Sei sulla pagina 1di 2

Média Móvel (mm) Ações Opções Análise Técnica Investimentos Bov

http://www.investmax.com.br/iM/content.asp?contentid=657

Média Móvel (MM - Moving Averange)

Aprenda a usar o indicador técnico média móvel. Um dos mais antigos e mais utilizado. A média móvel é um dos indicadores de tendência mais antigos utilizados na análise técnica. Este indicador é na prática uma média das cotações dos últimos n dias. Há basicamente cinco tipos de médias móveis:

exponencial, simples, triangular, variável e pesada. Estas médias móveis podem ser aplicadas sobre qualquer valor do título, desde o volume, passando pelo preço de fecho ou pelo valor de abertura.

passando pelo preço de fecho ou pelo valor de abertura. Para o cálculo de uma média

Para o cálculo de uma média móvel simples de 25 dias basta somar as cotações do título dos últimos 25 dias e dividir por 25. Para traçar o gráfico tem-se que executar este procedimento para cada um dos dias do gráfico a visualizar. Obviamente que para obter a média móvel de n dias para um determinado dia terá que haver obrigatoriamente cotações nos n dias anteriores. E isso pode nem sempre acontecer como no caso de entrada em Bolsa de um novo título.

Para traçar o gráfico tem-se que executar este procedimento para cada um dos dias do gráfico a visualizar. Obviamente que para obter a média móvel de n dias para um determinado dia terá que haver obrigatoriamente cotações nos n dias anteriores. E isso pode nem sempre acontecer como no caso de entrada em Bolsa de um novo título.

Mas qual deve ser a média móvel a utilizar? Essa resposta depende basicamente do tipo de peso que se pretende dar às cotações. No caso de uma média móvel simples, todas as cotações do título têm o mesmo peso ao longo do tempo. No caso da triangular, é dado mais peso às cotações que estão a meio do período de análise. No caso da exponencial é dado mais peso às cotações mais recentes. Por norma, é utilizada a média móvel exponencial que produz melhores resultados na maior parte das situações.

Outra questão pertinente no cálculo de uma média móvel exponencial é a determinação do número de dias a se utilizar no respectivo cálculo. Essa questão prende-se única e exclusivamente ao tipo de análise pretendida. Para isso analise-se a seguinte tabela:

Tendência

N dias

Muito curto-prazo 5 a 13 dias

Curto-prazo

14 a 25 dias

Médio-prazo

50 a 100 dias

100

a

200

Longo-prazo

dias

Para efetuar análises de médio-prazo geralmente utiliza-se a média móvel de 50 dias enquanto que para análises de longo prazo utiliza-se a média móvel de 200 dias. Tanto o valor 50 quanto o valor 200 (39 semanas) são valores empíricos que resultam da experiência acumulada que prova que produzem melhores resultados.

Média Móvel (mm) Ações Opções Análise Técnica Investimentos Bov

http://www.investmax.com.br/iM/content.asp?contentid=657

Por último importa analisar a questão mais importante: como é que se interpreta este indicador? Tipicamente numa análise de médio-prazo traça-se o gráfico das cotações juntamente com o gráfico da média móvel exponencial de 50 dias. Sempre que a MME cruze a linha de cotações para um valor superior é acionado um sinal de compra. Sempre que a MME cruze a linha de cotações para um valor inferior está dado um sinal de venda.

Esta análise simplista coloca-nos sempre do lado correto da tendência do mercado. No entanto este indicador não tem valor preditivo acerca da tendência, pois que a reação é sempre mais lenta do que outros indicadores. Assim a recomendação quer de compra ou venda pode ser sempre tardia. Por isso nos próximos artigos iremos nos debruçar sobre outros tipos de indicadores.