Sei sulla pagina 1di 13

AGENDA 21

AGENDA 21

ÉRICA S. MATOS
KAROLINE A. KOOP
NIÁRKIOS L. S. S. GRAÇA

AGENDA 21

Definição

Consiste em um conjunto de metas reunidas num

texto de natureza normativa e programática, resultado

da Conferência das Nações Unidas sobre Meio

Ambiente e Desenvolvimento, realizada no Rio de

Janeiro em 1992.

1
AGENDA 21

O que é Desenvolvimento Sustentável?

É o EQUILÍBRIO entre o desenvolvimento

econômico e industrial com o desenvolvimento social e

ambiental.

A Agenda 21 busca o planejamento destes

desenvolvimentos e a compreensão de que estes

desenvolvimentos estão interligados e devem ser

conduzidos simultaneamente.

AGENDA 21

Qual o propósito da Agenda 21 Brasileira?

Desenvolver um instrumento de planejamento participativo

para o desenvolvimento sustentável e que tem como

eixo central a sustentabilidade, compatibilizando a

conservação ambiental, a justiça social e o crescimento

econômico. Trata-se, portanto, de um instrumento

fundamental para a construção da democracia

participativa e da cidadania ativa no País.

2
AGENDA 21

Qual o propósito da Agenda 21 Local?

Alcançar os objetivos da Agenda 21 em nível local, através

da preparação e implementação de um plano de ação

estratégica, de longo prazo, dirigido às questões

prioritárias para o desenvolvimento sustentável local.

A comunidade em união com o poder pú


público,
identifica dificuldades, seleciona prioridades

e movimenta forç
forças que podem transformar sua realidade.

AGENDA 21

Por que o combate à pobreza é tão importante


para o desenvolvimento sustentável?

Como uma pessoa pode pensar em preservar o meio ambiente se o que


passa pela sua cabeça é o que vai oferecer de comida aos seus filhos?

O desenvolvimento sustentável só terá sucesso


quando TODAS as pessoas que fazem parte da
sociedade puderem absorver sua importância e não
tiverem que preocupar-se com a sua situação no dia-a-
dia.

3
AGENDA 21

Em que termos a produção e o consumo constituem


padrões insustentáveis de desenvolvimento?

Apenas quando a produção e o consumo não

levam em consideração a manutenção dos recursos

naturais, nem o quanto degradam o meio ambiente

e conseqüentemente o quanto contribuem para

aumento da pobreza.

AGENDA 21

Qual o objetivo geral dos assentamentos humanos?

Melhorar a qualidade social,


social econômica e

ambiental e as condições de vida e trabalhos

de todas as pessoas, em especial os pobres de

áreas urbanas e rurais.

4
AGENDA 21

AS PRINCIPAIS ÁREAS DE PROGRAMAS RELACIONADOS AOS

ASSENTAMENTOS HUMANOS SÃO . . .

AGENDA 21

A. Oferecer a todos habitação adequada

Uma habitação adequada é aquela segura e

saudável para promover o bem-estar físico, social,

psicológico e econômico das pessoas.

5
AGENDA 21

B. Aperfeiçoar o manejo dos assentamentos humanos

Gerenciar adequadamente os assentamentos de modo a


desenvolver a capacidade de sustentar sua
produtividade, melhorar as condições de vida de seus
habitantes e obter recursos naturais de forma
sustentável.

Ações inerentes:
- Gerar empregos
- Gerar infra-estrutura
- Planejamento urbano (saneamento, água, rede viária, coleta de lixo)

AGENDA 21

C. Promover o planejamento e o manejo sustentáveis


do uso da terra

Atender às necessidades de terra para o

desenvolvimento dos assentamentos humanos mediante

um planejamento físico e um uso da terra

ambientalmente sustentáveis,
sustentáveis garantindo às famílias o

acesso à terra e, quando apropriado, estimular a

propriedade e o manejo comunais e coletivos desta.

6
AGENDA 21

D. Promover a existência integrada de infra-


infra-estrutura
ambiental: água, saneamento, drenagem e manejo de
resíduos sólidos

A sustentabilidade do desenvolvimento urbano é

definida por muitos parâmetros relativos à

disponibilidade de suprimentos de água,


água qualidade do ar

e existência de uma infra-estrutura ambiental de

saneamento e manejo de resíduos.


resíduos

AGENDA 21

E. Promover sistemas sustentáveis de energia e


transporte nos assentamentos humanos

Ampliar o fornecimento de uma tecnologia mais

eficiente quanto ao uso de energia, bem como de

fontes alternativas/renováveis de energia, reduzindo os

efeitos negativos da produção e do uso da energia sobre

a saúde humana e sobre o meio ambiente.

7
AGENDA 21
F. Promover o planejamento e o manejo dos assentamentos
humanos localizados em áreas sujeitas a desastres.

Capacitar os países, em especial os propensos a desastres, a

minimizar o impacto negativo dos desastres naturais e aqueles

provocados pelo homem sobre:

os assentamentos humanos,

as economias nacionais e

o meio ambiente.

AGENDA 21

G. Promover atividades sustentáveis na indústria da construção

n Adotar tecnologias permitindo que o setor de construção

atenda às metas de desenvolvimento dos

assentamentos e evite efeitos colaterais para a saúde

humana e biosfera.

n Aumentar a capacidade de geração de empregos.

8
AGENDA 21

H. Promover o desenvolvimento dos recursos humanos e da


capacitação institucional e técnica para o avanço dos
assentamentos humanos

Melhorar o desenvolvimento dos recursos humanos

e da capacitação técnica por meio do fortalecimento da

capacidade pessoal e institucional de todos. Levar em

conta as práticas culturais tradicionais e sua

vinculação ao meio ambiente.

AGENDA 21

Porque planejar e gerenciar os recursos terrestres?

A Terra (topografia, e os solos, os minérios, a água e a biota) é um


recurso FINITO enquanto os recursos naturais que ela sustenta podem
variar com o tempo e de acordo como são manipulados.

Para atender as nossas necessidades de maneira sustentável

no futuro, é preciso resolver os problemas atuais e avançar para um

uso mais eficaz da terra e de seus recursos. Ou seja, colocar em

PRÁTICA o planejamento e gerenciamento dos recursos naturais.

9
AGENDA 21

Porque combater o desflorestamento?

As árvores, florestas e áreas florestais possuem


múltiplos papéis sociais,
sociais ecológicos e econômicos na
sociedade. O combate ao desflorestamento pode ser
justificado, pois estas áreas:

São sustento de famílias;


São parte do meio ambiente;
Possuem grande biodiversidade;
São locais de morada de pessoas (indígenas);

AGENDA 21

Porque promover o desenvolvimento rural e agrícola


sustentável?

Para aumentar a produção de alimentos de forma


sustentável e incrementar a segurança alimentar.
Iniciativas nas áreas: de educação, incentivos econômicos e
desenvolvimento de novas tecnologias.

Assegurando:
Oferta estável de alimentos nutricionalmente adequados;
Geração de renda
Manejo de recurso naturais ↔ Proteção do Meio Ambiente

Alimentar a população (que está em crescimento) satisfazendo


suas exigências à alimentos e produtos agrícolas.

10
AGENDA 21

Porque promover a proteção dos recursos hídricos?

A água é necessária em todos os aspectos da vida.

Deve-se assegurar que se mantenha uma oferta

adequada de água de boa qualidade para toda a

população do planeta, ao mesmo tempo em que se

preserve as funções hidrológicas, biológicas e

químicas relacionadas com a água.

AGENDA 21

Porque promover o manejo dos resíduos sólidos?

Resíduos Sólidos são todos os restos domésticos e


resíduos não perigosos (resíduos comerciais e
institucionais, o lixo da rua e os entulhos de construção),
podendo considerar também os resíduos humanos

O manejo dos resíduos sólidos deve ir além do simples


depósito ou aproveitamento destes. Deve resolver a
origem do problema: os padrões não sustentáveis de
produção e consumo.

11
AGENDA 21

Porque promover o manejo dos resíduos sólidos?


Buscando:
v A proteção da qualidade e oferta dos recursos de água doce.

v Promoção do desenvolvimento sustentável dos estabelecimentos humanos.

v Proteção e promoção da salubridade

v Mudança dos padrões de consumo.

Para isso deve-se se focar nestes quatro itens:


1) Redução ao mínimo dos resíduos.

2) Reutilização e Reciclagem de resíduos.

3) Depósito correto deste resíduos.

4) Ampliação de serviços referentes à resíduos.

AGENDA 21

Como o cadastro técnico pode contribuir para o


desenvolvimento sustentável?

O cadastro multifinalitário conterá todas as informações

necessárias para a implementação de uma Agenda 21,

em um município, por exemplo. Poderá identificar e

quantificar as “falhas” que impedem o desenvolvimento

sustentável da região.

12
AGENDA 21

Como a Agenda 21 pode ser aplicada em uma empresa, escola ou em

um estado ou país, cada um destes ambientes necessita de

informações básicas para realmente se conhecer.

Somente assim, num trabalho conjunto com membros de cada

ambiente as metas desejadas e principalmente a

CONSCIENTIZAÇÃO poderá ser executada, visando o

desenvolvimento sustentável da sociedade.

AGENDA 21

BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E


DESENVOLVIMENTO (1992 : Rio de Janeiro). Agenda 21. Curitiba:
IPARDES, 2001. 206p.

13