Sei sulla pagina 1di 13

Curso de Geometria Analítica

Abrangência: Graduação em Engenharia e Matemática Professor Responsável: Anastassios H. Kambourakis Exercícios, Lista 03 - Cônicas .

1. Dada a equação da circunferência 2

equação de uma circunferência concêntrica e de raio igual o triplo desta. Concêntrica significa mesmo raio;

igual o triplo desta. Concêntrica significa mesmo raio; – 4x – 8y + 10 + 2
igual o triplo desta. Concêntrica significa mesmo raio; – 4x – 8y + 10 + 2

4x 8y + 10 + 2 = 0, determinar a

C1= 2

C1= 2 – 4x – 8y + 10 + 2 = 0
– 4x – 8y + 10 + 2 = 0

4x 8y + 10 + 2 = 0

C2=?

Como possuem o mesmo centro vamos achá-lo;

C1= 2

0 C2=? Como possuem o mesmo centro vamos achá-lo; C1= 2 – 4x – 8y +
0 C2=? Como possuem o mesmo centro vamos achá-lo; C1= 2 – 4x – 8y +

4x 8y + 10 + 2 = 0 (simplificar tudo por 2)

C1=

– 4x – 8y + 10 + 2 = 0 (simplificar tudo por 2) C1= –
– 4x – 8y + 10 + 2 = 0 (simplificar tudo por 2) C1= –

2x 4y + 5 + = 0

-2a=-2

-2b=-4

centro=(1, 2)

a=1

b=2

Agora vamos achar o raio;

+
+

= 5

1+4-5=

2) a=1 b=2 Agora vamos achar o raio; + = 5 1+4-5= 0= não existe raio,ou

0=

2) a=1 b=2 Agora vamos achar o raio; + = 5 1+4-5= 0= não existe raio,ou

não existe raio,ou seja, não é possível existir uma circunferência.

2. Escrever a equação da circunferência que tem centro em C=(4,-3) e raio igual a

5 e ainda determinar seus pontos de intersecção com os eixos cartesianos. c=(4,-3), r=5

A equação reduzida ficará: (

+( =
+(
=
( +( =
(
+(
=

Desenvolvendo está equação chegaremos à geral:

( +( = Desenvolvendo está equação chegaremos à geral: + – 8x + 6y=0 pontos de

+

+( = Desenvolvendo está equação chegaremos à geral: + – 8x + 6y=0 pontos de intersecção:

8x + 6y=0

pontos de intersecção:

quando a circunferência corta o eixo x o y=0,

quando a circunferência corta o eixo y o x=0

6y=0 pontos de intersecção: quando a circunferência corta o eixo x o y=0, quando a circunferência

(x, 0): (

+( =
+(
=

-8x+16+9=25

x.(x-8)=0

(x, 0): ( +( = -8x+16+9=25 x.(x-8)=0 x=0 ou x-8=0 x=8 -8x=0 (0, Y): ( +(

x=0 ou x-8=0

x=8(x, 0): ( +( = -8x+16+9=25 x.(x-8)=0 x=0 ou x-8=0 -8x=0 (0, Y): ( +( =

(x, 0): ( +( = -8x+16+9=25 x.(x-8)=0 x=0 ou x-8=0 x=8 -8x=0 (0, Y): ( +(

-8x=0

(0, Y): (

+( =
+(
=

y.(y-6)=0

x.(x-8)=0 x=0 ou x-8=0 x=8 -8x=0 (0, Y): ( +( = y.(y-6)=0 y=0 ou y-6=0 y=6

y=0 ou y-6=0

ou x-8=0 x=8 -8x=0 (0, Y): ( +( = y.(y-6)=0 y=0 ou y-6=0 y=6 -6y+9=25 -6y=0

y=6

-6y+9=25

-8x=0 (0, Y): ( +( = y.(y-6)=0 y=0 ou y-6=0 y=6 -6y+9=25 -6y=0 Os pontos de

-6y=0

Os pontos de intersecção são: (8, 0) e (0, 6).

3. Dadas as circunferências x 2 + y 2 +4x +2y 4 =0 e (x-3) 2 + (y5) 2 = 49, estudar sua posição relativa. Considerando as equações gerais e reduzidas da circunferência:

x 2 + y 2 2ax -2by +(a 2 +b 2 -r 2 ) =0

e

Teremos para a primeira circunferência que:

-2a= 4 a=-2 ; r=3 .

-2b=2 b=-1

e

a 2 +b 2 -r 2 =-4

(x-a) 2 +(y-b) 2 = r 2

4+1+4= r 2

r 2 =9

Assim o Centro da primeira circunferência será C 1 =(-2, -1) e seu raio r 1 =3

Teremos para a segunda circunferência que: a=3 ; b=5 e r 2 =49

r=7

Assim o Centro da segunda circunferência será C 2 =(3, 5) e seu raio r 2 =7.

Calculando C 1 C 2 = 25 = 36 = 61 7,8 considerando que:

;

r 1 + r 2 = 10

e

r 1 -

r 2

= 4 e

Resposta: r 1 + r 2

circunferências se interceptam em dois pontos, isto é, são concorrentes.

C 1 C 2 r 1 - r 2 , podemos concluir que as

4. Dada a cônica 3 x 2 y 2 9 = 0, determinar:

a) Seus eixos virtual e real;

b) Sua distância focal;

c) Sua excentricidade;

d) Suas diretrizes;

e) Suas Assíntotas.

a) Temos: 3x 2 y 2 9 = 0

3x 2 y 2 =9

-2 – y 2 – 9 = 0  3x 2 – y 2 =9 

– y 2 – 9 = 0  3x 2 – y 2 =9  -

-
-

=1

eixo real : (sempre está na parte positiva da equação),

eixo real : (sempre está na parte positiva da equação), =3  a=  2a=2 eixo

=3 a=

2a=2 2a=2

eixo virtual :

positiva da equação), =3  a=  2a=2 eixo virtual : =9  b=  b=3

=9 b=

b=3  2b=6 b=3 2b=6

b) c 2 =

eixo virtual : =9  b=  b=3  2b=6 b) c 2 =  c

c 2 = 3+9 c 2 =12 c=

c)

E=

E = E =

b=3  2b=6 b) c 2 =  c 2 = 3+9  c 2 =

E = 2

b=3  2b=6 b) c 2 =  c 2 = 3+9  c 2 =

2c=2

2c=4 2c=4

b=3  2b=6 b) c 2 =  c 2 = 3+9  c 2 =
b=3  2b=6 b) c 2 =  c 2 = 3+9  c 2 =

d)diretrizes são retas perpendiculares ao eixo real.

Diretrizes=±

 ±
 ±

= ±

perpendiculares ao eixo real. Diretrizes=±  ± = ± Diretrizes serão as retas x=± , como

Diretrizes serão as retas x=±

Diretrizes=±  ± = ± Diretrizes serão as retas x=± , como o eixo real está

, como o eixo real está sobre o eixo x, então as

.

e)Assíntotas são retas que contém o centro da hipérbole e os pontos de coordenadas (a, b), considerando os valores positivos e/ou negativos, conforme a posição.

y=±

y=± y=±

e/ou negativos, conforme a posição. y=±  y=± Obs., se o eixo real estiver no eixo

Obs., se o eixo real estiver no eixo y, a equação fica: y=±

5. Dada a parábola y=¾

a) Seu parâmetro;

b) Sua diretriz;

c) As coordenadas de seu foco;

d) A equação de seu eixo;

e) O esboço de seu gráfico.

, determinar:d) A equação de seu eixo; e) O esboço de seu gráfico. a) Considerando as equações

de seu eixo; e) O esboço de seu gráfico. , determinar: a) Considerando as equações da

a) Considerando as equações da parábola : x 2 =±2py e y 2 =±2px (onde p é seu parâmetro).

Temos: y=¾ x 2

x 2 =

x 2 =

x 2 =

Temos: y= – ¾ x 2  x 2 =  x 2 =  x

x 2 =

Temos: y= – ¾ x 2  x 2 =  x 2 =  x

y

2p=

2p=  p=  p= -

p=

2p=  p=  p= -

p= -

2p=  p=  p= -

b)diretriz é a reta perpendicular ao eixo da parábola, tem equação:y=-p/2

y=

perpendicular ao eixo da parábola, tem equação:y=-p/2 y=  y=1/3 c)foco é a metade do parâmetro,

y=1/3

c)foco é a metade do parâmetro, como o foco está no eixo y temos (0, p/2),

p/2

como o foco está no eixo y temos (0, p/2), p/2  = -1/3, então F=(0,

= -1/3, então F=(0, -1/3)

d)como o eixo da parábola está no eixo y, temos a reta x=0

e)esboço: 1/3 (diretriz) -1/3 (foco)
e)esboço:
1/3 (diretriz)
-1/3 (foco)

6. Dada a cônica

+ 166. Dada a cônica – 144 = 0, determinar: a) Seus eixos Maiores e Menores; b)

6. Dada a cônica + 16 – 144 = 0, determinar: a) Seus eixos Maiores e

144 = 0, determinar:

a)

Seus eixos Maiores e Menores;

b)

Sua distância focal;

c)

Sua excentricidade;

d)

Suas diretrizes;

e)

Esboço de seu gráfico.

a)

Temos: x 2 +16y 2 144 = 0 x 2 +16y 2 =144

a) Temos: x 2 +16y 2 – 144 = 0  x 2 +16y 2 =144

+

2 – 144 = 0  x 2 +16y 2 =144  + + =1 

+

2 – 144 = 0  x 2 +16y 2 =144  + + =1 

=1

– 144 = 0  x 2 +16y 2 =144  + + =1 eixo maior,sempre

eixo

maior,sempre do lado maior:

eixo maior,sempre do lado maior: = 144  a=  a=  2a=24

= 144 a=

eixo maior,sempre do lado maior: = 144  a=  a=  2a=24

a=

eixo maior,sempre do lado maior: = 144  a=  a=  2a=24

2a=24

eixo

menor,:

eixo menor,: = 9  b=  b=3  2b=6  

= 9 b=

 b=3  2b=6

b=32b=6

 

b)distancia focal: a 2 =

 b=3  2b=6   b)distancia focal: a 2 =  144=9+  144-9  c=

144=9+



144-9 c=

b)distancia focal: a 2 =  144=9+  144-9  c=  2c=2 c)excentricidade é a

2c=2

focal: a 2 =  144=9+  144-9  c=  2c=2 c)excentricidade é a relação

c)excentricidade é a relação entre a semi-distância focal e o semi-eixo maior,

E=

 E=
 E=

d)diretrizes:x=±

 x=±
 x=±
e)esboço: diretriz
e)esboço:
diretriz

7. Determinar a equação de uma cônica de eixo real igual a 8 e distância focal igual a 10, cujo centro é o ponto C=(2 , 5 ) e seu eixo virtual é paralelo ao eixo das abscissas.

Temos: 2a = 8 a = 4

e 2c =10 c = 5,

b 2 = c 2 - a 2 = 25-16 = 9 b = 3.

Considerando a equação da Hipérbole com eixo real em y e centro C=(-2,5). fora da origem:

com eixo real em y e centro C=(-2,5). fora da origem: -  - 8. Determinar

-

com eixo real em y e centro C=(-2,5). fora da origem: -  - 8. Determinar

com eixo real em y e centro C=(-2,5). fora da origem: -  - 8. Determinar

-

eixo real em y e centro C=(-2,5). fora da origem: -  - 8. Determinar a

8. Determinar a equação geral da parábola, sendo seu foco F=(1,1) e sua diretriz a reta y=x. Considerando um ponto P=(x,y) qualquer da parábola devemos ter a relação PF = Pd (F é o foco e d a diretriz da parábola).

Calculando PF = PF=

Calculando PF = PF=  PF= Calculando PD=  PD= =  como PF=PD = ,

PF=

Calculando PF = PF=  PF= Calculando PD=  PD= =  como PF=PD = ,

Calculando PD=

PD= PD=

Calculando PF = PF=  PF= Calculando PD=  PD= =  como PF=PD = ,

=

Calculando PF = PF=  PF= Calculando PD=  PD= =  como PF=PD = ,

como PF=PD

PF = PF=  PF= Calculando PD=  PD= =  como PF=PD = , elevamos

=

PF = PF=  PF= Calculando PD=  PD= =  como PF=PD = , elevamos

, elevamos os dois lados ao quadrado:

=  como PF=PD = , elevamos os dois lados ao quadrado: = 2.( 2 )=
=  como PF=PD = , elevamos os dois lados ao quadrado: = 2.( 2 )=

=

=  como PF=PD = , elevamos os dois lados ao quadrado: = 2.( 2 )=

2.(

como PF=PD = , elevamos os dois lados ao quadrado: = 2.( 2 )= = 2

2

como PF=PD = , elevamos os dois lados ao quadrado: = 2.( 2 )= = 2

)=

PF=PD = , elevamos os dois lados ao quadrado: = 2.( 2 )= = 2 -

=

PF=PD = , elevamos os dois lados ao quadrado: = 2.( 2 )= = 2 -

2

-
-

=0

= , elevamos os dois lados ao quadrado: = 2.( 2 )= = 2 - =0

=0

9. Identificar as eventuais cônicas representadas pelas equações e determinar a equação reduzida correspondente:

a) + 2x + 2y + 2 + 4

2
2
= 0 = 0 = +9
= 0
= 0
=
+9

= 0

b) 3x + 2y3

c) 5x 2y + 10 + 4

0 = +9 = 0 b) – 3x + 2y – 3 c) 5x – 2y

d) 2x 2y + 2xy + 4 = 0

e) 2x + 4xy 4

Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 +By 2 +Cxy+Dx+Ey+F =0 Temos:

a

de uma cônica Ax 2 +By 2 +Cxy+Dx+Ey+F =0 Temos: a y 2 +2x+2y+2+4x 2 =

y 2 +2x+2y+2+4x 2 = 0 A=4; B=1; C=0; D=2; E=2 e F=2, Assim:

G=

=-1-4+8=3,2 = 0  A=4; B=1; C=0; D=2; E=2 e F=2, Assim: G= H= =4-0=4, I=4+1=5

H=

 A=4; B=1; C=0; D=2; E=2 e F=2, Assim: G= =-1-4+8=3, H= =4-0=4, I=4+1=5 Resposta: G=3

=4-0=4,

I=4+1=5

Resposta: G=3 ‡ 0; H=4 0; GI = 150 Cônica FALSA

Equação Reduzida correspondente: Não aplicável pois a equação não representa uma Cônica.

b) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 By 2 +Cxy+Dx+Ey F =0 Temos:

2y 2 3x + 2y3x 2 = 0 A=-3; B=2; C=0; D=-3; E=2 e F=0, Assim:

G=

G= =-18/4+3=-3/2, H= =-6, I=-3+2=-1 Resposta: G= - 3 / 2 ‡ 0; H=-6  0

=-18/4+3=-3/2,

H=

G= =-18/4+3=-3/2, H= =-6, I=-3+2=-1 Resposta: G= - 3 / 2 ‡ 0; H=-6  0

=-6,

I=-3+2=-1

Resposta: G= - 3 / 2 0; H=-6 0 HIPERBOLE

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny 2 +p=0 ; onde m+n =I. mn=H e p= G/H; então teremos:

2 +p=0 ; onde m+n =I. m  n=H e p= G/H; então teremos: m+n =-1

m+n =-1

mn=-6

m 2 + m -6 =0 m 1 =2 e n 1 = -3

ou m 2 =-3 e n 2 =2;

p = ¼

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta: 2x 2 - 3y 2 +¼=0

C) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos:

5x 2y + 10 + 4x 2 = 0 A=4; B=0; C=0; D=5; E=-2 e F=10; Assim:

G=

=-4,2 = 0  A=4; B=0; C=0; D=5; E=-2 e F=10; Assim: G= H= =0, I=4+0=0

H=

= 0  A=4; B=0; C=0; D=5; E=-2 e F=10; Assim: G= =-4, H= =0, I=4+0=0

=0,

I=4+0=0

Resposta: G= -4 0; H=0 PARABOLA.

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny =0 ; onde m =I. n= teremos:

correspondente: mx 2 +ny =0 ; onde m =I. n= teremos: ; então m =4 e

;

então

m =4 e n =2 4x 2 +2y =0 4x 2 =-2y x 2 =-½y

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta:

x 2 =-½y

d) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey F =0 Temos:

y 2 2x 2y + 2xy + 4x 2 = 0 A=4; B=1; C=2; D=-2; E=-2 e F=0, Assim:

G=

2 = 0  A=4; B=1; C=2; D=-2; E=-2 e F=0, Assim: G= =-1-4+1+1=-3, H= =4-1=3,

=-1-4+1+1=-3,

H=

A=4; B=1; C=2; D=-2; E=-2 e F=0, Assim: G= =-1-4+1+1=-3, H= =4-1=3, I=4+1=5 Resposta: G=- 3

=4-1=3,

I=4+1=5

Resposta: G=-3 ‡ 0; H=3 0; GI = -150; A‡B e C ‡0 ELIPSE.

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny 2 +p=0 ; onde m+n =I. mn=H e p=G/H, então teremos:

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny 2 +p=0 ; onde m+n =I. m  n=H e

m+n=5

m.n=3

m 2 -5 m +3 =0 m 1 =5+

, n 1 = , n 1 =

5-

m 2 -5 m +3 =0  m 1 = 5 + , n 1 =

m 2= 5-

m +3 =0  m 1 = 5 + , n 1 = 5 - m

,

e n 2 = 5+

m 1 = 5 + , n 1 = 5 - m 2= 5- , e

, p=-1

OU

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta:

5+

.
.

+ 5-

.
.

-1=0

e) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0

Temos:

2x + 4xy 4x 2 - y 2 -9 =0 A=-4; B=-1; C=4; D=2; E=0 e F=-9; Assim:

G=

2 -9 =0  A=-4; B=-1; C=4; D=2; E=0 e F=-9; Assim: G= =1, H= =0.

=1,

H=

=0  A=-4; B=-1; C=4; D=2; E=0 e F=-9; Assim: G= =1, H= =0. I=-5 Resposta:

=0.

I=-5

Resposta: G= 1 0; H=0 PARABOLA.

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny =0 ; onde m =I. n= teremos:

;
;

m =-5 e n=4 5 -5x 2 +4 5 y =0

5x 2 =4 5 y

x 2 = ( 2 / 55 )y

então

x 2 = ( 25 / 25 ) y

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta:

x 2 = ( 25 / 25 ) y

10. Verificar se representam Cônicas as equações abaixo e, conforme o caso, Identificar e obter sua Equação Reduzida correspondente:

a) +

+ 3 + 25 10xy + 8x + 2 8x +3 9 + 4 +
+ 3
+ 25
10xy + 8x + 2
8x +3
9
+ 4
+ 4

2x + 4y 20 = 0

b) +

2y + 4x + 5 = 0

c) 3

14y + 10xy 2x 13 = 0

d) 25

e)

f)

g)

h)

i) 25

14xy + 64x 64y 224 = 0

25 e) f) g) h) i) 25 – 14xy + 64x – 64y – 224 =

4xy + 7x 12 + 4 = 0

15 + 12 15y = 0

15y = 0

8xy + 20 7

2y + 8x + 3 = 0

+ 20y 20xy 12x 17 = 0

– 2y + 8x + 3 = 0 + 20y – 20xy – 12x – 17

j) 2

8y + 4x 40 + 2 = 0

a) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0

Temos:

x 2 + y 2 2x + 4y 20 = 0A=1; B=1; C=0; D=-2; E=4 e F=-20, Assim:

G=

=-25,– 20 = 0  A=1; B=1; C=0; D=-2; E=4 e F=-20, Assim: G= H= =1,

H=

0  A=1; B=1; C=0; D=-2; E=4 e F=-20, Assim: G= =-25, H= =1, I=1+1=2 Resposta:

=1,

I=1+1=2

Resposta: G=-250; H=1 0; GI=-500; A=B e C=0 CIRCUNFERÊNCIA.

b) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos:

x 2 + y 2 2y + 4x + 5 = 0A=1; B=1; C=0; D=4; E=-2 e F=5, Assim:

G=

G= =0,  Resposta: G= 0;  Cônica FALSA c) Considerando a equação geral de uma

=0,

Resposta: G= 0; Cônica FALSA

c) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos:

3x 2 + 3y 2 14y + 10xy 2x 13 = 0A=3; B=3; C=10; D=-2; E=-14 e F=-13, Assim:

G=

=-6713 = 0  A=3; B=3; C=10; D=-2; E=-14 e F=-13, Assim: G= H= =-16, I=6

H=

 A=3; B=3; C=10; D=-2; E=-14 e F=-13, Assim: G= =-67 H= =-16, I=6 Resposta: G=

=-16,

I=6

Resposta: G= 128 0; H=-16 0 HIPERBOLE

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny 2 +p=0 ; onde m+n =I. mn=H e p= G/H; então teremos:

2 +p=0 ; onde m+n =I. m  n=H e p= G/H; então teremos: m+n =6

m+n =6

mn=-16

m=8 e n=-2 ou m=-2 e n=8

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta:

8x 2 -2y 2 +67/16=0

d) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F=0 Temos:

25x 2 + 25y 2 14xy + 64x 64y 224 = 0 A=25; B=25; C=-14; D=64; E=-64 e F=-224, Assim:

G=

= 0  A=25; B=25; C=-14; D=64; E=-64 e F=-224, Assim: G= =-165.888 H= =576 I=25+25=50

=-165.888

H=

B=25; C=-14; D=64; E=-64 e F=-224, Assim: G= =-165.888 H= =576 I=25+25=50 Resposta: G= ‡ 0;

=576

I=25+25=50

Resposta: G=0; H 0; GI = 0; A=B e C 0 ELIPSE.

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny 2 +p=0 ; onde m+n =I. mn=H e p=G/H, então teremos:

2 +p=0 ; onde m+n =I. m  n=H e p=G/H, então teremos: m+n=50 p=-288 m.n=576

m+n=50

p=-288

m.n=576

n=H e p=G/H, então teremos: m+n=50 p=-288 m.n=576 50m+576=0 m1=32 e n1=18 ou m2=18 e n2=32

50m+576=0

então teremos: m+n=50 p=-288 m.n=576 50m+576=0 m1=32 e n1=18 ou m2=18 e n2=32 Portanto uma das

m1=32 e n1=18 ou m2=18 e n2=32

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta:

32

Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta: 32 +18 -288 e) Considerando a equação geral de uma

+18

reduzidas correspondente pode ser: Resposta: 32 +18 -288 e) Considerando a equação geral de uma cônica

-288

e) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos:

x 2 4xy + 7x 12 + 4y 2 = 0A=1; B=4; C=-4; D=7; E=0 e F=-12; Assim:

G=

G= =-49 H= =0 I=5 Resposta: G= 1 ‡ 0; H=0  PARABOLA. Equação Reduzida correspondente:

=-49

H=

G= =-49 H= =0 I=5 Resposta: G= 1 ‡ 0; H=0  PARABOLA. Equação Reduzida correspondente:

=0

I=5

Resposta: G= 1 0; H=0 PARABOLA.

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny =0 ; onde m =I. n= teremos:

m=5

n=

=14/ 14/

mx 2 +ny =0 ; onde m =I. n= teremos: m=5 n= = 14/ equação 

equação5

=0 ; onde m =I. n= teremos: m=5 n= = 14/ equação  5 +14/ =0

+14/

; onde m =I. n= teremos: m=5 n= = 14/ equação  5 +14/ =0 ;

=0

;
;

então

f) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos:

10xy + 8x + 2x 2 15 + 12y 2 15y 15, Assim:

G=

+ 8x + 2x 2 – 15 + 12y 2 – 15y 15, Assim: G= =-1179/2

=-1179/2

H=

Resposta: G 0; H=-1 0 HIPERBOLE

= 0A=2; B=12; C=10; D=8; E=-15 e F=-

0  HIPERBOLE = 0  A=2; B=12; C=10; D=8; E=-15 e F=- =-1 I=14 Equação

=-1

I=14

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny 2 +p=0 ; onde m+n =I. mn=H e p= G/H; então teremos:

2 +p=0 ; onde m+n =I. m  n=H e p= G/H; então teremos: m+n =14

m+n =14

p=

m+n =14 p= = 1179/2

=1179/2

mn=-1

então teremos: m+n =14 p= = 1179/2 m  n=-1 -14m-1=0, temos m1=14+5 e n1=-5 ou

-14m-1=0, temos m1=14+5

=14 p= = 1179/2 m  n=-1 -14m-1=0, temos m1=14+5 e n1=-5 ou m2=14-5 e n2=5

e n1=-5

= 1179/2 m  n=-1 -14m-1=0, temos m1=14+5 e n1=-5 ou m2=14-5 e n2=5 Portanto uma

ou m2=14-5

m  n=-1 -14m-1=0, temos m1=14+5 e n1=-5 ou m2=14-5 e n2=5 Portanto uma das Equações

e n2=5

m  n=-1 -14m-1=0, temos m1=14+5 e n1=-5 ou m2=14-5 e n2=5 Portanto uma das Equações

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta:

(14+5

reduzidas correspondente pode ser: Resposta: (14+5 x 2 +5 y 2 + 1179/2 =0 g) Considerando

x 2 +5

y 2 + 1179/2 =0 2 +1179/2=0

g) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F=0 Temos:

8x +3x 2 8xy + 20 7y 2 15y = 0 A=3; B=-7; C=-8; D=8; E=-15 e F=20, Assim:

G=

15y = 0  A=3; B=-7; C=-8; D=8; E=-15 e F=20, Assim: G= =-2227/4 H= =-37

=-2227/4

H=

A=3; B=-7; C=-8; D=8; E=-15 e F=20, Assim: G= =-2227/4 H= =-37 I=-4 Resposta: G ‡

=-37

I=-4

Resposta: G 0; H=-37 0 HIPERBOLE

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny 2 +p=0 ; onde m+n =I. mn=H e p= G/H; então teremos:

m+n =-4 p= = 2227/148 m  n=-37 +4m-37=0, temos m1=-4+ e n1= ou m2=-4-

m+n =-4

p=

m+n =-4 p= = 2227/148

=2227/148

mn=-37

m+n =-4 p= = 2227/148 m  n=-37 +4m-37=0, temos m1=-4+ e n1= ou m2=-4- e

+4m-37=0, temos m1=-4+

p= = 2227/148 m  n=-37 +4m-37=0, temos m1=-4+ e n1= ou m2=-4- e n2=+ Portanto

e n1=

= 2227/148 m  n=-37 +4m-37=0, temos m1=-4+ e n1= ou m2=-4- e n2=+ Portanto uma

ou m2=-4-

m  n=-37 +4m-37=0, temos m1=-4+ e n1= ou m2=-4- e n2=+ Portanto uma das Equações

e n2=+

m  n=-37 +4m-37=0, temos m1=-4+ e n1= ou m2=-4- e n2=+ Portanto uma das Equações

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta:

(-4+

reduzidas correspondente pode ser: Resposta: (-4+ x 2 + y 2 + 2227/148 =0 h) Considerando

x 2 +

reduzidas correspondente pode ser: Resposta: (-4+ x 2 + y 2 + 2227/148 =0 h) Considerando

y 2 +2227/148=0

h) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F=0 Temos:

9x 2 + 4y 2 2y + 8x + 3 = 0 A=9; B=4; C=0; D=8; E=-2 e F=3, Assim:

G=

+ 8x + 3 = 0  A=9; B=4; C=0; D=8; E=-2 e F=3, Assim: G=

=35

H=

3 = 0  A=9; B=4; C=0; D=8; E=-2 e F=3, Assim: G= =35 H= =36

=36

I=13

Resposta: G0, H=36 0; GI 0 Cônica FALSA

i) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F=0 Temos:

25

F=-17, Assim:

+ By 2 + Cxy + Dx + Ey + F=0 Temos: 25 F=-17, Assim: +

+ 4

+ By 2 + Cxy + Dx + Ey + F=0 Temos: 25 F=-17, Assim: +

+ 20y 20xy 12x 17 = 0 A=25; B=4; C=-20; D=-12; E=-0 e

G=

=-144412x – 17 = 0  A=25; B=4; C=-20; D=-12; E=-0 e G= H= = 0

H=

17 = 0  A=25; B=4; C=-20; D=-12; E=-0 e G= =-1444 H= = 0 I=29

= 0

I=29

Resposta: G= -1444 ‡ 0; H=0 PARABOLA.

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny =0 ; onde m =I. n= teremos:

m=29

n=

=76/ 76/

mx 2 +ny =0 ; onde m =I. n= teremos: m=29 n= = 76/ equação 

equação29

=0 ; onde m =I. n= teremos: m=29 n= = 76/ equação  29 +76/ =0

+76/

=0onde m =I. n= teremos: m=29 n= = 76/ equação  29 +76/ então j) Considerando

entãom =I. n= teremos: m=29 n= = 76/ equação  29 +76/ =0 j) Considerando a

j) Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos:

2x 2 8y + 4x 40 + 2y 2 = 0 A=2; B=2; C=0; D=4; E=-8 e F=-40, Assim:

G=

2 = 0  A=2; B=2; C=0; D=4; E=-8 e F=-40, Assim: G= =-200 H= =4

=-200

H=

0  A=2; B=2; C=0; D=4; E=-8 e F=-40, Assim: G= =-200 H= =4 I=4 Resposta:

=4

I=4

Resposta: G=-2000; H=4 0; GI0; A=B e C=0 CIRCUNFERÊNCIA.

11.

Dada a circunferência de centro C=(4,3) e raio=5, escrever sua equação e

determinar os pontos em que a mesma intercepta os eixos cartesianos. c=(4,3), r=5

A equação reduzida ficará: (

+( =
+(
=
( +( =
(
+(
=

Desenvolvendo está equação chegaremos à geral:

( +( = Desenvolvendo está equação chegaremos à geral: + – 8x - 6y=0 pontos de

+

+( = Desenvolvendo está equação chegaremos à geral: + – 8x - 6y=0 pontos de intersecção:

8x - 6y=0

pontos de intersecção:

quando a circunferência corta o eixo x o y=0,

quando a circunferência corta o eixo y o x=0

(x, 0): (

+( =
+(
=

-8x+16+9=25

x.(x-8)=0

corta o eixo y o x=0 (x, 0): ( +( = -8x+16+9=25 x.(x-8)=0 x=0 ou x-8=0

x=0 ou x-8=0

y o x=0 (x, 0): ( +( = -8x+16+9=25 x.(x-8)=0 x=0 ou x-8=0 x=8 (0, Y):

x=8

x=0 (x, 0): ( +( = -8x+16+9=25 x.(x-8)=0 x=0 ou x-8=0 x=8 (0, Y): ( +(

(0, Y): (

+( =
+(
=

y.(y-6)=0

x.(x-8)=0 x=0 ou x-8=0 x=8 (0, Y): ( +( = y.(y-6)=0 y=0 ou y-6=0 y=6 -6y+9=25

y=0 ou y-6=0

x=0 ou x-8=0 x=8 (0, Y): ( +( = y.(y-6)=0 y=0 ou y-6=0 y=6 -6y+9=25 -8x=0

y=6

-6y+9=25

x=8 (0, Y): ( +( = y.(y-6)=0 y=0 ou y-6=0 y=6 -6y+9=25 -8x=0 -6y=0 Os pontos

-8x=0x=8 (0, Y): ( +( = y.(y-6)=0 y=0 ou y-6=0 y=6 -6y+9=25 -6y=0 Os pontos de

-6y=0(0, Y): ( +( = y.(y-6)=0 y=0 ou y-6=0 y=6 -6y+9=25 -8x=0 Os pontos de intersecção

Os pontos de intersecção são: (8, 0) e (0, 6).

12. Dada a cônica 6 3

excentricidade.

0) e (0, 6). 12. Dada a cônica 6 − 3 excentricidade. − 2 = 0,

2

(0, 6). 12. Dada a cônica 6 − 3 excentricidade. − 2 = 0, determinar seus

= 0, determinar seus eixos, distância focal e

6 3

2 = 0, determinar seus eixos, distância focal e 6 − 3 − 2 = 0

2

determinar seus eixos, distância focal e 6 − 3 − 2 = 0 3 +2 =6

= 0

seus eixos, distância focal e 6 − 3 − 2 = 0 3 +2 =6 +

3

+2seus eixos, distância focal e 6 − 3 − 2 = 0 3 =6 + =

=6seus eixos, distância focal e 6 − 3 − 2 = 0 3 +2 + =

seus eixos, distância focal e 6 − 3 − 2 = 0 3 +2 =6 +

+

eixos, distância focal e 6 − 3 − 2 = 0 3 +2 =6 + =

=

+
+

=1

eixo maior,sempre do lado maior:

− 2 = 0 3 +2 =6 + = + =1 eixo maior,sempre do lado maior:

= 3 a=

eixo

menor,:

eixo maior,sempre do lado maior: = 3  a= eixo menor,: = 2  b= 

= 2 b=

2b= 2b=

lado maior: = 3  a= eixo menor,: = 2  b=  2b=  

maior: = 3  a= eixo menor,: = 2  b=  2b=   2a=

2a=

= 3  a= eixo menor,: = 2  b=  2b=   2a= b)distancia

b)distancia focal: a 2 =

 b=  2b=   2a= b)distancia focal: a 2 =  3=2+  3-2

3=2+



3-2 c=

2a= b)distancia focal: a 2 =  3=2+  3-2  c=  c=1  2c=2

c=12c=2

c)excentricidade é a relação entre a semi-distância focal e o semi-eixo maior,

E=

 E=
 E=

13. Identificar o tipo e obter a equação reduzida da cônica:

2x 6xy +

tipo e obter a equação reduzida da cônica: 2x − 6xy + + 8y − −

+ 8y

a equação reduzida da cônica: 2x − 6xy + + 8y − − 4 = 0.

4 = 0.

Considerando a equação geral de uma cônica Ax 2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos:

2x 6xy +

2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos: 2x −
2 + By 2 + Cxy + Dx + Ey + F =0 Temos: 2x −

+ 8y − −4 = 0A=1; B=-1; C=-6; D=2; E=8 e F=-4, Assim:

G=

G= =1 H= =-10 I=0 Resposta: G ‡ 0; H=-10  0  HIPERBOLE Equação Reduzida

=1

H=

G= =1 H= =-10 I=0 Resposta: G ‡ 0; H=-10  0  HIPERBOLE Equação Reduzida

=-10

I=0

Resposta: G 0; H=-10 0 HIPERBOLE

Equação Reduzida correspondente: mx 2 +ny 2 +p=0 ; onde m+n =I. mn=H e p= G/H; então teremos:

2 +p=0 ; onde m+n =I. m  n=H e p= G/H; então teremos: m+n =0

m+n =0

p=

mn=-10

n=H e p= G/H; então teremos: m+n =0 p= m  n=-10 =10, temos m1= e

=10, temos m1=n=H e p= G/H; então teremos: m+n =0 p= m  n=-10 e n1=- ou m2=-

então teremos: m+n =0 p= m  n=-10 =10, temos m1= e n1=- ou m2=- e

e n1=-

teremos: m+n =0 p= m  n=-10 =10, temos m1= e n1=- ou m2=- e n2=

ou m2=-

m+n =0 p= m  n=-10 =10, temos m1= e n1=- ou m2=- e n2= Portanto

e n2=

=0 p= m  n=-10 =10, temos m1= e n1=- ou m2=- e n2= Portanto uma

Portanto uma das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta:

-das Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta: -1/10=0 Centro Universitário da FSA Prof.: Anastassios

Equações reduzidas correspondente pode ser: Resposta: - -1/10=0 Centro Universitário da FSA Prof.: Anastassios

-1/10=0

Centro Universitário da FSA Prof.: Anastassios H.K.