Sei sulla pagina 1di 31

Instalação e Gestão Redes Informáticas

UfCD 0829

Topologias de Redes

Professor: Luís Alves

Redes

O que é uma rede?

Como funciona a sua comunicação?

Conexões de Rede

Requisitos para a Comunicação:

Emissor e Receptor.

Estrutura Física (Cabos, Conectores,

Equipamentos) para conduzir a informação entre a origem e o destino.

Mensagem.

Definição:

Conjunto de computadores autónomos interligados que podem trocar

informação entre si.

Definição: • Conjunto de computadores autónomos interligados que podem trocar informação entre si.
Definição: • Conjunto de computadores autónomos interligados que podem trocar informação entre si.

Vantagens de uma rede de

computadores

Que vantagens tem uma rede?

Serviços de Rede

Principais serviços de Rede:

o

Servidor de Ficheiros: responsável pela partilha do disco;

o

Servidor de Impressão: controla a partilha dos dispositivos de impressão em rede;

o

Servidor de backup: gestão de cópias de

segurança;

Classificação das redes

quanto a abrangência

geográfica:

PAN (Personal Area Network) rede local de alcance muito restrito, para apenas um utilizador.

LAN (Local Area Network) rede local

confinada a uma sala ou, no máximo, a um edifício.

CN (Campus Network) rede que interliga redes

locais em edifícios próximos.

MAN (Metropolitan Area Network) rede alargada a uma cidade ou região.

redes locais em edifícios próximos. • MAN ( Metropolitan Area Network ) – rede alargada a

Classificação das redes

quanto a abrangência

geográfica:

WAN (Wide Area Network) rede alargada a um país ou até ao mundo inteiro

VAN (Virtual Area Nework) As redes virtuais

interligam apenas alguns computadores

pertencentes à mesma rede ou a diferentes redes.

VLAN (Virtual Local Area Network) em que computadores fisicamente ligados à mesma rede estão separados em sub-redes por questões de segurança e/ou performance, são muito usadas actualmente

Topologias das redes

As várias formas de interligar

computadores

Exemplo de uma REDE

Topologia em barramento (bus)

Todos os computadores ligados a um cabo

(constituído por um conjunto de segmentos

interligados) comum que tem as duas extremidades separadas.

ligados a um cabo (constituído por um conjunto de segmentos interligados) comum que tem as duas

Topologia em barramento (bus)

Vantagens:

simples de montar, pelo que foi esta a solução que imperou durante vários anos a nível de redes locais;

são pouco exigentes em termos do tipo de equipamento e

comprimento de cabos, sendo por isso baratas.

Desvantagens:

uma avaria no cabo, ao qual se ligam os outros computadores, invalida o funcionamento da rede;

pouca possibilidade de expansão, já que se o cabo não for

suficiente para se poderem ligar mais, há que substituí-lo por outro;

a remoção ou adição de um dispositivo à rede deve ser feita com todos os computadores desligados;

pode ser difícil detectar a origem de uma falha na rede.

deve ser feita com todos os computadores desligados ; • pode ser difícil detectar a origem

A desvantagem principal do bus

A desvantagem principal do bus Uma avaria no cabo principal invalida a rede.

Uma avaria no cabo principal invalida a rede.

Topologia em estrela (star)

Todos os computadores ligados através de cabos individuais a um dispositivo concentrador, que pode ser um hub ou um switch.

os computadores ligados através de cabos individuais a um dispositivo concentrador, que pode ser um hub

Topologia em estrela (star)

Vantagens:

Muito fácil de montar e configurar;

Não é necessário parar o funcionamento da rede para inserir ou remover dispositivos;

É fácil detectar os dispositivos avariados.

Desvantagens:

Requer mais cabo do que a topologia em bus;

A avaria do concentrador implica a falha da rede;

Devido ao custo do concentrador, é mais cara do

que a topologia em bus.

A vantagem principal da estrela

A vantagem principal da estrela Uma avaria no cabo que liga um posto ao dispositivo concentrador

Uma avaria no cabo que liga um posto ao dispositivo concentrador apenas retira da rede esse posto.

Topologia em anel (ring)

Todos os computadores ligados a um cabo comum fechado em anel. As mensagens passam de computador em computador até chegar ao destino.

ligados a um cabo comum fechado em anel. As mensagens passam de computador em computador até

Topologia em anel (ring)

Vantagens:

Muito boa para um pequeno número de postos com ligação a alta

velocidade ou para redes maiores em que as transmissões estão igualmente distribuídas entre os postos;

A expansão da rede é facilmente conseguida;

Ideal para o uso de fibra óptica por cada posto poder estar directamente ligado ao outro.

Desvantagens:

Os atrasos entre transmissões são grandes mesmo com o tráfego ligeiro;

Necessidade de hardware adequado (transceivers ou MAUs) para a ligação dos computadores às redes;

Para que a rede funcione é necessário que todos os

computadores estejam ligados;

A avaria de um computador pode invalidar a rede (depende do tipo de anel) e não é fácil identificar o posto avariado.

Topologia em árvore (tree)

Várias sub-redes, normalmente com ligações internas em estrela, interligadas.

A ligação entre elas pode ser feita a partir de um dispositivo centralizador ou a um cabo comum que tomará o nome de backbone.

entre elas pode ser feita a partir de um dispositivo centralizador ou a um cabo comum

Topologia em árvore (tree)

Vantagens:

Ligação ponto-a-ponto entre as sub-redes;

Permite o controlo por parte de um servidor central que pode estar por detrás do dispositivo centralizador ou do backbone;

Suportada pela grande maioria de fabricantes de

hardware e software. Desvantagens:

Se o dispositivo centralizador ou o backbone

falha, a rede também falha;

Normalmente usa dispositivos caros, sobretudo na configuração com dispositivo centralizador.

Topologia em malha (mesh)

Sem forma definida, todos os computadores estão ligados a todos os outros.

Topologia em malha ( mesh ) • Sem forma definida, todos os computadores estão ligados a

Topologia em malha (mesh)

Vantagens:

Estabilidade: a redundância das ligações garante que as mensagens têm sempre um caminho possível;

Segurança: devido à existência de linhas dedicadas, apenas o destinatário recebe a mensagem que lhe é destinada. Desvantagens:

Mais cabo necessário do que em qualquer outra topologia;

Necessárias muitas portas de I/O, o que pode ser extremamente dispendioso.

Meios físicos de transmissão

Cabos:

o

Eléctricos:

Entrançados

Coaxiais

o

Ópticos

Ondas no espaço:

o

Infravermelhos

o

Rádio

o

Microondas

o

Laser

o

Satélite

Cabos eléctricos

Entrançados e coaxiais

Cabos coaxiais

Cabos coaxiais • 10Mbps • 185 m sem Repetidor • Conectores BNC • Dois terminais •

10Mbps

185 m sem Repetidor

Conectores BNC

Dois terminais

185 m sem Repetidor • Conectores BNC • Dois terminais • 100Mbps • 500 m sem

100Mbps

500 m sem Repetidor

Vantagens:

Fácil instalação;

Barato;

Resistência a interferências eléctricas;

Taxas de transmissão razoáveis;

Flexibilidade.

Desvantagens:

Mau contacto;

Difícil manipulação;

Lento para muitos micros;

Em geral utilizado em topologia

Bus.

• Mau contacto; • Difícil manipulação; • Lento para muitos micros; • Em geral utilizado em

Cabos entrançados

Cabos em que cada par de fios lá dentro forma uma trança para diminuir a interferência dos

outros fios do cabo. Existem em vários tipos.

São uma invenção de Graham Bell.

Usados nas linhas telefónicas, devido às boas características de transmissão têm sido

largamente utilizados em redes locais e em redes

alargadas.

Cabos entrançados

Cabos entrançados • Mais baratos que os blindados e mais práticos de instalar são os mais

Mais baratos que os blindados e mais práticos de instalar são os mais usados em redes locais.

Revestidos por um plástico para proteger das interferências electromagnética

s.

Vantagens:

Fácil instalação;

Barato;

Instalação flexível;

Usados com hubs ou

switchs.

Desvantagens:

Cabo curto (máximo de 90 metros);

Interferência eletromagnética.

Usados com hubs ou switchs. Desvantagens: • Cabo curto (máximo de 90 metros); • Interferência eletromagnética.

Cabos ópticos (2/2)

Cabos ópticos (2/2)

Cabos ópticos

Vantagens:

Cabos ópticos Vantagens: • Velocidade; • Isolamento eléctrico; • Imune a interferências electromagnéticas;

Velocidade;

Isolamento eléctrico;

Imune a interferências electromagnéticas;

Menor perda de sinal;

O cabo pode ser longo;

Alta taxa de transferência;

Espessura mais fina, mais leves.

Desvantagens:

Muito caro (cabos, acessórios, mão de obra);

Difícil de instalar;

Quebra com facilidade;

Difícil de ser remendado;

Injustificada a utilização em redes locais.

instalar; • Quebra com facilidade; • Difícil de ser remendado; • Injustificada a utilização em redes

Conectores

Para ligar os cabos aos aparelhos

Conectores RJ-45

O Registered Jack-

45 suporta até 8 fios e é usado com os

cabos entrançados.

Mais pormenores mais adiante

• O Registered Jack- 45 suporta até 8 fios e é usado com os cabos entrançados
• O Registered Jack- 45 suporta até 8 fios e é usado com os cabos entrançados