Sei sulla pagina 1di 22

Trabalho e Energia Cinética

Trabalho e Energia Cinética

Profª Jusciane da Costa e Silva

Energia

A civilização esta baseada na obtenção e no uso eficiente de energia.

Energia é uma grandeza escalar associada ao estado (ou condição) de um ou mais objetos.

A energia se conserva.

Energia

Energia

Energia
Energia

Energia

Cinética:

Energia  Cinética:  Potencial  Gravitacional:  Elástica:

Potencial

Gravitacional:

Energia  Cinética:  Potencial  Gravitacional:  Elástica:

Elástica:

Energia  Cinética:  Potencial  Gravitacional:  Elástica:
Energia  Cinética:  Potencial  Gravitacional:  Elástica:

Energia Cinética

Energia cinética é a energia que está associada ao movimento de um corpo.

Energia Cinética Energia cinética é a energia que está associada ao movimento de um corpo.

A energia cinética é calculada usando a

fórmula:

A energia cinética é calculada usando a fórmula: m  massa (kg ) V  velocidade

m massa (kg )

V velocidade (m/s)

E C energia cinética ( J = joule )

Massa

usando a fórmula: m  massa (kg ) V  velocidade (m/s) E C  energia

Trabalho

Associamos a palavra trabalho à idéia do trabalho realizado pelas pessoas. E, principalmente, associamos a palavra trabalho à idéia de emprego e salário. No entanto,

em física, a palavra trabalho tem um único significado:

expressa a relação de uma força com o deslocamento do corpo sobre o qual essa força atua.

O trabalho é a energia transferida PARA ou DO objeto por intermédio de uma força que atua sobre o mesmo.

Trabalho de uma força constante

Considere um operário deslocando caixote de uma distância (d) sob a ação de uma força (F), constante, paralela e no mesmo sentido do deslocamento.

caixote de uma distância (d) sob a ação de uma força (F), constante, paralela e no

Trabalho

W AB Trabalho da força no percurso de A para B

W

AB

Fd

F

r

força no percurso de A para B W AB  Fd  F   r
força no percurso de A para B W AB  Fd  F   r
força no percurso de A para B W AB  Fd  F   r
força no percurso de A para B W AB  Fd  F   r
força no percurso de A para B W AB  Fd  F   r
força no percurso de A para B W AB  Fd  F   r

A

d

B

W

AB

Fd cos

F

r

 r A d B W AB  Fd cos   F   
 r A d B W AB  Fd cos   F   
 r A d B W AB  Fd cos   F   
 r A d B W AB  Fd cos   F   
 r A d B W AB  Fd cos   F   
 r A d B W AB  Fd cos   F   

A

B

d

F

constante percueso retilíneo na

F

constante percurso retilíneo a ângulo

direção da força

com a força

Força constante:

– Força constante:
– Força constante:
– Força constante:

CUIDADO COM O SINAL DO TRABALHO!!

 CUIDADO COM O SINAL DO TRABALHO!!
 CUIDADO COM O SINAL DO TRABALHO!!
 CUIDADO COM O SINAL DO TRABALHO!!
 CUIDADO COM O SINAL DO TRABALHO!!

Exemplo da esfera: Uma força (F) constante, paralela e

no mesmo sentido do deslocamento é aplicada em uma

esfera.

F x

ma

x

A medida que a esfera se move através de um

deslocamento d, a força muda a velocidade da esfera de v0 até outro valor de v.

v 2

v

0

2 2

a d

x

Após algumas substituições, temos

x

1 1

2 2

0

2

F d

mv

2

mv

Que é o Teorema Trabalho-Energia Cinética, com

W

Portanto

W = Positivo

F d

x

K

1 1

2

mv

2 2

mv

0

2

W  K

F d x  K  1 1 2 mv  2 2 mv 0 2

Energia cinética aumenta por uma quantidade igual ao trabalho.

W = Negativo Energia cinética diminui por uma

mesma quantidade do trabalho (valor absoluto).

igual ao trabalho. W = Negativo Energia cinética diminui por uma mesma quantidade do trabalho (valor

Trabalho Realizado por uma Força Gravitacional.

Trabalho Realizado por uma Força Gravitacional. Subindo W g W g  F d cos g

Subindo

W

g

W

g

F d cos

g

mgd cos

cos

180

W

 

g

mgd

descendo

W g  

mgd

W g W g  F d cos g   mgd cos  cos 

Trabalho Realizado no Levantamento ou Abaixamento de um objeto.

Realizado no Levantamento ou Abaixamento de um objeto. Quando levantamos um objeto aplicando uma força (F).

Quando levantamos um objeto aplicando uma força (F). Essa força aplicada realiza W+ enquanto a força gravitacional W-

sobre o mesmo.

K K

f

K W W

i

g

a

A força aplicada tende a transferir energia PARA o objeto enquanto a Força gravitacional tende a transferir energia DO objeto.

Quando a energia cinética inicial é igual a final:

W

a

 

W

 

g

mg cos

Trabalho Realizado por uma força Elástica F  kd
Trabalho Realizado por uma força
Elástica
F  kd

Força restauradora

k é a constante de elasticidade.

Trabalho 1 kx 2 f 2
Trabalho
1
kx
2
f
2

Força restauradora

1 kx

2

2

i

W

res

Trabalho realizado por uma mola.

W = Positivo; Se a posição final do bloco esta mais

próxima que a posição inicial. W = Negativo; Se a posição final for mais afastada.

W = 0; Posição final igual a posição inicial.

Trabalho realizado por uma força variável genérica

Trabalho realizado por uma força variável genérica Análise Unidimesional Análise Tridimesional

Análise Unidimesional

Trabalho realizado por uma força variável genérica Análise Unidimesional Análise Tridimesional
Trabalho realizado por uma força variável genérica Análise Unidimesional Análise Tridimesional
Trabalho realizado por uma força variável genérica Análise Unidimesional Análise Tridimesional
Trabalho realizado por uma força variável genérica Análise Unidimesional Análise Tridimesional
Trabalho realizado por uma força variável genérica Análise Unidimesional Análise Tridimesional

Análise Tridimesional

Trabalho realizado por uma força variável genérica Análise Unidimesional Análise Tridimesional

Com

Trabalho realizado por uma força variável genérica

Com Trabalho realizado por uma força variável genérica Portanto
Com Trabalho realizado por uma força variável genérica Portanto

Portanto

Com Trabalho realizado por uma força variável genérica Portanto
Com Trabalho realizado por uma força variável genérica Portanto

Teorema Trabalho-Energia com F variável

Teorema Trabalho-Energia com F variável Certificar se o trabalho é igual a variação da energia cinética

Certificar se o trabalho é igual a variação da energia cinética

variável Certificar se o trabalho é igual a variação da energia cinética Fazendo algumas substituições comprovamos

Fazendo algumas substituições

variável Certificar se o trabalho é igual a variação da energia cinética Fazendo algumas substituições comprovamos

comprovamos

variável Certificar se o trabalho é igual a variação da energia cinética Fazendo algumas substituições comprovamos

Potência de uma força

Potencia é a taxa temporal da realização de um trabalho.

Potencia é a taxa temporal da realização de um trabalho.  : trabalho (joule= J) 

: trabalho (joule= J) T : tempo gasto(segundo=s) P = potência (watt = W)

Potência instantânea
Potência instantânea

P

dW

dt

Na mecânica podemos relacionar P e v

P med

W

t

F d

||

t

F

||

d

t

F v

||