Sei sulla pagina 1di 6

INTRODUÇÃO

Solubilidade Solubilidade é a propriedade que uma substância tem de se dissolver espontaneamente em outra substância denominada solvente. Na solubilidade, o caráter polar ou apolar da substância influi muito, já que, devido a polaridade das substâncias, estas serão mais ou menos solúveis.

Os compostos com mais de um grupo funcional apresentam grande polaridade, por isso não são solúveis em éter etílico, por exemplo, que apresenta baixíssima polaridade. Portanto, para que uma substância seja solúvel em éter etílico deve apresentar pouca polaridade. Os compostos com menor polaridade são os que apresentam menor reatividade como, por exemplo, as parafinas, compostos núcleos aromáticos e os derivados halogenados.

SOLUBILIDADE

Solubilidade de líquidos

Dois líquidos

são

totalmente

miscíveis

quando

as

moléculas

de

um

se

dispersam

homogeneamente

nas

do

outro

Solubilidade de sólidos em líquidos

Soluções saturadas e não saturadas Quando se põe em contacto um sólido com um líquido as moléculas do líquido ao chocarem com a rede cristalina do sólido arrancam fragmentos deste que se irão dispersar no líquido – o sólido dissolveu-se no líquido. A solução está saturada quando se estabelece um equilíbrio entre as partículas arrancadas e as que se depositam. Quando se depositam mais partículas dos que as que saem a solução diz-se

sobre-saturada.

dos que as que saem a solução diz-se sobre-saturada. As soluções supersaturadas são instáveis, isto é,

As soluções supersaturadas são instáveis, isto é, a precipitação do excesso de soluto dissolvido pode ter início muito facilmente e por várias maneiras. Por exemplo, por meio da introdução de um pequeno cristal do soluto que propicia uma superfície na qual a cristalização pode ser

desencadeada. A cristalização pode também ser provocada por outros meios, como por um choque mecânico ou por uma onda sonora. Cristalização - A solubilidade aumenta quando a temperatura sobe e diminui quando desce. Colocando a solução a uma temperatura baixa, esta torna-se saturada ou sobresaturada porque a solubilidade diminuiu, depositando-se no fundo os cristais do sólido – Esta propriedade pode ser utilizada para purificar ou separar sólidos. Empregandotemperaturas diferentes podem-se cristalizar vários sólidos existentes numa solução –cristalização fraccionada.

Solubilidade de solutos gasosos

Para os solutos gasosos, a uma determinada temperatura, um aumento da pressão tem como consequência um aumento da solubilidade (é assim se se introduz gás - CO 2 - nas bebidas gaseificadas).Ao contrário do que normalmente acontece nos solutos sólidos, o aumento da temperatura da solução provoca uma diminuição do valor da solubilidade, havendo, por isso, escape do gás à medida que a solução aquece.

Solubilidade de solutos sólidos

No caso dos solutos sólidos a solubilidade, normalmente, aumenta com a temperatura.Os sais iónicos podem ser solúveis, pouco solúveis ou insolúveis.

Sais muito solúveis

São muito solúveis praticamente:

Todos os sais de metais alcalinos;

Todos os sais de amónio;

Sais contendo os iões nitrato, clorato, nitrito, perclorato e permanganato;

Hidróxidos de metais alcalinos e de de bário;

Maioria dos cloretos, brometos, iodetos (exceto os de cobre, prata, mercúrio e chumbo);

Maioria dos sulfatos (exceto os de cálcio, prata, bário, estrôncio, chumbo e mercúrio);

Quase todos os acetatos (exceto os de prata e de mercúrio).

Sais pouco solúveis ou insolúveis

Maioria dos hidróxidos (exceto os referidos no ponto anterior);

Maioria dos carbonatos, cromatos, sulfitos, sulfuretos, fosfatos, fosfitos (exceto os de metais alcalinos e de amónio).

solubilidade

Quando se faz refêrencia ao fenômeno da solubilidade refere-se sempre a pressão e a temperatura, visto que a solubilidade varia com essas duas grandezas. Por exemplo, a solubilidade dos gases em líquidos diminui, em geral, com o aumento da temperatura e aumenta com o aumento da pressão.

Fatores que

afetam

a

Ião comum - A presença, na solução, de um iões,comum ao sal baixa a solubilidade desse sal.

Temperatura - Para dissoluções endotérmica o aumento da temperatura

aumenta o valor da constante de solubilidade, K s , e por isso, também o

s.

Para dissoluções exotérmicas, o aumento da temperatura diminui o valor

da constante de solubilidade, K s , e consequentemente o valor da solubilidade do sal, s.

Reações laterais - Podem ocorrer reações laterais que envolvem os iões,do sal (consumindo-os), aumentando desta forma a solubilidade do sal.

Formação de complexos - A formação de iões complexos aumenta a solubilidade do sal.

pH do meio- A adição de um ácido pode provocar o consumo de um dos iões presentes na solução, aumentando a solubilidade do sal.

valor

da

solubilidade

do

sal,

Partilha Se agitarmos uma substancia em dois solventes não miscíveis ela distribuir-se-á nos dois solventes, encontrando-se em mais quantidade no solvente em que for mais solúvel. A razão entre a concentração num e noutro solvente denomina-se coeficiente de

Partilha. Esta propriedade é utilizada em vários processos de separação como

a cromatografia de partilha.

Compostos electrovalentes em solventes polares A temperatura ambiente os compostos iônicos dissociam-se na água, devido ao seu caráter polar e à sua constante dielétrica elevada. Os dipolos da água são atraídos pelos iões dissociados de modo a que o pólo negativo do oxigênio se coloca frente aos iões positivos e o pólo positivo dos iões hidrogênio frente aos iões negativos. Deste modo as moléculas de água neutralizam parcialmente a carga dos iões facilitando assim a sua manutenção em solução.

Bainhas de solvatação Os iões ficam rodeados por moléculas de água - bainhas de solvatação.

A água ao interpor-se entre os iões reduz grandemente a sua força de

atracção.

de água - bainhas de solvatação . A água ao interpor-se entre os iões reduz grandemente

Energia de hidratação A hidratação dos iões que provoca a solvatação, liberta energia – energia de hidratação que é utilizada para vencer as forças de coesão que mantêm a rede do cristal unida. Quando as forças de coesão são superiores à energia de hidratação, o composto é insolúvel. É o caso do sulfato de bário.