Sei sulla pagina 1di 24
SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO DISTRITO FEDERAL Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências

SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO DISTRITO FEDERAL

Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

1

LÍNGUA PORTUGUESA / LITERATURA BRASILEIRA - GEOGRAFIA - HISTÓRIA - LÍNGUA ESTRANGEIRA - REDAÇÃO

INSTRUÇÕES GERAIS

 

· O candidato receberá do fiscal:

· Um caderno de questões contendo 50 (cinquenta) questões objetivas de múltipla escolha para a Prova Objetiva e o tema para desenvolvimento da Redação;

· Um cartão de respostas personalizado para a Prova Objetiva;

· Um caderno de resposta para a Redação personalizado, contendo folha de resposta.

· Ao ser autorizado o início da prova, verifique, no caderno de questões, se a numeração das questões e a paginação estão corretas.

· Você dispõe de 4 (quatro) horas para fazer a Prova Objetiva e a Redação. Faça-as com tranquilidade, mas controle o seu tempo. Este tempo inclui a marcação do cartão de respostas e a transcrição da redação para a folha de resposta.

· Não será permitido ao candidato copiar seus assinalamentos feitos no cartão de respostas ou no caderno de resposta.

· Ao candidato somente será permitido levar seu caderno de questões da Prova Objetiva 30 (trinta) minutos antes do horário previsto para término de realização da prova, desde que permaneça em sala até este momento.

· Somente após decorrida 1(uma) hora do início da prova, o candidato poderá entregar seu cartão de respostas e seu caderno de resposta para a Redação e retirar-se da sala de prova.

· Após o término da prova entregue, obrigatoriamente, ao fiscal o cartão de respostas devidamente assinado e o caderno de resposta para a Redação, contendo a folha de resposta.

· Os 3 (três) últimos candidatos da sala só poderão ser liberados juntos.

· Caso necessite de algum esclarecimento, solicite a presença do responsável pelo local.

INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA

 

· Verifique se os seus dados pessoais estão corretos no cartão de respostas. Caso seja necessário, solicite que o fiscal efetue as devidas correções na Ata de Aplicação de Prova.

· Leia atentamente cada questão e assinale, no cartão de respostas, a alternativa que mais adequadamente a responde.

· O cartão de respostas NÃO pode ser dobrado, amassado, rasurado, manchado ou conter qualquer registro fora dos locais destinados às respostas.

· A maneira correta de assinalar a alternativa no cartão de respostas é cobrindo, fortemente, com caneta esferográfica azul ou preta, o espaço a ela correspondente, conforme o exemplo a seguir:

A
A
B
B
A B D E
D
D
E
E

INSTRUÇÕES - PROVA DE REDAÇÃO

· Verifique se os seus dados pessoais estão corretos no caderno de resposta para a Redação. Caso seja necessário, solicite ao fiscal para efetue as devidas correções na Ata de Aplicação de Prova.

· Efetue a desidentificação do caderno de resposta para a Redação destacando a parte onde estão contidos os seus dados.

· Somente será objeto de correção da redação o que estiver contido na folha de resposta.

· A folha de resposta NÃO pode ser dobrada, amassada, manchada, rasgada ou conter qualquer forma de identificação do candidato.

· Use somente caneta esferográfica azul ou preta.

Cronograma Previsto (Cronograma completo no endereço www.nce.ufrj.br/concuros)

Atividade

Data

Local

Divulgação dos gabaritos da Prova Objetiva

01/06

www.nce.ufrj.br/concursos

Interposição de recursos contra os gabaritos da Prova Objetiva

02 e 03/06

www.nce.ufrj.br/concursos Fax.: (21) 2598-3333

Divulgação do resultado do julgamento dos recursos que contestam os gabaritos da Prova Objetiva

15/06

www.nce.ufrj.br/concursos

Divulgação do resultado final da Prova Objetiva

15/06

www.nce.ufrj.br/concursos

* Demais atividades consultar os Editais reguladores do concurso ou pelo endereço eletrônico www.nce.ufrj.br/concursos

consultar os Editais reguladores do concurso ou pelo endereço eletrônico www.nce.ufrj.br/concursos Realização

Realização

consultar os Editais reguladores do concurso ou pelo endereço eletrônico www.nce.ufrj.br/concursos Realização
Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

LÍNGUA PORTUGUESA

TEXTO 1 POR QUE NÃO TEMOS CINCO PERNAS

Veja, 22 de abril de 2009

Embora bastante investigados, os mecanismos que levam à concepção de um ser humano ainda guardam mistérios para a ciência. Durante os nove meses de gestação, o zigoto, célula única que resulta da fecundação do óvulo pelo espermatozóide, divide-se paulatinamente até se transformar nos 100 trilhões de células que formam os 220 tipos de tecido do corpo humano. O que ainda intriga os cientistas é como essa divisão se dá de modo tão organizado que o resultado é um bebê com dois olhos, dois ouvidos, dois braços, duas pernas - tudo sempre no mesmo lugar e distribuído de forma simétrica. O que impede que um zigoto produza aleatoriamente um ser com pés nos ombros e nariz no umbigo? Essa é uma das questões centrais da embriologia, ramo científico que estuda o desenvolvimento fetal. Há muito os cientistas sabem que o ambiente uterino atua de modo a evitar que as informações genéticas embaralhadas dentro do zigoto produzam seres monstruosos. Mas só recentemente se descobriram pistas concretas sobre como isso acontece. A principal delas está nos homeobox, um grupo de genes classificados como controladores. Eles agem acionando outros genes para induzi-los a determinado comportamento, seja produzir um rim, seja colocar os olhos no lugar certo. Dessa maneira, garantem a manutenção dos padrões resultantes do processo evolutivo. “Esses genes mantiveram-se praticamente intactos durante a evolução. São eles que ensinam aos outros genes o caminho a seguir para dar continuidade às espécies e não deixam a receita da vida se perder pelo caminho”, diz o geneticista Emmanuel Dias Neto, da Universidade do Texas. O homem tem cerca de 100 genes homeobox - outros mamíferos, répteis, insetos, plantas e fungos também os possuem. Começou a descobrir-se o papel dos genes homeobox a partir do estudo de anormalidades em embriões e em recém-nascidos. Mutações desses genes são a principal causa de abortos espontâneos e de mudanças visíveis no fenótipo de um ser humano, como a mão com seis dedos em lugar de cinco. Os genes homeobox são provavelmente apenas uma de inúmeras famílias de genes controladores. Falta descobrir as outras.

1 - “Embora bastante investigados, os mecanismos que levam à concepção de um ser humano ainda guardam mistérios para a ciência”. A maneira de reescrever esse segmento inicial do texto que mantém o seu sentido original é:

(A)

Mesmo que bastante investigados, ainda guardam mistérios para a ciência os mecanismos que levam à concepção de um ser humano;

(B)

Ainda que investigados o bastante, os mecanismos que levam à concepção de um ser humano ainda guardam mistérios para a ciência;

(C)

Apesar de bastante investigados, ainda guardam mistérios para a ciência do ser humano os mecanismos que levam

à

sua concepção;

(D)

Os mecanismos que levam à concepção do ser humano, visto que bastante investigados, ainda guardam mistérios

 

para ciência;

(E)

Para a ciência, os mecanismos que levam à concepção de um ser humano ainda guardam mistérios, sem que sejam bastante investigados.

2 - “Durante os nove meses de gestação, o zigoto, célula única que resulta da fecundação do óvulo pelo espermatozóide, divide-se paulatinamente até se transformar nos 100 trilhões de células que formam os 220 tipos de tecido do corpo humano”. Nesse segmento do texto, o termo zigoto é explicitado por meio de um aposto. A mesma estrutura ocorre em:

(A) “Há muito os cientistas sabem que o ambiente uterino atua de modo a evitar que as informações genéticas embaralhadas dentro do zigoto produzam seres monstruosos. Mas só recentemente se descobriram pistas concretas

sobre como isso acontece”; (B) “A principal delas está nos homeobox, um grupo de genes classificados como controladores. Eles agem acionando outros genes para induzí-los a determinado comportamento, seja produzir um rim, seja colocar os olhos no lugar certo”;

(C)

“Dessa maneira, garantem a manutenção dos padrões resultantes do processo evolutivo. “Esses genes mantiveram-se praticamente intactos durante a evolução. São eles que ensinam aos outros genes o caminho

a

seguir para dar continuidade às espécies e não deixam a receita da vida se perder pelo caminho”, diz o

geneticista Emmanuel Dias Neto, da Universidade do Texas”;

(D)

“O homem tem cerca de 100 genes homeobox - outros mamíferos, répteis, insetos, plantas e fungos também os possuem”;

(E)

“O que ainda intriga os cientistas é como essa divisão se dá de modo tão organizado que o resultado é um bebê com dois olhos, dois ouvidos, dois braços, duas pernas - tudo sempre no mesmo lugar e distribuído de forma simétrica”.

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

3 - A alternativa em que o advérbio sublinhado tem seu significado indicado corretamente é:

(A)

divide-se

= rapidamente ;

(B)

um

paulatinamente até de transformar

zigoto produza aleatoriamente um ser

= de modo específico ;

(C) “Mas só recentemente se descobriram

(D)

(E)

= em futuro próximo ; ”

“Esses genes mantiveram-se praticamente intactos “

são

= de forma prática ;

provavelmente apenas uma de inúmeras famílias” = talvez .

4 - Se considerarmos o título do texto 1 como uma pergunta - Por que não temos cinco pernas? -, a resposta dada pelo texto é de que:

(A)

agentes controladores impedem anormalidades;

(B)

acontecimentos desse tipo ainda não têm explicação;

(C)

células formadas em nosso corpo formam órgãos diferentes;

(D)

estudos de embriões e recém-nascidos vão elucidar esse mistério;

(E)

órgãos humanos são determinados por suas funções.

5 - “Dessa maneira, garantem a manutenção dos padrões resultantes do processo evolutivo. “Esses genes mantiveram-se

praticamente intactos durante a evolução”. Nesse segmento do texto ocorre a presença de manter-manutenção; a mesma

relação se repete em:

(A)

prevenir - previsão;

(B)

viver - vivo;

(C)

provir - proveniência;

(D)

escrever - escrito;

(E)

ler - legível.

6 - “Há muito os cientistas sabem que o ambiente uterino atua de modo a evitar que as informações genéticas embaralhadas dentro do zigoto produzam seres monstruosos. Mas só recentemente se descobriram pistas concretas sobre como isso acontece. A principal delas está nos homeobox, um grupo de genes classificados como controladores.

Eles agem acionando outros genes para induzi-los a determinado comportamento, seja produzir um rim, seja colocar os

olhos no lugar certo. Dessa maneira, garantem a manutenção dos padrões

A alternativa que mostra corretamente o referente dos termos sublinhados é:

”.

(A)

isso - a produção de seres monstruosos;

(B)

delas - das informações genéticas embaralhadas;

(C)

eles - os zigotos;

(D)

los - outros genes;

(E)

dessa maneira - a descoberta de pistas concretas.

7 - O segmento do texto em que o vocábulo SE é classificado como pronome apassivador é:

(A)

o

zigoto (

)

divide-SE paulatinamente

”;

(B)

até

SE transformar nos 100 trilhões de células

”;

(C)

como

essa divisão SE dá de modo tão organizado

”;

(D)

“Mas só recentemente SE descobriram pistas

”;

(E)

“Esses genes mantiveram-SE praticamente intactos

”.

8 - “

de palavras em que a troca de posições modifica a classe e o sentido das palavras é:

seja

colocar os olhos no lugar certo”; lugar certo não é o mesmo que certo lugar. A alternativa que mostra um par

(A)

forma simétrica;

(B)

questões principais;

(C)

seres monstruosos;

(D)

abortos espontâneos;

(E)

quaisquer genes.

4

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

9 - A alternativa que mostra uma alteração do segmento inicial que mantém o sentido original é:

(A)

“tudo sempre no mesmo lugar” = tudo no mesmo lugar de sempre ;

(B)

“se descobriram pistas concretas sobre como isso acontece” = se descobriram pistas concretas por que isso acontece ;

(C)

“Falta descobrir as outras” = Falta descobrir as demais ;

(D)

“Mas só recentemente se descobriram pistas” = Mas recentemente só se descobriram pis-tas ;

(E)

“seja produzir um rim, seja colocar os olhos no lugar certo” = esteja produzindo um rim, esteja colocando os olhos no lugar certo .

10

- “Embora bastante investigados

”.

Nesse segmento a palavra bastante não varia por ser um advérbio. A alternativa

em que esse mesmo vocábulo deve variar em número é:

(A)

Há bastante mistérios na ciência;

(B)

Investigaram bastante os embriões;

(C)

Os cientistas trabalham bastante;

(D)

As células são bastante complexas;

(E)

Os geneticistas observam bastante as anomalias.

11

- As alternativas mostram uma palavra sublinhada; aquela em que a mesma palavra sublinhada foi empregada com

sentido diferente na frase seguinte é:

(A)

(B)

(C)

“Começou a descobrir-se o papel dos genes homeobox” = o papel dos cientistas nas descobertas é muito importante; ”

o ambiente uterino atua de modo a evitar “

= o ambiente escolar devia ser mais pacífico;

produzam

seres monstruosos” = os seres humanos são frágeis;

(D)

ainda

guardam mistérios para a ciência” = os mistérios são o motivo de muito estudo;

(E)

“Mas só recentemente se descobriram pistas concretas” = as pistas de corrida causam muitos acidentes.

12

- Ao dizer que o geneticista Emmanuel Dias Neto, da Universidade do Texas, afirma algo, o autor do texto pretende:

(A)

mostrar que o tema interessa a toda comunidade científica;

(B)

indicar que o conhecimento do jornalista é bastante grande;

(C)

trazer mais autoridade ao que é afirmado;

(D)

valorizar a revista, que entrevista pessoas de outros centros;

(E)

destacar um parecer contrário do que é defendido no texto.

13

- No final do segundo parágrafo, há um grande segmento entre aspas. Nesse caso, elas foram empregadas para:

(A)

enfatizar um assunto importante;

(B)

destacar a fala de alguém;

(C)

mostrar o segmento como uma ironia;

(D)

indicar a colocação inversa do segmento;

(E)

separar uma linguagem variação de linguagem diferente.

Leia o poema abaixo e responda as questões de 14 a 16.

A REALIDADE E A IMAGEM Manuel Bandeira

O arranha-céu sobe no ar puro lavado pela chuva E desce refletido na poça de lama do pátio. Entre a realidade e a imagem, no chão seco Que as separa, quatro pombas passeiam.

14 - O texto é um poema modernista. A característica que marca formalmente esse poema como pertencente a esse

movimento é:

(A)

a preocupação com o emprego de vocábulos cultos;

(B)

a liberdade métrica dos versos que compõem o poema;

(C)

o ritmo marcado de forma uniforme;

(D)

a seleção vocabular caracterizadora da modernidade;

(E)

o reduzido emprego de linguagem figurada.

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

15 - No poema, o elemento que representa a realidade é:

(A)

o

chão seco;

(B)

a

poça de lama;

(C)

o

arranha-céu;

(D)

o

ar puro;

(E)

a

chuva.

16

- Considerando os dois primeiros versos do poema, observa-se que nele está presente um exemplo de linguagem

figurada. A alternativa que identifica essa figura de forma correta é:

(A)

uma personificação de “arranha-céu”;

(B)

uma metáfora na comparação entre “arranha-céu” e “poça de lama”;

(C)

uma antítese entre “sobe” X “desce”;

(D)

um pleonasmo em “poça de lama”;

(E)

um anacoluto do termo “chuva”.

17

- O substantivo arranha-céu forma o plural da mesma forma que:

(A)

segunda-feira;

(B)

guarda-civil;

(C)

cara-de-pau;

(D)

couve-flor;

(E)

sempre-viva.

18 - “no chão seco que AS separa”. A alternativa que identifica corretamente os termos referidos pelo pronome em maiúsculas é:

(A)

as quatro pombas;

(B)

a

realidade e a imagem;

(C)

o

arranha-céu e a poça de lama;

(D)

ar puro e chuva;

(E)

poça de lama e chuva.

19 - “Quatro pombas passeiam”. As formas verbais dos verbos terminados em -ear / -iar trazem problemas de conjugação.

A alternativa em que a forma verbal sublinhada está corretamente conjugada é:

(A)

Ninguém esperava que os ministros passeiassem pela areia da praia;

(B)

O governo media a discussão entre países africanos;

(C)

A

modelo não se maqueia todos os dias;

(D)

Essas medidas não remedeiam os problemas;

(E)

Todos ansiam por melhores dias.

20

- A alternativa que está coerente com a ideologia modernista de arte é:

(A)

Os poemas devem ser construídos como uma escultura, pois cada detalhe de sua forma contribui para sua beleza perfeita;

(B)

A linguagem poética deve procurar construir uma realidade sonhada, algo intangível, sobre tudo por meio de sinestesias;

(C)

A preocupação com ritmo e a divisão em estrofes deve estar presente nos poemas, em virtude de só assim atingir-se

a forma poética ideal;

(D)

A liberdade formal e temática deve guiar a criação artística, pois assim o artista pode dispor da língua de forma

criativa;

(E)

Há assuntos poéticos e há assuntos apoéticos, que devem ser banidos da seleção temática dos verdadeiros poetas.

6

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

GEOGRAFIA

21 - A revolução tecnológica acelerou os meios de comunicação criando novos parâmetros para a população quanto a sua

relação com o espaço terrestre. A alternativa que caracteriza corretamente uma conseqüência do avanço tecnológico, é:

(A)

As redes de comunicações inibem todos os tipos de manifestações culturais nacionais;

(B)

As novas tecnologias são sinônimos de melhores condições de vida a todos os homens;

(C)

As novas tecnologias aumentaram a produtividade e reduziram o custo da produção;

(D)

A facilidade de informação reduz a concentração do capital especulativo;

(E)

As novas tecnologias são responsáveis pela redução da disparidade entre os países pobres e ricos.

22 - A China vem passando por um rápido processo de transformação nas ultimas décadas com grande crescimento econômico.

EXPORTAÇÃO %

1975

1986

2000

ENERGIA

16,5

8,4

2,8

AGRICULTURA

42,4

16,2

7,8

MANUFATURADOS

47,5

71,4

87,3

A tabela acima mostra alterações verificadas nas exportações chinesas entre 1975 e 2000 que se refletem na economia do país da seguinte forma:

(A)

o país transformou-se em uma plataforma de exportação de industrializados com a participação do capital internacional;

(B)

a China passou por uma abertura comercial que acelerou o crescimento do mercado interno em detrimento das exportações;

(C)

reduziu suas importações de energia para atender as necessidades de Taiwan que considera o seu território;

(D)

o acesso aos bens manufaturados foi garantido com a democratização do país;

(E)

a maciça migração campo-cidade obrigou o país a reduzir suas exportações de produtos agrícolas.

23 - O grupo dos 20 países mais ricos ou G20 é composto de 19 dos principais países ricos e emergentes mais a União Europeia.

Ele foi criado em 1999 logo após a crise asiática para servir de fórum de debates. Os principais objetivos do G20 são:

(A)

combater o protecionismo e legalizar os paraísos fiscais;

(B)

manter a estabilidade financeira e reduzir o comércio mundial;

(C)

acelerar o comércio mundial e legalizar os paraísos fiscais;

(D)

criar uma nova moeda global e esvaziar o G7;

(E)

manter a estabilidade financeira e combater o protecionismo.

24

- Observe o esquema abaixo.

COM FAVELAS 22,8%

COM CORTIÇOS 9%

COM LOTEAMENTOS CLANDESTINOS 37%

SEM FAVELAS 77,2%

SEM CORTIÇOS 91%

SEM LOTEAMENTOS CLANDESTINOS 63%

GESTÃO PÚBLICA 2001 RJ

A situação da moradia no Brasil em cidades pode ser definida da seguinte forma:

(A)

cidades sem favelas (72,2%) são as que apresentam as melhores condições do país, já que a favela é sinônimo de violência e criminalidade;

(B)

favelas que ocorrem em 22,8% das cidades, são aglomerações de domicílios construídos em terrenos sem infra- estrutura, erguidas em áreas do poder público ou particulares;

(C)

cidades que apresentam cortiços estão relacionadas com a maior atuação das políticas públicas habitacionais populares;

(D)

loteamentos clandestinos ocupam o maior percentual de políticas públicas habitacionais populares;

(E)

favelas, cortiços e loteamentos clandestinos só ocorrem na região sudeste brasileira.

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

25 - O processo de industrialização brasileiro encontrou na região sudeste do país, principalmente no estado de São Paulo, elementos indispensáveis ao seu desenvolvimento. Um fator determinante para a ocupação desse espaço foi:

(A)

A concentração da indústria no interior do espaço regional do sudeste foi caracterizada por um modelo de alta tecnologia;

(B)

O moderno processo de industrialização do campo foi introduzido no sudeste com o desenvolvimento da agroindústria do café e do milho;

(C)

O processo de integração, após a década de 1940, deu-se a partir de ações do estado nacional que investiu pesadamente em rodovias e telecomunicações;

(D)

O transporte ferroviário constitui a principal via de integração do espaço oriental brasileiro, viabilizando a expansão do mercado interno da produção industrial;

(E)

A concentração no ABC paulista e no Vale do Paraíba do Sul baseou-se na indústria de capital estrangeiro para atender as necessidades da região.

26 - Observe o seguinte gráfico:

necessidades da região. 26 - Observe o seguinte gráfico: O gráfico acima mostra o movimento de

O gráfico acima mostra o movimento de importação e exportação da balança comercial brasileira, no período de 1990 a 2000, que está diretamente relacionado com:

(A)

o crescimento das exportações de “Outros” produtos no período está relacionado à queda das exportações dos agronegócios;

(B)

a importação de produtos primários foi, em todo o período, superior a exportação, típico da proposta agro-exportadora da política brasileira;

(C)

o acelerado crescimento das importações de produtos denominados por “Outros”, no período de 1993 a 2000, está relacionado com a abertura dos mercados estabelecida pela política neoliberal;

(D)

o crescimento acelerado das exportações está relacionado com os produtos de alta tecnologia, produzidos e exportados pelas indústrias nacionais;

(E) um déficit em nossa balança comercial, pois nossas exportações estão pautadas em produtos primários de baixo valor.

8

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

27 - Observe o gráfico que se segue:

VESTIBULAR 2009/2 27 - Observe o gráfico que se segue: A partir da análise do gráfico

A partir da análise do gráfico acima e da aplicação de seus conhecimentos, a alternativa que reflete o processo de urbanização no Brasil é:

(A)

Caracteriza-se como um processo de distribuição populacional equilibrada sobre o território nacional;

(B)

A crescente industrialização do país, ao longo do século XX, gerou um amplo mercado de trabalho capaz de absorver praticamente toda a mão-de-obra que se dirigia às cidades;

(C)

Redução considerável dos conflitos e disputas por terra facilitando a reforma agrária;

(D)

Ausência de acompanhamento de políticas de habitação popular capazes de prover moradias a grandes parcelas da população de baixa renda;

(E)

O número de favelas aumentou nas últimas duas décadas do século XX, mas o crescimento da população vivendo nas mesmas, se reduziu no período.

28 - O desemprego no mundo que já se apresentava de forma problemática foi agravado por uma serie de crises recentes e por mudanças estruturais dos meios de produção e do regime de acumulação. Para se compreender o desemprego estrutural, deve-se associar a economia ao seguinte evento:

(A) Crescimento do emprego formal que exige grande qualificação da mão de obra tornando milhares
(A)
Crescimento do emprego formal que exige grande qualificação da mão de obra tornando milhares de vagas ociosas;
(B)
Expansão do setor de serviços que absorvem integralmente a mão de obra industrial;
(C)
Crise do petróleo que provoca uma redução na linha de produção industrial e de serviços;
(D)
Crescimento do setor formal principalmente na área do comércio e prestação de serviços;
(E)
Novas tecnologias que são inseridas no processo produtivo eliminando vagas definitivamente.
29
- Analise o gráfico que se segue:

A evolução da produção de milho no período foi bem superior ao aumento da área plantada, tendo o seguinte reflexo:

(A)

A redução do problema da fome no aumento da produção de grãos;

(B)

O crescimento da produção de grãos está relacionado à introdução de novas máquinas agrícolas e novas tecnologias no meio rural;

(C)

A eficiência de programas conjuntos de controle de natalidade e desenvolvimento agrícola no país;

(D)

O esforço realizado pelas regiões de maior avanço tecnológico, no sentido de promover uma revolução agrícola nacional;

(E) A possibilidade de retorno da teoria Malthusiana estabelecendo a volta do crescimento populacional.

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

30 - No Brasil existem diversos domínios morfoclimáticos bem definidos em suas características. Atualmente todos os nossos domínios possuem problemas ambientais provocados pela ação antrópica. A correspondência correta entre os problemas ambientais e os domínios morfoclimáticos é:

(A)

Araucária – destruição do pinheiro, típico da floresta tropical úmida, do Paraná, que quase desapareceu pela exploração de madeira para o mercado externo;

(B)

Cerrados – a extração do petróleo e as atividades industriais têm provocado chuvas ácidas, acelerando o empobrecimento dos solos;

(C)

Mares de Morro – destruição das florestas de galeria para o uso da pecuária intensiva e da extração de madeira para exportação;

(D)

Caatinga – compactação e impermeabilização do solo decorrente da agricultura mecanizada e contaminação da água por atividade industrial;

(E)

Amazônia – contaminação do solo por atividade de garimpo e mineração; exploração indiscriminada de madeira, além do processo erosivo pela derrubada da floresta.

HISTÓRIA

31 -Acolonização espanhola no novo continente a partir do século XVI pode ser melhor entendida através da montagem do aparelho político-administrativo relacionado ao território americano.A criação de um sistema complexo de administração refletia a importância da colônia para a sustentação econômica do império espanhol. Esse sistema administrativo se dividia em vários órgãos e contava com um número grandioso de funcionários. A estrutura administrativa espanhola na América tinha a seguinte organização:

(A)

as Casas de Contratação eram responsáveis pelo controle e fiscalização das colônias situadas na parte norte da colônia espanhola na América;

(B)

os Vice-Reinos eram estruturas administrativas de pouca importância nas colônias que tinham o Governo Geral como órgão fundamental de sua administração;

(C)

os Cabildos eram órgãos da administração local, ou seja, de cada cidade espanhola na América e o seu poder era exercido pela elite nascida no continente, os criollos;

(D)

as Capitanias Gerais passaram a ser os principais órgãos da administração espanhola na América a partir da

unificação da península ibérica; (E) as Audiências tiveram papel secundário na administração espanhola na América, ficando submetidas ao poder local dos Cabildos.

32 - “ A partir de 1750-60, a produção mineradora começou a declinar. Tal mudança, articulada a outros elementos, determinou uma revisão da política mercantilista durante a administração do Marquês de Pombal, secretário de Estado do Rei D. José I. Com o objetivo de libertar a economia portuguesa da dominação britânica e tornar mais autônomo o estado português, Pombal tomou medidas muito severas para impedir a evasão de capitais: protecionismo alfandegário, estímulo às manufaturas, companhias de comércio, instalação de refinarias de açúcar ( )”

(ALBUQUERQUE, Manuel Maurício de. Pequena História da Formação Social Brasileira. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Graal, 1981. p.100)

O texto acima descreve algumas medidas para o desenvolvimento português durante o governo do Marquês de Pombal que representou o “Despotismo Esclarecido” para o país. No entanto, para a colonização brasileira, Pombal ficou marcado por executar uma política de aumento da fiscalização sobre o pacto colonial brasileiro. Dentre as medidas pombalinas para o Brasil, destaca-se:

(A)

a assinatura do Alvará proibindo as manufaturas no Brasil;

(B)

o fim da cobrança da derrama na área mineradora;

(C)

a flexibilização administrativa do Brasil ao proibir as Câmaras Municipais;

(D)

a transferência da capital brasileira de Salvador para o Rio de Janeiro;

(E)

a ampliação do trabalho jesuíta no Brasil com a criação de novas missões no Brasil.

10

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

33 - Leia o trecho abaixo:

“Marchemos filhos da pátria Que chegou o dia da glória O sangrento estandarte da tirania Contra nós já está levantado Ouvis bramir pelos campos Esses ferozes soldados? Vem degolar Nossos filhos, nossas companheiras Ás armas, cidadãos! Formai os batalhões! Marchemos, marchemos Que um sangue impuro Banha nosso solo”

(trecho da “A Marselhesa”, Rouget de Lisle)

O hino francês composto durante a revolução do século XVIII retrata a luta do país para implantar um regime burguês liberal baseado nos ideais de liberdade, igualdade e fraternidade. A partir do ideário revolucionário francês pode-se caracterizar o movimento de 1789 como:

(A)

um simples levante de substituição da realeza francesa sem a menor influência política, jurídica e econômica sobre a sociedade francesa e o mundo ocidental;

(B)

uma revolução que gerou a ruptura com o universo absolutista francês e europeu ocidental e que garantiu a criação de Estados liberais no mundo contemporâneo;

(C)

uma revolução totalitária que gerou um Estado ditatorial que ignorou as garantias individuais do cidadão francês;

(D)

uma revolução exclusivamente liberal burguesa, refletindo na manutenção da relação de servidão sobre o campesinato francês.

(E)

uma revolução radical popular que reduziu o direito a propriedade e a coletividade da sociedade francesa.

34 - A independência do Brasil em setembro de 1822 marcou a ruptura definitiva do pacto colonial brasileiro que, na verdade, já tinha sido abolido desde a chegada da Família Real Portuguesa no Brasil em 1808. Porém, o governo de D. Pedro I efetivou poucas mudanças no país e perdeu rapidamente o apoio da elite brasileira, resultando na sua precoce abdicação em 1831. O real motivo para abdicação de D. Pedro I em 1831, foi:

(A)

a promulgação da Constituição de 1824 que instituiu o direito ao voto de grande parcela da população através do sufrágio universal, assim como a garantia do voto secreto;

(B)

a criação do Poder Moderador pelo Imperador D. Pedro I instituindo um equilíbrio entre os poderes do Estado brasileiro e o respeito à autonomia entre os poderes;

(C)

a oposição da elite urbana brasileira ao fim da estrutura latifundiária e ao gradual projeto de industrialização do Brasil imposto por D. Pedro I;

(D)

a oposição da Igreja Católica ao poder de D.Pedro I em função da instituição do Estado Laico no Brasil;

(E)

a oposição da elite brasileira a Constituição outorgada de 1824 e a aproximação de D. Pedro I com a coroa portuguesa.

35 - “Para uns, a questão das tarifas foi de primeira importância; para outros, foi a escravidão a causa principal. E um terceiro

conjunto de opiniões ainda ressalta que a questão da preservação da união foi o dado decisivo. A Guerra Civil começou em “

1861, depois da separação dos estados sulistas da União e da formação de uma Confederação dos Estados do Sul (

)

(NARO, Nancy Priscilla S. “A Formação dos Estados Unidos. São Paulo, 1985, p.34)

Apesar da falta de consenso sobre o motivo da eclosão da Guerra de Secessão nos EUA (1861/1865), tal movimento produziu uma nova estrutura sócio-econômica para os Estados Unidos com a seguinte característica:

(A)

manutenção do modelo escravista de produção apesar da vitória militar do norte sobre os sul;

(B)

incorporação total da população negra norte-americana a legislação do país, garantindo uma sociedade justa na questão racial;

(C)

unificação dos EUA sobre o modelo industrial periférico, ainda seriamente dependente do capital inglês;

(D)

imposição do modelo capitalista do norte do país sobre o modelo agro-exportador do sul, determinando o fim da estrutura latifundiária do país;

(E)

garantia da grande propriedade desde que a produção estivesse voltada para a produção interna dos EUA.

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

36 - A Revolução Russa, em outubro de 1917, garantiu poder aos comunistas por meio da liderança de Lênin, que impôs

mudanças imediatas ao país em função das promessas feitas baseadas no lema “Paz, pão e terra”. Dentre as principais medidas de Lênin, destaca-se:

(A)

a imediata saída do país da Primeira Guerra Mundial, a abolição da propriedade privada da terra e o controle das fábricas pelos operários;

(B)

a criação da NEP (Nova Política Econômica), o fim dos Kulaks e a criação do Pacto de Varsóvia;

(C)

a criação da Gosplan (responsável pelo planejamento econômico), da Duma (representação política) e do pluripartidarismo;

(D)

a criação dos planos qüinqüenais, dos Sovkhozes (fazendas estatais) e a implantação da Perestroika.;

(E)

a criação da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, dos Kolkhozes (fazendas coletivizadas) e a manutenção do país no conflito europeu.

37

- Durante o Estado Novo (1937/1945), o presidente Vargas oscilou entre a notória afinidade com o nazi-fascismo

europeu e o alinhamento aos interesses econômicos norte-americanos. Tal posicionamento só reforçava a capacidade de conciliação do principal líder populista do Brasil. No entanto, a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial gerou uma contradição no governo Vargas, que o obrigou a democratizar o país ao final do conflito, em 1945 em função da vitória da democracia com o triunfo dos aliados. A relação correta entre as características ideológicas dos partidos políticos criados no Brasil e a democratização do Estado Novo, em 1945, é:

(A)

a UDN (União Democrática Nacional) reunia os segmentos da elite nacional favoráveis ao varguismo político;

(B)

o PSD (Partido Social Democrático), criado pelo próprio Vargas, reuniu os segmentos urbanos interessados no fim da influência norte-americana no país;

(C)

o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), fundado por Vargas, reuniu lideranças sindicais e nacionalistas fiéis ao populismo corporativo;

(D)

o PSP (Partido Social Progressista) seguia a liderança de Adhemar de Barros, notório defensor do socialismo no Brasil;

(E)

o PCB (Partido Comunista Brasileiro), reorganizado em 1945, rompeu com o comunismo soviético e buscou um alinhamento ao euro-comunismo.

38

- O processo de descolonização afro-asiático, que se seguiu ao término da Segunda Guerra Mundial, só evidenciou o

profundo dano causado por anos de exploração dos países centrais capitalistas sobre os dois continentes. Um dos casos mais evidentes desse processo foi a Independência de Angola, colônia portuguesa, conseguida na segunda metade do século XX, após o término do regime fascista salazarista no governo português. A independência angolana pode ser assim caracterizada:

(A)

Divisão do país em dois grupos: um de orientação marxista (MPLA) e outro de orientação anticomunista (UNITA), iniciando uma guerra civil no país após a independência;

(B)

Influência da disputa da Guerra Fria (comunismo X capitalismo), permitindo o alinhamento da nova nação angolana ao lado da nação capitalista sob a liderança dos Estados Unidos;

(C)

Unidade do povo angolano no processo de luta contra a dominação de Portugal, assim como na posterior construção do país, que contou com a formação de um governo de união nacional;

(D)

Apoio do regime salazarista ao movimento de independência, a partir da aliança dos portugueses com os membros do MPLA, para evitar o avanço do movimento de restauração da democracia em Portugal;

(E)

Participação direta do governo da África do Sul interessado no controle econômico de Angola, a partir da aliança com o MPLA, que garantiu o fornecimento de armas e tropas na luta contra Portugal.

39

- No dia primeiro de janeiro de 2009 a Revolução Cubana completou cinquenta anos, desafiando o inimigo norte-

americano e a própria estrutura interna do país, empobrecida e isolada após o término do mundo comunista, no final do século XX. Considerando as relações diplomáticas entre Cuba e o mundo após a Revolução de 1959, constata-se que:

(A)

o regime revolucionário cubano contou com o apoio econômico e militar da grande maioria dos países latino- americanos através da OEA (Organização dos Estados Americanos);

(B)

o governo norte-americano conseguiu o isolamento e a expulsão de Cuba na OEA (Organização dos Estados Americanos) e aprovou o embargo à ilha, que dificultou a vida econômica do país;

(C)

o governo comunista cubano se comprometeu a não apoiar outras revoluções no continente americano em troca do respeito dos Estados Unidos ao regime de Fidel Castro no país;

(D)

o regime do governo cubano perdeu o apoio da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) por discordar da intervenção stalinista sobre a Tchecoslováquia durante a Primavera de Praga;

(E)

o regime comunista cubano adotou, sob o comando de Fidel Castro, uma política de aproximação diplomática junto aos Estados Unidos na ONU (Organização das Nações Unidas), após os atentados de 11 de setembro.

12

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

40 -

“BRASIL: AME-O OU DEIXE-O”.

A frase ufanista era uma marca do regime ditatorial brasileiro (1964/1985), que durante o governo do General Médice

(1969/1974), conheceu os piores anos da repressão política. Tal período, que ficou conhecido como os “Anos de

Chumbo”, apresenta a seguinte característica:

(A)

Aliança entre o poder militar e o movimento estudantil, que através da UNE (União Nacional dos Estudantes), apoiava abertamente o regime militar;

(B)

Livre atuação do Poder Judiciário brasileiro, garantido pela decretação do Ato Institucional Número 5;

(C)

Liberdade do trabalho da imprensa, que denunciava todo o arbítrio e a repressão do estado ditatorial brasileiro;

(D)

Existência de um governo de exceção, que perseguia os seus opositores, mas garantia o direito de defesa dos acusados através dos Tribunais Militares;

(E)

Total falta de garantias constitucionais aos cidadãos brasileiros, resultando na perseguição e morte dos opositores ao regime militar.

Books & Arts The Oxford-Cambridge boat race

Shock and oar

Mar 26th 2009 From The Economist print edition

INGLÊS

oar Mar 26th 2009 From The Economist print edition INGLÊS Illustration by Daniel Pudles (1) SIBLING

Illustration by Daniel Pudles

(1) SIBLING rivalry has many famous examples. Cain and Abel, Linus and Lucy, Liam and Noel. Less well-known, but no less competitive, are David and James Livingston, two brothers who, in April 2003, raced on opposite sides in the Oxford and Cambridge University Boat Race, one of the toughest sporting challenges in the world.

(2) “Blood Over Water”, published to coincide with the 155th boat race on March 29th, tells in alternating narratives the story of how the brothers’ quest for victory turned them into enemies. Providing context is the broader tale of the historic rowing competition between two prestigious universities.

(3) The first boat race took place in 1829 on the River Thames at Henley in Oxfordshire and was the culmination of an idea of Charles Merivale, a Cambridge student, and his Harrow schoolmate Charles Wordsworth (nephew of poet William),

at Oxford. The event was such a success—newspapers of the day reported crowds of 20,000—that Henley decided to

organise its own (now famous) regatta and the boat race moved to Westminster in London. By 1845, with Westminster too crowded, the race moved up river to Putney. Today it still runs four-and-a-quarter miles (6.8km) from Putney to Mortlake and, despite being in the public eye for just one day each year, attracts a global audience of around 120m.

(4) Training is brutal. For seven months potential crews (each with eight oarsmen and a cox) undergo two intense

sessions every day, one on the water and one on indoor rowing machines or ergometers. Over that time they put in two hours’ work for each of the 600 strokes they will take in the race. As they train, hearts race at over 200 beats a minute; lactic acid builds to stinging levels in muscles; fragile capillaries burst in the lungs. To combat the physical demands made on them oarsmen must consume 6,000 calories a day, more than twice the normal daily requirement for men. All

of this must be balanced against the demands of tutors, supervisions, essays, exams and long-suffering girlfriends.

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

(5) “Blood Over Water” stands out from the mass of sporting memoirs thanks to the authors’ open portrayal of their

relationship as the build-up to the race intensifies. David, the younger by three years, speaks unashamedly of his struggle to keep up with the high-achieving James, his emotions swinging from pride and love to envy and hate. James dreads failure and is consumed by the fear that his kid brother might beat him at his chosen endeavour. As race day approaches the two opposing camps eat meals at opposite ends of the family kitchen, communication is reduced to curt nods, and the feeling of brotherhood is replaced by one of hostility.

(6) The irony of it all is that when Oxford wins the race, by one foot—a 0.0043% difference over the length of the course and the smallest margin on record—the younger man’s joy is tinged with guilt at taking away his brother’s dream. Proof indeed, that blood is thicker than water.

41 - Graphic resources help the reader understand a text. The illustration at the beginning of the article conveys the idea of:

(A)

acceptance and rejection;

(B)

anger and idealism;

(C)

animosity and competitiveness;

(D)

hatred and friendship;

(E)

perseverance and conformity.

42

- Texts can have different genders and communicative intentions. The text above is best described as:

(A)

a review;

(B)

an account;

(C)

a testimony;

(D)

a report;

(E)

an analysis.

43

- The author’s intention in this text is to describe:

(A)

how the brothers’ quest for victory turned them into losers;

(B)

a brotherly relationship tested to breaking point in sports;

(C)

the history of rowing competitions between universities;

(D)

training programmes and daily routines during competitions;

(E)

the memoirs of two of the most famous oarsmen of all times.

44

- After reading the text, it is true to say that:

(A)

all brothers and sisters in England are rivals at school;

(B)

famous brothers and sisters are traditional enemies;

(C)

sibling rivalry happens between sisters only, not brothers;

(D)

brothers and sisters respond in the same way to brutal training;

(E)

the feeling between brothers and sisters is stronger than any other.

45

- Marcadores do discurso são recursos fundamentais para a coesão de um texto. No fragmento abaixo, a palavra

DESPITE expressa:

“Today it still runs four-and-a-quarter miles (6.8km) from Putney to Mortlake and, despite being in the public eye for just one day each year, attracts a global audience of around 120m.” (p. 3)

(A)

contraste;

(B)

comparação;

(C)

omição;

(D)

exemplificação;

(E)

ilustração.

14

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

46 - Os verbos auxiliares modais são extremamente comuns na língua inglesa e expressam a opinião do falante.

No fragmento abaixo (p. 4), o modal MUST expressa:

“To combat the physical demands made on them oarsmen must consume 6,000 calories a day, more than twice the normal daily requirement for men.”

(A)

proibição;

(B)

permissão;

(C)

habilidade;

(D)

necessidade;

(E)

dúvida.

47 - In a text, the writer often refers back to something that has already been mentioned. In the sentence below, taken from paragraph 5, the pronoun ONE refers to:

“…communication is reduced to curt nods, and the feeling of brotherhood is replaced by one of hostility.”

(A)

race;

(B)

brotherhood;

(C)

communication;

(D)

feeling;

(E)

hostility.

48

- Na frase “James dreads failure and is consumed by the fear that his kid brother might beat him at his chosen

endeavour.” (p. 5), a palavra DREADS pode ser substituída por:

(A)

doesn’t care about;

(B)

doesn’t really mind;

(C)

isn’t worried about;

(D)

deeply encourages;

(E)

profoundly fears.

49

- Ainda no parágrafo 5, o phrasal verb STAND OUT em

“’Blood Over Water’ stands out from the mass of sporting memoirs thanks to the authors’ open portrayal of their relationship as the build-up to the race intensifies”

significa:

(A)

distinguish itself;

(B)

stand outdoors;

(C)

move to an upright position;

(D)

remain opposed;

(E)

refuse to agree.

50

- O autor termina o texto com a frase:

“Proof indeed, that blood is thicker than water.”

O fragmento que reitera a frase acima é:

(A)

“… the story of how the brothers’ quest for victory turned them into enemies.” (p. 2)

(B)

“All of this must be balanced against the demands of tutors, supervisions, essays, exams and long-suffering girlfriends.” (p. 4)

(C)

“David, the younger by three years, speaks unashamedly of his struggle to keep up with the high-achieving James… “(p. 5)

(D)

“The irony of it all is that when Oxford wins the race…”(p. 6)

(E)

“… the younger man’s joy is tinged with guilt at taking away his brother’s dream. (p. 6)

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

Cómete la primavera

ESPANHOL

MADRID.- La despensa de Carmen Aza cambia con las estaciones. Ahora, en abril, el espacio es para “puerros, zanahorias, escarola, lechuga, cebollas y unos rabanetes”, sin embargo, pronto, “si quiere el tiempo”, llegarán las “deseadas cerezas”.

“En casa, siempre tomamos productos de temporada”, asegura esta extremeña para quien “sigue siendo raro comerse un tomate en invierno”.

Hoy en día, forma parte del grupo de consumo de productos ecológicos ‘Con-sumo gusto’ de Mérida, donde la producción siempre se ajusta al calendario; pero los alimentos de temporada la han acompañado en la mesa desde niña. “Mis padres eran de campo y siempre establecían las comidas según la época del año”, asegura.

“Más sabrosos, nutritivos y baratos”. Los nutricionistas coinciden en señalar que elegir alimentos de temporada es una apuesta segura. Sin embargo, para muchos, no es tarea fácil distinguir los productos de campaña en un mercado globalizado donde la oferta de artículos no entiende de estaciones.

“Ya no sabemos ni de cuándo son las naranjas”, se lamenta Carmen Casas, gerente de la cooperativa de consumo ecológico Almocafre (Córdoba), desde donde se organizan charlas y documentos de divulgación para que los consumidores sepan distinguir los productos de cada época y conozcan sus beneficios.

“Sin duda, elegir un producto de temporada es lo más recomendable, porque es el momento en el que aporta la máxima expresión de su contenido nutricional y sus cualidades organolépticas –sabor, olor, textura, color-”, explica Javier Aranceta, presidente de la Sociedad Española de Nutrición Comunitaria.

Este experto señala, además, que adaptarse a las estaciones permite alcanzar un mejor equilibrio nutricional. “Si durante todo el año sólo tomamos manzanas como fruta no tendremos nuestras necesidades cubiertas al 100%. Hay que cambiar”, remarca.

41- El consumo de frutas y verduras se debe adaptar a las estaciones con la finalidad de:

(A)

alcanzar un mayor equilíbrio nutricional;

(B)

aprovechar el mercado globalizado;

(C)

ganar una apuesta segura;

(D)consumir productos ecológicos; (E)divulgar con charlas y documentos el valor de los alimentos.

42- “ Carmen Aza cambia su alimentación con las estaciones” de esto se deduce que:

(A)

come zanahorias y escarola;

(B)

toma productos de temporada;

(C)

sigue las costumbres familiares;

(D)consume productos ecológicos; (E)distingue productos de calidad.

43 - Un producto de temporada aporta la máxima expresión de su contenido nutricional así, las calidades organolépticas que se destacan en los productos son:

(A)

color, sabor, presentación,textura;

(B)

olor, sabor, peso,presentación;

(C)

textura, pintura, peso, olor;

(D)

color, olor, textura, sabor;

(E)olor, color, textura, embalaje.

16

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

44 - En la frase “ ya no sabemos ni de cuándo son las naranjas” se quiere destacar que:

(A)

es difícil saber la procedencia de las naranjas;

(B)

la oferta de naranjas no sigue las estaciones;

(C)

no se distinguen productos de cada época;

(D)

al consumidor le da igual la procedencia de las naranjas;

(E)

las naranjas ya son globalizadas.

45

- Javier Aranceta, presidente de la Sociedad Española de Nutrición Comunitaria es un “experto” porque:

(A)

es muy rápido para resolver problemas nutricionales;

(B)

aconseja a la población sobre nutrición;

(C)

se adapta rápidamente a nuevos mercados de consumo;

(D)

sabe mucho sobre el tema de nutrición;

(E)

preside la Sociedad de Nutrición.

46

- En la frase “ Hoy en día forma parte del grupo de consumo de productos ecológicos” la mejor expresión que

sustituye “hoy en día” es:

(A)

en el día a día;

(B)

por ahora;

(C)

en estos días;

(D)

este día;

(E)

ayer.

La música, medicina para el corazón

Escuchar piezas musicales puede reducir el ritmo cardiaco y la tensión arterial.LAURA TARDÓN

MADRID.- Una melodía, un poco de ritmo y mucha armonía son los componentes de una receta que ayuda a reducir el estrés. El uso de la música como terapia de relajación se ha extendido a lo largo de los años en todo el mundo y sus beneficios en los pacientes con enfermedades cardiovasculares han sido objeto de numerosos estudios. Ahora, una revisión publicada en ‘The Cochrane Library’ concluye que escuchar música puede ayudar a reducir la presión sanguínea, el ritmo cardiaco, la frecuencia respiratoria, la ansiedad y el dolor en este tipo de pacientes.

Sergio Manzano, cardiólogo del Hospital Universitario Virgen de la Arrixaca, en Murcia, explica que “ante situaciones de pánico o peligro nuestro organismo se defiende. El sistema nervioso simpático se activa y se libera adrenalina y noradrenalina”.

Son sustancias denominas catecolaminas, “cuya función consiste en aumentar la frecuencia cardiaca y la presión arterial, fundamental en determinadas situaciones para asegurar el flujo sanguíneo adecuado a los diferentes sistemas del organismo. Lo que ocurre es que cuando se produce en exceso, puede ser nocivo para el corazón, especialmente para las personas con problemas cardiacos previos”, expone Enrique Asín Cardiel, jefe de servicio de Cardiología del Hospital Ramón y Cajal de Madrid y director del Instituto del Corazón de dicho centro hospitalario.

“Sus efectos son los responsables de que el paciente con enfermedad cardiovascular tenga mayor riesgo de sufrir complicaciones, incluida la muerte súbita, por lo que sería especialmente importante que el tratamiento de estas personas también incluyera la atención a sus necesidades psicológicas”, argumenta Joke Bradt, director de la revisión

Y

es en este punto donde la música podría desempeñar un papel relevante

El

mundo.es

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

47 - Según el texto” La música puede ser usada como terapia “.y sus efectos sobre el paciente son:

(A)

constantes;

(B)

relajantes;

(C)

estimulantes;

(D)energizantes;

(E)sedantes.

48 - “Dolor” es una palabra heterogenérica respecto al portugués, así el artículo que la acompaña es el. La serie que

también usa el como artículo es:

(A)

ritmo, tema, presión;

(B)

nariz ,rodilla,sangre;

(C)

sangre, terapia ,música;

(D)

respiración, ritmo, corazón;

(E)

muslo, equipo, estrés.

49

- “ Ante el peligro el organismo produce adrenalina y noradrenalina”. Esto hace suponer que los pacientes necesitan

de estas sustancias para:

(A)

que la sangre circule normalmente por el cuerpo;

(B)

defenderse de infecciones externas;

(C)

para evitar problemas respiratorios;

(D)

para evitar la muerte súbita;

(E)

disminuir la frecuencia y presión arterial.

50 - La idea de usar la música como terapia surge con la finalidad de relajar a los pacientes para:

(A)

aumentar el ritmo del corazón;

(B)

producir sustancias estimulantes;

(C) asegurar el flujo sanguíneo en el cerebro;

(D)

pacientes sin antecedentes cardíacos previos;

(E)

disminuir la frecuencia cardíaca y la presión arterial.

18

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

FRANCÊS

TEXTO 1

L´Année de la France au Brésil présentée par Monsieur Jean-Marc GRAVIER, Consul Général de France à São Paulo

L’Année de la France au Brésil répond à l’Année du Brésil en France qui a connu en 2005 un succès

considérable (15 millions de personnes ont participé ou assisté à plus de 450 évènements dans 150 villes différentes), et a permis de faire évoluer positivement la vision traditionnelle et réductrice que les Français avaient du Brésil (samba, plage, football).

A travers les évènements de toute nature qui se dérouleront dans toutes les régions du Brésil au cours

de cette année 2009 (plus de 600 projets labellisés), et qui, nous l’espérons, toucheront un public

proportionnellement aussi important, dans toutes les couches de la société brésilienne, nous poursuivons un double objectif :

- donner de la France une image renouvelée, actuelle, conforme à la modernité et à la diversité de ce

pays, sans renier une histoire et un patrimoine culturel et intellectuel qui ont fait sa renommée et son prestige ;

- donner un nouvel élan à la relation et aux complicités anciennes entre nos deux pays en faisant

mieux connaître les courants d’échanges existant, en créant de nouveaux partenariats et de nouvelles dynamiques dans tous les domaines, en partageant nos analyses et nos idées pour dégager et promouvoir

ensemble une nouvelle approche du monde et des problèmes auxquels il est confronté.

Pour le Consulat Général de France à São Paulo, le principal défi en cette année rejoint celui de toute

la représentation française au Brésil : réussir l’Année de la France au Brésil en faisant en sorte que

tous les Brésiliens voient en la France un pays qui a beaucoup à partager avec eux, que ce soit dans les domaines de la connaissance, de l’économie, de la culture, oeuvrant pour l’organisation d’une société plus juste, plus responsable, plus prospère, plus respectueuse des libertés et de la diversité, un pays qui leur est ouvert parce qu’il est proche d’eux et, par bien des aspects, parce qu´il leur ressemble.

L´Année de la France au Brésil est organisée :

- Au Brésil, par le Commissariat brésilien, le Ministère de la Culture et le Ministère des Relations extérieures. Président : Danilo Santos de Miranda Commissaire : Roberto Soares de Oliveira

- En France, par le Commissariat français, le Ministère des Affaires étrangères et européennes, le Ministère de la Culture et de la Communication et Culturesfrance. Président : Yves Saint-Geours Commissaire : Anne Louyot

41 - O ano da França no Brasil visa promover:

(A)

a visão tradicional do Brasil na França;

(B)

a imagem tradicional da França no Brasil;

(C)

uma imagem renovada da França no Brasil;

(D)

os produtos brasileiros na França;

(E)

a Embaixada da França no Brasil.

42 - Alguns dos meios necessários para atingir os objetivos do ano da França no Brasil são mencionados no seguinte trecho:

(A)

“L’année de la France au Brésil répond à l’année du Brésil en France

”;

(B)

“15 millions de personnes ont assisté à plus de 450 événements dans 150 villes différentes

”;

(C)

“[

]

conforme à la modernité et à la diversité de ce pays

”;

(D)

“A travers les événements de toute nature qui se dérouleront dans toutes les régions [

]”;

(E) “le principal défi en cette année rejoint celui de toute la représentation française

”.

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

43 - Observe o seguinte trecho:

“- donner un nouvel élan à la relation et aux complicités anciennes entre nos deux pays

Assinale, abaixo, a sequência mais adequada ao sentido do texto 1:

(A)

évitant

de faire connaître les courants d’échange;

(B)

afin

de promouvoir une nouvelle approche du monde;

(C)

sans

créer de nouveaux partenariats;

(D)

malgré

les nouvelles dynamiques;

(E)

à cause du manque de représentation.

44

- A expressão a que se refere o pronome “leur” presente no seguinte trecho do último parágrafo: “un pays qui leur

est ouvert”, é:

(A)

dans les domaines;

(B)

des libertés;

(C)

tous les Brésiliens;

(D)

la France;

(E)

la représentation française.

45

- Das expressões abaixo, as que estão no gênero masculino, são:

(A)

toute nature – toutes les couches;

(B)

les régions – les courants;

(C)

nos analyses – nos idées;

(D)

nouvel élan – nouvelles dynamiques;

(E)

nouveaux partenaires – principal défi.

TEXTO 2

Samedi 2 Mai 2009 http://www.futura-sciences.com/fr/news

Grippe A: 2 cas en France, dont l’état “n’inspire pas d’inquiétude”

(Source : Destination Santé)

Les deux premiers cas d’infection par le virus porcin A/H1N1 en France ont été confirmés, hier soir 1er mai. L’Institut national de Veille sanitaire (InVS) a fait savoir que les deux malades - sans relations entre eux - ont été hospitalisés et pris en charge le jour même, et que leur état de santé n’inspire pas d’inquiétude. L’OMS pour sa part, faisait savoir dans la nuit “qu’à 23:30 GMT le 1er mai 2009, 13 pays avaient officiellement rapporté 367 cas d’infection par le virus A/H1N1”

Ce sont respectivement “un homme de 49 ans

revenu du Mexique le 27 avril et qui a présenté les premiers signes de la grippe le 29 avril, et une femme de 24 ans rentrée du Mexique le 28 avril et qui a présenté les premiers signes le 29 avril”, indique l’InVS. Conformément aux dispositions du “Plan Pandémie”, toutes les personnes qui ont été à leur contact proche “ont été mises sous traitement antiviral”.

]Tard [

Mexique. Les 11 autres pays concernés ne rapportent aucune mort: 34 cas au Canada, 13 en Espagne, 8 au Royaume-

Uni, 4 en Allemagne et en Nouvelle-Zélande, 2 en Israël et 1 en Autriche, au Danemark, en Chine (région administrative

spéciale de Hong Kong), aux Pays-Bas et en Suisse

français - traduisent une relative accalmie de l’évolution épidémiologique. La vigilance internationale est à son plus haut niveau et les deux antiviraux ont vu leur efficacité contre le virus porcin A/H1N1 confirmée à la fois par l’OMS et le “Center for Diseases Control and Prevention” (CDC) américain. Ces éléments sont donc rassurants. Reste une inconnue de taille: celle des pays dont on entend décidément très peu parler - en Afrique subsaharienne et dans le monde arabe - alors que rien ne permet de penser qu’ils soient à l’écart des grands courants de transmission du virus Pour toute information sur la grippe, vous pouvez composer le 0825 302 302 ou consulter le site internet: www.sante- sports.gouv.fr.

Ces chiffres - qui, rappelons-le, ne tiennent pas compte des cas

dans la nuit donc, l’OMS reconnaissait 141 cas dont un mortel aux Etats-Unis et 156 cas dont 9 mortels au

Ces chiffres ne prennent pas en compte les malades hospitalisés en France [

].

20

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

46 - Os casos mortais de gripe suína ocorreram, até 1° de maio, nos seguintes países listados abaixo:

(A)

França e México;

(B)

Suíça e Canadá;

(C)

Espanha e Alemanha;

(D)

México e Estados Unidos;

(E)

Estados Unidos e França.

47 - Tendo em vista o significado da palavra “chifrre” (que significa “número”, em francês), a afirmação correta é:

(A)

o número total de vítimas mortais é de 367;

(B)

o número total de infectados é de 367, excluindo-se a França;

(C)

o número total de infectados, segundo o InVS, é de 367;

(D)

o número total de infectados, segundo a OMS, é superior a 367;

(E)

o número total de infectados, segundo a OMS, inclui os dois casos da França.

48

- As notícias sobre a gripe têm um aspecto positivo porque:

(A)

as duas substâncias antivirais se mostraram eficazes;

(B)

todas as pessoas que tiveram contato com os infectados foram hospitalizadas;

(C)

nem todos os países estão na rota das correntes de transmissão do virus;

(D)

não foram registrados casos nas últimas 24 horas;

(E)

não ocorreram casos na África Subsaariana.

49

- A opção correspondente a uma frase na voz passiva, é:

(A)

les deux premiers cas d’infection par le virus porcin A/H1N1 en France ont été confirmés;

(B)

tard dans la nuit donc, l’OMS reconnaissait 141 cas dont un mortel aux Etats-Unis;

(C)

ces chiffres traduisent une relative accalmie de l’évolution épidémiologique;

(D)

la vigilance internationale est à son plus haut niveau;

(E)

ces éléments sont donc rassurants.

50

- A expressão “une inconnue de taille” refere-se a:

(A)

Organisation Mondiale pour la Santé;

(B)

“Center for Diseases and Prevention”;

(C)

Ces éléments;

(D)

des grands courants de transmission;

(E)

des pays dont on entend très peu parler.

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

REDAÇÃO

Texto - Abaixo está a página introdutória de uma revista de tema ecológico: Terra. Nessa página, a direção da revista fala dos temas abordados na edição da revista, entre eles o tema de nossa redação: a longevidade humana.

Qual é a verdadeira extensão da vida humana? Estaremos caminhando para uma vida sem limites? Essas são as questões colocadas na reportagem de capa desta edição de TERRA, um detalhado trabalho do jornalista Celso Arnaldo Araújo, duas vezes ganhador do Prêmio Esso de Jornalismo(1) na área de ciências. As conclusões são impressionantes e evidentes. Com o aprimoramento da medicina, da bioengenharia e da genética, a tendência é que, em meados do século XXI, a expectativa de vida do ser humano ultrapasse os cem anos. E pode ir mais longe. Se na Idade Média um homem de 30 anos já era um ancião, hoje já se pode pensar que, com alguns cuidados e muita tecnologia, você pode viver muito mais que seus antepassados. O impacto da longevidade humana será, sem dúvida, um dos temas da agenda do planeta ainda neste século, mas, ainda que isso represente um problema social e previdenciário, não deixa de ser alvissareiro imaginar que o ser humano terá mais tempo para aproveitar sua existência e talvez não seja uma utopia pensar que, diante dessa perspectiva, o homem passe a cuidar melhor da Terra em que viverá por mais tempo.

Faça um texto dissertativo de aproximadamente 20 linhas em que você aborde particularmente os itens sublinhados no texto da revista. Não esqueça de apoiar suas opiniões em argumentos adequados, registrados em linguagem padrão.

22

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2

Escola Superior de Ciências da Saúde

VESTIBULAR 2009/2

RASCUNHO

Escola Superior de Ciências da Saúde VESTIBULAR 2009/2 RASCUNHO 23
INFORMAÇÕES ADICIONAIS Núcleo de Computação Eletrônica Divisão de Concursos Endereço: Av. Athos da Silveira

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Núcleo de Computação Eletrônica Divisão de Concursos

Endereço: Av. Athos da Silveira Ramos, 274 - Ed. do CCMN, Bloco C e E Ilha do Fundão - Cidade Universitária - Rio de Janeiro/RJ Caixa Postal: 2324 - CEP 20010-974 Central de Atendimento: (21) 2598-3333 Informações: Dias úteis, de 8 h às 17 h (horário de Brasília) Site: www.nce.ufrj.br/concursos Email: vestibular.escs.fepecs@nce.ufrj.br