Sei sulla pagina 1di 8
Características da Linguagem A comunicação verbal e a não verbal sempre acontecem por meio de

Características da Linguagem

A comunicação verbal e a não verbal sempre acontecem por meio de determinadas características e funções da linguagem. As características da linguagem estão presentes em três classes:

Linguagem vital é a linguagem usada no nosso cotidiano em comunidade, ou seja, se trata da fala popular. Exemplo:

em comunidade, ou seja, se trata da fala popular. Exemplo: Disponível em:

Linguagem intelectiva é a linguagem que usa a norma-padrão da língua portuguesa para a transmissão dos conhecimentos. Exemplo:

portuguesa para a transmissão dos conhecimentos. Exemplo : Disponível em:

Linguagem literária é a linguagem que usa metáforas, encontrada em textos literários como o conto, o poema, o romance, peças de teatro, novelas, crônicas etc. Observe a seguir alguns exemplos de expressões em linguagem não literária e literária.

teatro, novelas, crônicas etc. Observe a seguir alguns exemplos de expressões em linguagem não literária e

Funções da Linguagem

A linguagem é uma das formas de comunicação mais utilizadas para se transmitir uma mensagem, seja ela verbal e não verbal, e pode ser sintetizada em cinco funções:

1. Emotiva: é uma linguagem subjetiva; há predominância do uso da primeira pessoa do singular e expressa o estado de espírito, os sentimentos e as opiniões do emissor. 2. Apelativa: a linguagem de função apelativa é aquela em que o emissor tenta influenciar o comportamento do receptor. Muito usada em propagandas. 3. Metalinguística: é a linguagem que fala da própria linguagem. Os dicionários são bons exemplos de linguagem metalinguística, pois fornecem informações conceituais e esclarecem definições.

4. Fática: é a função que tem como objetivo estabelecer comunicação rápida. É a função que o emissor utiliza para saber que está sendo entendido pelo receptor. Bons exemplos são as conversas por telefone, ou os cumprimentos diários como: “Oi, tudo bem?” – “Tudo e você?”; ou as conversar de elevador: “Como esquentou hoje, né?”. 5. Informativa ou Referencial: essa função da linguagem tem como objetivo transmitir a mensagem de maneira clara e objetiva, de forma a não dar margem para dupla interpretação. Por transmitir a informação objetiva sobre a realidade e dar prioridade aos dados concretos, fatos e circunstâncias, é a linguagem característica das notícias de jornal, do discurso científico e de qualquer exposição de conceitos. Coloca em evidência o referente, ou seja, o assunto ao qual a mensagem se refere. É a função mais adequada para a comunicação empresarial.

Assista à videoaula a seguir, em que a professora Adriana explica as características e as diferentes funções da linguagem. Não deixe de ver!

Referências

BELTRÃO, Odacir & BELTRÃO, Mariúsa. Correspondência Linguagem e Comunicação. São Paulo:

Atlas, 2002.

BUSUTH, Mariangela Ferreira. Redação Técnica Empresarial. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2004.

GRION,

São Paulo: Edicta, 2005.

L.;

COSTA,

R.

F.

Aprendo

com

os

Erros.

GRION, Laurinda. Manual de Redação para Executivos. São Paulo: Madras, 2002.

LUIZARI, K. Comunicação Empresarial Eficaz: como falar e escrever bem. Curitiba: IBPEX, 2010.

MARCHIONI, R. Criatividade e Redação: o que é, como se faz. São Paulo: Loyola, 2005.

MOURA, L. Como Escrever na Rede: manual de conteúdo e redação para a Internet. Rio de Janeiro:

Record, 2002.