Sei sulla pagina 1di 9

Logística Empresarial

Aula 4

Prof. Me. John Jackson Buettgen

Contextualização

Permitem a distribuição de atividades econômicas dentro de determinadas regiões de forma equilibrada, garantindo ocupação ordenada do espaço geográfico, evitando concentração em grandes centros

geográfico, evitando concentração em grandes centros Plataformas Logísticas  As plataformas logísticas

Plataformas Logísticas

As plataformas logísticas surgem como uma resposta à dinâmica da economia, altamente exigente em termos de desempenho e de capacidade de resposta ao aumento da diversidade de demandas

Instrumentalização

Conceito

“Plataforma logística é uma área de serviços logísticos que se situa em um ponto nodal do sistema de transportes e da cadeia logística.”

(ROSA, 2004 apud RAZZOLINI FILHO, 2011, p. 131)

Trata-se de uma infraestrutura logística multimodal, que conta com a possibilidade da prática da intermodalidade de transportes, suporte de recursos de telecomunicações, de tecnologia de informação e apoio comercial

O envolvimento do Poder Público é fundamental. Determinados setores governamentais têm influência nos resultados da operação logística, como a Receita Federal nos negócios internacionais

como a Receita Federal nos negócios internacionais  As plataformas logísticas surgem como diferenciais em

As plataformas logísticas surgem como diferenciais em soluções logísticas, principalmente levando- se em conta a eficiência na execução dos prazos e custos, colocando as indústrias de uma região em posição de competitividade no contexto do comércio mundial

O uso das tecnologias TIC eleva a eficiência, minimiza erros e evita

a redundância de procedimentos. Com isso, reduz tempos de

operação e obtém transparência

e segurança

Investimentos se complementam com a desburocratização para um desempenho ótimo

Razões para Existência das Plataformas

 

Mercado Internacional

A expansão do mercado internacional, em que prazo de pagamento, preço e qualidade são substituídos por agilidade, flexibilidade e rapidez na resposta

Dá condições para a globalização

 

Necessidade de Intermodalidade

O

Brasil é marcado pela

predominância de seu modal rodoviário, mas a prática do comércio internacional exige que sejam criadas condições adequadas para outros modais

As Parcerias Público Privadas (PPP) permitem que os investimentos realizados pela

iniciativa privada tenham retorno,

que o Poder Público obtenha desenvolvimento regional e gere empregos

e

obtenha desenvolvimento regional e gere empregos e Expansão Local  Dinamização da economia regional

Expansão Local

Dinamização da economia regional ao criar condições para instalação de empresas industriais e comerciais, geração de empregos, integração regional em função da intermodalidade, a interiorização do desenvolvimento etc.

O Envolvimento do Governo

O elevado nível de investimento

e

o longo prazo de retorno

dos mesmos são fatores que determinam a participação do

Estado

A

transferência para a iniciativa

privada se dá lentamente

Definição de Plataforma Logística

Definição

“Uma plataforma logística é um local que reúne facilidades que permitem melhorar a eficiência logística. Isso implica organizar, de forma eficiente, o fornecimento e a distribuição de produtos e, como consequência, reduzir os custos operacionais.”

(DUARTE, 1999 apud RAZZOLINI FILHO, 2011, p. 129)

Tipologia

a) Sítios logísticos: espaços

delimitados de atuação

de um operador

Sítio: estratégia individual (único operador) (único operador)

Zona: estratégia coletiva (vários operadores) (vários operadores)

operador) Zona: estratégia coletiva (vários operadores) Polo: concentração de atividades logísticas (vários

Polo: concentração de atividades logísticas (vários operadores)

de atividades logísticas (vários operadores)  São voltadas para a satisfação do cliente

São voltadas para a satisfação

do cliente (fornecedor, indústria,

operadores etc.), que conduz a

uma integração

b) Zonas logísticas: espaços

delimitados para diversos

operadores, destinados

à multimodalidade

c) Polos logísticos: espaços amplos

com várias zonas e sítios

O polos logísticos são o que

se convencionou chamar

de “plataformas logísticas”,

concentrando diversas atividades

logísticas e vários operadores

logísticos em uma mesma

localização

Tipos de Plataformas

Portos: possibilitam o transporte hidroviário e armazenagem, consolidação/desconsolidação e despacho/desembaraço aduaneiro

Estação Aduaneira Interior (Eadi):

igual ao porto seco, mas com a possibilidade de realizar operações aduaneiras

Global Transpack: grande plataforma que conta com todas as possibilidades e facildades das outras, além de poder operar transporte aéreo. Abrange grandes áreas continentais

Atividades

Primárias: processamento de pedidos, manutenção de estoques e transporte

Secundárias: armazenagem, manuseio de materiais, embalagem de proteção, obtenção, programação de produtos e manutenção de informações

pro gramação de produtos e manutenção de informações  Porto seco: possibilita transportes rodoviário e

Porto seco: possibilita transportes rodoviário e ferroviário, além das outras atividades dos portos

Elementos Integrantes de uma Plataforma

Áreas Específicas da Plataforma

Área de serviços gerais: recepção de informações, alimentação, acomodações, serviços financeiros, estacionamento, abastecimento, manutenção, serviços alfandegários, administração, telecomunicação etc.

Área de transportes: infraestrutura para os diferentes modais, como conexões regionais, as plataformas são multimodais

Aplicação

A Europa é servida por uma rede

de plataformas que é responsável

por uma redução de até 12%

nos custos logísticos e de um

acréscimo de produtividade de

40% em relação a empresas que

não realizam operações por

plataformas

a empresas que não realizam operações por plataformas  Área para os operadores logísticos: áreas adjacentes

Área para os operadores logísticos: áreas adjacentes às áreas públicas (corretagem, fretamentos, despacho e desembaraço aduaneiro, assessoria e consultoria, aluguel de equipamentos, armazenagem, transporte e distribuição)

As plataformas logísticas nasceram

na década de 1960, na França

O Brasil

A primeira plataforma logística

de maior abrangência está em

implantação na cidade de

Anápolis. É o projeto Plataforma

Logística Multimodal de Goiás,

com o entroncamento de rodovias

federais e estaduais e (

)

) (

regional de mercadorias, consequência da previsão de instalação de grandes atacadistas, tanto concentradores quanto distribuidores de mercadorias, e a presença dos terminais ferroviário e aeroviário

concentrando a distribuição

3.

Centro do eixo Goiânia – Anápolis – Brasília – terceiro maior aglomerado urbano do país

4.

Polo universitário – sede da Universidade Estadual de Goiás e de outras instituições de ensino superior particulares

6.

Polo farmacêutico – o maior do Estado e importante produtor de medicamentos genéricos

7.

Possui um importante entroncamento rodoviário e futura interligação ferroviária do norte com o sudeste do país

interligação ferroviária do norte com o sudeste do país Por que Anápolis, em Goiás? 1. Historicamente

Por que Anápolis, em Goiás?

1.

Historicamente possui vários atacadistas e distribuidores

2.

Possui importante parque industrial do Estado – o Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia)

5.

Local privilegiado para a instalação do projeto – entre

o

Daia, o Aeroporto Civil de

Anápolis e a Ferrovia Centro- Atlântica, sendo, ainda, limítrofe

uma Eadi (Estação Aduaneira Interior)

a

7
7

O Brasil Hidrovia Tietê-Paraná

É uma via de navegação situada entre as regiões sul, sudeste e

centro-oeste do Brasil, que permite

a navegação e, consequentemente,

o transporte de cargas e de passageiros ao longo dos rios

Paraná e Tietê. (

)

de passageiros ao longo dos rios Paraná e Tietê. ( ) ) ( viabiliza a passagem
de passageiros ao longo dos rios Paraná e Tietê. ( ) ) ( viabiliza a passagem
de passageiros ao longo dos rios Paraná e Tietê. ( ) ) ( viabiliza a passagem
de passageiros ao longo dos rios Paraná e Tietê. ( ) ) ( viabiliza a passagem

) (

viabiliza a passagem pelos desníveis das muitas represas existentes nos dois rios

Um sistema de eclusas

pelos desníveis das muitas represas existentes nos dois rios Um sistema de eclusas Comboio-tipo da Hidrovia
Comboio-tipo da Hidrovia 8
Comboio-tipo da Hidrovia
8

Síntese

Envolvimento do Poder Público

e abertura à iniciativa privada

Estimula a flexibilização da matriz

de transportes

Referências de Apoio

RAZZOLINI FILHO, Edelvino. Logística empresarial no Brasil: tópicos especiais. 2. ed. Curitiba: Ibpex, 2011.

Brasil : tópicos especiais. 2. ed. Curitiba: Ibpex, 2011.  Diferencial competitivo proporcionado pelo foco no

Diferencial competitivo

proporcionado pelo foco no core

business e custos reduzidos pela

elevação dos níveis de

produtividade

Satisfazer o cliente com a

melhoria dos níveis de serviço,

obtidos com base na centralização

de diversas atividades logísticas

o cliente com a melhoria dos níveis de serviço, obtidos com base na centralização de diversas