Sei sulla pagina 1di 6
Página 1 de 6
Página
1 de 6

CURSO

Eletroeletrônica -

DATA

/

/

COMPONENTE

Eletricidade Básica

   

ALUNO

 

 

DOCENTE

Prof. Romeu Corradi Júnior [www.corradi.junior.nom.br]

Assunto: Lista de Exercícios – Revisão geral

OBSERVAÇÃO: Esta lista de exercícios avalia o conteúdo ministrado em sala de aula e o conteúdo descrito nos capítulos 1, 3, 4, 5, 7 e 8 do livro texto: ELETRICIDADE BÁSICA, Milton Gussow.

1) Mostre a estrutura atômica do elemento neon, que tem número atômico igual a 10. Qual a sua valência. Resp: o neon é inerte

2) O que resulta do átomo de silício (número atômico= 14) quando dele se retiram todos os elétrons que orbitam na sua camada mais externa?

3) Um isolante carregado possui um excesso de

25×10

18 elétrons. Determine a sua carga em

coulombs com a respectiva polaridade. Resp: Q=-4 C

4) Um material com excesso de

18 elétrons. Faz-se com que os

elétrons excedentes fluam passando por um dado ponto em 2s. Calcule a corrente produzida pela passagem dos elétrons resultantes. Resp: 1.5 A.

25×10

18

elétrons perde

6

,25

×

10

5) Calcule a tensão necessária para que uma corrente de 10 A circule pelo circuito série da figura 1 abaixo. Resp: 100V.

R 1 = 2Ω I = 10 A R 2 = 3Ω V = ?
R 1 = 2Ω
I = 10 A
R
2 = 3Ω
V
= ?
T
R
= 5Ω
3

Figura 1. Circuito para o exercício 5.

6) Na figura 2, uma bateria de 12V fornece uma corrente de 2 A. Se

R

2

= 2Ω

calcule

R

1

e

V

1

.

Resp: R = 4Ω e V 1 = 8V . 1 V 1 R 1
Resp:
R
= 4Ω
e V 1 =
8V
.
1
V
1
R
1
I = 2A
V
= 12
V
T
R
2 = 2Ω
Figura 2. Circuito para o exercício 6.

7) Um circuito série Figura 3 utiliza o terra como uma ligação comum e como um ponto de referência para as medidas de tensão (a ligação terra está em 0 V). Marque a polaridade

Colégio Técnico de Campinas e da UNICAMP - COTUCA

Impressão

8/3/2010

das quedas de tensão através das resistências R e R 2 e calcule as quedas
das quedas de tensão através das resistências
R
e R
2 e calcule as quedas de tensão nos
1
pontos A e B com relação à terra. Resp V A = 50
V
e
V
= 50
V
.
B
V
= 100
V
T
B
A
R
= 100Ω
R
1 = 100Ω
2

Figura 3. Circuito para o exercício 7.

8) Um circuito CC transistorizado pode ser representado como na Figura 4. Calcule a

resistência total e a tensão entre os pontos A e B. Resp.: R =

T 50

A I L = 0.6 mA I = 0 B Figura 4. Circuito para o
A
I
L = 0.6
mA
I = 0
B
Figura 4. Circuito para o exercício 8.

R = kΩ

L

12

R

CB

= kΩ

13

R =

E

25

kΩ

kΩ

e

AB = 30

V

V

.

9) Um “spot” de teatro de 12 está ligado em série com um resistor regulador de 32 (Figura 5). Se a queda de tensão através da lâmpada for de 31.2 V calcule os valores

que estão faltando indicados na figura. Resp.: I

R

T

= 44Ω .

1

=

I

2

= =

I

I

V

T

R T

= ?

= ?

= ?

spot V 1 = 31.2V I I = ? 1 R 1 = 12Ω
spot
V 1 =
31.2V
I
I =
?
1
R 1 = 12Ω

Figura 5. Circuito para o exercício 9.

2.6A

,V

2

I

V

R

2

2

=

=

?

?

2 = 32Ω

= 83.2V

,

V T =

114.4V

,

10)

11)

Calcule os valores de tensão que aparecem nos pontos A, B C e D em relação

à terra na figura 6. Resp.: V

A

= 60 V

,

B = 50

V

V

,

V

C

= 30

V

,

D = 0

V

V

Dois resistores formam um divisor de tensão para polarização de base num amplificador de áudio. As quedas de tensão através deles são de 2.4 V e 6.6 V

respectivamente, em um circuito de 1.5mA. Determine a potência de cada resistor e a

potência total dissipada em miliWatts. Resp.: P 3.6mW

1 =

, P 2 =

9.9mW

, P = 13.5mW .

T

e a potência total dissipada em miliWatts. Resp.: P 3.6 mW 1 = , P 2
Página 3 de 6
Página
3 de 6
= 5Ω A R 1 B 60V R 2 = 10Ω D C R =
= 5Ω
A R
1
B
60V
R
2 = 10Ω
D
C
R
= 15Ω
3

Figura 6. Circuito para o exercício 10.

12)

Um potenciômetro pode ser considerado como um divisor simples de tensão com dois resistores (ver figura 7). Em que ponto da resistência deve ser colocado o braço de controle de um potenciômetro de 120 ohms para se obter 2.5 V entre o braço (ponto A) do potenciômetro e o terra (ponto B). Resp.: no ponto de 25 ohms a partir do terra.

12V

A + _ B
A
+
_
B

2.5V

Figura 7. Circuito para o exercício 12.

13)

Os ramos de circuito de um sistema de fiação doméstica são paralelos. Liga-se ao circuito da cozinha uma torradeira, uma cafeteira, e um ferro elétrico, sendo a tensão aplicada de 110V. Calcule (a) a corrente total que supre as cargas; (b)

a tensão em cada aparelho; (c) a resistência total do circuito. São dados a corrente na torradeira, que vale 8.3 A, a corrente através da cafeteira, que vale 8.3 A e a

corrente através do ferro elétrico, que vale 9.6 A. Resp.: I

T

= 26.2

A

,

V

1

=

V

2

=

V

3

=

110 V

,

R

T

= 4.2Ω.

14)

kΩ ) estão associadas em paralelo e

são supridas através de uma corrente total de 30 mA. Calcule a corrente em cada

resistência. Resp.: I

Duas resistências ( R = 72kΩ e

1

1

=

6mA

e I

2 =

24mA .

R

2

= 18

15)

A resistência total associada a uma cafeteira elétrica e uma torradeira é

de 24 ohms. Calcule a potência total associada consumida pelo aparelhos se a tensão de

alimentação é de 120V. Resp.: P

T

=

600 W

.

16)

Um amperímetro (um instrumento que mede corrente) conduz uma corrente elétrica de 0.05A e está em paralelo com um resistor em derivação que conduz 1.9 A. Se a tensão através da associação é de 4.2 V, calcule (a) a corrente total (b) a resistência de derivação (c) a resistência do amperímetro e (d) a resistência total do

circuito. Resp.: a) I

T

= 1.95

A ; b)

R

= 2.21Ω ;

c)

R

A

= 84Ω

; d)

R

T

= 2.15Ω ;

Colégio Técnico de Campinas e da UNICAMP - COTUCA

Impressão

8/3/2010

17)

18)

19)

A bobina de ignição e o motor de partida de um carro estão ligados em

paralelo através de uma bateria de 12V por meio de uma chave de ignição. Sabendo-se que

a corrente na bobina de ignição é de 5 A e que a corrente no motor é de 100A, calcule

(a) a corrente total retirada da bateria; (b) a tensão através da bobina e do motor (c)

a resistência total do circuito. Resp.: a) I

T

= 105 A

; b)V

1

=

V

2

=

12V

; c)

R

T

= 0.114Ω ;

Cinco lâmpadas de 150 W estão ligadas em paralelo a uma linha de 120V. Se um filamento se abrir, quantas lâmpadas se manterão acesas? Resp.:Quatro.

Calcule todas as correntes através das resistências da Figura 8, pelo

método das correntes de malha. Resp.: I 3A , I 1A I − I =
método das correntes de malha. Resp.: I
3A
,
I
1A
I
I
=
2A
1 =
2 =
,
(corrente no resistor
1
2
2).
R
1 = 4Ω
R
=1Ω
4
I
1
I
2
V
= 25
V
R
2 = 5Ω
R
5 = 6Ω
T

R

3

=1Ω

R

6 = 3Ω

Figura 8. Circuito para o exercício 19.

20)

Resolva o exercício anterior pelo método das tensões nodais.

21)

Calcule todas as correntes e quedas de tensão na Figura 9 pelo método das

tensões nodais. Recalcule utilizando o método das correntes de malha. Resp.: I

1 =

I

2

=−

1A

,

I

3 =

4A ,V 1 =

60V

,

V 2 =

24V

,

V 3 = 3V . R = 4Ω R = 3Ω 1 3 + I
V 3 =
3V
.
R
= 4Ω
R
= 3Ω
1
3
+
I
I
2
+
1
84V
R
= 6Ω
2
-
-
I
3

21V

Figura 9. Circuito para o exercício 21.

5A ,

22)

23)

24)

Resolva o exercício anterior pelo método da superposição.

Calcule a resistência de entrada entre os terminais a e d para as redes

dadas em (a) (b) e (c) na Figura 10. Se aplicarmos 50V nos terminais do circuito da

Figura 10c, qual será a corrente em cada resistor? Resp.: a)

R

T

= 10Ω

, b)

R

T

= 11Ω

, c)

R

T

= 5Ω

.

I

ac = 4.5

A

,

I

cd

= 5

A

,

I

ab = 5.5

A

,

I

cb = 0.5

A

,

I

bd = 5

A

.

Calcule a resistência equivalente e a tensão de saída

Figura 11. Resp.:

R

T

= 25Ω

,

V 0 =

7.5V

.

V

0

na rede da

Página 5 de 6
Página
5 de 6
a 10Ω 4Ω 6Ω c 37Ω 8.8Ω
a
10Ω
c
37Ω
8.8Ω

a)

d

b

a 30Ω 12Ω 8Ω c 3.08Ω 10.2Ω
a
30Ω
12Ω
c
3.08Ω
10.2Ω

b)

d

Figura 10. Circuito para o exercício 23.

a 10Ω 8Ω 2Ω b c 1Ω 1.2Ω
a
10Ω
b c
1.2Ω

c)

d

b

R 2 = 30Ω R = 10Ω 3 R 4 = 10Ω R 1 =
R
2 = 30Ω
R
= 10Ω
3
R
4 = 10Ω
R 1 = 5Ω
R
= 10Ω
5
V
= ?
R
0
L
+
20V
-
Figura 11. Circuito para o exercício 24.
25)
Determine por superposição a tensão
V
da Figura 12 . Resp.: V
P = 30
V
P
+
R 1 200Ω
=
150V
G
1
-
V
=
?
P
+
30V
G
2
R
2 100Ω
=
-

Figura 12. Circuito para o exercício 25.

26)

Calcule a corrente na carga

Resp.:

I L = 14.84 A .

R

L

= 10Ω

da figura 13 por superposição.

R =1Ω 2 R 1 = 0.5Ω + 150V G 1 160V + G -
R =1Ω
2
R 1 = 0.5Ω
+
150V
G
1
160V +
G
-
2
-

R

L

=

10Ω

Colégio Técnico de Campinas e da UNICAMP - COTUCA

Impressão

8/3/2010

Figura 13. Circuito para o exercício 26.

27)

Calcule a corrente e a tensão na carga R L . Resp.: I R =1Ω
Calcule a corrente e a tensão na carga
R
L . Resp.: I
R =1Ω
1
+
R
50V
R
2 = 5Ω
L
-
R
= 4Ω
3

Figura 14. Circuito para o exercício 27.

L = 2

A

,

L = 20

V

V

.

28)

29)

Uma fonte de tensão de 24 V está em série com uma resistência de 6 ohms.

Desenhe o circuito Norton equivalente. Resp.: I

N

= 4 A

,

R

N

= 6Ω

.

Determine

Resp.:

R

Th

V

L

Dada a figura 15, (a) mostre o equivalente Thévenin e calcule

por superposição; (c) Calcule

V

L

; (b)

pelo teorema do equivalente de Norton.

V

L

= 3Ω V

,

Th = 22.5

V .V

L

= 18 V

.

a

R 1 = 4Ω R = 12 Ω L + + V 1 = 20V
R
1 = 4Ω
R
= 12
Ω
L
+
+
V 1 =
20V
-
-

b

R

2

= 12Ω

V 2 =

30V

Figura 15. Circuito para o exercício 29.

30)

Resp.: I

L

Calcule a corrente através do resistor de carga

= 0.2 A .

R

5A

2A

= 2Ω R 1 = 4Ω R 2
= 2Ω
R
1
= 4Ω
R
2

Lde carga = 0.2 A . R 5 A 2 A = 2Ω R 1 = de carga = 0.2 A . R 5 A 2 A = 2Ω R 1 =

R

Figura 16. Circuito para o exercício 30.

L

= 4Ω

= 4Ω

na Figura 16.