech Solutions, incluindo o início do software, navegação através do software, e o uso das diferentes janelas.

Iniciando o Ashtech Solution

e o uso das diferentes janelas. Iniciando o Ashtech Solution Para iniciar o Ashtech Solutions de

Para iniciar o Ashtech Solutions de seu Windows 95, 98, 2000, ou Windows NT desktop:

Na tela principal do Windows, clique em Início, selecione o menu Programas e selecione Ashtech Solutions.

Depois que o Ashtech Solutions for exibido na tela, a caixa de diálogo Welcome será aberta (Figura 2.1).

a caixa de diálogo Welcome será aberta (Figura 2.1). Figure 2.1 . Caixa de diálogo Welcome

Figure 2.1. Caixa de diálogo Welcome

Use esta caixa de diálogo para abrir um projeto existente, criar um novo projeto, abrir o último projeto trabalhado, ou executar o Ashtech Solutions sem um projeto.

Clique na checkbox mostrada na figura, para que esta caixa não apareça na próxima vez que o programa for aberto.

Saindo do Ashtech Solution?

Saindo do Ashtech Solution? Você pode sair do Ashtech Solutions a qualquer momento, selecionando Exit do

Você pode sair do Ashtech Solutions a qualquer momento, selecionando Exit do menu Project. Se o projeto no que você está trabalhando requer salvar as últimas mudanças, aparecerá uma janela sugerindo-lhe salvar o projeto.

Navegando Através do Software

salvar o projeto. Navegando Através do Software A janela principal do Ashtech Solutions apresenta três

A janela principal do Ashtech Solutions apresenta três janelas, as quais permitem visualizar

e trabalhar com sua informação: A janela Time View, A janela Map View, e a janela Workbook. Todas as tarefas necessárias para processar e ajustar seus dados com sucesso podem ser realizadas dentro destas janelas

Usando a Janela Time View

A janela Time View, Figura 2.2, mostra as observações para cada receptor ou o arquivo

carregado dentro do projeto. Esta tela proporciona uma fácil e rápida visão do tempo de observação em cada estação.

e rápida visão do tempo de observação em cada estação. Figure 2.2. JanelaTime View A Barra

Figure 2.2. JanelaTime View

A Barra de Título Time View mostra a data de coleta de dados e indica se os dados foram

filtrados. Para mais informação sobre Filtragem de Dados, veja o Capítulo 5 , Processamento de Dados.

Completamente maximizada, a janela Time View mostra os dados de um dia por vez. A Barra de Título também mostra o dia sequencial que você está observando.

O painel esquerdo da janela Time View lista cada receptor por número serial, enquanto o painel direito mostra cada observação. Dê um duplo clique sobre um receptor para ver a informação acerca deste. Se você coletou dados com um receptor Base, mas não usou o Coletor manual, as observações têm nomes de estações ????. Antes de processar os dados, você precisará corrigir os nomes para as estações de cada observação.

O Ashtech Solutions automaticamente usa diferentes cores para cada estação no projeto, e

as observações de cada estação aparece da mesma cor para sua fácil referência. Sobre o painel direito se encontram a data e a escala de tempo.

Aplicando Zoom

Se você precisa ver um segmento de dados de observações mais de perto, pode facilmente maximizar pequenos segmentos na janela Time View .

Para maximizar a vista, clique na janela Time View perto da observação que você deseja maximizar, e arraste o cursor para definir a área que será maximizada. Quando soltar o botão do mouse, a janela Time View irá maximizar a nova área.

Para minimizar a vista, utilize a tecla Esc, ou o botão Zoom Out da Barra de Ferramentas para reduzir nível por nível. Um segundo clique no botão Zoom Out expandirá a vista ao máximo.

Tarefas na janela Time View

Na janela Time View, você pode realizar as seguintes tarefas:

• Ver informação do receptor

• Ver informação do arquivo de dados brutos

• Ver e estabelecer informação de uma observação

• Incluir ou excluir uma observação em processamento

• Imprimir a janela time view

• Extrair dados de uma observação

Uso da Janela Map View

A janela Map View, Figura 2.3, mostra as estações e os vetores do projeto, e tem múltiplos

modos de destacar atributos importantes.

Figura 2.3 . Janela Map View • Normal - Mostra as estações relacionadas com os

Figura 2.3. Janela Map View

Normal - Mostra as estações relacionadas com os dados carregados dentro do projeto.

Processamento - Mostra as estações e vetores dos dados processados, e resultados

estatísticos do processamento. Os vetores não processados são mostrados em linhas pontilhadas,

vetores processados que passaram no teste QA em verde; e os vetores que falham, em vermelho. As irregularidades nas estações e nos vetores são mostradas com uma elipse dos erros e uma barra vertical de erro.

Ajustamento- Mostra as estações e vetores ajustados, e os resultados estatísticos de

ajuste. Vetores não ajustados são linhas negras, vetores ajustados que passam no Teste Tau são verdes, e os que não passam são vermelhos. Irregularidades na estação e vetor são mostradas com a elipse dos erros e uma barra de erro vertical.

Vetores Repetidos - Mostra todos os vetores de observações repetidas, bem como os

resultados de comparação entre eles. Os vetores não repetidos são apresentados em negro, os repetidos que passam no teste QA em verde, e os que falham, em vermelho.

NOTA: As sessões repetidas da mesma estação enquanto se coletam os dados em modo cinemático, são tomados em média dentro da solução. Um vetor não-repetido é gerado nestes casos.

Controle - Mostra as coordenadas das estações de controle e os resultados da

comparação entre as posições calculadas e as posições registradas. As estações de controle que

passam no teste QA são apresentadas em verde, e os que falham, em vermelho.

Fechamento de Circuito - Mostra todos os vetores e as estações no projeto. Você pode

selecionar um circuito de vetores a fim de calcular o fechamento do circuito. Os vetores são selecionados um por vez até que o circuito seja fechado. Os resultados mostrados para os circuitos serão: os circuitos que passam no teste QA, em cor verde; e os que falham, em vermelho.

Precisão Relativa à Rede - Mostra as estações ajustadas, vetores, e o resultado dos

cálculos de precisão relativos a um par de estações. A precisão relativa é calculada para cada par de estações entre as quais um vetor foi medido. Os pares de estações que passam no teste QA

são apresentados em verde; e os que falham, em vermelho.

Use o menu de contexto que se abre ao pressionar o botão direito do mouse, para mover- se entre as diferentes janelas e mudar os elementos que são mostrados. A ficha ativa do Workbook corresponde ao diagrama de estações.

Legenda, Cores e Símbolos

Use o menu aberto ao clicar no botão direito do mouse para mostrar a figura 2.4.

clicar no botão direito do mouse para mostrar a figura 2.4. Figura 2.4. Janela de Legenda

Figura 2.4. Janela de Legenda do Map View

Esquema Geral de Cores

O esquema geral de cores para todas as apresentações dos mapas é:

Verde- Itens que passam no teste QA

Roxo- Itens que falham no teste QA

Laranja- Itens selecionados

Cores e Símbolos das Estações

A Tabela 2.1 lista as cores de símbolos em todos os Map Views:

Tabela 2.1. Símbolos de Estação

 

Não-Processado

Processado (Azul; Azul claro quando selecionado)

Ajustado

Falho

(Marron;Magenta

(Teal;Verde claro

(Vermelho,

quando

quando a

Magenta quando

selecionado)

selecionado)

selecionado)

Site

Site
Site
Site
Site

Estação

Horizontal Control Site ( Controle de Posição Horizontal)

Horizontal Control Site ( Controle de Posição Horizontal)
Horizontal Control Site ( Controle de Posição Horizontal)
Horizontal Control Site ( Controle de Posição Horizontal)
Horizontal Control Site ( Controle de Posição Horizontal)

Vertical Control

Vertical Control
Vertical Control
Vertical Control
Vertical Control
 

Site

(

Controle de

       

Posição Vertical )

Horizontal and

Horizontal and
Horizontal and
Horizontal and
Horizontal and

Vertical Control

 

Site

       

(

Controle de

Posição Horizontal

 

e Vertical )

Cores dos Vetores

A Tabela 2.2 descreve os símbolos de vetor relacionados a um específico Map View.

Map View

Cores dos Vetores

Não Processado

Linhas pretas ponteadas

Processados

Verde - Passou no processamento QA Vermelho - Falhou no processamento QA

Processado e selecionado

Verde Claro- passou no processamento QA Magenta - Falhou no processamento QA

Ajustado

Verde - passou no ajustamento QA Vermelho - Falhou no ajustamento QA Preto - Não ajustado

Controlado

Preto

Vetor Repetido

Vermelho - falhou na análise QA do vetor repetido

Verde - passou na análise QA do vetor repetido

Preto - Não há um vetor repetido

Circuito fechado

Laranja

Excluído

Cinza

Apresentação de Erros

Após ajustar a rede, os erros vertical e horizontal são mostrados para cada estação (Figura 2.5). O erro Horizontal é mostrado como uma região elíptica ao redor da estação, e erro real é estimado na região. O Erro Vertical é representado como uma linha negra remarcada; o tamanho da linha indica a gravidade do erro. Quando a legenda do Mapa View é mostrada, as medidas destes erros podem ser estimadas rapidamente.

Figura 2.5. Erro na janela Map View. Aplicando Zoom A característica do Zoom permite que

Figura 2.5. Erro na janela Map View.

Aplicando Zoom

A característica do Zoom permite que você veja o mapa de área com maior detalhe.

Para aplicar zoom-in - Clique e arraste o cursor para definir a área. Quando você soltar o botão do mouse, a janela Map View maximizará a nova área.

Para aplicar zoom-out - Use a tecla Esc ou o botão Zoom Out na barra de ferramentas para reduzir um nível.

Tarefas da Janela Map View

Clique com o botão direito do mouse sobre a janela Map View para realizar as seguintes

tarefas:

• Ver as propriedades de um vetor

• Incluir/excluir um vetor no ajustamento

• Ver as propriedades de uma estação

• Incluir ou Editar o nome de uma estação

• Estabelecer uma estação de controle que se mantenha fixa para o processamento ou ajustamento, e editar suas coordenadas

• Desenvolver testes de fechamento de circuito

• Imprimir um map view

• Ver os resultados do teste QA

Uso da Janela Workbook

A janela Workbook, Figura 2.6, apresenta fichas que mostram diferentes tipos de informação, desde coordenadas até estatísticas de precisão de uma rede. A maioria destas fichas tem campos editáveis.

Figure 2.6. Janela Workbook – Fichas de arquivos Altere entre telas, clicando numa ficha diferente.

Figure 2.6. Janela Workbook – Fichas de arquivos

Altere entre telas, clicando numa ficha diferente.

Clique em qualquer título de coluna para ordenar os dados em forma ascendente ou descendente.

Na maioria das fichas, clicando com o botão direito do mouse sobre qualquer valor numa coluna, será mostrado um menu de contexto com as diferentes opções, para ver a informação nessa coluna.

A seleção de um item de uma ficha do Workbook seleciona o mesmo item mostrado em outros Views. Por exemplo, ao clicar sobre o Identificador de estação Site ID de uma localização particular na ficha Site, esta estação também será selecionado no Map View.

Para A Tabela 2.3 descreve cada ficha, assim como as atividades realizadas nelas. Veja o sistema de Ajuda para mais informação sobre os campos nas fichas.

Tabela 2.3. Ficha da janela Workbook

Nome da Ficha

Descrição

Atividade

Arquivos

Informação sobre os arquivos de dados brutos carregados dentro do projeto atual.

Elimina o arquivo do projeto

Mostra os dados brutos do arquivo

 

Seleciona o tipo de antena

Observações

Informação sobre cada observação no projeto atual.

Edita o Identificador de Estação

• Edita a altura da antena

• Seleciona o tipo de antena

Seleciona o tipo de altura da antena

Estações

Informação sobre todas as estações incluindo posição, incertezas, e se o ponto está fixo.

Mostra as propriedades das estações

Edita o Identificador de estação

   

Elimina uma estação do projeto

Insere ou edita a descrição de uma estação

Estações de Controle

Informação de todas a estações de controle incluindo posição, irregularidades, e se o ponto se encontra fixo.

Estabelece uma estação de controle

Edita uma estação de Controle

 

Insere ou edita o identificador da estação

Vetores

Informação sobre os valores calculados mais recentemente para todos os vetores após seu processamento.

Exclui um vetor do ajuste, relatórios e exportação.

Visualiza dados base para o arquivo

 

Visualiza dados residuais do vetor

Estabelecer os parâmetros de processamento de um vetor.

Visualiza as propriedades dos parâmetros.

Vetores Repetidos

Informação de comparação sobre qualquer vetor com observações repetidas.

• Só Visualização

Fechamento de Circuito

Resultados de testes de fechamento de circuito desenvolvidos em vetores.

• Desenvolve teste de

fechamento de circuito

Controle

Informação da comparação entre diferenças entre as coordenadas calculadas e as coordenadas conhecidas para as estações de controle não fixas.

Só Visualizarão

Análise de Ajustamento

Análise de vetores ajustados depois do ajustamento de rede.

Excluir um vetor do ajuste, relatórios e exportação

Visualiza dados base para o arquivo

Visualiza os dados residuais do vetor

Estabelece os parâmetros de processamento de um vetor

Visualiza as propriedades do vetor

Precisão Relativa da Rede

Análise da precisão da rede ajustada.

Só Visualização

Janela de Mensagens

Em baixo das fichas se encontra a Janela de Mensagens, Message Windows, Figura 2.6, que mostra informação de resumos, informação de registo de atividades, e alertas.

Apesar de que o texto não é editável, você pode selecionar o texto e copiar para o clipboard ou outra aplicação clicando com o botão direito do mouse.

A Barra de Ferramentas Ashtech Solutions

direito do mouse. A Barra de Ferramentas Ashtech Solutions A Barra de Ferramentas proporciona um fácil

A Barra de Ferramentas proporciona um fácil acesso a comandos de uso freqüente. A Tabela 2.4 descreve cada botão sobre a Barra de Ferramentas.

Para mostrar a Barra de Ferramentas, selecione Toolbar do menu View.

Para escolher um comando da Barra de Ferramentas, clique no botão correspondente.

Tabela 2.4. Botões da barra de Ferramentas

Botão

Descrição

New - Clique neste botão para criar um novo arquivo de projeto.

New - Clique neste botão para criar um novo arquivo de projeto.

Open - Clique neste botão para abrir um arquivo de projeto existente.

Open - Clique neste botão para abrir um arquivo de projeto existente.

Save - Clique neste botão para salvar o projeto.

Save - Clique neste botão para salvar o projeto.

Files from Receiver - Clique sobre este botão para substituir arquivos de dados ao projeto

Files from Receiver - Clique sobre este botão para substituir arquivos de dados ao projeto diretamente do receptor.

Files from Disk - Clique sobre este botão para substituir arquivos de dados ao projeto

Files from Disk - Clique sobre este botão para substituir arquivos de dados ao projeto de qualquer unidade de disco disponível.

Process New - Clique sobre este botão para processar só aquelas estações e vetores que

Process New - Clique sobre este botão para processar só aquelas estações e vetores que ainda não foram processados.

Adjustment - Clique sobre este botão para ajustar a rede.

Adjustment - Clique sobre este botão para ajustar a rede.

Workbook - Clique sobre este botão para abrir ou mudar para a ficha de Arquivos

Workbook - Clique sobre este botão para abrir ou mudar para a ficha de Arquivos da janela workbook.

Time View - Clique sobre este botão para abrir ou mudar para a janela Time

Time View - Clique sobre este botão para abrir ou mudar para a janela Time View

Map View - Clique sobre este botão para abrir ou mudar para a janela Map

Map View - Clique sobre este botão para abrir ou mudar para a janela Map Views.

Zoom Out - Clique sobre este botão para minimizar a janela ativa ao nível mais

Zoom Out - Clique sobre este botão para minimizar a janela ativa ao nível mais recente que se encontrava.

Filter - Clique neste botão para abrir a janela de Filtrar e selecionar os dias

Filter - Clique neste botão para abrir a janela de Filtrar e selecionar os dias dos dados que você deseje ver no projeto.

Project Settings - Clique sobre este botão para abrir a janela de Parâmetros de Projeto.

Project Settings - Clique sobre este botão para abrir a janela de Parâmetros de Projeto.

Relatório - Clique sobre este botão para gerar um relatório dos dados do projeto.

Relatório - Clique sobre este botão para gerar um relatório dos dados do projeto.

Exportar - Clique sobre este botão para exportar os dados do projeto a um arquivo.

Exportar - Clique sobre este botão para exportar os dados do projeto a um arquivo.

O Sistema de Ajuda Ashtech Solutions

projeto a um arquivo. O Sistema de Ajuda Ashtech Solutions O Ashtech Solutions tem um sistema

O Ashtech Solutions tem um sistema de Ajuda extensivo, para assistir-lhe quando for necessário, o qual contém informação adicional não encontrada neste manual, incluindo:

• Informação sensitiva de contexto para cada janela de diálogo

• Material de referência adicional, incluindo informação sobre GPS

• Glossário compreensivo da maioria dos termos GPS usados pelo Ashtech Solutions e receptores Ashtech

Para acessar ao sistema de Ajuda, pressione a tecla F1 de qualquer diagrama ou janela no Ashtech Solutions ou selecione Help Topics do menu Help.

3

3 Projetos O Ashtech Solutions utiliza um Projeto para manipular arquivos de dados e para processamento

Projetos

O Ashtech Solutions utiliza um Projeto para manipular arquivos de dados e para processamento de estações. Este capítulo descreve a criação, modificação, e manipulação de um projeto, depois de realizada a coleta de dados no receptor GSP.

Um projeto tipicamente contém arquivos de dados brutos (coletados por receptores GPS) e informações de estações (Identificadores, nomes de estações; e altura de antena) armazenados no coletor ou inseridos manualmente num livro de registo (logbook).

Criando um Projeto

num livro de registo (logbook). Criando um Projeto Você pode criar um novo projeto a qualquer

Você pode criar um novo projeto a qualquer momento em que software esteja sendo executado.

Para criar um projeto com o Ashtech Solutions em execução:

• Pressione Ctrl+N, ou

• Clique no botão New da Barra de Ferramentas, ou

• Selecione New no menu Project

Isto fecha o projeto atual e abre um projeto novo. Vá ao Passo 4 para continuar com a configuração de um projeto.

Para criar um projeto desde o início:

1. Inicialize o Ashtech Solutions.

Uma tela temporária é aberta, seguida da janela Welcome, Figura 3.1.

2. Clique na checkbox, se você não quer que esta caixa de diálogo apareça no futuro

Figure 3.1 . Caixa de diálogo Welcome 3. Clique em Create a new project .

Figure 3.1. Caixa de diálogo Welcome

3. Clique em Create a new project. A janela de Novo Projeto é aberta, Figura 3.2.

3. Clique em Create a new project . A janela de Novo Projeto é aberta, Figura

Figure 3.2. Caixa New Project

4.

A ficha General permite inserir os parâmetros do projeto e os dados administrativos.

Realize as seguintes entradas:

Project Name - Insira um nome para o novo projeto, como por exemplo, Observações

Smith.

NOTA: Você deve inserir o nome do projeto neste campo antes de inserir a localização, já que o Ashtech Solutions automaticamente cria um diretório baseado no nome do projeto.

Location - Este é o diretório onde o novo arquivo de projeto será armazenado. Se o

diretório por default não é o que você deseja utilizar, insira o nome do diretório ou use o botão

Browse para selecionar um diretório, após inserir o nome do projeto.

5. Insira os dados administrativos aplicáveis nos campos restantes.

6. Clique em Coordinate System para mudar para a ficha de Sistema de Coordenadas,

Figura 3.3.

mudar para a ficha de Sistema de Coordenadas, Figura 3.3. Figure 3.3. Caixa New Project —

Figure 3.3. Caixa New Project — ficha Coordinate System

Use a ficha Coordinate System para definir o sistema de coordenadas. Os valores default, WGS-84, sistema geodésico e altura elipsoidal, aparecem a primeira vez que você utiliza o software. Você pode mudar estes parâmetros de acordo com sua preferência, e depois seus parâmetros preferidos se tornarão os novos default. Ler o Capítulo 9, Transformação de Coordenadas, para maior informação sobre os parâmetros do sistema de coordenadas.

7. Clique em Miscellaneous para mudar para a ficha Miscellaneous, Figura 3.4.

Figure 3.4. Caixa New Project — Ficha Miscellaneous 8. Insira os valores de parâmetros que

Figure 3.4. Caixa New Project — Ficha Miscellaneous

8. Insira os valores de parâmetros que você quer usar. A tabela 3.1 descreve as componentes desta lista. Tabela 3.1. Descrição da Janela Miscellaneous

Componente

Descrição

Horizontal

Insira neste campo a precisão horizontal desejada para o projeto. Os níveis de erro calculados dos dados ajustados serão comparados com este valor limite. Qualquer dado que não cumpra com esta precisão, será marcado no campo QA como Falho. O valor por default horizontal é 0.01 + 10 ppm

Vertical

Insira a precisão vertical do projeto desejada neste campo. Os Níveis de erro calculados dos dados ajustados serão comparados ao valor inserido. Qualquer dado que não cumpra com este nível de precisão, será marcado no campo QA como Falho. O valor por default vertical é de 0.01m + 10 ppm

Nível de Confiança

Selecione o nível de confiança ao qual serão calculadas as margens de erro dos vetores e estações no projeto. Suas opções são 95% ou Erro padrão (68%).

Unidades Lineares

Clique sobre a seta à direita do campo e selecione as unidades lineares para todos os dados inseridos, telas e

 

saídas da informação linear do projeto. Sistemas de Unidades disponíveis: pés (USA), pés Internacionais, ou metros.

Tempo de Duração do vetor

O valor limite estabelecido no campo Tempo de Duração do Vetor, que define a quantidade mínima de tempo de cobertura entre as ocupações antes que um vetor seja processado. Se duas ocupações estão abaixo do valor limite, o vetor não será gerado. O tempo limite sugerido é de 5 minutos, devido ao fato de que qualquer quantidade inferior de dados, quase sempre resulta num vetor de baixa qualidade.

Intervalo de Altura de Antena válido.

Insira o intervalo de altura da antena, nas unidades de projeto selecionadas. Qualquer valor de antena fora deste intervalo é considerado como erro, e o sistema mostra um sinal de alerta.

Hora

Selecione o sistema de apresentação do tempo no projeto, utilizado o UTC ou Local. Se você selecionou o Tempo Local, deverá inserir a diferença de horas entre os dois sistemas.

Fator de escala de erro do vetor

Os erros dos vetores processados podem ser escalados antes do ajuste. Isto é descrito com mais detalhes no Apêndice C, Análise de Pós-Processamento.

Alturas de Antena

Clique sobre a seta à direita do campo para selecionar o tipo de altura da antena por default. Qualquer observação feita dentro do projeto que não tenha um tipo de altura de antena definido, será atribuído com o tipo selecionado aqui. Você pode mudar manualmente o tipo de altura da antena para cada observação se for necessário.

9. No bloco de Tempo, selecione o sistema de tempo que você está usando, UTC ou Local. Se você selecionar tempo Local, considere também a diferença de horas. Esta diferença será entre seu tempo local e o tempo UTC. Use a Figura 3.5 como referência

a diferença de horas. Esta diferença será entre seu tempo local e o tempo UTC. Use

Figura 3.5. distância do UTC

10. Quando você finalizar a configuração do projeto, clique em OK.

A janela Add Files é aberta, Figura 3.6. Para informação acerca de como adicionar

arquivos de dados ao seu projeto, leia o capítulo 4, Adicionando Dados de Arquivos.

projeto, leia o capítulo 4, Adicionando Dados de Arquivos. Figura 3.6. Caixa Add Files Abrindo um

Figura 3.6. Caixa Add Files

Abrindo um Projeto Existente

Figura 3.6. Caixa Add Files Abrindo um Projeto Existente Para abrir um projeto previamente criado: 1.

Para abrir um projeto previamente criado:

1. Na janela Welcome, Figura 3.8, clique sobre Open an Existing Project. Figure 3.7. Caixa
1.
Na janela Welcome, Figura 3.8, clique sobre Open an Existing Project.
Figure 3.7. Caixa de diálogo Welcome
Ou

• Pressione Ctrl+A

• clique sobre o botão Open na barra de ferramentas

• Selecione Open no menu Project

2. Na janela Open, Figura 3.8, navegue até encontrar o arquivo que você deseja abrir.
2.
Na janela Open, Figura 3.8, navegue até encontrar o arquivo que você deseja abrir.
Os arquivo de projeto têm a extensão .spr.
Figure 3.8. Caixa Open
3.
Dê um duplo clique sobre o nome do arquivo, ou selecione o nome do arquivo e clique
em Open.
4.
O projeto é aberto com as janelas Time View, Map View, e Workbook. O Ashtech

Solutions mostra o nome do projeto na barra de título (Figura 3.9).

mostra o nome do projeto na barra de título (Figura 3.9). Figure 3.9. Projeto Típico Após

Figure 3.9. Projeto Típico

Após abrir um projeto, você pode precisar substituir arquivos de dados. Para adicionar arquivos, leia o capítulo 4.

Salvando um Projeto

Salvando um Projeto Você pode salvar um projeto em uso a qualquer momento, por meio de

Você pode salvar um projeto em uso a qualquer momento, por meio de um dos seguintes métodos:

• Pressione Ctrl+S

• Clique sobre o botão Save da barra de ferramentas

• Selecione Save no menu Project

Você também pode salvar o projeto em uso com um nome diferente. Para salvar o projeto sob outro nome, selecione Save As do menu Project

Se você usou GPS Fieldmate, Seismark II, ou Mine Surveyor II, uma janela lhe perguntará se você deseja atualizar as coordenadas no arquivo *.out. Clique em Yes para sobrescrever as coordenadas do arquivo *.out. Clique em No, se você não deseja mudar as coordenadas do arquivo *.out.

Projetos

Configurações do Projeto

do arquivo *.out. Projetos Configurações do Projeto As configurações do projeto são os valores default, ou

As configurações do projeto são os valores default, ou a série de parâmetros estabelecidos ao criar o projeto. Para ver os parâmetros do projeto selecione Settings, do menu Project, ou clique no botão Project Settins da Barra de Ferramentas.

Figure 3.10. Janela Project Settings A janela Project Settings (figura 3.10) permite estabelecer os mesmos

Figure 3.10. Janela Project Settings

A janela Project Settings(figura 3.10) permite estabelecer os mesmos parâmetros da janela New Project . Você pode editar qualquer dos parâmetros dentro das fichas General, Coordinate System, ou Miscellaneous. Depois de modificar os parâmetros, clique em OK para salvar as configurações do projeto e fechar a caixa de diálogo.

Excluindo Arquivos de Dados de um Projeto

de diálogo. Excluindo Arquivos de Da dos de um Projeto Qualquer arquivo de dados brutos GPS

Qualquer arquivo de dados brutos GPS carregado dentro de um projeto, pode ser excluído posteriormente do projeto. Todas as observações e vetores gerados por estas estações serão automaticamente suprimidas do sistema.

Para apagar os arquivos de dados:

1. Dirija-se à ficha Files na janela Workbook.

2. Selecione o nome do arquivo que você deseja eliminar.

Ou

Pressione a tecla Delete ou o botão direito do mouse e selecione Delete no menu.

NOTA: Após apagar um arquivo de dados, se você desejar utilizá-lo novamente, deverá incluí-lo posteriormente no projeto.

Eliminando uma Estação do Projeto

Eliminando uma Estação do Projeto A exclusão de uma estação do projeto ocasiona que todos os

A exclusão de uma estação do projeto ocasiona que todos os vetores contendo esta estação sejam apagados, e que o Identificador da estação (Site ID) mude para ????.

1. Selecione a estação na ficha Estações da janela Workbook

2. Selecione Delete com o botão direito do mouse

–Ou–

Pressione a tecla Delete no teclado.

4

4 Adicionando Arquivos de Dados Este capítulo descreve o processo requerido para incluir arquivos de dados

Adicionando Arquivos de Dados

Este capítulo descreve o processo requerido para incluir arquivos de dados num projeto. Este processo emprega o módulo de Transferência de Dados ( Download )do Ashtech Solutions. Descrevem-se as seguintes tarefas:

• Adicionar arquivos de dados brutos do receptor

• Adicionar arquivos de dados brutos do disco

• Adicionar dados de descrição de estação do Coletor manual

• Adicionar vetores processados produzidos por outro conjunto de processamento

• Excluir dados de um projeto

• Estabelecer parâmetros do receptor

Você pode adicionar arquivos de dados a seu projeto quando criar o projeto, ou posteriormente, quando for necessário. Os arquivos de dados podem localizar-se no disco rígido (se previamente foram transferidos desde o receptor), ou podem rstar localizados dentro do receptor.

Se um projeto já foi criado e você deseja adicionar arquivos de dados:

• Pressione a tecla F3 ou selecione From Receiver

• Pressione a tecla F4 ou selecione From Disk

do menu Project

do menu Project

Adicionando Dados do Receptor

menu Project do menu Project Adicionando Dados do Receptor Você pode adicionar dados brutos diretamente do

Você pode adicionar dados brutos diretamente do receptor GPS ou de um Coletor manual, transferindo e adicionando os dados a um projeto em um simples passo, selecionando Add raw data files from receiver no menu Project. Utilize esta opção para inserir dados diretamente do Coletor manual, receptor GPS ou o PC Card removido do receptor GPS e inserido em um leitor de PC Card.

NOTA: Se você tem a opção de remover o cartão de dados do receptor para transferir os arquivos usando o PC Card Drive, você deve ainda usar a Transferência de Dados para converter os arquivos. Se você só copiar os arquivos do PC Card sem convertê-los, o Ashtech Solutions não será capaz de lê-los e importá-los.

1. Conecte o receptor a seu computador seguindo as instruções do manual do receptor, e

verifique se ele está ligado.

2. Selecione Add raw data files from receiver do menu Project. Aparecerá a janela

principal do módulo de Transferência de Dados do Ashtech Solutions (Figura 4.1).

Figura 4.1. Janela Principal de Download A janela principal do módulo de Transferência de dados

Figura 4.1. Janela Principal de Download

A janela principal do módulo de Transferência de dados consiste de dois painéis. O painel direito (o painel de PC(Computador Pessoal)) lista os arquivos, se existir algum no diretório onde se encontra localizado seu projeto. O painel esquerdo (o painel do Receptor ou Coletor manual) lista os arquivos no receptor ou Coletor manual.

NOTA: O painel do Receptor permanece vazio até que o receptor estabeleça comunicação com o receptor ou Coletor manual.

A tabela 4.1 descreve os botões de ferramentas.

Tabela 4.1. - Descrição dos ícones de Download do Ashtech na barra de ferramenta

Ícone

Descrição

Conexão via cabo - Clique neste ícone para abrir a caixa de diálogo Conexão via

Conexão via cabo - Clique neste ícone para abrir a caixa de diálogo Conexão via

cabo e conecte o cabo no receptor.

Conexão por IR - Clique neste ícone para abrir a caixa de diálogo Conexão por

Conexão por IR - Clique neste ícone para abrir a caixa de diálogo Conexão por IR

conecte ao receptor pelo dispositivo IR.

Mudar Dados de fonte - Clique neste ícone para abrir a caixa de diálogo Mudar

Mudar Dados de fonte - Clique neste ícone para abrir a caixa de diálogo Mudar

Dados de Fonte e conecte a outro receptor ou coletor manual.

Mudar de janela - Clique neste ícone para mudar a janela ativa.

Mudar de janela - Clique neste ícone para mudar a janela ativa.

Sessão Info - Clique neste ícone para abrir a caixa de diálogo de Informação de

Sessão Info - Clique neste ícone para abrir a caixa de diálogo de Informação de

sessão e conjunto de parâmetros de sessão dos arquivos de dados.

Seleção de arquivos - Clique neste ícone para selecionar arquivos baseados em uma

Seleção de arquivos - Clique neste ícone para selecionar arquivos baseados em uma

máscara de arquivo, isto é, para fazer seleção de arquivos.

Copiar - Clique neste ícone para copiar os arquivos selecionados para o diretório atual

Copiar - Clique neste ícone para copiar os arquivos selecionados para o diretório atual

do computador.

Mover - Clique neste ícone para mover os arquivos selecionados para o diretório atual

Mover - Clique neste ícone para mover os arquivos selecionados para o diretório atual

do computador.

Excluir - Clique neste ícone para apagar os arquivos selecionados.

Excluir - Clique neste ícone para apagar os arquivos selecionados.

Criar um novo diretório - Clique neste ícone para criar um novo diretório dentro do

Criar um novo diretório - Clique neste ícone para criar um novo diretório dentro do

diretório do computador.

Espaço livre - Clique neste ícone para conferir o es paço disponível do diretório atual

Espaço livre - Clique neste ícone para conferir o espaço disponível do diretório atual

ou do receptor.

Resumo dos arquivos - Clique neste ícone para exibir só os nomes dos arquivos.

Resumo dos arquivos - Clique neste ícone para exibir só os nomes dos arquivos.

Detalhe dos arquivos - Clique neste ícone para exibir o nome, o tamanho, a data,

Detalhe dos arquivos - Clique neste ícone para exibir o nome, o tamanho, a data, e o

tempo da última modificação para cada arquivo e diretório.

Ajuda - Clique neste ícone para acessar o sistema de ajuda.

Ajuda - Clique neste ícone para acessar o sistema de ajuda.

O que é isto? - Clique neste ícone e em qualquer outro lugar na janela

O que é isto? - Clique neste ícone e em qualquer outro lugar na janela ou menu para

obter uma informação rápida.

3. Selecione Connect do menu File.

Se você está transferindo os dados de um cartão PC inserido na leitora para o cartão PC de seu computador, selecione a Unidade de PC e siga os passos do 4 ao 7

Se você está transferindo os dados de um receptor, selecione Receiver e logo selecione o tipo de conexão, Connect via Cable or Connect via IR, dependendo da forma em que seu receptor GPS e encontra conectado a seu PC. Os receptores locais são atualmente os únicos receptores que se conectam via porta IR.

A janela de conecção que se abre, dependerá da forma da conecção, se por meio do cabo serial, ou do dispositivo IR. Apesar de que as fichas de Seleção são idênticas, as fichas de Parâmetros variam.

4. Na ficha Select Port, Figura 4.2, selecione a porta COM do receptor ou dispositivo IR

em uso.

Figura 4.2 .Ficha Select Port 5. Mova-se para a ficha Setting , Figura 4.3 e

Figura 4.2 .Ficha Select Port

5. Mova-se para a ficha Setting, Figura 4.3 e Figura 4.4.

5. Mova-se para a ficha Setting , Figura 4.3 e Figura 4.4. Figura 4.3. Conexão Via

Figura 4.3. Conexão Via Cabo – Ficha Settins

Figura 4.4. Figura 4.3. Conexão Via Cabo – Ficha Settins Figura 4.4 . Conexão Via IR

Figura 4.4. Conexão Via IR – Ficha Settins

6. Mude a velocidade de baudis para a maior permitida por seu receptor, para reduzir o

tempo de transferência de dados.

7. Verifique se o receptor está ligado e que a porta IR está alinhada, no caso do uso de um

dispositivo IR, clique em OK para conectar-se ao receptor.

O módulo de Transferência de Dados faz a conexão e mostra o conteúdo da memória do receptor.

Por exemplo, o Painel Receptor mostrado na Figura 4.5 lista:

0021a99.162—arquivo de dados brutos GPS, com “0021” como o identificador de estação

para todos os receptores, exceto Base; ou o número de série do receptor Base. Onde “a” é a sessão, “99” como o ano, e “162“ como o dia do ano (outros arquivos de dados podem ser

listados).

Almanaque—Arquivo de informações de satélites GPS - usado com o Planejamento de Missão (ver o Apêndice A, Planejamento da Missão ).

Correções ionosféricas—Arquivo GPS de correções de ionosfera de satélites. O arquivo de correções ionosféricas só é criado pelo receptor Base.

correções ionosféricas só é criado pelo receptor Base. Figura 4.5. Janela Principal de Download NOTA :

Figura 4.5. Janela Principal de Download

NOTA: O Almanaque e os arquivos de correções ionosféricas somente poderão conter informação completas se o receptor tiver rastreado os satélites por mais de 15 minutos.

8. Verifique se o diretório de destino no painel de PC é o diretório do projeto ou o diretório

onde você deseja armazenar os arquivos de dados.

Se você deseja criar um novo diretório, clique em qualquer lugar do painel de PC, clique no botão New Directory , e insira o nome para seu novo diretório. Assegure-se de usar um caminho lógico e consistente, bem como as convenções para a nomeação de arquivos que são fáceis de lembrar. Usualmente é mais conveniente colocar os arquivos de dados no diretório do projeto.

9. Usando o mouse, selecione os arquivos de dados que você deseja descarregar e

arraste-os até o painel de PC. Para selecionar um grupo de arquivos contíguos, pressione a tecla Shift, enquanto seleciona os arquivos. Para selecionar arquivos específicos da lista, pressione a tecla Ctrl enquanto seleciona os arquivos.

10. O módulo de Transferência de Dados copia os arquivos a seu PC. Uma janela de progresso lhe indicará o estado da transferência dos dados.

Apesar de que os dados foram descarregados do receptor, estes não foram eliminados da memória do receptor. Para eliminar os arquivos de dados do receptor, selecione os arquivos desejados e clique no botão delete da Barra de Ferramentas. A função Move copia e elimina os arquivos.

É boa prática apagar os arquivos de dados do receptor após verificar que os arquivos tenham sido descarregados adequadamente. De outro modo, a memória poderia encher-se durante a seguinte sessão de coleta de dados, impedindo o término da observação.

Transferindo Dados de um Coletor Manual

Transferindo Dados de um Coletor Manual A forma na qual os dados foram importados do controlador

A forma na qual os dados foram importados do controlador do coletor manual dependerá

do software e hardware deste dispositivo. Para maior informação acerca da transferência de

dados, ver o manual do Coletor manual.

Se você coletou dados usando um Coletor manual com o TDS SurveyPro w/GPS, a

informação é armazenada no receptor, e quando você transfere os arquivos de dados do receptor,

a informação da estação coletada usando o coletor manual descarrega automaticamente. Você

não precisa descarregar algo do Coletor manual. Se você coletou dados usando o Coletor manual com Promark II, GPS FieldMate, ou Mine Surveyor II, ler o manual do software antes de descarregar o arquivo *.out para o diretório do projeto .Quando você importa os dados do receptor correspondentes a este arquivo *.out dentro do projeto, o Ashtech Solutions automaticamente acessa o arquivo *.out.

Transferência de Dados de um Coletor Manual HP-

48

Se você utilizou um Coletor manual HP-48 para a coleta de dados de uma estação, descarregue estes dados depois de todos os receptores.

O receptor e o Coletor manual devem estar descarregados na mesma sessão de

transferência de dados para que os dados do receptor e o Coletor manual sejam descarregados corretamente dentro do projeto. Se os arquivos do receptor são descarregados separadamente dos arquivos do Coletor manual, os arquivos do dispositivo não estarão associados com os arquivos do receptor. Se isto acontecer, apague os arquivos do projeto, carregue-os de novo utilizando Add Raw Data Files From Disk ( Adicionar arquivos brutos de dados da Unidade de Disco).

1. Com o módulo de Transferência de Dados do Ashtech em funcionamento, e com o

receptor conectado, selecione Switch Data Source do menu File.

O módulo de transferência do Ashtech apaga o receptor em funcionamento e lhe indica

que alinhe um dispositivo diferente.

2. Ligue o Coletor manual e inicie seu programa de Transferência de Dados.

3. Alinhe os portos IR dentro de 2 polegadas um ao outro e clique em OK (Figura 4.6).

NOTA: É importante que o Coletor manual esteja dentro das 2 polegadas de separação do dispositivo IR para sua descarga. Adicionalmente, tenha grande cuidado ao assegurar-se de que o

dispositivo IR e a porta IR do Coletor manual estejam alinhados horizontal e verticalmente. Visto que o dispositivo IR e a porta IR têm que estar muito perto um do outro, os alinhamentos horizontal

e vertical são críticos.

Figura 4.6. Estrutura para Transferência de arquivos D-Files de um Coletor manual O módulo de

Figura 4.6. Estrutura para Transferência de arquivos D-Files de um Coletor manual

O módulo de Transferência de Dados do Ashtech automaticamente muda a velocidade de

baudis a 2400 (a única velocidade suportada pelo dispositivo), conecta-se ao dispositivo e lista o

único arquivo no painel para o coletor manual (arquivo tipo "D-file").

4. Selecione o arquivo tipo "D-file" e arraste-o até o painel de PC para copiar o arquivo ao

seu computador.

NOTA: Sempre transfira o arquivo tipo "D-file" para o mesmo diretório onde se encontram localizados os arquivos brutos de dados GPS em um projeto.

5. Para finalizar, o painel de PC lista o arquivo tipo "D", e o coletor manual

automaticamente se desconecta de seu PC.

NOTA: Após a descarga de dados, é boa prática eliminar o arquivo tipo "D-file" do coletor manual.

Transferência de Dados de Múltiplas Fontes

Se você tem que transferir informação de mais de um receptor ou coletor manual, use a função Switch Data Source:

1. Com o módulo de Transferência de Dados em funcionamento e com o receptor

conectado a seu PC, selecione Switch Data Source (Mudança de Fonte de Dados) do menu File.

O modulo de Transferência de Dados se desconecta do atual receptor e abre a janela

Switch Data Source, Figura 4.7.

File. O modulo de Transferência de Dados se desconecta do atual receptor e abre a janela

Figura 4.7. Caixa Mudança de Fonte de Dados

2. Conecte o outro receptor ou coletor manual ao PC segundo as especificações do

manual do receptor ou dispositivo, e verifique que este se encontre ligado.

3. Clique sobre o botão que corresponde à forma em que o receptor ou coletor manual se

encontra conectado, depois clique em OK .

O módulo de Transferência de Dados se conecta ao novo receptor ou coletor manual.

Terminando o Processo de Transferência de Dados

Para completar a transferência de todos os arquivos de dados do receptor(s) ou dispositivo(s) portátil(s), saia do módulo de transferência de dados do Ashtech selecionando Exit no menu File.

Se você inseriu o módulo de transferência de dados do Ashtech a partir do Ashtech Solutions, verifique que a janela Workbook lista todos os arquivos que você adicionou ao projeto.

Se o coletor manual foi utilizado durante a coleta de dados e não foi descarregado com os dados do receptor, os dados serão transferidos ao projeto sem informação de atributos. Para solucionar isto:

1. Apague os dados do receptor no arquivo de projeto.

2. Descarregue os dados do coletor manual dentro do mesmo diretório que os arquivos de

dados do receptor.

3. Descarregue novamente os dados dentro do projeto selecionando Add raw data from

disk do menu File.

Adicionando Dados de um Disco

from disk do menu File . Adicionando Dados de um Disco Os arquivos de dados localizados

Os arquivos de dados localizados em sua unidade de disco rígido podem ser adicionados facilmente a seu projeto.

Se seus arquivos de dados são armazenado em seu cartão PC, utilize o programa de Transferência de Dados do Ashtech para converter os arquivos antes de importá-los ao Ashtech Solutions. Se você tem a opção de mover o cartão de dados do receptor para a transferência dos arquivos de uma unidade PC, você deve seguir utilizando o módulo de Transferência de Dados do Ashtech para converter os arquivos. Se você somente copiou os arquivos do cartão PC sem convertê-los, o Ashtech Solutions não será capaz de ler e importar estes dados.

1. Selecione Add data from disk do menu Project.

Será aberta a janela de Add Fikes (Adicionar Arquivos ) (Figura 4.8).

Figura 4.8 . Janela Adicionar Arquivos 2. Em Files of type, selecione o tipo de

Figura 4.8. Janela Adicionar Arquivos

2. Em Files of type, selecione o tipo de arquivo:

• Arquivo de Dados Brutos - de formato Ashtech e RINEX

• Arquivos de Dados Brutos Ashtech - Arquivos gerados pelo receptor (B*.*)

• Arquivos de Observação RINEX - Arquivos de formato padrão RINEX (*.*O)

• Todos os Arquivos (*.*)

3. Navegue para os arquivos de dados que você deseja incluir no projeto.

4. Selecione e destaque todos os arquivos de dados que você deseja substituir ao projeto.

Cada nome de arquivo selecionado aparece no campo File Name.

5.

Clique Open.

O

Ashtech Solutions adiciona os arquivos ao projeto.

A

ficha Files na janela Workbook lista todos os arquivos de dados selecionados e os

adiciona ao projeto.

NOTA: Só arquivos tipo B-file são mostrados na janela Add Files. Ao pressionar Open, os arquivos associados D e E também são transferidos ao projeto.

Adicionando Vetores Processados

transferidos ao projeto. Adicionando Vetores Processados Você pode adicionar vetores previamente processados (no

Você pode adicionar vetores previamente processados (no Ashtech O-file) a seu projeto.

Estes arquivos poderiam ter sido criados por outros pacotes de software Ashtech ou exportados de outros projetos Ashtech Solutions.

1. Selecione Add Processed Vetors do menu Project. Será aberta a janela de Adição de

Vetores (Figura 4.9):

Figura 4.9. Caixa Adicionar Vetores 2. Navegue para o diretório onde os arquivos de vetor

Figura 4.9. Caixa Adicionar Vetores

2. Navegue para o diretório onde os arquivos de vetor se encontram armazenados. O

Ashtech Solutions pode importar o padrão binário Ashtech O-file contendo informação de vetor.

3. Selecione os arquivos de vetor processados que você deseja adicionar ao seu projeto e

clique em OK .

Use a ficha Vetors da janela Worbook para verificar se os vetores foram adicionados ao

projeto.

Eliminando dados de um Projeto

Eliminando dados de um Projeto Qualquer arquivo de dados brutos GPS carregado dentro de um projeto,

Qualquer arquivo de dados brutos GPS carregado dentro de um projeto, pode ser excluído deste. Todas as observações e vetores gerados por estas observações serão automaticamente eliminados do projeto.

Para eliminar os arquivos de dados:

1. Mova-se à ficha File na janela Workbook.

2. Selecione o nome dos arquivos que você deseja apagar.

3. Pressione a tecla Delete

-Ou

selecione Delete do menu de contexto que é aberto ao pressionar o botão direito do

mouse.

NOTA: Depois de eliminado o arquivo de dados, você deverá adicioná-lo ao projeto novamente, se necessitar utilizá-lo outra vez.

Intervalo de Gravação e Alarme de Alerta Cinemático

Intervalo de Gravação e Alarme de Alerta Cinemático Use o módulo de Transferência de Dados do

Use o módulo de Transferência de Dados do Ashtech para estabelecer o intervalo de gravação do receptor e para ligar ou desligar o sinal de alerta cinemático do receptor Base.

1. Verifique se a Transferência de Dados do Ashtech está conectada ao receptor.

2. Selecione Receiver Parameter do menu Receiver. Será aberta a janela Receiver

Setup ( Configuração do Receptor ), Figura 4.10.

3. O módulo de Transferência de Dados do Ashtech recupera o intervalo de gravação do

receptor e o mostra na janela de Configuração do Receptor.

receptor e o mostra na janela de Configuração do Receptor. Figura 4.10. Janela de Configuração do

Figura 4.10. Janela de Configuração do Receptor

4. Insira o intervalo de gravação em segundos. O intervalo de valores é de 0.5 a 999.

O intervalo de gravação é o intervalo de tempo entre os dados gravados na memória.

Selecione ON para ativar o sinal de alerta cinemática, ou OFF para desativar o sinal. Esta opção é unicamente disponível para os receptores Base.

Quando a alerta cinemática está posicionada em ON, o alarme avisa ao operador do receptor Base, com uma seqüência de Sons, quando o receptor Base não está registrando dados de um número suficiente de satélites para manter a inicialização cinemática.

5. Clique em OK para enviar os parâmetros ao receptor e fechar a janela de Configuração do Receptor

5

5 Processamento de Dados Os dados brutos coletados pelo receptor devem ser processados para determinar a

Processamento de Dados

Os dados brutos coletados pelo receptor devem ser processados para determinar a relação diferencial entre as estações ocupadas durante a coleta de dados. O resultado do processamento destes dados brutos GPS é um vetor definindo esta relação. O cálculo destes vetores é a função principal do módulo de Processamento de Dados do Ashtech Solutions.

O módulo de Processamento de Dados analisa automaticamente a qualidade dos arquivos

de dados brutos e ajusta os parâmetros de processamento para produzir o melhor vetor possível, transferindo a maior parte do trabalho de processamento do usuário ao software de

processamento. No Ashtech Solutions, o processamento atual de seus dados está limitado à simples pressão do botão Process, seguro de que será obtido o melhor resultado.

Os dados GPS são processados em 3 passos:

• Análise de Dados Pré-processamento - As propriedades de estação e observações;

tais como: identificadores de estação, parâmetros de altura de antena e informação de controle de ponto são verificadas e/ou registradas.

• Processamento - Pressionando do botão, você solicitará ao mecanismo de processamento que gere vetores GPS dos dados brutos coletados.

• Análise de Dados Pós - processamento - Os vetores GPS processados são analisados

utilizando as ferramentas de análises disponíveis, para determinar a qualidade dos dados processados.

Este capítulo descreve os passos necessários para o processamento de dados brutos

GPS.

Análise de Dados de Pré-processamento

de dados brutos GPS. Análise de Dados de Pré-processamento O processamento de vetores GPS depende de

O processamento de vetores GPS depende de duas fontes de dados: os dados brutos

GPS e os dados de observação coletados pelo receptor; e os dados específicos de uma estação fornecidos pelo usuário. Quando estiver utilizando o coletor manual ou um receptor GPS com uma interface de usuário integrada, grande parte da informação fornecida pelo usuário pode ser inserida

em campo durante a coleta de dados. Neste caso, verifique os dados antes do processamento. Se não foi utilizado um coletor manual, esta informação poderá ser inserida manualmente.

A verificação e edição de dados de estação e dados fornecidos pelo usuário, podem ser

realizadas em mais de um ponto com o Ashtech Solutions.

Principalmente, a janela Observation Property (Propriedades da Observação ), é usada para esta tarefa. A Tabela 5.1 descreve as informações inseridas pelo usuário que pode ser vista e editada nesta janela .

Você deve analisar os dados antes de iniciar o processamento. O pré-processamento de dados lhe ajudará na preparação de dados para o processamento da linha de base. Você também poderá identificar e corrigir problemas comuns.

Para iniciar a análise de dados de pré-processamento:

1. Se você não o realizou, carregue todos os arquivos de dados de seu projeto. Veja o

Capítulo 4, Adicionando Arquivos de Dados para maior informação.

2. Verifique que a janela de Gráfico de Tempo, Time View, na janela Workbook, esteja

aberta na ficha Observations (Figura 5.1).

Na janela de Gráfico de Tempo, cada linha horizontal de cor se associa a um Identificador de estação diferente. Todas as sessões de um ponto apresentam a mesma cor. Por exemplo, cada observação de um ponto PARQUE é mostrada em verde.

A ficha Observations lista as alturas de antena associadas, os tempos de início e final, e os nomes de arquivo para cada observação.

e final, e os nomes de arquivo para cada observação. Figura 5.1. Caixa Principal de gerenciamento

Figura 5.1. Caixa Principal de gerenciamento de Projeto

Filtrando Dados

Ocasionalmente, durante o processamento e o ajuste de dados, é útil isolar um segmento de dados para seu estudo individual. Utilize a função Filter para isolar um segmento de dados.

Os dados podem ser filtrados pelo dia em que foram gravados. Após filtrar os dados, todas as ações seguidas, incluindo o processamento e ajuste, são desenvolvidas unicamente sobre os dados selecionados na janela de Filtro. Os dados que foram filtrados fora, não são visíveis e nenhuma ação será realizada sobre eles.

Por exemplo, se foram importados três dias de informação bruta dentro de um projeto e você deseja trabalhar só com os dados de um destes dias, os outros 2 dias podem ser excluídos.

Para filtrar os dados:

1. Selecione Filter do menu Edit.

2. Na janela de Filtro, Figura 5.2, selecione as datas dos dados que você deseja ver.

Os dados de outras datas não selecionados permanecerão no projeto, porém, não serão

visíveis.

permanecerão no projeto, porém, não serão visíveis. Figura 5.2. Caixa de Diálogo Filter 3. Clique em

Figura 5.2. Caixa de Diálogo Filter

3. Clique em OK para fechar a janela de Filtro e filtrar os dados da(s) data(s) selecionadas.

A janela Time View proporciona outra maneira de ver os dados selecionados. A janela Time View mostra dados de um dia por vez.

Pode-se mudar facilmente um dia diferente, clicando na lista do lado superior esquerdo e selecionando uma data diferente. A janela Time View muda para a data indicada. Isto só afeta os dados visíveis na janela Time View, não afetando outras vistas ou ações, tais como o processamento ou ajustamento.

Editando Dados

Se você registrou informação de estações no campo usando uma unidade coletora ou uma interface de usuário sobre o receptor, e tem confirmados os identificadores (Id) de estação, tempo de observação e alturas de antena corretamente, então não precisaria editar os dados.

No entanto, quando estiver vendo os dados durante a análise de pré - processamento, você poderia precisar mudar alguns valores. Por exemplo, se você conduz uma observação estática usando o coletor manual sem registrar a informação de estação, precisará estabelecer os identificadores de estação e as alturas de antena para cada observação, ou o nome da estação.

Propriedades das Observações

Os dados de observações fornecidos pelo usuário, consistem no identificador de estação de observação e os parâmetros de altura de antena. Se esta informação foi coletada no campo usando um coletor manual ou interface de usuário integrada ao receptor, verifique se a informação está correta. Se esta informação de estação não foi registrada corretamente no campo, esta precisará ser registrada manualmente antes do processamento. Ocasionalmente, as horas de início e término das observações poderiam precisar ser ajustadas. Por exemplo, durante a coleta de dados de um estudo cinemático, você poderia acidentalmente mover-se de um ponto enquanto

os dados estavam sendo coletados. Então, você precisará modificar a hora do tempo da observação, para não incluir a hora em que o receptor foi movido fora do ponto.

Você pode ver as propriedades de cada observação dando um duplo clique na barra de tempo de cada observação ou selecionando Properties do menu que é aberto ao pressionar o botão direito do mouse sobre uma observação, na janela Time View. Na janela Observation Properties, na Figura 5.3, você pode mudar o Identificador de estação e os parâmetros de antena.

o Identificador de estação e os parâmetros de antena. Figura 5.3. Caixa de Propriedades das Observações

Figura 5.3. Caixa de Propriedades das Observações

A Tabela 5.1 descreve os componentes da caixa Observation Properties.

Tabela 5.1. Caixa de propriedades de observação

 

Parâmetro

Descrição

Site ID

Identificador alfanumérico de 4 caracteres para o ponto de medição. Cada ponto de medição deve ter um único identificador de estação. De outro modo, o encarregado do processamento, terá problemas para determinar a que ponto pertence cada observação, ocasionando posições erradas.

(Identificador de Estação)

Raw Data File Name

Arquivo binário de dados brutos (conhecido como B-file), gerado pelo receptor, contendo a fase da portadora, o código de fase e a posição do receptor calculadas para cada período, junto com os indicadores de qualidade que assinalam a credibilidade das observações. O nome deste arquivo inclui o Identificador de estação, ou número de série do receptor, letra de sessão, ano e dia do ano (B0014A98.273).

(Nome do Arquivo de Dados Brutos )

Antenna Height

Este campo mostra a altura da antena e as unidades especificadas na ficha Miscellaneous da janela de Parâmetros do Projeto. Você pode estabelecer a altura inclinada para esta observação, o arquivo ou o receptor.

(

Altura da Antena )

Height Type

Este campo mostra o modelo de antena usado para a coleta de dados.

(

Tipo de Altura )

Antenna Type

Este campo mostra o modelo de antena usado para a coleta de dados.

(

Tipo de Antena )

Observation Type

A

seleção corresponde ao tipo de dado para esta observação.

(

Tipo de Observação )

Selecione Estático se a observação foi coletada de maneira estacionária sobre um ponto.

 

Selecione cinemático se as medições foram coletadas em

movimento. Os dados coletados usando o modo Cinemático Contínuo, bem como os dados coletados enquanto se movia entre os pontos usando o modo de coleta de dados Stop&Go,

são exemplos de medições do tipo cinemático.

Start Time

O

tempo em que os dados começaram a ser salvo na

 

(

Hora de Início )

observação, seja em tempo local ou UTC. O marco de tempo é especificado na ficha Miscellaneous, na folha de propriedades Project Settings.

Stop Time

O

tempo em que os dados terminaram de ser gravados para a

 

(

Hora de Término )

observação em tempo Local ou UTC. O marco de tempo é especificado na ficha Miscellaneous na folha de Project Settings.

OK Button

Clique sobre este botão para aceitar os parâmetros e fechar a janela.

 

(

Botão OK )

Cancel Button

Clique sobre este botão para fechar a janela sem salvar os

(

Botão Cancelar )

parâmetros

Apply Button

Não usado.

(

Botão Aplicar )

Help Button

Clique sobre este botão para acessar o sistema de ajuda

 

(Botão Ajuda )

Você pode editar qualquer um destes parâmetros executando o Raw Data File Name.( Nome do Arquivo de Dados Brutos). Apesar de que você pode editar as horas de início e término de uma sessão, existe uma exceção para isto: se as horas de início e fim da sessão coincidem com as horas de início e fim de um arquivo de dados, você não poderá editar aquela agora. Em lugar disso, insira uma nova observação.

Propriedades da Estação

Os dados de estação proporcionados pelo usuário consistem do Identificador de estação, a descrição da estação e, se estão disponíveis, as coordenadas da estação conhecidas. Se qualquer das estações ocupadas durante a coleta de dados têm coordenadas conhecidas, estas devem ser registradas como estações de controle, para poder iniciar o processamento com as coordenadas conhecidas de uma estação, como mínimo. Esta estação será definida como o ponto inicial de processamento.

O Ashtech Solutions pode processar dados brutos sem uma estação inicial estabelecida. Neste caso, o Ashtech Solutions selecionará a estação a ser usada como controle para o

processamento. As coordenadas de dados brutos desta estação são usadas como coordenadas iniciais. Em alguns casos, isto poderia gerar erros nos vetores processados na quantidade aproximada de 2-4 ppm do comprimento do vetor. Se este nível de erro é significativo para seu projeto, uma estação de controle deve ser usada para processar os dados.

Os dados cinemáticos precisam de especial atenção ao preparar os dados para o processamento. Se uma observação cinemática foi inicializada sobre um vetor conhecido, por exemplo, duas estações conhecidas, as coordenadas das estações deste vetor devem ser registradas como estações de controle.

Se a inicialização foi realizada usando a Barra de Inicialização Cinemática, a estação base deve ser identificada como a estação de controle. Se o ponto não tem coordenadas conhecidas, use as coordenadas dos dados brutos.

A janela de Propriedades de Estação, Site Properties, tem três fichas, as quais permitem

ver e estabelecer os dados de estação. Para abrir a janela Site Properties,

dê um duplo clique sobre a estação no Map View

-Ou-

Selecione uma vista, e então selecione Properties do menu que se abre ao pressionar o botão direito na ficha Sites ou o Map View.

Ficha Geral

A ficha Geral, Figura 5.4, lista o nome da estação, o Identificador de estação, o tipo de

solução e se a estação é uma estação de controle e se o campo é fixo. Você pode editar o

Identificador de estação ou sua descrição sobrescrevendo o texto existente.

ou sua descrição sobrescrevendo o texto existente. Figura 5.4. Janela de Parâmetros de Observação – Ficha

Figura 5.4. Janela de Parâmetros de Observação – Ficha Geral

Processamento de Dados

A Tabela 5.2 descreve os componentes da janela Site Properties, ficha General.

Tabela 5.2. Janela de Propriedades de Estação - Ficha Geral

 

Parâmetros

Descrição

Site ID

Identificador de 4 caracteres alfanuméricos para uma estação em medição. Cada projeto deve ter um único Identificador de estação. De outro modo, o encarregado do processamento terá problemas ao

(

Identificador de Estação )

determinar a que estações pertencem certas ocupações. As mudanças de nomes de estação modificarão qualquer nome de estação na observação associada.

Site Descriptor

Nome ou descrição de 20 caracteres alfanuméricos para o

(

Identificador de Estação )

Identificador de estação usado para identificar o ponto.

 

Bruta—a posição derivada de um arquivo bruto de dados GPS coletados no lugar.

Solutions Type

Processada—a posição derivada do processamento de vetores incluindo esta estação.

(

Tipo de Solução )

 

Ajustada— a posição derivada do ajuste de vetores incluindo esta

estação.

Control Type

Indica se a estação é uma estação de controle para o projeto, seja

(

Tipo de Controle )

nas direções horizontal, vertical ou ambas.

Fix Status( Estado Fixo )

Indica se a posição é fixa vertical ou horizontalmente

Kinematic Initialization point using Initialization Bar

Indicador que indica se a estação é o ponto móvel inicializado sobre

(

Ponto de inicialização

uma barra de inicialização cinemática.

Cinemática usando a Barra

de Inicialização )

Ficha de Posição

A ficha Posição (Figura 5.5) lista as coordenadas da posição e as margens de erro da posição da estação.

Para ver as coordenadas da estação num sistema de coordenadas diferente, clique na seta localizada ao lado direito do campo System e selecione o sistema de coordenadas da lista apresentada.

NOTA: Só o tipo de sistema selecionado na ficha Coordinate System e os tipos abaixo dela se encontram disponíveis.

Figura 5.5. Janela de Propriedades de Estação – Ficha de Posição Processamento de Dados A

Figura 5.5. Janela de Propriedades de Estação – Ficha de Posição

Processamento de Dados

A Tabela 5.3 descreve os componentes da ficha Posição.

Tabela 5.3. Janela de Propriedades de Estação - Parâmetros da Ficha Posição

 

Parâmetros

Descrição

 

Geodésico/Grid/Grid Local - A seleção disponível depende do tipo de

System

sistema selecionado na ficha Coordenadas do Sistema da janela de

(

Sistema )

Parâmetros do Projeto.

Latitude/Easting

A Latitude ou o ponto Leste (x)

(

Latitude/Este )

Longitude/Northing

A Longitude ou o ponto Norte (e)

(

Longitude/Norte )

Ellips Height ( Altura Elipsoidal )

A Altura Elipsoidal da estação se for conhecida.

Orthometric Height

Altura Ortométrica da estação, se for conhecida

(

Altura Ortométrica )

Conf. Level

O

nível de confiança estatisticamente derivado de cada componente da

(

Nível de Conf.)

posição

Convergence

O ângulo de convergência de Grid para

o ponto. Um ângulo

de

(

Convergência )

convergência se mostra só quando o sistema de Grid ou Local é

 

selecionado.

Scale Factor

Se você está usando um sistema de Grid, este é o fator usado para

converter as distâncias de elipsóide às distâncias de Grid. Este fator

(

Fator de Escala )

varia de ponto em ponto sobre a área de projeção.

 

O fator de elevação é um ajuste de escala aplicado às medidas de

distância, a fim de reduzir as distâncias da superfície ao elipsóide. Este é

Elevation Factor

o primeiro passo para converter as distâncias medidas a distâncias de

(

Fator de Elevação )

Grid. Depois que a distância medida é reduzida a uma distância do

 

elipsóide, esta é escalada novamente ao novo fator de escala para

produzir a distância de Grid.

Ficha de Controle

A ficha de Controle (Figura 5.6) é usada para estabelecer a estação como estação de controle, manter uma estação como fixa, e inserir as coordenadas da estação de controle.

fixa, e inserir as coordenadas da estação de controle. Figura 5.6. Janela de Propriedades de Estação

Figura 5.6. Janela de Propriedades de Estação - Ficha de Controle

A Tabela 5.4 descreve os componentes da ficha Control .

Tabela 5.4. Janela Site Properties – Ficha Parâmetros de Controle

Parâmetro

Descrição

System

Geodésico/Grid/Grid Local - A seleção disponível depende do tipo de

(Sistema)

sistema selecionado na ficha SISTEMA DE COORDENADAS em

Configurações do Projeto.

 

Latitude/Easting

A

Latitude ou posição Leste (x) do ponto

 

(

Latitude/Este )

 

Longitude/Northing

Longitude ou posição Norte (e) do ponto

 

(

Longitude/Norte )

 

Ellips Height

A Altura Elipsoidal do ponto, se for conhecida

 

(

Altura Elipsoidal )

 

Orthometric Height

A Altura Ortométrica do ponto, se for conhecida

 

(

Altura Ortométrica )

 

Conf. Level

Este

é

o

nível

de

confiança

de

cada

componente,

derivado

 

(

Nível de Conf. )

estatisticamente.

 
 

Opção correspondente ao tipo de controle, horizontal e/ou vertical. Se

Control Type

nenhuma destas opções é marcada, nenhum dos campos,

 

(

Tipo de Controle )

Coordenadas, Margem de Erro, ou Estado Fixo estará acessível. Após

 

selecionar o tipo de controle, insira as coordenadas para o ponto

 

Fix Status

Marque os quadros para indicar que a posição está fixa horizontal e/ ou

 

(

Estado Fixo )

verticalmente.

 

Usando Estações no Processamento

Incluindo

Todas as estações são automaticamente incluídas ao se processar os dados.

Eliminando

Para remover uma estação do processamento, você deve apagá-la.

Selecione a estação na janela Map View e selecione Delete no menu aberto ao clicar com o botão direito do mouse, para eliminar completamente a estação do arquivo de projeto.

A eliminação da estação só apaga o objeto estação. Os dados brutos associados com este ponto permanecem no projeto, mudando o Identificador de estação para ????. Para restabelecer uma estação, edite o Identificador de estação da observação ao Identificador antigo.

Usando Observações no Processamento

Incluindo

Todas as observações sem o Identificador de estação, tal como ???? são automaticamente incluídas ao processar os dados.

Removendo

Você pode querer remover uma sessão do processamento, porque esta sessão foi conduzida em um ponto de observação equivocada, os dados estão errados ou o receptor bloqueou os satélites. O Ashtech Solutions não processará os vetores associados com uma sessão excluída.

Para eliminar uma sessão, dê um novo nome ao identificador de estação (Site ID) para ?

???.

Estabelecendo uma Estação de Controle

Durante o processamento dos dados brutos GPS tomados simultaneamente dentro de uma rede, as coordenadas de uma ou mais estações devem ser consideradas fixas. Normalmente, estas são as coordenadas conhecidas de uma das estações. Estas coordenadas são chamadas coordenadas primárias e a estação, estação de controle. Sempre selecione uma estação com coordenadas conhecidas como sua estação de controle. Se você não estabeleceu uma estação de controle, o Ashtech Solutions escolherá automaticamente uma estação e determinará esta como estação de controle.

As coordenadas das estações de controle conhecidas podem ser inseridas para usá-las como estação primária no processamento do vetor, e como controle fixo para o ajuste. As estações de controle podem ser usadas só como controle horizontal, controle vertical ou ambos os. Você terá a opção de inserir uma estação de controle, mas não poderá manter os valores de controle fixos. As vantagens desta característica são:

Inserir em qualquer momento todas as estações de controle conhecidas.

Você poderia decidir inserir todos os controles desde o início do projeto. Você poderia selecionar só uma estação de controle fixa horizontal e uma vertical (pode ser o mesmo ponto), para o processamento e o ajuste minimamente restringido (livre). Ao chegar o momento de um ajuste restringido completamente, você simplesmente precisará indicar ao software que mantenha fixos os outros pontos de controle.

Desenvolver uma Análise de Controle.

Insira todos os controles antes de realizar o ajuste minimamente restringido, mas mantenha fixos só um ponto horizontal e um vertical. A ficha Controle do Workbook mostrará logo, as comparações entre os valores de controle conhecidos e os valores ajustados daquelas estações de controle que você inseriu os valores, mas não os manterá fixos. Uma grande variação poderia indicar um problema com o controle.

Estabelecendo uma estação de controle na janela Workbook

1. Clique sobre a ficha Control Sites da a janela Workbook.

Poderiam ainda não existir estações de controle listadas nesta ficha.

2. Clique sobre a seta do lado direito da janela de Identificador de Estação (Site ID) e

selecione uma estação de controle.

3. Insira as coordenadas conhecidas Latitude, Longitude e as Alturas

Elipsoidais/Ortométricas para a estação de controle, a menos que deseje usar as coordenada dos

dados brutos(posição NAV).

O Ashtech Solutions estabelece automaticamente a estação como um ponto de controle

fixo vertical e horizontal.

4. Se você deseja que a estação seja considerada fixa, na direção horizontal ou vertical,

clique na seta do campo Fixed e selecione o tipo de fixação para a estação.

5. Se não for conhecida, estabeleça zero (0) como Err. Estd. para cada valor.

Processamento de Dados

Após estabelecer uma estação de controle, o símbolo da estação na janela Map View se transforma num círculo com um triângulo em seu interior.

Estabelecer uma Estação de Controle na Janela Site Properties

1. Na janela Map View dê um duplo clique sobre uma estação para abrir a janela Site Properties.

2. Mude para a Ficha Control.

3. Marque as caixas Control Type e Fix Status correspondentes ao tipo de controle e a

posição fixada para a estação.

4. Selecione o Sistema de Coordenadas em Coordinate System, e insira os valores

conhecidos das coordenadas para a estação de controle.

5. Clique OK para salvar as mudanças e fechar a janela de Propriedades de Estação.

Editando o Identificador de Estação (Site ID)

O identificador de estação é uma propriedade muito importante da estação. Cada estação

deve ter um único identificador. Uma estação não pode existir a menos que exista uma sessão associada a ela. Quando uma sessão é inserida em um projeto, a estação é criada com um identificador de estação específico. Um identificador de estação existente pode ser editado para outro diferente. As sessões relacionadas com o identificador de estação serão automaticamente mudadas, usando novo identificador. Haverá uma hora, talvez, que você queira mudar o identificador de estação - tais como, quando deseje eliminar uma observação do processamento, renomear o identificador de estação ????, ou modificar um identificador de estação incorreto.

Um identificador de estação pode ser editado de várias formas:

• Clique sobre a ficha Sites na janela de Workbook e dê um duplo clique (ou com o botão direito do mouse) sobre o identificador de estação e modifique o nome.

• Dê um duplo clique (ou com o botão direito do mouse) sobre a barra de observação da

estação na janela Time View para abrir a janela Observation Parameters e dê um duplo clique (ou com o botão direito do mouse) sobre o identificador de estação para modificar o nome.

• Dê um duplo clique (ou com o botão direito do mouse) sobre a estação dentro da janela

Map View para abrir a janela Site Properties, e então dê um duplo clique (ou com o botão direito

do mouse) sobre o Identificador de Estação, Site ID, e modifique o nome.

A mudança do identificador de estação na folha Site Properties terá um efeito diferente em relação a mudança na folha Observation Properties. Na folha Site Properties, a mudança no identificador de estação mudará todas as observações que contêm este identificador pelo novo valor. Na folha Observation Properties, uma mudança no identificador de estação só afetará aquela sessão em particular.

Edição dos Parâmetros da Antena

Os parâmetros da antena inválidos são a maior causa de erros durante o processamento incluindo, principalmente: transposição de números ao inserir a altura da antena, leitura incorreta da altura da antena ou a observação de uma estação incorreta.

Se dados incorretos (ou nenhum dado) foram inseridos aos arquivos de dados, o Ashtech Solutions oferece a oportunidade de modificar estas medidas para assegurar um processamento válido e confiável dos dados.

NOTA: Para determinar se os parâmetros da antena foram incorretamente inseridos via o coletor manual, revise as notas de campo da(s) medida(s).

Para verificar os parâmetros da antena:

1. Na janela Time View, dê um duplo clique sobre a barra de observação (observation)

para abrir a janela Observation Parameters.

2. Se os parâmetros da antena são omitidos ou incorretos, insira os parâmetros corretos da

antena, e indique se o valor deve ser usado unicamente para a observação selecionada, para

todas as observações do arquivo, ou todas as observações do receptor.

Você também pode editar os parâmetros da antena na ficha Observation da janela Workbook.

Altura da Antena

Os três elementos que definem a localização das estações de coleta de dados GPS são: a Altura da Antena, o Tipo de Altura e o Tipo de Antena. A altura da Antena e o Tipo de Altura estão unidos inseparavelmente.

A altura da Antena é um dos três elementos que define o deslocamento vertical entre a estação de coleta de dados GPS e o ponto medido (marco em estudo, por exemplo). O software de processamento requer esta informação para indicar a elevação do ponto medido.

Se o Tipo de Altura selecionado é Inclinado, então a altura da antena é a distância medida entre o ponto medido e a borda da antena (limite da antena ou plano da base).

Se o Tipo de Altura é Vertical, então a Altura da antena é a distância medida entre o ponto medido e o Ponto de Referência da Antena (ARP). O ARP é a parte mais baixa da antena.

Com esta informação e um Tipo de Antena selecionado, o Ashtech Solutions automaticamente determinará o ponto de coleta de dados e calculará os valores de elevação do ponto medido.

Tipo de Antena

O Tipo de Antena é um dos três elementos que definem o deslocamento vertical entre o ponto de coleta de dados e o ponto estudado (marco de estudo, por exemplo). Os outros dois elementos são a Altura da Antena e o Tipo de Altura.

Para determinar adequadamente a elevação do ponto medido, você deve selecionar o tipo de antena correto para cada sessão.

Com o Tipo de Antena adequadamente selecionado, junto com a Altura da Antena e o Tipo de Altura, o Ashtech Solutions automaticamente determinará a localização do ponto de coleta de dados GPS e calculará os valores de elevação do ponto medido.

Selecione o tipo de antena usado para uma sessão, através de:

Ficha Files da janela Workbook

Ficha Observations da janela Workbook

Janela Receiver Information

Janela Observation Properties

Criando um Novo Tipo de Antena

Você Pode criar uma nova antena para incluí-la à lista de Tipos de Antena, por meio da janela Receiver Information ou na janela Observation Properties.

Para criar uma nova antena da janela Receiver Information:

1. Dê um duplo clique sobre um receptor na janela Time View para abrir a caixa Receiver

Information.

2. Clique sobre a seta do lado direito do campo Antenna Type, e selecione Unknown na

lista apresentada.

3. Clique sobre o botão Define para abrir a janela Antenna Parameters (Figura 5.7).

sobre o botão Define para abrir a janela Antenna Parameters (Figura 5.7). Figura 5.7. Caixa Parâmetros

Figura 5.7. Caixa Parâmetros de Antena

4.

Insira o nome para a nova antena no campo Antenna Name.

5. Insira o raio, em metros, no campo Antenna Radius.

6. No campo Slant Height Measurement Point Vertical Offconjunto, insira o

deslocamento vertical entre o Ponto de Referência da Antena (ARP) e o Ponto Medido da Altura de Inclinação (SHMP) desta antena. As unidades se encontram estabelecidas em metros. Se o SHMP está sobre o ARP, o valor de deslocamento é positivo. Este é o caso para a maioria das antenas.

7. No L1 Phase Center Vertical Offconjunto, insira o deslocamento vertical entre o Ponto

de Referência da Antena (ARP) e o Centro da Fase L1. As unidades se encontram estabelecidas em metros. Se o Centro da Fase está sobre o ARP, o valor do deslocamento é positivo. Este é o

caso para a maioria das antenas.

8. Se a nova antena é uma antena L1 e L2, insira o deslocamento vertical desde o Ponto

de Referência de Antena (ARP) ao Centro de Fase L2 no campo L2 Phase Center Vertical offset Se o Centro de Fase L2 está em cima do ARP, o valor de deslocamento é positivo. Este é o caso para a maioria de antenas.

9. Clique sobre Apply para adicionar a antena à Lista de Tipos de Antena e fechar a janela

Antenna Parameters.

A antena que você acaba de inserir na lista é a selecionada no Tipo de Antena na janela Receiver Information.

Para criar uma nova antena a partir da janela Observation Properties:

1. Selecione uma sessão na janela Time View na Ficha Observation janela Workbook.

2. Selecione Properties no menu aberto ao clicar com o botão direito do mouse para abrir a caixa Observation Properties.

3. Clique na seta do campo Antenna Type, e selecione Unknown na lista apresentada.

4. Clique no botão Define para abrir a caixa Antenna Parameters (Figura 5.8).

para abrir a caixa Antenna Parameters (Figura 5.8). Figure 5.8. Caixa Parâmetros de Antena Processamento de

Figure 5.8. Caixa Parâmetros de Antena

Processamento de Dados

5. Insira o nome para a nova antena no campo Antenna Name.

6. Insira o raio, em metros, no campo Antenna Radius.

7. No campo Slant Height Measurement Point Vertical Offset, insira o deslocamento vertical do Ponto de Referência de Antena (ARP) para a Altura de Inclinação do Ponto Medido (SHMP) desta antena. As unidades estão em metros. Se o SHMP está sobre o ARP, o valor de deslocamento é positivo. Este é o caso para a maioria das antenas.

8. No campo L1 Phase Center Vertical Offset, insira o deslocamento vertical entre o

Ponto de Referência da Antena (ARP) e o Centro de Fase L1. Se o Centro de Fase L1 está sobre o Ponto de Referência da Antena, o valor do deslocamento é positivo. Este é o caso para a maioria das antenas.

9.

Se a nova antena é uma antena L1 e L2, insira o deslocamento vertical entre o Ponto de

Referência de Antena e o Centro de Fase L2 no campo L2 Phase Center Vertical offset. Se o Centro de Fase L2 está sobre o Ponto de Referência de Antena, o valor do deslocamento é positivo. Este é o caso para a maioria das antenas.

10. Clique sobre o botão Apply para incluir a antena na Lista de Tipo de Antenas e fechar a janela Antenna Parameters.

A antena que você acaba de incluir na lista é a selecionada no Tipo de Antena na janela

Observation Properties.

Cortando Dados

A função de corte de dados é útil para suprimir dados coletados durante os minutos iniciais

ou finais, dados de uma observação, do processamento, ou para renomear o início ou fim de uma observação por um identificador de estação diferente. O corte de dados insere uma observação no início ou ao final de um arquivo de dados. Esta observação enche o espaço restante aberto pela modificação do tempo de início e término da observação que previamente ocuparam este período de tempo.

Para eliminar os dados do início de uma sessão, selecione uma sessão existente e