Sei sulla pagina 1di 33
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012
GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012

GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL

GUIA DE COMUNICAÇÃOVISUAL 1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012

1ª REVISÃO - FEVEREIRO 2012

GUIA DE COMUNICAÇÃO VISUAL

PRESIDENTE Wagner Pinheiro de Oliveira

CHEFE DO GABINETE DA PRESIDÊNCIA Adeilson Ribeiro Telles

CHEFE DO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA Graziela Maria Godinho Cavaggioni

DESENVOLVIMENTO - 1992 Bertoni Programação Visual Departamento de Engenharia e Manutenção

1ª REVISÃO - 2012 Jessé Gusmão de Abreu - Departamento de Comunicação Estratégica

ARTE Bertoni Programação Visual - 1992 Jessé Gusmão de Abreu - 2012

“Este Guia é anexo ao capítulo 10, módulo 6 do Manual de Comunicação - MANCOM, dos Correios.”

APRESENTAÇÃO Os Correios, cientes da importância que os seus elementos visuais de contato têm para
APRESENTAÇÃO
Os Correios, cientes da importância que os seus
elementos visuais de contato têm para a comu-
nicação com seus diversos públicos, desenvol-
veu este guia estabelecendo um PADRÃO DE
IDENTIDADE VISUAL próprio.
A manutenção e o bom funcionamento do
sistema de identidade visual depende de todos
os colaboradores dos Correios e de seus par-
ceiros, aplicando corretamente os elementos e
corrigindo eventuais distorções.
O órgão competente pela criação,
desenvolvimento e aprovação de usos de
marcas e sistemas de identidade visual nos
Correios é o Departamento de Comunicação
Estratégica - DECOE.
Ações que envolvam a aplicação de marcas
na criação ou alteração da programação visual
de algum elemento de comunicação que impacte
na imagem da empresa deverão ser submetidas
à análise e aprovação do DECOE, visando à
integridade da Identidade Visual da organização.
Enquadram-se nesta determinação, entre
outros elementos já existentes ou que venham a
ser desenvolvidos: frota, caixas de coleta,
programação visual de agências e prédios,
papelaria, uniformes, crachás, embalagens e
produtos.
3
A REVISÃO A marca Correios foi normatizada por meio deste guia no ano de 1992.
A REVISÃO
A marca Correios foi normatizada por meio
deste guia no ano de 1992.
Em 20 anos muita coisa mudou: os proces-
sos de impressão se modernizaram e novos
meios de comunicação e interfaces surgiram, per-
meando a sociedade e a atividade dos Correios.
Sem alterar as concepções básicas dos
seus elementos de identificação visual originais,
foram renovados, uniformizados e definidos os
critérios para diversas formas de aplicações.
Esta versão do Guia de Comunicação Visual
foi lançada em fevereiro de 2012.
DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO
ESTRATÉGICA
Graziela Maria Godinho Cavaggioni
COORDENAÇÃO
Lenize Fátima Baseggio
ANÁLISES, REVISÃO E PROJETO GRÁFICO
Jessé Gusmão de Abreu
COLABORAÇÃO
Erika AyumiYoda Nakasu
Fernanda Helena de Medeiros Fernandes Freire
Jamile Costa Sallum
Mariana Gonçalves de Freitas Oliveira
Mauricio Prado Figueiroa
Miriam Guimarães
Tarcísio Ribeiro Freire Junior
4
MARCA
MARCA

MARCA

MARCA
MARCA 5
MARCA 5
MARCA 5
MARCA 5
MARCA 5
ELEMENTOS PRIMÁRIOS A marca Correios é formada por elementos primários de propriedade e uso exclusivo
ELEMENTOS
PRIMÁRIOS
A marca Correios é formada por elementos
primários de propriedade e uso exclusivo dos
Correios. Observar as regras prescritas neste
guia garante a integridade da identidade visual
da empresa, responsabilidade de todos os em-
pregados e parceiros. Nas próximas páginas são
apresentados os elementos e sua forma de
utilização.
O uso da marca ou de seus elementos
constituintes está condicionado à aprovação do
DECOE.
CORES
Elementos de mais rápida identificação, as
cores da marca Correios permeiam toda a identi-
dade visual da empresa. Inspiradas na bandeira
do Brasil, o Amarelo Correios e o Azul Correios
transmitem a brasilidade, com grande reconheci-
mento e significado para todos os brasileiros .
1
As cores não podem ser alteradas em suas
aplicações. Para cada aplicação devem ser
seguidas rigidamente as orientações deste guia.
MARCA SÍMBOLO
Também chamado de símbolo ou grafema, a
marca símbolo é um conjunto gráfico indivisível
que confere valor de movimento, dinamismo e
velocidade à marca Correios.
Comumente chamado de “setas” , sua apli-
cação deve seguir o desenho apresentado neste
guia e sempre a partir de arquivos originais
fornecidos pela área gestora das marcas:
1
1
Departamento de Comunicação Estratégica -
DECOE.
LOGOTIPO
O logotipo é o desenho da palavra Correios
que torna sua grafia distintiva. Sua construção
geométrica confere equilíbrio e valor de segu-
rança à marca e passa a percepção de qualidade
técnica na sua construção .
2
6

logotipo (desenho/forma da letra)

marca símbolo, símbolo ou grafema

(desenho/forma da letra) marca símbolo, símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa
(desenho/forma da letra) marca símbolo, símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa

marca, logo ou assinatura horizontal

símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa Qualitativa de Recall / Institucional e
símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa Qualitativa de Recall / Institucional e
símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa Qualitativa de Recall / Institucional e
símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa Qualitativa de Recall / Institucional e
símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa Qualitativa de Recall / Institucional e
símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa Qualitativa de Recall / Institucional e
símbolo ou grafema marca, logo ou assinatura horizontal 1 Pesquisa Qualitativa de Recall / Institucional e

1 Pesquisa Qualitativa de Recall / Institucional e sobre a Marca Correios - Instituto Nominal / Link - abril de 2011 2 Pesquisa de Pré-teste de Comunicação - Instituto Mediator / Arplan - abril de 2011

CORES

CORES 7
CORES As cores institucionais dos Correios são o amarelo e o azul nas tonalidades específicas
CORES As cores institucionais dos Correios são o amarelo e o azul nas tonalidades específicas
CORES As cores institucionais dos Correios são o amarelo e o azul nas tonalidades específicas
CORES As cores institucionais dos Correios são o amarelo e o azul nas tonalidades específicas
CORES As cores institucionais dos Correios são o amarelo e o azul nas tonalidades específicas
CORES
As cores institucionais dos Correios são o
amarelo e o azul nas tonalidades específicas e
são denominadas “Amarelo Correios” e “Azul
Correios”.
A cor branca adotada para dar maior desta-
que à marca símbolo, dada sua característica
cromaticamente neutra, não é considerada como
cor institucional.
AMARELO
CORREIOS
— Pantone
122C
— CMYK:
Amarelo
Magenta
100%
10%
— RGB:
255 220 0
— HEXADECIMAL:
#FFDC00
— Amarelo 500 da Coral
AZUL
CORREIOS
— Pantone
281C
— CMYK:
Ciano
Magenta
Preto
100%
70%
30%
— RGB:
0 35 105
— HEXADECIMAL:
#002369
— Azul Del Rey 164 da Coral
Outros códigos para representação das
cores institucionais serão acrescentados, caso a
caso, nos demais módulos para comunicação
visual referentes a veículos, fachadas, sinaliza-
ção, uniformes e em qualquer meio que se faça
necessário padronizar. Para acessá-los, visitar a
página na intranet do departamento responsável
por normas e padrões de engenharia e infraes-
trutura, conforme o caso.
8
na intranet do departamento responsável por normas e padrões de engenharia e infraes- trutura, conforme o
na intranet do departamento responsável por normas e padrões de engenharia e infraes- trutura, conforme o

MARCA SÍMBOLO

MARCA SÍMBOLO 9
MARCA SÍMBOLO 9
MARCA SÍMBOLO 9
MARCA SÍMBOLO 9
MARCA SÍMBOLO 9
MARCA SÍMBOLO 9
MARCA SÍMBOLO 9
MARCA SÍMBOLO 9
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento

DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO

DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento de
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento de
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento de
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento de
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento de
DESENHO E MÉTODO CONSTRUTIVO A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento de
A MARCA SÍMBOLO A marca símbolo compõe o principal ele- mento de identificação visual da
A MARCA
SÍMBOLO
A marca símbolo compõe o principal ele-
mento de identificação visual da empresa, de-
vendo ser rigorosamente respeitada nas suas
formas gráficas.
Na sua aplicação, não é permitido recons-
truir a forma. Sempre que for necessário, devem
ser utilizados os arquivos originais dos Correios.
10
55 y 6,93 y 11 y 11 y 30º 36 y 12 y 12 y
55 y
6,93 y
11 y
11 y
30º
36 y
12 y
12 y
12 y
1,38 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
1,38 y
1,38 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y
0,73 y
1,22 y

LOGOTIPO

LOGOTIPO 11

LETRA C

2,5x ½x 3x x 2,5x
2,5x
½x
3x
x
2,5x

LETRA R

1,5x

B A P L E F C3 C1 P3 J P6 G C2 P1 M
B
A
P
L
E
F
C3
C1
P3
J
P6
G
C2
P1
M
P5
Q
P4
P2
C
D
x
H
I
3x
5x
½x
x
1,5x
2,5x

LETRA O

2,5x ½x x 2,5x
2,5x
½x
x
2,5x

LETRA E

2,5x ½x 3x x x x 2,5x
2,5x
½x
3x
x
x
x
2,5x
logotipo 1 MÉTODO CONSTRUTIVO DO LOGOTIPO CORREIOS Este método ilustra a construção das letras, suas
logotipo
1
MÉTODO
CONSTRUTIVO
DO LOGOTIPO
CORREIOS
Este método ilustra a construção das letras,
suas relações geométricas intrínsecas, que con-
ferem harmonia ao logotipo. Na aplicação, não é
permitido reconstruir as letras. Utilizar sempre
traços originais de arquivos fornecidos pelo
Departamento de Comunicação Estratégica dos
Correios.
Na versão de 2012 foi revisado o desenho da
letra R para evitar distorções de desenho por
ganho de ponto na maior parte das aplicações.Foi
acrescentado o passo 10 na construção, criando
umanovaretaperpendicularàhastedaletra.
LETRA R
1 - Criar a polilinha AB, BC, CD, DE e EF;
2 - Criar o centro C1, a partir do extremo A;
3 - Criar os pontos P1 e P2 a partir do extremo D;
4 - Ligar os pontos P1 e P2, caindo da linha GH e
fazer com o compasso sua mediatriz, criando a
linha IJ;
5 - No cruzamento da horizontal que passa por P1
com a linha IJ, criar o centro C2 e traçar as
curvas P1 P2 e P4 P5;
6 - Criar o ponto P3, com a linha LM que deve
passar pelos centros C1 e C2;
7 - Ligar os pontos P1 e P3, e fazer com o compasso
a sua mediatriz, criando a linha PQ;
8 - No cruzamento da linhas LM e PQ, marcar o
centro C3 e traças as curvas P1 P3 e P5 P6.
9
- Com o compasso no centro C1 completar as
curvas A P6 e F P3.
10 - Acrescentar o segmento de reta horizontal ½x
abaixo da linha horizontal que passa por P1,
ligando os segmentos P1 D e P1 P2.
12

5x

LETRA I

x
x

LETRA S

D P1 P3 A C1 B F P4 P2 C2 E C P5 P6 x
D
P1
P3
A C1
B
F
P4
P2
C2
E C
P5
P6
x
2x
R=3,5x
5x
2x
x

ESPAÇAMENTO ENTRE AS LETRAS

0,5x 0,5x 0,75x 0,5x 0,75x 0,5x 0,5x 3x 5x 3x 3x 3x x 5x 2x
0,5x
0,5x
0,75x
0,5x
0,75x
0,5x
0,5x
3x
5x
3x
3x
3x
x
5x
2x
5x
logotipo 2 LETRA S 1 - Traçar as linhas AB e CD, que são per-
logotipo
2
LETRA S
1 - Traçar as linhas AB e CD, que são per-
pendiculares, e, no encontro das duas,
marcar o centro C1;
2 - Traçar a linha EF, passando pelo centro
C1, fazendo ângulo de 45º com relação
às perpendiculares, passando pelo
quadrante AC;
3 - Com o compasso em C1 e uma abertura
de R=3,5x, marcar o centro C2;
4 - Compasso em C1 e após em C2, traçar
as curvas P1 P2, P3 P4, P2 P5 e P4 P6;
5 - Ligar os pontos P1 P3, P5 P6.
DEMAIS LETRAS
O desenho das letras C e O se baseiam no
desenho da letra “e”.
13

ASSINATURAS

ASSINATURAS 14
ASSINATURAS 14
ASSINATURAS 14
ASSINATURAS 14
ASSINATURAS 14
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São

ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples)

ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São
ASSINATURA HORIZONTAL (institucional simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São

ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese)

simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São composições que identificam os Correios
simples) ASSINATURA VERTICAL (institucional síntese) ASSINATURAS São composições que identificam os Correios
ASSINATURAS São composições que identificam os Correios a partir de seus elementos de identidade visual
ASSINATURAS
São composições que identificam os
Correios a partir de seus elementos de
identidade visual primários já listados: cores,
marca símbolo e logotipo. Não há assinatura
preferencial, todavia para cada aplicação uma
assinatura será indicada mais adequada pelos
Guias Técnicos ou pela área responsável pela
aplicação. Em todo o caso omisso deverá ser
consultado o Departamento de Comunicação
Estratégica dos Correios.
ASSINATURA HORIZONTAL
(institucional simples)
A assinatura horizontal, ou assinatura
institucional simples, valoriza a visualização e
leitura do logotipo.
ASSINATURAVERTICAL
(institucional síntese)
A assinatura vertical ou institucional síntese
valoriza a visualização do símbolo para maior
velocidade de identificação. Seu desenho foi
idealizado como uma opção à assinatura
horizontal (simples), porém com características
próprias: é compacta, ocupando assim um
menor espaço, tendo por função divulgar com
maior evidência a marca símbolo.
Em seguida são apresentadas as versões
de cada assinatura, orientações de uso e casos
de uso inadequado.
15
MÉTODO CONSTRUTIVO - Composição A y y y 60y 151,6y 214,6 y yy 43y 45y
MÉTODO CONSTRUTIVO - Composição A y y y 60y 151,6y 214,6 y yy 43y 45y
MÉTODO CONSTRUTIVO - Composição A y y y 60y 151,6y 214,6 y yy 43y 45y

MÉTODO CONSTRUTIVO - Composição A

y y y 60y 151,6y 214,6 y yy 43y 45y
y
y
y
60y
151,6y
214,6 y
yy
43y
45y

MÉTODO CONSTRUTIVO - Composição B

y y y 58y 153,6y 214,6 y
y
y
y
58y
153,6y
214,6 y

45y

1 ASSINATURA HORIZONTAL (INSTITUCIONAL SIMPLES) A assinatura institucional simples visa a atender diversas
1
ASSINATURA
HORIZONTAL
(INSTITUCIONAL SIMPLES)
A assinatura institucional simples visa a
atender diversas aplicações. Às duas composi-
ções já previstas no guia original, aqui identifi-
cadas como A e C, foi incluída a composição B
nesta versão do Guia de Comunicação Visual,
mantendo o equilíbrio gráfico. Para mais deta-
lhes, veja nota de revisão, abaixo.
COMPOSIÇÃO A
Esta é a composição principal da assinatura
horizontal, utilizada para versões colorida posi-
tiva e traço positiva e negativa.
É a assinatura simples padrão, com um fio
que delimita o campo do logotipo Correios para
evitar sua descaracterização nas aplicações
sobre superfícies de cor clara ou em impressos
em preto e branco.
COMPOSIÇÃO B
Para a utilização das assinaturas sobre
fundo escuro, mantendo o valor da identidade
cromática do Amarelo Correios, criou-se a com-
posição B, com inclusão de fio branco em torno
da marca símbolo para seu destaque sobre
fundos de cor escura. É utilizada na versão colo-
rida negativa da assinatura horizontal.
REVISÃO
Nesta versão do Guia de Comunicação
Visual foram organizadas as composições das
assinaturas institucionais, tomando a seguinte
ordem:
Versão Anterior Esta Versão
Composição 1
Composição C
Composição 2
Composição A
---
Composição B
16
Composição C 0,5x 0,5x 0,75x 0,5x 0,75x 0,5x 0,5x 3x 5x 3x 3x 3x x
Composição C 0,5x 0,5x 0,75x 0,5x 0,75x 0,5x 0,5x 3x 5x 3x 3x 3x x
Composição C 0,5x 0,5x 0,75x 0,5x 0,75x 0,5x 0,5x 3x 5x 3x 3x 3x x

Composição C

0,5x 0,5x 0,75x 0,5x 0,75x 0,5x 0,5x 3x 5x 3x 3x 3x x 5x 2x
0,5x
0,5x
0,75x
0,5x
0,75x
0,5x
0,5x
3x
5x
3x
3x
3x
x
5x
2x
2,5y
7,2y
7,2y
2,5y
55y
139,2y
60y
y
153,6y
214,6 y
x x
= = 4,8 4,8 y y
45y
4,5y
36y
4,5y
10,5y10,5y
24y
45y
assinatura simples 2 COMPOSIÇÃO C É a assinatura simples padrão dos Correios, da qual se
assinatura simples
2
COMPOSIÇÃO C
É a assinatura simples padrão dos Correios,
da qual se derivaram as composições A e B. Sua
aplicação é restrita em função de suas limitações
gráficas. Tem sua principal aplicação na execu-
ção de letreiros de fachada.
17

12y

12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 30mm redução máxima impressão em policromia laser /
12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 30mm redução máxima impressão em policromia laser /
12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 30mm redução máxima impressão em policromia laser /

MARGEM DE SEGURANÇA

12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 30mm redução máxima impressão em policromia laser /

12y

LIMITE DE REDUÇÃO

30mm
30mm

redução máxima impressão em policromia laser / offset

redução máxima impressão em policromia laser / offset 20mm redução máxima impressão monocromática laser /

redução máxima impressão em policromia laser / offset 20mm redução máxima impressão monocromática laser /

20mm

redução máxima impressão monocromática laser / offset

redução máxima impressão monocromática laser / offset 70 pixels redução máxima mídia eletrônica digital

redução máxima impressão monocromática laser / offset 70 pixels redução máxima mídia eletrônica digital

70 pixels

redução máxima mídia eletrônica digital

assinatura simples 3 MARGEM DE SEGURANÇA A margem de segurança visa manter a integridade gráfica
assinatura simples
3
MARGEM DE SEGURANÇA
A margem de segurança visa manter a
integridade gráfica da marca, a despeito de
elementos gráficos adjacentes. Ela garante a
legibilidade e preserva a visualização dos ele-
mentos da marca.
Nenhum elemento gráfico poderá figurar
dentro da área delimitada.
Para a assinatura simples, a margem de
segurança equivale a um terço da altura do
símbolo, 12y.
LIMITE DE REDUÇÃO
O limite de redução da aplicação da assina-
tura simples é definido visando a manutenção de
todos os elementos constituintes do logotipo, do
símbolo e da assinatura.
O limite de redução para meios eletrônicos
de baixa resolução admite fundição entre os me-
nores elementos da marca símbolo.
A redução máxima da assinatura dependerá
do sistema de impressão e do suporte utilizado, e
obedece às seguintes regras:
Meio
Limite de Redução
(largura)
impressão laser ou offset policromia
impressão laser ou offset PB
serigrafia em material liso
serigrafia em tecido
recorte em vinil ou adesivo
mídia digital
30 mm
20 mm
30 mm
50 mm
120 mm
70 pixels
Caso se constate alguma forma de
aplicação não prevista nos Guias Técnicos, con-
sultar
o
Departamento
de Comunicação
Estratégica dos Correios.
18
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS

VERSÃO COLORIDA POSITIVA

VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E

VERSÃO COLORIDA NEGATIVA

VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
assinatura simples 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E NEUTROS Para simplificação e padronização
assinatura simples
4
USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS
COLORIDOS E NEUTROS
Para simplificação e padronização dos de-
senhos das assinaturas, adotou-se um mesmo
desenho para todas as suas variações,
reduzindo dessa forma a margem de erro e de
dúvidas quanto às suas aplicações.
USO DOS FIOS
As aplicações da marca Correios sempre
contam com o uso do fio, conforme as com-
posições apresentadas no início desta seção,
para preservação do peso gráfico da marca,
conforme os casos a seguir:
VERSÃO COLORIDA POSITIVA
(para uso em fundos claros)
A assinatura simples na versão colorida
positiva conta com um fio em torno do logotipo
Correios, assegurando a delimitação da caixa
amarela destacando-a do fundo claro.
VERSÃO COLORIDA NEGATIVA
(para uso em fundos escuros)
Na versão colorida negativa, a assinatura
simples conta com um fio em torno da marca sím-
bolo, assinalando os limites da caixa azul e
destacando-a do fundo escuro.
19
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20

VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL

VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20

VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO

VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
VERSÃO COLORIDA EM FUNDO AZUL VERSÃO COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura simples 5 20
assinatura simples 5 20
assinatura simples
5
20

assinatura simples

6

assinatura simples 6 VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM
assinatura simples 6 VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM

VERSÃO TRAÇO POSITIVA

assinatura simples 6 VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM
assinatura simples 6 VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM
assinatura simples 6 VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM

VERSÃO TRAÇO NEGATIVA

simples 6 VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO
simples 6 VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO

VERSÃO TRAÇO VAZADA

POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas
POSITIVA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas

USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO

As assinaturas coloridas sempre terão preferência de aplicação. A assinatura em versão traço deverá ser utilizada somente em casos de limitação de processo gráfico.

APLICAÇÃO SOBRE RETÍCULAS

Em aplicações sobre fundo com até 50% de preto, utilizar a versão traço positiva (para fundos claros). Sobre fundo com mais de 50% de preto utilizar a versão traço negativa (para fundos escuros).

VERSÃO CINZA

A marca Correios nunca poderá ser aplicada em tons de cinza. Utilizar as versões traço positiva ou negativa já apresentadas.

ASSINATURATRAÇO VAZADA (SILK) - EXCEÇÃO

Excepcionalmente, somente em casos de uso em serigrafia (silk) e processos de impres- são limitados a uma só cor, utilizar a versão da assinatura em preto ou branco vazada, dando preferência à que tiver maior contraste com o fundo. Somente sobre fundo Azul Correios, Amarelo Correios e tons de cinza admite-se aplicar a versão vazada nas cores institucionais. Usar somente sobre fundos lisos, sem texturas nem elementos gráficos. Tais aplicações devem ser aprovadas pelo Departamento de Comunicação Estratégica - DECOE.

assinatura simples

7

assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta

USO INCORRETO

assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta

USO CORRETO

assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta
assinatura simples 7 USO INCORRETO USO CORRETO EXEMPLOS DE USO INCORRETO De grande valor didático, esta

EXEMPLOS DE USO INCORRETO

De grande valor didático, esta seção exem- plifica casos de uso incorreto da assinatura e suas respectivas correções. Seguem alguns exemplos:

- Aplicação sobre fundos complexos ou de

cores diversas: não utilizar a assinatura vazada. Utilizar a assinatura colorida ou preta e branca de maior contraste com o fundo.

- Aplicações sobre fundos pretos ou escu-

ros de uma só cor: utilizar a assinatura negativa, com o fio branco em torno da marca símbolo.

- Aplicação sobre fundo amarelo: utilizar a

assinatura positiva, com fio azul em torno do logotipo.

- Aplicação sobre fundo azul: utilizar a assi- natura negativa, com o fio azul em torno da marca símbolo.

- Aplicação sobre fundo branco e fundos

claros: utilizar a assinatura com o fio azul em torno da marca símbolo.

- Aplicação monocromática sobre fundos

uniformes: em caso de reduzida qualidade gráfica, utilizar a versão traço vazada, em uma das cores: Azul Correios, Amarelo Correios, preta ou branca.

Os exemplos aqui demonstrados aplicam- se também à assinatura vertical (institucional síntese).

Casos não contemplados neste manual de- verão ser enviados para aprovação pela área responsável pela gestão das marcas no Departamento de Comunicação Estratégica dos Correios.

MÉTODO CONSTRUTIVO Composição A Composição B 60y 2,5y 55y 2,5y y y y y y
MÉTODO CONSTRUTIVO Composição A Composição B 60y 2,5y 55y 2,5y y y y y y
MÉTODO CONSTRUTIVO Composição A Composição B 60y 2,5y 55y 2,5y y y y y y

MÉTODO CONSTRUTIVO

Composição A

Composição B

60y 2,5y 55y 2,5y y y y y y y 58y 60y y 45y14y 4,5y10y
60y
2,5y
55y
2,5y
y
y
y
y
y
y
58y
60y
y
45y14y
4,5y10y
36y4,5y
10y
60y y 2,5y 2,5y y 55y y y y y y 58y 60y y 45y14y
60y
y
2,5y
2,5y
y
55y
y
y
y
y
y
58y
60y
y
45y14y
2y 10y
2y
4,15y
4,15y
34,7y
1 ASSINATURA VERTICAL (INSTITUCIONAL SÍNTESE) A assinatura vertical (síntese) tem na arqui- tetura sua principal
1
ASSINATURA
VERTICAL
(INSTITUCIONAL SÍNTESE)
A assinatura vertical (síntese) tem na arqui-
tetura sua principal aplicação.
Às duas composições já previstas no guia
original, aqui identificadas como A e C, foi inclu-
ída a composição B nesta versão do Guia de
Comunicação Visual, mantendo o equilíbrio
gráfico. Mais detalhes estão na nota de revisão
abaixo.
COMPOSIÇÃO A
Esta é a composição principal da assinatura
vertical, utilizada para versões coloridas positi-
vas e traço positiva e negativa.
É uma variação da assinatura síntese
acrescida de um fio que delimita o campo do
logotipo Correios para evitar sua descarac-
terização nas aplicações sobre superfícies de
cor clara ou em impressos em preto e branco.
COMPOSIÇÃO B
Para a utilização das assinaturas sobre
fundo escuro, mantendo o valor da identidade
cromática do Amarelo Correios, criou-se a
composição B, com inclusão de fio branco em
torno da marca símbolo para seu destaque sobre
fundos de cor escura. É utilizada na versão
colorida negativa da assinatura vertical
(síntese).
REVISÃO
Nesta versão do Guia de Comunicação
Visual foram organizadas as composições das
assinaturas institucionais, tomando a seguinte
ordem:
Versão Anterior Esta Versão
Composição 1
Composição C
Composição 2
Composição A
---
Composição B
23
Composição C 60y 2,5y 55y 2,5y 60y y 45y14y 2y 2y 4,5y10y 36y4,5y assinatura síntese
Composição C 60y 2,5y 55y 2,5y 60y y 45y14y 2y 2y 4,5y10y 36y4,5y assinatura síntese
Composição C 60y 2,5y 55y 2,5y 60y y 45y14y 2y 2y 4,5y10y 36y4,5y assinatura síntese

Composição C

60y 2,5y 55y 2,5y 60y y 45y14y 2y 2y 4,5y10y 36y4,5y
60y
2,5y
55y
2,5y
60y
y
45y14y
2y
2y
4,5y10y
36y4,5y
assinatura síntese 2 ATUALIZAÇÃO: USO DAS ASSINATURAS COLORIDAS EM FUNDOS ESCUROS É a assinatura síntese
assinatura síntese
2
ATUALIZAÇÃO:
USO DAS ASSINATURAS COLORIDAS
EM FUNDOS ESCUROS
É a assinatura síntese padrão dos Correios,
da qual se derivaram as composições A e B. Sua
aplicação é restrita em função de suas limitações
gráficas.
24

12y

12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 20mm redução máxima impressão em policromia laser /
12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 20mm redução máxima impressão em policromia laser /
12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 20mm redução máxima impressão em policromia laser /

MARGEM DE SEGURANÇA

12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 20mm redução máxima impressão em policromia laser /

12y

LIMITE DE REDUÇÃO

12y MARGEM DE SEGURANÇA 12y LIMITE DE REDUÇÃO 20mm redução máxima impressão em policromia laser /

20mm

redução máxima impressão em policromia laser / offset

redução máxima impressão em policromia laser / offset 10mm redução máxima impressão monocromática laser /

redução máxima impressão em policromia laser / offset 10mm redução máxima impressão monocromática laser /

10mm

redução máxima impressão monocromática laser / offset

60 pixels

redução máxima mídia eletrônica digital

assinatura síntese 3 MARGEM DE SEGURANÇA A margem de segurança visa a manutenção da integridade
assinatura síntese
3
MARGEM DE SEGURANÇA
A margem de segurança visa a manutenção
da integridade gráfica da marca, a despeito de
elementos gráficos adjacentes. Ela garante a
legibilidade e preserva a visualização dos
elementos da marca.
Nenhum elemento gráfico poderá figurar
dentro da área delimitada.
Para a assinatura síntese, a margem de
segurança equivale a um terço da altura do
símbolo, 12y.
LIMITE DE REDUÇÃO
O limite de redução da aplicação da assina-
tura síntese é definido visando a manutenção de
todos os elementos constituintes do logotipo, do
símbolo e da assinatura.
O limite de redução para meios eletrônicos
de baixa resolução admite fundição entre os
menores elementos da marca símbolo.
A redução máxima da assinatura dependerá
do sistema de impressão e do suporte utilizado, e
obedece às seguintes regras:
Meio
Limite de Redução
(largura)
impressão laser ou offset policromia
impressão laser ou offset PB
serigrafia em material liso
serigrafia em tecido
recorte em vinil ou adesivo
mídia digital
20 mm
10 mm
20 mm
30 mm
120 mm
60 pixels
Caso se constate alguma forma de
aplicação não prevista nos Guias Técnicos, con-
sultar
o
Departamento
de Comunicação
Estratégica dos Correios.
25
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura síntese 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura síntese 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura síntese 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS

VERSÃO COLORIDA POSITIVA

VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura síntese 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura síntese 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E

VERSÃO COLORIDA NEGATIVA

VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura síntese 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
VERSÃO COLORIDA POSITIVA VERSÃO COLORIDA NEGATIVA assinatura síntese 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E
assinatura síntese 4 USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS COLORIDOS E NEUTROS Para simplificação e padronização
assinatura síntese
4
USO DAS ASSINATURAS EM FUNDOS
COLORIDOS E NEUTROS
Para simplificação e padronização dos de-
senhos das assinaturas, adotou-se um mesmo
desenho para todas as suas variações,
reduzindo dessa forma a margem de erro e de
dúvidas quanto às suas aplicações.
USO DOS FIOS
As aplicações da marca Correios sempre
contam com o uso do fio, conforme as com-
posições apresentadas no início dessa seção
para preservação do peso gráfico da marca,
conforme os casos a seguir:
VERSÃO COLORIDA POSITIVA
(para uso em fundos claros)
A assinatura síntese na versão colorida
positiva conta com um fio na parte superior e
inferior do logotipo Correios, assegurando a
delimitação da caixa amarela destacando-a do
fundo claro.
VERSÃO COLORIDA NEGATIVA
(para uso em fundos escuros)
Na versão colorida negativa, a assinatura
síntese conta com um fio entorno da marca sím-
bolo, assinalando os limites da caixa azul
destacando-a do fundo escuro.
26
ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO AZUL ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura síntese 5 27
ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO AZUL ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura síntese 5 27
ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO AZUL ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura síntese 5 27

ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO AZUL

ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO AZUL ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura síntese 5 27

ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO PRETO

ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO AZUL ASSINATURA COLORIDA EM FUNDO PRETO assinatura síntese 5 27
assinatura síntese 5 27
assinatura síntese
5
27
VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA assinatura síntese 6 USO DAS ASSINATURAS
VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA assinatura síntese 6 USO DAS ASSINATURAS
VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA assinatura síntese 6 USO DAS ASSINATURAS

VERSÃO TRAÇO POSITIVA

VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA assinatura síntese 6 USO DAS ASSINATURAS EM
VERSÃO TRAÇO POSITIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA assinatura síntese 6 USO DAS ASSINATURAS EM

VERSÃO TRAÇO VAZADA

VERSÃO TRAÇO NEGATIVA

POSITIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA assinatura síntese 6 USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E
POSITIVA VERSÃO TRAÇO VAZADA VERSÃO TRAÇO NEGATIVA assinatura síntese 6 USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E
assinatura síntese 6 USO DAS ASSINATURAS EM PRETO E BRANCO As assinaturas coloridas sempre terão
assinatura síntese
6
USO DAS ASSINATURAS
EM PRETO E BRANCO
As assinaturas coloridas sempre terão
preferência de aplicação. A assinatura em versão
traço deverá ser utilizada somente em casos de
limitação de processo gráfico.
APLICAÇÃO SOBRE RETÍCULAS
Em aplicações sobre fundo com até 50% de
preto, utilizar a versão traço positiva (para fundos
claros). Sobre fundo com mais de 50% de preto
utilizar a versão traço negativa (para fundos
escuros).
VERSÃO CINZA
A marca Correios nunca poderá ser aplicada
em tons de cinza. Utilizar as versões traço
positiva ou negativa já apresentadas.
ASSINATURATRAÇO
VAZADA (SILK) - EXCEÇÃO
Excepcionalmente, somente em casos de
uso em serigrafia (silk) e processos de impres-
são limitados a uma só cor, utilizar a versão da
assinatura em preto ou branco vazada, dando
preferência à que tiver maior contraste com o
fundo. Somente sobre fundo Azul Correios,
Amarelo Correios e tons de cinza admite-se
aplicar a versão vazada nas cores institucionais.
Usar somente sobre fundos lisos, sem texturas
nem elementos gráficos.
Tais aplicações deve ser aprovadas pelo
Departamento de Comunicação Estratégica -
DECOE.
28

TIPOLOGIA

TIPOLOGIA 29
TIPOLOGIA 29
TIPOLOGIA 29
TIPOLOGIA 29
TIPOLOGIA 29

bCdeFghij

OS MODELOS HELVÉTICA

HELVÉTICA BOLD

abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ß ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ

1234567890&?!$(.,;:)`´»«˜/ˆ’‘˙˙˚

HELVÉTICA BLACK

abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ß ABCDEFGIJKLMNOPQRST UVWXYZ

1234567890&?!$(.,;:)`´»«˜/ˆ’‘˙˙˚

1 TIPOGRAFIA INSTITUCIONAL O padrão tipográfico institucionalizado é o modelo Helvética, nas combinações
1
TIPOGRAFIA
INSTITUCIONAL
O padrão tipográfico institucionalizado é o
modelo Helvética, nas combinações maiúsculas
e minúsculas, por apresentar maior clareza de
leitura em todas as suas variações.
A Tipografia Institucional é elemento de
identidade visual secundário e deve ser utilizada
em toda comunicação interna, documentos, for-
mulários, mensagens eletrônicas e demais
textos extensos.
Na ausência da fonte Helvética, utilizar a
Swis 721 Bt, Switzerland ou, ainda, a Arial.
Helvetica é propriedade da Linotype GmbH,
companhia do grupo Monotype Imaging.
Na falta da Helvetica, pode-se utilizar Helvetica Neue,
Swis 721 Bt, Switzerland ou Arial
com ajustes de tracking e entrelinha.
CdeFghi
30

bCdeFghij

CdeFghi

HELVÉTICA

abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKLMNO PQRSTUVWXYZ

1234567890&?!$(.,;:)`´»«˜/ˆ’‘˙˙˚

HELVÉTICA BOLD ITÁLICA

abcdefghijklmnopq

rstuvwxyz

ABCDEFGHIJKLMNO

PQRSTUVWXYZ

1234567890

&?!$(.,;:)`´»«˜/ˆ’‘˙˙˚

tipologia 2 31
tipologia
2
31

HELVÉTICA ITÁLICA

abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKLMNO PQRSTUVWXYZ

1234567890&?!$(.,;:)`´»«˜/ˆ’‘˙˙˚

HELVÉTICA BLACK ITÁLICA

abcdefghijklmnopq

rstuvwxyz

ABCDEFGHIJKLMNO

PQRSTUVWXYZ

1234567890

&?!$(.,;:)`´»«˜/ˆ’‘˙˙˚

r

.wmf

if

pg

ng

ai

ps

.pdf

.cdr

.ai

ARQUIVOS

.png

.eps

.cdr

.tif

.jpg

.eps

.wmf

.pdf

.jpg

.ai

.png

.pdf

.cdr

.tif

.png

.eps

.wmf

.tif

.jpg

.ai

.wmf

.pdf

.cdr

.ai

.png

.eps

.cdr

.tif

.jpg

.eps

.wmf

.pdf

.jpg

.ai

.png

.pdf

.cdr

.tif

.png

.eps

.wmf

.tif

.jpg

.ai

.wmf

.pdf

.cdr

.ai

.png

.eps

.cdr

.tif

.jpg

.wmf

.pdf

.ai

ps .pdf

.png

.cdr

.tif

.eps

.wmf

.jpg

.ai

.cdr

.eps

.jpg

ng

.pdf

.png

.tif

.wmf

ps .pdf .png .cdr .tif .eps .wmf .jpg .ai .cdr .eps .jpg n g .pdf .png

ai

cdr

eps

jpg

pdf

png

tif

wmf

NOMENCLATURA

Os arquivos de marcas têm seus nomes definidos pela seguinte regra:

QUANTO AO NOME DA MARCA:

Marca institucional, do produto ou serviço, sem espaço nem separadores.

COM RELAÇÃO AO TIPO DE ASSINATURA:

HORI – assinatura simples, de orientação horizontal, com maior ênfase de visibilidade ao logotipo. VERT assinatura síntese, de orientação vertical, com maior ênfase de visibilidade ao símbolo.

QUANTO À VERSÃO CROMÁTICA:

COR – marca colorida. CINZA marca em tons de cinzas. TRACO – marca traço para uma cor.

COM RELAÇÃO AO FUNDO DE APLICAÇÃO:

POS – assinatura positiva, para aplicação sobre fundos brancos ou claros. NEG – assinatura negativa, para aplicação sobre fundos pretos ou escuros.

OUTRAS INFORMAÇÕES OPCIONAIS:

TODAS – arquivo com todas as versões cromáticas e fundos de aplicação. RGB / CMYK - espaço de cor. X / Y - dimensão em pixels, para arquivos bitmap.

ORDEM DOS ELEMENTOS:

Os elementos serão ordenados na seguinte ordem, com traço inferior (_) como separador:

nome_assinatura_cor_fundo_outras.extensão do arquivo.

EXEMPLOS:

Arquivo da marca Correios, assinatura simples, colorida, para fundo escuro, em jpg:

Correios_hori_cor_neg_RGB_320.jpg

Arquivo da marca Sedex, versão traço para fundo escuro, em gif:

Sedex_hori_traco_neg_RGB_240.gif

Arquivo da marca PAC colorida para fundo claro, em cdr:

Pac_hori_cor_pos_CMYK.cdr

tif

arquivos

ARQUIVOS DE MARCAS

O detalhamento técnico do desenho da

marca Correios tem por objetivo descrever as relações intrínsecas que harmonizam a marca e não devem ser utilizadas para a reconstrução do desenho. Para todas as aplicações devem ser utiliza- dos arquivos fornecidos pela área responsável pela gestão de marcas nos Correios e devem ser solicitados ou copiados a cada nova aplicação. Encontram-se disponíveis arquivos para softwares de maior uso na indústria gráfica e, eventualmente, novos formatos serão lançados de acordo com o desenvolvimento do parque gráfico. Os arquivos serão nomeados seguindo as regras aqui descritas.

ACESSO AOS ARQUIVOS: TERCEIROS E CONTRATADOS

O gestor de contrato com terceiros deve

solicitar os arquivos ao órgão gestor de marcas. Não utilizar arquivos de outras fontes que não sejam os Correios, sob pena de ter a aplicação recusada por falta de conformidade.

ACESSO AOS ARQUIVOS: EMPREGADOS

O acesso aos arquivos das marcas está

disponível na página do DECOE, na intranet:

http://intranetac/presidencia/decoe

A cada necessidade, copiar um arquivo

novo originário dessa fonte. Não manter cópias de arquivos de marcas em computadores locais.

1