Sei sulla pagina 1di 5
CENTRO DE ESTÁGIO Prática Processual Civil 3 de Fevereiro de 2010 2º Curso de Estágio

CENTRO DE ESTÁGIO

Prática Processual Civil

3 de Fevereiro de 2010

2º Curso de Estágio de 2009

TESTE PPC I - Suponha, que sendo já advogado(a), é mandatário de José Pendurado da Silva, viúvo, o qual, na qualidade de proprietário intentou contra Hermengarda do Santo António, acção declarativa sumária de despejo, que corre termos no 4º Juízo Cível de Lisboa e que tomou o nº 3353/ 09.4 TJLSB. Pouco tempo após o termo da fase dos articulados, foi-lhe entregue a certidão de óbito do seu cliente, o qual havia falecido em 1 de Novembro de 2009 de ataque cardíaco fulminante, certidão essa, que foi já junta aos autos. No dia 3 de Dezembro de 2009, compareceu no seu escritório o filho único do seu cliente, Apolinário da Silva, que lhe pediu para continuar com a acção, pois sempre foi desejo de seu pai ver o litígio pendente com a Hermengarda resolvido. Questão:

Minute a peça adequada a defender os interesses do Apolinário da Silva na acção em causa. 8 Valores

II – Suponha agora que na mesma acção, acaba de ser notificado para cumprir o artigo

512º, 1 do Código de Processo Civil e que, a sua solicitação, o seu cliente lhe forneceu o nome de 3 testemunhas a saber:

1. Maria, residente em Lisboa;

2. Hermenegildo, residente na Covilhã e que o seu cliente diz que o leva ao Tribunal para depor;

3. Almerindo, residente em Castelo Branco e que não se pode deslocar a Lisboa no dia

da realização da audiência de julgamento. De outro lado, o seu cliente forneceu-lhe também uma certidão, requerida há cerca de seis meses, mas emitida pela competente Câmara Municipal de Lisboa na semana transacta, documento de grande interesse para a decisão. Questão:

Redija a peça processual adequada para o fim em vista. 8 Valores

CENTRO DE ESTÁGIO Prática Processual Civil 3 de Fevereiro de 2010 2º Curso de Estágio

CENTRO DE ESTÁGIO

Prática Processual Civil

3 de Fevereiro de 2010

2º Curso de Estágio de 2009

III – Na acção com processo ordinário que corre termos na 2ª Vara Cível de Lisboa, 1ª Secção sob o nº 0000/09.5 TVSB, em que é autor Américo e réu Belchior residente em Setúbal, admita que as carta para citação do réu vai ser expedida do Tribunal no dia 22 de

Março de 2010 e será recebida no dia seguinte pela mãe dele, Carlota, diga, justificando as respostas:

1. Em que dia está o réu citado?

2. Qual o primeiro dia para apresentação do articulado que, na sequência, cabe a este apresentar?

3. Qual o último dia do mesmo prazo?

4. Qual o último dia em que tal articulado pode ser apresentado com multa?

NOTA:

1. Na justificação às respostas das questões do segundo grupo, é suficiente a

simples indicação das normas jurídicas respectivas, desde que, completas;

2. A falta de justificação às respostas do segundo grupo, implica a sua não

cotação;

3. As justificações deficientes implicarão desvalorização das mesmas, de acordo

com o critério que irá ser fixado no tópico de correcção do teste.

4. Não será atribuída qualquer cotação à justificação – ainda que tecnicamente

correcta ou escorreita – caso haja erro na data indicada.

4 Valores

CENTRO DE ESTÁGIO Prática Processual Civil 3 de Fevereiro de 2010 2º Curso de Estágio

CENTRO DE ESTÁGIO

Prática Processual Civil

3 de Fevereiro de 2010

2º Curso de Estágio de 2009

Tópicos de Correcção

8 valores

QUESTÃO I

A) Correcta Identificação do Tribunal (Comarca Lisboa; 4º Juízo Cível; Secção

 

0,40

respectiva; nº do Processo)

B)

Correcta indicação da peça processual (Incidente de Habilitação, art. 371º e seg do

0,35

C.P.C.)

 

C) Correcta identificação das partes

 
 

a)

do Requerente Apolinário: 0,20

0,4

b) da Requerida Hermengarda: 0,20

D) Correcta factualização e articulação da peça processual:

 

a) Alegação do falecimento do autor da acção – 1,1 valores

b) Alegação da qualidade do requerente como único e universal herdeiro do autor da acção – 1,1 valores

 

4,40

 

c) Alegação da legitimidade do requerente em prosseguir na acção - 1,1 valores

d) Indicação (em alternativa) da junção do documento (escritura de habilitação d e herdeiros na peça) ou indicação de prova testemunhal, com junção da certidão de nascimento do requerente – 1,1 valores

E) Correcta formulação da conclusão (procedência do incidente e julgado habilitado

0,70

o requerente) 1. Se for pedida a citação da requerida em vez da sua notificação para contestar o incidente, a cotação total da conclusão não poderá ultrapassar 0,5 valores

F)

Juntada (em alternativa)

F.1. a) Em suporte de papel e com indicação na peça de junção da escritura de habilitação de herdeiros (Procuração, 1 documento, duplicado, cópia do documento e taxa de justiça); F. 1 b) Via Citius- desde que expressamente referido – (Procuração, 1 documento e taxa de

0,75

Justiça)

 

F.2. a) Em suporte de papel, sem indicação na peça da junção da escritura de habilitação de

 

herdeiros e apenas com indicação de prova testemunhal (Procuração, 1 documento –

0,75

CENTRO DE ESTÁGIO Prática Processual Civil 3 de Fevereiro de 2010 2º Curso de Estágio

CENTRO DE ESTÁGIO

Prática Processual Civil

3 de Fevereiro de 2010

2º Curso de Estágio de 2009

certidão de nascimento -, duplicado, cópia do documento e taxa de justiça);

F. 2. b) Via Citius – desde que expressamente referido – (Procuração, documento e taxa de

Justiça)

G) Correcta indicação do valor do incidente (o da acção)

0,5

NOTA:

1 – Se for elaborada peça diferente do incidente, não será atribuída qualquer cotação à Questão I.

2 – Erros Ortográficos: desvalorização até -2 valores na globalidade da peça.

8 valores

QUESTÃO II

A

– Correcta Identificação do tribunal (Comarca de Lisboa, 4º juízo Cível, respectiva

0,60

Secção e número do processo

B

– Correcta Identificação das partes

a)

Autor: Apolinário da Silva (0,20);

0,40

b)

Ré: Hermengarda do Santo António (0,20)

C

– Correcta identificação da peça processual (Requerimento probatório ou

apresentação dos meios de Prova)

0,70

D – Rol de Testemunhas

Correcta identificação das Testemunhas, respeitando o artigo 619º, 1 do C.P.C., acrescendo em relação à forma de inquirição de cada uma o seguinte:

a)

Nada a referir na indicação da 1ª – 1 valor

b

Indicação da 2ª a apresentar - 1 valor;

c)

Nada a referir na indicação da 3ª ou requerimento para sua inquirição por teleconferência

1 valor

Nota: Errada indicação na forma de inquirição da testemunha – 0 valores na respectiva testemunha

D. 1 Junção do Documento

a)

Correcta identificação do Documento - 1 valor

b)

Indicação da matéria da Base Instrutória, a cuja prova se destina o documento - 1 valor

b)

Pedido de dispensa do pagamento da multa a que alude ao artigo 523º, 1 do C.P.C. - 1

3

3

0,30

valor.

D.2 Juntada:

d. 2. a) Em suporte de papel (1 documento e notificação da contraparte) ou

CENTRO DE ESTÁGIO Prática Processual Civil 3 de Fevereiro de 2010 2º Curso de Estágio

CENTRO DE ESTÁGIO

Prática Processual Civil

3 de Fevereiro de 2010

2º Curso de Estágio de 2009

d. 2. b) Via Citius _ desde que expressamente referido – (1 documento)

4 valores

QUESTÃO III

a) 23 de Março de 2010 – art. 238º, 1 do CPC

1

b) 24 de Março de 2010 – art. 279.º, b) do CC ou 153.º, nº 2 do CPC

1

c) 11 de Maio de 2010 – artigos 486º, 1, 252-A 1, a) e b) e 4, 144º, 1, 148º todos do CPC e

1

artigo 12º da L.O.F.T.J.

d)

14 de Maio de 2010 – art. 145.º, nº 5 do CPC

1

Nota: A falta de justificação das respostas à Questão III implica a sua não cotação; à justificação deficiente será atribuída cotação proporcional às normas jurídicas invocadas. Não será atribuída qualquer cotação à justificação – ainda que tecnicamente correcta ou escorreita – caso haja erro na data indicada.