Sei sulla pagina 1di 1

SAGA, Sophia de Mello Breyner Andresen Sumrio: Explanao do vocbulo Saga, ttulo do conto de Sophia de Mello Breyner Andresen.

Leitura silenciosa de um excerto do conto e resoluo de um guio de leitura. Expresso escrita: elaborao de um comentrio. 1. 2. Leitura do excerto do conto Saga (1. pargrafo- p. 76 - ao 14. pargrafo p. 80) Guio de leitura:

Consulte no dicionrio o significado do vocbulo saga e, depois, selecione o que considerar O narrador, logo no incio do conto (do primeiro ao quinto pargrafo), faz uma descrio do 2.1. 2.2. Comprove que o modo de apresentao do discurso a descrio, apresentando as Explique, por palavras suas, a formao da tempestade e a reao de Hans

mais adequado ao conto lido. processo de formao da tempestade a que Hans assistia. caractersticas da mesma. Justifique a sua resposta com elementos textuais. iminncia da intemprie. 2.2.1. Transcreva uma passagem textual que ilustre a reao de Hans tempestade. 2.2.2. Identifique a figura de estilo presente na seguinte frase e comente a sua expressividade: A tempestade, como boa orquestra, afinava os seus instrumentos.. 3. () atravessava a praia e subia ao extremo do promontrio. Ali, no respirar da vaga, ouvia o 3.1. 3.2. 3.3. 3.4. sonho de Hans. 4. Identifique a figura de estilo presente nas seguintes passagens textuais: a) O mar do Norte, verde e cinzento; b) () e as espumas varriam os rochedos escuros.; c) Imaginava o tumulto, o calor, o cheiro a canela e laranja das terras meridionais.; d) com a cara queimada por mil sis. Expresso Escrita: Explicite a afirmao supramencionada. Mencione a personagem que se ope concretizao da paixo ou do sonho de Hans. Indique as razes que justificam essa oposio. Proceda caracterizao da personagem que se revela oponente materializao do respirar indecifrado da sua prpria paixo.

Tendo em conta todos os perigos e todas as maravilhas que o mar nos reserva, atente na frase seguinte e faa um comentrio com um mnimo de 80 e um mximo de 120 palavras, referindo alguns deles. H mar e mar, h ir e voltar.