Sei sulla pagina 1di 108

01.

(IF-PA – Professor – Desing – 2015) Analisando as assertivas abaixo acerca do dever do

Estado com a Educação constante no artigo 208 da Constituição Federal:

I - educação básica obrigatória e gratuita dos 5 (cinco) aos 18 (dezoito) anos de idade, assegurada inclusive sua oferta gratuita para todos os que a ela não tiveram acesso na idade própria; II - progressiva universalização do ensino superior gratuito;

III - O acesso ao ensino obrigatório e gratuito, mas não se constitui em direito público subjetivo;

IV – educação infantil, em creche e pré-escola, às crianças até 7 (sete) anos de idade;

É correto afirmar quê:

a) Apenas os itens I, II e III estão corretos.

b) Apenas os itens III e IV estão corretos.

c) Apenas o item IV está correto.

d) Todos os itens estão corretos.

e) Todos os itens estão incorretos.

02. (IF-PA – Professor – Desing – 2015) Considere o que está preconizado na Constituição

Federal, na Seção I, do Capítulo III, Da Educação, nos artigos 205 a 219, e marque a opção correta:

I – A admissão de professores, técnicos e cientistas estrangeiros prescinde de lei.

II – O ensino religioso, de matrícula obrigatória, constituirá disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental.

às

comunidades indígenas também a utilização de suas línguas maternas e processos próprios de aprendizagem.

III

O

ensino

fundamental

regular

será

ministrado

em

língua

portuguesa,

assegurada

IV – Os Municípios atuarão prioritariamente no ensino fundamental e médio.

a) Apenas o item I está correto.

b) Apenas o item II está correto.

c) Apenas o item III está correto.

d) Todos os itens estão corretos.

e) Todos os itens estão incorretos.

03. (IF-PA – Professor – Desing – 2015) De acordo com Estatuto da Criança e do Adolescente

(ECA), no que concerne à adoção, assinale a opção correta:

a) A adoção é medida excepcional e pode ser revogável a qualquer tempo.

b) Podem adotar os ascendentes e os irmãos do adotando, em razão dos laços afetivos e consanguíneos.

c) O adotando deve contar com, no máximo, doze anos à data do pedido, salvo se já estiver sob a

guarda ou tutela dos adotantes.

d) Podem adotar os maiores de 18 (dezoito) anos, independentemente do estado civil.

e) Para adoção conjunta, é dispensável que os adotantes sejam casados civilmente ou mantenham

união estável, bastando que se comprove, por qualquer meio admissível em direito, a estabilidade

afetiva da família.

04. (IF-PA – Professor – Desing – 2015)Tendo por base o Estatuto da Criança e do Adolescente

(ECA), no que concerne ao Direito à Liberdade, ao Respeito e à Dignidade, assinale a opção incorreta:

a) O direito à liberdade compreende o aspecto de ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços

comunitários, ressalvadas as restrições legais.

b) O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e

do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores,

ideias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.

c) É dever exclusivo do Estado velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo

de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.

d) A criança e o adolescente têm o direito de ser educado e cuidado sem o uso de castigo físico ou

de tratamento cruel ou degradante, como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer outro pretexto, pelos pais, pelos integrantes da família ampliada, pelos responsáveis, pelos agentes públicos executores de medidas socioeducativas ou por qualquer pessoa encarregada de cuidar deles, tratá-los, educá-los ou protegê-los e) A criança e o adolescente têm direito à liberdade, ao respeito e à dignidade como pessoas humanas em processo de desenvolvimento e como sujeitos de direitos civis, humanos e sociais garantidos na Constituição e nas leis.

05.

(Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis - 2015) A Lei de Diretrizes e

Bases, Lei nº. 9394/96, em seu art. 3º enfatiza os princípios norteadores do ensino no Brasil. Sobre os princípios avalie as afirmativas abaixo:

I. pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas;.

II. vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais.

III. Valorização da experiência extra-escolar. Está(ão) correto(s) apenas o(s) princípio(s):

a) I e II;

b) I e III;

c) II e III;

d) I, II e III;

06. (Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis - 2015) Os Parâmetros

Curriculares Nacionais, ao propor uma educação comprometida com a cidadania, elegeram, baseados no texto constitucional, princípios segundo os quais orientam a educação escolar.

aquele que Implica em respeito aos direitos humanos, repúdio à

discriminação de qualquer tipo, acesso a condições de vida digna, respeito mútuo nas relações

interpessoais, públicas e privadas, se refere à:

Dentre

estes

princípios,

a) Participação Popular;

b) Dignidade da Pessoa Humana;

c) Co-responsabilidade pela vida social;

d) Igualdade de direitos.

07. (Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis - 2015) Avalie as afirmativas

abaixo:

I - propõe que o aluno participe ativamente do próprio aprendizado, mediante a experimentação, a pesquisa em grupo, o estimulo a dúvida e o desenvolvimento do raciocínio, entre outros procedimentos. A partir de sua ação, vai estabelecendo as propriedades dos objetos e construindo as características do mundo.

II - Noções como proporção, quantidade, causalidade, volume e outras, surgem da própria interação

da criança com o meio em que vive. Vão sendo formados esquemas que lhe permitem agir sobre a realidade de um modo muito mais complexo do que podia fazer com seus reflexos iniciais, e sua conduta vai enriquecendo-se constantemente. III - O método enfatiza a importância do erro não como um tropeço, mas como um trampolim na rota da aprendizagem. A teoria condena a rigidez nos procedimentos de ensino, as avaliações padronizadas e a utilização de material didático demasiadamente estranho ao universo pessoal do aluno. IV - As disciplinas estão voltadas para a reflexão e auto-avaliação, portanto a escola não é

considerada rígida.

V - Existem várias escolas utilizando este método. Mais do que uma linha pedagógica, é uma teoria

psicológica que busca explicar como se modificam as estratégias de conhecimento do individuo no decorrer de sua vida. As afirmativas acima se referem à teoria(s) pedagógica(s) do:

a) Tecnicismo;

b) Tradicionalismo;

c) Construtivismo;

d) Construtivismo aliado ao Tecnicismo.

08. (Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis - 2015) Avalie as afirmativas

abaixo sobre o Currículo Escolar:

I. O papel do educador no processo curricular é fundamental. Ele é um dos grandes artífices, queira ou não, da construção dos currículos que se materializam nas escolas e nas salas de aula.

II. A escola precisa preparar-se para bem socializar os conhecimentos escolares e facilitar o acesso

do(a) estudante a outros saberes. III. Entendemos relevância, então, como o potencial que o currículo possui de tornar as pessoas capazes de compreender o papel que devem ter na mudança de seus contextos imediatos e da sociedade em geral, bem como de ajudá-las a adquirir os conhecimentos e as habilidades necessárias para que isso aconteça. Estão corretas:

a) Apenas as afirmativas I e II;

b) Apenas as afirmativas II e III;

c) Apenas as afirmativas I e III;

d) Todas as afirmativas estão corretas;

09. (Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis - 2015)

abaixo:

Avalie as etapas

1 – O tema abordado: o assunto, o conteúdo a ser trabalhado;

2 – A justificativa: o motivo de se trabalhar determinado assunto;

3 – Os objetivos gerais a serem alcançados: o que os alunos irão conseguir atingir com esse trabalho; com o estudo desse tema;

4 – Os objetivos específicos: relacionados a cada uma das etapas de desenvolvimento do trabalho; As etapas destacadas acima, se referem à elaboração pelo professor:

a) Dos Parâmetros Curriculares Nacionais;

b) Do plano de aula;

c) Do currículo escolar;

d) Do Projeto Político Pedagógico.

10. (Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis - 2015) “É a redefinição do

de modo a atribuir sentido prático aos saberes escolares,

competências

sentido

abandonando

supostamente verificáveis em situações e tarefas específicas."

dos

conteúdos de

a

ensino,

dos

preeminência

saberes

disciplinares

para

se

centrar

em

O texto acima se refere ao:

a) Currículo por disciplina;

b) Currículo por competência;

c) Currículo por tarefa;

d) Currículo por desempenho.

11. (Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis - 2015) Representa uma

proposta avaliativa, que inclui a avaliação, no processo ensino-aprendizagem. Ela se materializa nos contextos vividos pelos professores e alunos e possui como função, a regulação das aprendizagens. Para ocorrer essa regulação, é necessário que ela trabalhe com procedimentos que estimulem a participação dos autores do processo. Ela baseia-se em princípios, que decorrem do cognitivismo, do

construtivismo, do interacionismo, das teorias socioculturais e das sociocognitivas. Ela trabalha sob a ótica das aprendizagens significativas.

A conceituação acima se refere à avaliação:

a) Somativa;

b) Indutiva;

c) Formativa;

d) Diagnóstica.

12. (Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis - 2015) Complete corretamente a frase abaixo:

“As eleições escolares, tanto para os cargos de dirigentes como para compor os colegiados, são

, compreendida como construção

canais de participação e de aprendizado político da gestão

de cidadania, de luta política, que não se circunscreve aos limites da prática educativa, mas vislumbra a transformação das relações sociais autoritárias da sociedade".

a) autoritária;

b) tradicional;

c) democrática;

d) técnica.

13. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) Conforme o Art. 9º da Lei nº 9.394 de

20 de dezembro de 1996, é incumbência da União:

a) Assumir o transporte escolar dos alunos da rede estadual.

b) Assumir o transporte escolar dos alunos da rede municipal.

c) Elaborar e executar políticas e plano educacionais, em consonância com as diretrizes e planos

nacionais de educação, integrando e coordenando as suas ações e as dos seus Municípios.

d)

Organizar, manter e desenvolver os órgãos e instituições oficiais do sistema federal de ensino e

dos Territórios.

14. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) No que diz respeito à teoria crítica e

suas contribuições para a construção do currículo, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas:

( ) A perspectiva crítica de currículo faz uma profunda crítica às bases do pensamento de organização curricular clássica.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, as disciplinas são organizadas de forma isolada, inscritas numa grade curricular.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, há um questionamento político do papel da educação na

sociedade.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, os objetivos e conteúdos são definidos e os professores limitam-se a segui-los. A sequência correta é:

a) V, F, V, F.

b) F, F, V, F.

c) V, V, V, F.

d) V, F, V, V.

15. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) A Política Nacional de Educação

Especial, na Perspectiva da Educação Inclusiva/2008, propõe, EXCETO:

a) Que no contexto escolar, todos aprendem a viver coletivamente, a repartir tarefas e dividir

responsabilidades, pois a valorização da diversidade de talentos humanos é um exercício que desenvolve as ações dos alunos e que resulta do trabalho em grupos heterogêneos.

b) Que a escola contemple todos os alunos, mesmo aqueles com severas limitações, que não

conseguem aprender os conteúdos escolares, mas que se beneficiem da convivência com os outros alunos. Por conseguinte, os alunos, nestas condições, podem receber, como complemento, o

Atendimento Educacional Especializado.

c) A mudança de valores, atitudes e práticas educacionais para atender a todos os estudantes, sem

nenhum tipo de discriminação, assegurando-lhes uma educação de qualidade.

d) Que a intencionalidade da educação seja voltada diretamente para a preparação dos indivíduos

para o desempenho de funções específicas: mão de obra qualificada para o mercado de trabalho, ou

seja, funções atreladas ao desenvolvimento econômico do país.

16. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) É o atendimento educacional

especializado a crianças com deficiências do nascimento até os três anos de idade, caracterizado pelo emprego de estratégias de estimulação para o desenvolvimento físico, sensório perceptivo, motor, sócio

afetivo, cognitivo e da linguagem:

a) Estimulação precoce.

b) Atendimento pedagógico domiciliar.

c) Reforço Nutricional.

d) Atendimento hospitalar.

17. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) Sobre os objetivos dos jogos e

brincadeiras na Educação Infantil, assinale a alternativa INCORRETA:

a) Estimular no aluno o espírito de competição.

b) Oportunizar à criança formas de solucionar problemas práticos, que as situações dos jogos e

brincadeiras oferecem.

c) Favorecer a autoexpressão.

d) Despertar na criança o sentido de grupo, ensinando-a a conviver com outras crianças, praticando

cooperação, lealdade, cortesia e respeito aos semelhantes.

18. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) Sobre os Referenciais Curriculares

Nacionais para a Educação Infantil, é INCORRETO afirmar:

a) O Referencial acabou sendo um marco, em termos de reforçar a importância da Educação Infantil.

b) O Referencial foi organizado em três volumes, sendo que o primeiro livro, denominado de

Introdução, apresenta uma reflexão sobre creches e pré-escolas no Brasil.

c)

É um documento que se constitui como uma proposta flexível e orientadora, tendo como objetivo

dar sustentação aos sistemas educacionais, na elaboração e operacionalização de currículos, de acordo com cada faixa etária, respeitando suas particularidades e especificidades.

d) Todas as ideias e propostas contidas no Referencial tem seu uso obrigatório assim como suas

diretrizes.

19. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) O período que marca a Educação

Infantil é de extrema importância para o desenvolvimento dos aspectos cognitivo, afetivo, social e motor da criança. Neste sentido, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas:

( ) Nesse período, é necessário ver a criança como um ser fragmentado que se desenvolve

mediante a capacidade de armazenar e acumular informações.

( ) Na infância, se faz necessário o envolvimento da criança com as atividades envolvendo o

movimento, o viver o brinquedo, sentir as emoções do jogar, arriscar-se, experimentar e conseguir.

( ) Na Educação Infantil, as possibilidades de trabalho do professor devem estar voltadas para a

vinculação do movimento com intenções, raciocínio e planos de ações elaborados, em que são utilizadas atividades com significado, com o concreto, com o real, com o interesse daquele que é o foco

do trabalho, ou seja, o aluno.

( ) Na Educação Infantil, os jogos devem ser um passatempo para a criança e não uma rotina, pois

é necessário nos primeiros anos da infância, a aquisição de comportamentos relativos à rotina rígida. A sequência correta é:

a) F, F, V, F.

b) V, V, V, V.

c) F, V, V, F.

d) F, F, F, F.

20. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) O Mal a criança nasce, já executa os

primeiros movimentos. Busca o seio materno, atende a ruídos, mexe braços e pernas, chora para exigir seus direitos. Ela veio ao mundo para conhecer, participar, crescer. E quando ingressa na creche, a educação infantil tem o seguinte papel:

a) Cuidar, educar e fazê-la conhecer o mundo.

b) Garantir a preparação básica para o trabalho.

c) Contribuir na produção de seres capazes, higiênicos, nutridos e sem doenças, desenvolvendo um

trabalho, fundamentalmente, assistencial.

d) Substituir a família durante o período que os pais estiverem trabalhando.

21. (IFC-SC – Pedagogia – Educação Infantil – IESES/2015) No Brasil, a formação de professores

que atuam na educação básica tem sido objetivo de inúmeras reflexões, sobretudo a partir da década de 1990, com a aprovação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394/96) que estabeleceu as diretrizes e bases da educação nacional. Essa lei determina no seu artigo 62 que:

a) A formação de docentes para atuar na educação básica far-se-á em nível superior, em curso de

licenciatura, de graduação plena, em universidades e institutos superiores de educação.

b) A formação de docentes para atuar na educação básica far-se-á em nível superior, em curso de

bacharelado, de graduação plena, em universidades e institutos superiores de educação.

c) A formação de docentes para atuar na educação básica far-se-á em nível superior, em curso de

licenciatura, de graduação curta, em universidades e institutos superiores de educação.

d) A formação de docentes para atuar na educação básica far-se-á em nível médio, em curso de

bacharelado, de graduação plena, em universidades e institutos superiores de educação.

22. (IFC-SC – Professor de Artes/Música – IESES/2015) O conhecimento humano, dependendo

dos diferentes referenciais, é explicado diversamente em sua gênese e desenvolvimento, o que

condiciona conceitos diversos de homem, mundo, cultura, sociedade educação, etc. Diversos autores têm analisado e comparado as abordagens do processo de ensino aprendizagem classificando e agrupando as correntes teóricas segundo critérios diferentes. Assim, no que se refere à Abordagem Sociocultural, é INCORRETO afirmar:

a) Os objetivos educacionais são definidos a partir das necessidades concretas do contexto histórico

social no qual se encontram os sujeitos. b) A relação entre professor e aluno deve ser vertical.

c) Os temas geradores para o ensino devem ser extraídos da prática de vida dos educandos.

d) O diálogo e os grupos de discussão são fundamentais para o aprendizado.

23.

(IFC-SC – Professor de Artes/Música – IESES/2015) No que diz respeito à teoria crítica e suas

contribuições para a construção do currículo, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas:

( ) A perspectiva crítica de currículo faz uma profunda crítica às bases do pensamento de organização curricular clássica.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, as disciplinas são organizadas de forma isolada, inscritas numa grade curricular.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, há um questionamento político do papel da educação na

sociedade.

( ) Na perspectiva crítica de currículo, os objetivos e conteúdos são definidos e os professores

limitam-se a segui-los. A sequência correta é:

a) V, F, V, V.

b) V, F, V, F.

c) V, V, V, F.

d) F, F, V, F.

24. (Prefeitura de Juatuba/MG – Professor de Educação Básica II – CONSUPLAN/2015) Considerando a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394/1996), analise. I. Ao situar a educação escolar no espectro amplo da vida social, a LDB inibe uma reflexão crítica da nossa prática educacional. II. A LDB define uma concepção unificada de educação básica, que abrange a formação do indivíduo desde zero ano de idade até o final do ensino médio, em três etapas consecutivas: educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. III. O art. 22 da LDB estabelece como finalidade para a educação básica “desenvolver o educando, assegurarlhe a formação indispensável para o exercício da cidadania e fornecer lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores”. IV. Conforme o art. 30 da LDB, a educação infantil desenvolvese em creches, para crianças de até três anos de idade, e em préescolas, para as crianças de quatro a seis anos. Essa estrutura organizacional, no entanto, já sofreu mudanças, em decorrência de decisão governamental. Está(ão) INCORRETA(S) apenas a(s) afirmativa(s)

a) I.

b) II.

c) IV.

d) III e IV.

25. (Prefeitura de Juatuba/MG – Professor de Educação Básica II – CONSUPLAN/2015) Analise

as afirmativas, marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) O currículo é a concretização, a viabilização das intenções e orientações expressas no projeto pedagógico.

( ) O currículo real é aquele estabelecido pelos sistemas de ensino, expresso em diretrizes

curriculares, nos objetivos e conteúdos das áreas ou disciplinas de estudo.

( ) O currículo oculto referese àquelas influências que afetam a aprendizagem dos alunos e o

trabalho dos professores.

( ) O currículo formal ou oficial é aquele que, de fato, acontece na sala de aula, em decorrência de um projeto pedagógico e dos planos de ensino.

( ) Um bom currículo ajuda a fortalecer a identidade pessoal, a subjetividade dos alunos.

( ) A construção e a elaboração da proposta curricular implicam meramente nos conteúdos escolares inscritos nas disciplinas. A sequência está correta em

a) F, F, V, F, F, V.

b) V, F, V, F, V, F.

c) V, V, V, F, V, V.

d) F, V, F, F, F, F.

26. (Prefeitura de Juatuba/MG – Professor de Educação Básica II – CONSUPLAN/2015) Sobre

cidadania e Projeto PolíticoPedagógico, assinale a afirmativa INCORRETA.

a) A escola é o lugar de entrecruzamento do projeto coletivo da sociedade com os projetos

existenciais de alunos e professores.

b) A construção da cidadania envolve um processo ideológico de formação de consciência pessoal e

social e de reconhecimento desse processo em termos de direitos e deveres.

c) A educação como instrumento social básico possibilita ao indivíduo a transposição da

marginalidade para a materialidade da cidadania; contudo, é possível pensar sua conquista sem

educação.

d) A escola é o lugar institucional do projeto educacional. Deve instaurar se como espaçotempo,

como instância social mediadora e articuladora de dois projetos: o projeto político da sociedade envolvente e o projeto pessoal dos sujeitos envolvidos na educação.

Sobre o Planejamento

Escolar são feitas as seguintes afirmações:

I. É uma tarefa docente que inclui a previsão das atividades didáticas em termos de sua organização e coordenação em face dos objetivos propostos.

II. A revisão e adequação dos objetivos propostos no decorrer do processo de ensino também fazem

parte do planejamento.

e

aprendizagem, isto é, das condições sociais e culturais da escola. Está (ão) correta(s):

27. (SEE-AC – Professor de Ciências da Natureza – FUNCAB/2014)

III.

O

planejamento

depende

unicamente

da

dinâmica

externa

do

processo

de

ensino

a) II, apenas.

b) III, apenas.

c) I e II, apenas

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

28. (SEE-AC – Professor de Ciências da Natureza – FUNCAB/2014) Sobre a organização e

estruturação didática da aula, pode-se afirmar:

I. A estruturação da aula é um processo que implica inflexibilidade e rigorosidade em relação aos conteúdos e materiais.

II. O trabalho docente, sendo uma atividade intencional e planejada, requer estruturação e

organização a fim de que sejam atingidos os objetivos do ensino.

III. A indicação de etapas do desenvolvimento da aula significa que todas as aulas devam seguir

umesquema rígido e complexo. Somente está(ao) correta(s):

a) I

b) II

c) III

d) I e II.

e) II e III.

29. (SEE-AC – Professor de Ciências da Natureza – FUNCAB/2014) O Contrato didático pode ser

definido como:

a) um conjunto de regras determinadas pelo professor e pela escola que devem ser cumpridas pelos

alunos

b) regras e atitudes determinadas pela escola em seu Projeto Político Pedagógico e em seu

Regulamento Interno.

c) um documento com regras e atitudes que deve ser assinado pelos pais ou pelos alunos maiores

de idade que regulamenta o comportamento dos alunos na escola e em sala de aula, com vistas a punições efetivas, caso seja desrespeitado.

d) um conjunto recíproco de comportamentos esperados entre alunos e professor, sendo mediados

pelo saber, auxiliando na análise das relações professor, aluno e saber.

e) uma atitude docente que define que somente os alunos podem determinar o que desejam

aprender e como as aulas devem ser ministradas.

30. (SEE-AC – Professor de Ciências da Natureza – FUNCAB/2014) Julgue as assertivas abaixo e

as ligações que elas estabelecem entre si.

I. Os agrupamentos produtivos nascem quando os estudantes têm habilidades próximas, mas diferentes.

Assim,

II. eles têm a chance de complementar o que já sabem individualmente e avançar juntos

a) A primeira e a segunda afirmativas estão corretas, mas a segunda não justifica a primeira.

b) A primeira está correta, mas a segunda está incorreta

c) A primeira está incorreta, mas a segunda está correta.

d) Ambas estão corretas e a segunda justifica a primeira

e) Ambas estão incorretas.

31. (SEE-AC – Professor de Ciências da Natureza – FUNCAB/2014) Em relação ao agrupamento

produtivo, pode-se dizer que agrupar os alunos deve ser uma ação intencional e planejada, baseada em três aspectos. São eles:

a) o conhecimento dos alunos sobre o que se pretende ensinar, as características pessoais dos

alunos e a clareza do objetivo da atividade proposta.

b) o conhecimento do professor sobre o conteúdo, as características da escola e o tipo de

metodologia a ser aplicada em sala.

c) as características pessoais do aluno, as características profissionais do professor, o tipo de escola.

d) a metodologia utilizada pelo professor, as características do ambiente, a vontade do aluno.

e) a vontade do aluno, as características pessoais do aluno, o conteúdo a ser trabalhado.

32. (SEE-AC – Professor de Ciências da Natureza – FUNCAB/2014) O artigo 37 da LDB, Lei nº

9.394/1996, indica que a Educação de Jovens e Adultos será destinada:

a) a jovens a partir dos 15 anos e adultos após os 25 anos.

b) a jovens e adultos a partir dos 20 anos.

c) a todos os que desejarem cursar, independente da idade.

d) àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na

idade própria.

e) àqueles alunos indicados pela unidade escolar ou pelo Conselho Tutelar que necessitam de

medidas socioeducativas.

33. (SEE-AC – Professor de Ciências da Natureza – FUNCAB/2014) A Educação de Jovens e

Adultos deverá articular-se, preferencialmente com o(a):

a) Ensino Médio regular.

b) Ensino Fundamental regular

c) Ensino de línguas.

d) Educação a distância.

e) Educação profissional.

34. (SEE-AC – Professor de Ciências da Natureza – FUNCAB/2014) A LDB, Lei nº 9.394/1996,

indica, em seu Art. 38, que “Os sistemas de ensino manterão cursos e exames supletivos, que compreenderão a base nacional comum do currículo, habilitando ao prosseguimento de estudos em caráter regular." Assim, os conhecimentos e habilidades adquiridos pelos educandos por meios informais:

a) serão aferidos e reconhecidos mediante exames.

b) somente serão reconhecidos com documentação comprobatória fornecida pelo aluno.

c) não serão considerados para o prosseguimento dos estudos

d) serão avaliados, mas não serão reconhecidos

e) necessitam de sistematização seriada e comprovada pormeio de documentos

35. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Uma das principais qualidades profissionais do professor é estabelecer uma ponte entre as tarefas cognitivas (objetivos e conteúdos) e as capacidades dos alunos para enfrentá-las. Nesse sentido, ensinar exige:

a) transferência plena de conteúdos.

b) liberdade sem autoridade

c) respeito aos saberes dos educandos.

d) promoção da tecnologia

e) aplicação de testes e provas.

36.

(SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre a organização e estruturação didática da aula,

pode-se afirmar:

I. A estruturação da aula é um processo que implica inflexibilidade e rigorosidade em relação aos conteúdos e materiais.

II. O trabalho docente, sendo uma atividade intencional e planejada, requer estruturação e

organização a fim de que sejam atingidos os objetivos do ensino.

III. A indicação de etapas do desenvolvimento da aula significa que todas as aulas devam seguir um

esquema rígido e complexo.

Somente está(ao) correta(s):

a) I

b) II

c) III

d) I e II.

e) II e III

37. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação à seleção e à organização dos conteúdos

são feitas as seguintes afirmações:

I. O conteúdo pode ser organizado no plano vertical (distribuído em séries) ou no plano horizontal (dentro de uma mesma série).

II. Os conteúdos podem ser organizados pelo aspecto lógico (do professor) ou psicológico (do aluno).

III. Normalmente, o processo de organização dividirá um conteúdo em aula, esta aula em tópicos e

estes tópicos em unidades.

IV. Selecionar conteúdos é definir o que será ensinado. Organizar conteúdos é dizer a forma como

estes serão apresentados. Estão corretas:

a) I e II, apenas.

b) III e IV, apenas.

c) I, II e IV, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

e) I, II, III e IV.

38. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Quanto à avaliação formativa, pode-se dizer:

a) Gera conceitos que podem ser expressos em notas ou em outros códigos de caráter

classificatório.

b) Tem o objetivo de quantificar o conhecimento do aluno, hierarquizando o conhecimento.

c) Preocupa-se com a construção de instrumento que seja capaz de avaliar o processo de

aprendizagem e não somente um produto final.

d) Busca criar um instrumento que reflita um modelo que permita a contagem do conhecimento

demonstrado e o nivelamento dos alunos.

e) Coloca-se como um instrumento que encerra uma etapa educativa no tempo, medindo o

conhecimento por meio do “certo” e do “errado”

39. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação ao agrupamento produtivo, pode-se dizer

que agrupar os alunos deve ser uma ação intencional e planejada, baseada em três aspectos. São eles:

a) o conhecimento dos alunos sobre o que se pretende ensinar, as características pessoais dos

alunos e a clareza do objetivo da atividade proposta.

b) o conhecimento do professor sobre o conteúdo, as características da escola e o tipo de

metodologia a ser aplicada em sala.

c) as características pessoais do aluno, as características profissionais do professor, o tipo de

escola.

d)

a metodologia utilizada pelo professor, as características do ambiente, a vontade do aluno.

e)

a vontade do aluno, as características pessoais do aluno, o conteúdo a ser trabalhado.

40.

(SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Quanto ao planejamento, pode-se dizer que há três

modalidades que são articuladas entre si. São elas:

a) a avaliação, o planejamento em si e o plano político pedagógico.

b) o plano da escola, o plano de ensino e o plano de aulas.

c) o plano da escola, a avaliação e o plano político pedagógico.

d) o plano de aulas, a avaliação e a pesquisa.

e) a avaliação, a pesquisa e a metodologia.

41. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre a organização e estruturação didática da aula,

pode-se afirmar:

I. A estruturação da aula é um processo que implica inflexibilidade e rigorosidade em relação aos conteúdos e materiais.

II. O trabalho docente, sendo uma atividade intencional e planejada, requer estruturação e

organização a fim de que sejam atingidos os objetivos do ensino.

III. A indicação de etapas do desenvolvimento da aula significa que todas as aulas devam seguir um

esquema rígido e complexo. Somente está(ao) correta(s):

a) I

b) II

c) III

d) I e II.

e) II e III.

42. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) A melhor definição de incentivo à aprendizagem encontra-se em:

a) conjunto de forças externas que impulsionam o aluno a atingir os objetivos estipulados pelo

professor

b) combinação de forças externas e internas direcionadas pelo professor que levam o aluno a

perceber seus objetivos e compreender os conteúdos passados, independente do contexto em que

estes se encontram. c) conjunto de estímulos que despertam nos alunos a sua motivação para aprender, de forma que suas necessidades, interesses e desejos sejam canalizados para as tarefas de estudo

d) realização de tarefas com vistas à aprendizagem e à disciplina do aluno com pouca ou nenhuma

intervenção do professor.

e) conjunto de métodos e tarefas que, indicados pelo professor, permitem a realização plena do

trabalho docente e a transmissão rígida de conteúdos com a finalidade de garantir o desenvolvimento

intelectual

43. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) São funções do planejamento escolar, EXCETO:

a) explicitar princípios, diretrizes e procedimentos do trabalho docente que assegurem a articulação

entre as tarefas da escola e as exigências do contexto social e do processo de participação

democrática.

b) expressar os vínculos entre o posicionamento filosófico, político pedagógico e profissional e as

ações efetivas que o professor irá realizar na sala de aula, através de objetivos, métodos e formas

organizativas do ensino.

c) assegurar a racionalização, organização e coordenação do trabalho docente, de modo que a

previsão das ações docentes possibilite ao professor a realização de um ensino de qualidade e evite a improvisação. d) atualizar o conteúdo do plano sempre que for revisto, aperfeiçoando-o em relação aos progressos feitos no campo de conhecimentos, adequando-os às condições de aprendizagem dos alunos, aos métodos, técnicas e recursos de ensino que irão sendo incorporados na experiência cotidiana

e) facilitar a preparação de aulas, de forma a manter a unidade dos conteúdos, com vistas à

formação de turmas homogêneas, possibilitando a exclusão de alunos que não acompanhem as aulas

propostas

44. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Deve-se registrar como uma das principais qualidades

profissionais do professor:

a) manter a disciplina em sala de aula a qualquer custo

b) fornecer lista de exercícios a serem realizados como tarefa de casa.

c) estabelecer uma ponte entre as tarefas cognitivas (objetivos e conteúdos) e as capacidades dos

alunos para enfrentá-las

d) proporcionar o ensino do saber predeterminado, sem alteração de conteúdos, independente da

capacidade dos alunos ou de suas experiências prévias

e) garantir a transmissão do conhecimento somente para uma turma homogênea e apta a aprender

conteúdos novos

45. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Julgue as assertivas abaixo e as ligações que elas

estabelecem entre si.

I. Os agrupamentos produtivos nascem quando os estudantes têm habilidades próximas, mas diferentes. Assim,

II. eles têm a chance de complementar o que já sabem individualmente e avançar juntos.

a) A primeira e a segunda afirmativas estão corretas, mas a segunda não justifica a primeira

b) A primeira está correta, mas a segunda está incorreta

c) A primeira está incorreta, mas a segunda está correta.

d) Ambas estão corretas e a segunda justifica a primeira.

e) Ambas estão incorretas.

46. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação ao agrupamento produtivo, pode-se dizer

que agrupar os alunos deve ser uma ação intencional e planejada, baseada em três aspectos. São eles:

a) o conhecimento dos alunos sobre o que se pretende ensinar, as características pessoais dos

alunos e a clareza do objetivo da atividade proposta.

b) o conhecimento do professor sobre o conteúdo, as características da escola e o tipo de metodologia a ser aplicada em sala

c) as características pessoais do aluno, as características profissionais do professor, o tipo de escola.

d) a metodologia utilizada pelo professor, as características do ambiente, a vontade do aluno.

e) a vontade do aluno, as características pessoais do aluno, o conteúdo a ser trabalhado.

47. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) O artigo 37 da LDB, Lei nº 9.394/1996, indica que a

Educação de Jovens e Adultos será destinada:

a) a jovens a partir dos 15 anos e adultos após os 25 anos.

b) a jovens e adultos a partir dos 20 anos

c) a todos os que desejarem cursar, independente da idade

d) àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na

idade própria.

e) àqueles alunos indicados pela unidade escolar ou pelo Conselho Tutelar que necessitam de

medidas socio educativas.

48. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) A Educação de Jovens e Adultos deverá articular-se,

preferencialmente como(a):

a) Ensino Médio regular

b) Ensino Fundamental regular.

c) Ensino de línguas.

d) Educação a distância

e) Educação profissional.

49. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) São saberes necessários à prática docente, EXCETO:

a) reflexão crítica sobre a prática

b) corporeificação das palavras pelo exemplo

c) aceitação do novo e rejeição a qualquer forma de discriminação

d) criticidade

e) autoritarismo.

50. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) As avaliações somativas são quantificadoras. Suas

principais características são, EXCETO:

a) ocorrem, principalmente, no final do processo de ensino.

b) tendem a considerar apenas os conteúdos principais.

c) têm como objetivo a atribuição de notas.

d) possuem caráter classificatório.

e) buscam compreender os processos mentais e suas alterações durante a aprendizagem.

51.

(SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Quanto à avaliação formativa, pode-se dizer:

a) Gera conceitos que podem ser expressos em notas ou em outros códigos de caráter

classificatório.

b) Tem o objetivo de quantificar o conhecimento do aluno, hierarquizando o conhecimento.

c) Preocupa-se com a construção de instrumento que seja capaz de avaliar o processo de

aprendizagem e não somente um produto final

d) Busca criar um instrumento que reflita um modelo que permita a contagem do conhecimento

demonstrado e o nivelamento dos alunos.

e) Coloca-se como um instrumento que encerra uma etapa educativa no tempo, medindo o

conhecimento por meio do “certo” e do “errado”.

52. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre o Planejamento Escolar são feitas as seguintes

afirmações: I. É uma tarefa docente que inclui a previsão das atividades didáticas em termos de sua organização e coordenação em face dos objetivos propostos. II. A revisão e adequação dos objetivos propostos no decorrer do processo de ensino também fazem parte do planejamento.

e

aprendizagem, isto é, das condições sociais e culturais da escola. Está(ão) correta(s):

III.

O

planejamento

depende

unicamente

da

dinâmica

externa

do

processo

de

ensino

a) II, apenas.

b) III, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

53. (SEE-AC – Professor – FUNCAB/2014) O artigo 37 da LDB, Lei nº 9.394/1996, indica que a

Educação de Jovens e Adultos será destinada:

a) a jovens a partir dos 15 anos e adultos após os 25 anos.

b) a jovens e adultos a partir dos 20 anos.

c) a todos os que desejarem cursar, independente da idade.

d) àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na

idade própria.

e) àqueles alunos indicados pela unidade escolar ou pelo Conselho Tutelar que necessitam de

medidas socioeducativas.

54. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Lúcia é professora de uma turma

de crianças com idades entre 7 e 8 anos. Ela sempre reserva um tempo de suas aulas para brincar com seus alunos. Às vezes é ela quem propõe a brincadeira, outras vezes são eles. Lúcia acredita que, durante esses momentos, a interação com seus alunos é rica e assim ela aprende muito com eles. Analisando a ação da professora Lúcia, é CORRETO afirmar que ela:

a) atrapalha o desenvolvimento dos alunos, pois o adulto não deve interferir nas brincadeiras de

crianças.

b)

desperdiça o tempo de aula, pois crianças com 7 ou 8 anos de idade não precisam mais brincar.

c)

está equivocada, pois crianças não sabem ensinar, portanto ela não pode aprender nada com

elas.

d)

favorece a interação do grupo criando oportunidades de novas vivências e reelaboração de

valores.

55. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Analise as afirmativas sobre

disciplina e assinale com V as verdadeiras e com F as falsas.

(

) O autoritarismo é fator essencial para se conseguir a disciplina dos alunos.

(

) Disciplina é a submissão inquestionável a superiores.

(

) É essencial à educação saber estabelecer limites e valorizar a disciplina.

( ) Ao educar ou disciplinar, é preciso respeitar a autoestima do outro. Assinale a sequência CORRETA.

a) F V V F

b) F F V V

c)

V V F F

d) V F F V

56. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Ao preparar as suas aulas, a

professora Luiza reserva diariamente um tempo para uma roda de conversa com seus alunos, momento em que cada um pode falar e ouvir o outro. Sobre a ação da professora Luiza, é CORRETO afirmar que ela:

a) é pouco criativa, pois propõe aos alunos a mesma atividade todo dia.

b) desperdiça o tempo dos alunos na escola com conversas desnecessárias.

c) favorece o desenvolvimento da autonomia e da identidade dos alunos.

d) estimula o desinteresse dos alunos pela escola com atividades repetitivas.

57. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Célia é professora de uma turma

de alfabetização e acredita que alfabetiza seus alunos na perspectiva do letramento. Na aula de hoje, ela apresentou para os alunos a letra V. Ela escreveu no quadro negro a frase “Eva viu a uva”. Pediu

que os alunos copiassem a frase no caderno e leu-a com eles. Depois pediu que pintassem todas as letras V que apareciam na frase. Treinou com eles o som da letra e construiu a família silábica va – ve – vi – vo – vu. Mandou os alunos treinar o som do V em casa e decorar a família silábica, pois na próxima aula aprenderão o som do Z. Na perspectiva do letramento e alfabetização é CORRETO afirmar que a professora Célia

a) está certa, pois os alunos precisam adquirir a técnica da escrita para depois trabalhar o

letramento.

b) está equivocada, pois deveria treinar por mais duas aulas o som do V antes de introduzir o som do

Z.

c) está certa, pois o som do V é fácil e uma aula é o suficiente para os alunos o aprenderem.

d) está equivocada, pois durante a aula ela desconsidera os diversos usos sociais da leitura e da

escrita.

58. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Ao matricular seus filhos na

escola, os pais têm direito a obter informações sobre a instituição que os acolherá. Assinale a alternativa que NÃO configura esse direito.

a) Ter informações relativas ao quadro de pessoal da instituição, incluindo as qualificações e

experiências.

b) Conhecer a filosofia e a concepção de trabalho da instituição.

c) Ter acesso irrestrito aos ambientes da escola a qualquer hora.

d) Ter informações sobre a participação das crianças em eventos especiais.

59. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) No âmbito da avaliação formativa, podemos AFIRMAR que seu objetivo é:

a) evidenciar os erros e penalizar o aluno que não estuda.

b) qualificar o aluno justificando a sua exclusão da escola.

c) refletir sobre o que se ensina e o que se aprende.

d) quantificar o saber adquirido pelo aluno.

60. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) O desenho e a brincadeira são

formas de linguagem que favorecem a interação com o outro e com o objeto, possibilitando a comunicação e a compreensão de ideias e a organização do pensamento. A esse respeito, analise as afirmativas a seguir. I. A criança, ao desenhar ou apreciar uma ilustração, compreende que aquilo que ela vê no mundo exterior pode ser representado. II. A brincadeira é uma atividade propícia ao processo de significação por envolver uma fexibilização

na forma de compreender os signos e suas relações. III. O desenho é uma atividade que favorece a escrita, porque a criança percebe que pode desenhar também a fala. Pela análise, pode-se concluir que estão CORRETAS as afirmativas:

a) I e II apenas.

b) I e III apenas.

c) II e III apenas.

d)

I, II e III.

61. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Para que as aprendizagens

infantis ocorram com sucesso, é preciso que o professor considere, na organização do trabalho, todas as alternativas, EXCETO:

a) A interação com crianças da mesma idade e de idades diferentes em situações diversas.

b) Os conhecimentos prévios de qualquer natureza que as crianças já possuam sobre o assunto.

c) O nível socioeconômico, já que crianças mais abastadas devem ser melhor atendidas.

d) O grau de desafio que as atividades apresentem e o fato de que devem ser significativas.

62. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Brincar é uma das atividades

fundamentais para o desenvolvimento da identidade e da autonomia. Nas brincadeiras, as crianças têm

a oportunidade de interagir e desenvolver algumas capacidades importantes. Assinale a alternativa que NÃO configura uma dessas capacidades.

a) Atenção

b) Imitação

c) Isolamento

d) Oposição

63. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Nas aulas de leitura, a professora

Valéria não lê mais para seus alunos. Ela acredita que, por já saberem ler, eles não precisam mais ouvir

a sua leitura, apenas praticá-la para adquirir fluência. Sobre a postura da professora Valéria, é CORRETO afirmar que ela:

a) Está certa, pois, ao ouvir a sua leitura, os alunos acomodam e não leem.

b) Está errada, pois os alunos precisam de bons modelos de leitura.

c) Está certa, pois ouvir leituras é muito cansativo para os alunos.

d) Está errada, pois a fluência na leitura independe da prática.

64. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) O desenvolvimento da fala e da

capacidade simbólica ampliam significativamente os recursos intelectuais. Analise as afirmativas a seguir sobre o desenvolvimento da linguagem oral e assinale com V as afirmativas verdadeiras e com F as falsas.

( ) Ao imitar a maneira de falar das crianças, o adulto estabelece uma maior aproximação com elas,

favorecendo o desenvolvimento da linguagem oral. ( ) A linguagem oral possibilita comunicar ideias e intenções, infuenciar o outro e estabelecer relações interpessoais.

( ) O trabalho com a linguagem oral na escola deve se restringir às rodas de conversa, constituídas por monólogos com o professor.

( ) Ao dar um recado, explicar um jogo ou pedir uma informação, as crianças têm a possibilidade de ampliar suas capacidades comunicativas. Assinale a sequência CORRETA.

a) F V F V

b) F V V F

c) V F F V

d) V F V F

65. (Prefeitura de Bela Vista – MG – Professor – FUNDEP/2014) Durante o recreio, a professora

Alice observou dois de seus alunos brincando de lutar como guerreiros e heróis. Ela considerou a

brincadeira turbulenta e, preocupada em reprimir a violência, separou os alunos, proibiu a brincadeira e disse que se voltassem a brincar de heróis, eles ficariam sem o recreio. Sobre a ação da professora diante da brincadeira de luta, é CORRETO afirmar que ela

a) está certa em separar os alunos, pois a brincadeira incentiva a violência.

b) está equivocada, pois a professora não pode intervir no brincar da criança.

c) está certa, pois tirar o recreio dos alunos impõe disciplina e ordem.

d) está equivocada, pois na brincadeira os alunos podem elaborar sua agressividade.

66. (IF-SC – Professor – IF-SC/2014) A Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (LDB – Lei de

Diretrizes e Bases da Educação), estabelece os critérios para regular o funcionamento do sistema educacional brasileiro. Assinale (V) - verdadeiro ou (F) – falso, nas assertivas abaixo.

) A Lei nº 9.394/1996, alterada pela Lei nº 11.741/2008, permitiu que o ensino médio pudesse preparar o educando para o exercício de profissões técnicas.

(

( ) A educação profissional técnica de nível médio poderá ser desenvolvida na forma de cursos

subsequentes para quem não tenha o ensino médio completo.

( ) Os diplomas de cursos de educação profissional técnica de nível médio terão validade nacional e habilitarão o educando ao prosseguimento de seus estudos na educação superior, independente de qualquer formalidade.

( ) De acordo com o art. 36-C, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, a educação profissional

técnica de ensino médio, desenvolvida na forma integrada ou concomitante, possui o mesmo requisito que exige conclusão do ensino fundamental. Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA, de cima para baixo.

a) V, F, F, V

b) V, F, F, F

c) V, V, F, V

d) F, F, V, F

e) F, V, V, F

67. (IF-SC – Professor – IF-SC/2014) De acordo com a Carta Constitucional vigente, a educação

deve ser tratada com a relevância que merece. Assinale (V) – verdadeiro, ou (F) – falso nas assertivas abaixo.

(

) As diretrizes e bases da educação são de competência exclusiva da União.

(

) Compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre educação.

( ) São direitos sociais, previstos no art. 6º da Constituição Federal, a educação, a saúde, o trabalho, a moradia, a defesa do consumidor e a alimentação, dentre outros.

( ) Os princípios do ensino estão previstos no art. 206, da Constituição Federal, dentre os quais se encontra a valorização dos profissionais da educação escolar. Assinale a alternativa que contém a sequência CORRETA, de cima para baixo.

a) V, F, F, F

b) V, V, F, V

c) F, V, V, V

d) F, F, V, F

e) V, V, V, F

68. (Prefeitura de Piraquara – Professor – CEC/2014) A Emenda Constitucional n.º 59, de 11 de

novembro de 2009, faz alteração na Constituição Federal, no que se refere à abrangência da educação

básica obrigatória e gratuita, e também pontua que sua implementação deve ser progressiva, definindo um ano para que isso aconteça. Assinale a alternativa que descreve corretamente essa alteração:

a) Educação básica obrigatória e gratuita dos 4 (quatro) aos 17 (dezessete) anos de idade e

implementação até 2016.

b) Educação básica obrigatória e gratuita dos 3 (três) aos 17 (dezessete) anos de idade e

implementação até 2016.

c) Educação básica obrigatória e gratuita dos 4 (quatro) aos 17 (dezessete) anos de idade e

implementação até 2017.

d) Educação básica obrigatória e gratuita dos 4 (quatro) aos 17 (dezessete) anos de idade e

implementação até 2018.

e) Educação básica obrigatória e gratuita dos 3 (três) aos 17 (dezessete) anos de idade e

implementação até 2017.

69. (Prefeitura de Piraquara – Professor – CEC/2014) O Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil é um documento que “se constitui em um conjunto de referências e orientações pedagógicas que visam a contribuir com a implantação ou implementação de práticas educativas de qualidade que possam promover e ampliar as condições necessárias para o exercício da cidadania das

crianças brasileiras”. Considerando as especificidades cognitivas, afetivas, emocionais e sociais das crianças de zero a cinco anos, o RCNEI (p. 13, 1998) descreve 5 (cinco) princípios norteadores para a prática educativa, que visam promover o exercício da cidadania. De acordo com esses princípios, selecione a alternativa que contempla de forma correta as expressões que designam essas categorias, na sequência em que estão colocadas a seguir.

crianças, consideradas nas suas diferenças individuais,

sociais, econômicas, culturais, étnicas, religiosas etc.;

I. O respeito à dignidade e aos

das

, como forma particular de expressão, pensamento, interação e

comunicação infantil;

disponíveis, ampliando o desenvolvimento das

capacidades relativas à expressão, à comunicação, à interação social, ao pensamento, à ética e à estética; IV. A socialização das crianças por meio de sua participação e inserção nas mais diversificadas

II. O direito das crianças a

III.

O

acesso das crianças aos

, sem discriminação de espécie alguma;

V. O atendimento aos cuidados essenciais associados à sobrevivência e ao desenvolvimento de sua

a) direitos, brincar, bens socioculturais, atividades culturais, cidadania.

b) deveres, estudar, livros, atividades culturais, identidade.

c) cuidados, interagir, livros, práticas sociais, cidadania.

d) direitos, brincar, bens socioculturais, práticas sociais, identidade.

e) deveres, brincar, livros, atividades culturais, cidadania.

70. (Prefeitura de Piraquara – Professor – CEC/2014) O Referencial Curricular Nacional da

Educação Infantil descreve que “a observação e o registro se constituem nos principais instrumentos de que o professor dispõe para apoiar sua prática. Por meio deles o professor pode registrar, contextualmente, os processos de aprendizagem das crianças; a qualidade das interações estabelecidas com outras crianças, funcionários e com o professor e acompanhar os processos de desenvolvimento obtendo informações sobre as experiências das crianças na instituição”. Leia as sentenças a seguir referentes à avaliação na educação infantil e classifique-as com (V) Verdadeiras ou (F) Falsas. Em seguida, indique a alternativa que apresenta, de cima para baixo, a sequência correta.

( ) Esta observação e seu registro fornecem aos professores uma visão integral das crianças, porém não revela as particularidades do educando.

( ) A Lei de Diretrizes e Bases da Educação, sancionada em dezembro de 1996, estabelece, na

Seção II, referente à educação infantil, artigo 31 que: “

a avaliação far-se-á mediante o

acompanhamento e registro do seu desenvolvimento, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao ensino fundamental”.

( ) A avaliação é entendida, prioritariamente, como um conjunto de ações que auxiliam o professor a

refletir sobre as condições de aprendizagem oferecidas e ajustar sua prática às necessidades colocadas pelas crianças.

( ) A avaliação é um elemento dissociável do processo educativo que possibilita ao professor definir critérios para planejar as atividades e criar situações que gerem avanços na aprendizagem das crianças.

( ) Para que possa se constituir como um instrumento voltado para reorientar a prática educativa, a

avaliação deve se dar de forma sistemática e contínua, tendo como objetivo principal a melhoria da

ação educativa.

a) F – V – F – F – V

b) F – V – V – F – V

c) V – V – F – F – F

d) V – F – V – V – V

e) V – F – V – V – F

71. (SEAP-DF – Professor Temporário – IADES/2014) A Lei no 9.394/1996 estabelece as diretrizes

e bases da educação e, em seu art. 24, estão descritas as regras comuns da organização da educação básica. Acerca dessa organização, assinale a alternativa correta.

a) A carga horária mínima anual será de 800 horas, distribuídas por um mínimo de 180 dias de

efetivo trabalho escolar, incluído o tempo reservado aos exames finais, quando houver.

b) A classificação em qualquer série ou etapa, exceto a primeira do ensino fundamental, pode ser

feita independentemente de escolarização anterior, mediante avaliação feita pela escola.

c) À Secretaria de Educação cabe expedir históricos escolares, declarações de conclusão de série e

diplomas ou certificados de conclusão de cursos, com as especificações cabíveis.

d) A verificação do rendimento escolar terá como um dos seus critérios a avaliação classificatória

realizada ao final do bimestre.

e) O controle de frequência fica a cargo da escola, sendo exigida a frequência mínima de 65% do

total de horas para aprovação.

72.

(SEAP-DF – Professor Temporário – IADES/2014) Condicionantes de ordem econômica,

política e cultural afetam a prática escolar, implicando diferentes concepções de sociedade, de homem, de escola e de educação. Essas concepções se materializam em tendências pedagógicas que se fazem presentes, explícita ou implicitamente, no cotidiano das escolas. Segundo a tendência progressista crítico-social dos conteúdos, o papel da escola

a) fundamenta-se na preparação intelectual e moral dos alunos para assumir sua posição na

sociedade. O compromisso da escola é com a cultura.

b) consiste na adequação das necessidades individuais ao meio social e, para isso, ela deve se

organizar de forma a retratar, o quanto possível, a vida.

c) é organizar o processo de aquisição de habilidades, atitudes e conhecimentos específicos, úteis e

necessários para que os indivíduos se integrem na máquina do sistema social global.

d) consiste na preparação do aluno para o mundo adulto e suas contradições, fornecendo-lhe um

instrumental, por meio da aquisição de conteúdos e da socialização, para uma participação organizada

e ativa na democratização da sociedade.

e) é propor questionamentos acerca das realidades das relações do homem com a natureza e com

os outros homens, visando a uma transformação.

73. (SEAP-DF – Professor Temporário – IADES/2014) Diversas teorias buscam explicar os

processos de desenvolvimento e aprendizagem humanos. Uma dessas teorias considera que a aprendizagem decorre da relação estímulo-resposta e das consequências das ações praticadas, tendo como objetivo a aquisição de novos comportamentos ou a modificação dos já existentes. Os aspectos descritos estão coerentes com as teorias

a) comportamentistas.

b) maturacionais.

c) psicanalíticas.

d) fenomenológicas.

e) interacionistas.

74. (SEAP-DF – Professor Temporário – IADES/2014) A trajetória do atendimento aos estudantes

com necessidades educacionais especiais é marcada pela luta em busca da garantia do direito de todos

estarem na escola. Esse direito deverá extrapolar a demanda do acesso, na direção das demandas relacionadas ao fluxo desses estudantes no ambiente escolar, garantindo-lhes condições reais, complementares ou suplementares ao currículo para o desenvolvimento pessoal e para as aprendizagens equivalentes aos demais estudantes. Nesse sentido, a oferta de educação especial deverá contemplar

a) a constituição de turmas especiais em cada escola, em função do tipo de necessidades

educacionais e do nível de desempenho escolar dos estudantes, de modo a favorecer uma ação pedagógica centrada em um currículo específico para o tipo de deficiência apresentada pelos

estudantes.

b) o encaminhamento dos estudantes que não cabem nas determinações de homogeneidade para

classes e escolas especiais, a fim de garantir atendimento especializado em função do tipo de necessidade especial apresentada e, ao mesmo tempo, não comprometer a aprendizagem dos demais estudantes.

c) a escolha de currículo, métodos, recursos e organização específicos para atender às

necessidades dos estudantes; a garantia da terminalidade específica àqueles que não atingiram o nível

exigido para a conclusão do ensino fundamental, em virtude de suas deficiências; e, a garantia da aceleração de estudos aos estudantes superdotados para conclusão do programa escolar.

d) a constituição de turmas homogêneas para favorecer a dinamização das atividades, a

funcionalidade do trabalho pedagógico e o sucesso escolar, pois grupos com um mesmo nível de desenvolvimento favorecem relações menos assimétricas e possibilitam desenvolver os conteúdos com níveis de complexidade comuns a todos os estudantes.

e) um currículo que prioriza a instrução básica, centrado no aprendizado de noções da língua

portuguesa e da matemática, e no desenvolvimento de habilidades manuais e treino de habilidades de higiene, alimentação e de comportamentos sociais.

75. (SEAP-DF – Professor Temporário – IADES/2014) O art. 14 da Lei no 9.394/1996 estabelece

que os sistemas de ensino definirão as normas da gestão democrática do ensino público na educação básica, de acordo com as suas peculiaridades e conforme os seguintes princípios:

I – participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola;

II – participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares ou equivalentes.

No que se refere à participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da escola, é correto afirmar que cabe aos professores

a) participar da elaboração da proposta pedagógica da escola.

b) gerir os recursos financeiros da instituição, pois são eles que conhecem melhor a realidade da

escola e dos alunos.

c) cumprir com as diretrizes estabelecidas pela direção da escola no projeto pedagógico da

instituição.

d) cuidar, por um lado, da aprendizagem dos alunos, e à direção da escola, por outro lado, dos

aspectos administrativos e financeiros da instituição.

e) notificar ao Conselho Tutelar do município, ao juiz competente da Comarca e ao respectivo

representante do Ministério Público a relação dos alunos que apresentem quantidade de faltas acima de cinquenta por cento do percentual permitido em lei.

76. (SEAP-DF – Professor Temporário – IADES/2014) O projeto político-pedagógico deve ser construído coletivamente pelos atores escolares. Nesse movimento de construção, a escola deve

elaborar um plano de ação no qual explicitará objetivamente como pretende alcançar os próprios objetivos e resolver as questões apresentadas a partir do diagnóstico de sua realidade. Acerca desse tema, é correto afirmar que a definição de objetivos no plano de ação tem a função de expressar

a) as atividades e os procedimentos exequíveis propostos para o alcance de uma meta.

b) a área de abrangência, a quantidade do efeito e o período previsto para alcançar certo resultado.

c) a forma de acompanhamento e a avaliação do trabalho pedagógico da escola como um todo.

d) os resultados esperados com o desenvolvimento do projeto ou da ação.

e) as ações que possibilitarão o alcance das finalidades da escola.

77. (SEAP-DF – Professor Temporário – IADES/2014) A Lei no 9.394/1996, no art. 23, dispõe que

“a educação básica poderá organizar-se em séries anuais, períodos semestrais, ciclos, alternância regular de períodos de estudos, grupos não seriados, com base na idade, na competência e em outros critérios, ou por forma diversa de organização, sempre que o interesse do processo de aprendizagem assim o recomendar.”

No que diz respeito à organização da educação básica por ciclos, é correto afirmar que os ciclos de aprendizagem

a) são uma forma de organizar o trabalho pedagógico para favorecer aos estudantes a promoção

automática ao longo do ensino fundamental.

b) têm por finalidade viabilizar o fluxo dos estudantes no processo de escolarização, garantindo a

redução da distorção idade/série.

c) compreendem momentos formativos intercalados ao longo do ano letivo, ora de convivência na

sala de aula, ora de convivência no campo, para aplicação dos conhecimentos escolares.

d) pressupõem tempos e espaços especiais para o trabalho pedagógico, ficando sob a

responsabilidade da escola definir o intervalo de tempo de duração de cada ciclo.

e) são uma forma de reorganizar o tempo e o espaço escolar, bem como a prática pedagógica, em

um processo contínuo, respeitando a diversidade e os diferentes ritmos de aprendizagens dos alunos.

78. (SEAP-DF – Professor Temporário – IADES/2014) Considerando que a avaliação realizada em

sala de aula pode assumir diferentes funções, assinale a alternativa correta quanto à função formativa da avaliação.

a) Diferencia-se da avaliação diagnóstica por seu caráter qualitativo e por meio de um processo

contínuo e comprometido com as aprendizagens do estudante.

b) Oferece informações ao professor e ao estudante, que propiciam a regulação de suas ações em

prol da aprendizagem.

c) Não se opõe à avaliação classificatória, uma vez que, a partir dessa, é possível determinar

exatamente o que os alunos sabem e são capazes de fazer sem interferência de natureza subjetiva por

parte dos avaliadores.

d) Seus objetivos são voltados ao dimensionamento dos resultados da aprendizagem dos

estudantes, obtidos após o desenvolvimento dos conteúdos curriculares, de forma a retomá-los

posteriormente.

e) As informações coletadas por meio da avaliação formativa têm a finalidade de sustentar a

aprovação ou a reprovação dos estudantes, formando um conceito a respeito da aprendizagem do estudante.

79.

(SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Leia o fragmento a seguir.

“As experiências escolares que se desenvolvem em torno do conhecimento, buscando articular as

vivências dos alunos com os conhecimentos acumulados, contribuem para construir suas identidades.” O fragmento acima apresenta o conceito de

a) autonomia.

b) currículo.

c) conhecimento.

d) multiculturalismo.

e) planejamento.

80. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Com relação ao Planejamento Escolar,

analise as afirmativas a seguir.

I. Consiste em uma atividade de previsão da ação a ser realizada.

II. A base do planejamento é o Projeto Político Pedagógico, elemento de organização e integração da

atividade prática.

III. O currículo é, também, uma forma de planejamento escolar.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.

b) se somente a afirmativa II estiver correta.

c) se somente a afirmativa III estiver correta.

d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.

e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

81. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Com relação à Lei nº 10.639/03, que inclui

o estudo da História e a Cultura Afro-brasileiras nas escolas, analise as afirmativas a seguir.

I. Ela tornou obrigatório o ensino dessa disciplina apenas nos estabelecimentos públicos de ensino fundamental.

II. Ela estabeleceu, dentre os temas do conteúdo programático, os movimentos de emancipação dos

negros e a participação do negro na formação social brasileira.

III. Ela determinou que os conteúdos fossem ministrados apenas nas áreas de Educação Artística e

de História do Brasil. Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.

b) se somente a afirmativa II estiver correta.

c) se somente a afirmativa III estiver correta.

d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.

e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Com relação aos conceitos de

transversalidade e interdisciplinaridade, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) A transversalidade é uma forma de organizar o trabalho didático-pedagógico em eixos temáticos que são integrados às disciplinas.

( ) A interdisciplinaridade é uma abordagem teórico- metodológica que enfatiza a separação das diferentes áreas do conhecimento.

( ) Na organização curricular, não é possível fazer uma proposta na qual a interdisciplinaridade e a transversalidade se complementam. Assinale:

82.

(SEDUC/AM

Professor

Ciclo

Regular

FGV/2014)

a) F, V e F.

b) V, F e F.

c) V, V e V.

d) F, V e V.

e) F, F e F.

83. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Com relação aos aspectos legais da educação, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) A Constituição Federal de 1988 declarou, pela primeira vez, a educação como um direito social.

( ) O Estatuto da Criança e do Adolescente garante a igualdade de condições para o acesso e a permanência na escola.

) A Constituição Federal de 1988 e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação estabelecem que a educação é dever do Estado e da família. As afirmativas são, respectivamente,

(

a) V, F e V.

b) F, V e F.

c) V, V e V.

d) V, V e F.

e) F, F e V.

84. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Leia o fragmento a seguir:

“são formados pela experiência vivenciada em sala de aula como aluno, sobre o que é ser professor

e sobre as dificuldades enfrentadas por esses professores ao exercerem a profissão.” O conceito apresentado no fragmento acima é definido como

a) saberes da experiência.

b) senso comum.

c) saberes científicos.

d) identidade.

e) profissão.

85. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Em uma sala de alfabetização, a professora escreveu as seguintes palavras no quadro negro (lousa):

CABELU – LIVRU – SAPATU

Com relação às possibilidades de trabalho pedagógico, analise as afirmativas a seguir.

I. No caso da alfabetização, o erro não deve ser a base do trabalho pedagógico, e a exposição dos alunos a palavras escritas deve ser evitado.

II. O trabalho envolve a exploração das variações sonoras do O-U de forma que os alunos

reconheçam que alguns grafemas representam o mesmo valor sonoro.

III. Atividades parecidas poderiam ser desenvolvidas com palavras com as vogais E-I.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.

b) se somente a afirmativa II estiver correta.

c) se somente a afirmativa III estiver correta.

d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.

e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

86. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) O trabalho na classe do 2º ano do Ensino

Fundamental é sobre o uso do til (~) e os alunos estão recortando frases de jornais e revistas que contenham palavras com til. Analise os exemplos a seguir de algumas frases recortadas:

1. O meu suco preferido é o de maçã.

2. Minha irmã é genial.

3. O pião roda rápido.

4. Joana ganhou três balões.

Com relação à proposta pedagógica, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) As frases 1 e 2 pertencem ao mesmo grupo com palavras com um som de ã (an) pronunciado pela boca.

( ) A frase 3 indica que o ão pode ser antecedido por vogal ou consoante.

( ) A frase 4 mostra que ões indicam sempre plural. As afirmativas são, respectivamente,

a) F, V e F.

b) F, V e V.

c) V, V e F.

d) V, V e V.

e) F, F e F.

87. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) A respeito dos objetivos da formação de

professores, analise as afirmativas a seguir.

I. O desenvolvimento profissional permanente é um direito de todos os professores.

II. O desenvolvimento das competências profissionais exige uma articulação entre teoria e prática. III. O processo de desenvolvimento profissional deve estar vinculado à melhoria das condições de trabalho. Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.

b) se somente a afirmativa II estiver correta.

c) se somente a afirmativa III estiver correta.

d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.

e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

88. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Com relação à criança, assinale V para a

afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) Atualmente é foco da implementação de políticas públicas vinculadas às diferentes esferas de atuação governamental, como assistência social, saúde e educação.

( ) A criança é reconhecida como sujeito social e histórico detentora de direitos sociais.

( ) A Constituição Federal de 1988 é um novo marco histórico ao reconhecer a criança como cidadã. As afirmativas são, respectivamente,

a) F, V e F.

b) F, V e V

c) V, V e V.

d) V, V e F.

e) F, F e V.

89. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Leia o fragmento a seguir:

“a criança aprende em etapas determinadas pelo professor e através de treinamento. Desta forma, a

prática pedagógica estaria voltada para a aquisição de determinados conhecimentos e valores pré- estabelecidos. O papel do professor seria estimular a criança a responder aquilo que ele está pedindo,

sem questionamento. Essa teoria acredita que o meio é responsável pela formação do sujeito, sendo o adulto quem vai controlar tudo o que a criança deve aprender.”

A corrente teórica apresentada no fragmento acima é a

a) histórico-crítico.

b) comportamentalista.

c) liberal.

d) interacionista.

e) progressista.

90. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Leia o fragmento a seguir:

“recurso didático muito utilizado nas práticas de alfabetização. São jogos de linguagem popular, alguns antigos que passam de pais para filhos e são conhecidos como canções ou pequenos poemas

do folclore brasileiro. É comum haver diferentes versões, porque são textos transmitidos oralmente.”

O fragmento acima representa o conceito de

a) parlendas.

b) narrativas.

c) contos.

d) fábulas.

e) panfletos.

91.

(SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Leia o fragmento a seguir.

 

“A

é a socialização do saber

acumulado, garantindo a todos a posse de

que

foram e que estão sendo construídos pelos seres humanos ao longo do tempo.”

Assinale a opção que completa corretamente as lacunas do fragmento acima.

a) Função da escola – historicamente – conhecimento

b) Prática dos diretores – historicamente – normas

c) Função da escola – mundialmente – normas

d) Prática dos diretores – mundialmente – conhecimento

e) Pratica dos diretores – historicamente – conhecimento

92.

(SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Relacione os gêneros textuais aos

respectivos exemplos.

1. ( ) Verbetes e laudos médicos

2. ( ) Livros didáticos e relatórios

3. ( ) Fábulas e biografias

Assinale a opção que apresenta a relação correta, de cima para baixo.

a) 1 – 2 – 3

b) 3 – 2 – 1

c) 3 – 1 – 2

d) 2 – 3 – 1

e) 2 – 1 – 3

Narrativa

Descritivo

Expositivo

93. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Em uma turma no início do processo de

aprendizagem da escrita, a professora fazia uma atividade na qual os alunos escreviam palavras do

jeito que elas soubessem. Com relação à proposta pedagógica, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) A materialidade da escrita permite ao aluno partes da palavra que não são naturalmente

observadas quando são faladas. ( ) É importante que as crianças se defrontem com as palavras escritas convencionalmente de modo

a comparar com as suas escritas.

( ) Baseia na necessidade de verificar a correspondência entre o oral e a escrita, sempre com a preocupação de que se escreva ortograficamente correto desde o início. As afirmativas são, respectivamente,

a) F, V e F.

b) F, V e V.

c) V, V e V.

d) V, V e F.

e) F, F e V.

94. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) Leia o fragmento a seguir.

“Em linhas gerais significa, na leitura, a capacidade de decodificar os sinais gráficos, transformando- os em sons, e na escrita, a capacidade de codificar os sons da fala, transformando-os em sinais gráficos.” O fragmento acima representa o conceito de

a) alfabetização.

b) grafema.

c) numeramento.

d) fonema.

e) alfabeto.

95. (SEDUC/AM – Professor Ciclo Regular – FGV/2014) As opções a seguir apresentam eixos

necessários para a aquisição da língua escrita, à exceção de uma. Assinale-a.

a) Compreensão e valorização da cultura escrita

b) Acesso somente a textos curtos e simples

c) Produção de textos escritos

d) Desenvolvimento da oralidade

e) Leitura

96. (IF-MT – Professor Administração – IF/2014) Sobre a educação profissional e tecnológica na

Lei N.º 9.394/1996, é INCORRETO afirmar:

a) Os cursos de educação profissional e tecnológica de graduação e pós-graduação organizar-se-ão,

no que concerne a objetivos, características e duração, de acordo com diretrizes definidas em cada estabelecimento de ensino, tendo em vista a necessidade de articulação desses cursos com os arranjos

produtivos locais.

b) A educação profissional e tecnológica integra-se à educação básica e superior, às modalidades de

educação e às dimensões do trabalho, da ciência e da tecnologia.

c)

Os cursos de educação profissional e tecnológica poderão ser organizados por eixos tecnológicos,

possibilitando a construção de itinerários formativos distintos.

d) O conhecimento adquirido na educação profissional e tecnológica, inclusive no mundo do trabalho,

poderá ser objeto de avaliação, reconhecimento e certificação para prosseguimento ou conclusão de estudos.

97. (IF-MT – Professor Administração – IF/2014) Quanto aos desdobramentos, perspectivas e

interesses distintos do atual sistema de avaliação educacional no Brasil, sob a ótica da análise crítica, é INCORRETO afirmar:

a) Visam obter um controle mais amplo do sistema educativo nacional no que diz respeito aos

conteúdos curriculares.

b) Pretendem melhorar a economia do país, estabelecendo vínculos mais fortes entre escolarização,

emprego e produtividade.

c) Impedem os estados e os municípios de organizar sistemas regionais e locais de avaliação da

aprendizagem.

d) Constituem instrumento fundamental do processo de prestação de contas à sociedade e de

enriquecimento do debate público sobre os desafios da educação no Brasil.

98. (IF-MT – Professor Administração – IF/2014) O planejamento pedagógico pressupõe que o ato de ensinar e aprender requer esforço metódico e crítico do professor no sentido de desvelar a compreensão de algo. Nessa perspectiva, são consideradas práticas docentes mediadoras:

a) Debate, uso de tecnologias digitais e proposição de exercícios que recorrem à memorização.

b) Diálogo, troca de experiências e proposição de situações desafiadoras que colocam o pensamento

dos alunos em movimento.

c) Crítica, uso de atividades repetitivas e aplicação de procedimentos já consagrados entre os

saberes docentes.

d) Provocação, disposição de objetos e situações e manutenção de relações já existentes entre os

alunos e os conhecimentos a serem ensinados.

99. (IF-MT – Professor Administração – IF/2014) Considerando as interações pedagógicas

mediadas pelas tecnologias da informação e da comunicação, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) No contexto da cibercultura, as possibilidades pedagógicas do ciberespaço na escolarização de jovens e adultos constituem realidade para a escola e para o professor.

( ) A construção de conhecimentos se dá de forma inversamente proporcional à quantidade de

informação passada.

( ) Chats, fóruns, blogs e videoblogs são dispositivos de comunicação que, na mesma proporção,

aumentam a liberdade dos alunos e diminuem a autoridade do professor.

( ) Tecnologias digitais e ambientes virtuais de aprendizagens requerem estratégias pedagógicas e habilidades mediadoras diferenciadas por parte dos professores. Assinale a sequência correta.

a) F, F, V, V

b) V, F, V, F

c) F, V, F, F

d) V, V, F, V

100. (IF-MT – Professor Administração – IF/2014) Acerca do entendimento da educação como fator de desenvolvimento econômico e social, é correto afirmar:

a) Nos documentos nacionais e internacionais que expressam fundamentos, diretrizes e linhas de

ação de política educacional para a juventude, a convivência no trabalho e a participação em movimentos sociais são considerados processos formativos.

b) Na literatura concernente às políticas públicas, o grau de escolaridade é desconsiderado como

fator que possibilita a superação da desigualdade social. c) Em setores da sociedade, tais como agências multilaterais, órgãos federais e estaduais, instituições governamentais e não governamentais, a única mobilização existente em prol da educação gira em torno da definição de parâmetros e critérios para políticas voltadas à infância.

d)

Diante da importância do conhecimento científico e tecnológico e da qualificação de mão de obra

como requisitos para o crescimento econômico de países industrializados, os investimentos em educação são capazes, por si só, de impedir o desemprego e a concentração de renda.

101. (IF-MT – Professor Administração – IF/2014) A Educação Profissional Técnica de Nível Médio

é desenvolvida nas formas articulada e subsequente ao Ensino Médio, podendo a primeira ser integrada ou concomitante a essa etapa da Educação Básica. Essa abrangência da Educação Profissional e Tecnológica demanda uma organização de currículos igualmente integrados, que, em uma perspectiva crítica, também leve em conta a) estudos relacionados às habilidades e competências necessárias aos postos de trabalho disponíveis no mercado.

b) o aproveitamento de estudos e de experiências ao longo da vida pessoal.

c) a qualificação profissional e a elevação dos níveis de escolaridade dos trabalhadores.

d) o planejamento de cursos e programas estritamente com base na Classificação Brasileira de

Ocupações (CBO).

102. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) A história da defesa do princípio do ensino público e

gratuito no Brasil envolveu vários defensores da Escola Nova. Entre esses diferentes defensores destacam-se os seguintes:

a) Fernando de Azevedo e Anísio Teixeira

b) Anísio Teixeira e Florestan Fernandes

c) Anísio Teixeira e Dermeval Saviani

d) Paulo Freire e Florestan Fernandes

e) Fernando de Azevedo e Florestan Fernandes

103. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) Jussara Hoffman aponta que a avaliação se

configura em mito ou desafio. Em conformidade com a visão da autora é correto afirmar que se constitui mito quando o professor:

a) valoriza as manifestações e os interesses dos alunos.

b) confia na possibilidade de os alunos construírem suas verdades.

c) utiliza a avaliação como instrumento de controle e autoritarismo.

d) valoriza a reciprocidade neste processo.

e) valoriza a cooperação e o diálogo com os alunos.

104. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) De acordo com o art. 54 do Estatuto da Criança e do

Adolescente, é dever do Estado assegurar à criança e ao adolescente:

a) obrigatoriedade e gratuidade do ensino médio.

b) oferta de ensino noturno regular, adequado às condições do adolescente trabalhador.

c) atendimento em creche e pré-escola às crianças de zero a cinco anos de idade.

d) atendimento educacional especializado aos portadores de deficiência obrigatoriamente na rede

regular de ensino.

e) ensino fundamental obrigatório e gratuito exclusivamente para a faixa etária dos 7 aos 14 anos.

105. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) Em “Magistério: construção cotidiana”, Vera Candau

aponta como uma perspectiva mais atual na formação continuada de professores a:

a) reciclagem

b) oferta de cursos de pós-graduação

c) participação em seminários e congressos

d) participação em cursos a distância promovidos pelo MEC

e) escola se constituir como lócus da formação

106. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) Segundo Vera Candau, quando pensamos a

docência, sua formação continuada e sua prática no cotidiano, não podemos deixar de considerar que temos de estar conscientes da necessidade de articular dialeticamente as diferentes dimensões da profissão docente. Em conformidade com a autora podemos afirmar que constituem dimensões da profissão docente:

a) a valorização do professor, formação inicial e continuada, participação do professor no processo

de decisão na educação escolar

b) o plano de carreira e a formação inicial e continuada

c) os aspectos psicopedagógicos, técnicos, científicos, políticos, sociais, ideológicos, éticos e

culturais

d) o plano de carreira e a formação inicial e continuada, os aspectos

e) o plano de carreira, a formação continuada, participação na gestão escolar e o acesso aos bens

culturais

107. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) O ensino médio constitui a etapa final da educação

básica. Em conformidade com a legislação educacional em vigor a carga horária mínima total é de:

a) 1800 horas

b) 1600 horas

c) 1400 horas

d) 2400 horas

e) 2200 horas

108. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) Em termos de políticas públicas de educação no

Brasil, nas décadas de 1960 e 1970 o escolanovismo cede ao tecnicismo na orientação oficial. No que concerne à prática do professor nesse período, é correto afirmar que os professores, em geral, apresentaram o seguinte procedimento:

a) adotaram rapidamente a pedagogia tecnicista, no planejamento e práticas de avaliação

b) seguiram adotando uma prática pedagógica eclética, permeada por práticas tradicionais e

escolanovistas

c) demoraram a adotar as novas orientações tecnicistas, as quais acabaram impregnando as práticas

do cotidiano escolar

d) rejeitaram as práticas tecnicistas e adotaram o ideário de uma pedagogia transformadora

e) rejeitaram as práticas tecnicistas e adotaram a pedagogia crítico social de conteúdos

109. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) Em conformidade com as Diretrizes Curriculares

para o Ensino Médio, o projeto-político pedagógico - PPP das unidades escolares deve traduzir a proposta educativa da escola. Sobre o PPP, está correta a seguinte assertiva:

a) O PPP é elaborado, no caso das escolas públicas, pelo o ór- gão gestor do sistema, ouvidos os

integrantes da comunidade escolar.

b) O PPP deve considerar, no ensino médio, a problematização como instrumento de incentivo à

pesquisa e à curiosidade.

c) O PPP, nas escolas em geral, é responsabilidade apenas da equipe dirigente e dos professores.

médio,

aprendizagem.

de

d)

O

PPP

deve

considerar,

no

ensino

a

repetição

como

estratégia

primordial

e) O PPP constitui documento estratégico da escola, sendo seu conhecimento restrito à equipe

escolar.

110. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da

Educação Nacional, a alternativa abaixo que constitui finalidade da educação brasileira é:

a) o respeito à liberdade e apreço à tolerância

b) pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas

c) valorização da experiência extraescolar

d) o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua

qualificação para o trabalho

e) a gestão democrática do ensino público, na forma da Lei

111. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) Uma das questões formativas fundamentais da vida

humana, incorporadas pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, é a orientação sexual. Segundo os PCNs, as questões relativas à orientação sexual devem constituir:

a) uma nova disciplina com horário específico de aulas na escola

b) uma nova área de conhecimento a ser desenvolvida em interface com as agências de educação

permanente da sociedade

c) uma área de conhecimento específica do ensino médio e tratada como disciplina

d) um tema específico a ser tratado nas aulas de Biologia e Sociologia

e) um tema transversal que permeia as diferentes disciplinas e áreas de conhecimento

112. (SEDUC/RJ – Professor – CEPERJ/2013) Em conformidade com o art. 23 da Lei de Diretrizes

e Bases da Educação Nacional, a educação básica poderá organizar-se das diversas formas previstas nesse dispositivo legal, sempre que o interesse do processo de aprendizagem assim o recomendar.

Sobre as disposições constantes desse diploma legal, a alternativa que traz um comentário correto é:

a) a escola poderá reclassificar os alunos somente quando se tratar de transferência entre escolas

situadas no país.

b) a escola poderá organizar-se em períodos trimestrais.

c) a escola poderá organizar-se de forma não seriada.

d) a escola só poderá organizar-se em períodos seriados ou em ciclos.

e) o calendário escolar no Brasil é único.

113. (IF/SP – Professor – IF-SP/2011) Na programação estruturada podemos desenvolver em:

a) Rotinas e subrotinas

b) Classes e métodos

c) Métodos e heranças

d) Rotinas e classes

e) Classes e heranças

114. (IF/SP – Professor – IF-SP/2011) Podemos dizer que está incorreta a seguinte afirmação:

a) Os avanços tecnológicos do último século parecem ainda não ter chegado a todas as escolas,

que, na maioria dos casos, apresentam salas de aula com carteiras enfileiradas, lousa, giz e um

professor tentando ensinar a 40 ou 50 alunos de uma só vez.

b) O aluno só aprende na medida em que aquilo que é ensinado é significativo para ele e

compreendido como algo que satisfaça suas necessidades.

c) Segundo Kilpatrick um bom projeto didático apresenta quatro características: atividade motivada,

plano de trabalho, diversidade globalizada de ensino, ambiente natural.

d) Os métodos ativos pregam que o aluno aprende de forma mais rápida e eficaz quando apenas

ouve intensamente o professor, sem intervir diretamente no processo ensino aprendizagem.

e) Para Célestin Freinet a atividade natural da criança se desenvolve em grupo, na cooperação

entre todos.

115. (IF/SP – Professor – IF-SP/2011) Identifique qual das alternativas não se refere a finalidades e

características dos Institutos Federais:

a) Ofertar educação profissional e tecnológica, em todos os seus níveis e modalidades, formando e

qualificando cidadãos com vistas à atuação profissional nos diversos setores da economia, com ênfase

no desenvolvimento socioeconômico local, regional e nacional;

b) Desenvolver a educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de

geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades

regionais;

c) Oferecer cursos de educação infantil e a verticalização do ensino fundamental, adequando a estas

modalidades sua infra-estrutura física, os quadros de pessoal e os recursos de gestão; d) Orientar sua oferta formativa em benefício da consolidação e fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais, identificados com base no mapeamento das potencialidades de desenvolvimento socioeconômico e cultural no âmbito de atuação do Instituto Federal;

e) Constituir-se em centro de excelência na oferta do ensino de ciências, em geral, e de ciências

aplicadas, em particular, estimulando o desenvolvimento de espírito crítico, voltado à investigação empírica.

116. (IF/SP – Professor – IF-SP/2011) Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional

(LDB) - Lei nº 9.394/1996, não está previsto como dever do Estado em relação à educação escolar pública:

a) Ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para os que a ele não tiveram acesso na

idade própria;

b) Oferta progressiva de educação superior gratuita em todo o território nacional;

c) Universalização do ensino médio gratuito;

d) Atendimento educacional especializado gratuito aos educandos com necessidades especiais,

preferencialmente na rede regular de ensino;

e) Atendimento gratuito em creches e pré-escolas às crianças de zero a seis anos de idade.

117. (IF/SP – Professor – IF-SP/2011) São princípios norteadores do ensino no Brasil, segundo a

Lei de Diretrizes e Bases, Lei nº. 9394/96, art. 3º:

I. A liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber.

II. Individualismo de ideias e de concepções pedagógicas.

III. Respeito à liberdade e apreço à tolerância.

a) Somente I está correto

b) Somente II está correto

c) Somente III está correto

d) I e III estão corretos

e) todas as assertivas estão corretas

118. (IF/SP – Professor – IF-SP/2011) Segundo a Lei 9.394/96, a educação básica tem como

finalidades:

I. Desenvolver o educando.

II. Assegurar-lhe formação comum indispensável para o exercício da cidadania.

III. Fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores.

Estão corretas as afirmativas:

a) I e II

b) I e III

c) II e III

d) I, II e III

e) Apenas I

119. (IF/SP – Professor – IF-SP/2011) Complete o texto a seguir: Planejamento educacional é a

, em consonância com os

global e

de toda

a ser desencadeada pela

educacionais, tendo por foco o

a) previsão, sistemática, ação, escola, objetivos, aluno.

b) tarefa, ocasional, ação, escola, objetivos, desenvolvimento.

c) previsão, ocasional, ação, escola, conteúdos, ensino.

d) tarefa, sistemática, aprendizagem, sociedade, conteúdos, ensino.

e) previsão, relativa, aprendizagem, sociedade, objetivos, aluno.

120. (Prefeitura de Itabirito/MG – Professor de Educação Básica Nível I – IF-FRAMINAS/2013) O

bullying vem sendo tratado como uma dinâmica psicossocial expansiva que envolve um número cada vez maior de crianças e adolescentes, meninos e meninas. A escola cidadã deve combater quaisquer

processos de bullying e de discriminação. Baseado nessa premissa, assinale a alternativa CORRETA:

a) Hoje, o bullying ganhou mais requinte, com a utilização de ferramentas disponíveis na internet e

nos telefones celulares para espalhar boatos, difamações, humilhações, causando graves transtornos

para a vítima e seus familiares. Esta nova modalidade de ataque é denominado cyberbullying ou assédio virtual.

b) O bullying não está diretamente relacionado à formação de gangues, ao uso de drogas e armas,

à violência doméstica e sexual e aos crimes contra o patrimônio.

c) O bullying não nasce da recusa a uma diferença, da intolerância, do desrespeito ao outro e sim

em decorrência de uma causa reativa: discussão, conflitos ou brigas entre dois ou mais indivíduos.

d) Os estudos sobre bullying tiveram início no Brasil no fim dos anos de 1980 e início de 2000.

121. (Prefeitura de Itabirito/MG – Professor de Educação Básica Nível I – IF-FRAMINAS/2013) A

psicogênese da língua escrita, estudo desenvolvido por Ana Teberosky e Emília Ferreiro, no final dos anos 70, trouxe novos elementos para esclarecer o processo vivido pelo aluno que está aprendendo a ler e a escrever. Em relação à aquisição das habilidades de leitura e escrita, é CORRETO afirmar:

a) A alfabetização acontece em etapas, sendo que a primeira ensina as letras e os sons e, mais

tarde, induz a compreensão do texto.

b) A psicogênese é um método que explica o processo de aprendizagem da língua escrita.

c) Além do código específico da escrita, a cultura e o ambiente letrados em que a criança se

encontra, antes e durante a alfabetização, não devem ser levados em conta.

d) Os recursos tecnológicos da informática estão proporcionando novos aprendizados para quem

inicia a escolarização, mas as práticas sociais, cada vez mais individualistas, não ajudam a formar uma

comunidade alfabetizadora.

122. (Prefeitura de Itabirito/MG – Professor de Educação Básica Nível I – IF-FRAMINAS/2013)

Leia os enunciados a seguir:

é um processo de busca de equilíbrio entre meios e fins, entre recursos e

objetivos, na busca de melhoria do funcionamento do sistema educacional. é o processo que envolve a atuação concreta dos educadores no cotidiano do seu trabalho pedagógico, envolvendo a permanente interação entre os educadores e os próprios educandos.

é a tomada de decisões referente ao específico da sala de aula: temas,

conteúdos, metodologia, recursos didáticos e avaliações.

é um documento que registra o que se pensa em fazer, como fazer, quando

fazer e com quem fazer.

Assinale a alternativa com os termos que preenchem CORRETAMENTE as lacunas existentes, de cima para baixo:

III.

IV.

a) Planejamento - Planejamento de ensino - Planejamento de aula - Plano.

b) Plano - Planejamento de ensino - Planejamento de aula - Planejamento.

c) Planejamento de aula - Planejamento - Planejamento de ensino - Plano.

d) Planejamento - Planejamento de aula - Planejamento de ensino - Plano.

123. (Prefeitura de Itabirito/MG – Professor de Educação Básica Nível I – IF-FRAMINAS/2013)

Os PCNS estão alicerçados na Constituição Federal de 1988, na LDB nº 9394-1996 e, por conseguinte, comprometidos com a cidadania defendida nessas leis. Apresentam alguns princípios que deverão orientar a educação escolar no país. Assinale (V) para as alternativas VERDADEIRAS e (F) para as FALSAS, em relação aos PCNS:

(

) Princípios da dignidade da pessoa humana.

(

) Igualdade de direitos

(

) Corresponsabilidade pela vida social

(

) Participação

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA, de cima para baixo:

a) V, V, F, F

b) V, V, V, V

c) V, F, F, V

d) F, F, V, V

124. (Prefeitura de Itabirito/MG – Professor de Educação Básica Nível I – IF-FRAMINAS/2013)

Só NÃO se inclui entre os principais desafios da escola inclusiva:

a) Apresentar currículos adequados a práticas pedagógicas que sejam flexíveis e que favoreçam o

ajustamento sócioeducacional dos alunos que apresentam necessidades especiais.

b) Desenvolver uma nova postura da escola comum que propõe, no projeto pedagógico, no currículo,

na metodologia de ensino, na avaliação e na atitude dos educadores, ações que favoreçam a interação social e a opção por práticas heterogêneas.

c) Desenvolver uma pedagogia centrada no aluno, capaz de educar a todos sem discriminação,

respeitando suas diferenças.

d) Ser uma meta secundária a ser perseguida por todos aqueles comprometidos com o

fortalecimento de uma sociedade democrática, justa e solidária.

125. (Prefeitura de Itabirito/MG – Professor de Educação Básica Nível I – IF-FRAMINAS/2013)

Em relação à educação e às novas tecnologias, é INCORRETO afirmar que

a) a alfabetização tecnológica tem relação indireta com o domínio crítico da linguagem tecnológica,

sendo apenas mecânica.

b) a utilização das tecnologias na sala de aula só auxiliará o desenvolvimento de uma educação

transformadora se for baseada em um conhecimento que permita ao professor interpretar, refletir e dominar criticamente a tecnologia.

c) o professor precisa se preparar, com atualização e formação profissional, para utilizar

pedagogicamente as tecnologias na formação dos cidadãos produtores e intérpretes das linguagens do mundo atual e futuro.

d) o uso das tecnologias deve ser contextualizado com as necessidades socioculturais dos alunos.

126. (Prefeitura de Itabirito/MG – Professor de Educação Básica Nível I – IF-FRAMINAS/2013)

No que se refere à docência, um conjunto de elementos, tais como aprendizagem processual,

articulação teoria e prática, orientação e mediação pedagógica, configuram-se como principais aspectos no desenvolvimento do perfil do educador em uma perspectiva de formação mais ampla. Assinale (V) para as afirmativas VERDADEIRAS e (F) para as afirmativas FALSAS a respeito de o que o educador deverá ser capaz:

( ) Entender e conduzir o processo pedagógico em sala de aula, como parte de um todo que privilegia ações transformadoras na formação do aluno.

( ) Considerar as características dos alunos e da comunidade como fator irrelevante para seu projeto educativo e curricular.

( ) Planejar e organizar o próprio trabalho docente e elaborar, de modo reflexivo, crítico e ético, o desenvolvimento dos conteúdos curriculares.

( ) Promover a autonomia intelectual a fim de favorecer o avanço do conhecimento norteador de um processo contínuo de formação. Assinale a alternativa que preenche ADEQUADAMENTE as lacunas, de cima para baixo:

a) V, F, V, V

b) V, F, V, F

c) F, F, V, V

d) V, V, F, F

127. (IF/PA – Professor Design – IF-PA/2015) Tendo por base o Estatuto da Criança e do

Adolescente (ECA), no que concerne ao Direito à Liberdade, ao Respeito e à Dignidade, assinale a opção incorreta:

a) O direito à liberdade compreende o aspecto de ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços

comunitários, ressalvadas as restrições legais.

b) O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança

e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores,

ideias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.

c) É dever exclusivo do Estado velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo

de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.

d) A criança e o adolescente têm o direito de ser educado e cuidado sem o uso de castigo físico ou

de tratamento cruel ou degradante, como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer outro

pretexto, pelos pais, pelos integrantes da família ampliada, pelos responsáveis, pelos agentes públicos executores de medidas socioeducativas ou por qualquer pessoa encarregada de cuidar deles, tratá-los, educá-los ou protegê-los

e) A criança e o adolescente têm direito à liberdade, ao respeito e à dignidade como pessoas

humanas em processo de desenvolvimento e como sujeitos de direitos civis, humanos e sociais

garantidos na Constituição e nas leis.

128. (IF/PA – Professor Design – IF-PA/2015) De acordo com o Art. 24, inciso I, da Lei Nº 9.394/96,

A educação básica, nos níveis fundamental e médio, será organizada de acordo com as seguintes

regras comuns: a carga horária mínima anual será de

distribuídas por um mínimo

horas,

de

dias de efetivo trabalho escolar,

o tempo reservado aos exames finais,

quando houver;

a) setecentas – cento e oitenta – incluído.

b) oitocentas – duzentos – excluído.

c) seiscentas – duzentos e cinquenta – excluído.

d) oitocentas – duzentos – incluído.

e) setecentos e cinquenta – duzentos – excluído.

129. (Prefeitura de Santana do Jacaré/MG – Professor – Reis e Reis/2015) Os temas transversais

relacionados nos Parâmetros Curriculares Nacionais, PCN’s, referem-se a questões de: EXCETO:

a) Ética;

b) Orientação Sexual;

c) Meio Ambiente;

d) Domínio da escrita, leitura, fala e do cálculo.

130. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) O Parágrafo 2º do Art. 1º da Lei nº 12.772 de 28 de

dezembro de 2012, estabelece denominações às Classes de Carreira de Magistério Superior de acordo com a titulação do ocupante do cargo. As denominações são:

I. Classe A, com denominações de:

1)

Professor Adjunto A

2)

Professor Assistente A

3)

Professor Auxiliar

II.

Classe B, com a denominação de Professor Assistente.

III.

Classe C, com a denominação de Professor Adjunto.

IV.

Classe D, com a denominação de Professor Associado.

V.

Classe E, com a denominação de Professor Titular.

Para o professor ocupar o cargo de Professor Assistente A, é necessário portar o título de:

a) Doutor.

b) Mestre.

c) Especialista.

d) Pós Doutorado.

131. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) O conhecimento humano, dependendo dos diferentes

referenciais, é explicado diversamente em sua gênese e desenvolvimento, o que condiciona conceitos

diversos de homem, mundo, cultura, sociedade educação, etc. Diversos autores têm analisado e comparado as abordagens do processo de ensino aprendizagem classificando e agrupando as

correntes teóricas segundo critérios diferentes. Assim, no que se refere à Abordagem Sociocultural, é INCORRETO afirmar:

a) Os temas geradores para o ensino devem ser extraídos da prática de vida dos educandos.

b) Os objetivos educacionais são definidos a partir das necessidades concretas do contexto histórico

social no qual se encontram os sujeitos.

c) A relação entre professor e aluno deve ser vertical.

d) O diálogo e os grupos de discussão são fundamentais para o aprendizado.

132. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) No que se refere ao estudo do desenvolvimento humano

na Educação Infantil, analise as afirmativas a seguir:

I. O estudo do desenvolvimento humano tem sido alvo de grande interesse dos estudiosos e

educadores, já que o conhecimento dos processos de desenvolvimento encontra-se no âmago da

educação. Acredita-se que, sem um profundo conhecimento dos aspectos do desenvolvimento do comportamento humano, os educadores podem apenas supor técnicas educacionais apropriadas, sem que estejam incorporadas experiências de aprendizado, não só ligadas à idade cronológica, mas também, aos níveis de desenvolvimento dos indivíduos que estão sendo ensinados.

II. O desenvolvimento humano deve ser estudado a partir de um ponto de vista estanque, isto é,

totalmente separado, dissociado, ora em esferas (cognitiva, afetiva e psicomotora), ora em comportamentos relacionados à idade (neonatal, infância, adolescência, idade adulta, meia idade, velhice), onde uma esfera não tem nenhuma relação com a outra.

III. Vários estudiosos partem da premissa que o desenvolvimento é contínuo e permanente, o seja,

inicia-se na concepção e encerra-se com a morte, dado que inclui todos os aspectos do comportamento humano. Desde o momento da concepção, o organismo humano tem uma lógica biológica, uma organização, um calendário maturativo e evolutivo, uma porta aberta à interação e à estimulação. Entre o nascimento e a idade adulta se produzem no organismo humano, profundas modificações e as possibilidades motoras da criança evoluem amplamente de acordo com sua idade e se manifestam de formas variadas, completas e complexas. IV. Já que o movimento é o meio de expressão fundamental da criança na Educação Infantil, os educadores tem a obrigatoriedade de compreender esse movimento que vai além do olhar biológico ou fisiológico, porque o corpo que corre, que transpira, que cresce, é o mesmo que sente, conhece e se expressa. Assinale a alternativa correta:

a) Somente a afirmativa II é verdadeira.

b) Nenhuma alternativa é verdadeira.

c) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.

d) As afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras.

133. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) Sobre a construção da concepção de infância numa

perspectiva histórica, analise as afirmativas a seguir:

I. Na Idade Antiga, foram criados novos modelos educacionais que vieram ao encontro de como a

sociedade europeia se desenvolvia. O desenvolvimento científico, o crescimento comercial e as

atividades artísticas presentes no período Renascentista contribuíram para a existência de novas visões sobre a criança e sobre como ela deveria ser educada. II. As crianças da Idade Média eram vistas como adultas, como uma fase ruim, que anteciparia a fase da responsabilidade (adulta). Então, por muitas vezes elas eram afastadas de seus pais e a aprendizagem se dava pela convivência com adultos. A transmissão de valores e dos conhecimentos, e de modo mais geral, a socialização da criança, não era, portanto, nem asseguradas nem controladas pela família. A criança aprendia as coisas que devia saber ajudando os adultos a fazê-la.

III. A partir do século XVII acontece uma grande mudança e a escola passa a substituir a

aprendizagem como meio de educação, ou seja, a partir desse momento, as crianças têm seu próprio local, deixando de ser misturadas como os adultos e também de aprender diretamente em contato com eles. As crianças eram separadas dos adultos, ficavam presas, numa espécie de quarentena, para

depois serem largadas no mundo. Essa quarentena chegou à escola, sendo um tempo marcado por um enclausuramento das crianças (como dos loucos, dos pobres e das prostitutas) que se estenderia até os dias de hoje, chamada de escolarização.

IV. Um novo tempo surge sobre a ideia de educação infantil na Europa, iniciando-se uma fase

avançada da Idade Moderna, com o crescimento da urbanização e a transformação da família patriarcal em nuclear. A Revolução Industrial, o desenvolvimento tecnicista e científico originados do crescimento comercial vivido naquele período da Europa Ocidental, fez com que se formulassem novas ideias de um pensamento pedagógico para esse novo tempo. A discussão sobre a escolaridade obrigatória, que se fez mais presente em diversos países da Europa nos séculos XVIII e XIX, ressaltou sobre a necessidade da educação para o desenvolvimento social. A criança a partir daí, passou a ser vista como um sujeito de necessidades e objeto de expectativas e cuidados, fazendo parte de um período de preparação para o ingresso na vida adulta, o que faz da escola (para aqueles que tinham a

oportunidade de frequentar) um instrumento fundamental. Assinale a alternativa correta:

a) Nenhuma alternativa é verdadeira.

b) Somente a afirmativa IV é verdadeira.

c) As afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras.

d) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.

134. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) O planejamento do currículo na Educação Infantil,

enquanto contexto de desenvolvimento, inclui a organização de grande diversidade de aspectos; os tempos e os espaços, as rotinas de atividades, a forma como o adulto exerce seu papel e os materiais disponíveis. Neste sentido, assinale a alternativa correta:

a) Deve ficar claro que o atendimento na Educação Infantil se restringe somente ao cuidado, ou seja,

ao assistencialismo. Para que esse atendimento ocorra de forma a contribuir visando à formação de um cidadão passivo, a criança deve ser encarada como um ser que necessita apenas de cuidados. b) O novo contexto educacional requer um currículo para a educação infantil predeterminado e

inflexível, envolvendo objetos de conhecimento de determinada cultura por meio de atividades padronizadas e constantemente avaliadas.

c) O trabalho educativo e pedagógico na Educação Infantil deve ser descontextualizado onde o

adulto deve se preocupar apenas em realizar tarefas ritualizadas de desenhos para colorir ou atividades de recorte e colagem para desenvolver a coordenação motora fina da criança.

d) É necessário desenvolver um trabalho significativo na Educação Infantil, no sentido de atender as

reais necessidades das crianças, oferecendo a elas a oportunidade de se desenvolverem em todos os

seus aspectos, sejam eles, cognitivo, social, afetivo, físico e psicológico.

135. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) No que diz respeito ao movimento como dimensão do

desenvolvimento infantil, é INCORRETO afirmar:

a) Um corpo está em movimento quando muda de posição em relação a um referencial ao longo do

tempo. Neste sentido, o movimento humano é pura e simplesmente o deslocamento do corpo no espaço.

b) O movimento é uma importante dimensão do desenvolvimento e da cultura humana. As crianças

se movimentam desde que nascem, adquirindo cada vez maior controle sobre seu próprio corpo e se apropriando cada vez mais das possibilidades de interação com o mundo.

c) O movimento humano constitui-se uma linguagem que permite às crianças agirem sobre o meio

físico e atuarem no ambiente humano, mobilizando as pessoas por meio de seu teor expressivo.

d) O trabalho com movimento contempla a multiplicidade de funções e manifestações do ato motor,

propiciando um amplo desenvolvimento de aspectos específicos da motricidade da criança, abrangendo

uma reflexão acerca das posturas corporais implicadas nas atividades cotidianas, bem como as atividades voltadas para a ampliação da cultura corporal da criança.

136. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) No Referencial Curricular Nacional para a Educação

Infantil, em seu volume 3, é sugerido com muita propriedade como a criança vai conhecer o mundo. São eixos ou áreas de trabalho que englobam a construção das diferentes linguagens pelas crianças e para as relações que estabelecem com os objetos do conhecimento. São elas:

a) Movimento, Música, Artes Visuais, Orientação Sexual, Natureza e Sociedade e Matemática.

b) Movimento, Música, Ensino Religioso, Linguagem Oral e Escrita, Natureza e Sociedade e Matemática.

c) Movimento, Música, Artes Visuais, Linguagem Oral e Escrita, Natureza e Sociedade e Matemática.

d) Movimento, Música, Artes Visuais, Linguagem Oral e Escrita, Bases Legais e Matemática.

137. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) Sobre a importância da linguagem na formação do sujeito,

assinale a alternativa INCORRETA:

a) Reconhecer a importância de criar um ambiente de escuta e recepção de conteúdos dentro da

sala de aula é condição básica para o desenvolvimento saudável da linguagem.

b) A oralidade, a leitura e a escrita devem ser trabalhadas de forma integrada e complementar,

potencializando-se os diferentes aspectos que cada uma dessas linguagens solicita das crianças.

c) O trabalho com a linguagem se constitui um dos eixos básicos na educação infantil, dada sua

importância para a formação do sujeito, para a interação com as outras pessoas, na orientação das

ações das crianças, na construção de muitos conhecimentos e no desenvolvimento do pensamento.

d) A aprendizagem da linguagem oral e escrita é um dos elementos importantes para as crianças

ampliarem suas possibilidades de inserção e de participação nas diversas práticas sociais.

138. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) É um instrumento da política educacional que estabelece

diretrizes, objetivos e metas para todos os níveis e modalidades de ensino, para a formação e valorização do magistério e para o financiamento e a gestão da educação, por um período de dez anos. Sua finalidade é orientar as ações do Poder Público nas três esferas da administração (União, Estados e Municípios) o que o torna uma peça chave no direcionamento da política educacional do país:

a) Projeto Político Pedagógico.

b) Regimento Interno.

c) Parâmetros Curriculares Nacionais.

d) Plano Nacional de Educação.

139. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) Sobre a formação pessoal e social da criança na

Educação Infantil, assinale a alternativa correta:

a) A educação infantil deve proporcionar experiências que favoreçam a formação pessoal e social

da criança. À medida que ela se reconhece como indivíduo e cidadão no mundo, vai desenvolvendo os processos de construção de sua autonomia e identidade. Aprendendo e brincando ela vai conhecendo-

se e construindo sua autoimagem. O convívio com as outras crianças e a interação com os profissionais num ambiente conhecido e seguro, permite à criança definir a própria identidade e a valorizar seus semelhantes.

b) A educação infantil deve proporcionar experiências que favoreçam a formação pessoal e social

da criança, pois nos seus primeiros anos de vida, ela é um ser dependente e incapaz e é no contato

com os adultos e com o currículo escolar que ela irá adquirir sua bagagem de conhecimentos. O livro didático, junto com as condições do ambiente físico, constituem os componentes fundamentais para o desenvolvimento de uma Educação Infantil de qualidade.

c) A educação infantil deve proporcionar experiências que favoreçam a formação pessoal e social

da criança, baseada na concepção pedagógica inatista, onde o saber está dentro do aluno e basta ser

desabrochado. Nada existe fora da criança e o mundo real é um mero fenômeno da consciência. As capacidades básicas da criança já estão praticamente prontas no momento do nascimento bastando de um esforço para virem à tona.

d) A educação infantil deve proporcionar experiências que favoreçam a formação pessoal e social

da criança. Para isso, o que importa é acumular dados, acrescentar fatos, conteúdos, reunir quantidades externas e transferir para as bases cognitivas internas da criança todas as informações possíveis.

140. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) No que diz respeito à avaliação no processo de aprendizagem, é INCORRETO afirmar que:

a) A avaliação é constituída de instrumentos de diagnóstico que levam a uma intervenção, visando à

melhoria da aprendizagem. Ela deve propiciar elementos diagnósticos que sirvam de intervenção para qualificar a aprendizagem. b) Na esfera educacional infantil, a avaliação que se faz das crianças pode ter algumas

consequências e influências decisivas no seu processo de aprendizagem e crescimento. Neste sentido,

a expectativa dos professores sobre os seus alunos tem grande influência no que diz respeito ao

rendimento da aprendizagem. Nesta fase, é preciso ter uma visão fragmentada da criança. É aconselhável concentrar esforços no que as crianças não sabem fazer e, não, considerar as suas potencialidades. c) A avaliação deve se dar de forma sistemática e contínua, aperfeiçoando a ação educativa, identificando pontos que necessitam de maior atenção na busca de reorientar a prática do educador,

permitindo definir critérios para o planejamento, auxiliando o educador a refletir sobre as condições de aprendizagem oferecidas e ajustar sua prática às necessidades colocadas pelas crianças.

d) Na educação infantil, a avaliação tem a finalidade básica de fornecer subsídios para a intervenção

na tomada de decisões educativas e observar a evolução da criança, como também, ajudar o educador

a analisar se é preciso intervir ou modificar determinadas situações, relações ou atividades na sala de aula.

141. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) No bojo das reformas educacionais, especialistas, assim

como os documentos oficiais têm atrelado a melhoria da qualidade da educação básica à formação de professores e, nesse contexto, a Política Nacional de Formação de Profissionais do Magistério

apresentou no Art. 3º como primeiro objetivo, promover a melhoria da qualidade da educação. Assim, no contexto da Política Nacional de Formação de Profissionais do Magistério da Educação Básica, foi instituído, por meio da Portaria Normativa nº 9 de 30 de junho de 2009:

a) O Plano Nacional para o Ensino Médio.

b) O Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica.

c) O Movimento Brasileiro de Alfabetização.

d) As Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico.

142. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) Conforme o Art. 9º da Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de

1996, é incumbência da União:

a) Assumir o transporte escolar dos alunos da rede municipal.

b) Assumir o transporte escolar dos alunos da rede estadual.

c) Elaborar e executar políticas e plano educacionais, em consonância com as diretrizes e planos

nacionais de educação, integrando e coordenando as suas ações e as dos seus Municípios.

d) Organizar, manter e desenvolver os órgãos e instituições oficiais do sistema federal de ensino e

dos Territórios.

143. (IFC/SC – Professor – IESES/2015) O Parágrafo 2º do Art. 1º da Lei nº 12.772 de 28 de

dezembro de 2012, estabelece denominações às Classes de Carreira de Magistério Superior de acordo com a titulação do ocupante do cargo. As denominações são:

I. Classe A, com denominações de:

1)

Professor Adjunto A

2)

Professor Assistente A

3)

Professor Auxiliar

II.

Classe B, com a denominação de Professor Assistente.

III.

Classe C, com a denominação de Professor Adjunto.

IV.

Classe D, com a denominação de Professor Associado.

V.

Classe E, com a denominação de Professor Titular.

Para o professor ocupar o cargo de Professor Assistente A, é necessário portar o título de:

a) Pós Doutorado.

b) Doutor.

c) Especialista.

d) Mestre.

144. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre o Planejamento Escolar são feitas as seguintes

afirmações:

I. É uma tarefa docente que inclui a previsão das atividades didáticas em termos de sua organização e coordenação em face dos objetivos propostos. II. A revisão e adequação dos objetivos propostos no decorrer do processo de ensino também fazem parte do planejamento.

e

aprendizagem, isto é, das condições sociais e culturais da escola.

III.

O

planejamento

depende

unicamente

da

dinâmica

externa

do

processo

de

ensino

Está(ão) correta(s)

a) II, apenas.

b) III, apenas

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas

e) I, II e III

145. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) O Contrato didático pode ser definido como:

a) um conjunto de regras determinadas pelo professor e pela escola que devem ser cumpridas pelos

alunos

b) regras e atitudes determinadas pela escola em seu Projeto Político Pedagógico e em seu

Regulamento Interno.

c) um documento com regras e atitudes que deve ser assinado pelos pais ou pelos alunos maiores

de idade que regulamenta o comportamento dos alunos na escola e em sala de aula, com vistas a punições efetivas, caso seja desrespeitado.

d) um conjunto recíproco de comportamentos esperados entre alunos e professor, sendo mediados

pelo saber, auxiliando na análise das relações professor, aluno e saber.

e) uma atitude docente que define que somente os alunos podem determinar o que desejam

aprender e como as aulas devem ser ministradas

146. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) A Resolução nº 3, de 15 de junho de 2010, que institui

Diretrizes Operacionais para a Educação de Jovens e Adultos nos aspectos relativos à duração dos cursos e idade mínima para ingresso nos cursos de EJA; idade mínima e certificação nos exames de EJA; e Educação de Jovens e Adultos desenvolvida por meio da Educação a Distância, indica, em seu

art. 4º, quanto à duração dos cursos presenciais de EJA para o Ensino Médio que:

a) deve ficar a critério dos sistemas de ensino, a duração do curso

b) a duração mínima deve ser de 1.200 (mil e duzentas) horas.

c) a duração máxima deve ser em torno de 1.000 (mil) horas.

d) 1.600 (mil e seiscentas) horas é a duração mínima para o curso presencial.

e) 1.500 (mil e quinhentas) horas é a duração máxima para o curso presencial

147. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Segundo o art. 9º da Resolução nº 3, de 15 de junho

de 2010, a idade mínima para o desenvolvimento da EJA com mediação da EAD é de:

a) 15 (quinze) anos completos para o segundo segmento do Ensino Fundamental e 18 (dezoito) anos

completos para o EnsinoMédio.

b) 18 (dezoito) anos completos para o segundo segmento do Ensino Fundamental e 21 (vinte e um)

anos completos para o Ensino Médio.

c) 18 (dezoito) anos para os Ensinos Fundamental e Médio

d) 21 (vinte e um) anos para os Ensinos Fundamental e Médio

e) 25 (vinte e cinco) anos para os Ensinos Fundamental e Médio

148. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) O professor da EJA requer especificidades para

trabalhar com seu público-alvo, que já traz para a sala de aula uma leitura articulada do mundo . Nesse sentido, a ação do professor que trabalha com a Educação de Jovens e Adultos consiste, sobre tudo, em:

a) estimular no educando a consciência crítica de si e do mundo, habilitando-o com os

conhecimentos científicos e sociais acumulados pela civilização humana e necessários para este objetivo.

b) medir o grau de aprendizado do aluno para que ele possa se integrar na sociedade como uma

pessoa capaz.

c) aplicar testes, provas e tarefas que irão treinar o educando, permitindo que ele seja inserido no

mundo do trabalho de forma a não encontrar entraves provocados pelo desconhecimento.

d)

promover aprendizagem efetiva dos conteúdos rigidamente selecionados para que o sujeito

aprendiz possa ser inserido no mercado de trabalho, uma vez que o educando se encontra à margem desse mercado.

e) não permitir a flexibilidade dos conteúdos e da metodologia a ser utilizada, porque é importante

que a EJA seja semelhante ao ensino regular

149. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre o Planejamento Escolar são feitas as seguintes

afirmações: I. É uma tarefa docente que inclui a previsão das atividades didáticas em termos de sua organização e coordenação em face dos objetivos propostos.

II. A revisão e adequação dos objetivos propostos no decorrer do processo de ensino também fazem

parte do planejamento.

e

aprendizagem, isto é, das condições sociais e culturais da escola. Está(ão) correta(s):

III.

O

planejamento

depende

unicamente

da

dinâmica

externa

do

processo

de

ensino

a) II, apenas

b) III, apenas.

c) I e II, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III

150. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre a organização e estruturação didática da aula,

pode-se afirmar:

I. A estruturação da aula é um processo que implica inflexibilidade e rigorosidade em relação aos conteúdos e materiais.

II. O trabalho docente, sendo uma atividade intencional e planejada, requer estruturação e

organização a fim de que sejam atingidos os objetivos do ensino.

III. A indicação de etapas do desenvolvimento da aula significa que todas as aulas devam seguir um

esquema rígido e complexo. Somente está(ao) correta(s):

a) I

b) II

c) III

d) I e II

e) II e III.

151. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) O planejamento da prática pedagógica é uma

operação mental que visa chegar a um plano. Assim, um plano de ensino bem construído deve prescindir de:

a) rigor metodológico.

b) coerência.

c) continuidade

d) objetividade.

e) precisão.

152. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação à seleção e à organização dos conteúdos

são feitas as seguintes afirmações:

I. O conteúdo pode ser organizado no plano vertical (distribuído em séries) ou no plano horizontal (dentro de uma mesma série).

II. Os conteúdos podem ser organizados pelo aspecto lógico (do professor) ou psicológico (do aluno).

III. Normalmente, o processo de organização dividirá um conteúdo em aula, esta aula em tópicos e

estes tópicos em unidades.

IV. Selecionar conteúdos é definir o que será ensinado. Organizar conteúdos é dizer a forma como

estes serão apresentados. Estão corretas:

a) I e II, apenas.

b) III e IV, apenas.

c) I, II e IV, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

e)

I, II, III e IV.

153. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre avalição escolar são feitas as seguintes

afirmações:

I. A avaliação é uma tarefa complexa que se resume à realização de provas e atribuição de notas.

II. Uma avaliação pode ser realizada antes do processo de ensino, durante ou após este mesmo

processo e, normalmente, recebe um nome específico, dependendo da fase em que ela acontece.

III. Avaliar é medir no aluno sua capacidade de repetição do conteúdo transmitido pelo professor.

IV. A avaliação é uma tarefa didática necessária e permanente do trabalho docente.

Estão corretas:

a) I e III, apenas.

b) II e III, apenas.

c) II e IV, apenas.

d) I, II e IV, apenas

e) I, II, III e IV

154. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Quanto ao planejamento, pode-se dizer que há três

modalidades que são articuladas entre si. São elas:

a) a avaliação, o planejamento em si e o plano político pedagógico.

b) o plano da escola, o plano de ensino e o plano de aulas.

c) o plano da escola, a avaliação e o plano político pedagógico.

d) o plano de aulas, a avaliação e a pesquisa

e) a avaliação, a pesquisa e a metodologia.

155. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) A melhor definição de incentivo à aprendizagem

encontra-se em:

a) conjunto de forças externas que impulsionam o aluno a atingir os objetivos estipulados pelo

professor

b) combinação de forças externas e internas direcionadas pelo professor que levam o aluno a

perceber seus objetivos e compreender os conteúdos passados, independente do contexto em que

estes se encontram.

c) conjunto de estímulos que despertam nos alunos a sua motivação para aprender, de forma que

suas necessidades, interesses e desejos sejam canalizados para as tarefas de estudo.

d) realização de tarefas com vistas à aprendizagem e à disciplina do aluno com pouca ou nenhuma

intervenção do professor.

e) conjunto de métodos e tarefas que, indicados pelo professor, permitem a realização plena do

trabalho docente e a transmissão rígida de conteúdos com a finalidade de garantir o desenvolvimento intelectual

156. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre a organização e estruturação didática da aula,

pode-se afirmar:

I. A estruturação da aula é um processo que implica inflexibilidade e rigorosidade em relação aos conteúdos e materiais.

II. O trabalho docente, sendo uma atividade intencional e planejada, requer estruturação e

organização a fim de que sejam atingidos os objetivos do ensino.

III. A indicação de etapas do desenvolvimento da aula significa que todas as aulas devam seguir um

esquema rígido e complexo. Somente está(ao) correta(s):

a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

157. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) São funções do planejamento escolar, EXCETO:

a) explicitar princípios, diretrizes e procedimentos do trabalho docente que assegurem a articulação

entre as tarefas da escola e as exigências do contexto social e do processo de participação

democrática.

b) expressar os vínculos entre o posicionamento filosófico, político pedagógico e profissional e as

ações efetivas que o professor irá realizar na sala de aula, através de objetivos, métodos e formas organizativas do ensino.

c) assegurar a racionalização, organização e coordenação do trabalho docente, de modo que a

previsão das ações docentes possibilite ao professor a realização de um ensino de qualidade e evite a improvisação.

d) atualizar o conteúdo do plano sempre que for revisto, aperfeiçoando-o em relação aos progressos

feitos no campo de conhecimentos, adequando-os às condições de aprendizagem dos alunos, aos

métodos, técnicas e recursos de ensino que irão sendo incorporados na experiência cotidiana.

e) facilitar a preparação de aulas, de forma a manter a unidade dos conteúdos, com vistas à

formação de turmas homogêneas, possibilitando a exclusão de alunos que não acompanhem as aulas

propostas.

158. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação ao agrupamento produtivo, pode-se dizer

que agrupar os alunos deve ser uma ação intencional e planejada, baseada em três aspectos. São eles:

a) o conhecimento dos alunos sobre o que se pretende ensinar, as características pessoais dos

alunos e a clareza do objetivo da atividade proposta.

b) o conhecimento do professor sobre o conteúdo, as características da escola e o tipo de

metodologia a ser aplicada em sala.

c) as características pessoais do aluno, as características profissionais do professor, o tipo de escola.

d) a metodologia utilizada pelo professor, as características do ambiente, a vontade do aluno.

e) a vontade do aluno, as características pessoais do aluno, o conteúdo a ser trabalhado.

159. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) A Educação de Jovens e Adultos deverá articular-se,

preferencialmente com o(a):

a) Ensino Médio regular.

b) Ensino Fundamental regular.

c) Ensino de línguas.

d) Educação a distância.

e) Educação profissional.

160. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) O professor da EJA requer especificidades para

trabalhar com seu público-alvo, que já traz para a sala de aula uma leitura articulada do mundo . Nesse sentido, a ação do professor que trabalha com a Educação de Jovens e Adultos consiste, sobretudo, em:

a) estimular no educando a consciência crítica de si e do mundo, habilitando-o com os

conhecimentos científicos e sociais acumulados pela civilização humana e necessários para este

objetivo.

b) medir o grau de aprendizado do aluno para que ele possa se integrar na sociedade como uma

pessoa capaz.

c) aplicar testes, provas e tarefas que irão treinar o educando, permitindo que ele seja inserido no

mundo do trabalho de forma a não encontrar entraves provocados pelo desconhecimento.

d) promover aprendizagem efetiva dos conteúdos rigidamente selecionados para que o sujeito

aprendiz possa ser inserido no mercado de trabalho, uma vez que o educando se encontra à margem desse mercado.

e) não permitir a flexibilidade dos conteúdos e da metodologia a ser utilizada, porque é importante

que a EJA seja semelhante ao ensino regular.

161. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Segundo a Pedagogia da Autonomia, considera-se um

saber indispensável à prática docente:

a) saber treinar educandos.

b) ser um transferidor de saberes.

c) ter disponibilidade para o diálogo.

d) ser um exercitador de destrezas.

e) promover a permissividade sem limites

162. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) A LDB, Lei nº 9.394/1996, quanto à educação de

jovens e adultos, determina que o Poder Público viabilizará e estimulará o acesso e a permanência do trabalhador na escola, mediante:

a) obrigatoriedade pela lei

b) ações integradas e complementares entre si.

c) incentivo financeiro.

d) participação em conselhos

e) auxílio da família.

163. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Julgue as assertivas abaixo e as ligações que elas

estabelecem entre si.

I. A prática de montar os agrupamentos produtivos é muito significativa, pois II. a sala de aula é composta de forma homogênea (todos os alunos com o mesmo nível de conhecimento).

a) A primeira e a segunda estão corretas, mas a segunda não explica a primeira.

b) A primeira está correta, mas a segunda está incorreta.

c) A primeira está incorreta, mas a segunda está correta.

d) Ambas estão corretas e a segunda explica a primeira.

e) Ambas estão incorretas

164. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Uma vez que integra a Educação Básica, a

modalidade EJA:

a) apresenta determinações legais diferenciadas, embora apresente algumas semelhanças com outras modalidades da Educação Básica.

b) segue as determinações legais da Educação Especial

c) apoia-se em pareceres e decretos que contradizem a LDB.

d) segue as mesmas determinações legais das outras modalidades da Educação Básica,

resguardando várias particularidades.

e) não segue a LDB, pois apresenta lei própria para sua modalidade.

165. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) A Educação de Jovens e Adultos no Acre vem

realizando projetos que atendem alunos que não concluíram o Ensino Fundamental ou Médio nas seguintes dimensões, COM EXCEÇÃO:

a) do desenvolvimento.

b) da autorrealização.

c) da inclusão social.

d) da inserção no mundo do trabalho.

e) do treinamento para uma profissão específica.

166. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) A EJA, no caso do Ensino Fundamental, destina-se a

jovens e adultos comidade a partir de:

a) 15 anos com ingresso na alfabetização e Ensino Fundamental.

b) 17 anos com ingresso na alfabetização e Ensino Fundamental.

c) 18 anos com ingresso na alfabetização e Ensino Fundamental.

d) 13 anos com ingresso na alfabetização e Ensino Fundamental.

e) sem limite de idade.

167. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação ao EJA, diz-se que a leitura do mundo e a

pergunta sobre o educando e sua realidade são fundamentais. Assim, a organização metodológica da EJA deve:

a) ater-se ao saber sistematizado.

b) proporcionar o maior número de informações possíveis e ater-se ao conteúdo sistematizado.

c) partir do conhecimento que os educandos trazem de suas experiências, incorporando a este o

saber sistematizado.

d) oferecer unicamente treinamento profissional, preparando o educando para o mundo do trabalho.

e) utilizar somente o conhecimento que os educandos trazem de suas experiências de vida.

168. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) O plano de ensino é o detalhamento de todas as

atividades que o professor irá realizar dentro da sala de aula. Para que esse planejamento seja construído, é preciso que o professor tenha clareza de quatro questões, EXCETO:

a) os objetivos que devem ser atingidos

b) os conteúdos que serão trabalhados.

c) os métodos que serão utilizados

d) os profissionais que trabalharão.

e) o espaço e os recursos disponíveis.

169. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014)

O êxito de uma atividade de ensino, principalmente

em turmas de EJA, depende de que os objetivos escolares entrem em correspondência com:

a) o livro didático a ser utilizado

b) os recursos tecnológicos.

c) o mundo social e cultural em que vivem os alunos.

d) o material concreto e experimental.

e) os objetivos políticos

170. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Os agrupamentos produtivos nascem quando os

estudantes têm habilidades próximas, mas diferentes para que:

a) um tenha a chance de complementar o que o outro já sabe individualmente e todos avançarem

juntos.

b) um possa explicar a todos o que ele já sabe e os outros desconhecem.

c) se forme um sistema de monitoria, em que um aluno complementa o conteúdo dado pelo professor

d) o professor possa ter mais mobilidade em sala para explicar o conteúdo individualmente.

e) os alunos realizem testes e tarefas em conjunto como objetivo de aumentarem suas notas

171. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Dados os tipos de avaliação:

(1)

avaliação diagnóstica

(2)

avaliação formativa

(3)

avaliação de controle

Dados os conceitos:

(A)

analisa o conjunto para saber se o objetivo educacional foi alcançado.

(B)

tem o objetivo de analisar o ponto de partida, ou seja, o que o aluno já conhece.

(C) acontece durante o processo, objetivando corrigir caminhos tomados, principalmente no que

tange ao método de ensino. De acordo com a avaliação e seu conceito, tem-se a seguinte correspondência adequada entre os itens:

a) 1A; 2B; 3C.

b) 1C; 2B; 3A.

c) 1B; 2C; 3A.

d) 1C; 2A; 3B.

e) 1B; 2A; 3C.

172. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) É uma característica da avaliação formativa:

a) ocorre, principalmente, no final do processo.

b) objetiva atribuir notas.

c) considera apenas os conteúdos principais.

d) preocupa-se em analisar os processos mais complexos da aprendizagem

e) tem caráter classificatório.

173. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Sobre a organização e estruturação didática da aula,

pode-se afirmar:

I. A estruturação da aula é um processo que implica inflexibilidade e rigorosidade em relação aos conteúdos e materiais.

II. O trabalho docente, sendo uma atividade intencional e planejada, requer estruturação e

organização a fim de que sejam atingidos os objetivos do ensino.

III. A indicação de etapas do desenvolvimento da aula significa que todas as aulas devam seguir um

esquema rígido e complexo.

Somente está(ao) correta(s):

a) I

b) II

c) III

d)

I e II.

e) II e III

174. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação ao agrupamento produtivo, pode-se dizer

que agrupar os alunos deve ser uma ação intencional e planejada, baseada em três aspectos. São eles:

a) o conhecimento dos alunos sobre o que se pretende ensinar, as características pessoais dos

alunos e a clareza do objetivo da atividade proposta.

b) o conhecimento do professor sobre o conteúdo, as características da escola e o tipo de

metodologia a ser aplicada em sala.

c) as características pessoais do aluno, as características profissionais do professor, o tipo de escola.

d) a metodologia utilizada pelo professor, as características do ambiente, a vontade do aluno.

e) a vontade do aluno, as características pessoais do aluno, o conteúdo a ser trabalhado.

175. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) O professor da EJA requer especificidades para

trabalhar com seu público-alvo, que já traz para a sala de aula uma leitura articulada do mundo . Nesse sentido, a ação do professor que trabalha com a Educação de Jovens e Adultos consiste, sobretudo, em:

a) estimular no educando a consciência crítica de si e do mundo, habilitando-o com os

conhecimentos científicos e sociais acumulados pela civilização humana e necessários para este objetivo.

b) medir o grau de aprendizado do aluno para que ele possa se integrar na sociedade como uma

pessoa capaz.

c) aplicar testes, provas e tarefas que irão treinar o educando, permitindo que ele seja inserido no

mundo do trabalho de forma a não encontrar entraves provocados pelo desconhecimento.

d) promover aprendizagem efetiva dos conteúdos rigidamente selecionados para que o sujeito

aprendiz possa ser inserido no mercado de trabalho, uma vez que o educando se encontra à margem desse mercado.

e) não permitir a flexibilidade dos conteúdos e da metodologia a ser utilizada, porque é importante

que a EJA seja semelhante ao ensino regular.

176. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) De acordo com os “Cadernos de Orientação

Curricular”, são propósitos das escolas nos anos iniciais do Ensino Fundamental e Médio, EXCETO:

a) desfavorecer o desenvolvimento de atitudes favoráveis de cuidado consigo mesmo e com os

outros, a partir do conhecimento de práticas construtivas e de zelo coma saúde.

b) fazer de cada sala de aula um ambiente de trabalho colaborativo, para que os alunos possam

enfrentar sem medo os desafios colocados, sabendo que o erro faz parte do processo de aprendizagem e que contam com apoio do professor e dos colegas para darem o melhor de si.

c) garantir o direito de expressão do pensamento e das ideias dos alunos, mesmo que divergentes

das posições do professor e dos colegas, e o exercício de discutir diferentes pontos de vista, acolher e considerar as opiniões dos outros, de defender e fundamentar as próprias opiniões e demodificá-las quando for o caso.

d) equilibrar as propostas de trabalho individual e grupal, enfatizando, em todos os casos, a

necessidade e importância de compromisso com a própria aprendizagem e com a cooperação entre os

pares.

e) comprometer os alunos com propostas que extrapolem os limites da sala de aula e “ganhem a

rua”: campanhas na comunidade, cartas aos meios de comunicação emitindo opinião sobre problemas que lhes preocupam, solicitações a instituições, correspondência com outras escolas etc., sempre que possível fazendo uso da internet.

177. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) À escola é atribuída uma função social, e essa deve

servir como ponto de partida de uma proposta pedagógica que trata do conteúdo esporte. Um professor de educação física que impõe padrões predeterminados de desempenho físico aos seus alunos, aproxima sua prática pedagógica de qual dimensão social do esporte?

a) Participação

b) Performance

c) Educação

d) Cooperação

e) Inclusão

178. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação à seleção e à organização dos conteúdos

são feitas as seguintes afirmações:

I. O conteúdo pode ser organizado no plano vertical (distribuído em séries) ou no plano horizontal (dentro de uma mesma série).

II. Os conteúdos podem ser organizados pelo aspecto lógico (do professor) ou psicológico (do aluno).

III. Normalmente, o processo de organização dividirá um conteúdo em aula, esta aula em tópicos e

estes tópicos em unidades.

IV. Selecionar conteúdos é definir o que será ensinado. Organizar conteúdos é dizer a forma como

estes serão apresentados. Estão corretas:

a) I e II, apenas.

b) III e IV, apenas.

c) I, II e IV, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

e) I, II, III e IV. , apenas.

179. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Quanto à avaliação formativa, pode-se dizer:

a) Gera conceitos que podem ser expressos em notas ou em outros códigos de caráter

classificatório.

b) Tem o objetivo de quantificar o conhecimento do aluno, hierarquizando o conhecimento.

c) Preocupa-se com a construção de instrumento que seja capaz de avaliar o processo de

aprendizagem e não somente um produto final. d) Busca criar um instrumento que reflita um modelo que permita a contagem do conhecimento

demonstrado e o nivelamento dos alunos.

e) Coloca-se como um instrumento que encerra uma etapa educativa no tempo, medindo o

conhecimento por meio do “certo” e do “errado”.

180. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Segundo as Orientações Curriculares para o ensino

Fundamental e Médio, reduzir a expressão poética dos sujeitos à funcionalidade do resultado daquilo que é realizado significa restringir a possibilidade de livre articulação do código expressivo. Portanto, quando as aulas de arte são aplicadas apenas como prática utilitária, demonstra a incompreensão, por parte da escola, da importância:

a) do objeto cultural ser focalizado pelo olho.

b) das atividades artísticas com predominância realista.

c) da arte no desenvolvimento humano.

d) da arte como instrumento de reprodução de modelos.

e) da arte como recurso disciplinar para os alunos mais agitados.

181. (SEE/AC – Professor – FUNCAB/2014) Em relação à seleção e à organização dos conteúdos

são feitas as seguintes afirmações:

I. O conteúdo pode ser organizado no plano vertical (distribuído em séries) ou no plano horizontal (dentro de uma mesma série).

II. Os conteúdos podem ser organizados pelo aspecto lógico (do professor) ou psicológico (do aluno).

III. Normalmente, o processo de organização dividirá um conteúdo em aula, esta aula em tópicos e

estes tópicos em unidades.

IV. Selecionar conteúdos é definir o que será ensinado. Organizar conteúdos é dizer a forma como

estes serão apresentados. Estão corretas:

a) I e II, apenas.

b) III e IV, apenas.

c) I, II e IV, apenas.

d) II, III e IV. , apenas.

e) I, II, III e IV.

182. (Prefeitura de Bela Vista/MG – Professor – FUNDEP/2014) de uma sequência de estágios.

Analise as afirmativas relacionadas aos estágios de desenvolvimento da criança de acordo com a teoria de Jean Piaget.

I. A construção do pensamento lógico da criança é caracterizada pela capacidade de reversibilidade, o que lhe permite antecipar e reconstruir ações numa perspectiva dedutiva.

II.

Ao entrar no simbólico, a criança é capaz de interiorizar suas ações, diferenciando objetos de seus

representantes, libertando o pensamento do controle exclusivo da percepção.

pensamento lógico abstrato configura a forma mais elementar da inteligência e,

consequentemente, o primeiro grau de desenvolvimento do ser humano, caraterizado pela construção dos esquemas iniciais de ação. Pela análise, é possível afirmar que estão CORRETAS as afirmativas

III.

O

a) I e II apenas.

b) I e III apenas.

c) II e III apenas.

d) I, II e III.

183. (Prefeitura de Bela Vista/MG – Professor – FUNDEP/2014) Analise as afirmativas sobre o

ensino da Matemática a seguir.

I. O significado da atividade matemática para o aluno também resulta das conexões que ele estabelece entre ela, as demais disciplinas e o seu cotidiano.

II. Nas aulas de Matemática, o professor deve proporcionar um ambiente de trabalho que estimule o

aluno a criar, comparar, discutir, rever, perguntar e ampliar ideias. III. O professor deve partir do pressuposto de que o aluno aprende Matemática pela repetição, por isso deve ensinar os conceitos e fixá-los através de exercícios. Pela análise, pode-se afirmar que estão CORRETAS as afirmativas:

a) I e II apenas.

b) I e III apenas.

c) II e III apenas.

d) I, II e III.

184. (Prefeitura de Bela Vista/MG – Professor – FUNDEP/2014) “A criança e o adolescente têm

direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho”. Disponível em:< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8069.htm> Acesso em 28 ago. 2014. De acordo com o ECA todas as alternativas são direitos das crianças, EXCETO:

a) Acesso a escola pública e gratuita próxima da sua residência.

b) Abandonar a escola para trabalhar e ajudar no sustento da família.

c) Igualdade de condições para acesso a escola e permanência nela.

d) Ser respeitado por seus educadores e contestar critérios avaliativos.

185. (IF/SC – Professor – IF/SC - 2014) Nos ambientes virtuais de aprendizagem, a interação ocorre

por meio de dispositivos que permitem a comunicação tanto de forma síncrona, quanto assíncrona, possibilitando a criação de diferentes situações e procedimentos didáticos para incentivar a dialogicidade entre os atores envolvidos nesse processo. Considerando as possibilidades de interação pedagógica no ambiente virtual de aprendizagem, numere corretamente a coluna da esquerda de acordo com a da direita.

( ) Trata-se de explicações detalhadas apresentadas aos alunos sobre as funções e ferramentas da

plataforma que abriga o ambiente virtual de aprendizagem.

( ) Deve ocorrer entre professores – alunos e alunos – tutores, caracterizada por uma comunicação bidirecional.

( ) Os atores participantes na educação a distância têm possibilidades de estabelecer um processo comunicacional interativo e colaborativo em tempo real (online).

( ) Constitui atividade assíncrona e permite aos alunos construir o conhecimento sobre uma temática de forma colaborativa.

( ) Trata-se de uma atividade online que permite uma discussão textual por escrito em tempo real entre vários participantes. (1) Fórum de discussão (2) Linguagem dialógica (3) Atividade síncrona (4) Chat (5) Ambientação

A ordem CORRETA de associação, de cima para baixo, é:

a)

5, 2, 3, 1, 4.

b) 3, 1, 4, 5, 2.

c) 4, 5, 1, 3, 2.

d) 3, 5, 4, 2, 1.

e) 3, 2, 4, 1, 5.

186. (Prefeitura de Piaquara/PR – Professor – CEC/2014) O “Projeto Político Pedagógico” é o

registro escrito da identidade da escola, como resultado de diálogo, reflexão e planejamento, uma construção coletiva de todos os agentes educacionais envolvidos com a instituição. Referente ao significado do próprio nome do documento, complete as frases a seguir com a palavra adequada e, a seguir, selecione a alternativa que indica, de cima para baixo, a sequência correta. Fonte: LOPES, Noemia. O PPP define a identidade da escola e indica caminhos para ensinar com qualidade. Saiba como elaborar esse documento. Disponível:

http://gestaoescolar.abril.com.br/aprendizagem/projeto-politico-pedagogico-ppp-pratica-610995.shtml. É porque define e organiza as atividades e os projetos educativos necessários ao processo de ensino e aprendizagem.

por considerar a escola como um espaço de formação de cidadãos conscientes,

responsáveis e críticos, que atuarão individual e coletivamente na sociedade, modificando os rumos que

ela vai seguir. É período de tempo.

porque reúne propostas de ação concreta a executar durante determinado

É

a) Projeto – Pedagógico – Político

b) Pedagógico – Projeto – Político

c) Projeto – Político – Pedagógico

d) Político – Pedagógico – Político

e) Pedagógico – Político – Projeto

187. (Prefeitura de Piaquara/PR – Professor – CEC/2014) Com base na Lei de Diretrizes e Bases

da Educação Nacional n.° 9.394 de 1996, complete alguns dos princípios da educação abaixo com as palavras que se encontram nas alternativas. Assinale a alternativa que apresenta essas palavras na ordem, de cima para baixo:

1)

de condições para o acesso e permanência na escola.

2)

de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber.

3)

de ideias e de concepções pedagógicas.

4)

à liberdade e apreço à tolerância.

5)

de padrão de qualidade.

a)

Garantia, Igualdade, Pluralismo, Respeito, Liberdade.

b)

Garantia, Liberdade, Pluralismo, Respeito, Igualdade.

c)

Igualdade, Liberdade, Pluralismo, Respeito, Garantia.

d)

Liberdade, Garantia, Diversidade, Ideal, Igualdade

e)

Igualdade, Garantia, Liberdade, Consideração, Ideal.

188. (Prefeitura de Piaquara/PR – Professor – CEC/2014) Conforme o PCN, fato histórico pode ser

definido como uma ação, um acontecimento ou um evento causado, criado e/ou produzido pelo homem e que apresenta relevância e importância no decorrer da história. Tal fato histórico torna-se objeto de análise e estudo da educação por ser um marco do passado que influencia o presente e o futuro. Nesta mesma linha, assinale a alternativa que apresenta informação INCORRETA acerca do conceito de sujeito histórico e suas vertentes, de acordo com o PCN.

a) Indivíduo responsável por ações, pensamentos e palavras que interferiram de modo significativo

no curso da história da humanidade, seja para sua permanência ou transformação.

b) O saber histórico escolar, na sua relação com o saber histórico, compreende, de modo amplo, a

delimitação de dois conceitos fundamentais: o de fato histórico e de sujeito histórico.

c) Sujeitos históricos podem ser trabalhadores, patrões, escravos, reis, camponeses, políticos, prisioneiros, crianças, mulheres, religiosos, velhos, partidos políticos, etc.

d) Sujeito histórico é um agente da ação social.

e) A interferência do sujeito histórico tem viés social e se torna objeto de pesquisa e estudo histórico

da educação.

189. (Prefeitura de Piaquara/PR – Professor – CEC/2014) De acordo com os Parâmetros

Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa, “quando se pensa e se fala sobre a linguagem mesma, realiza-se uma atividade de natureza reflexiva, uma atividade de análise linguística”.

A partir desta reflexão, a qual é essencial para a ampliação da capacidade de criação, interpretação

e produção textual, analise as sentenças a seguir e indique (V) verdadeiro ou (F) falso. Em seguida, indique a alternativa que apresenta, de cima para baixo, a sequência correta. ( ) A análise linguística refere-se a atividades que se pode classificar em epilinguísticas e metalinguísticas.

( ) Tanto a atividade epilinguística quanto a atividade metalinguística são atividades de reflexão sobre

a língua e possuem a mesma finalidade.