Sei sulla pagina 1di 17

PROJETO DE ROSCA TRANSPORTADORA

CRONOGRAMA DE TRABALHO

Prof. Ms. Hamilton F. Torrezan

Eixo da rosca transportadora

O termo eixo geralmente se refere a um elemento relativamente longo, de seo circular que gira e transmite potncia. (tambm chamado de eixorvore ou rvore)

Juvinal, R e Marshek, K. Porjeto de componentes de mquinas, 2008.

Condies a serem atendidas


Os deslocamentos admissveis dos eixos para um desempenho satisfatrio dos mancais variam com o projeto desses componentes e com a aplicao, porm como regra geral temos:
A deflexo do eixo ao longo do plano de um de seus mancais deve ser pequena, comparativamente espessura do filme de leo; Caso desalinhamento angular seja excessivo o eixo poder emperrar, caso os mancais no sejam auto-alinhados; Em geral a deflexo angular junto aos mancais de esferas ou de roletes no devem exceder 0,04, a menos que sejam autoalinhados.
Juvinal, R e Marshek, K. Porjeto de componentes de mquinas, 2008.

ngulo de toro?

Regras prticas limitam o ngulo de toro: 0,7 graus por metro 1 para um comprimento correspondente a 20 vezes o dimetro do eixo 0,08 por p

Flexo

Frmulas para Flexo


d D

Jf = wf =

( D 64

d
4

( momento de inrica )

( D 32 D

d4

( mdulo de resistnci a )

Frederico Schiel . Introduo resistncia dos materiais, 1984.

Toro
d (mm) D (mm)

L (mm)

Frmulas para toro livre


d D

Jt = wt =

( D 32

d 4 (momento polar de inrica)


4

( D 16D

d 4 (mdulo polar de resistncia)

Frederico Schiel . Introduo resistncia dos materiais, 1984.

Eixos de mquinas sujeitos flexo e toro


O eixo rvore da rosca transportadora solicitado em numa determinada seo por um momento fletor e um momento toror.

Mf wf

( flexo)

Mt = (toro) wt
Schiel , F (1984) . Critrios de resistncia

Eixos de mquinas sujeitos flexo e toro


Adotando o critrio da mxima energia de distoro, temos a tenso ideal:

i = + 3

A tenso ideal tem que ser comparada com a tenso admissvel


Frederico Schiel . Introduo resistncia dos materiais, 1984.

Tenso admissvel
A tenso admissvel deve ser calculada em funo da resistncia fadiga. Para efeito de pr-clculo pode-se utilizar para o * clculo de eixos e eixos rvore ao tenso admissvel: escoamento admissvel = k
5 k 7 ( flexo) *
*Melconian, S. Elementos de mquinas, 2005.

6 k 9 (toro) *

ngulo de toro
O ngulo de toro (Beer e Johnston (1995)

M t L = J G
Mt = momento toror L = comprimento Momento polar de inrcia Modulo de elasticidade transversal
Beer e Johnston (1995) Resistncia dos Materiais

Unio entre eixos (acoplamento)

Unio entre eixos (acoplamento)

Parafuso de unio
d parafuso

F = admissvel A 2M t F = n parafusos d A=

til do parafuso