Sei sulla pagina 1di 297
LEVANDO OS DIREITOS A SERIO Ronald Dworkin Taio [NELSON BOEIRA Liga Penne ares Setanepaesaromcma Martins Fontes ‘S20 Pauo 2002 "a sr a lpr nat grace heer om Indice Introd. 1. Teosia do dirito 2. Omodele de regra 3. O modelo de regras I... 4. Casos dines. 5, Casos consitucionais, 6.A justga © 0s direitos. 7: Levande os direitos a séro, 5. A desobediéncia civil. ‘9. A disriminagdo compensatria. 10, Liberdade morlismo. 1H. Liberdadee liberalism... 12. Que direitos temos?. 13. Os direitos podem ser controveros Apindice: Resposa as eriicos indice de nomese asuntos vit B B Tal 205 235 233 315 38 3m 399 29 4a 565 Introdugao 0 cepitulos deste Livro foram escritos em separado, d= ante un petiodo de grande controvérsia sobre o que €o dite to, quem deve obedeeé-Loe quando. Durante o mesmo periodo ‘atta politica chamada de “iberalismo”, que ateriormente orn a postura de quase todos os politicos, parecia ter perdido grande parte de seus atrativos. Aqueles de mei-idade respon Sbilizavam 0 liberalism pela permissividade, © os mais jo- ‘ens pela rgidez, pela injustigaecondmica e pela Guerra do Vietn A incerteza em relagio ao direitorefletia a incerteza a respeito de uma atitude poliia convencionl. 1s diferentes captuos deste livro definem e defendem una tara liberal do dieito. Nio obstant isso, so profunda- mente eriicos em relagio a outra teoria que &lamente con- siderada por muites como wma tora liberal. Essa teria € tio popular einfluente que a chamarei de tora dominante do di- ‘eit, A teria dominante tem duas partes insist na indepen