Sei sulla pagina 1di 4
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB LICENCIATURA EM

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB LICENCIATURA EM GEOGRAFIA

QUADRO SINÓTICO

ITAPICURU - BA

MAIO/2013

DA BAHIA - UNEB UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB LICENCIATURA EM GEOGRAFIA QUADRO SINÓTICO ITAPICURU

WAGNER CERQUEIRA RABELO

Atividade apresentada ao Curso de Geografia da Universidade do Estado da Bahia - UNEB, avaliação da disciplina Metodologia da Pesquisa em Geografia, sob a orientação da Professora Jacy Bandeira.

ITAPICURU - BA

MAIO/2013

Questão

 

Evidência coletada

 

Observações

 

Norteadora

 

Nos

estudos

de

A educação como instrumento de reprodução da sociedade e a educação como instrumento de transformação da sociedade (SAVIANI, 1983; LIBÂNEIO, 1986; LUCKESI, 1993)

Pode se observar que a educação quando utilizada como instrumento de reprodução da sociedade implicará em uma educação não crítica, objetivando o sujeito a adaptar-se no convívio em sociedade enquanto que a educação como

transformação da sociedade refere-se a uma educação critica que objetiva

pesquisa

em

educação existem

duas

concepções

radicalmente

 

antagônicas.

   

instrumentalizar

 

o

individuo para a prática

social critica transformadora.

 

e

02 Na pesquisa bibliográfica a leitura torna-se uma técnica de pesquisa, que obviamente

02 SEVERINO (1985) sugere alguns procedimentos em forma de diretrizes que, é claro, precisam ser adaptados ao estilo e necessidade de cada um.

02 Por conta do desenvolvimento metódico é necessário criar diretrizes que auxiliem o pesquisador em sua atividade sendo: a- delimitação da unidade de leitura; b- análise textual; c análise temática; d análise interpretativa; e- problematização; f- síntese pessoal.

exige

muita

sistematização.

 

03 O processo de

03 O cientista deparando-se com

03

entende-se

que

a

produção do conhecimento sobre o mundo social passa necessariamente pela reelaboração daquilo que vemos, na forma de representações.

seu objeto precisará desenvolver atitude crítica sobre sua forma categorizando com conceitos, em busca de entendimento e enriquecimento pela prática.

compreensão do mundo está na sua desconstrução para compreendê-lo, reconstruindo-o munido agora de um saber mais profundo na prática da atividade.

04 A pesquisa em educação no Brasil vem passando por importantes transformações no que diz respeito a concepção de ciência que embasa as investigações.

04 As transformações são percebidas através de três aspectos centrais inspirada nos pressupostos da teoria crítica: 1 a concepção de ciência que norteia as pesquisas em educação; 2 o questionamento do papel dos paradigmas teóricos; 3 - o desafio de uma produção de conhecimento efetivamente criativo.

04

as

transformações

marcam

o

foco

na

concepção

de

ciência

vendo

que

a

teoria

e

a

prática

caminham

juntas

um coletivo tendo o professor

construindo

saber

como

pesquisador

produzindo um novo saber

 

com

o

intuito

de

possibilitar

e

contribuir

 

para

uma

pesquisa

educacional

que

desenvolva

todo

um

contexto

das

incertezas

contemporâneas.

 

Referências

Tozoni-Reis, Marília Freitas de Campos; A pesquisa e a produção de conhecimentos; UNIVESP. Gomes, Alberto Albuquerque; Considerações sobre a pesquisa científica: em busca de caminhos para a pesquisa científica. Costa, Marisa C. Vorraber; Pesquisa em educação: concepções de ciência, paradigmas teóricos e produção de conhecimentos. Pág: 15 20; cad. Pesq; São Paulo, n° 90, ago. 19994.