Sei sulla pagina 1di 30
Igreja Evangélica O Brasil para Cristo ®2012 Venda Proibida
Igreja Evangélica O Brasil para Cristo ®2012 Venda Proibida
Igreja Evangélica O Brasil para Cristo ®2012 Venda Proibida
Igreja Evangélica O Brasil para Cristo ®2012 Venda Proibida
Igreja Evangélica O Brasil para Cristo ®2012 Venda Proibida
Igreja Evangélica O Brasil para Cristo ®2012 Venda Proibida
Igreja Evangélica O Brasil para Cristo ®2012 Venda Proibida
Igreja Evangélica O Brasil para Cristo ®2012 Venda Proibida

Igreja Evangélica O Brasil para Cristo

®2012

Venda Proibida

Apostila para Discipulado OBPC Organizada por Marcos Menezes

©2011/2012

Venda Proibida

O organizador autoriza a utilização deste material por qualquer denominação cristã.

Nota: alguns textos foram extraídos da apostila Semeando a palavra de Deus com amor do pastor Motta.

BREVE APRESENTAÇÃO

Você está iniciando hoje o estudo bíblico a qual chamamos discipulado, estes encontros semanais tem por objetivo fortificar sua fé e permanência na presença do Senhor, ensiná-lo como agir em diversas circunstância e esclarecer suas dúvidas relacionadas a fé.

Para que os objetivos sejam alcançados é necessário seu total comprometimento com o projeto, isto é, estudar e responder sua apostila seguindo as orientações do instrutor, orar para que o Espírito Santo o conduza à vontade de Deus para a sua vida, comparecer em todos os encontros evitando faltas desnecessárias (se acontecerem comunique ao seu instrutor antecipadamente), não chegar atrasado e participar de todos os trabalhos propostos.

Este estudo é dividido em duas partes: na primeira você estudará o capítulo especificado em sua casa, você tem uma semana para isso, portanto, reserve uma hora durante sua semana apenas para essa finalidade; procure começar a estudar o capítulo e terminar sem interrupções, antes de iniciar faça uma oração pedindo que o Espírito Santo abra seu entendimento e conquiste o seu coração para que absorva deste alimento. Durante o estudo anote suas dúvidas para serem esclarecidas no encontro.

A segunda parte é o encontro semanal, onde reunidos, seremos conduzidos a conhecer o propósito do Senhor mais profundamente, para isso, contaremos com o instrutor que certamente está se preparando e sendo direcionado por Deus à aquilo que este deseja transmitir à sua vida.

Os encontros serão momentos muito especiais, por isso, programe-se para estar presente e descansado, se tiver afazeres domésticos tente fazê-los mais cedo, se tiver que ir a algum lugar volte a tempo de chegar sem correria, não traga crianças deixe-as com alguém (nossos encontros durarão no máximo 01h15min). Quando vier aos encontros traga sempre sua apostila, uma bíblia (de preferência versão Almeida revista e corrigida), lápis, borracha, apontador, caneta e sua garrafinha de água.

Durante os encontros não se sinta tímido para fazer perguntas, evite assuntos que estejam fora do contexto estudado, porém participe, contando experiências, citando versículos que você já ouviu, faça anotações, mas principalmente, deixe o Espírito Santo livre para trabalhar e tratar seu coração.

Marcos Menezes Organizador do Discipulado OBPC

.

ANOTAÇÕES SOBRE O CAPÍTULO

ANOTAÇÕES SOBRE O CAPÍTULO

ANOTAÇÕES SOBRE O CAPÍTULO

ANOTAÇÕES SOBRE O CAPÍTULO

Capítulo 5 O NOVO NASCIMENTO Certa mãe tinha uma dificuldade contínua com seu filho mais

Capítulo 5

O NOVO NASCIMENTO

Certa mãe tinha uma dificuldade contínua com seu filho mais novo. Ele era muito rebelde e não mudava de forma nenhuma, todas as tentativas para mudar sua conduta só o faziam ficar mais rebelde. Certo dia o rapaz foi visitar uma igreja e ali aceitou a Jesus Cristo como seu salvador, naquela ocasião foi surpreendido por uma luz muito forte e relata:

“Comecei a ver que de dentro de mim saía outra pessoa igualzinha a mim, porém, suas vestes eram velhas e desprezíveis, era minha velha natureza, logo após isso ouvi a voz do Senhor dizendo: Agora vou caminhar contigo, mas tu deves fazer o que Eu te mandar”.

Desde aquele momento a vida do jovem foi mudando e mudando, cada vez para melhor, hoje ele é inspiração para muitos que não criam que Deus pode mudar uma pessoa.

Adaptado da apostila de César Castellanos, Doutrina nível 1

Antes de aceitar a Jesus Cristo como Salvador o ser humano está morto espiritualmente, por isso é incapaz de fazer o que é correto, é incapaz de compreender a Deus e ter intimidade com ele, sua natureza carnal (pecaminosa) o leva a cometer cada vez mais e mais pecados que no fim o levará a morte física.

1. Leia João 3.1-8 e depois complete: “A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te

digo: que se alguém não

, não pode ver o reino de

”. (vers. 3)

Quando aceitamos a Jesus Cristo o Espírito Santo passa a morar em nosso interior, o Espírito Santo produz a vida no homem e de agora em diante ele efetuara mudanças que aparecerão de dentro para fora. Essa nova oportunidade de vida é o que chamamos de novo nascimento, e como um recém nascido aprende com os pais o homem vai aprendendo com Cristo passo a passo como viver da forma que Deus quer.

2.

Acaso não sabeis que o vosso

é santuário do

,

que está em vós. (1Coríntios 6.19)

(casa)

3.

Em verdade, em verdade vos digo: que quem ouve a minha

,

e crê

naquele que me enviou, tem a

para a

eterna, não entra em juízo, mas passou da

(João 5.24).

Nascer de novo é isto, ter o passado apagado pela fé em Cristo, e uma nova oportunidade de começar tudo de novo, desta vez da forma correta e com auxílio do Espírito Santo.

LÁZARO: O PROCESSO DE RESSURREIÇÃO DE UM DEFUNTO (Leia João 11.1-46)

Imagine a situação que está o corpo de um morto há quatro dias, é lastimável, tudo está corrompido, como disse Marta “Já cheira mal” (vers.39), de repente Jesus entra na história e ordena que ele ressuscite, os seus órgão e tecidos apodrecidos não irão se tornar novos num piscar de olhos, certamente haverá um pequeno tempo para que tudo cicatrize e volte ao estado normal até que finalmente o corpo morto torne a ser vivo.

Esse é o processo de ressurreição do defunto, assim como ele, acontece com quem aceita a Jesus Cristo, a vida entra e outrora o que era morte dentro de nós passa a tomar vida, por isso, o processo de transformação de uma pessoa que aceita a Jesus acontece aos pouquinhos, ele vai caminhando com Cristo e conforme caminha com ele vai se libertando dos vícios, dos erros, tornando-se semelhante a ele, tudo se torna novo.

5. E assim, se alguém este em

já passaram; eis que se fizeram

, é

criatura; as coisas antigas

(2Coríntios 5.17)

6.

Porque Deus é quem

em vós tanto o querer como o

,

segundo a sua boa vontade. (Felipenses 2.13)

7.

Estou plenamente certo de que aquele que começou a

em vós

há de

até ao Dia de Jesus Cristo. (Felipenses 1.6)

Durante esse processo de “mudança de vida” devemos ter o coração quebrantado, isto é, disposto a aceitar as direções, os ensinamentos de Cristo, temos que nos esforçar para abandonar os erros, sabendo que se os cometermos novamente Cristo nos perdoará (1João 2.1), não podemos desistir.

8.

(Hebreus 3.15)

Hoje

se

a sua voz, não

o vosso coração.

NOVOS DOCUMENTOS

Quando nascemos em nossa certidão de nascimento fica escrito o nome dos nossos pais terrestres (João e Maria, Carlos e Joana) e a pátria onde nascemos (Brasil, Argentina), igualmente acontece quando nascemos do Espírito de Deus, Responda:

9. Quando aceitamos a Jesus Cristo e Nascemos de Novo, de quem nos tornamos filhos?

(João 1.12-13)

10. Agora que nascemos de Deus, onde fica nosso novo país (nação, pátria)?

(Felipenses 3.20)

Muitos dizem serem filhos de Deus, porém a palavra nos ensina que os filhos de Deus são aqueles que crêem e seguem a Jesus Cristo, estes não tem esperança de morar neste mundo mais de ir morar na casa de seu Pai: os céus“.

O que demonstra que nascemos de novo é a mudança que ocorre em nossas vidas em nossas atitudes, mudança pra melhor, gerada por Deus.

ANOTAÇÕES SOBRE O CAPÍTULO

Capítulo 6 O ESPÍRITO SANTO Para que a obra de Cristo fosse completa era necessário

Capítulo 6

O ESPÍRITO SANTO

Para que a obra de Cristo fosse completa era necessário que após sua morte e ressurreição ele se assentasse à destra (lado direito) do Deus Pai (Atos 2.32-36) e que ali permaneça até que chegue o momento em que voltará a Terra, levará para junto de si seus servos e Deus trará juízo sobre toda carne. Mas sabendo disto ele providenciou uma pessoa que estivesse em seu lugar para lembrar e ensinar ao homem sobre a salvação e auxiliá-lo na caminhada, essa pessoa é o Espírito Santo.

1. Filhinhos, ainda por um pouco estou convosco, buscar-me-eis, e o que eu disse aos

, vós não

judeus também agora vos digo a vós outros: para onde eu

(João 13.33).

2. E, quando eu for e vos

mim mesmo, para que, onde eu

lugar,

, esteja

e vos receberei para

também. (João 14.3)

3.

E eu rogarei ao

,

e ele vos dará outro

,

a fim de que

esteja

convosco. (João 14.16).

4.

Mas o

,

o

,

a quem o Pai enviará em

meu nome, esse vos

que vos tenho

todas as coisas e vos fará

(João 14.26)

de tudo o

O ESPÍRITO SANTO OPERA NA SALVAÇÃO DO PECADOR

Como pode uma pessoa que vive conforme o mundo e faz tantas coisas erradas, aceitar sua condição de pecador e compreender que a salvação está apenas em Cristo? Como pode uma pessoa que não ouve ninguém e acha que é a dona da razão, de uma hora pra outra tornar-se humilde aceitando a Jesus Cristo como seu salvador? O homem é incapaz de convencer outro homem da sua necessidade de salvação, porque essa consciência tem que nascer dentro de cada um individualmente e essa é uma das funções do Espírito Santo:

5. Quando ele vier,

juízo. (João 16.8)

o mundo do

, da justiça e do

Após convencer o homem sobre o seu estado pecador, leva-o a arrepender-se de suas más atitudes e apresenta-o a oportunidade de salvação e perdão em Cristo. Quando o homem aceita a Jesus o Espírito Santo automaticamente passa a morar dentro dele e começa a “limpar” sua nova moradia. Esse é o processo do NOVO NASCIMENTO, que ocorre graças à ação dele no interior do homem mostrando-o o que deve ser mudado (releia o capítulo 5).

O ESPÍRITO SANTO HABITA NO SALVO

TODOS OS QUE ACEITAM A JESUS CRISTO recebem o Espírito Santo em seu interior e somente estes o possui. Ele dá ao salvo a certeza da presença de Jesus em sua vida e mostra que Cristo deseja ter uma relação pessoal conosco.

6. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se de fato o Espírito de Deus habita em

de Cristo, esse tal

vós. E se alguém

o

é dele. (Romanos 8.9)

O Espírito Santo é o SELO de Deus na vida do salvo, sua presença identifica que o crente pertence a Deus. Ele imprime um caráter santo na vida do salvo.

7. Mas aquele que nos confirma convosco em Cristo e nos ungiu é Deus, que também nos

e nos deu o penhor do

em nosso coração.(2Coríntios 1.21-22)

ALGUMAS OBRAS DO ESPÍRITO SANTO

Santifica o crente: Ele nos ajuda a abandonar os pecados (milita contra a carne) e nos inclina para as coisas de Deus, isso acontece aos poucos, dia a dia, de glória em glória.

8. Entretanto devemos sempre dar graças (

para a salvação, pela

)

porque Deus vos escolheu desde o princípio

do Espírito e fé na verdade. (2Tessalonicenses 2.13)

Amplia nosso conhecimento sobre Deus: Ele nos guia a toda verdade e nos faz lembrar das palavras ensinadas por Jesus.

9. Quando vier, porém, o

da verdade, ele vos

, porque não falará por si mesmo, mas

a toda a

tudo o que tiver

e vos anunciará as coisas que hão de vir. (João 16.13)

Capacita o crente para ser instrumento de Deus: Cada cristão foi chamado para SERVIR. O Espírito Santo nos desperta para trabalhar pela obra de Cristo, ele nos impulsiona a querer ajudar em algo na igreja, nos impulsiona a compartilhar do evangelho de salvação com o próximo, enfim, ele nos capacita a cumprir o “ide” do Senhor Jesus:

10. E disse-lhes:

criatura. (Marcos 16.16)

por todo o mundo e

11. Porque o

coisas que deveis dizer. (Lucas 12.12)

vos

o

a toda

naquela mesma hora, as

AMOR: O FRUTO DO ESPÍRITO

Toda árvore produz um tipo de frutos, alguns destes frutos são muito azedos outros são bem docinhos, as pessoas gostam muito de estar junto destas árvores afinal quem não gostaria de se deliciar com uma saborosa manga ou então uma ótima goiaba? Todas as pessoas são comparadas a árvores, se elas forem pessoas más seus frutos, isto é, ações, serão más, entretanto se elas forem boas, seus frutos serão bons.

12. O que Jesus disse em Mateus 7.16-17: pelos seus

Assim, toda árvore

produz bons

os conhecereis

, porém a árvore má produz frutos

As pessoas que tem o Espírito Santo passam a produzir frutos vindos dele, o fruto do Espírito é chamado AMOR. Cada fruta tem suas próprias características: grande, pequena

da mesma forma é o AMOR ele tem suas próprias características que

vermelha, verde,

devem ser geradas no cristão.

13. Leia Gálatas 5. 22-23 e escreva abaixo as 9 virtudes (isto é, características) do fruto do

Espírito:

1.

4.

7.

2.

5.

8.

3.

6.

9.

NOTA: Cada virtude do Espírito é parte de um todo, de modo que nenhum cristão é completo se não tem as nove porções. É um todo indivisível.

O Fruto do Espírito vai se evidenciando na vida do cristão conforme o Espírito Santo vai atuando na sua transformação e libertação, por isso, é muito importante sempre examinarmos nossas ações e intenções do coração, assim saberemos em quais áreas precisamos de mudança.

COMPREENDENDO AS 09 VIRTUDES DO FRUTO DO ESPÍRITO

1. AMOR – A presença do Espírito Santo em nós inunda os nossos corações de um profundo amor,

que se irradia para três direções: a) Para com Deus – Passamos a amar a Deus, verdadeiramente, acima de todas as demais coisas; b) Para com nós mesmos – o nosso nível de amor próprio, de auto-estima, se eleva, conduzindo-nos a um alto grau de felicidade; c) Para com o próximo – Passamos a amar de uma maneira extraordinária e especial também as pessoas ao redor, melhorando assim nosso relacionamento social.

2. ALEGRIA – Qualidade de vida que é graciosa e bondosa, caracterizada pela boa vontade para

com os outros, resultante de um senso de bem-estar, sobretudo de bem-estar espiritual, em razão de uma correta relação com Deus. É o gozo, regozijo no Espírito Santo. É a exultação do amor. A alegria induz ao louvor e adoração.

3. PAZ – É a tranqüilidade perfeita, independente das circunstâncias. É uma situação de calma interior que resulta da justificação em Cristo. É a evidência da perfeita comunhão com Deus. É fruto da vitória do espírito sobre a carne. É uma qualidade espiritual de vida, que só os que estão verdadeiramente com Cristo podem experimentar.

4.

LONGANIMIDADE – É a capacidade de amar. É o amor esperando

Significa literalmente “longo

ânimo”. A tolerância é, essencialmente, um dos atributos de Deus, o qual pela graça de Deus é derramado em nossos corações. Longanimidade é a tolerância por amor. É não explodir em ira e furor, mas compreender e amar em todas as circunstâncias. É colocar o amor acima! Da mesma forma que Deus tem sido longânime para conosco, devemos o ser para com as pessoas ao redor, suportando as fragilidades e provocações alheias. “A longanimidade é a paciência que nos permite subjugar a ira e o senso de contenda, tolerando as injúrias” – Matthew Henry.

5. BENEGNIDADE – Tem a ver com o caráter, com a natureza da pessoa. Significa: gentileza,

bondade, excelência de caráter, honestidade. Deus é a fonte originária e Cristo foi quem melhor exemplificou essa qualidade, passando a ser o nosso modelo. O crente quando possui essa qualidade é “gracioso” e “gentil” para com os semelhantes. Não se mostrando inflexível, radical e exigente. É ser dócil de temperamento, sobretudo para com as pessoas mais humildes, predispondo- se a uma atitude mais afável e cortês.

6. BONDADE – Tem a ver com ação, atitude, em relação aos outros. Retidão, prosperidade, gentileza. É a qualidade de generosidade e de ação gentil para com as outras pessoas, é ter um caráter infinitamente bondoso. É estar sempre inclinado para o bem; desejar sempre o bem alheio. É a firme disposição de ajudar pessoas ao redor que estejam em dificuldade.

7. FIDELIDADE – Confiança, fé. O justo vive pela fé, e de fé em fé. Indica a confiança em Jesus

Cristo, na fé evangélica. É a fidelidade do Cristão para com Deus, e para com os princípios orientadores da Palavra de Deus. Esta fidelidade é livre e espontânea como o amor.

8. MANSIDÃO – Placidez, modéstia, gentileza, cortesia. Esta virtude é destacada na terceira bem-

aventurança; é uma qualidade de caráter daqueles que irão possuir a terra. Jesus é manso e humilde de coração. Consiste em um espírito de mansidão e gentileza no trato com o próximo. Trata- se de uma genuína falta de maldade e aspereza, de mistura com as qualidades da paciência e da gentileza. Trata-se de uma submissão do espírito humano para com Deus, e, em seguida para com o homem. A mansidão é resultado da verdadeira humildade, por causa do reconhecimento do valor alheio, com a recusa de nos considerarmos superiores. Deus é a fonte dessa graça e Cristo o seu exemplo supremo.

9. DOMÍNIO PRÓPRIO – Autocontrole. Toda a forma de autocontrole, de autodisciplina. É o mesmo

autocontrole que um atleta necessita para ser bem sucedido. É o autodomínio dos impulsos, das emoções. Esta virtude é fundamental na hora em que vem a tentação. É preciso muito autocontrole para não ceder às seduções da carne, do pecado, do mundo e do vil tentador! O verdadeiro autocontrole só pode ocorrer mesmo com a ajuda do Espírito Santo. Se nos esforçamos, o Espírito Santo vem e nos socorre, mas nós temos que dar o primeiro passo, fazer a nossa parte.

“Este estudo foi apenas um pequeno resumo da obra do Espírito Santo, procure ler a Bíblia e orar pedindo a Deus que o revele a você cada vez mais profundamente, com este estudo estamos mostrando o caminho pelo qual você deve seguir, porém, apenas você poderá trilhá-lo e descobrir o maravilhoso Espírito Santo”.

ANOTAÇÕES SOBRE O CAPÍTULO

Capítulo 7 VIDA CRISTÃ: A FAMÍLIA DE DEUS Para iniciarmos este último estudo leia 1

Capítulo 7

VIDA CRISTÃ: A FAMÍLIA DE DEUS

Para iniciarmos este último estudo leia 1 Coríntios 12.12-27 com muita atenção.

Como filho de Deus, um dos grandes privilégios dos quais você desfruta é o de pertencer a família de Deus (Efésios 2.19), uma família com muitos irmãos (Colossenses 1.2). Esta família é a igreja de Deus, formada por todos que, de coração, confessam o nome do Senhor Jesus Cristo.

1. Do que a igreja é chamada em Colossenses 1.24 (parte final)?

2. A igreja é hoje o corpo vivo de Cristo na Terra. Qual a posição de Cristo em relação ao

seu corpo, que é a igreja, segundo Colossenses 1.18 (1ª parte)?

3. Que papel desempenhamos individualmente na igreja, segundo I Coríntios 12.27?

4. De acordo com I Pedro 2.9-10, nós que estamos em Cristo somos povo de Deus. Pode

um povo crescer e se fortalecer, se cada indivíduo buscar viver separado dos demais?

SUA NOVA FAMÍLIA – Todo aquele que recebe a Jesus como o seu Senhor, nasce na família de Deus. Você, portanto, tornou-se parte da família, que é chamada igreja. A igreja não é um prédio, uma casa. A igreja é o corpo vivo de Cristo, composto de pessoas nascidas de novo, que reconhecem Jesus como seu Senhor. A vida da igreja não se limita aos cultos ou reuniões no templo. A igreja é chamada de corpo. O corpo é composto por membros. Cada membro está ligado ao outro. Sustentam-se mutuamente. Você terá outros membros do corpo que o apoiaram. Haverá alguém para orar com você, ouvi-lo, ama-lo e fortalece-lo.

VIDA CRISTÃ: O BATISMO NAS ÁGUAS

O Batismo nas águas é um acontecimento de suma importância na vida de todo o crente em Jesus Cristo. Através do batismo é que nós testificamos (testemunhamos) que somos salvos, e que não vivemos mais para o mundo. O Batismo nas águas SIMBOLIZA nossa morte para o pecado, sepultamento e ressurreição para uma nova vida, ou seja, simboliza enterrar o nosso “velho homem”, a nossa velha vida e ressurgirmos com um corpo novo, pois o velho ficou lá na sepultura, ou seja, no batismo.

5. Portanto o batismo nas águas simboliza:

MORTE: “Assim também vós considerai-vos

para o

,

mas

SEPULTAMENTO E RESSURREIÇÃO: “Fomos, pois,

 

com ele

pelo

,

para que como Cristo foi

dentre os

mortos pela glória do Pai, assim também andemos

em

de vida”.

(Romanos 6.4)

Quando os namorados se casam, colocam uma aliança no dedo para mostrar que estão casados. Entretanto os noivos já se amavam antes do casamento, a aliança veio apenas para simbolizar aquele sentimento que já existia. Igualmente acontece com o batismo nas águas, SÓ PODE SER BATIZADO QUEM CRER EM JESUS CRISTO e crer

não é somente acreditar que ele existe, mas também que o sacrifício dele na cruz nos trouxe

o perdão dos pecados. Uma vez que cremos no sacrifício de Cristo e estamos arrependidos da nossa vida de erros podemos “descer as águas”.

6. Quando, porém, deram

Reino

a Felipe, que os evangelizavam a respeito do

, iam sendo

de

Deus

de

, assim homens como mulheres. (Atos 8.12)

e

do

nome

NOTA: dar crédito é o mesmo que crer, ter fé.

7. Seguindo eles caminho fora, chegando a certo lugar onde havia água, disse o eunuco: Eis

, se

E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é

o Filho de Deus]. (Atos 8.36-37)

aqui água; que impede que seja eu batizado? [Felipe respondeu: É

de todo o

O batismo nas águas é um mandamento de Cristo, a forma correta é a feita por imersão, ou seja, por mergulho total da pessoa na água, a palavra BATISMO significa isso:

mergulhar, submergir.

VIDA CRISTÃ: A SANTA CEIA

8. (1Coríntios 11.23-26)

23 Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor JESUS, na noite

em que foi traído, tomou o pão;

24 e, tendo dado graças, o partiu e disse: isto é o meu corpo que é dado por vós; fazei isto

em

25 Por semelhante modo depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este

cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em

de mim.

de mim.

26 Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice,

morte do Senhor, até que venha.

a

Após sermos batizados nas águas passamos a seguir uma nova ordem do Senhor

I Coríntios 11.24-25, esta ordem é a

, de participarmos em unidade da Santa Ceia. Vejamos alguns propósitos:

Jesus: "Tomai e comei

tomai e bebei

,

fazei isto

"

ANUNCIAR A MORTE E RESSURREIÇÃO DE CRISTO PELO PECADOR - I Cor 11.26

A Santa Ceia lembra-nos a nossa salvação conquistada por Jesus no Calvário e por

meio deste ato proclamamos e relembramos que Jesus morreu pelo pecador e ressuscitou, ela é um memorial;

ANUNCIAR A VOLTA DO SENHOR - I Cor 11.26

A Santa Ceia apontar para a volta do Senhor Jesus e as Bodas do Cordeiro, isto é, o

dia em que será celebrada por Jesus com sua Igreja nos Céus.

em favor de

muitos, para

E digo-vos que, desta hora em diante, não beberei deste fruto da videira até aquele dia em

que o hei de beber, novo,

9. Porque isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança,

de

no

de meu Pai. (Mateus 26.29)

CELEBRARMOS A UNIDADE – Lucas 22.24-30

Durante a Santa Ceia o Senhor Jesus nos ensinou a forma que ele quer que os cristãos vivam aqui na terra, ele nos ensinou como devemos nos relacionar com todos os demais servos dele: a unidade, isto é, que ninguém queira ser melhor que o outro, que ninguém guarde magoas ou preconceitos contra o próximo, que todos vivam em paz, ajudando uns aos outros na caminhada ao Reino de Deus.

10. Mas vós não sois assim, pelo contrário, o

, e aquele que dirige como o que

Palavras Finais

entre vós seja como

(Lucas 22.26)

o

Encerramos aqui este período de estudo da palavra de Deus, entretanto o banquete de delícias espirituais não se encerrará com o fim destes encontros; de agora em diante você poderá ser mais e mais edificado ao ler sua Bíblia, participar dos estudos na igreja, ouvir as pregações. Seu professor será o próprio Espírito Santo e se precisar de ajuda procure um dos seus muitos irmãos em Cristo, um deles será usado por Deus para esclarecer suas dúvidas. Este período certamente gerou dentro de você fome e sede da palavra de Deus, pois não pare, continue a buscar mais e mais dele, o Senhor Jesus é uma fonte de águas que jorrará para a vida eterna.

ANOTAÇÕES SOBRE O CAPÍTULO