Sei sulla pagina 1di 7
Matemática 2 Pedro Paulo G G E E O O M M E E T

Matemática 2

Pedro Paulo

GGEEOOMMEETTRRIIAA PPLLAANNAA IIVV

1 CLASSIFICAÇÃO

os

De acordo com o gênero (número de lados),

receber as seguintes

polígonos

podem

denominações:

Gênero

Nome

 

Triângulo

 

Quadrilátero

 

Pentágono

 

Hexágono

 

Heptágono

 

Octógono

 

Eneágono

 

Decágono

 

Undecágono

 

Dodecágono

 

Pentadecágono

 

Icoságono

Para outros valores de

lados”.

, diz-se “polígono de

2 SOMA DOS ÂNGULOS INTERNOS

Se

são os ângulos internos de um

triângulo, já sabemos que

ilustrado na figura abaixo, em que foi traçada por uma reta paralela a .

, como está

em que foi traçada por uma reta paralela a . , como está Figura 1: soma

Figura 1: soma dos ângulos internos de um triângulo

Para calcular a soma dos ângulos internos de um polígono com mais que três lados, basta dividí-lo em vários triângulos, como está ilustrado nas figuras abaixo:

triângulos, como está ilustrado nas figuras abaixo: Figura 2: soma dos ângulos internos de um quadrilátero

Figura 2: soma dos ângulos internos de um quadrilátero

Na figura 2, o quadrilátero

triângulo

é

é

foi dividido em

triângulos. Como a soma dos ângulos de

, a soma dos ângulos do .

cada

quadrilátero

ângulos de , a soma dos ângulos do . cada quadrilátero Figura 3: soma dos ângulos

Figura 3: soma dos ângulos internos de um pentágono

Na figura 3, o pentágono

foi dividido

em

triângulos. Como a soma dos ângulos de

cada

triângulo

é

,

a

soma dos ângulos do

pentágono

 

é

.

a soma dos ângulos do pentágono   é . Figura 4: soma dos ângulos internos de

Figura 4: soma dos ângulos internos de um hexágono

Na figura 4, o hexágono

foi dividido

em

triângulos. Como a soma dos ângulos de

cada

triângulo

é

, a soma dos ângulos do

hexágono

 

é

.

De maneira geral, um polígono de lados

triângulos. Como a soma

pode ser dividido em

dos ângulos de cada triângulo é

,

a soma dos

ângulos internos

de um polígono de

lados é

3 SOMA DOS ÂNGULOS EXTERNOS

Um ângulo externo de um polígono é o suplemento de um ângulo interno correspondente. Isso pode ser visualizado na figura abaixo:

correspondente. Isso pode ser visualizado na figura abaixo: Figura 5: ângulosexternos de um triângulo No triângulo

Figura 5: ângulosexternos de um triângulo

No triângulo Note que:

,

são ângulos externos.

Sejam

a soma dos ângulos

internos e

a soma dos ângulos externos.

Então

Somando as três equações, tem-se que:

De maneira geral, se

é um ângulo externo a .

um ângulo interno

, tem-se que

Em um polígono de soma dos ângulos internos e externos. Então

.

lados, sejam a a soma dos ângulos

Cada vértice do polígono tem uma equação da

forma

. Somando as

equações:

Logo, em qualquer polígono, independentemente do número de lados, a soma dos ângulos externos é

4 NÚMERO DE DIAGONAIS

Em um triângulo (que é um polígono com lados), o número de diagonais é , pois cada vértice é adjacente aos outros dois vértices. Em um polígono com mais lados, para calcular

o número toral de diagonais, deve-se primeiro calcular

o número de diagonais que sai de cada vértice, como está ilustrado na figura abaixo:

sai de cada vértice, como está ilustrado na figura abaixo: Figura 6: diagonais de um quadrilátero

Figura 6: diagonais de um quadrilátero

Tomando o vértice do quadrilátero ,

temos que ele possui e

isto é, ̅̅̅̅ e ̅̅̅̅ são lados. Além disso, para traçar uma diagonal, não podemos ligar o ponto a ele mesmo.

Logo, para traçar uma diagonal partindo do ponto não podemos ligá-lo a pontos ): sobram

ponto para ser ligado ao ponto , que é o ponto . Então é diagonal! Tomando o vértice , sobram ponto para ser ligado, que é o ponto . Então é diagonal! Tomando o vértice , sobram ponto para ser ligado, que é o ponto . Então é diagonal! Tomando o vértice , sobram ponto para ser ligado, que é o ponto . Então é diagonal!

vértices, e de cada vértice sai

,

como vértices adjacentes,

Como são

diagonal, alguém pode pensar que o número total de diagonais é . No entanto, note que a diagonal foi contada 2 vezes (1 vez saindo do vértice e 1 vez saindo do

vértice

saindo do vértice

diagonal então é contada

). Cada

vezes. Portanto, para fazer

a contagem correta, deve-se dividir o número total por

. Portanto, o número de diagonais do quadrilátero

) e a diagonal

foi contada 2 vezes (1 vez

e 1 vez saindo do vértice

é

Fazendo a conta, tem-se que:

De fato, na figura 6 pode-se ver que as únicas

. Pode-se repetir o mesmo raciocício com um pentágono, como está ilustrado na figura a seguir:

diagonais do quadrilátero

são

e

Figura 7: diagonais de um pentágono Tomando o vértice do pentágono , temos que ele

Figura 7: diagonais de um pentágono

Tomando o vértice

do pentágono

, temos que ele possui , e como vértices

adjacentes, isto é, ̅̅̅̅ e ̅̅̅̅ são lados. Além disso, para

a ele

traçar uma diagonal, não podemos ligar o ponto

mesmo. Logo, para traçar uma diagonal partindo do

ponto , não podemos ligá-lo a pontos ):

sobram

são

diagonais!

pontos para serem ligados ao ponto

e

. Então

e

,

que são os pontos

 

Tomando o vértice

, sobram

pontos

para

serem ligados, que são os ponto

e

. Então

e

são diagonais!

Tomando o vértice , sobram pontos

para

serem ligados, que são os ponto

e

. Então

e

são diagonais! Tomando o vértice , sobram pontos

para

serem ligados, que são os ponto

e

. Então

e

são diagonais! Tomando o vértice , sobram pontos

para

serem ligados, que são os ponto

e

. Então

e são diagonais! Como são vértices, e de cada vértice saem diagonais, alguém pode pensar que o número total de diagonais é .

foi contada

e 1 vez saindo do

vértice ) e a diagonal

saindo do vértice

e 1 vez saindo do vértice ). Cada

diagonal então é contada

a contagem correta, deve-se dividir o número total por

. Portanto, o número de diagonais do pentágono

vezes. Portanto, para fazer

foi contada 2 vezes (1 vez

2 vezes (1 vez saindo do vértice

No entanto, note que a diagonal

é

Fazendo a conta, tem-se que:

De fato, na figura 7 pode-se ver que as únicas

e

diagonais do pentágono

são

,

,

.

De maneira geral, em um polígono de lados, de cada um dos vértices saem diagonais. alguém pode pensar que o número total de diagonais é , mas como cada diagonal é contada vezes,

deve-se dividir o produto por para fazer a contagem correta. Portanto, o número de diagonais do polígono

de lados é

5 POLÍGONOS REGULARES

Diz-se que um polígono é equilátero quando todos os seus lados são congruentes. Diz-se que um polígono é equiângulo quando todos os seus ângulos internos são congruentes. Diz-se que um polígono é regular quando é equilátero e equiângulo, isto é, todos os seus lados e ângulos internos são congruentes.

5.1 Ângulo interno

Em um polígono regular de lados, todos os

a medida

de cada ângulo interno. Como a soma dos ângulos

internos é

seus

ângulos internos são iguais. Seja

, tem-se que:

5.2 Ângulo externo

lados, todos os

a medida

de cada ângulo externo. Como a soma dos ângulos

internos é

seus

Em um polígono regular de

ângulos externos são iguais. Seja

, tem-se que:

5.3 Diagonais que passam pelo centro

o

número de diagonais que passam pelo seu centro. Há

duas possibilidades: é par ou é ímpar

Em um polígono regular de

lados, seja

Caso 1:

vértices opostos (por exemplo, em um quadrado

é par; nesse caso, existem

pares de

com

lados, há

pares de vértices

opostos:

e

,

e

). Cada par de vértices opostos

pode ser ligado por uma diagonal, que passa pelo

centro

passam pelo centro são

que

(no

caso

do

quadrado,

e

).

as

diagonais

Logo, no caso 1,

Caso 2: é ímpar; nesse caso, simplesmente nenhuma diagonal passa pelo centro

Logo, no caso 2,

Observação: naturalmente, se de um total de diagonais, diagonais passam pelo centro, o número de diagonais que não passam pelo centro é , nos dois casos acima.

Exercício Resolvido 1:

Atividade para Sala nº 2, Geometria Plana IV

Resolução:

Na tabela, é possível verificar que o número de

triângulos é dois a menos do que o número de lados

Resposta: Alternativa C

Exercício Resolvido 2:

ângulos

ângulos externos de um polígono regular vale . Determine o número de diagonais do polígono.

dos

A soma

dos

internos

com

a

Resolução:

Usando as fórmulas para a soma dos ângulos internos e a soma dos ângulos externos:

Calculando o número de diagonais:

Resposta: O polígono tem

diagonais.

Exercício Resolvido 3:

A soma dos ângulos internos de um polígono

regular é . Qual é o número de diagonais deste polígono, que não passam pelo seu centro?

Resolução:

Da fórmula da soma dos ângulos internos:

O número total de diagonais é:

diagonais passam

pelo centro do polígono. Logo o número de diagonais

que não passam pelo centro é diagonais.

Como

é par,

Resposta:

diagonais do polígono não passam pelo

seu centro.

Exercício Resolvido 4:

Aumentando o número de lados de um polígono em , seu número de diagonais aumenta em . Determine o número de diagonais desse polígono.

Resolução:

Seja

o número de lados do polígono original.

Então o seu número de diagonais é:

Para o polígono de

(

)

lados, tem-se:

O número de diagonais aumentou em

, logo:

Calculando o número de diagonais do polígono original, tem-se:

Resposta: O polígono tem

diagonais.

Exercício Resolvido 5:

Atividade Proposta nº 5, Geometria Plana IV

Resolução:

lados, a soma dos

Como o polígono tem seus ângulos internos é

,

isto é,

a

soma de todos os

ângulos é um múltiplo de

.

Seja

a soma dos

ângulos internos e

o

ésimo ângulo interno que falta. Então:

Assim,

é um múltiplo de

é

maior do que

é

. Além disso, como

um ângulo interno,

menor do que

. Então:

Logo,

é um múltiplo de

maior do que

e menor do que

. Logo

só pode ser

Resposta: Alternativa D

EXERCÍCIOS PROPOSTOS

Nível I

1. Atividade Proposta nº 4, Geometria Plana IV

2. Atividade Proposta nº 6, Geometria Plana IV

3. Atividade Proposta nº 1, Geometria Plana IV

4. (UNESP - 01)

polígono convexo de

O número de diagonais de um lados é dado por

. Se o polígono possui seu número de lados é

diagonais,

a)

b)

c)

d)

e)

5.

(MACKENZIE - 98). Os ângulos externos de um

polígono regular medem . Então, o número de

diagonais desse polígono é:

a)

b)

c)

d)

e)

6.

(UFSCAR

-

00)

Um

polígono

regular

com

exatamente

diagonais tem

 

a)

lados.

b)

lados.

c)

lados.

d)

lados.

e)

lados.

7.

(UNITAU - 95) O polígono regular convexo em que

o n o . de lados é igual ao n o . de diagonais é o:

a)

dodecágono.

b)

pentágono.

c)

decágono.

d)

hexágono.

e)

heptágono.

8.

O ângulo interno de um polígono regular mede

.

Quantas diagonais passam pelo centro?

Nível II

9. (ITA - 01) De dois polígonos convexos, um tem a

mais que o outro lados e diagonais. Então, a soma total dos números de vértices e de diagonais dos dois polígonos é igual a:

a)

b)

c)

d)

e)

10.

Atividade Proposta nº 3, Geometria Plana IV

11.

Atividade Proposta nº 7, Geometria Plana IV

12.

Atividade Proposta nº 10, Geometria Plana IV

13. (ITA

polígonos convexos:

-

98)

Considere

as

afirmações

sobre

I) Existe

diagonais coincide com o número de lados.

II) Não existe polígono cujo número de diagonais seja

o quádruplo do número de lados.

III) Se a razão entre o número de diagonais e o de

lados de um polígono é um número natural, então o número de lados do polígono é ímpar.

de

apenas

um

polígono

cujo

número

a) Todas as afirmações são verdadeiras.

b) Apenas (I) e (III) são verdadeiras.

c) Apenas (I) é verdadeira.

d) Apenas (III) é verdadeira.

e) Apenas (II) e (III) são verdadeiras.

14. (UFAL - 00) Num polígono convexo de lados, a

soma das medidas dos ângulos internos é dada por . Use essa informação e considere as afirmativas referentes ao polígono não regular abaixo representado.

referentes ao polígono não regular abaixo representado. ( ) polígono é necessariamente A soma das medidas

( )

polígono é necessariamente

A soma das medidas dos ângulos internos do

.

(

) A medida

é necessariamente igual a

 

(

)

A soma de

e

dá, necessariamente,

.

(

)

é igual a

obrigatoriamente.

 

(

)

, necessariamente.

15.

(UNIFESP - 08) A soma de

ângulos internos

de um polígono convexo de

lados é

. O ângulo

remanescente mede

 

a)

b)

c)

d)

e)

16.

(FUVEST 98) Dois ângulos internos de um

polígono convexo medem cada um e os demais ângulos internos medem cada um. O numero de lados do polígono é:

a)

b)

c)

d)

e)

17.

Atividade Proposta nº 9, Geometria Plana IV

18.

Atividade para Sala nº 1, Geometria Plana IV

19.

Atividade para Sala nº 4, Geometria Plana IV

DICAS E FATOS QUE AJUDAM

1. Como o heptágono é regular, cada ângulo externo

vale

2. Para formar o primeiro hexágono, Rafael precisará

de palitos. Para formar cada um dos hexágonos seguintes, Rafael precisará de palitos. Como o total de hexágonos é , Rafael usa palitos em hexágono

e palitos em hexágonos. Portanto, o total d palitos de que Rafael precisará é

3. Do enunciado, tem-se que

disso, sabe-se que

. Além

. Então, tem-se:

4.

Do enunciado,

. Então, tem-se:

5. Determine o número de lados

do seu ângulo externo:

do polígono a partir

A partir do número de lados diagonais :

, determine o número de

6. Resolva a equação

:

Não se esqueça de que

7. Resolva a equação

:

Não se esqueça de que

8. Determine o número de lados

do seu ângulo interno:

do polígono a partir

é ímpar!

9. Use a idéia do Exercício Resolvido 4

10. De cada vértice de um polígono de diagonais. Então

lados, partem

11.

externo

Nesta questão, é mais simples olha para o ângulo

é um número inteiro e

, tem-se que o ângulo externo também é

,

. Como o ângulo interno

um número inteiro. Além disso, sabe-se que

logo

é um divisor de

. Sabe-se que o número

possui

divisores. No entanto, os valores de

(correspondente (correspondente a

e ) devem ser desprezados, pois

a

)

12. A princípio, há três casos para o arranjo dos ladrilhos de forma a completar : são utilizados ou mais octógonos (caso 1), é utilizado octógono (caso 2) ou são utilizados octógonos (caso 3)

Note na tabela que o ângulo interno do octógono é

Caso 1: São utilizados completar Isso é um absurdo, pois esse caso é impossível.

ou mais octógonos para

. Logo

Caso 2: É utilizado octógono para completar Nesse caso, restam para serem preenchidos apenas por ângulos internos de outro polígono. Mas isso é um absurdo, pois não é múltiplo de nenhum ângulo interno de polígono. Logo esse caso é impossível.

Caso 3: São utilizados

octógonos para completar

para serem

preenchidos apenas por ângulos internos de outro polígono. Logo o espaço que falta deve ser preenchido por um quadrado.

Nesse caso, restam

13. Compare a expressão de

com

No item I), resolva a equação No item II), resolva a equação

No item III), note que

;

;

:

Assim:

14. Lembre-se que o polígono não é regular

15. Use a idéia do Exercício Resolvido 5

16. Se o polígono tem ângulos valem

soma deles é

17. Note que

um pentágono

e

lados, ele tem

ângulos. Logo

. A

ângulos valem

. Então:

é o triplo do ângulo interno de

18. A figura do problema é a seguinte:

18. A figura do problema é a seguinte: Na figura, o ângulo interno de cada placa

Na figura, o ângulo interno de cada placa (que ´um pentágono regular) é , enquanto o ângulo interno do polígono de lados ( ágono) formado pela placa é Como é o ângulo interno de um polígono regular:

Da figura, tem-se que

. Então:

Como

é o ângulo interno do

ágono regular:

19. A figura da questão é a seguinte:

do ágono regular: 19. A figura da questão é a seguinte: é o número de triângulos

é o número de triângulos formados: então, como em cada triângulo a soma dos ângulos internos é , a soma total dos ângulos internos seria Na figura acima, pode-se notar que ao redor de cada bolha tem-se ; então, como são bolhas, a soma dos ângulos internos ao redor de todas as bolhas é

Finalmente, como o vidro é pentagonal,a soma dos

ângulos internos do pentágono é Da figura acima, tem-se que:

.

GABARITO

1. E

2. B

3. B

4. E

5. D

6. C

7. B

8. Nenhuma diagonal passa pelo centro

9. B

10. B

11. B

12. B

13. B

14. V F V F V

15. D

16. B

17. D

18. C

19. C