Sei sulla pagina 1di 7

04/03/2015

PortaldoAluno

Disciplina: DIREITOPENALIV­CCJ0034

Turma: DIREITOPENALIV(CCJ0034/1711872)3017

Vocêestáaqui:PlanodeEnsino

DetalhesdoCurso PlanodeEnsino
DetalhesdoCurso PlanodeEnsino

Conheçatodosostópicosetemasabordadosnestadisciplina.

Cliquesobreonomedotópico(emazul)paraabriroconteúdocorrespondente.

imprimir Título DIREITOPENALIV(26/06/2014)

Títuloimprimir DIREITOPENALIV(26/06/2014) CódigodadisciplinaSIA

DIREITOPENALIV(26/06/2014)

CódigodadisciplinaSIA

CCJ0034

Númerodesemanasdeaula

16

Contextualização

Contextualização

 

AdisciplinaDireitoPenalIVtemporobjetodeestudooscrimescontraaAdministraçãoPúblicaeaintroduçãoao estudodaLegislaçãoPenalEspecial.SeráobjetodeestudoediscussãoaexpansãodoDireitoPenaleconsectário surgimentodenovasformasdecriminalidade,denovosramosdoDireitoPenale,conseqüentemente,denovas formas de controle social introduzidas pelo processo de desenvolvimento sócio­político, econômico e de globalizaçãodasociedade.Com base na premissa de que é essencial o debate a partir dos suportes teóricos pedagógicosapresentadospelodocenteeseuconfrontocomsuasexperiênciasprofissionais,bemcomocomos temasobjetodemaiorcontrovérsianoatualcontextosocialserãoselecionadas,aolongodadisciplina,asprincipais figurastípicasafetasaoscitadoscrimesemespécie.Paratantoserãoestudadoscritériosdedescriçãodascondutas típicas,fixação de pena em abstrato,em concreto e consequente adoção de medidas de política criminal pelo SistemadeJustiçaCriminalBrasileiraparafinsdecontrolesocial­penal.

Destaforma,conclui­sequeadisciplinaDireitoPenalIVvisaofomentodoraciocíniocrítico­jurídicoacercadaParte

GeraldoDireitoPenal,dasTeoriasdaSançãoPenaleseusreflexosnoestudodoscrimesemespéciepara,em

consonânciacomosobjetivosdoCurso,sempresobofocodesuaconstitucionalidadedemodoapossibilitarao

estudanteodesenvolvimentodecompetênciasehabilidadesqueocapacitem,graçasàcriaçãodeumaredede

sentidos,acompreenderofenômenojurídicocomoumtodoparafinsdeatuaçãoacadêmicaeprofissional.

04/03/2015

PortaldoAluno

Ementa

Ementa

 

·

CrimescontraaAdministraçãoPública.1.Consideraçõesgerais:Bemjurídicotutelado.Elementosdotipo:

objetivos,subjetivosenormativos.Sujeitosdodelito.Classificaçãododelito.Consumaçãoetentativa.Questões controvertidas­entendimentodosTribunaisSuperiores.CrimespraticadosporFuncionárioPúblicoConceitode funcionáriopúblicoparaefeitospenais.CrimespraticadosporparticularcontraaAdministraçãoPública.Crimes contraaAdministraçãodaJustiça. LegislaçãoPenalEspecial:LeideCrimesHediondoseequiparados(Lei

n.8072/1990)LeideTortura(Lein.9455/1997).LeideDrogas.Lein.11.343/2006.LeideAbusodeAutoridade(Lei

n.4898/65).CódigodeTrânsitoBrasileiro(Lein.9503/1997).EstatutodoDesarmamento(Lein.10826/2003).Lei

MariadaMariadaPenha­Crimesdeviolênciadomésticacontraamulher(Lein.11340/2006).Criminalidade

Ambiental(Lein.Lei9.605/98).

Objetivosgerais

Objetivosgerais

·

ReconhecerarelevânciadoestudointegradoentreasTeoriasdoDelito,daSançãoPenaleoscrimesem

espécie, previstos na Parte Especial do Código Penal e na Legislação Penal Especial e sua necessáriasubsunçãoaosprincípiosconstitucionais.

· Desenvolveroraciocíniocrítico­jurídicoacercadosCrimescontraaAdministraçãoPública.

· Fomentaraleitura,oestudoeaanálisecríticaacercadosCrimescontraaAdministraçãoPública.

· Identificaroscritériosdeseleçãodosbensjurídico­penaisaseremtuteladospelaLegislaçãoPenalEspeciale

asmedidasdepolíticacriminaladotadaspeloSistemadeJustiçaCriminalBrasileiraparafinsdecontrolesocial­

 

penal.

 

Objetivosespecíficos

·

Reconheceranecessáriasubsunçãodasnormaspenaisaospreceitosconstitucionaisparafinsdepromoção

deumsistemapenalpautadonadignidadedapessoahumana.

·

AplicarosinstitutosprevistosnaParteGeraldoCódigoPenalaoscrimescontraaAdministraçãoPúblicaeaos

crimesprevistosnaLegislaçãoPenalEspecialselecionada.

·

AvaliaraincidênciaeconsectáriosdosconflitosdeDireitoIntertemporalnoscrimescontraaAdministração

PúblicaenaLegislaçãoPenalEspecial.

Conteúdos

UNIDADEI.CrimescontraaAdministraçãoPública.

1.Consideraçõesgerais:Bemjurídicotutelado.Elementosdotipo:objetivos,subjetivosenormativos.Sujeitosdo

delito. Classificação do delito. Consumação e tentativa. Questões controvertidas­ entendimento dos Tribunais Superiores

04/03/2015

PortaldoAluno

2.Figurastípicas.Figurastípicasmajoradasequalificadas.

2.1.CrimespraticadosporFuncionárioPúblicoConceitodefuncionáriopúblicoparaefeitospenais.

2.1.1.Peculato.

2.1.2.Concussão.

2.1.3.Excessodeexação.

2.1.4.Corrupçãopassiva.

2.1.5.Facilitaçãodecontrabandooudescaminho.

2.1.6.Prevaricação.

2.1.7.Condescendênciacriminosa.

2.1.8.Advocaciaadministrativa.

2.1.9.Abandonodefunção.

2.1.10.Exercíciofuncionalilegalmenteantecipadoouprolongado.

2.1.11.Violaçãodesigilofuncional.

2.2.CrimespraticadosporparticularcontraaAdministraçãoPública.

2.2.1Usurpaçãodefunçãopública.

2.2.2.Resistência.

2.2.3.Desobediência.

2.2.4.Desacato.

2.2.5.Tráficodeinfluência.

2.2.6.Corrupçãoativa.

2.2.7.Contrabandooudescaminho.

2.3.DosCrimescontraaAdministraçãodaJustiça.

2.3.1.DenunciaçãoCaluniosa.

2.3.2.Comunicaçãofalsadecrimeoucontravenção.

2.3.3.Autoacusaçãofalsa.

2.3.4.Falsotestemunhooufalsaperícia.

2.3.5.Coaçãonocursodoprocesso.

2.3.6.Exercícioarbitráriodasprópriasrazões.

2.3.7.Fraudeprocessual.

2.3.8.Favorecimentopessoalereal.

2.3.9.Exploraçãodeprestígio.

2.3.10.Desobediênciaadecisãojudicialsobreperdaoususpensãodedireito.

UNIDADEII.LegislaçãoPenalEspecial.

1.LeideCrimesHediondoseequiparados­Lein.8072/1990

1.1.Critériosdetipificação,controledeconstitucionalidadeealteraçõeslegislativas.

1.2.ConflitodeDireitoIntertemporal.

1.3.Consideraçõesgerais:Bemjurídicotutelado.Elementosdotipo:objetivos,subjetivosenormativos.Sujeitosdo

delito.Classificaçãododelito.Consumaçãoetentativa.Figurastípicas.Figurastípicasmajoradasequalificadas.

Questõescontrovertidas­entendimentodosTribunaisSuperiores.

04/03/2015

PortaldoAluno

1.4.FigurasTípicas:

1.4.1.Homicídio

1.4.2.Latrocínio

1.4.3Extorsãoqualificada

1.4.4.Extorsãomediantesequestro.

1.4.5Estupro.

1.4.6.EstuprodeVulnerável.

1.4.7.Favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável

1.4.5Demaisfigurastípicaseequiparadas­critériosdetipificação.

2.LeideDrogas.Lein.11.343/2006.

2.1. Considerações gerais: Bem jurídico tutelado. Política Criminal de Drogas. Elementos do tipo: objetivos, subjetivosenormativos.Sujeitosdodelito.Classificaçãododelito.Consumaçãoetentativa.Figurastípicas.Figuras típicasmajoradasequalificadas.Questõescontrovertidas­entendimentodosTribunaisSuperiores.

2.2.DousoindevidodeDrogas

2.2.1PossedeDrogaparaconsumopessoal.

2.2.2. Oplantioparausopróprio.

2.2.3.Cessãogratuitaapessoadeseurelacionamento.

2.3.TráficodeDrogas.

2.3.1.FigurasTípicaseequiparadas.

2.3.2. AssociaçãoparaotráficoeaLein.8072/1990.

2.3.3.Financiaroucustearapraticadequalquerdoscrimesprevistosnosartigo33,capute§1º,e34daLei.

2.3.4.AfiguradoInformante.

3.LeideTortura:Lein.9455/97.

3.1.Consideraçõesgerais:Bemjurídico­penaltutelado.Art.5°,IIIeXLIX,XLIIIdaConstituiçãode1988.ALein.

9455/1997 e o art. 4°, da Convenção das Nações Unidas contra a Tortura: controle de constitucionalidade e alteraçõeslegislativas.

3.2.ConceitodeTortura.Elementosdotipo:objetivos,subjetivosenormativos.Sujeitosdodelito.Classificaçãodo

delito.Consumaçãoetentativa.Figurastípicas.Figurastípicasmajoradasequalificadas.Questõescontrovertidas

­entendimentodosTribunaisSuperiores.

3.2.Crimesemespécie.

3.3Figurasmajoradasequalificadas

3.4.ProgressãodeRegimes.Causasdeaumentodepena.

3.5.Competênciaparaprocessoejulgamento.

4.LeideAbusodeAutoridade.Lein.4898/65.

4.1 Considerações gerais: Bem jurídico­penal tutelado. Elementos do tipo: objetivos, subjetivos e normativos. Sujeitos do delito.Classificação do delito.Consumação e tentativa.Figuras típicas.Figuras típicas majoradas e qualificadas.Questõescontrovertidas­entendimentodosTribunaisSuperiores.

4.2.Direitoderepresentação.

4.3.CrimesdeAbusodeAutoridade

4.4.OCrimedeAbusodeAutoridadepraticadopormilitar­competênciaparaprocessoejulgamento.

5.CódigodeTrânsitoBrasileiro­Lein.9503/1997

04/03/2015

PortaldoAluno

5.1.CrimesdeTrânsito.Consideraçõesgerais:Crimesdeperigoecrimesdedano.Objetividadejurídica:imediatae

mediata. Elementos do tipo: objetivos, subjetivos e normativos. Sujeitos do delito. Classificação do delito. Consumação e tentativa. Figuras típicas. Figuras típicas majoradas e qualificadas. Questões controvertidas ­entendimentodosTribunaisSuperiores.

5.2.CrimesemEspécie:

5.2.1.HomicídioCulposo.

5.2.2.LesãoCorporalCulposa.

5.2.3.Participaçãoemcompetiçãonãoautorizada.

5.2.4 OdelitodeEmbriaguezaoVolante.

6.Lein.10826/2003­EstatutodoDesarmamento.

6.1.SistemaNacionaldeArmas.

Elementos do tipo:

objetivos, subjetivos e normativos. Sujeitos do delito. Classificação do delito. Consumação e tentativa. Figuras típicas.Figurastípicasmajoradasequalificadas.Questõescontrovertidas­entendimentodosTribunaisSuperiores.

AADIn.3112/DF.

6.2. Considerações Gerais: Objetividade jurídica: imediata e mediata. Crimes de

6.3. Crimesemespécie.

6.3.1.PosseIrregulardeArmadeFogodeusopermitido.

6.3.2.OmissãodeCautela

6.3.3.PorteIlegaldeArmadeFogodeusopermitido.

6.3.4.DisparodeArmadeFogo.

6.3.5.PosseouPorteIlegaldeArmadeFogodeusorestrito.

6.3.6.ComércioIlegaldeArmadeFogo.

6.3.7.TráficoInternacionalde ArmadeFogo.

7.Lein.11340/2006.Crimesdeviolênciadomésticacontraamulher.

7.1.ConsideraçõesGerais:Políticacriminaleviolênciadegênero.DistinçãoentreViolênciadeGêneroeViolência

Doméstica.

7.2.Competênciaparaprocessoejulgamento.

7.3.AaçãopenaleaADI4424.

7.4.Asmedidasprotetivasdeurgênciaàofendidaeasmedidasqueobrigamoagressor.

8.Lein.9605/1998.CriminalidadeAmbiental.

8.1.AsOrigenshistóricaseprincípiospolítico­criminaisnorteadores.

8.2.PrincípiosdaPrevençãoePrecaução.

8.3 ArelaçãoentreDireitoAdministrativoSancionadoreDireitoPenaldeIntervençãoMínima.

8.4.Oconfrontoentreaacessoriedadeadministrativaeoprincípiodalegalidade.

8.5.Aresponsabilidadepenaldapessoajurídicaesistemadaduplaimputação.

8.6.Principaisfigurastípicas.

Indicaçãodomaterialdidático

?ANDREUCCI,RicardoAntonio.LegislaçãoPenalEspecial.6.ed.SãoPaulo:Saraiva,2010.

04/03/2015

PortaldoAluno

9788502089716.

CapítuloVI.CódigodeTrânsitoBrasileiro–19pgs.

?CAPEZ,Fernando.CursodeDireitoPenal.5.ed.v.4.SãoPaulo:Saraiva,2010v.4.ISBN

9788502086272.

CapítuloIII.CrimesHediondos–74pgs.

?NUCCI,GuilhermedeSouza.ManualdeDireitoPenal.ParteGeral.ParteEspecial.

6.ed.SãoPaulo:RevistadosTribunais,2010.ISBN978­85­203­3567­3.

Título XI. Capítulo I. Dos crimes praticados por funcionário público contra Administração

Públicaemgeral.Pp.987a1021;34pgs.

TítuloXI.CapítuloII.DoscrimespraticadosporparticularcontraAdministraçãoPúblicaem

geral.Pp.1022a1043;21pgs.

Mapaconceitual

Mapaconceitual

Vejaarquivoemanexo

Procedimentosdeavaliação

NoCursodeDireito,aavaliação sedádeformacontinuada.Istoé,antesdecadaaulao estudantedeverásolucionaroscasosconcretosqueseencontramnawebauladadisciplinae postarsuasrespostasnoambienteonline.

Apósarevisãoeautocorreção,oestudantedeverárefazeraanálisedocasoconcreto,no ambiente webaula, acrescentando citações doutrinárias e jurisprudenciais. Oconjunto dos

trabalhospráticosrealizadosaolongodoperíodovalerãoaté2,0(dois)pontosnaAV1,AV2e

AV3.

 

AsAV1,AV2EAV3serãorealizadasatravésdeprovasescritas,valendo,nomínimo,até8,0(oito)

pontos,contendoquestõesobjetivasediscursivas,sendo,aomenosumadasquestões,umcasoconcretopara análiseeresolução. Asomadetodasasatividades(provasescritaseresoluçãodoscasosaulaaaula)comporãoograufinalde

cadaavaliação,nãopodendoultrapassarograumáximode10(dez),sendopermitidoatribuirvalordecimalàs

 

avaliações.

AAV1contemplaráoconteúdodadisciplinaatéasuarealização,incluindoodasatividadesestruturadas,nas

disciplinasqueascontenham.

 

AsAV2eAV3abrangerãotodooconteúdodadisciplina,incluindoodasatividadesestruturadas.

Paraaprovaçãonadisciplinaoalunodeverá:

1.

Atingirresultadoigualousuperiora6,0,calculadoapartirdamédiaaritméticaentreosgrausdasavaliações,

sendoconsideradasapenasasduasmaioresnotasobtidasdentreastrêsetapasdeavaliação(AV1,AV2eAV3).A

médiaaritméticaobtidaseráograufinaldoalunonadisciplina.

2. Obtergrauigualousuperiora4,0em,pelomenos,duasdastrêsavaliações.

3. Frequentar,nomínimo,75%dasaulasministradas.

Bibliografiabásica

· ANDREUCCI,RicardoAntonio.LegislaçãoPenalEspecial.6.ed.SãoPaulo:Saraiva,2010.9788502089716

· CAPEZ,Fernando.CursodeDireitoPenal.7.ed.v.4.SãoPaulo:Saraiva,2012ISBN9788502086272.

04/03/2015

PortaldoAluno

· NUCCI,GuilhermedeSouza.ManualdeDireitoPenal.10.ed.Forense. legendadeícones: ­Concluído ­Parcialmenteconcluído
·
NUCCI,GuilhermedeSouza.ManualdeDireitoPenal.10.ed.Forense.
legendadeícones:
­Concluído
­Parcialmenteconcluído
­Marcado
­Pontuável
­Aprovado
­Reprovado