Sei sulla pagina 1di 28
NÚMEROS QUÂNTICOS
NÚMEROS QUÂNTICOS

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Prof. Willame Bezerra

Educação para toda a vida

Números Quânticos

São os quatro números utilizados para caracterizar a

energia do elétron no átomo. São eles:

Número quântico principal (n)

Número quântico secundário ou azimutal ()

Número quântico magnético (m ou m )

Número quântico spin (s ou m s )

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Número quântico principal (n)

Indica o nível de energia do elétron no átomo. Teoricamente, o valor de n pode ser qualquer número inteiro positivo, variando de 1 a . Entre os átomos conhecidos em seus estados fundamentais, n varia de 1 a 7. A mecânica quântica demonstra que o número máximo de elétrons, em cada nível de energia, é igual a 2 n 2 .

 

Número máximo de elétrons

1

º nível

n

= 1

2

n 2 = 2 . 1 2 = 2

2 º nível

n

= 2

2

n 2 = 2 . 2 2 = 8

3

º nível

n

= 3

2 n 2 = 2 . 3 2 = 18 2 n 2 = 2 . 4 2 = 32

4 º nível

n = 4

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

A partir do 4 º nível (n > 4). 2 n 2 é o número máximo de elétrons teoricamente possível em cada nível. Entre os átomos conhecidos, em seus estados fundamentais. O número máximo de elétrons nesses níveis é:

 

Número máximo de elétrons

 

Teórico

Conhecido

5 º nível

n

= 5

2

n 2 = 2 . 5 2 = 50

32

6 º nível

n

= 6

2

n 2 = 2 . 6 2 = 72

18

7 º nível

n

= 7

2

n 2 = 2 . 7 2 = 98

8

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Número quântico secundário ou azimutal ()

Indica a energia do elétron no subnível. Um nível de energia n é formado por n subníveis de energia, cujos valores de variam de 0 a (n - 1). Como, teoricamente, são também possíveis infinitos subníveis de energia. Entre os átomos conhecidos em seus estados fundamentais, os subníveis conhecidos são

quatro, com os valores de iguais a 0, 1, 2, 3, em ordem crescente de energia.

Esses subníveis são representados pelas letras s, p, d, f, respectivamente. Os

, seqüência alfabética. A representação de cada subnível é feita pelo valor de n,

subníveis teóricos, com = 4, 5, 6,

,

são representados pelas letras g, h, i,

na

seguido da letra que indica o subnível (s, p, d, f). Exemplos: 1s representa o

subnível s (= 0) do 1 º nível.

2p representa o subnível p (= 1) do 2 º nível.

3d representa o subnível d (= 2) do 3 º nível.

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Os subníveis conhecidos e teóricos, nos níveis de energia de n = 1

a

n = 7, são:

 

SUBNÍVEIS

 
   

Conhecidos

 

Teóricos

 

1 º nível

n

= 1

1s

2 º nível

n

= 2

2s

2p

3 º nível

n

= 3

3s

3p

3d

4 º nível

n

= 4

4s

4p

4d

4f

5 º nível

n = 5

5s

5p

5d

5f

5g

6 º nível

n

= 6

6s

6p

6d

6f

6g

6h

7 º nível

n

= 7

7s

7p

7d

7f

7g

7h

7i

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

O número máximo de elétrons, em cada subnível, é dado pela equação 2 (2+ 1). Considerando apenas

os subníveis conhecidos, temos:

SUBNÍVEL

Número máximo de elétrons

s

0

2

(2 . 0 + 1) = 2

p

1

2

(2 . 1 + 1) = 6

d

2

2

(2 . 2 + 1) = 10

f

3

2

(2 . 3 + 1) = 14

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Podemos comparar as energias de subníveis de diferentes níveis de energia pelo valor da soma (n + ). Quanto maior for o valor dessa soma, maior será a energia do subnível no caso de igual valor para (n + ), terá maior energia o subnível com maior valor de n. Veja:

SUBNÍVEL

n +

Ordem crescente de energia

4f

7

 

5p

6

5p < 4f < 7s < 6d

6d

8

 

7s

7

 

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Número quântico magnético (m)

Indica a energia do elétron no orbital (região de máxima

probabilidade de se encontrar o elétron). O número de orbitais em

cada subnível é dado pela equação (2 + 1).

Subnível

Número de orbitais

s

0

2

. 0 + 1 = 1

p

1

2

. 1 + 1 = 3

d

2

2

. 2 + 1 = 5

f

3

2

. 3 + 1 = 7

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Os números quânticos magnéticos (m) variam de - a + , passando

por zero. Assim:

Subnível

Número de orbitais

Valores de m

s

0

1

0

p

1

3

-1, 0, +1

d

2

5

-2, -1, 0, +1, +2

f

3

7

-3, -2, -1, 0, +1, +2, +3

Os orbitais são representados pelas mesmas letras dos subníveis.

f,

Assim,

respectivamente.

orbitais

d,

f

são

dos

subníveis

d,

s,

p,

os

s,

p,

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

A forma dos orbitais s é esférica, isto é, a região de máxima probabilidade de se encontrar o elétron num subnível s é uma região esférica em cujo centro está o núcleo do átomo.

Os orbitais p têm forma de duplo ovóide e estão dirigidos segundo os três

eixos ortogonais x, y, z, em cuja origem está o núcleo do átomo. Os orbitais d e f têm formas mais complexas.

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

do átomo. Os orbitais d e f têm formas mais complexas. Colégio Santo Inácio Jesuítas Educação

Educação para toda a vida

Número quântico spin (s)

Spin é o movimento de rotação do elétron em torno do seu eixo.

O movimento do elétron ao redor do núcleo atômico gera um campo magnético externo. Por outro lado, o movimento de rotação do

elétron em torno do seu eixo gera outro campo magnético. A

mecânica quântica estabelece que a interação desses dois campos magnéticos é quantizada e são possíveis apenas dois estados. Esses

dois campos magnéticos ou se orientam paralelamente e no mesmo

sentido ou paralelamente e em sentidos opostos. Às duas orientações

do spin eletrônico estão associadas energias diferentes, embora muito próximas uma da outra. Foram introduzidos os números quânticos + ½ e ½ para os dois spins possíveis, denominados spin paralelo e spin antiparalelo.

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Uma maneira de se fazer a comprovação experimental da existência do spin do elétron é a seguinte. Faz-se um feixe de átomos de hidrogênio, H (g) (1 próton e 1 elétron), passar através de um campo magnético não homogêneo. Verifica-se que o feixe divide-se em dois, com igual número de átomos. Metade dos átomos de H (g) do feixe original tem o seu elétron com spin paralelo e a outra metade, com spin antiparalelo. Por isso, metade dos átomos de H (g) é desviada para uma região e a outra metade para a região oposta. Como o spin eletrônico é quantizado, não existem estados intermediários e o feixe de átomos de átomos de H (g) é dividido em apenas dois outro feixes.

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Princípio da exclusão de Pauli

Num átomo, não existem dois elétrons com os seus quatro números quânticos iguais.

Um mesmo orbital não pode ter mais do que dois elétrons, um deles

tem spin + ½ e o outro ½.

dois elétrons, um deles tem spin + ½ e o outro – ½ . Colégio Santo

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Distribuição Eletrônica no Estado Fundamental

Nos subníveis de energia - A distribuição eletrônica nos subníveis segue a regra do aufbau:

Os elétrons preenchem sucessivamente os subníveis de energia em

ordem crescente de energia, com o número máximo de elétrons

permitido em cada subnível.

Como seqüência da regra do aufbau, somente o subnível de maior energia preenchido poderá ter número de elétrons menor que o permitido, ou seja, somente o subnível de maior energia preenchido poderá estar incompleto.

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Colégio Santo Inácio Jesuítas Educação para toda a vida
Colégio
Santo Inácio
Jesuítas
Educação para toda a vida

Distribuição Eletrônica nos orbitais de um mesmo subnível

Essa distribuição obedece à regra de Hund, ou seja da máxima multiplicidade:

Cada orbital do subnível que está sendo preenchido recebe

inicialmente apenas um elétron. Somente depois de o último orbital

desses subnível receber o seu primeiro elétrons começa o preenchimento de cada orbital com o seu segundo elétron

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Colégio Santo Inácio Jesuítas Educação para toda a vida

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Representação simplificada da distribuição eletrônica

Existe uma maneira mais simples de se representar a distribuição

eletrônica, que é particularmente interessante para elementos de Z elevado. Essa representação é feita a partir do cerne do gás nobre

que antecede o elemento em relação ao número atômico. Os

gases nobres são:

2

He

1s 2

Hélio

10

Ne

1s 2

2s 2 2p 6

 

Neônio

18

Ar

1s 2

2s 2

2p 6 3s 2 3p 6

 

Argônio

36

Kr

1s 2

2s 2

2p 6 3s 2

3p 6 4s 2 3d 10

4p 6

Criptônio

54

Xe

1s 2

2s 2

2p 6 3s 2

3p 6 4s 2 3d 10

4p 6 5s 2 4d 10

5p 6

Xenônio

86

Rn

1s 2

2s 2

2p 6 3s 2

3p 6 4s 2 3d 10

4p 6 5s 2 4d 10

5p 6 6s 2 4f 14

5d 10 6p 6

Radônio

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Exemplos:

19

50

K

Sn

1s 2 2s 2

2p 6 3s 2 3p 6 4s 1

cerne do Ar

[Ar] 4s 1

1s 2 2s 2

2p 6 3s 2

3p 6 4s 2 3d 10 4p 6

cerne do Kr

5s 2 4d 10 5p 5

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

[Kr] 5s 2 4d 10 5p 5

Distribuição Eletrônica Aparentemente Anormais

As distribuições eletrônicas pela regra de aufbau (preenchimento dos subníveis em ordem crescente de energia com o número máximo de elétrons permitido em cada subnível) algumas vezes não são

confirmados experimentalmente.

Entre os elementos com Z entre 1 e 40, esse fato só ocorre com os elementos Cr (Z = 24) e Cu (Z = 29):

24 Cr

29 Cu

Distribuição pela regra

Distribuição real

[ 18 Ar] 4s 2

3d 4

[ 18 Ar] 4s 1 3d 5

[ 18 Ar] 4s 2 3d 9

[ 18 Ar] 4s 1 3d 10

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Configuração eletrônicas dos átomos no estado fundamental

Z

Elemento

Configuração

Z

Elemento

Configuração

1

H

1s 1

11

Na

[Ne] 3s 1

2

He

1s 2

12

Mg

[Ne] 3s 2

3

Li

[He] 2s 1

13

Al

[Ne] 3s 2 3p 1

4

Be

[He] 2s 2

14

Si

[Ne] 3s 2 3p 2

5

B

[He] 2s 2 2p 1

15

P

[Ne] 3s 2 3p 3

6

C

[He] 2s 2 2p 2

16

S

[Ne] 3s 2 3p 4

7

N

[He] 2s 2 2p 3

17

Cl

[Ne] 3s 2 3p 5

8

O

[He] 2s 2 2p 4

18

Ar

[Ne] 3s 2 3p 6

9

F

[He] 2s 2 2p 5

19

K

[Ar] 4s 1

10

Ne

[He] 2s 2 2p 6

20

Ca

[Ar] 4s 2

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Z

Elemento

Configuração

Z

Elemento

Configuração

21

Sc

[Ar] 3d 1 4s 2

31

Ga

[Ar] 3d 10 4s 2 4p 1

22

Ti

[Ar] 3d 2 4s 2

32

Ge

[Ar] 3d 10 4s 2 4p 2

23

V

[Ar] 3d 3 4s 2

33

As

[Ar] 3d 10 4s 2 4p 3

24

Cr

[Ar] 3d 5 4s 1

34

Se

[Ar] 3d 10 4s 2 4p 4

25

Mn

[Ar] 3d 5 4s 2

35

Br

[Ar] 3d 10 4s 2 4p 5

26

Fe

[Ar] 3d 6 4s 2

36

Kr

[Ar] 3d 10 4s 2 4p 6

27

Co

[Ar] 3d 7 4s 2

37

Rb

[Kr] 5s 1

28

Ni

[Ar] 3d 8 4s 2

38

Sr

[Kr] 5s 2

29

Cu

[Ar] 3d 10 4s 1

39

Y

[Kr] 4d 1 5s 2

30

Zn

[Ar] 3d 10 4s 2

40

Zr

[Kr] 4d 2 5s 2

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Z

Elemento

Configuração

Z

Elemento

Configuração

41

Nb

[Kr] 4d 4 5s 1

51

Sb

[Kr] 4d 10 5s 2 5p 3

42

Mo

[Kr] 4d 5 5s 1

52

Te

[Kr] 4d 10 5s 2 5p 4

43

Tc

[Kr] 4d 6 5s 1

53

I

[Kr] 4d 10 5s 2 5p 5

44

Ru

[Kr] 4d 7 5s 1

54

Xe

[Kr] 4d 10 5s 2 5p 6

45

Rh

[Kr] 4d 8 5s 1

55

Cs

[Xe] 6s 1

46

Pd

[Kr] 4d 10

56

Ba

[Xe] 6s 2

47

Ag

[Kr] 4d 10 5s 1

57

La

[Xe] 5d 1 6s 2

48

Cd

[Kr] 4d 10 5s 2

58

Ce

[Xe] 4f 1 5d 1 6s 2

49

In

[Kr] 4d 10 5s 2 5p 1

59

Pr

[Xe] 4f 3 6s 2

50

Sn

[Kr] 4d 10 5s 2 5p 2

60

Nd

[Xe] 4f 4 6s 2

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Z

Elemento

Configuração

Z

Elemento

Configuração

61

Pm

[Xe] 4f 5 6s 2

71

Lu

[Xe] 4f 14 5d 1 6s 2

62

Sm

[Xe] 4f 6 6s 2

72

Hf

[Xe] 4f 14 5d 2 6s 2

63

Eu

[Xe] 4f 7 6s 2

73

Ta

[Xe] 4f 14 5d 3 6s 2

64

Gd

[Xe] 4f 7 5d 1 6s 2

74

W

[Xe] 4f 14 5d 4 6s 2

65

Tb

[Xe] 4f 9 6s 2

75

Re

[Xe] 4f 14 5d 5 6s 2

66

Dy

[Xe] 4f 10 6s 2

76

Os

[Xe] 4f 14 5d 6 6s 2

67

Ho

[Xe] 4f 11 6s 2

77

Ir

[Xe] 4f 14 5d 7 6s 2

68

Er

[Xe] 4f 12 6s 2

78

Pt

[Xe] 4f 14 5d 9 6s 1

69

Tm

[Xe] 4f 13 6s 2

79

Au

[Xe] 4f 14 5d 10 6s 1

70

Yb

[Xe] 4f 14 6s 2

80

Hg

[Xe] 4f 14 5d 10 6s 2

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Z

Elemento

Configuração

Z

Elemento

Configuração

81

Tl

[Xe] 4f 14 5d 10 6s 2 6p 1

91

Pa

[Rn] 5f 2 6d 1 7s 2

82

Pb

[Xe] 4f 14 5d 10 6s 2 6p 2

92

U

[Rn] 5f 3 6d 1 7s 2

83

Bi

[Xe] 4f 14 5d 10 6s 2 6p 3

93

Np

[Rn] 5f 4 6d 1 7s 2

84

Po

[Xe] 4f 14 5d 10 6s 2 6p 4

94

Pu

[Rn] 5f 6 7s 2

85

At

[Xe] 4f 14 5d 10 6s 2 6p 5

95

Am

[Rn] 5f 7 7s 2

86

Rn

[Xe] 4f 14 5d 10 6s 2 6p 6

96

Cm

[Rn] 5f 7 6d 1 7s 2

87

Fr

[Rn] 7s 1

97

Bk

[Rn] 5f 9 7s 2

88

Ra

[Rn] 7s 2

98

Cf

[Rn] 5f 10 7s 2

89

Ac

[Rn] 6d 1 7s 2

99

Es

[Rn] 5f 11 7s 2

90

Th

[Rn] 6d 2 7s 2

100

Fm

[Rn] 5f 12 7s 2

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida

Z

Elemento

Configuração

101

Md

[Rn] 5f 13 7s 2

102

No

[Rn] 5f 14 7s 2

103

Lr

[Rn] 5f 14 6d 1 7s 2

104

Rf

[Rn] 5f 14 6d 2 7s 2

105

Ha

[Rn] 5f 14 6d 3 7s 2

106

Sg

[Rn] 5f 14 6d 4 7s 2

107

Ns

[Rn] 5f 14 6d 5 7s 2

108

Hs

[Rn] 5f 14 6d 6 7s 2

109

Mt

[Rn] 5f 14 6d 7 7s 2

Colégio

Santo Inácio

Jesuítas

Educação para toda a vida